03/03/2016

"Terra-2": As Coleções Imaginárias Que São o Sonho de Consumo P/ Leitores da DC....

Justiça em múltiplas terras... É a proposta desta coleção IMAGINÁRIA de autoria do VAM (designer gráfico que tem feito excelentes trabalhos elaborando capas de gibis que DEVERIAM existir!

"LJA & SJA": A "Liga" e a "Sociedade" da justiça já cruzaram e trilharam seus caminhos diversas vezes em HQs que marcaram época... E nesta matéria (direto da "BATDEIRA") vamos relembrar algumas das CAPAS desses verdadeiros clássicos da DC!

Confira abaixo (e imagine "O Que Aconteceria Se"... esses gibis realmente existissem):

Muito tem se especulado sobre a possibilidade da Panini criar uma Coleção de Histórias Clássicas com o selo DC Comics... nada mais natural, vide o sucesso de público e crítica (na maioria favorável) da "CHM - Coleção Histórica Marvel" e também da Coleção temática do "Batman" (Lendas do Cavaleiro das Trevas) dedicada aos escritores e desenhistas mais cultuados do personagem. Essa possibilidade se tornou mais viável depois da confirmação de que em 2016 teremos também uma Coleção igual para o "Superman", que por sinal também foi imaginada na "Batdeira" (NOTA: Blog do VAM dedicado à capas e coleções alternativas/imaginárias)!

Em 2008, a Panini lançou o encadernado: "Crise nas Multiplas Terras", que reunia vários encontros da "LJA - Liga da Justiça" com a "SJA - Sociedade da Justiça", além de uma centena de outros personagens em aventuras pelo conceito dos Mundos Paralelos, que apresentam variações dos principais heróis e vilões da editora, além de outros (criados ou adquiridos pela DC)! Só que para conseguir republicar a totalidade dessas histórias que saíram na revista "Justice League of America", a DC acabou multiplicando o encadernado em seis e são eles que servem de base pra criação da "COLEÇÃO ARQUIVOS HISTÓRICOS DC" (elaborada pelo VAM)!

Vale ressaltar, que o encadernado citado acima (Crise nas Múltiplas Terras) teve apenas 1 única edição lançada no Brasil pela Panini (em formato luxuoso: capa-dura) sendo que originalmente (nos EUA) foram 6. Na época de lançamento dessa edição, o leitor brasileiro ainda não estava tão acostumado à encadernados mais caros (custando acima de 50 reais) e o fato é que a edição parece ter fracassado nas vendas (embora seja muito difícil se achar esse 1º e único Vol. à venda)!

Seria perfeitamente possível imaginarmos então como seria uma coleção de encadernados econômicos que reapresentassem esse material clássico aos leitores/colecionadores de HOJE (esquecendo-se o fracasso da tentativa anterior da Panini em trazer essas histórias antigas em um formato caro e incompatível pro bolso do público na época). São HQs que marcaram época nos tempos da EBAL e que mereceriam uma nova chance no mercado atual (onde uma geração de leitores tem redescoberto o Universo DC através de coleções mais acessíveis em capa-cartão e papel off-set)!

É uma evolução natural do mercado nacional se readaptar em tempos de "CRISE" (com o perdão do trocadilho, rs - me refiro à crise econômica mesmo)... E se essas recentes coleções de "Lendas" do "Batman" (Neal Adams, Jim Aparo, Marshall Rogers, e em breve: Gene Colan), além do "Superman" de García-López (prometido pro mês que vem) acabarem vingando nas bancas, a tendência é continuarem investindo em séries e personagens diversos da DC (da mesma forma que as "CHM" da Marvel já se espalharam para além dos "medalhões" mais conhecidos da editora)!

Curiosamente... A Ópera Graphica já arriscou (há anos atrás) um mini-encadernado do "Desafiador" (de Neal Adams) utilizando a mesma imagem de uma das capas acima, mas esse "Espectro" do Jim Aparo é um material que também valeria a pena ser melhor conhecido pelos leitores (é muito bom)! Enfim, as CAPAS acima são criações gráficas do VAM, mas bem que poderiam servir de "inspiração" pras editoras repensarem na melhor forma de republicar esses clássicos da era pré-crise da DC! Confiram MAIS imagens neste "LINK" da "BATDEIRA" (vale uma conferida)!

Até+

106 comentários:

  1. Oi Leo!

    Estas capas das "Coleções Imaginárias" já atiçam só de ver.É claro que algumas estão se tornando realidade como as do José Garcia López no Superman, e outras com certeza se tornarão reais mais cedo ou mais tarde.

    É certo que hoje mesmo em momentos delicados da economia do país HQs vendem muito ainda impulsionadas pelo cinema e TV para as gerações mais novas e para os mais antigos pelos relançamentos de clássicos e séries encadernadas!

    A única coisa ruim disto tudo é que com o excesso de lançamentos está difícil o bolso aguentar!

    Tenho feito alguns sacrifícios ao meu ver "necessários' para poder dar conta de manter a coleção, principalmente com o reajuste de preços da Eaglemoss e da Salvat.

    Ao meu ver a Eaglemoss está "botando para fuder" nas miniaturas lançadas em bancas para compensar o encalhe de peças, principalmente as especiais que não estão vendendo mais como antes que esgotavam de prontidão. Quanto às especiais da DC não é preciso nem comentar o motivo dos encalhes.

    Vi seu post passado e realmente entendo o que você está dizendo com relação aos cortes e as peças que será obrigado a pular. Eu estou comprando as que saem em bancas, porém, pulei muitas peças especiais e "packs", esperando um momento melhor de grana para comprá-los.

    Falando neles, não sei se você viu esta matéria:http://www.folhabv.com.br/noticia/Atuacao-da-mafia-no-mercado-de-colecoes/14408

    Antes de terminar, já foi anunciada a nova CHM X-Men, porém o seu conteúdo ainda não. Não duvido que haja algum material que sairá na coleção de clássicos da Salvat.

    E para encerrar mesmo, as próximas edições da coleção DC da Eaglemoss já confirmadas na última edição lançada serão: "Lex Luthor- Homem de Aço" (Lee Bermejo)e "Terra 2"

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elcio, Tdo bem?

      Realmente a proliferação de títulos está muito complicada de ser acompanhada, somando-se então os figurines diversos, é humanamente impossível para a grande maioria dos Colecionadores.

      Eu mesmo tento manter o máximo de foco, nas minhas aquisições e vou colocando na balança tudo aquilo que tenho vontade. Tenho vendido muita coisa antiga, ou nem tanto assim, para comprar novos gibis.

      Pra você ter uma ideia, coloquei a venda no ML "Superman O Homem de Aço" e as "Lendas do Batman de Alan Davis", para reinvestir nos Clássicos da Salvat e novas Lendas do Batman e Superman.

      E é ela falta de recursos que atualmente o meu principal hobby, deixou de ser LER quadrinhos para IMAGINAR quadrinhos, uma prática muito mais viável economicamente!

      :))

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Olá,

      Eu li o texto do link e só gostaria de fazer uma observação.
      Apesar do que diz o texto, a "venda casada" e a especulação de preços são coisas bem distintas.
      A "venda casada" é prática ilícita e pode ser objeto de ação judicial, a especulação de preços não.
      Enfim, estou avisando apenas para evitar que as pessoas de confundam.

      Excluir
  2. "Estas capas das "Coleções Imaginárias" já atiçam só de ver."


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Nem me fale, pois me arrependo até hj de ter perdido a "Crise nas Múltiplas Terras" na época em q saiu... Se bem q eu tbm acharia pouco ficar apenas com o Vol. 1 sabendo q saíram 6 nos EUA! Seja como for, algumas dessas HQs da "Liga X SJA" eu tenho espalhadas por aí (como na ed. "DC 75 Anos - Era de Prata")!

