31/08/2018

"Submundo-HQ": No Programa "Colecionadores" (do History)...

O Canal "History", apresenta a série: "Colecionadores"... que aborda diversos tipos de coleções (vídeo-games, quebra-cabeças, bonecos, carrinhos, e - é claro: GIBIS). A série foi gravada em Porto Alegre, São Paulo, Montevidéu, Buenos Aires e nas respectivas regiões metropolitanas. Ela costuma passar nas sextas (21:40) mas tem diversas reprises durante o resto da semana. No episódio 4 (desta 1º temporada), o tema principal foram os QUADRINHOS, e um dos 3 entrevistados fui eu - imagem acima (na 1º aparição OFICIAL do "Submundo" em vídeo, hehe)!

A entrevista, na verdade, foi gravada há 4 ANOS atrás, e somente agora foi pro ar... Eu nem contava mais que fosse ser exibida (já que não envolve abduções alienígenas - tema principal do History, rs): Mas na semana passada, vários amigos me avisaram e eu fui um dos últimos a assistir (numa das reprises, kkk). A dinâmica do programa ficou boa: com 3 colecionadores por episódio (em entrevistas intercaladas). Nas partes em que eu apareço, mostrei algumas raridades da minha coleção (tipo o "4F" nº 1 da EBAL em perfeito estado de conservação) e a cristaleira com as miniaturas de super-heróis!

Quando me convidaram pra entrevista (graças à boa repercussão do blog), foram mais de 5 ou 6 horas de gravação, mas somente poucos minutos foram ao ar (coisas da edição de vídeo, rs). Entre as cenas cortadas, falei sobre os mercados paralelos de gibis piratas (fac-símiles artesanais - mostrei alguns exóticos que tenho) e miniaturas customizadas (com artistas que fazem até melhor que as figuras oficiais)! Pra quem quiser mais uma chance de rever o programa, vai repetir neste sábado: Dia 1º de setembro, às 18:10!  

Até+

52 comentários:

  1. no aguardo de uma alma caridosa que coloque no youtube.

    bem, já é hora desse blog criar um canal também.

    abç!

    ResponderExcluir
  2. E aí, Leo, beleza?

    Que massa! Não devo ter History Channel no meu pacote, mas vou ver o que dá pra fazer.

    Abração;

    ResponderExcluir
  3. Essa série será bastante interessante de se acompanhar. Estou curioso pra ver tudo oque as pessoas colecionam ou acumulam, mesmo.

    E nada impede que devido ao sucesso dessa 1ª temporada uma 2ª aconteça com outros trechos não mostrados, tanto da sua quanto demais entrevistas.

    Que todos os Submundistas se unam para garantir uma audiência "épica"

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  4. Renato França31/08/2018 17:13

    Parabéns. Que um dia voce possa aparecer no "Zero 1". Uma pergunta que eu sempre quis fazer. Algum empregado seu participar do blog?. Grato

    ResponderExcluir
  5. Leo, Festival de quadrinhos de Limeira em setembro.

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti. Sabia que já tinha visto aquele nome em algum lugar... hehehe

    ResponderExcluir
  7. Participação mais do que merecida. Um verdadeiro colecionador, que não só junta revistas, mas lê as HQs, conhece os roteiristas, conhece os artistas e entende do mercado editorial.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Oi Leo!

    Assisti hoje! Pena que é tão curtinho e mostrou muito pouco!! Imagino que você tenha muito mais edições raras que mereciam ser mostradas, ou materiais de sua preferência e importância para os quadrinhos!

    Mas, o importante é que um pequeno passo foi dado em prol do colecionismo brasileiro de HQs e Action figure, e acho que este nicho precisa ser descoberto e mostrado ao grande público para acabr de vez com o preconceito que existe a estes materiais e a quem os coleciona!

    Somos pessoas normais como qualquer outra, trabalhamos, namoramos, estudamos, temos amigos dentro e fora do nosso hobby, viajamos, etc., em suma somos pessoas normais ao contrário do que muitos pensam! E quanto ao custo de nosso hobby? Bom..., embora não seja barato como antes, não é dos mais caros!!

    Eu espero que tal preconceito seja quebrado e que as HQs sejam considerados como cultura e não literatura marginal como muitos educadores ainda pensam, e que serve para criar o hábito da leitura em adultos e crianças; hábito aliás que está em desuso no país e está prejudicando o nível educacional no país!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. E aí Léo,
    Assisti ontem (sexta a noite) a série com o seu depoimento, bem legal, pena que o episódio e curto....
    Vi que sou um ano mais velho que você, talvez por isso que seu gosto bate muito com o meu....
    E por último.... a sua fotinho aqui do blog é meio antiga hein?... ahahahahaha
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Heavy metal nem chegou por aqui e o vol2 estar em pré venda.

    ResponderExcluir
  11. "...foram mais de 5 ou 6 horas de gravação, mas somente poucos minutos foram ao ar (coisas da edição de vídeo, rs). Entre as cenas cortadas, falei sobre..."

