24/12/2018

"Deadpool Clássico" (Vol. 10): "VERÃO CRUEL"...

A coleção: "Deadpool Clássico"... Chega ao Vol. 10 (um feito impressionante pra uma coleção do tipo: Tem medalhão da Marvel que não conseguiu emplacar tantos encadernados de uma mesma série) com a estreia da fase Jimmy Palmiotti (INÉDITA no Brasil)!

A edição (com boa dose de diversão) traz a saga: "Verão Cruel", a estreia do "Kid Deadpool" (ou "Poolboy" - Um sidekick nada convencional), O "Garanhão", e o confronto com as "Irmãs Navalha"!

Confira abaixo:

O começo de uma nova fase... Com a saída de Christopher Priest, é a vez de Jimmy Palmiotti e Buddy Scalera assumirem o comando do trem descarrilhado que é a vida do Mercenário Tagarela, então prepare-se para quando o Deadpool é contratado para enfrentar: A Máfia! E como se isso já não bastasse, o "Comediante Carmim" resolve se apaixonar justamente por seu contato, uma bela tatuadora que parece esconder algo. Conheça também o melhor parceiro-mirim de todos os tempos: "Poolboy" ("Kid Deadpool" no original)! Com direito a shows de rock, sonecas com peixes, armas com e sem silenciadores e assassinas vestidas de colegiais, a aventura e a comédia serão uma combinação explosiva nesta edição!

Este Vol. 10 da Panini, traz as edições publicadas originalmente em: "Deadpool" nº 46 a 53... Uma sequência de histórias que permanecia INÉDITA no Brasil até hoje (entre o hiato de - incríveis - MAIS de 50 (!) histórias do "Deadpool" que haviam sido puladas durante a transição pelas editoras: Abril, Pandora, e Panini). Produzidas em 2000/2001, estas HQs são desenhadas por artistas diversos, entre eles: Paul Chadwick (do "CONCRETO")! 

O encadernado é dividido em sagas completas e histórias avulsas (de qualidade e arte variáveis), tipo: "Verão Cruel" (em 3 partes), O "Garanhão" (capa acima: Estilo "James Bond"), A "Promessa" (em 2 partes - que é a capa da edição e a sátira acima: zoando a 1º aparição do "Robin", rs), e "As Irmãs Navalha" (em 2 partes também - com espetacular capa acima, de J.H. Williams III: O artista de "Batwoman" e "Promethea")... É uma boa edição, embora essa fase costume dividir opiniões (tanto quanto o próprio "Deadpool" em si: que muitos leitores adoram e outros tantos odeiam, hehe). Este Vol. 10 tem 176 pág (R$ 26,90) e é recomendável apenas pra fãs já tradicionais do anti-herói engraçadinho!

Até+

65 comentários:

  1. (Off topic)
    Leo já viu a quantidade absurda de erros nas edições lendas do universo DC Titans?
    Praticamente um erro a cada 2 páginas e ainda por cima balões trocados...é absurdo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É foda mesmo!! Uma coleção tão esperada como essa deveria ter uma revisão de qualidade,com a devida eficiência,mas o que se vê é essa falta de comprometimento com o material. Cadê a revisão da Panini???

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
    2. Putz... Comprei as 3 primeiras edições dos "Titãs", mas ainda não li nenhuma (por falta de tempo)!

      Nem imaginava q tavam vindo com esses erros (tirando alguns relatos de leitores sobre o Vol. 2, q traria erros de revisão). É fóda mesmo, a panini manter agora um "PADRÃO ÇALVAT" é mto fundo do poço: ninguém merece!

      Abs!

      Excluir
    3. Correção ortográfica e gramatical viraram luxo ou os profissionais estão tão raros quanto um programador Cobol. Isso está comum em todas as mídias. No jogo FIFA 18 do PS4 encontrei "supresa" ao invés de surpresa. Rs. Infelizmente são erros que confirmam a ausência de revisor ou profissionais sobrecarregados que não conseguem entregar um resultado final com qualidade de excelência. Roberto Xavier.