    Eu sei q o momento atual tem sido de crise econômica mesmo (tenho apanhado feio com gastos e investimentos pesados nesse curso pré-vestibular q eu sou sócio - "Teorema" - e posso assegurar q qdo estamos imersos no ramo empresarial, a crise econômica do país se torna ainda mais visível: qq um q mantenha seu próprio negócio hj em dia poderá confirmar o q estou falando). A gente vê melhor as pessoas tendo dificuldades em comprar o nosso produto não por falta de vontade, mas por falta de dinheiro mesmo!

    Aí entra o colecionismo nessa equação... O país tá fudido em todos os níveis (econômicos, sociais, culturais, morais, e estruturais) e os GIBIS e bonequinhos (entre outros itens colecionáveis) passam a ser mais supérfluos do q nunca à medida em q faltam condições financeiras pra média geral das pessoas levarem uma vida digna e confortável. Em tempos bicudos, quem puder investir 100 reais num gibi pode se considerar um felizardo (pois é sinal de q tem sobrado $$$ pra coisas mais essenciais do dia-a-dia)!

    A Eaglemoss entrou numas ações estratégicas meio "suicidas"... Pois esse excesso de coleções q tem lançado está canibalizando à si própria (cada coleção NOVA - Walking Dead/Hobbit - sufoca a anterior e assim vai). Diante desse quadro, o especulador (scalper) se aproveita dos colecionadores mais desesperados e tenta tirar o máximo de proveito financeiro q puder. Aliás, ótima postagem essa q vc linkou acima (recomendo a leitura pra TODOS, é bem isso aí mesmo)!

    Sobre a "CHM dos XM"... Acho q podemos esperar o "Julgamento de Magneto" (UXM nº 200-206) e o confronto com a "Ninhada" (só essas 2 sagas já ocupam ed. inteiras - resta sabermos o q trarão as outras 2)! E putz, esse "Lex Luthor" sendo do Bermejo já entra na minha lista de interesses (da mesma forma q a "Terra-2" do Morrison)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leo, valeu pela nova matéria!

      Como comentei com você anteriormente, descartei a ideia de comprar alguns títulos da DC Eagleamoss, minha única dúvida ainda é em relação a "Strange Appartions", que vou tentar folhear na banca, quando lançarem.

      Felizmente tenho as ótimas TERRA 2 em Superman Premium # 1 (a única que possuo) e Lex Luthos do Bermejo encadernado pela Panini, então eu consigo passa-las tranquilamente.

      Mas, para você e outros colegas que pensam em adquiri-las, eu faço essas duas considerações:

      A Panini relançou recentemente uma edição encadernada do Coringa com as edições de Alan Moore e Lee Bermejo.

      As chances dela repetir a iniciativa com esse "Lex Luthor" dele junto com a "Biografia Não Autorizada" (publicada só pela Abril e Mythos) são grandes por conta do filme BvsM.

      E a Panini tem publicado muita coisa do Morrison, então eu imagino que investir em Terra 2 é muito grande mesmo.

      Eu até arrisco a dizer que será em formato magazine como ela tem feito com várias Graphic Novels Oitentistas.

      Como diria o ditado, "Quem arrisca não petisca" é questão de coragem pra tomar a decisão. Eu já tomei a minha! :)

      Grande abraço,
      VAM!

      Excluir
  3. Fala, Léo!
    Mais uma coleção imaginária que instiga o leitor, mas por outro lado, pela crise financeira, ainda bem que isto ainda não vai para as bancas...
    Esta edição de "Crise nas Múltiplas Terras", peguei recentemente na Amazon (preço de capa), então dê uma conferida!
    Mas, gostei mesmo das edições do Desafiador (perfeito no lápis do Neal Adams)!
    Fica agora, a expectativa dos resultados comerciais das edições clássicas do Superman, como termômetro para edições futuras de material DC (o Morcego, já sabemos que vende muito bem!).

    abs.

    ResponderExcluir
  4. Olá Leo e VAM!
    Parabéns pela matéria!
    Tive a sorte de comprar o encadernado de Crise nas Múltiplas Terras o ano passado na Amazom BR, achei que fosse uma reimpressão, mas deve ter sido sobra de estoque. É engraçado ver capas como essa dos membros da LJA invocando através de um ritual pagão a SJA. Acredito que tal cena não seria aceita nos dias atuais. Infelizmente essa coleção foi mais uma entre tantas outras que morreram na praia. A Panini quando não atrasa fica sem dar respostas sobre a continuidade das coleções. Vide a Queda do Morcego que ficou no limbo, mas quando o assunto é Marvel e X-Men despejam religiosamente mês a mês aquelas sagas anos 90 que não deveriam nem ser lembradas. Sendo assim, e seguindo o raciocínio da Panini não nos causará surpresa em breve "Heróis Renascem" na integra.

    ResponderExcluir
  5. Todas as capas mostradas são muito bonitas. Pena que sejam apenas "imaginárias". A publicação de histórias clássicas da DC é mesmo um sonho. Liga da Justiça, Turma Titã, Legião dos Super-Heróis, ... Quanta coisa boa é deixada de lado hoje em dia! Quantas histórias criativas e divertidas! Quantos desenhistas de verdade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Sr. Lenimar.
      Abs,
      VAM!

      Excluir
  6. Por Favor...publicar em capa cartão...pois meu bolso agradece
    Abraços rs r s

    ResponderExcluir
  7. Acho muito vacilo não existir uma Coleção Histórica DC (embora 90% da minha leitura seja de Marvel, os fãs da Distinta Concorrência merecem). E essa matéria que o Élcio postou é de deixar a gente puto mesmo, os aproveitadores atravancam o colecionismo. A Eaglemoss poderia maneirar no lançamento de coleções, mantendo muitas peças em estoque, soltando aos poucos, além de evitar vendas exageradas.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Leo, beleza?

    Legal essa matéria do Vam. Ficou bonito. Parabéns Vam.

    Quem dera esses lançamentos existissem. Espectro do Jim Aparo e também o do John Ostrander são muito bons, mas acho dificil a Panini lançar. A editora parece ter receio de sair do eixo: Batman, Superman, Lanterna Verde, Vertigo. Acho que quando o filme da Liga da Justiça tiver perto de sair talvez eles lancem algum material clássico (tipo liga fase satelite ou a liga do Grant Morrison). Mas sei não, tem tanta coisa da DC fazendo sucesso ai: série Arrow e Flash, e eles não lançam nada clássico.

    Da Marvel também, porque não lançam X-Men do Chris Claremont clássico na integra? Ou Justiceiro das antigas?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá Leo!

    Hoje finalmente comprei, as últimas edições de Lendas do Batman lançadas.

    Folheando o vol. 04 de Neal Adams, reparei uma coisa bem curiosa.
    Lembra que comentei aqui no Submundo que Adams tinha refeito a arte-final de vários quadros das histórias, quando a DC publicou o "Batman Ilustrador por"?

    Então, constatei que em duas das aventuras contra o Cabeça de Demônio, o artista resolveu ampliar dois quadrinhos para uma página inteira cada um.

    São elas:
    Ra´s Al Ghul ressuscitado saindo, envolto num manto, do poço de Lázaro e o Batman carregando ele, desacordado, nos ombros com a Tália ao fundo no deserto.

    Não sei se em Clássicos DC # 04 já estava desse jeito. Isso não lembro e não tenho mais a edição para comparar. Mas nos gibis da Ebal, que também me desfiz (putz!), tenho certeza que não.

    - - -

    E pra terminar, reparou que na clássica arte do Adams, criada para a capa de Batman #244 escolhida para estampar a edição da Panini, tem um pequeno erro de composição, Leo?

