23/08/2018

"KUNG FU" (LIVRO): O Dia do "Gafanhoto"...

"Kung Fu"... É uma das séries de TV mais cultuadas de todos os tempos e que ainda rende inúmeras referências na cultura pop (inclusive nas HQs). Produzida entre 1972-1975 e estrelada pelo enigmático e saudoso David Carradine (Kill Bill), a série ganha agora um LIVRO pela Editora Estronho (capa acima)!

O livro traz os bastidores da série, curiosidades, e um guia de episódios das 3 temporadas... Além de vir recheado de FOTOS e informações preciosas sobre a produção. Nesta matéria especial, relacionei também as referências de "Kung Fu" nos QUADRINHOS!

Confira abaixo:

"Kwai Chang Caine" (Carradine)... É um mestiço (filho de mãe chinesa e pai americano) que após ter sido criado e treinado em um templo Shaolin, vaga pelos desertos e cidadezinhas do Oeste Selvagem dos EUA em busca de seu meio-irmão (cujo encontro só ocorreria num dos últimos capítulos da série): O único elo familiar que lhe restara. Em sua jornada, Caine enfrentará inúmeros perigos e caçadores de recompensa (já que é procurado por ter matado o sobrinho do Imperador), enquanto ajuda as pessoas de bem que encontra pela frente (é aí que a filosofia do "Kung Fu" entra em cena com reflexões e pensamentos que mudam a vida dessas pessoas). Calmo, sereno, e pacífico: Caine evita lutar à todo custo (o que é impossível diante da maldade e natureza humana em uma terra hostil), mas exibe em seus braços a "Marca do Dragão" (tatuagens de dragão feitas à fogo - na cena acima, onde ele levanta um caldeirão fervendo com os braços)!

Esta é basicamente a sinopse e premissa básica da série: Um grande sucesso na década de 70... Foram 63 episódios ao todo - divididos em 3 temporadas (já saíram no Brasil os 3 boxes em DVD - entre as imagens acima: a capa da 1º Temporada). "Gafanhoto" era o apelido de Caine na infância, quando treinado pelo Mestre Po (um monge cego, assassinado pelo tal filho do Imperador, que Caine atravessou com uma lança pra vingá-lo). Aliás, a série foi pioneira no uso de flashbacks (que mostravam os ensinamentos que o jovem Caine aprendia no Templo Shaolin) e na câmera lenta nas cenas de luta/ação. O conceito original da série foi elaborado por Bruce Lee, mas rejeitado pelos produtores (que queriam um americano no papel): Mas embora Carradine não fosse um lutador tão bom (e nem teria como se igualar à Lee), ele ao menos agregou ao personagem uma serenidade e espiritualidade únicas (eu não consigo mais imaginar outro ator interpretando Caine - A não ser o Carradine)!

Nos quadrinhos, "Kung Fu" foi o nome dado à uma revista da EBAL (capa acima), que trazia histórias diversas (inclusive algumas de "Shang-Chi" da Marvel). Porém, no próprio gibi do "Mestre do Kung Fu" (em edição já publicada pela Panini na "CHM") tivemos um inusitado crossover entre "Shang-Chi" e "Caine" (em uma versão genérica, mas evidentemente baseada no personagem da série de TV - Imagem logo acima)! Outro herói Marvel que teve como fonte de inspiração a série "Kung Fu" foi o "Punho de Ferro" (a marca de dragão tatuada na pele e o treinamento com direito à socos em baldes de perdas, foram elementos tirados da série de TV)! A série teve uma sequência na TV nos anos 90 ("A Lenda Renasce" - Também estrelada por Carradine)! O LIVRO da Editora Estronho custa na faixa de 45 reais e é altamente recomendável pra fãs da série (que é uma das minhas 5 favoritas)!

