13/07/2011

Heróis da TV – Uma Revolução em Formatinho (Parte 1).....

O longínquo ano de 1979 encerrou a louca década de 70 com uma revolução no mercado nacional de quadrinhos. Surgia nesse ano a revista mensal da Editora Abril: Heróis da TV, que na verdade já existia com esse mesmo nome, porém com outra proposta que trazia em seu mix personagens dos desenhos animados da Hanna-Barbera (Space Ghost, Bionicão, Pepe legal, etc). A revista manteve o nome, mas zerou a numeração quando deixou os personagens infantis e resolveu investir nos super-heróis Marvel que a editora havia acabado de adquirir: Thor, Surfista Prateado, Capitão Marvel, Mestre do Kung Fu, Homem de Ferro, e muitos outros que anteriormente eram publicados pelas editoras Ebal e Bloch.


Eram super-heróis com pouco apelo perante o grande público, já que os “medalhões” da Marvel permaneciam com a editora RGE (Homem-Aranha e Hulk, que eram os mais populares na época devido aos seus respectivos programas de tv – no caso do Aranha o sucesso vinha do desenho animado dos anos 60 e que continuava detonando na programação das manhãs, enquanto o verdão emplacava um seriado live-action que apesar da qualidade pífia era a sensação do momento na tv). Mesmo assim, o mix variado e a impecável seleção de histórias (completamente fora de ordem cronológica, diga-se de passagem) parece ter agrado em cheio ao público que ansiava por um teor mais adulto e violento nos gibis de super-heróis.

O lado revolucionário desse gibi estava embasado justamente nesse mix diferenciado e ousado que ainda não tinha sido experimentado por outras editoras até então. É claro q a maioria desses heróis já tivera revista própria antes, mas nenhum deles emplacou sozinho em revistas-solo da Bloch (com suas cores berrantes e psicodélicas) ou em gibis P&B da Ebal ou GEP (que já publicara Surfista Prateado e X-Men em almanaques P&B). Juntos, porém, dividindo o mesmo mix o sucesso foi inevitável.

Até+

12 comentários:

  1. Eu me lembro de algumas revistas da Bloch no segmento dos quadrinhos e parece-me que ela teve mesmo essa coisa de colocar tons um pouco acima do que eram necessários em muita coisa. Posso estar errado, mas baseio-me no pouco que já vi dessa editora.

    Também lembro-me de quando passavam alguns desenhos na TV desses heróis como Thor, por exemplo, que eram sofríveis e por isso os quadrinhos eram muito melhores de serem lidos do que ficar vendo na TV.

    Hoje em dia parece que toda a arte gráfica tem melhorado bastante em torno desses quadrinhos de heróis ou conteúdos menos infantilizados. Ou será impressão minha?

    Aguardo a segunda parte.

    FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  2. A Bloch era pavorosa sob todos os aspectos editoriais....

    cores trocadas, berrantes, péssima tradução (cheia de gírias da época).

    um nojo mesmo...

    mas sobre a arte gráfica de hj... melhorou em algumas partes, mas piorou em outras. Hj em dia o uso excessivo do photoshop destruiu a arte em si (q fica escondida debaixo de tantos efeitos toscos de computação)!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Léo, parabéns pelo blog, já estou seguindo,,,
    Concordo qdo vc diz:

    "Hj em dia o uso excessivo do photoshop destruiu a arte em si (q fica escondida debaixo de tantos efeitos toscos de computação)!!!"

    E pior ainda, qdo pegam imagens dos desenhos da TV e "jogam" nos quadrinhos, como tenho visto em alguns gibis ultimamente.

    Nada como o talento do artista, e do desenho manual.