      Excluir
  2. Essa já é a decadência da série clássica. Só voltaria a ficar boa no final, com a Gail Simone. Mas aí a Marvel tomou a questionável decisão de substituir todos os títulos criados pelo Rob Liefeld por personagens novos (no caso do Deadpool foi o Agente X), que foi um desastre comercial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Hunter... blz?

      Eu lembro na época (lendo matérias em sites gringos) q a Marvel chegou a alardear a fase Jimmy Palmiotti como sendo uma "mudança revolucionária" pro personagem (quase como se tivesse passado pra linha "Marvel Knights", rs)... Longe disso, é verdade:

      Mas mesmo estando abaixo do q a Marvel anunciava, ainda acho q tem seus bons momentos (gostei do "Kid Deadpool" e das "Irmãs Navalha": Bem "Tarantinescas", guardadas as devidas proporções, é claro)!

      E concordo com vc, q a melhora REAL mesmo nas histórias do "deadpool" viria somente na reta final com a Gail Simone (numa sequência q dura apenas 5 ou 6 histórias antes de virar "Agente X"). Em tempo, a fase Simone deve encerrar a coleção de "clássicos" no Vol. 12!

      Abs!

      Excluir
  3. E aí, Leo?

    Apesar de ter do 1 ao 9, saltei esse... li por scan a fase Palmiotti e me decepcionei. Deadpool clássico para mim parou na 9. Mérito da Panini em ter continuado isso, sinal de que está sendo um sucesso, apesar de não ser o mesmo Deadpool moderno.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volta a ficar bom na fase da Gail Simone, mas essa você pode já ter nas edições que a Panini publicou há mais de 15 anos.

      Excluir
    2. Oi Hunter, esse eu tive e e bem legal mesmo.

      Excluir
    3. E aí, Lierson... blz?

      Olha, eu ainda achei q valeu a pena esse Vol. 10: Sei q não é dos melhores encadernados da coleção, mas ainda me divertiu o suficiente pra eu não ficar com raiva do investimento, hehe!

      Tbm considerei o fato de q a coleção se aproxima do final (no Vol. 12) e preferi ir com ela até o fim... embora eu já tenha as últimas histórias da Gail Simone na mini-série da panini (q passarei adiante qdo pegar o encadernado)!

      Abs!

      Excluir
  4. Realmente é uma marca impressionante essa coleção ter chegado ao volume 10. Peguei os dois primeiros não suportei e passei adiante. Não curto essa fase do personagem. Já a fase Nova Marvel que iniciou com "Meus queridos presidente" já gosto peguei todos que lançaram até o momento. Sendo "O bom, o mau e o feio" sua história que realmente merece referência de clássico. Deadpool apesar de ser uma cópia de outros personagens acabou fazendo escola. Taí a Arlequina, sua contraparte na DC Comics, pra provar o sucesso. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Roberto... blz?

      Eu tbm sou fanzaço da fase "Nova Marvel" do deadpool, q teve 4 Vol. até agora (o último foi o do "Casamento", q achei mto bom)... E terá em breve um 5º encadernado (logo no começo do ano q vem)!

      E eu tbm vejo mtas semelhanças midiáticas entre "Deadpool" e "Arlequina"... Ambos são anti-heróis, extremamente populares entre as novas gerações, violentos e assassinos, emplacaram no cinema (no caso da Arlequina, apesar do filme do "Esquadrão" ter sido RUIM, a atriz estava perfeita no papel e garantiu sua vaga no topo da lista das atrizes mais influentes e cogitadas do mercado), e vendem MTA tranqueira juntos: Cadernos, mochilas, bonecos, camisetas, etc!

      Taí um casalzinho perfeito, hein? kkk...

      Abs!

      Excluir
    2. Olá, Leo!
      Os encadernados do Deadpool Nova Marvel tem 5 volumes publicados. Seguimos para o sexto. É uma fase que acho bacana. A fase Nova Marvel tem coisas bacanas como o já citado Deadpool, Thor por Jason Aaron, Vingadores pelo Hickman. Esses três são o que acompanho. Deve haver mais. Roberto Xavier.