Até+

PS: A Editora Estronho vende seus livros em seu site oficial, e geralmente rolam descontos levando mais de um. Ela tem se especializado em livros sobre séries de TV. Estou lendo 3 em sequência e vou comentá-los aqui no blog. Os próximos serão: "Ultraman" e "HULK" ("não me irrite Sr. McGee", rs)!

46 comentários:

  1. Muito legal essas iniciativas da Editora Estronho, Leo !

    Conheço a série, já que sou fã de Bruce Lee, mas vi muito pouco desse material e nem me lembro direito de como era a trama. Sei apenas que o Caine vagava pelo Velho Oeste e que, volta e meia, ele tinha algumas recordações em que conversava com o seu Mestre num ambiente repleto de velas acesas.

    Além de desenhos antigos, coleciono também algumas séries igualmente antigas (O Planeta dos Macacos, Arquivo Confidencial, O Homem do Fundo do Mar, Kojak, etc), mas ainda não adquiri esse Kung Fu com David Carradine pois procurei priorizar inicialmente as coisas mais difíceis de encontrar.

    A revista "Kung Fu", publicada pela Ebal, eu já cheguei a ter a coleção completa. Morei ali perto quando era moleque e, às vezes, frequentava a Ebal pra comprar algumas coisas quando eu podia. Os preços eram bem mais em conta lá e muitas coleções completas se encontravam disponíveis à venda na época, pouco antes da Ebal falir.
    Minha mãe me deu a coleção do Kung Fu em um dos meus aniversários, pagando metade do que era o previsto. Fiquei feliz pra caramba. Inclusive, me recordo dessa capa que consta na matéria.
    A revista Kung Fu era num formato grande, trazia quadrinhos do Caine, algumas vezes do Mestre do Kung Fu e até de um cowboy cujo nome não recordo direito, pois era um tipo de história que não tinha nada a ver com Artes Marciais e eu não gostava.
    Como os desenhos dessa revista eram P&B, só li as aventuras uma única vez. Eu preferia mais as matérias que ela também trazia, sobre filmes de Kung Fu, Artes Marciais em geral, Bruce Lee e, a partir de um determinado n°, passou a trazer também os fascículos daquele que viria a se tornar o melhor manual de Tae Kwon Do do mundo.

    Agora veja só ! Tive um gibi do Mestre do Kung Fu (da Bloch) em que me lembro muito bem da cena retratada nesta matéria. E foi aqui no "Submundo" que fiquei sabendo que o camarada que o Shang Chi encontra no caminho nesta história, antes de se deparar com um tipo de monstro do pântano, era uma retratação do Carradine.
    O velho Paul Gulacy e suas homenagens !!!

    Bom saber que essa história está na CHM do Mestre do Kung Fu (só vou começar a ler tudo quando completar a coleção).

    Abs !

    ResponderExcluir
  2. Leo The Walking Dead da Panini vai normalmente para as bancas ou somente para livrarias e lojas especializadas?

    ResponderExcluir
  3. blz leo?

    nunca fui de gostar muito de filme de luta dos anos 60/70, só fui ver meu primeiro filme de bruce lee em 2011, foi operação dragão , gostei bastante. nunca vi o seriado kung fu, só vi o carradine em kill bill mesmo (meu preferido do tarantino, puta filme maneiro do caralho!!!!)

    abraço

    ResponderExcluir
  4. leo uma dúvida: pretendo comprar a saga clássica da dc "invasão" mas estou na dúvida se pego da panini ou da eaglemoss (porque dizem que os tie ins são bons e acrescentam muito pra trama) o que você me sugere?

    ResponderExcluir
  5. Fala, Leo. O pessoal das antigas como você (hehe) falam muito bem dessa série, mas nunca assisti (sou "novinho" dos anos 80). Legal uma editora brazuca lançar esse tipo de material por aqui.

    Gostei bastante da matéria, ainda mais por conhecer pouco. Traga os outros livros assim que puder.