    Ou seja, uma pessoa dispende horas e horas do seu tempo pra, no fim, ser tratada desta maneira claramente desrespeitosa. E o programa foi ao ar séculos depois !
    Se fosse o Corey Goode e o David Wilcock a estarem no History, o tempo seria praticamente ilimitado, com vários e vários episódios de besteirol sem nenhuma comprovação daquilo que essa dupla diz (sei que o History é fã desses dois covers do Bob Lazar).

    Na época que eu tinha a Sky, o History era um dos poucos canais que eu assistia. Mas agora eu prefiro ler meus livros e quadrinhos, assistir todo material que tenho em DVD ou curtir um som do Bauhaus, do Jimmi Hendrix ou do Joy Division. Também acompanho alguns poucos hangouts na internet.
    Mas a tv no Brasil...é muito direcionada à mentalidade do povo brasileiro - que nunca questiona, não busca o contraditório e é passível de aceitar qualquer coisa sem exercer um mínimo de reflexão - além de terem um mal gosto e uma inclinação para vulgaridades e palhaçadas impressionante. O resultado disto tudo pode ser visto na qualidade das programações. Zumbilândia total !

    E como a minha paciência com zumbis já se esgotou, fui morar num sítio e dispensei a necessidade de assistir a tv, ficar o tempo todo com a cara enfiada no celular ou me envolver com coisas como o tal do Facebook.

    Mas nem tudo é derrota nesse mundo decadente de malucos (agora mesmo tá passando um filho da puta aqui na rua anunciando favelisticamente que "é o carro do gaz". Porra, foda-se! Nem em área de sítio se está livre dessas porras ?). E o blog "Submundo HQ" é uma das poucas coisas que ainda prende a minha atenção. Poderia ser um pouco mais diversificado, apresentar mais matéria de outros segmentos que não as manjadas Marvel e DC, mas ainda é referência básica pra determinar a escolha de muita coisa boa a ser adquirida, além de, vez e outra, tratar de assuntos correlatos ao panorama das HQs.

    Num mundo de Faceburros, ideologias politicamente corretas, Corey Goodes e David Wilcocks com teorias mirabolantes e lisérgicas, é preferível ainda ler um bom gibi.
    O History Channel deve saber muito bem disso. Se fizesse uma matéria muito extensa sobre a sua coleção de quadrinhos, Leo, "perigava" da galera (desculpe o linguajar medíocre) se entusiasmar demais. "Neguinho" ia ver aquela parada (opa, de novo o linguajar) e pensar : "Caraca, maneiro !"
    E nessa de pensar e partir pra realizar, pode ser um passo. E uma vez dado o primeiro passo em determinada direção libertadora, a oportunidade de deixar pra trás muita coisa que se trata de pura perda de tempo - e atraso de vida -, pode se descortinar amplamente e cada vez mais.
    Desde, é claro, que não surja apenas mais outro colecionador de lombadas.

    Abs !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Antonio Jorge. O programa poderia ter sido mais focado, aprofundado, ao invés de dar três pontos de vista praticamente iguais. Poderiam mostrar temas relacionados aos quadrinhos, como roteiro, arte, personagens, diversidade cultural, etc. sendo um tema com cada entrevistado.

      Excluir
    2. *Despende. O verbo "dispender" não existe.

      **Mau-gosto.

      Excluir
  12. Valeu pela apresentação Leo. Assisti no sábado e achei a apresentação legal. Percebi que todos os entrevistados não mostraram todo o ouro, rsrs. Achei engraçado o entrevistado pegar nos "brinquedos", o que! !!! Brinquedo NÃO! KKKKK
    Não se preocupe, se a TV engorda, também rejuvenesce, rsrs. Quase cinquenta com cara de vinte,rsrs.
    Brincadeira a parte, falaram muito dos heróis, da coleção do colega argentino e pouco Turma da Mônica e Disney,-mas foi bom.
    Continue com o sucesso noSubmundoHQ.

    ResponderExcluir
  13. "no aguardo de uma alma caridosa que coloque no youtube."


    E aí, Scant... blz?

    Daqui a pouco deve rolar uma cópia no Youtube... e assim q isso acontecer, eu posto o LINK aqui no blog, pode deixar!

    Qto à um canal do "Submundo"... Apesar da demora (por falta de tempo da minha parte - já q trabalho de 10 a 12 horas por dia e ainda levo trabalho pra casa, kkk), isso é algo natural pra acontecer aqui assim q eu conseguir uma melhor estabilidade nos negócios e tempo sobrando pra fazer as gravações e edições! Pro ano q vem, por exemplo, terei um estúdio inteiro de EAD (Ensino à Distância) do meu curso à minha total disposição (e, de repente, vai ser melhor do q fazer algo mais "amador" com uma câmera na mão aqui em casa, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "Que massa! Não devo ter History Channel no meu pacote, mas vou ver o que dá pra fazer."


    E aí, Lierson... blz?

    Eu vou ficar de olho no Youtube pra ver se consigo um LINK pra postar aqui... Mas tbm não descarto pedir uma cópia pra produtora do programa. Vou ver o q consigo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Essa série será bastante interessante de se acompanhar. Estou curioso pra ver tudo oque as pessoas colecionam ou acumulam, mesmo."