      Excluir
    3. Opa... Valeu mesmo pela correção:

      Acho q me perdi na contagem então, kkk... Mas vc tá certo: Fui pesquisar agora e tinha esquecido de contabilizar o Vol. 4 (Vs. Shield) na lista. Sendo assim, vamos pro Vol. 6 em breve (e não o 5)!

      Abs!

      Excluir


  5. Olá, Leo

    Você continua acessando o e-mail “leoradd” do Gmail? Mandei uma mensagem para esse endereço faz algum tempo, mas acho que você não viu (sei que às vezes a caixa de entrada fica tão cheia que a gente acaba se perdendo rs).

    Falou,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Martin... Tdo bem?

      Hahaha, me desculpe... Acabei de achar o seu mail na caixa de spam (sabe-se lá pq o google mandou pra lá, rs) e já te respondi. Foi mals, mas qdo vc me avisou do mail eu tinha procurado na caixa de entrada e não achei, já na caixa de spam a procura teve de ser mais árdua: Já q ali eu tinha mais de 800 msg pra analisar, rs!

      Bem, fico no aguardo da sua resposta então... e não se preocupe, desta vez o próximo e-mail não me escapa, hehe!

      Abs!

      Excluir
    2. Leo, só para confirmar, eu mandei o e-mail! rs

      Falou,

      Excluir
    3. Opa, valeu mesmo...

      Já vou conferir e logo começarei a trabalhar na busca de imagens pra ilustrar a matéria, blz?

      Abs!

      Excluir
  6. Parece que essa coleção vai até o Agente X mesmo.

    Espero que devido a uma boa aceitação do formato pelo público e não pela birra de algum editor teimoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, SEMI... blz?

      Sim, a coleção tá prevista pra acabar no Vol. 12 (com a fase Gail Simone e o gancho pro "Agente X")!

      Só não sei como farão a divisão do Vol. 11, pois tem 2 sagas no meio disso e um crossover em 2 partes com o "Justiceiro" (q acabou de sair na "Antologia" do deadpool, rs)!

      Abs!

      Excluir
    2. Nunca foi problema pra Panini encher linguiça com histórias tapa-buracos para aumentar o número de volumes de uma coleção . rs

      Eu ainda tenho o encadernado do Agente X (e é relativamente fácil de achar). Porém a primeira história do Agente é a última da mini do Deadpool e NÃO SAIU no encadernado.

      Fica o alerta pra quem cogita pasaar adiante suas edições.

      Excluir
    3. Bem lembrado, SEMI...

      A revista do "Deadpool" termina diretamente emendada no nº 1 de "Agente X"... Assim, acredito q a coleção de "clássicos" termine em aberto mesmo, rs!

      Abs!

      Excluir
  7. Oi Leo!

    É bom uma série clássica atingir esta quantia de dez encadernados pelo menos, algo que muitos não conseguriram, mesmo sendo mais famosos ou melhor dizendo: Heróis clássicos!

    Deadpool é um personagem que veio para ficar, gostando dele ou não, e agora ele é famoso e adorado principalmente pelas crianças, portanto quem não gosta terá de engolí-lo!Ha,ha,ha!

    Acho que o sucesso desta fase clássica ainda tem um adendo que o fato de ter muito material inédito por aqui, e isto despertou mais ainda a atenção dos colecionadores, e alavancou ainda mais a venda dos encadernados!

    Mais uma coleção de clássicos que vale a pena ser feita na íntegra, para o bem ou para o mal, assim como Hellblazer!

    Falando em Hellblazer, comprei hoje a edição onde começa a fase do Brian Azzarello no personagem, e embora eu não tenha lido ainda, apenas folheado, a arte de Richard Corben não me agradou, e na minha opinião tira o impacto da trama, com sua arte onde todos parecem anões!

    A emblemática cena do "chuveiro", nas maõs de um artista mais competente teria se tornado épica, igual quando o Constantine enganou o Primeiro dos Caídos!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Richard Corben é um daqueles artistas cuja arte pioraram muito com o tempo.

      Excluir
    2. Li a Edição de Hellblazer, e sem sombra de dúvidas é uma das mais FODAS que já li do personagem! uma vez você tinha me dito Leo, que nesta fase ele "tocava o terror nos prisioneiros", e de fato só não imaginei que fosse de forma tão intensa!

