07/12/2018

"Dossiê OLD!Gamer" (Vol. 6): O "ATARI 2600"...

Para os game-maníacos saudosistas de plantão... Há uma coleção de livros ricamente ilustrados e recheados de reportagens e FOTOS sobre consoles clássicos E todos os seus principais jogos. Trata-se do: "Dossiê Old!Gamer", que a cada edição abordará um console específico de vídeo-game!

O Vol. 6 (que na verdade foi o 1º que eu comprei) vai debulhar o "ATARI 2600"... O console que marcou a geração 80 de gamers, tornando-se uma febre no mercado nacional e mundial. Nesta matéria, vamos relembrar alguns dos melhores jogos do ATARI e avaliar esta edição!

Confira abaixo:

A história completa do vídeo-game que conquistou o mundo. Responsável por uma das histórias mais marcantes da indústria dos games, o "Atari 2600" viveu sucessos astronômicos e fracassos igualmente impactantes. O livro apresenta os detalhes da criação do aparelho, sua presença no Brasil, os consoles oficiais e os clones/genéricos, além de quase 500 jogos inesquecíveis. A Coleção "OLD!Gamer" oferece, em 13 edições, uma viagem à época de ouro de grandes vídeo-games do passado. É uma forma de preservar a história da indústria por meio de uma poderosa pesquisa que resgata fatos da época de lançamento, lista seus acessórios, e revisita os jogos em um extenso catálogo (com FOTOS). As edições são encontradas em bancas normais E lojas virtuais (custando na faixa de R$ 40 - A do ATARI tem 288 pág em capa-cartão e papel couché)!

O "ATARI 2600", foi lançado em 1977 nos EUA e em 1983 no Brasil (superando em popularidade e vendas o "Odissey", seu principal rival por aqui). Com um vasto acervo de jogos, o ATARI trazia entre seus destaques mais memoráveis: "Adventure" (que vinha de brinde e foi um dos precursores do RPG), "Battlezone" (com visão de dentro de um tanque de guerra), "Centipede" (a "Centopéia"), "Defender" (jogaço de nave), "Demon Attack" (7º FOTO de cima pra baixo), "Donkey Kong" (estreia do "Mário Bros"), "Enduro" (FOTO acima: melhor jogo de corrida do Atari), "Frostbite" (um esquimó pulando placas de gelo e evitando um urso polar), "HERO" (última FOTO acima: Jogo dificílimo), "Jungle Hunt" (popularizado como: "Tarzan"), "Keystone Kapers" (também chamado de "Pega-Ladrão")...   

"Montezuma's Revenge" (considerado um dos jogos de maior memória do Atari, era o cartucho mais pesado de todos), "Moon Patrol", "Missile Command", "Pac-Man", "Pitfall", "River Raid" (FOTO acima: Meu favorito entre todos), "Seaquest" (Submarino), "Smurfs" (FOTO abaixo: Gráficos bonitinhos e detalhados - diante das capacidades do console, é claro), "Decathlon" (quem nunca destruiu um controle jogando isso)? "Space Invaders", e "X-Man" (jogo pornô, em que o sujeito pelado tenta escapar de tesouras, dentaduras, e caranguejos)! Em suma: Uma edição obrigatória pra saudosistas que viveram essa época OU novos jogadores que gostariam de conhecer a História dos vídeo-games. Recomendo muito essa edição do "ATARI" - É pra ler e ir correndo pro emulador, rs!

Até+

PS: A coleção (até o momento) traz: "Master System" (Vol. 1), "SNES" (Vol. 2), "Playstation 1" (Vol. 3), "Mega-Drive" (Vol. 4), "MSX" (Vol. 5), "ATARI" (Vol. 6), "Nintendo" (Vol. 7), "Sega Saturn" (Vol. 8), "Nintendo 64" (Vol. 9), "Neo Geo" (Vol. 10), "3DO" (Vol. 11), "Game Boy" (Vol. 12), e "ARCADE - Parte 1" (Vol. 13)! 

40 comentários:

  1. Desculpa falar algo fora da matéria mas achei importante. Biblioteca Surfista Prateado vol 1 em pré venda. Será o retorno?