    E aí, VAM... blz?

    Fora o episódio em q eu apareço (e q é TODO sobre HQs), assisti tbm outros 2 programas da série... Num deles, tem 3 colecionadores bem distintos: Um cara q coleciona LEGO (e tem várias raridades da linha q ocupam um quarto inteiro), um outro q coleciona SÓ bonecos "Ken" (o namorado da Barbie), e uma mulher q coleciona "QUEBRA-CABEÇAS" e tá no livro Guiness dos recordes, com mais de MIL quebra-cabeças montados e emoldurados (essa eu achei mto massa)!

    O outro programa q eu vi era sobre 3 colecionadores de aparelhos de "RÁDIO"... Achei interessante tbm, pois tinha um cara q tinha aparelhos tão antigos q remetiam até à 2º Guerra Mundial. Foi legal tbm ver a evolução do rádio de lá pra cá!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "... assisti tbm outros 2 programas da série..."

      Esse outro com colecionadores de Ken, Puzzle e Lego eu também assisti passou em sequência ao de HQs. O quebra-cabeça em 3 dimensões do W.C Escher considero um espetáculo e achei engraçadão o colecionador de Ken estar de cosplay do boneco.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  16. "Uma pergunta que eu sempre quis fazer. Algum empregado seu participar do blog?"


    E aí, Renato... blz?

    Não, q eu saiba nenhum dos meus funcionários participa do blog... Mas mtos deles tão no meu face e sabem q eu tenho um blog de gibis, rs. Tenho cerca de 25 a 30 funcionários ao todo, entre: Professores, recepcionistas, diretor, coordenador pedagógico, equipe de marketing, e faxina!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Eu assisti. Sabia que já tinha visto aquele nome em algum lugar... hehehe"


    E aí, André... blz?

    Usei meu sobrenome roubado do "Surfista" mesmo: "RADD"... Acho q os caras nem se ligaram q era nome "artístico", hahaha!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Participação mais do que merecida. Um verdadeiro colecionador, que não só junta revistas, mas lê as HQs, conhece os roteiristas, conhece os artistas e entende do mercado editorial."


    E aí, Martin... blz?

    Valeu mesmo: Eu fui convidado pro programa por causa do conteúdo do blog... O entrevistador me falou na época q entre os critérios adotados pela produção do programa, Eles queriam um blogueiro ou youtuber q rendesse algum debate minimamente razoável sobre raridades e curiosidades de uma coleção de HQs (ter postado aqui no blog as FOTOS das miniaturas e de gibis antigos da EBAL teria sido o fator determinante pra seleção)! Ironicamente, as partes q eu achei mais interessantes das conversas q tivemos durante a tarde de gravações foram quase todas suprimidas na edição final, rs!

    Dos outros entrevistados... O colecionador Argentino tinha bastante coisa rara tbm: Inclusive, ele era dono de uma loja de HQs e pretendia um dia torná-la um museu com a histórias das HQs na Argentina (bem legal essa iniciativa)!

    Há 4 ANOS atrás... As coleções da Salvat ainda estavam engatinhando, mas não te duvido q numa próxima temporada do programa, acabem buscando os colecionadores lombadistas tbm, hehe (aqueles q compram Salvat e Eaglemoss SÓ pra embelezar a estante, sem nem tirar do plástico original): Pois não deixam de ser um fenômeno do colecionismo moderno, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Assisti hoje! Pena que é tão curtinho e mostrou muito pouco!! Imagino que você tenha muito mais edições raras que mereciam ser mostradas, ou materiais de sua preferência e importância para os quadrinhos!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Q bom q vc conseguiu assistir esse programa (tá difícil conseguir um LINK dele pra postar aqui ou no face)... E pode acreditar: A gravação aqui em casa durou uma tarde inteira (umas 6 horas no mínimo - resumidas em poucos minutos na edição final)!

    No q foi ao ar... Focaram mais no meu gibi mais antigo: O "4F" nº 1 da EBAL. Mas eu mostrei mtas outras HQs raras e bem conservadas: "Heróis da TV", "SAM", mta coisa da RGE e Bloch, números baixos da Abril, importadas, HQs eróticas (Druuna), e até GIBIS PIRATAS (Fac-símiles) q eu comprei de um cara q produz de forma artesanal. Entre esses "piratex" (vamos chamar assim, hehe) eu tenho a espetacular: "SURFISTA PRATEADO - A EXPERIÊNCIA CÓSMICA" (A 1º GRAPHIC NOVEL DA MARVEL de 1978, POR STAN LEE & JACK KIRBY)!

    Lembro q qdo falei desses gibis "artesanais", toda a equipe do programa se impressionou, pois viram q isso era um EXTREMO do colecionismo: O fato do colecionador buscar uma forma de produzir seus próprios gibis raros q talvez nunca sejam lançados de forma oficial!