    Não que faça qualquer diferença, MAS a parte inferior do uniforme do Batman está duplicada… E por pura coerência, deveria ser uma dessas opções que manipulei em anexo:

    http://i65.tinypic.com/2u46j5j.jpg

    Como a capa faz referência direta a uma sequência da história, a correta seria a 2ª opção, pois o Bruce Wayne retira o cinto de utilidades e a parte superior do uniforme pra duelar, mantendo o capuz.

    Mas se fosse somente pela capa em si, ele deveria aparecer de "bat-cuecão" o que seria bastante engraçado.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  10. Fala, Léo!
    Apenas para relatar o recebimento da mini do Thanos (intacta, felizmente!), e realmente a peça é muito foda (à altura do personagem!), atendendo as expectativas.
    Muito boa a revista (e tome Jim Starlim!), mas o poster tem uma das faces bem fraquinha...

    abs.

    ResponderExcluir
  11. A Panini deveria urgentemente pensar numa coleção assim com a Liga da fase satélite, que é clássica até dizer chega e foi praticamente ignorada no Brasil.

    ResponderExcluir
  12. Olá Leo, tudo bem?

    Falando em colecionismo, é impressionante a criatividade da Eaglemoss para nos sacanear. Agora eles inventaram o aumento de preços disfarçado de desconto. Os kits da coleção O Hobbit foram lançados a R$ 130,00 e R$ 170,00. Vi hoje na página do face deles que eles estão com preços promocionais até 07/03. O preço real é de R$ 160,00 e R$ 200,00. Se eu já não tinha interesse antes, agora então...

    Abs,. Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Leo.

    Parabéns ao Vam! Sempre se superando. Assim como o Submundo, tenho o "Batdeira" nos meus Favoritos pra visitas diárias. Sempre fico babando nessas capas! Sonho com a realização dessas edições, a exemplo do que ocorreu com o Super do Garcia Lopez.

    Mas tem uma dessas edições que vai ter que passar por recall... Rsrsrs...
    Olha aí o segundo volume de LJA vs. SJA: lá tem um embate que eu nunca pensei que iria ASSISTIR... Rrsrsrs. Brincadeira com o Vam. Isso não tira o brilhantismo do trabalho dele. Afinal, se as "grandes" editoras dão escorregadas fenomenais, por que nós, pobres mortais, não podemos cometer pequenos deslizes????

    A propósito, e falando sério: li o encadernado "Drácula - A Obra Completa" da Mythos, mas foi um balde de água fria... Toda sorte de erros, incongruências e equívocos podem ser encontrados nessas páginas: tradução equivocada, balões trocados, digitação, caracteres faltando (que deixaram palavras incompletas ou datas erradas), erros ortográficos, de concordância...

    Sinceramente, tentei até relacioná-los um a um, e enviar as referencias à editora. Mas eram tantos que seria mais fácil escanear as páginas e mandar. Fiz uma média aproximada de UM erro para cada DUAS páginas, mas essa estimativa pode ser modesta. Simplesmente parei de contar.

    Insisti. Li a edição até o final, só que não mais para degustar de uma boa leitura, e sim para comprovar meus temores. Sei que a Mythos Editora é responsável pela produção editorial de várias HQs, de sua própria editora, bem como de materiais da Panini, Salvat e Eaglemoss, e por isso mandei um e-mail para eles, reclamando e pedindo um posicionamento, pois o valor que paguei pelo livro já seria o suficiente para que qualquer errinho fosse inaceitável. O que encontrei na obra foi surreal.

    A resposta que tive do Sr. Fernando Lopes, editor da Mythos, foi um mero pedido de desculpas, entre umas poucas (e inaceitáveis) justificativas. Nada de reparação, nem tampouco de recall.

    Percebo que é crescente a quantidade de erros de natureza editorial, e principalmente, vejo falhas atrozes de revisão. Desde sua primeira matéria sobre erros de revisão aqui no blog, tenho me ligado na frequência desses problemas, e posso dizer que praticamente em cada edição vendida atualmente, há pelo menos um erro médio ou grave para o consumidor.

    Sou Professor, educador, formador de opiniões. Valorizo MUITO a língua portuguesa e penso que, como consumidor, apreciador e estudioso de Histórias em Quadrinhos, é inadmissível que materiais com essa qualidade sejam distribuídos a um público que já não se atrai tanto por HQs, e também que sofre muito com a má qualidade da educação e com a falta de estímulo à leitura. Isso para não mencionar o alto preço que as revistas em quadrinhos têm hoje em dia, seja por altos custos de produção, licenciamento, crise econômica, enfim... Só pra ficar no desabafo.

    Abraço!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá JOHN, obrigado pelos elogias e revisão também. :)
      Aproveitei e ajustei a imagem lá na Batdeira.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Eduardo Cesar06/03/2016 14:08

      John, desculpe a minha desinformação, mas qual é no detalhe falho na edição 2 do VAM?

      Excluir
    3. Oi, Eduardo... Na capa do nº 2 aparece escrito no texto: "AssiRtir" (ao invés de "assistir")!

      Abs!

      Excluir
  14. JOHN MCARTSON, tudo bem, nossa dessa eu não sabia do Drácula eu também comprei essa edição mas ainda não tive tempo de ler, que pena que tudo isso esteja acontecendo, estão cobrando cada vez mais caro nas Hq's e como você mesmo disse já temos um ensino de má qualidade e agora esses erros estão ficando por isso mesmo, cade o direito do consumidor, eles falam tanto disso mas na real não existe isso para quem tem poder, muito triste mesmo a situação desse país nada funciona.

    ResponderExcluir
  15. "A "venda casada" é prática ilícita e pode ser objeto de ação judicial, a especulação de preços não."


    Oi, Gabriel... Tdo bem?

    Acho q o texto podia mesmo ter citado exemplos mais práticos q ajudassem a diferenciar a "venda casada" da simples "especulação". Ambas as práticas são extremamente prejudiciais pro mercado num todo (haja visto os excessos de preços cometidos em sites tipo o ML e grupos de classificados no face - vender e comprar gibis deixou de ser um hábito "saudável" e todo mundo parece querer tirar vantagem em todo tipo de negociação)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "E a Panini tem publicado muita coisa do Morrison, então eu imagino que investir em Terra 2 é muito grande mesmo."


    E aí, VAM... blz?

    No caso da Salvat os repetécos e "furação de olho" rolam direto (sem pena nenhuma)... Mas entre "Panini X Eaglemoss" existe um acordo (q "por enquanto" não foi quebrado) de uma editora não publicar o q a outra tiver programado. Essa ideia tem sido levada a sério qdo retiraram a "CRISE" da coleção eaglemoss pq a Panini iria republicar a saga!

    Claro q só os tolos (e alguns youtubers ingênuos) confiariam nas promessas e balelas feitas pelos editores da Panini (foi o Levi q falou desse acordo numa entrevista)... E não duvido q em pouco tempo a Panini já esteja republicando material da eaglemoss tbm! Algumas ed. eu vou esperar mais um pouco por versões econômicas mais do meu agrado!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Mas, gostei mesmo das edições do Desafiador (perfeito no lápis do Neal Adams)!"


    E aí, Victor... blz?

    Sabe, vendo essas capas do VAM... Me deu vontade de comprar aquela ed. do "Desafiador" (do Neal Adams) q saiu pela Ópera Graphica! Eu ainda consigo ela por uns 15 pila na loja q frequento e mesmo sendo P&B, acho q tá valendo!

    E valeu pela dica da "Crise nas Múltiplas Terras"... Pena q no momento eu esteja impossibilitado de arcar com novos gastos (q não sejam de materiais recentes da minha lista de compras e q não posso deixar de lado - a começar pelas séries q estou acompanhando regularmente)!