      Nunca vi o Constantine usar seu conhecimento em ocultismo desta forma, sempre é mais moderado as coisas em suas histórias tendo várias em que ele nem usa suas habilidades, mas aqui ele toca foda-se e literalmente "toca o terror" literalmente massacrando os outros presos!

      Uma das melhores sagas do personagem, e se não fosse pela arte de Richard Corben seria épica!

      Abraços!

      Excluir
    3. Oi, Elcio... Tdo bem?

      De fato, o "Deadpool" costuma ser odiado pelos leitores mais veteranos da Marvel... Inclusive, a maioria dos meus amigos pessoais (quarentões pra cima) simplesmente detesta o personagem e tem verdadeiro pavor à simples menção do nome dele, kkk!

      Mas não adianta espernearem agora, o "deadpool" tem seus méritos como personagem e merece o sucesso q alcançou por ter sido melhor trabalhado nas mídias de forma mais competente do q mto medalhão clássico por aí. Por exemplo, ele começou a conquistar a simpatia dos jovens fãs ainda nos vídeo-games (com um jogo mto fóda e extremamente violento, com o personagem falando e fazendo piadas o tempo todo: IGUAL ao gibi). No cinema, ele emplacou 2 filmaços (mto bons e o 2º achei ainda melhor q o 1º), e na venda de bonecos e tranqueiras ele sempre se dá bem!

      Ou seja... Enquanto vários heróis clássicos (tipo o "4 Fantástico") iam perdendo o engajamento dos fãs com filmes ruins e sem conseguirem mais falar a linguagem das novas gerações, o deadpool vinha galgando seu lugar ao sol e hj é um fenômeno da mídia!

      E concordo com vc... A coleção de "Clássicos" teve seu charme (por assim dizer) ao avançar até as mais de 50 edições q permaneciam INÉDITAS no Brasil. Com isso, a panini sanou um vácuo q havia ficado no mercado nacional qdo a Abril, Pandora, e a própria panini haviam ignorado completamente o personagem a partir do nº 11 da revista mensal (a panini só retomaria a série a partir do nº 65 no formato mini em 3 edições)!

      Qto ao "Hellblazer"... Eu vou comprar essa 1º edição do Azzarello (na prisão), mas depois vou parar com essa fase (antes do escritor começar suas escrotices e lacrações sensacionalistas, rs)!

      Abs!

      Excluir
    4. Eu juro que tentei gostar mas quando cheguei na historia tao falada com o Homem Aranha dos anos 60 e não vi a menor graça desisti de vez.

      Excluir
    5. E aí, gustavo... blz?

      Hahaha, realmente, se vc não achou graça nessa história (q é considerada uma das melhores - senão "A" melhor - do deadpool): O jeito é nem tentar insistir mais com o personagem, rs!

      Isso aconteceu comigo tbm com a tal "Nova Onda" q saía no mix da revista "Marvel MAX"... Mta gente gostava e achava graça naquilo, e eu não conseguia esboçar nem um sorrisinho amarelo, kkk!

      Abs!

      Excluir
    6. Leitor veterano as vezes é um pé no saco. Odeia de graça tudo que eles consideram "modinha". É capaz de vomitarem se a Margot Robbie aparecer nua na frente deles caracterizada de Arlequina.

      Quando ao Deadpool, ele é modinha, portanto...

      Ps: Nova Onda era chato pra baralho.

      Excluir
    7. Oi, SEMI... O personagem modinha mais odiado pelos nerds veteranos no momento é o "VENOM", kkk!

      Mas assim q passar o hype do FILME do simbionte, o ódio volta a ser direcionado pro "Deadpool" ou pra "Arlequina", rs"!

      Abs!

      Excluir
    8. Ah sim. Esse Hellblazer do "Azarado" é novidade? Lembro que a Panini publicou alguns encadernados dele.

      Excluir
    9. Oi, SEMI... A Panini tinha começado a fase Azzarello pelo Vol. 3 dos encadernados, já q ela continuou de onde a Pixel havia parado!