    Tbm mostrei um caso semelhante com as MINIATURAS da Eaglemoss... As CUSTOM não apareceram no vídeo, mas expliquei pra eles q no Brasil (de 4 anos atrás) estava se repetindo o fenômeno da produção particular de miniaturas custom: por artistas q fazem até MELHOR do q a empresa oficial. Mostrei peças customizadas q botam no chinelo as da Eaglemoss (aparece rapidamente no vídeo a "Mulher-Invisível" transparente, q foi minha 1º custom e passa a impressão dela estar invisível mesmo)!

    O q eu mostrei realmente na gravação foi o surgimento de NOVOS nichos de colecionismo... NOVAS tendências, q HOJE (4 anos depois da entrevista) se tornaram mais amplas conforme eu havia previsto na ocasião: A produção de fac-símiles e cópias "similares" de gibis segue à todo vapor (uma hora dessas eu vou oferecer um "agradinho" APENAS pros leitores do "Submundo": ENCADERNADOS de séries raríssimas do Kirby q nem nos EUA devem relançar mais, tipo: "2001 - Uma Odisseia no Espaço", hehe)!

    Enfim... Tbm falamos mto tbm sobre a VIDA de um colecionador. Eu mostrei pra produção do programa q tenho uma vida perfeitamente normal: Trabalho, sou empresário, tenho mulher (e agora filho), levava uma vida social bastante ativa na época (saía com os amigos pra barzinhos no findi), e mesmo assim: TBM coleciono GIBIS. Ou seja: Não é pq sou colecionador de HQs q preciso ser um "Urtigão" vivendo isolado e sem vida social no meio do mato, né? hahaha!

    Uma pena q tudo isso ficou de fora da edição final do programa... Tenho certeza q teria rendido ainda MAIS se tivessem aproveitado melhor esses outros assuntos e temas maios polêmicos q listei acima!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. " Uma pena q tudo isso ficou de fora da edição final do programa..."

      Olha, como te falei acima, nada impede que numa 2ª temporada um novo programa seja montado com outras partes de sua entrevista e acredito também, dos demais colecionadores. Principalmente se a audiência nas reprises for maior nesse episódio, validando então outros somente sobre esse segmento.

      Mas mesmo assim, penso que nenhum canal deve querer exibir trechos referentes a "produção independente" de gibis e figurines, por envolverem questões legais, com as quais ele pode vir a responder processualmente.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. A produção de fac-símiles e cópias "similares" de gibis segue à todo vapor

      Felizmente !
      Essa tendência reflete o interesse que um nicho do mercado tem acerca de material que não é encontrado ou que nunca mais será encontrado. Eu mesmo estou pra comprar fac-símiles do "Planeta dos Macacos", coleção completa que foi lançada há milênios pela exinta Bloch, e que nunca mais foi republicada. Já vi há venda na internet. Também conheço um fornecedor que vende "Terry e os Piratas" e algumas outras preciosidades em fac-símiles e edições artesanais supercaprichadas. Vou comprar tudo com ele. E comprarei o que for que me interessar desse tipo de material caso descubra quem venda.

      As editoras de quadrinhos no Brasil estão passando por dificuldades muito sérias. Muitas já terminaram as suas atividades. Títulos preciosos foram anunciados efusivamente, pra alegria de certos colecionadores, mas acabaram publicados escassamente ou abandonados no meio do caminho. Não há como confiar nas editoras nacionais - a não ser que o cara seja interessado em papagaiadas que atraem enxames de apreciadores. E nem todo mundo pode ficar importando coisa do exterior.
      Portanto, essa é uma alternativa que considero viável.
      "Mas é ilegal", dirão alguns. Em cenário de guerra, o ilegal e o incorreto é ficar sem provisões, pois se torna fatal.
      Se não consigo encontrar de jeito nenhum aquilo que me interessa em termos de quadrinhos, filmes, desenhos animados ou coisa do gênero, tenho que apelar para os similares e as cópias. Aqui no Rio, existem "bancas de jornais" que só vendem cópias de DVDs e CDs. Quase sempre, só de coisas farofas e que já existem legalmente (farofadas como os shows do Julio Iglesias e da Madonna ou os desenhos animados do He-Man e filmes do Rambo, por exemplo). Isso é pirataria deslavada.
      Mas quando aparece um cara vendendo material como os que mencionei sobre quadrinhos, ou então alguém que tenha o desenho Hardy Boys, da Filmation, não se trata de pirataria. É material raro, que não se consegue encontrar nem no exterior. No caso deste desenho da Filmation, já tentei comprar nos EUA. E nem eles mesmos têm disponível, a não ser poucos episódios nas mãos de..."piratas".

      Abs!

      Excluir
    3. "... "Mas é ilegal", dirão alguns..."

      Sim, qualquer produtor de conteúdo, mesmo que a mídia onde esteja acondicionado o fruto de seu trabalho intelectual, se encontre fora de catálogo, poderá alegar.