    ResponderExcluir
  6. Por coincidência acabei de assistir "Elite de Assassinos" filme de 75 que reune James Cann, Robert Duvall, Sam Peckinpah e ... Kung Fu.


    Não tem como dar errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vi, mas sei que existe um remake com o Jason Statham (que eu não vi também).

      Excluir
  7. Leo num sebo achei Miracleman n°1 de uma antiga editora chamada thanos, lancada na epoca do cruzeiro e o dono quer me cobrar 15 reais nela e na American Flag vale? E só para avisar nada de heavy metal aqui em Aracaju. Estou achando que vamos ficar na vontade.

    ResponderExcluir
  8. "Conheço a série, já que sou fã de Bruce Lee, mas vi muito pouco desse material e nem me lembro direito de como era a trama. Sei apenas que o Caine vagava pelo Velho Oeste e que, volta e meia, ele tinha algumas recordações em que conversava com o seu Mestre num ambiente repleto de velas acesas."


    E aí, Antonio... blz?

    A série "Kung Fu" tinha episódios fechados e auto-contidos (eventualmente rolava alguma saga dividida em 2 capítulos, mas foram poucos assim)... Pois ao sair vagando pelo Velho Oeste, Caine encontrava pessoas diferentes em cada capítulo e as ajudava com seus problemas e situações diversas q precisavam enfrentar! Nesse ponto, lembrava mto a estrutura do seriado do "HULK", saca? (com o "Dr. Banner" se envolvendo na vida de pessoas distintas a cada episódio)!

    Entre as curiosidades da série... temos a 1º aparição de uma jovem Jodie Foster (ainda menininha com uns 10 anos de idade) num dos meus episódios favoritos. Na trama, a menina presencia Caine matando uma pessoa com um tiro de revólver (na verdade, uma ilusão de ótica - ele era inocente) e ela é a única testemunha q pode livrá-lo da forca. Mesmo preso, Caine incentiva a menina a falar exatamente o q viu, pois é a verdade pra ela (mesmo q seja condenado à morte por isso, pra ele só importa q a menina seja honesta consigo mesma). Nisso, misturam-se os flashbacks do passado, onde o pequeno Caine aprende o conceito do q é a verdade e como diferenciá-la daquilo q os olhos veem? Um belo episódio, com uma EXCELENTE interpretação da Foster-mirim, rs!

    As lições q o jovem gafanhoto aprendia (com o velho mestre)... nunca são flashbacks gratuitos, e sempre são lições q o Caine adulto irá aplicar na sua vida presente (essa é uma ótima sacada da série: Tudo q ele aprendeu no seu treinamento de Kung Fu na infância é aproveitado nas situações q enfrenta qdo adulto)!

    Te recomendo mto essa série... Ela é diferenciada de tudo q foi feito na época. Vale uma conferida!

    E realmente... Essa HQ do "Mestre do Kung Fu" (onde o Caine aparece) já foi comentada aqui no blog há um tempo atrás, rs. Eu tenho ela tbm em "Heróis da TV" (nº 3, se não me falha a memória), mas pode ter saído pela Bloch tbm (não tenho nada do MKF na Bloch)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "Leo The Walking Dead da Panini vai normalmente para as bancas ou somente para livrarias e lojas especializadas?"


    E aí... blz?

    Olha, te confesso q aqui no sul ao menos: Só tenho visto "WD" nas lojas e livrarias (Saraiva) mesmo... Eu compro as minhas na loja daqui (Tutatis)! Nas bancas eu não vi!

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. "nunca vi o seriado kung fu, só vi o carradine em kill bill mesmo (meu preferido do tarantino, puta filme maneiro do caralho!!!!)"


    E aí, gustavo... blz?

    O Tarantino é um grande fã do seriado "Kung Fu"... E chamou o Carradine pro "Kill Bill" por conta disso. Inclusive, a flauta q o Bill toca no filme do Tarantino (no começo de "Kill Bill" 2) é uma referência à série de TV!