      Só q agora a panini resolveu retomar essa fase desde o início (esse 1º arco da prisão rolou aqui somente no mix da revista: "Pixel Magazine")!

      Abs!

      Excluir
    10. "... Oi, SEMI... O personagem modinha mais odiado pelos nerds veteranos no momento é o "VENOM", kkk!"

      E pelo jeito passará a ser mais ainda. Visto que o filme do VENOM arrecadou mais individualmente do que qualquer um dos seis filmes do Aranha produzidos até hoje.

      Tanto que já falam da SONY cancelar o contrato de permuta com a Disney após Spider-Man: Far From Home.

      Caso isso ocorra, SE a Disney não comprar a SONY (tudo é possível) é capaz de transformarem os dois em uma "Dupla Teiosa da Pesada"!

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    11. E aí, VAM... blz?

      Eita, não sabia q o "venom" tinha sido um estrondo tão grande assim de bilheteria... Sim, sendo assim: passa a ser uma moeda de troca mto valiosa nesse fogo-cruzado entre Sony X Marvel!

      E podemos aguardar tbm um "venom" censura livre mais pra frente (pra faturar ainda mais, rs)!

      Abs!

      Excluir
  8. leo, essa edição do soldado desconhecido do Garth Ennis é volume único? vale a pena?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, rapaz (ou moça). Não sou o Leo, mas posso te dizer: Soldado Desconhecido do Ennis é volume único e é excelente.

      Excluir
    2. Camarada, desculpa me intrometer, mas vale muito a pena, na minha opinião um dos melhores trabalhos do Irlandes. Se tem um defeito pra mim, é por ser muito curta. Devia ter virado uma série. Ennis estava no auge do seu talento nesta época, escrevendo Preacher e Hitman.

      Excluir
    3. E aí... blz?

      Concordo com o Lierson e o Marcos... Eu tbm achei mto bom o "Soldado Desconhecido" (q tenho em mini-série da Metal Pesado)!

      É uma releitura bem realista do personagem sem rosto q busca agora um substituto à altura pra continuar seu trabalho sujo como agente dos EUA. Vale mto a pena pra quem gosta daqueles episódios cheios de conspirações governamentais do "Arquivo X" e "24 Horas"! Recomendo!

      Abs!

      Excluir
    4. Haha, tbm tenho a minissérie de 2 edições da Metal Pesado, Leo! Acho que uma das histórias que mais repeti leitura na minha vida. E hoje comprei esta edição com as 4 edições originais, mais Capitão América do Mark Waid e Chris Damme, e Justiceiro Máquina de Guerra. Já tenho oq fazer neste fim de semana. ABS!

      Excluir
  9. Pois é, pensava que o termo "clássico" fosse usado para obras mais antigas e relevantes... Chamar Deadpool de clássico é como dizer que o Bieber é o rei do pop. Mas gosto é gosto e a Panini tá vendendo bem. Eu não gosto do personagem nas HQs, já a versão do filme aí sim, diverte bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Classico é daquelas expressões que como cult são mal utilizadas. Nem todo filme dos anos 50 obviamente é classico mas não deixam de ser taxados como se fossem. Da mesma forma acho perfeitamente normal que algo de 2010 consiga ser considerado um classico, se ja existir distanciamento possivel para uma boa avaliação. O Justiceiro do Ennis para mim é um classico incontestável, mais do que o Aquaman de 88.

      Excluir
    2. E aí, Marco Antonio... blz?

      O nome dessa coleção vem dos EUA mesmo (Deadpool Classic)... Mas concordo q é descabido chamar de "clássico" um material iniciado nos anos 90 e cujas histórias já adentraram os anos 2000, rs)!

      O termo "clássico", pra mim, só deveria ser usado pra materiais até meados dos anos 80 (Era de Bronze)... Mas enfim, tá funcionando assim mesmo, hehe!

      Abs!

      Excluir
    3. Com todo o respeito...Com certeza eu troco o Justiceiro do Ennis pelo Aquaman de 1988 (Keith Giffen & Curt Swan). Rs. Roberto Xavier.

      Excluir
    4. Nenhum quadrinho dos anos 90 pode ser um clássico por si só, tanto pela qualidade como pela antiguidade.