      Portanto caso sinta-se prejudicado pela divulgação da prática e do comércio do mesmo, poderá entra com uma ação judicial contra o canal exibidor e a produtora do programa, acusado-os de apologia. Creio ser um risco, que ambos não queiram correr, Antonio.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Ok, Vam !
      Na teoria é tudo perfeito. Mas, na prática, a coisa funciona de modo bem diferente. Desde sempre, o submundo, isto é, o mercado negro, sempre forneceu tudo aquilo que o mercado estabelecido e formal não é capaz de oferecer. Foi assim durante a Lei Seca americana, e sempre o será.
      Se me disserem onde comprar os originais do Anjo do Espaço (Space Angel), do Super Robin Hood (Rocket Robin Hood) do Capitão Escarlate, do Stingray ou do Sombra (Spy Shadow), por exemplo, serei o primeiro a prestigiar. Sempre substituo material pirata raro, que consegui a duras penas com colecionadores zelosos, por originais quando (e se) os encontro. Fiz isto mês passado com o Robô Gigante. Eu tinha este seriado em cópias. Comprei o original quando vi na Livraria da Cultura. Sempre faço isto. Mas nem tudo está disponível como original. Perderam-se por desleixo das produtoras ou, no caso dos gibis, desleixo das editoras. Apenas a Ebal tinha em estoque e arquivado quase tudo o que publicava. Eu sei porque eu vi.
      Agora, analise o caso da Abril. Não tinha nada de seu acervo; precisou recorrer ao pessoal do Planeta Gibi pra poder lançar alguns títulos.

      Eu não vou ficar me restringindo por causa de questões legais que não alcançam o desconhecido e obscuro colecionador que, na época, motivado por um interesse pessoal, resolveu gravar em VHS o Speed Racer com a dublagem original e, agora, quando tudo foi irremediavelmente perdido, só ele em todo o mundo é que possui tal material. Isto com certeza não corresponde ao ideal; mas, assim como em muitos outros casos, é a única forma possível.
      Vide o exemplo do antigo filme Metropolis, onde trechos do mesmo foi considerado perdido, mas que, graças a uma cópia encontrada na Argentina, pôde ser restaurado na íntegra.

      Abs !

      Excluir
    5. "penso que nenhum canal deve querer exibir trechos referentes a "produção independente" de gibis e figurines, por envolverem questões legais, com as quais ele pode vir a responder processualmente."


      E aí, VAM... blz?

      Pois é, de repente esse lance pode ter parecido legal pra mim, pros leitores do blog, e/ou pra colecionadores mais hardcore... MAS, conforme vc bem lembrou, pode não ser um assunto interessante pro programa ou pro espectador médio do canal!

      1º, pq pra entrarem mais a fundo nesse tema... teriam q explicar pros "civis" o q é um fac-símile, o q é uma figura CUSTOM, pq isso seria considerado pirataria? etc e etc. Vendo por esse ângulo, até entendo pq preferiram ficar mais no nível "superficial" da coisa toda, hehe!

      Abs!

      Excluir
    6. "Eu mesmo estou pra comprar fac-símiles do "Planeta dos Macacos", coleção completa que foi lançada há milênios pela exinta Bloch, e que nunca mais foi republicada."


      E aí, Antonio... blz?

      Vc lembra desta matéria q eu escrevi sobre o fanzine "Replicóide"? q por sinal, tem publicado o "Planeta dos Macacos" (já saíram 3 ed. q fecham a adaptação do 1º filme):

      http://submundo-hq.blogspot.com/2016/10/replicoide-fanzine-publicara-hqs.html

      Abs!

      Excluir
    7. Já tinha até me esquecido desta matéria - que foi de uma época que eu não conhecia o blog, e que já foi, inclusive, mencionada no fanzine do Edgard Guimaraes.
      Uma das melhores matérias de modo geral que já tive a oportunidade de ler por aqui, tanto em termos de conteúdo quanto de comentários.

      Abs !

      Excluir
    8. "... Eu não vou ficar me restringindo por causa de questões legais..."

      Antonio, você está encarando o meu comentário como uma crítica pessoal ao seu modo de pensar e agir, Eu não fiz isso, não sou consciência moral de ninguém, companheiro.

      Oque eu fiz foi expor os motivos pelos quais acredito que o Canal History tenha optado por não utilizar os trechos aos quais o Leo se referiu.

      - - -

      "... Vendo por esse ângulo, até entendo pq preferiram ficar mais no nível "superficial"..."

      Esse é o ponto ao qual me refiro., Leo. O Canal não é um blog, site ou youtuber que pode falar ou propagar o assunto sem maiores consequências (em tese). A não ser que fosse uma matéria denúncia, por exemplo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    9. Desculpe a minha pobreza de interpretação, VAM ! Entendi de modo errado o seu posicionamento.

      Não assisti ao programa do History, e, pelos depoimentos aqui constantes de quem assistiu, parece que não correspondeu muito às expectativas com relação àquilo que se esperava em termos de informação. Acredito que todos aqui que puderam assistir o fizeram mais em função da presença do Leo, que, também foi muito curta, infelizmente. Eu mesmo teria a curiosidade e a satisfação de ver e ouvir o nosso carismático anfitrião do "Submundo HQ" na tv. Quem sabe um dia possamos assistí-lo em algum canal na internet, comentando tudo aquilo que as limitações de uma programação televisiva não permitem.