    ResponderExcluir
  2. Legal a reportagem. Contudo, o preço é salgado, mesmo tendo uma montanha de páginas.

    Sobre o Atari em si, já joguei alguns jogos por emulador, mas nunca ficou na cabeça uma memória marcante deles. Se fosse jogar algum jogo agora, a falta de qualquer tipo de textura iria incomodar bastamte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. depende muito o preço de capa é salgado mas fiz assinatura de todas as temporadas e nas duas primeiras tive 50% de desconto e na 3º (que já paguei toda) uns 35 %, vale muito mais a pena

      Excluir
    2. Uma temporada seria quanto, em termos de edições?

      Excluir
  3. blz leo?

    foi o primeiro vídeo game que joguei lá nos anos 80, já fiquei bastante "puto" jogando donkey kong.
    aqui em santa rita do sapucaí MG tinha uma loja que locava cartucho de atari, joguei tudo que tinha lá, alem destes que você citou também gostava de dig dug, megamania, bobby vai pra casa,yars revenge, plaque attack e muitos outros que não lembro agora.
    lembra do jogo do indiana jones, que bosta hein?
    acho que só joguei mais phanton system do que atari.
    de vez em quando ainda jogo com o emulador stella mais não é a mesma coisa.

    abraço

    ResponderExcluir
  4. Fiz a assinatura dessa coleção lá no distante ano de 2013. Saiu numa media de 20 pratas por edição. Renovei a segunda temporada, cujo último volume (arcade) deve estar chegando nos próximos dias.

    Já tem uma terceira temporada engatilhada, mas dessa vez os preços dispararam. Pulei fora. Futuramente pego em alguma promoção, pois o kit das duas primeiras temporadas estava com 50% nessa Black Friday.

    E é importante avisar. Cada temporada dura uns dois anos. Você paga antes e fica recebendo os livrinhos ao longo dos meses.

    ResponderExcluir
  5. Salve Léo, belezinha?

    Tenho um carinho especial pelo Atari, já que foi meu primeiro videogame. Aqueles jogos que a gente ia na raça. Sem password, sem macetes e sem comprar itens pela internet. Verdadeiros desafios. Meu jogo favorito era o Frostbit. ah quantas saudosas tardes mergulhando no gelo...
    E menção honrosa aos controles que quebrei jogando X-Men rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Blz Leo .....os que mais joguei foram plaque atack, enduro, river raid, ms postman, chopper command esse o melhor de todos. mas confesso não tive atari o meu console era o supergame da cce tinha até uns cartuchos cor branca.

    ResponderExcluir
  7. Deu saudades. Montei o meu ontem e liguei!! Funcionando!! Chamei minha filha de 13 anos e falei pra ela tentar jogar...
    Me diverti muito vendo ela jogar smurfs e reclamar do controle... q bert ela também arriscou...
    Incrível como jogos e software simples cativam até hoje, mesmo quem não tem memória afetiva... clássico!!!
    Abraços Leo.
    Adriano campinas sp

    ResponderExcluir
  8. tenho alguns dessa coleção e já fiz um post do meu favorito (https://acervost.blogspot.com/2018/06/livro-dossie-oldgamer-playstation-2016.html)

    a encadernação podia ser melhor, mas não há obras semelhantes no Brasil.

    o mais próximo disso está espalhado em centenas de revistas de games publicadas há muito tempo.

    graças ao fãs quase tudo pode ser encontrado no:
    https://datassette.org/revistas/videogames.

    enfim, ótima edição para os fãs.

    abs

    ResponderExcluir
  9. Achei bacana esse livro. Meu primeiro videogame foi o SuperNes e fiquei 15 anos sem console. Hoje tenho o PS4 e apesar de não ter tempo nem mais tanta paciência pra jogar...surpreende o avanço dos jogos. Fico imaginando pra quem pegou isso lá no início com o Atari. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
  10. Fala xará,blz?


    Muito legal a matéria,hein? Joguei muito Donkey Kong e Pac-Man, este último já joguei várias versões e a cada fase os inimigos ficavam mais espertos e me encurralavam rápido! Impressionante como jogos com uma tecnologia tão simples podem ser tão instigantes e desafiadores, e acho que nunca perdem o encanto com passar dos tempos, pois nos propicia sensações nostálgicas!! Acho que vou baixar um emulador do Atari, tem jogos aí que não conheço,rs.