      No caso do Deadpool, entendo que o clássico seja apenas uma forma de diferenciar os primordios do personagem de sua versão moderna.

      Estou com o Hunter. Tempestade em copo d'água por pura implicância com o personagem.

      Excluir
    5. "... Nenhum quadrinho dos anos 90 pode ser um clássico por si só..."

      Sempre encarei o termo "Clássico" nessa coleção como mais uma forma de escracho mesmo, SEMI.

      Igual quando publicaram a edição #1000 para implicar com a DC.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    6. A Marvel tem uma série de encadernados que chamam de Classic, Deadpool não é o único personagem publicado dessa forma!

      É clássico sim, aceitem que dói menos!

      Excluir
  10. Não entendo essa implicância com o Deadpool. Ele já existe há mais tempo de que o Homem-Aranha existia quando eu era moleque e nem por isso eu questionava que fosse um clássico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, tem esse outro lado tbm, Hunter...

      Qdo eu nasci (em 1972) o "Aranha" tinha apenas 10 anos de idade... E 17 de existência qdo comecei a ler e colecionar os gibis dele. Na época tbm era um "clássico" pra mim, rs!

      Abs!

      Excluir
  11. Editora Culturama publicará Disney no Brasil. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Roberto...

      Essa editora é aqui do interior do Rio Grande do Sul, mas só comecei a ouvir falar nela agora qdo o nome surgiu entre as especulações sobre quem assumiria a Disney. Eu apostava mais na panini, vamos ver agora como essa culturama se sairá!

      Abs!

      Excluir
    2. Também nunca havia ouvido falar nela. Mas com certeza tem "bala na agulha" pra ter conseguido tal proeza. Imagino ter sido um investimento bastante alto pra uma editora qualquer, aparentemente a editora Culturama não é qualquer uma por tal aporte. Roberto Xavier.

      Excluir
    3. Sim... em matéria de investimento, estamos falando de alguns MILHÕES pra começar um bom aporte com a linha Disney!

      A linha Disney não é algo pra editoras "pequenas", rs...

      Abs!

      Excluir
    4. "... A linha Disney não é algo pra editoras "pequenas", rs..."

      Olha acho que depende do modelo de contrato, Leo.

      Quando falamos em Disney nos sempre vem a mente o conglomerado americano ou então tudo oque a Abril já realizou no passado.

      Mas em se tratando dessa nova empreitada acredito que licenciamentos realizados respectivamente com uma ou outra editora que produza seus próprios quadrinhos sejam mais acessíveis.

      E pelo modelo de distribuição citado no comunicado da Culturama, me parece que os gibis serão bem baratos.

      Mas quem já saliva pela continuidade dos encadernados de luxo e que até pouco tempo se descabelava para conseguir comprar todos os lançados simultaneamente pela Abril, uma boa dose de paciência será necessária...

      Afinal se o Maffia & Cia tencionam retomá-los isso deve acontecer bem mais pra frente, após a estabilização da linha econômica no mercado.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. Oi, VAM... blz?

      Qdo eu falei em "editoras pequenas"... é pq sei q o operacional pra se publicar a linha Disney da mesma forma q a Abril vinha fazendo (com mensais de banca E encadernados de luxo) exige um aporte financeiro de alguns MILHÕES (contando custos gráficos, tiragem, distribuição, e contratos com a Fantagraphics e afins)!

      E são poucas as editoras atuais com aporte de milhões pra gastar com gibis...

      Abs!

      Excluir
  12. O que um filme não faz... A Panini está se aproveitando da boa receptividade dos filmes pra lançar essas "pérolas"... A pergunta que fica é: porque não lançam Justiceiro fase clássica? É um personagem com mais bagagem que o Deadpool. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Diego... blz?

      Bem, talvez falte pro "Justiceiro" justamente um filme de sucesso e maior destaque em outras mídias (o "deadpool" já vinha de um game de sucesso antes dos filmes, q era bastante popular entre a molecada q não lia gibi). Não adianta: uma coisa puxa a outra na fabricação de um sucesso comercial!