      Abs !

      Excluir
    10. E aí, Antonio... blz?

      Pode ficar tranquilo qto à isso, amigo... Pois não desisti da ideia de criar um canal de Youtube pro "Submundo", rs!

      Só q eu vou ter q fazer isso na hora CERTA (q será qdo eu tiver mais tempo livre - e menos trabalho na minha rotina diária)... Já cheguei à conclusão de q um youtuber médio é alguém com um perfil BEM diferente do meu: Os caras tem (em tese) mais tempo do q eu teria pra fazer as gravações e edições dos próprios programas!

      Por outro lado, enquanto eu não me libero do meu excesso de afazeres nos negócios (tenho uma previsão de q ano q vem as coisas serão um pouco mais tranquilas pra mim e poderei me organizar melhor pra criar um canal bacana pro blog), já vou pensando em como fazer algo diferente do trivial q tem sido feito na área. Digo, não vou querer fazer a mesma coisa q outros caras já fazem, tipo botar uma pilha de gibis na mesa e ficar lendo a sinopse dos mesmos. Tbm não vou querer vínculos com editoras e lojas virtuais (sem rabo-preso com ninguém, da mesma forma q é o blog atualmente, rs)!

      Abs!

      Excluir
  20. "E por último.... a sua fotinho aqui do blog é meio antiga hein?... ahahahahaha"


    E aí, Luigi... blz?

    Nem tanto, rs... Quer dizer, a foto q uso aqui (a mesma q tbm uso no face) é do mesmo ano em q criei o blog (há 7 anos atrás)!

    Mantenho a mesma foto até hj pq gosto da ideia de NUNCA ter mexido na estrutura do blog... Eu nunca mudei o logotipo, as dimensões do blog, a formatação, E a minha foto (é como se o "Submundo" fosse uma coisa parada/congelada no tempo desde o dia em q foi criado, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Heavy metal nem chegou por aqui e o vol2 estar em pré venda."


    Eu já comprei a minha na semana passada...

    Acho q a revista só vai pras lojas especializadas pelo visto (ao menos foi assim aqui pro sul, onde nem sinal de vida deu nas bancas e as livrarias não trabalham mais com a Mythos)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui em salvador chegou em bancas de revista...
      Cesar leal

      Excluir
  22. "E o blog "Submundo HQ" é uma das poucas coisas que ainda prende a minha atenção. Poderia ser um pouco mais diversificado, apresentar mais matéria de outros segmentos que não as manjadas Marvel e DC"


    E aí, Antonio... blz?

    O programa "Colecionadores" foi produção independente (da Cubo Filmes) q o "History" comprou... Na época o apresentador até falou q a negociação ia rolar entre os canais: "Curta" ou" History", mas q teriam de apresentar uma temporada completa pra vender o produto num todo. Imaginei q isso fosse demorar mesmo: mas não 4 anos, rs!

    Porém, te confesso q eu JAMAIS gravaria outro programa pra TV... A equipe de produção deixa uma bagunça danada na casa da gente (móveis fora de lugar, etc) e tem isso q vc falou: foi uma tarde inteira perdida com um bate-papo até q fluindo bem legal, SÓ q horas e horas foram perdidas numa sala de edição (leia minha resposta acima pro Elcio, pra ter uma ideia melhor da dimensão do q PODERIA ter sido esse programa)!

    Qto ao conteúdo do "Submundo"... Eu normalmente comento aqui os lançamentos mais relevantes ou interessantes do mercado atual. Em matérias mais antigas aqui do blog, o leitor encontrará farto material sobre HQs europeias (Moebius, Torpedo, Morgan - O Presidiário, Clara da Noite, Cicca Dum-Dum, Druuna, Manara, etc), DISNEY, Cripta, TEX, MAD, Chiclete com Banana, Recruta Zero, Popeye, Conan, e mto mais!

    O q aconteceu então? Bem, a maioria desses títulos acima (tirando "Tex" e "Conan") parou de ser publicado no Brasil... Ou faz mto tempo q não é publicado por aqui. Assim, com a zona em q tá atualmente o mercado atual (editoras quebrando, sem distribuição pras bancas, livrarias desatualizadas de material) não me sobra mta coisa fora da Marvel/DC pra comentar aqui e q seja de um mínimo de interesse geral!

    Eu até tentei algo diferente na semana passada... q foram essas 3 últimas postagens sobre LIVROS (Kung Fu, Ultraman, Hulk) mas a audiência média do blog despencou pela metade, rs (o q não me impedirá de apresentar coisas diferentes de vez em qdo, mas não posso deixar passar mto tempo sem trazer pra cá os lançamentos do momento mesmo, rs)!