    Qto ao "Superman"... Acredito q essa coleção de "lendas" atinja a expectativa de vendas necessária pra garantir uma continuidade. O Vol. do García-López além de ser uma das fases mais queridas do super, tbm traz uma capa bem chamativa com o confronto entre Super X Mulher-Maravilha (com o filme vindo aí, o timing tá perfeito)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "É engraçado ver capas como essa dos membros da LJA invocando através de um ritual pagão a SJA."


    E aí, Roberto... blz?

    Pois é, essa capa da "SJA" aparecendo numa espécie de "sessão espírita" ainda hj é uma das mais famosas e icônicas das 2 equipes! Hj em dia, acredito q o "politicamente correto" iria coibir naturalmente uma capa assim (até pq, as grandes editoras procuram fugir de assuntos q lembrem ou envolvam religião - tirando as heresias da linha Vertigo, é claro)!

    E é uma pena mesmo q essa coleção (Múltiplas Terras) tenha ido pro limbo editorial do mercado nacional... Da mesma forma q tantas outras (q vc bem lembrou)! A "Queda do Morcego" até pouco tempo estava sendo cogitada de sair de novo (desta vez na íntegra e em uma nova coleção): Mas pelo visto o assunto foi abortado (ou mandaram pra geladeira, já q não se fala mais nisso)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "A publicação de histórias clássicas da DC é mesmo um sonho. Liga da Justiça, Turma Titã, Legião dos Super-Heróis,"


    Oi, Lenimar... Tdo bem?

    Realmente, só na linha DC já teríamos um vasto e riquíssimo material clássico pra ser reapresentado ás novas gerações de leitores (e mesmo pra nossa geração poder matar a saudade ou recuperar edições antigas e raras dos tempos da EBAL). Posso citar tbm entre o material q eu adoraria rever nas bancas: "Superman" (Era de Prata), "Lanterna & Arqueiro" (as histórias q saíam na revista em formatinho da Ebal), "Shazam", O "Guerreiro" (Mike Grell), O "4º Mundo" de Jack Kirby (Novos Deuses, Sr. Milagre, Povo da Eternidade), "Sargento Rock", e muito mais!

    Nada contra as coleções de "lendas" focarem apenas em "Batman" e "Superman"... Mas o Universo DC em geral é mto rico e vai bem além de seus 2 maiores ícones!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Numa coleção portuguesa (menor mas com a lombada parecida coma nossa da Eaglemoss) pode se ver algumas coisas interessantes como a Saga das Trevas Eternas, as primeiras edições do Esquadrão Suicida, Quarto Mundo e a saga do Waid com Flash (Barry Allen) e Lanterna (Hal Jordan) De volta a era de prata (que a Mythos publicou anos atrás com capa cartonada mas um papel lixo.

      Excluir
  20. "Por Favor...publicar em capa cartão...pois meu bolso agradece"


    Oi, Fábio... Tbm tenho preferido atualmente encadernados mais econômicos na faixa dos 20 e poucos reais, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Acho muito vacilo não existir uma Coleção Histórica DC (embora 90% da minha leitura seja de Marvel, os fãs da Distinta Concorrência merecem)."


    E aí, Diego... blz?

    Mesmo eu sendo um "marvetinho"... Tenho curtido mto redescobrir a DC através de diversos encadernados de material clássico hj em dia. O legal disso tudo é q a grande maioria dos artistas das antigas da DC eram os mesmos nomes conhecidos q marcaram época tbm na Marvel: Kirby, Gil Kane, Neal Adams, Gene Colan, Carmine Infantino, George Pérez, e vários outros astros em comum entre as 2 editoras!

    Qto aos especuladores... Acho q eles ferraram com o mercado de colecionismo e gibis usados (transformando a coisa toda em um negócio sujo: com preços abusivos e inflacionados, além de formação de quadrilhas e cartéis nas redes sociais - q perseguem e sabotam quem tenta vender produtos mais baratos q eles)! Enfim, eles só existem tbm pq há quem os "alimente" (leitores q pagam preços extorsivos acabam colaborando pra manutenção dos mesmos)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "tem tanta coisa da DC fazendo sucesso ai: série Arrow e Flash, e eles não lançam nada clássico."


    E aí, Camus... blz?

    Pois é, a Panini vem perdendo chances de ouro pra aproveitar o hype em torno de todos esses seriados de TV da DC: "Flash", "Arqueiro", e "Supergirl"... São apenas exemplos evidentes de desperdício de oportunidades pra Panini, pois já passou da hora de lançarem algo com esses personagens (Flash da Era de Prata, Arqueiro do Mike Grell, melhores histórias da supergil... sei lá, qq coisa do tipo seria bem-vinda!

    Mas vamos ver... De repente a DC deslancha de vez no cinema com esse novo direcionamento q visa reunir uma "LIGA" nas telas (esse pode ser o pontapé inicial pra uma retomada dos clássicos - ainda mais se o sucesso da coleção de "lendas" se perpetuar nas bancas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  23. "Hoje finalmente comprei, as últimas edições de Lendas do Batman lançadas."


    Oi, VAM... Da coleção de "lendas" ainda me falta a 5º (e última) do Neal Adams - As do Marshall Rogers eu decidi ficar apenas com o 1º Vol. mesmo (q traz a fase mais clássica)!

    Mas achei mto interessantes essas observações q vc fez... O Vol. 4 do Adams eu ainda não li (tá na PILHA, rs) e agora prestarei atenção à esses detalhes q vc listou!

    Eu tbm não tenho os "Clássicos DC # 04" pra comparar... Mas eu tinha reparado sim (sou bastante observador ás vezes) nessa rateada do uniforme duplicado, rs (acho q por ser na capa, admite-se uma certa "licença poética" mais exagerada, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim também Leo, a última a chegar nas bancas foi a 4ª. Acho que a 5ª somente nas lojas on-line.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. O esquema do "uniforme duplicado" não foi rateada... Adams originalmente tinha desenhado o Batman pelado só de máscara. Mas o Comics Code vetou. Aí o editor falou "coloca as calças dele mesmo assim. Ninguém vai notar!". Poucos notaram, mas a capa segue icônica.

      Isso saiu em um Legends Revealed. http://goodcomics.comicbookresources.com/2014/03/28/comic-book-legends-revealed-464/2/

      Excluir
  24. Mais erros Leo:
    Veja Astro City #4, versões Panini e Devir.
    https://www.dropbox.com/s/bpg7u37txc9ugp5/tapatalk_1457050754173.jpeg?dl=0

    https://www.dropbox.com/s/tkabctz40x7uaqa/tapatalk_1457050746744.jpeg?dl=0

    ResponderExcluir
  25. "Apenas para relatar o recebimento da mini do Thanos (intacta, felizmente!)"


    Opa... Valeu mesmo, Victor:

    Bom saber q nem todos os "Thanos" estão vindo com a manopla quebrada ou com falhas grotescas de pintura (como restos de tinta-seca escorrendo pela luva, rs)!

    Pena q algum tapado na eaglemoss demorou mais de 1 semana pra postar o meu pedido (sendo q eu paguei no dia seguinte ao lançamento e agora ainda pode levar até 20 dias pra eu receber a peça - Torcendo pra q venha intacta, é claro)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  26. "A Panini deveria urgentemente pensar numa coleção assim com a Liga da fase satélite"


    E aí, BOND... blz?

    Eu tbm queria mto conhecer melhor essa fase do satélite (q eu li em scans bem salteados e fora de ordem). Mas por acaso não foi essa fase q a Panini lançou num "Essential" em P&B por aqui? (lembro q saiu um tijolão da "Liga" q fracassou feio nas vendas e sepultou aqui qq chance de lançarem gibis em formato "lista telefônica", rs)!