    E esse livro achei bem salgado! Se fosse ao menos na faixa dos 25 pila eu dava meu jeito, mas com esse valor, não dá, tenho bastante aquisições pra fazer este mês!!

    Abração!
    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre me senti meio diferente quando era bem criança, porque em vez de um Atari, como a maioria dos meus vizinhos, primos e colegas da escola, eu tinha um MSX (na verdade era da minha mãe, que estava aprendendo programação).

    Para quem não sabe, o MSX é um computador pré-histórico, acho que não muito superior ao ATARI 2600 em termos de capacidade.

    Havia até alguns jogos em comum, como o Pitfall, e vários da Activision e da Konami. A única diferença é que o meu monitor era de fósforo verde!

    Achei legal que a Coleção OLD!Gamer tenha dedicado um volume ao MSX.

    ResponderExcluir
  12. "Biblioteca Surfista Prateado vol 1 em pré venda. Será o retorno?"


    E aí, paul ventura... blz?

    Não, infelizmente: Não é o retorno da linha "Biblioteca" num todo... Pois já era previsto pela Panini apenas o lançamento do Vol. 2 do "Surfista" e o relançamento do 1 (q foi o q aconteceu agora)!

    A princípio (se não mudarem de ideia)... Esse foi o "Canto do Cisne" das Bibliotecas no Brasil!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. "Legal a reportagem. Contudo, o preço é salgado, mesmo tendo uma montanha de páginas."


    E aí, Kromak... blz?

    Esse preço é relativo mesmo... Eu peguei várias dessas edições por 25 pila cada (veio uma leva de ENCALHES pras bancas e a Amazon tbm tava dando descontos generosos nessa faixa de preço). Mas claro, na postagem acima eu botei o preço cheio de capa - pra se ter uma noção do valor oficial (peneirar os melhores descontos E/Ou encalhes fica a cargo de cada leitor, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "depende muito o preço de capa é salgado mas fiz assinatura de todas as temporadas e nas duas primeiras tive 50% de desconto e na 3º (que já paguei toda) uns 35 %, vale muito mais a pena"


    Ótima dica, beagle...

    Eu não tinha pensado na assinatura... Acabei pegando edições avulsas nas bancas mesmo (q tbm estavam com desconto de encalhe e saíram por 25 pila). Mas a assinatura é uma boa pra quem quiser ter TODAS!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Uma temporada seria quanto, em termos de edições?"


    Foram considerados 7 Vol. na 1º temporada...

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "lembra do jogo do indiana jones, que bosta hein?"


    E aí, gustavo... blz?

    Sim, era péssimo mesmo... E pra piorar, na época o "Indiana Jones" nem era tão conhecido: O jogo era baseado no 1º filme (Caçadores da Arca Perdida), sendo q a fama MESMO do Indiana (já como franquia lucrativa) veio com o 2º (Templo da Perdição)!

    E aqui no sul tbm tínhamos as "vídeo-locadoras" (na época do ATARI chamadas de: "Vídeo-Clube", rs)... q alugavam filmes em VHS (e Betamax) além de jogos pra Atari e Odissey. Lembro q a gente pagava uma mensalidade e podia pegar qq filme o cartucho de jogo e ficar 1 semana com ele!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Particularmente o jogo do Indy me é importante, Por algum motivo eu gostava mesmo sem saber o que fazer no jogo (puxa, necessitava jogar com os dois controles, kkkk).

      Mas ai eu fiquei sabendo que era um jogo baseado num filme. Lembro me de estar sentado na quadra de educação fisica e um amigo meu tinha assisitido o filme no video cassete e eu super empolgado de ter alguma dica do que fazer no jogo. Nem no filme em si eu tava interessado.

      Nessa mesma epoca comorei um guia de filmes para crianças do rubens ewald filho e la ele começava assim a critica do templo da perdição :"indiana começa o filme diferente, vestindo branco..." E na foto tinha o Indy ja de chapeu e roupa dele, o japones e a moça usando branco. Durante algum tempo eu pensei que Indiana fosse a mulher.

      Cada uma.