    Por exemplo... Só tô esperando agora a Planeta Deagostini dar mais detalhes sobre o "Valente": pra voltar a falar dessa obra-prima por aqui, hehe!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Eu até tentei algo diferente na semana passada... q foram essas 3 últimas postagens sobre LIVROS (Kung Fu, Ultraman, Hulk) mas a audiência média do blog despencou pela metade"

      Ou é parte da galera que não está em condições de comentar - e apreciar - aquilo que se encontra fora do circuito Marvel/DC ?
      Quadrinhos não se resumem a heróis fantasiados lutando contra criaturas estapafúrdicas em meio a dramalhões pouco convincentes.
      Espero que realmente vc não desista de, vez e outra, trazer para cá coisas fora do mencionado circuito "vala-comum" ou "mesmices de sempre". Afinal, vc já demonstrou que é um cara honesto consigo mesmo e não se deixa levar pelo comportamento de manada.

      Abs !

      Excluir
    2. Foi bem oportuno esse comentário do Antonio Jorge. Encontrei há algum tempo um artigo muito interessante sobre Torpedo (um dos meus quadrinhos preferidos), que até pensei em traduzir.

      Se achar que vale a pena postá-lo no blog, LEO, eu posso traduzir e enviar o texto para você.

      Excluir
    3. "Espero que realmente vc não desista de, vez e outra, trazer para cá coisas fora do mencionado circuito "vala-comum" ou "mesmices de sempre"


      E aí, Antonio... blz?

      A bem da verdade, eu NUNCA (em toda a história deste blog) deixei de trazer pra cá assuntos variados q tenham a ver com quadrinhos, rs... E não pretendo fazer isso, até pra não perder o tesão em escrever e tbm pq este blog NÃO vive de patrocínios ou busca por "cliques" e "likes" de audiência!

      O q eu quis dizer... é q tbm não vou perder tempo produzindo matérias q não despertem o menor interesse dos leitores do blog. Eu levo no mínimo uma madrugada inteira pra produzir uma postagem (em geral): entre escrever texto e pesquisar conteúdos e sair catando/editando imagens pra cada matéria. No dia em q eu fizer isso à toa, acho q vai ser melhor eu passar as tais madrugadas maratonando a Netflix então, né? hehe!

      Mas brincadeiras à parte... O meu critério pra escolha de temas aqui no blog é focar em materiais q estejam saindo nas bancas e q os leitores tenham acesso à esses materiais. Se eu falar do "Brucutú" ou do "Ferdinando" aqui (ou mesmo do "CONDORITO", kkk) até pode rolar uma postagem bacana (adoro esses personagens) mas vai ter pouco engajamento dos leitores devido ao fato de nenhuma editora estar publicando essas preciosidades no momento!

      Abs!

      Excluir
    4. "Encontrei há algum tempo um artigo muito interessante sobre Torpedo (um dos meus quadrinhos preferidos), que até pensei em traduzir."


      E aí, Martin... blz?

      Bem, o "Torpedo" TBM é um dos meus personagens de HQs favoritos de todos os tempos (junto com o "Morgan" - de Segura & Ortiz)... Assim sendo, nem precisava perguntar se me interessaria publicar aqui uma matéria sobre o gângster carrancudo, né? hehe!

      Seria uma honra imensa pra mim... Ainda mais q já publiquei aqui uma matéria do "Morgan", mas faltou uma do "Torpedo"! Fico no aguardo então, pra qdo puderes agilizar as coisas, blz? Valeu mesmo!

      Abs!

      Excluir
  23. "Não se preocupe, se a TV engorda, também rejuvenesce, rsrs. Quase cinquenta com cara de vinte,rsrs."


    E aí, Wesley... blz?

    Hahaha, pelo menos uma vantagenzinha tinha q ter, né? Na TV eu ganhei mais barriga, mas perdi as rugas e o cabelo grisalho, kkk!

    Qto ao "OURO" das coleções... Vale a pena uma conferida na resposta acima pro Elcio: Onde revelei boa parte do conteúdo da entrevista q foi cortado na edição final: Deixaram todo o FILÉ de fora do programa, rs!

    Mas a melhor parte de todo o programa ainda veio de outro entrevistado... Qdo o cara fala pro entrevistador: "Em 1º lugar, ISSO NÃO É BRINQUEDO" (mijei de rir, kkk)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. Fala Leo!


    Nossa! Que bacana hein? Tomara que o Zero 1 chame você pra uma entrevista, tambem. Desejo que o seu trabalho aqui no blog seja cada vez mais reconhecido nas diversas mídias.
    Uma pena que eu não tenha tv paga aqui. Se tivesse, teria assistido com toda certeza. Vou ver se acho no Google.
    Eita ediçãozinha cobiçada essa da Ebal, hein? Muito legal!

    Abração!
    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Leo... blz?

      Valeu mesmo, mas eu não faço a mínima ideia do q seja um "Zero 1", rs... Seja como for, ainda pretendo gravar uns vídeos só pra galera aqui do blog (comentando algumas raridades da minha coleção - tentarei elaborar alguma coisa nesse sentido nas férias de fim de ano: vamos ver)!

      E fique tranquilo, q eu ainda vou conseguir um LINK desse programa pra postar aqui... Se demorar mto pra rolar no Youtube, eu tento uma cópia direto com a produtora do programa!