    Ah, e amanhã eu pretendo comprar o "Disney Especial - Os Bandidos"... Apesar de 1/4 da ed. ser repetéco pra mim, o resto é material mto bom q eu não tenho (principalmente a 1º aparição dos "Metralhas" do Barks)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  27. "O preço real é de R$ 160,00 e R$ 200,00. Se eu já não tinha interesse antes, agora então.."


    Oi, Carlos... Tdo bem?

    Putz, q sacanagem mesmo isso, hein? Aumentarem o preço pra dar um falso "desconto" mascarado em seguida (a fina-flor da pilantragem, rs)!

    Bem, depois dessa... Tbm desisti de comprar o 1º pack do "Hobbit" (q eu já tava pouco motivado a comprar pelo preço anterior e pelo formato "pack" q não me agrada nem um pouco - prefiro poder escolher as peças individualmente)!

    Seja como for, muito obrigado pelo aviso... Fica aí a dica então pros demais colecionadores não caírem nessa "cilada"!

    Abs!

    ResponderExcluir
  28. "Percebo que é crescente a quantidade de erros de natureza editorial, e principalmente, vejo falhas atrozes de revisão."


    E aí, JOHN MCARTSON... blz?

    Hahaha, por essa ninguém esperava: Até as coleções imaginárias precisam de um recall de vez em qdo, rs!

    E o blog da "Batdeira" tá entre os meus favoritos tbm... Pois adoro embarcar nessas "viagens" por coleções e gibis q eu gostaria q existissem na "vida real" (o blog do VAM é bastante inventivo nesse ponto sim e foge completamente do padrão normal de outros blogs)!

    Qto aos "Erros de Revisão"... Puxa, essa ed. do "Drácula" eu ainda não vi por aqui, mas fico mto triste por ela ter tido tantos erros (eu pretendia comprá-la por ser um grande fã do livro original do Stoker). Eu tbm esperava mais por parte do editor (Fernando Lopes) q sempre me pareceu mto exigente com a qualidade dos títulos q editava - o ideal seria um recall num caso desses (qdo a quantidade de erros extrapola os limites do aceitável)!

    Eu tbm sou do ramo da educação agora... Fundei um curso pré-vestibular junto com um amigo meu e gostaria de poder recomendar HQs pros meus alunos. Mas imagine a minha situação agora: Como eu poderei recomendar gibis com tantos erros assim pra estudantes q estejam em busca de aprendizado? Redação é um dos temas mais procurados em todos os cursos e é importante q os livros E gibis (toda a mídia impressa) seja a 1º a dar o exemplo e passar a ser útil e impecável pros jovens leitores!

    Sendo dono e coordenador de um curso pra formar bons alunos e universitários... q "moral" eu teria ao recomendar gibis porcamente revisados e com erros de ortografia e digitação? Sem condições mesmo, né? Mto triste essa situação toda!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A obra em si (a adaptação de "Drácula") vale muito à pena. Consegue ser fiel ao livro do Bram Stocker sem ficar didática demais.
      O problema foram os erros em excesso.
      Curiosamente, baixei a versão em scans e a rapaziada que traduziu e diagramou deixou o trabalho IMPECÁVEL!!!
      A Mythos devia contratar esses caras.

      Excluir
  29. Não, o tijolão que a Panini lançou tinha as primeiras historias da Liga em ordem cronológica, dos anos 60 ainda. Essa fase clássica é nos anos 70.

    ResponderExcluir
  30. Essas histórias da fase satéite sairam em Batman e Superamigos, mas não saiu praticamente nada.

    ResponderExcluir
  31. Leo analisando a fase atual tanto da Marvel quanto da DC eu me pergunto:o que será de nós daqui uns 30 anos?Que histórias dessas editoras teremos para colecionar?Nada.O nível está muito lamentável.
    O melhor exemplo disso é o Homem Aranha,meu herói preferido.Primeiro aquela porcaria de Homem Aranha Superior.De chorar.Atualmente eu desisti do meu herói de infância.Triste.
    Leo,os relançamentos de histórias clássicas uma hora chegarão ao fim.Como ficaremos depois disso?

    Assinado : Leo

    ResponderExcluir
  32. "Mais erros Leo: Veja Astro City #4, versões Panini e Devir."


    Opa... Valeu mesmo, amigo:

    Salvei as imagens pra uma próxima postagem de erros (vou juntar mais algumas q eu for conseguindo tbm)! Muito obrigado!

    Abs!

    ResponderExcluir
  33. "Essa fase clássica é nos anos 70."


    Foi mals... Acho q eu me confundi mesmo, BOND (li os scans mas não relacionei à década das histórias)!

    Seja como for, isso só torna essa fase ainda mais rara (pois não lembro de ter sido republicada)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  34. "Essas histórias da fase satéite sairam em Batman e Superamigos, mas não saiu praticamente nada."


    Realmente... Não acompanhei na época nenhuma dessas revistas (eu era marvetinho daqueles bem bitolados das ideias, rs)!

    E tbm nunca consegui essas ed. em sebos por um preço acessível... Agora só esperando uma republicação mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  35. "Leo,os relançamentos de histórias clássicas uma hora chegarão ao fim.Como ficaremos depois disso?"


    Boa pergunta, xará... Acho q no dia em q secar a fonte dos clássicos, eu penduro as chuteiras, rs!

    Mas o lado bom disso é q ainda teremos toneladas de material clássico pra RELER... Sério mesmo, em 10 anos a gente não consegue ler ou reler tudo de bom q temos em nossas coleções (ou q anda saindo nas bancas em republicações históricas). E com o passar dos anos nossa memória vai enfraquecendo e esquecemos detalhes das histórias! Pra mim será sempre um eterno prazer ficar relendo os melhores gibis da minha coleção, rs!

    Sem falar tbm... q ainda temos mto material clássico pra ser republicado no Brasil (já contei - pelos meus cálculos - mais de 250 encadernados só pra cobrir algumas das principais HQs clássicas da Marvel e DC (acho q vamos morrer sem ler tudo q presta, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh...mas nunca acaba...pois ai tem o material europeu, independente, humor, manga...este vicio não te abandonara jamais rs r sr s

      Excluir
  36. Olá Leo, tudo bem?

    Estava pesquisando o preço de encadernados na Amazon e me deparei com boxes de encadernados da Mythos. Tem do Hellboy, do Conan e daqueles encadernados com heróis pulp da Dynamite. Parecem estar mais em conta do que comprar os encadernados individualmente, mas particularmente vou aguardar uma promoção como o da Black Friday.

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Carlos... blz?

      Pois é, eu tenho visto a Mythos anunciar esses boxes em seu site oficial... mas achei q fosse coisa exclusiva apenas pro site da editora!

      São encalhes mesmo de ed. em estoque... Mas já tenho todas as q me interessam nesse caso. Porém, realmente: Vale a pena pra quem tava atrás das edições (o custo-benefício tá mais em conta q comprar separado)!

      Abs!

      Excluir
    2. Eduardo Cesar06/03/2016 14:12

      E o Dreadstar já está lá em pré-venda com 15% de desconto.

      Excluir
  37. Leo, tem certeza que essa historia dos metralhas está na revista ? Jácomprei e só vi uma historia do Barks, a grande maioria da edição é de material brasileiro, ou estou enganado ?

    ResponderExcluir
  38. Comprei os TPBs do Deadman (fase Aparo e Garcia Lopez) e fiquei decepcionado com a impressão. Costumo baixar as scans "digitais (webrips)" da DC e as histórias antigas parecem ser digitalizadas por amadores, ao contrário da Marvel onde costumam preservar o máximo possível os detalhes na arte original. Baixei um scan (do papel) de um encadernado espanhol e a diferença é enorme. Enquanto isso a Panini italiana anunciou o Namor Omnibus com as primeiras 25 edições produzidas pelo Byrne. A Panini deveria republicar os primeiros crossovers DC/Marvel em formato tablóide.