    Em "Pulp Fiction" tbm há uma referência à "Kung Fu": Qdo o Samuel Jackson diz q seu sonho é ser igual ao Caine e sair vagando pelos EUA ajudando as pessoas. Aí o Travolta rebate: "Então vc quer ser um VAGABUNDO"? kkk...

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "leo uma dúvida: pretendo comprar a saga clássica da dc "invasão" mas estou na dúvida se pego da panini ou da eaglemoss"


    E aí... blz?

    Bem, eu li a saga principal e achei bem "mais-ou-menos"... Não sei se os tie-ins melhorarão a trama. Minha sugestão é q vc baixe ou leia emprestada a saga principal pra ver se gosta, pois se achar mediana (q nem eu achei) o investimento da Eaglemoss será alto demais (já q passa dos 100 e tantos reais)!

    Certifique-se, primeiro, de q a saga valerá a pena pra vc... Se gostar, aí talvez seja melhor pegar a versão mais completa mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  12. "Fala, Leo. O pessoal das antigas como você (hehe) falam muito bem dessa série, mas nunca assisti (sou "novinho" dos anos 80)."


    E aí, Guilherme... blz?

    Ter nascido nos anos 80 não é desculpa, pois vc deve ter visto ao menos a sequência da série q passava (com sucesso) no SBT no final dos anos 90, né? hehe:

    https://media.fstatic.com/PQzSTwy30QGsxpq6OSql-m2K9sY=/fit-in/290x478/smart/media/movies/covers/2012/07/f5d0730206e873bf4b83d158085022e0.jpg

    A série nova era nos dias atuais e trazia o Carradine interpretando o bisneto do Caine original... Era mto boa tbm, e ele ajudava o filho policial a combater o crime na cidade grande!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ademais, ambos os Kung-Fu foram exibidos anos a fio na década de 90 e começo dos anos 2000 no Warner Channel. E o Kung-Fu original estava sendo exibido até cerca de um mês atrás em Tv aberta!

      Excluir
    2. Quando era pequeno, não pegava sinal direito de SBT na TV lá de casa... era só Globo, Manchete e Bandeirantes.

      Excluir
    3. Nessa série contemporânea do Kung Fu, o filho do Caine não seria o Brandon Lee, filho do Bruce Lee?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. E aí, VAM... blz?

      Não, mas realmente houve um filme (raríssimo e difícil de encontrar) com o Carradine e o Brandon Lee q era sequência do "Kung Fu"... Só q isso foi antes ainda do tal seriado do SBT! Saca só o cartaz:

      https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/511G5293VZL._SY445_.jpg

      Abs!

      Excluir
  13. "Por coincidência acabei de assistir "Elite de Assassinos" filme de 75 que reune James Cann, Robert Duvall, Sam Peckinpah e ... Kung Fu."


    E aí, gustavo... blz?

    Ótima dica essa... Eu não tinha visto esse filme de 75, mas acabei de assistir um trailer e já mandei baixar pra ver com calma (valeu mesmo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba é do mestre Sam Peckinpah...preciso assistir

      Excluir
    2. O cara é FÓDA mesmo...

      Não tem filme ruim dirigido por ele... não faz mto tempo, revi um dele q eu tenho gravado: "O Casal Osterman" (putas cenas de ação em câmera lenta: um SHOW)!

      Abs!

      Excluir
    3. "... Não tem filme ruim...'

      'Comvoy" eu acho muito chato, mas penso ser a exceção.

      Pelo menos dos que assisti, dentre eles, Cruz de Ferro, Implacáveis e Meu ódio são excepcionais.

      Já Osterman e Assassinos eu não lembro de ter visto.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Eu vi na época, mas não lembro quase nada desse "Comboio", rs...

      Mas a "Cruz de Ferro" eu adoro... comprei o DVD por 10 pila numa banca (espetaculares cenas de guerra e morte em câmera lenta)!