      Qto ao "4F" nº 1 da EBAL... Essa ed. traz nada menos do q a 1º aparição do "Fantasma Vermelho" e do "VIGIA" (um épico mesmo)!

      Abs!

      Excluir
  25. A propósito, Leo, você coleciona livros também? Eu gosto muito de livros, especialmente o de ficção científica, literatura brasileira, portuguesa, e inglesa, história do Brasil,filosofia entre outros.

    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, xará...

      Sou colecionador aficionado por livros tbm: Principalmente no formato POCKET (de bolso)... Devo ter uns 250 na coleção, rs!

      O meu favorito de todos é: "20.000 Léguas Submarinas" (de Júlio Verne)... Mas tenho vários CLÁSSICOS da literatura: "Sherlock Holmes" (completo), Allan Poe e Lovecraft (quase tudo q saiu deles), HG Wells (Guerra dos Mundos, Homem-Invisível, Máquina do Tempo), "Tom Swayer", "Conde de Monte Cristo", etc!

      Tbm curto literatura brasileira: "Iracema", "Brás Cubas", "Alienista", e meu preferido dos nacionais: Nelson Rodrigues (especialmente a "Bonitinha Mas Ordinária": q li e reli umas 15 vezes, kkk)!

      Abs!

      Excluir
    2. Vinte Mil Léguas Submarinas é muito bom mesmo, hein? Já li Lucíola,O Alienista, Capitu, 1984 de George Orwell, Medo Clássico(Lovecraft), O Bazar dos Sonhos Ruins, O Colecionador de John Fowlles, Taras Bulba, Guerra dos Mascates, Menino de Engenho, A Escrava Isaura ( um dos meus livros preferidos), Não Nascemos Prontos,e muitos outros. Consegui grande parte dos clássicos literários pela Martin Claret.

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
    3. E aí, Leo... blz?

      Eu tenho alguns livros da Martin Claret tbm... Em especial, aqueles q não saíram pela L&PM ou q comprei antes de saírem pela L&PM, rs (tenho preferência pela L&PM pq sou amigo dos editores e conheço o cuidado apurado q possuem com as traduções)!

      Desses q vc citou acima, tenho: "Lucíola" (tbm gravei o FILME brasileiro dos anos 70), "Alienista", o Lovrecraft (tenho a obra dele quase completa por várias editoras em pocket), e o "1984" eu tô esperando sair em pocket pra comprar (vivo pentelhando a L&PM pra lançar coisas do Orwell no formato de bolso, hehe)!

      Te recomendo uma conferida em 3 postagens antigas q fiz sobre literatura aqui no blog, uma sobre Lovecraft, outra sobre "Sherlock Holmes", e a última sobre Nelson Rogrigues (seguem os LINKS):

      http://submundo-hq.blogspot.com/2012/09/hp-lovecraft-o-mestre-do-terror-na.html

      http://submundo-hq.blogspot.com/2012/09/sherlock-holmes-125-anos-do-maior.html

      http://submundo-hq.blogspot.com/2012/11/nelson-rodrigues-100-anos-todas-as.html

      Abs!

      Excluir
  26. Bom dia,Leo.
    Assiti a reprise do episódio ontem e achei bem legal.Uma pena que nao exploraram como deveriam seu vasto acervo que com certeza tem muitas preciosidades a serem apresentadas!
    E o outro entrevistado,que vestia a camisa do Robin, é realmente uma figura.Essa série promete muitas curiosidades.E aqui vai uma dica para os submundistas que ainda nao viram e que nao dispõe de tv à cabo:Tem uns bons aplicativos para celulares e que possuem pacotes de canais! Eu mesmo vi através de um desses! Basta ter um sinal de wi-fi!
    Espero ter ajudado!
    Vlw,Leo.
    PCRM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, PCRM... blz?

      Pô, valeu mesmo pela dica: Sou meio verdão em relação às novas tecnologias e não sabia desses recursos pra celular (vou ver se consigo algo por fora dos pacotes da Net q eu assino)!

      E de fato, a produção do programa até q gravou bem mais coisa da minha coleção e trocamos várias ideias sobre HQs raras ou edições curiosas do mercado brasileiro e tal... Mas pelo q foi ao ar, acho q preferiram optar por uma abordagem mais "simplória", tipo: "qual o gibi mais antigo da tua coleção"? "o q a tua família pensa a respeito"? "qual teu gibi preferido"? etc...

      Abs!

      Excluir
  27. Pedi para a minha mãe gravar no aparelho Sky dela (tenho o History mas o horário é inviável pra mim).

    Ela acabou assistindo comigo e ficou admirada em como tem gente pior que eu. rs

    Espero que o programa vingue. A única coisa que vejo no History Channel ultimamente são os gordos vendendo tranqueiras. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha... SEMPRE vai ter gente pior do q a gente, SEMI (isso eu garanto, kkk):

      E o History já tá com fama de ser um canal de ETs, de tanto q passam os "Alienígenas do Passado" (e coisas do tipo), rs!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...