    ResponderExcluir
  39. O enigma da DC:

    Só publicam Batman porque vende mais ou Batman vende mais porque só publicam ele?

    Na coleção da Eaglemoss, das 11 edições lançadas até agora, 5 1/2 são do morcego.

    ResponderExcluir
  40. "a Saga das Trevas Eternas, as primeiras edições do Esquadrão Suicida,"


    Opa... Valeu mesmo pelo aviso:

    Essas 2 ed. me interessariam mto, pois perdi essa saga da "Legião" qdo a Panini lançou aqui (e hj é bem difícil de se conseguir)... E as originais do "Esquadrão Suicida" eu sempre quis ler (só conheço a fase mas atual da equipe pós-52)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  41. "Acho que a 5ª somente nas lojas on-line."


    Pois é, VAM... A 5º do Adams eu até já vi na loja daqui (especializada em gibis) mas ainda não apareceu nas bancas normais e nem nas livrarias (não comprei ainda pq a última vez em q estive na loja, acabei priorizando outras coisas tipo: "Astro City 4" e "patrulha do Destino")!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. "Curiosamente, baixei a versão em scans e a rapaziada que traduziu e diagramou deixou o trabalho IMPECÁVEL!!!"


    Bem nessas... De uns tempos pra cá, o serviço "amador" na tradução de scans tem superado o q vemos em algumas editoras de grande porte!

    Tá q nem as legendas de filmes... As q eu baixo costumam ser melhores q as dos DVD originais. Claro, q existem tradutores de ótimo nível e gabarito no mercado nacional, mas o relaxamento na revisão de texto tem acabado com o trabalho da galera bem-intencionada!

    Abs!

    ResponderExcluir
  43. "Ahhhh...mas nunca acaba...pois ai tem o material europeu, independente, humor, manga...este vicio não te abandonara jamais rs r sr s"


    Pois é, Fábio... O colecionismo de GIBIS às vezes parece aquelas pirâmides monetárias (onde a gente não consegue "quebrar a corrente" depois q pega o embalo, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  44. "Leo, tem certeza que essa historia dos metralhas está na revista ?"


    E aí, BOND... blz?

    Tenho certeza sim, pois comprei a edição dos "Bandidos" ontem e terminei de ler agora a pouco, rs! A única história do Barks é justamente essa com a 1º aparição dos "Metralhas" (só q eles aparecem apenas no último quadrinho da história)!

    Qto ao resto do conteúdo... Acho q a maioria das histórias são produzidas aqui sim (mas são mto boas), embora umas 2 histórias mais atuais acabem ocupando mtas páginas! De qq forma, essa ed. é altamente recomendável (ótima seleção de material)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  45. "Enquanto isso a Panini italiana anunciou o Namor Omnibus com as primeiras 25 edições produzidas pelo Byrne."


    Opa... Excelente notícia essa, amigo:

    Essa ed. do "Namor" deve ser mto boa mesmo (pois já gostei mto dessas primeiras HQs do Byrne - q saíram pela Salvat vermelha)! Tbm me interessa bastante a fase clássica do "Namor" anos 60 (com o material q adaptaram pro desenho "DESanimado" da época, rs)!

    E é de tirar o chapéu mesmo pro trabalho realizado pela galera dos scans (a impressão acaba saindo mtas vezes até melhor q a das ed. impressas, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  46. Oi, Léo. É off-topic.

    Tem um erro no Tex Gigante do Magnus que eu não entendi como aconteceu...

    https://www.dropbox.com/s/70155995mnjmsam/20160305_004935~2.jpg?dl=0

    Era para o Dr. Ulrich dizer isso, imagino eu, ou é um erro da edição italiana que colocou o balão de fala no Tex em vez de colocar no outro personagem. Ou foi erro da Mythos que colocou "Minha Esposa" no lugar de somente "Mina" (o nome da personagem). Esse é o mais provável, vide a posição do Tex, mas não entendo como eles conseguiram trocar isso.

    Se puder comparar com a outra versão que vc tem, eu agradeceria.

    E na pg. 191 também têm um "seu" em vez de "meu".

    Abs.

    ResponderExcluir
  47. "Na coleção da Eaglemoss, das 11 edições lançadas até agora, 5 1/2 são do morcego."


    E ainda vai ter mto mais pela frente, SEMI...

    Só a "Trilogia do Demônio" já garantirá mais 2 encadernados do "Batman" (na Eaglemoss)! É meio broxante mesmo saber q a "Coleção DC" raramente foge do "esquemão" básico de seus principais heróis (Batman, Super, Liga, MM, e Lanterna)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E oque dizer dos materiais mais alternativos,
      inovadores ou undergroud, companheiros?

      Até hoje fico triste ao lembrar que a série SOLO e a
      antologia Wednesday Comics não deram as caras por aqui! :(

      É por isso que eu curtia muito a Opera Graphica,
      enquanto existiu, seus editores nos surpreendiam
      com edições como Bizarro Comics e Bizarro World.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Oi, Vam.

      DC Solo teve algumas tirinhas publicadas na Wizmania. Sei que não é o esperado mas é melhor que nada. Wednesday Comics realmente nem sinal.

      Para quem não sabe, SOLO foi uma série que durou 12 edições e o autor tinha livre acesso a qualquer material. Cada edição era um autor: Darwyn Cooke, Tim Sale, Mike Allred, Howard Chaykin, Brendan McCarthy, Richard Corben e por ai vai.

      Wednesday Comics foi uma série em 12 edições formato jornal que parecia um caderno de tiras: uma página com cada personagem formando uma série completa. Havia Gavião Negro de Kyle Baker, Superman de Lee Bermejo, Batman de Azzarello e Risso, Sargento Rock dos Kuberts, Metamorfo de Gaiman e Allred, Homens Metálicos de Garcia-Lopez, Supergirl por Amanda Conner e vários outros.

      Excluir
    3. Olá Lierson, eu li essas histórias de SOLO dentro da banca mesmo.

      Não me dei a despesa de comprar uma Wizard/Wizmania por conta delas.

      Em relação a Wednesday, uma vez perguntei no site da Wizmania sobre a possibilidade de publicação e a resposta do Bernardo, foi que o Formatão (maior até que o Treasury), era proibitivo em termos de custo benfício.

      EU sou da opinião de que a Panini, simplesmente não tem interesse, por isso acredito que esse material teria a "cara" da Ópera, caso ainda estivesse ativa.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  48. "Tem um erro no Tex Gigante do Magnus que eu não entendi como aconteceu..."


    E aí... blz?

    Puxa, mto obrigado mesmo por ter observado mais esse erro (e justo na edição de "Tex" do Magnus, q deveria estar impecável em todos os sentidos)!

    Vou procurar minha ed. em P&B pra comparar e ver como eles publicaram na época (só te adianto q não será tão fácil, pois já empacotei várias CAIXAS de gibis da minha coleção pra uma mudança)! Mas assim q possível verei isso sim (pois tbm fiquei curioso agora, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  49. Já chegou algo de Mensal da Marvel de Fevereiro aí na sua cidade, Léo? Aqui onde eu moro ainda tá chegando coisas de Janeiro

    ResponderExcluir
  50. De qq forma, essa ed. é altamente recomendável (ótima seleção de material)!
    tá bom... Tá bom... você venceu, eu compro...