      Mas eu ainda tenho esperança de q o seriado Netflix do "Justiceiro" (q já vai pra 2º temporada) reacenda na panini a motivação pra lançar uma coleção de clássicos do matador de criminosos: seria uma boa, sem dúvida!

      Abs!

      Excluir
    2. "... Bem, talvez falte pro "Justiceiro" justamente um filme de sucesso..."

      Mas, ele já teve 3 filmes e uma temporada inteira no Netflix, que bem ou mal o mantiveram em evidência ao longo das décadas, fora as aparições em desenhos animados.

      Oque acontece é que o Deadpool tem uma apelo maior por conta do escracho.

      E quem curte o Justiceiro não pode reclamar muito não, afinal o personagem tem ganhado encadernados do Universo 616, Universo MAX e republicações da Fase Ennis ao longo dos anos.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Lembrando que o filme é com o lendário (para o bem ou para o mal de acordo com a pessoa) David Hasseholf! Se não fez sucesso, é prova de que algo esta errado no universo!

      Excluir
    4. O "Justiceiro" era o Dolph Lundgreen (O "Russo" do "Rocky 4")...

      Mas o David Hasseholf foi o "Nick Fury", num filme tosquíssimo mas bem divertido, kkk (e acho q tinham q ter chamado ele de volta pra ser o Fury nesses filmes novos da Marvel: é melhor q o samuel jackson, rs)!

      Abs!

      Excluir

  13. Caro Léo: fugindo um pouco do assunto, vi hoje que a Eaglemoss vai publicar daqui a menos de 1 mês as histórias de 1971 dos Novos Deuses de Jack Kirby.

    Talvez a 1a parte (New Gods 1-6) seja o primeiro lançamento de 2019 dessa editora. Depois, eles devem publicar também uma 2a parte (New Gods 7-11) completando assim toda a série original de apenas 11 revistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lenimar... Tdo bem?

      Verdade, os "Novos Deuses" do Kirby tão vindo aí em 2 Vol. pela Eaglemoss... fechando as 11 edições originais e mais umas histórias clássicas complementares de "brinde". Segue abaixo o conteúdo completo das 2 edições:

      Vol. 1: New Gods (1971) 1-6, Tales of the Unexpected (1956) 16

      Vol. 2: New Gods (1971) 7-11, Detective Comics (1937) 64

      E te confesso, q embora eu tenha motivos pra acreditar q a Panini irá mesmo publicar o "4º Mundo" numa futura coleção de "Lendas", devo garantir essas 2 edições da Eaglemoss de qq forma. Fiquemos de olho nas bancas então, rs!

      Abs!

      Excluir
  14. "... devo garantir essas 2 edições da Eaglemoss de qq forma..."

    Tem medo que esgotem e fique sem, caso a Panini não publique?
    Pelo preço, acho difícil. Tem sempre reposição na loja online.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, VAM... blz?

      Bem, na verdade eu TENHO CERTEZA q a panini vai publicar o "4º Mundo" e q será na coleção de "LENDAS" mesmo... (pode escrever o q eu tô te dizendo, hehe)!

      Porém, ainda não sei se será misturado com as demais séries do 4º mundo? Assim, passei a achar interessante tbm a ideia de ter apenas os "Novos Deuses" em separado (já pensando em apresentar esse material pro meu filho futuramente)... Mas claro, ainda estou cogitando todas essas possibilidades!

      Abs!

      Excluir
  15. Léo,140 pratas por 12 edições,mesmo sendo Kirby no ápice criativo...vou esperar o "lendas"!!!Quanto ao Wade,podem falar o quê quiserem!sigo pensando que é um desperdício de papel!e kda vez mais indignado com esse novo momento em que só se publica o que têm visibilidade transmidia!coisa boa,só se o editor conseguir colocar na esteira do ruim que vende!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, sergio... blz?

      Eu ainda tô na dúvida com relação aos "Novos Deuses"... Mas "a princípio", deverei esperar tbm pelas "LENDAS do 4º Mundo" (q deve sair no 2º semestre de 2019): Vamos ver!

      E não tem jeito: As editoras querem vender... e o q vende (pra valer) é o q tá no cinema e nos games!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...