      Excluir
    2. E aí, gustavo... blz?

      Hahaha, "Indiana" não é um nome mto masculino mesmo, kkk... Mas pôxa, eu não lembrava q tinha q jogar esse jogo com 2 controles (q viagem isso - eu tbm acharia confuso assim)!

      E curiosamente... Tbm perdi o 1º filme dos "Caçadores" no cinema. Fui direto pro "Templo da Perdição" (q estreou bem na época em q eu tava começando a ir sozinho ao cinema - sem ter q pedir pra minha mãe me levar, rs). Só fui ver o 1º filme alguns anos depois, qdo passou na "Tela Quente" (foi um dos primeiros filmes dessa sessão, aliás)!

      Abs!

      Excluir
  17. "Já tem uma terceira temporada engatilhada, mas dessa vez os preços dispararam. Pulei fora."


    E aí, SEMI... blz?

    Puxa, não sabia q essa coleção era tão antiga assim (2013)... Só tomei conhecimento dela qdo desovaram vários exemplares nas bancas daqui por 25 pila cada (peguei uns 6 - por enquanto). A quantidade de ENCALHE, pelo menos, deu maior visibilidade pra coleção nas bancas (tanto, q me chamou atenção)!

    E valeu pela dica sobre a 3º temporada... Mas vc tem alguma ideia do q virá pela frente? Até pensei q fosse acabar nos "ARCADES" (q terão 2 Vol)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Tenho um carinho especial pelo Atari, já que foi meu primeiro videogame. Aqueles jogos que a gente ia na raça. Sem password, sem macetes e sem comprar itens pela internet. Verdadeiros desafios."


    E aí, Luiz... blz?

    O meu 1º vídeo-game foi o "Odissey" (da Philips)... Mas logo em seguida chegou o ATARI e acabei ganhando um tbm (mantive os 2 juntos por um tempo - depois, vendi o "Odissey": q tava desatualizado de jogos e já havia perdido o terreno rapidamente pro Atari)!

    E realmente, os jogos antigos eram bem mais desafiadores pela falta de "manhas" (senhas, macetes, etc) e pela criatividade dos programadores: q bolavam jogos e tramas mais originais pra compensar os poucos recursos gráficos (hj em dia, tudo parece ser variante ou genérico de algum outro jogo: há pouca criatividade ou originalidade)!

    Qto ao "Frostbite"... Eu tbm adorava esse jogo: eu tinha ele pela Activision (se não me falha a memória): Uma empresa terceirizada q produzia jogos pro Atari e tinha capinhas bonitas tbm (com artes psicodélicas, rs)! Me dava MEDO aquele urso polar, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive o tele jogo, passei pro odyssey quase que simultaneamente seguido pelo Atari. Uns 3 anos depois peguei o MSX. E assim passei minha infância.

      Excluir
    2. Oi, gustavo... blz?

      Tirando o tele-jogo (q nunca tive)... Minha infância foi parecida com a sua, rs:

      Comecei com o "Odissey", seguido pelo "Atari" (mantive os 2 juntos por um tempo: até passar o 1º adiante)... Depois, ainda tive um computador só pra jogos chamado: "CP 400" (antes de migrar pro "MSX")!

      E o resto é História: Master, Nintendo, Amiga, Mega, SNES, Saturn, PS1, e PS2...

      Abs!

      Excluir
  19. "Blz Leo .....os que mais joguei foram plaque atack, enduro, river raid, ms postman, chopper command esse o melhor de todos."


    E aí, Ronny... blz?

    Pô, bem lembrado... Qdo fiz a matéria me esqueci do "Mr. Postman" (q eu tbm gostava e tinha uma musiquinha bacana, rs)!

    E eu me lembro do "Supergame", era um console bem popular na época (rodava os mesmos jogos do Atari, só q era mais barato e mta gente optava por ele ou pelo Dynavision ou o Onyx: um console com cores militares). Aqui vai uma fotinho pra vc matar a saudade, rs:

    https://s3.amazonaws.com/muzeez/uploads/histories/large/historiesFiles/JvEG5YqRT5H3ovCus-super-game-cce-vg-2800-videogame.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era esse mesmo que eu tinha .....show.