    Lembro da 1ª e da 2ª séries de Heróis da TV. São preciosidades dos anos 70. Se vejo nos sebos, levo na hora pra coleção... Abs. Paulo

    ResponderExcluir
  4. Ae, Paulo... blz??

    seja bem-vindo!!!

    tbm tô seguindo teu blog e vários outros agora... pois sendo novato no ramo, quero acompanhar a frequência com q vcs (mais experientes q eu) atualizam e cuidam dos seus espaços!!!

    no momento vou manter um ritmo + frenético de atualização aqui pra gerar "material de arquivo", e tbm pq fiquei meio viciado nisso, rs!!!

    sobre HTV...

    eu tbm lembro da 1º série dos anos 70: aquela com personagens da Hanna-Barbera:

    eu adorava todos aqueles personagens da HB: Herculóides, pepe legal, dom quixote, manda-chuva, zé buscapé, space ghost, etc!!!

    vendo hj em dia... foi uma viagem a Abril ter mantido o mesmo nove da revista e mudado compeltamente os universos: passando da Hanna-Barbera pra MArvel!!!

    ResponderExcluir
  5. neste findi eu coloco a parte 2 desta matéria no ar....

    tô separando mais umas capas com qualidade boa (q vale a pena vcs salvarem - eu adoro salvar capas de gibis no pc)!!!

    a matéria sobre HTV terá 5 partes... pois gerou umas 10 pág no word, rs!!!

    ResponderExcluir
  6. Bons tempos.Não tenho tantos números da heróis da Tv quanto eu gostaria mas dava mais preferência às que tinham histórias dos vingadores que sempre foram meu super grupo preferido.

    Essa história da HdT 7 do Thor contra o Surfista é ótima...

    Boa sorte no blog o/

    ResponderExcluir
  7. É mesmo Léo, foi uma mudança radical. Esses gibis de heróis dessa época, são super legais. Esse do Thor tem uma capa linda. Uma das coisas legais que a gente fazia, era ficar desenhando os personagens no papel de seda. Demorava um tempão para fazer os detalhes das roupas dos heróis. Gostei muito da postagem, Léo, e tenho certeza que teremos postagens muito legais por aqui, pois seu gosto é único e a sinceridade é sua "marca registrada". Abs. Paulo

    ResponderExcluir
  8. valew, Macgaren....

    depois me manda o link do teu blog pra eu add ele tbm, blz??

    tu q gosta dos vingadores.... as próximas partes da matéria vão abordar melhor a chegada deles à Abril (depois de uma revista fracassada na Bloch q durou só 6 ed.)

    a Abril pulou + de 50 ed. dos vingadores... qdo retomou a série. Mas acho q foi a única saída q tiveram: pois eles precisavam buscar logo a cronologia pra emparelhar todas as séries de heróis.

    e essa luta do Thor x Surfista... foi republicada depois em GHM 16, e mais recentemente na Bivlioteca do Surfista 1

    e essa capa é um clássico... na Marvel MAx chegou a sair uma versão dessa capa com os 2 personagens em sua versão ZUMBI.

    ResponderExcluir
  9. Paulo,

    eu tbm costuma desenhar por cima das capas com esse papel de seda ("papel vegetal" como chamavam),

    mas eu comprava alguns gibis repetidos só pra rabiscar (capa e miolo)... e outros pra manter intactos na coleção, rs!!!

    eu tbm adora o "Transfer", lembra??

    a gente raspava as figuras... e elas ficavam impressas num desenho!!

    tinha vários transfers da marvel... e de outros temas tbm (como lutas de gladiadores, western, etc)!!!

    o transfer é uma das coisas das quais mais tenho saudade.... bem q podiam reeditar isso (q nem fizeram com o bonceco falcon)!!!

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Aprendi a desenhar fazendo isso com os gibis e o papel de seda quando criança. Mas o que me ajudou mesmo foi o carbono, eu era apaixonado pelo carbono (que eu chamo de carbone).

    ResponderExcluir
  11. Valew, Hulk Boy!!!

    pensa naquele lance do dossiê q eu te falei.... blz?

    pode ser um material interessante pro blog.... ainda mais pela trabalheira q tu teve em fazer!!!

    até+

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...