      O Garth Ennis é fanzaço desse filme tbm e já fez algumas referências à "cruz" em gibis!

      Abs!

      Excluir
  14. "Nunca vi, mas sei que existe um remake com o Jason Statham (que eu não vi também)."


    E aí, Hunter... blz?

    Mesma coisa aqui... Não vi o original (mas já mandei baixar): E não sabia do remake (q realmente existe, e já vou mandar baixar TBM, hehe)!

    https://www.virginmegastore.ae/medias/sys_master/root/h8d/hb9/8848035610654/Killer-Elite-500157-Detail.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse do Statham com o DeNiro e o Clive Owen eu acho muito bom.

      Excluir
    2. E é mesmo, Lierson.

      MAS te confesso que me empolguei muito mais quando vi o trailer ao som do Scorpions do que assistindo ao filme todo, onde deveriam ter colocado "Rock You Like A Hurricane" em algum momento também.

      https://www.youtube.com/watch?v=CGfKi6kpdTQ

      Abs,
      VAM

      Excluir
  15. "Leo num sebo achei Miracleman n°1 de uma antiga editora chamada thanos, lancada na epoca do cruzeiro e o dono quer me cobrar 15 reais nela e na American Flag vale?"


    E aí... Blz?

    Não, por esse preço eu acho q não vale... Pois será apenas um pedaço de uma série q deve ser lida na íntegra. Te aconselho a esperar mais um pouco: Uma hora dessas a Panini deve publicar os encadernados!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo preço eu acho que ele deve comprar pois é uma edição historica com a primeira aparição do Marvelman no Brasil. A venda nos sites não se encontra por menos de R$ 20,00.

      Excluir
    2. Só vale como curiosidade, ainda mais se conseguir os outros números e ver a bagunça que a Tannos fez.
      E uma pequena correção. Marvelman foi publicado no brasilnos anos 50/60 na revista Capitão Marvel da RGE com o nome de Jack Marvel. A edição da Tannos foi a primeira publicação da versão Alan Moore do personagem.

      Excluir
    3. Eu ainda acho 15 reais mto caro pra um gibi q já nem é mais tão importante assim, visto q a Panini faz pouco q republicou tudo isso com qualidade superior... É a mesma coisa q querer cobrar 15 reais pelos formatinhos da Abril q traziam o início do "Monstro do Pântano" do Moore: qdo temos encadernados desse material custando pouco mais q isso hj em dia! É uma questão de tempo até relançarem de novo o "Miracleman"!

      E bem lembrado, Dr. Jones... A 1º aparição MESMO do personagem no Brasil foi mto antes do Alan Moore fazer a versão dele!

      Abs!

      Excluir
    4. "... É uma questão de tempo até relançarem de novo o "Miracleman"!..."

      Também acho, uma hora resolvem publicar.

      E mais rápido do imaginamos "SE" a Salvat conseguir negociar... será igual ao MP em LWC.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  16. Leo, podcast importante e explica muita coisa que é especulada e chutada pelo pessoal aqui. Talvez valesse a pena você chamar a atenção em um post específico.

    http://www.universohq.com/podcast/confins-do-universo-057-mercado-editorial-em-crise/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, Carlos Rocha !
      Nem só de artigos festejando novos lançamentos vive o mercado de quadrinhos. Ao contrário, esse tipo de informação é vital pra estabelecermos parâmetros.

      Infelizmente, a realidade retratada nesse podcast é muito, muito preocupante para os aficcionados em quadrinhos e para quem trabalha com esse tipo de negócio.
      Isso tudo é claramente o resultado de um modelo de gestão onde pessoas incompetentes estão no comando, desde a Presidência da República até o escritório de um gerente de livraria.
      O que esperar de um país onde até mesmo os professores são semi-analfabetos ? Já tive o desprazer de conhecer VÁRIOS !
      País de gente alienada e demente, onde um retardado que nunca leu um livro na vida e uma débil mental completamente idiota são eleitos Presidente e Presidenta.
      Uma verdadeira piada.