      Excluir
  20. "Incrível como jogos e software simples cativam até hoje, mesmo quem não tem memória afetiva... clássico!!!"


    E aí, Adriano... blz?

    Pô, legal vc ainda ter um console desses E mais incrível ainda é ele estar funcionando depois de tanto tempo: Meu "Playstation 2" é bem mais novo e já foi pro saco (pifou, rs)!

    E vc tem razão... Tem algo no Atari q ainda o torna cativante e jogável pra velhas e novas gerações. Prova disso, é justamente o relançamento do Atari (q voltou às lojas em NOVA versão):

    https://zh.rbsdirect.com.br/imagesrc/23148275.jpg?w=700

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Leo já que seu ps2 (o meu ainda está ok ainda ligo e jogo Marvel x Capcom 2 nele) foi para o limbo tem o controle dele original funcionando?

      Excluir
    2. Nops... Passei tudo adiante (só fiquei com alguns CDs de jogos mesmo, rs)!

      Além do mais, eu já tinha detonado os controles originais há mto tempo... e usava uns genéricos "piratex", hehe!

      Abs!

      Excluir
  21. "tenho alguns dessa coleção e já fiz um post do meu favorito (https://acervost.blogspot.com/2018/06/livro-dossie-oldgamer-playstation-2016.html)"


    E aí, Scant... blz?

    Valeu mesmo pelos LINKS... E parabéns pela matéria sobre o "Playstation 1" (mais pra frente falarei sobre ele por aqui tbm: é uma dos próximas edições da "Old Gamer" q lerei, rs)!

    Obrigado tbm pelo outro LINK das revistas... Qta coisa já saiu, hein? (andei completamente alheio à essas publicações nos últimos anos)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "Achei bacana esse livro. Meu primeiro videogame foi o SuperNes e fiquei 15 anos sem console. Hoje tenho o PS4"


    E aí, Roberto... blz?

    O "SNES" eu já tive tbm (ao mesmo tempo q o Mega-Drive)... Adorava o "Street Fighter", "Mário Kart", "Starfox", "F-Zero", e o "Contra 3" (meus preferidos: TOP 5)!

    Meu último console foi um "PS2", mas estragou e passei adiante... Não me interesso mto por jogos modernos, mas é um "choque de realidade" e tanto diante dos games antigões, hein?

    Abs!

    ResponderExcluir
  23. "Muito legal a matéria,hein? Joguei muito Donkey Kong e Pac-Man, este último já joguei várias versões"


    E aí, xará... blz?

    Brigadão por ter curtido a matéria (acho q vou fazer outras do tipo sobre as demais edições à medida em q eu for lendo os livros)... Vai ser bom até pra eu descansar um pouco a mente de GIBIS (enquanto preparo o próximo COMBO de notícias pra semana q vem, rs)!

    O "Pac-Man" eu tbm já tive em várias versões... Uma delas, bastante curiosa: Era toda em 3-D e tive ela no "PS2" (se chamava: "Pacmania" - FOTO abaixo):

    http://games4win.com/up/pac-mania_3.jpg

    Qto ao preço dos livros... Na verdade, eu paguei 25 em cada um mesmo: Pois é o valor q veio qdo desovaram os ENCALHES nas bancas aqui do sul (e peneirando na internet se acha nessa faixa tbm)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. "Para quem não sabe, o MSX é um computador pré-histórico, acho que não muito superior ao ATARI 2600 em termos de capacidade."


    E aí, Martin... blz?

    Pô, eu tbm cheguei a ter um "MSX", rs... Ele surgiu logo após a modinha/febre do ATARI e oferecia mesmo uma gama considerável de jogos com resolução um pouco melhor. Lembro q o MSX usava uns disquetes daqueles grandalhões, hehe: Mas era baratinho conseguir jogos pra ele (era tudo pirateado e gravado nos disquetes em "lojas especializadas" de computador - em prédios suspeitos onde rolava tbm comércio de jóias e até casas de massagem, kkk)!