    ResponderExcluir
  51. Gustavo Maycá05/03/2016 13:39

    Léo, vale a pena superman origem secreta??? Outra, viu q a Mythos vai lançar dreadstar, o início da saga,??abs

    ResponderExcluir
  52. "É por isso que eu curtia muito a Opera Graphica, enquanto existiu, seus editores nos surpreendiam com edições como Bizarro Comics e Bizarro World."


    E aí, VAM... blz?

    A Ópera Graphica tinha os preços mais abusivos do mercado na época, mas confesso q tbm gostava do acervo de HQs mais raras e alternativas q eles tinham a oferecer e ela soube rapar a panela "pelas beiradas" (publicando material q a Panini não se interessava em lançar)!

    Acabei comprando bastante coisa deles: "War - Histórias de Guerra", "Às Inimigo", "Jonah Hex", "Etrigan", "Recruta Zero", e até LIVROS teóricos (Super-Heróis Brasileiros)! Infelizmente, perdi essas ed. do "Bizarro" (por falta de grana na época)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  53. "Já chegou algo de Mensal da Marvel de Fevereiro aí na sua cidade, Léo?"


    Não chegou nada do mês por aqui... Tbm estamos na mesma situação: Recebendo as atrasadas de janeiro, rs!

    Pior q no site oficial da DC já tem até as capas e conteúdo de todas as ed. de "Convergência": enquanto nem sinal da saga nas bancas!

    Abs!

    ResponderExcluir
  54. "De qq forma, essa ed. é altamente recomendável (ótima seleção de material)!"


    E aí, Colecionador... blz?

    De vez em qdo eu até tento ler alguma coisa mais atual da Marvel/DC... Mas diante desses "Eixos" da vida, tenho valorizado cada vez mais os bons e velhos classicões das antigas, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  55. "Léo, vale a pena superman origem secreta???"


    E aí, Gustavo... blz?

    Sim, eu achei q valeu a pena: Pois a "Origem Secreta" presta homenagem aos FILMES (principalmente) do "super" estrelados pelo C. Reeve (a arte mesmo já retrata o herói com o rosto do ator)! E o "Dreadstar" deve ganhar matéria especial aqui no blog assim q sair!

    Abs!

    ResponderExcluir
  56. "E o Dreadstar já está lá em pré-venda com 15% de desconto."


    Valeu mesmo, Eduardo...

    Essa ed. do "Dreadstar" será imperdível (ainda mais com qq desconto q se conseguir nela)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc normalmente compra em lugares físicos neh, Léo? Tem algum motivo pra isso ? Abs.

      Excluir
  57. Esse Dradstar é material obrigatório pra mim, sempre curti demais as histórias e tenho tudo que a Globo lançou, até as Epic da Abril, mas estou com medo de comprar pelo preço, sendo que o personagem tem menos apelo no Brasil que o Dredd, daí sendo a Mythos, acho a continuidade dessa série muito difícil.
    É material de primeira, mas no Brasil, ainda mais na crise, se não for Marvel/Dc, complica...

    ResponderExcluir
  58. Ainda mais que essa edição saiu nos EUA em 2012 e só agora sairá o vol 2, acho muito dificil a continuidade desse material por aqui. Nem as Criptas continuaram, ainda mais Dreadstar.
    E pago pra ver aquele monte de encadernados do Dreddsairem esse ano...

    ResponderExcluir
  59. "Adams originalmente tinha desenhado o Batman pelado só de máscara. Mas o Comics Code vetou."


    Hahaha... Valeu mesmo pelo LINK, Lierson!

    Q viagem isso, rs... Pior q eu não tinha notado mesmo o lance do uniforme "duplicado" antes do fato ser comentado aqui (o editor até q tinha certa razão nessa teoria, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lierson e Leo, essa é até uma boa explicação.

      O Adams só não disse, porque manteve o traje completo
      na mão do Ra´s.

      Já que ele teve que redesenhar uma sunga cobrindo a
      pélvis do Batman, poderia muito bem ter preenchido
      de tinta a parte inferior do traje.

      Deve ter sido pirraça! :))

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  60. "DC Solo teve algumas tirinhas publicadas na Wizmania. Sei que não é o esperado mas é melhor que nada. Wednesday Comics realmente nem sinal."


    Oi, Lierson... Eu me lembro qdo o nº 1 da revista "SOLO" (importada) apareceu na Tutatis na época. Eu achei mto interessante a proposta de ver um material em estilo mais "alternativo" pra DC. Só fui ingênuo demais ao achar q a Panini lançaria isso aqui de forma regular (esqueci q parte tinha saído na Wizard mesmo)!

    Já a "Wednesday" eu tenho em scans e foi uma ótima sacada a proposta da série... Pena q ninguém se interessou em publicar aqui!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a do Tim Sale. E não só na Wizmania saiu, a Panini espraiou pra tudo que é revista...

      Segue link do Guia dos Quadrinhos com as edições brasileiras que teve histórias de cada edição de SOLO .

      http://www.guiadosquadrinhos.com/capas-dos-gibis-na-odrem-original-de/solo-(2004)/2036

      Excluir
  61. "Vc normalmente compra em lugares físicos neh, Léo? Tem algum motivo pra isso ?"


    E aí... blz?

    Sim, eu costumo comprar HQs mais em locais físicos mesmo (salvo raríssimas exceções: qdo o desconto for irrecusável ou qdo o gibi não aparecer nas bancas daqui). Tenho basicamente 3 motivos pra isso:

    Já me incomodei mto no passado com compras virtuais (depois de umas 10 compras onde umas 8 delas deram problemas, acabei desistindo pra não me incomodar). Tbm sou daqueles colecionadores bem chatos qto ao estado das revistas (amassados na capa ou qq defeito do tipo) e costumo analisar os gibis na hora de comprar. E por fim: Sinto uma espécie de "prazer" (por assim dizer) no hábito de "sair de casa pra comprar gibis", rs (sério: Isso virou um tipo de "ritual" pra mim, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  62. "Esse Dradstar é material obrigatório pra mim, sempre curti demais as histórias e tenho tudo que a Globo lançou, até as Epic da Abril,"


    E aí, BOND... blz?

    Eu já demorei mto tempo pra conhecer o "Dreadstar"... Sempre ouvi falar bem da série e sou fã do Starlin desde os tempos de "Cap. Marvel" e "Warlock" em HTV. Mas só fui ler o "Dread" qdo saiu o encadernado da Devir (A Odisseia da Metamorfose)! A partir daí, baixei um pack de scans com quase todo o resto da série!

    Vou comprar certo a ed. da Mythos... E sobre a continuidade dela: Bem, sabemos q tudo aquilo q não seja "Tex" ou "Hellboy" parece estar "na pista" pra entrar no limbo, rs! Mas apesar dos riscos, a Mythos até q tem mantido aquela linha de heróis PULP (q eu acho até com menos apelo de vendas q um "Dreadstar" assinado pelo Starlin)! Estou confiante na continuidade da série (ainda mais com um possível seriado de TV vindo aí)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem sabe o titio Starlin em algum evento de quadrinhos pelo Brasil? Com a exposição de Thanos nos filmes da Marvel seria um bom candidato a aparecer por aqui...

      Cesar Leal

      Excluir
  63. "Nem as Criptas continuaram, ainda mais Dreadstar."


    A "Cripta" tá demorando mesmo pra ter um novo Vol... Mas essa já me disseram q teria periodicidade ANUAL no Brasil (ou seja: ainda estão no prazo pra lançarem um Vol. 5 este ano - vamos ver)!

    Já o lance do "Dredd"... O Hunter deve saber melhor o andamento das coisas, rs (pelo menos já parece ter ficado definido pra Mythos q esse material funciona melhor nas livrarias do q nas bancas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou traduzindo um novo encadernado do Dredd e há vários outros programados.