      Uma lástima lamentável. E o resultado está aí !

      Excluir
    2. Oi, Antonio... blz?

      Diante do seu comentário acima... Eu queria q vc tivesse me visto nas últimas 2 SEMANAS, nas quais entrevistei DEZENAS de pessoas (quase todos os dias) pra contratar um novo setor financeiro pra minha empresa. E adivinhe só: NÃO ENCONTREI NINGUÉM DEVIDAMENTE CAPACITADO (!)... rs (só rindo pra não chorar)!

      É mto triste isso... as pessoas vão lá procurar emprego pq precisam trabalhar e pagar suas contas... MAS não estão preparadas pro mercado e não demonstram qq competência pra função q querem exercer!

      Sabe o resultado dessa merda toda? EU MESMO vou ter q fazer a parte financeira agora... pq não consegui encontrar um funcionário capaz e com a responsabilidade necessária pra assumir uma função de vital importância! É fóda isso, parece piada até!

      Abs!

      Excluir
  17. Materia bacana. Eu acho essa série bem legal. Penso como seria se a série fosse com o Bruce Lee, acho que meio diferente. Se essa série rolasse apos o mega sucesso Operação Dragão que fez com que o Bruce ficasse famoso tb na America, e ele não tivesse falecido, acho que deixavam ele fazer a série. Penso como seria.

    O David Carradine fez um bom trabalho na série, mas era visivel que ele não sacava nada de luta.

    Agora que arrumaram o anuncio da CHM Wolverine, tu sabe quantos vol serão?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Camus... blz?

      Sei não... Por mais fã do Bruce Lee q eu seja, ainda acho q ele não combinaria nesse papel: Pois o Carradine elaborou um Caine mais pacífico e sereno. E é difícil imaginar o Lee com um olhar humilde e tranquilo (ele meio q exala agressividade só no olhar, hehe)!

      Mas realmente... O Carradine não era lutador, porém: A pegada da série não era pra ser bem sobre lutas (apesar de parecer q sim, o objetivo era mais filosófico)!

      E a "CHM do Wolverine" vai ter mais 4 Vol. pela frente... Já me mandaram as capas certinho agora, hehe!

      Abs!

      Excluir
    2. Especulo que o personagem "Gideon" que o Carradine fez num episódio da série Night Gallery - "The Phantom Farmhouse" foi um dos motivos que o fizeram ser escolhido para o papel de Caine.

      Nele além do papo filosófico, tocava também um instrumento musical, no caso violão ao invés de flauta.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Beleza Leo?

      Pensando sobre esse lado da transmissão de pacifismo serenidade, é verdade. Acho que o Bruce não conseguiria (talvez). Os personagens dele sempre transmitiam agressividade, uma certa arrogancia (em momentos de luta), e bom humor.

      Cara vai então ate o volume 8? É isso? Manda as capas ai se puder pra mim ou aqui kkk O vol 6 acaba em Wolverine 37, gostaria de saber se os volumes seguintes vão continuar de Wolverine 38. Abraço!

      Excluir
    4. VAM e Camus...

      Eu não conhecia esse personagem do Carradine (Gideon)... Vou procurar pra ver se acho algum vídeo. Valeu pela dica, mto interessante se tiver sido um protótipo mesmo!

      E o Bruce Lee não consegue passar serenidade e humildade nenhumas mesmo, kkk... Tá na cara dele aquela vontade de sair dando porrada em todo mundo, rs! Por sinal, recomendo o FILME: "A Origem do Dragão" (q tá rolando nos Telecines) e mostra justamente uma parte da vida do Bruce Lee onde ele aprende um pouco de humildade ao enfrentar outro mestre Shaolin (mto bom esse filme)!

      Abs!