    Vendi meu MSX pra comprar o "Nintendinho" 8-Bis... e o "Master System" (q tinham resolução e jogos superiores)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Msx da gradiente tenho um aqui guardado até hoje somente de recordação anos que nem pego.....ganhei no programa da mara maravilha do sbt....painel com personagens Disney, comprava as revistas Disney e recortava os selos e colava....tenho até um cartucho do msx zanac II....
      https://www.google.com.br/search?tbm=isch&sa=1&ei=JPgJXNf9Goz-wQSjjo6ABA&q=promo%C3%A7oes+antigas+disney+abril+recorte+os+selos&oq=promo%C3%A7oes+antigas+disney+abril+recorte+os+selos&gs_l=img.3...249.8924..9411...0.0..0.1147.3744.5j9j1j6-1j1......0....1..gws-wiz-img.BnFdsnEttLo#imgrc=TO3hs25XIC_iJM:

      Excluir
    2. Parabéns, Ronny...

      Por ter ganho algo legal nesse programa... A única coisa q ganhei até hj em algo do tipo: Foi um jogo de tabuleiro (Scotland Yard) num concurso da Danone, rs!

      E eu gostava tbm do "Zanac 2" (eu tinha ele em disquete no MSX)...

      Abs!

      Excluir
    3. Eu tenho trauma com sorteios.

      A unica vez que ganhei algo foi numa rifa numa festa junina do SESI, uma leitoa...wue tive que devolver porque foi meu pai que doou.

      Pra falar a verdade uma vez ganhei tambem um uma carga de calcário numa feira agricola... Nada interessante para uma criança.


      Voltando ao MSX... Passei um tempo consoderavel (deve ter sido so uns 2 anos mas quando se é criança 2 anos é muito mais) somente com fita k7 para carregar os jogos. Demorava muuuuito pra carregar (quando nao dava erro e tinha aue mexer no azymuth)... Lembro de comprar o leitor de disquetes numa lojinha em Bauru. E junto um disco com varios jogos. Aquilo foi uma evolução na qualidade de vida.

      Jogo de MSX favoritos: Nemesis, Rambo, Knightmare, e um de um mago parecido com o gorpo do he man que agora fugiu o nome. Magical kid alguma coisa.

      Excluir
    4. Pô, uma carga de calcário... é mesmo um presente bem desinteressante pra uma criança, kkk!

      Acho q o PIOR presente q já recebi qdo criança... foi uma roupinha ridícula: bermuda com suspensórios e uma gravatinha borboleta. Presente mais broxante do caramba, rs!

      No mais... Fiquei pouco tempo com o MSX, mas lembro de gostar de uns jogaços de nave: Zaxxon (em 3-D), Exerion, Zanac, e Nemesis (é claro)!

      Abs!

      Excluir
    5. Uma carga de calcário? Se o Charlie Brown ganhava uma pedra no Halloween, você ao menos ganhou um monte de pedras... ;-)

      Excluir
  25. Eu não tinha Atari e sim Odyssey, só joguei o Atari na casa de amigos. Ainda assim, jogos como Pitfall e River Raid eram excelentes!

    Curiosa era a quantidade de jogos pornôs que havia na época, tipo o X-Man (quanta gente terá pego esse jogo achando que tinha a ver com os quadrinhos?). Nunca mais vi nada parecido para qualquer outro console!

    Agora, eu achava (e acho) o controle do Atari PÉSSIMO! Duro e sem nenhuma precisão. Era mil vezes mais o do Odyssey ou os teclados dos meus computadores (sempre tive computador em casa, o Odyssey foi o ÚNICO console que eu tive na vida!). Embora talvez os controles dos meus amigos tivessem sido danificados por jogarem muito Decathlon, o jogo mais masturbativo da história!

    ResponderExcluir
  26. Oi, Leo! Adorei a postagem. Lembrou-me de quando fiz a minha homenagem a esses joguinhos no meu blogue. Meus primos tiveram esse Atari. O meu foi genérico chamado de Supergame. Era da CCE (Começou Comprando Errado), mas nunca me deu problemas. Funciona perfeitamente bem e era bem menor ao Atari.
    Mas visualmente o Atari é o senhor glorioso. O original. Isso nem se discute.
    Na minha postagem eu coloquei apenas os mais conhecidos aqui onde moro. Mas joguei muitos e muitos. Inclusive esse pornô que não achei nada demais. O do fast-food eu gostei mais que o pornô. Deve ser porque sou gordinho.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...