      Excluir
    2. Suspeito que alguma das edições focadas nos desenhistas, (Toth, Ditko, Corben ou Wrightson) que já comentamos aqui, tem mais chances de aparecem primeiro nas bancas do que a editora dar continuidade a série regular, Leo.

      Olá Hunter, saberia ou poderia comentar se existe algum interesse por parte da Mythos nesse material?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  64. "Não me dei a despesa de comprar uma Wizard/Wizmania por conta delas."


    E aí, VAM... blz?

    A "Wizard" eu só colecionei inteira e curtia pra caramba a versão da Globo (q durou 15 edições) e a da Hangar 18 (q durou 1 só). Na Panini, a revista passou a ser um porre: Texto chato, monótono, didático... Chata pra cacete! Só comprei 3 ed. da Panini: A nº 1 (pela história do "Batman") e 2 ed. q traziam os "Vingadores X Esquadrão Supremo" (Busiek/Pérez)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Wizard da Globo, fez história numa era pré-internet, Leo!
      Era a principal referencia nacional para nós leitores.

      A versão da Panini, já chegou obsoleta.

      E como a oferta de títulos já era considerável na época,
      gastar verba com ela era desperdício.

      Eu folheava tudo na banca de um amigo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  65. "É a do Tim Sale. E não só na Wizmania saiu, a Panini espraiou pra tudo que é revista..."


    Valeu mesmo, Lierson...

    Não sabia q tinham saído tantas ed. da "SOLO" por aqui... Qdo me afastei das mensais mix, deixei tbm de acompanhar o conteúdo delas! Mas pelo visto a Panini tratou a série como mero tapa-buraco (triste)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  66. "E quem sabe o titio Starlin em algum evento de quadrinhos pelo Brasil?"


    E aí, Cesar... blz?

    Seria uma boa pedida mesmo... O Starlin é mto popular aqui no Brasil (desde os tempos de HTV) e com certeza tem toda uma legião de fãs (entre os quais eu me incluo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  67. "Estou traduzindo um novo encadernado do Dredd e há vários outros programados."


    Valeu mesmo, Hunter...

    Estou ansioso pelas novidades do "Dredd" q estão por vir... Bom trabalho pra vc e não esqueça de avisar (qdo puder) sobre os detalhes do material, blz?

    Abs!

    ResponderExcluir
  68. Fala, Leo!

    Sobre o trecho irregular em Tex Gigante: O Vale do Terror, segue a mesma página na reedição italiana de 2012:

    https://lh3.googleusercontent.com/-vRKkVSv0OlI/Vt9rKSb6zyI/AAAAAAAANwA/-l7mJJAbuQ0/s0-Ic42/Tex.Cartonato.Lizard-La.valle.del.terrore-%25255Bc2c%25255D%25255BAirBook%25255D.by.mystere%252526xxx-172.png

    Pelo que entendi fizeram uma baita confusão com o balão. Quem faz a pergunta é realmente o Tex, mas não "minha esposa seguia May-Ling" e sim "a senhora seguia May-Ling", se referindo à esposa do Dr. Ulrich ali do lado.

    Acho que se preocuparam tanto em adaptar o termo "a senhora" no sentido de 3ª pessoa (que soa quase sem sentido em pt-br coloquial atual), que se esqueceram de quem a distinta senhora era esposa, rs.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  69. "A versão da Panini, já chegou obsoleta."


    Bem nessas, VAM...

    A concorrência com a notícia imediata (e atualizada diariamente) da internet é cruel pras revistas impressas (de qq tipo)... Mas a Wizard da Panini além de tudo ainda era ruim em comparação com a da Globo pela falta de bom humor e descontração nos textos!

    E antes da internet a gente se virava com a Wizard e tbm (em menor escala e só pra quebrar o galho) com a "Herói" (q era baratinha)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, os guias de episodios que a Heroi trazia era a salvação mesmo. A revista era fraquinha mas trazia algumas inofrmações relevantes numa época sem internet.

      E a Wizard também era agradavel quando saiu pela Globo. Essa valia muito à pena.

      Excluir
    2. Uma edição que a gente não pode esquecer de comentar é a Mundo dos Super-Heróis, Leo!

      Mesmo com a toda concorrência midiática da internet, ela ainda consegue se manter relevante, pois apresenta dossiês contando a histórias de vários personagens, editoras e profissionais do ramo.

      Pena que nos último meses ela também tem sentido bastante a crise, vide que parte do seu conteúdo tem sido substituído por páginas de propaganda com outros títulos da editora.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  70. "Sobre o trecho irregular em Tex Gigante: O Vale do Terror, segue a mesma página na reedição italiana de 2012:"


    E aí, doggma... blz?

    Puxa, brigadão mesmo pela pág dessa versão original do "Vale do Terror"... E esse episódio nos faz refletir sobre qtas outras trapalhadas do tipo devem ocorrer em gibis q a gente nem acaba se dando conta na hora, né?

    Pior q um erro envolvendo troca de balões... Fica até difícil de ser captado por um revisor q esteja empenhado em garimpar erros de digitação e ortografia! Situação complicadíssima mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  71. "É, os guias de episodios que a Heroi trazia era a salvação mesmo."


    Esses guias eram sensacionais mesmo... Eu comprava todos q saíam com os episódios das séries do momento (Arquivo X) e dos desenhos animados (Aranha, X-Men, etc)! A gente até q se virava bem sem internet, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  72. "Suspeito que alguma das edições focadas nos desenhistas, (Toth, Ditko, Corben ou Wrightson) que já comentamos aqui, tem mais chances de aparecem primeiro nas bancas do que a editora dar continuidade a série regular"


    E aí, VAM... blz?

    Pois é, eu tbm desconfio q cedo ou tarde alguma dessas ed. especiais da "Cripta" (temáticas por artista) possa aparecer por aí!

    Mas tbm acho q isso não interferirá na continuidade da série regular (embora eu tbm ache improvável q ela chegue até as 20 edições q teve nos EUA)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os temáticos vem com material repetido com relação ao geral?

      Excluir
    2. Sim... Infelizmente tem esse porém: Os repetécos!

      O problema é apenas "SE" cancelarem a coleção regular da "Cripta", aí os temáticos poderiam completar ao menos as fases de determinados autores! Mas pra quem tiver TODA a coleção, as temáticas trariam coisa repetida sim!

      Abs!

      Excluir
    3. Provavelmente teriam histórias repetidas sim, pra saber quantas só folheando as dições publicadas no Brasil até agora, pra saber. Mas devem ser mínimas, pois tivemos muito poucas, Anônimo.

      Eu não levei fé nenhuma que tanto a coleção da Mythos como a da Devir iriam ser completadas, por isso não comprei nem uma nem outra.

      Já os temáticos não tem esse problema, justamente por serem auto contidos e independentes um do outro.

      Leo, dentre os quatro, Wrightson eu arrisco como o primeiro (ou único, se não vender o esperado), pois a Mythos surpreendeu todo mundo com a publicação do exuberante Frankenstein em 2014.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Pois é, VAM... Eu tbm apostaria no Wrightson caso a Mythos alguma dia publique alguma dessas ed. de autor!

      Não sei como o "Frankenstein" se saiu nas vendas, mas trouxe um destaque maior pro nome do artista na mídia (por ter sido um lançamento mto comentado)! Eu me interessaria tbm por uma ed. do Richard Corben (de quem eu já era fã desde os tempos da "Heavy Metal")!

      Abs!

      Excluir
    5. Ou até mesmo a Devir, Leo.

      Acho que essas edições podem ser licenciadas
      independentemente uma das outras.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    6. Tem razão, VAM...

      Se essas ed. temáticas por artista não estiverem vinculadas diretamente com as respectivas revistas (Eerie ou Creepy), tanto a Mythos qto a Devir podem negociá-las!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...