      Excluir
    5. Até quando o Bruce ensinava um aprendiz sobre a beleza celestial das artes marciais no início de "Operação Dragão" ele dava um Pedala Robinho na nuca do moleque, rs.

      Tenho que conferir este "A Origem". Curto muito aquela cinebio de 1993, "Dragão - A História de Bruce Lee".

      Excluir
    6. E aí, doggma... blz?

      Esse filme novo tá bem melhor q aquela bio dos anos 90... A começar pelo ator, q agora pelo menos tá parecido com o verdadeiro, rs!

      Mas é bem isso mesmo... Essa cena q vc relatou da "Operação Dragão" reflete bem o pq de eu ser contra a ideia do Bruce Lee interpretar o Caine: Não tem como, é o mesmo q botar o Chuck Norris pra ser Jesus Cristo num filme, kkk!

      Abs!

      Excluir
    7. Ia dizimar todo o Império Romano na porrada!

      Falando em artes marciais & faroeste, uma boa dica é "Sol Vermelho" (Red Sun), com os fodões Charles Bronson e Toshiro Mifune. Filmaço.

      Excluir
    8. Boa dica mesmo, doggma...

      Eu tinha o "Sol Vermelho" em VHS na época... nunca mais encontrei em DVD (mas deve ter pra baixar)!

      Abs!

      Excluir
    9. Com certeza tem. Mas também vi o dvd há pouco tempo, quase de graça num bacião da Americanas.

      Excluir
    10. Opa, valeu pela dica, doggma...

      Faz tempo q não dou uma garimpada nos balaios de DVD das americanas, rs!

      Abs!

      Excluir
  18. Fala Leo,blz?


    Muito legal essa matéria sobre "kung fu"!
    Olha, te confesso que não sou do tempo dessa série que fez tanto sucesso( sou da década de 90), mas curto muito filmes desse gênero, como o do Bruce Lee, Jackie Chan e Jet Li por exemplo.

    Muito bacana a iniciativa de editoras como Estronho trazer um livro interessante, cuja cultura fez parte da infância de muita gente. Se rolar descontos, sempre vale a pena conhecer um pouco mais essa trama. Vou passar a assistir a essa série de Kung Fu assim que tiver a oportunidade.
    Quanto aos personagens que foram inspirados nessa série, um que eu curto muito é o Punho de Ferro, mas histórias boas do personagem é algo raro de se ver. As únicas que consegui foram a edição de Paladinos Marvel, em especial, sua origem e o clássico da Salvat. Uma pena que o personagem ficou "esquecido", pois acredito que deve ter mais clássicos bons por aí.
    Leo, quanto a CHM MKF, você vai encarar os 12 volumes mesmo? Pra quem quer ler o melhor das histórias do personagem deve comprar a coleção inteira?

    Abs
    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Leo... blz?

      Brigadão mesmo por ter curtido esta matéria... NO fim das contas, consegui estabelecer um elo de ligação entre a série de TV e os QUADRINHOS: O q a torna atrativa pra quem curte HQs de artes marciais!

      Qto ao "Punho"... Bem, as 2 "Paladinos" dele foram mto boas (a 1º foi meio q dividida com o "Cage", mas os 2 tava mto fóda: só com material bom q saía em "HTV" antes do Byrne)!

      Fora isso, a fase do Brubaker tbm é ótima e recomendo... pelo menos os 3 ou 4 primeiros encadernados (foi um material de grande qualidade em um momento antes da Marvel se perder completamente com as histórias e fases ruins q temos visto de uns anos pra cá)!

      E sim, o "MKF" é uma série pra ser lida inteira... se pegar apenas o começo, vai perder amelhopr parte q é do meio pro fim: Se pegar do meio pro fim, vai perder o começo: q é onde os personagens são desenvolvidos e se estabelecem os conflitos entre todos. Ou seja: recomendo as 12 ed. da "CHM" (vc vai me agradecer por esse conselho um dia, rs)!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...