30/03/2016

As Relíquias do "Colecionador Fantasma" (Parte 7): "Eléktron" - O Pequeno Grande Herói...

Nesta "Parte 7" das "Relíquias do Colecionador Fantasma"... Trocadilhos infames do tipo: "Tamanho não é documento" ou "A criminalidade vai diminuir", serão evitados pra se falar de "Eléktron" (um dos principais heróis da série de TV: "Lendas do Amanhã")!

Além dessa rara coleção do "Eléktron" (de 1967), também vamos relembrar nesta postagem outras figuraças dos gibis de antigamente: "Nick Holmes", "Brucutú", "Cavaleiro Fantasma", "Pafúncio", "Almanaque Invictus" (de 1972) com "Batman & Superman", e o "Batman de Neal Adams" (em uma versão anterior à coleção de "lendas" da Panini)!

Confira abaixo:

Na "Parte 6" desta coluna do "Colecionador", eu promovi um "pequeno" (desculpem mais este trocadilho besta) sorteio pra quem adivinhasse qual personagem de seriado de TV atual seria o destaque desta postagem. Infelizmente, ninguém acertou e o "grande" (argh) prêmio será acumulado pra um próximo sorteio (farei alguns de vez em quando aqui no blog - mas já adianto que as charadas nunca serão tão "fáceis" como as que vemos em programas de auditório, rs). Essa um pouco difícil mesmo, mas até achei que o "Eléktron" seria lembrado por quem anda assistindo o seriado: "Lendas do Amanhã" (onde ele tem bastante destaque)!

O "Eléktron" da Era de Prata (Ray Palmer) surgiu em 1961, tendo o artista Gil Kane (Homem-Aranha, Cap. Marvel, Conan) como um de seus principais desenhistas. Podendo encolher à tamanhos microscópicos e subatômicos através de um cinto confeccionado a partir de elementos retirados de uma estrela, o diminuto herói é uma releitura de um antigo personagem da Era de Ouro (anos 40): O "Átomo" (que ironicamente não possuía o dom de reduzir sua estatura, mas tinha força sobre-humana e um "soco atômico")! 

Entre as habilidades (digamos) "insólitas" do personagem, está o fato dele conseguir "viajar" nos impulsos elétricos de uma linha telefônica (!) Sim, é isso mesmo que vocês estão pensando: Ele pode telefonar pra um bandido e rapidamente aparecer do outro lado da linha - socando a cara do criminoso que atender o telefone (e antes que alguém pergunte: SIM, ele já passou esse "trote" algumas vezes, rs)! As capas acima, são dos 2 primeiros gibis do "Eléktron" da EBAL (de 1967). A revista durou apenas 10 números e foi cancelada!

"Nick Holmes".... É outra revista do "Colecionador" datada de 1967. O personagem se chamava originalmente: "Rip Kirby", e foi criado em 1946  por Alex Raymond (criador também de: "Flash Gordon", "Jim das Selvas", e "Agente Secreto X-9")! A tradução do nome no Brasil parece ter sido uma forma de associação com o maior detetive da literatura: "Sherlock Holmes". Sua revista (capas acima) teve 52 edições publicadas pela RGE (entre 1956 e 1968), além de meia-dúzia de edições pela editora Trieste nos anos 70, e 2 álbuns pela L&PM nos anos 80!  

E em meio às polêmicas e divergências de opiniões entre os fãs sobre o FILME de "Batman & Superman".... Vamos relembrar aqui uma parceria entre os 2 heróis publicada no "Almanaque Invictus" de 1972. Com arte de Ross Andru (Homem-Aranha), a principal história da edição mostra os 2 heróis infiltrados na máfia (!) pra reunir provas contra a organização, até que o "Batman" perde a memória e passa a achar que é um criminoso de verdade, rs! 

Falando no morcego.... Em 1995 (bem recente pros padrões do "Colecionador"), a "Coleção Invictus" nº 24 (capa abaixo) trazia uma compilação de histórias desenhadas por Neal Adams (todas republicadas recentemente nas "Lendas" da Panini)! E pra encerrar esta fornada de gibis antigos, as capas acima também trazem edições do "Pafúncio" (1965), "Cavaleiro Fantasma" (1966), e "Brucutú" (1972)! 

Até+

173 comentários:

  1. Fala, Léo!
    Muito boa a postagem, como sempre!
    Impressionante, que mesmo após anos, o trabalho da Ebal ainda desperte tanta admiração devido à "coragem" e ousadia de apostar em personagens e formatos tão distintos!
    Proporcionalmente, contextualizando a época, a Ebal foi a mais impressionante editora a trabalhar com Marvel/DC no país.
    Claro que a Panini faz um grande trabalho, pois é detentora de vasto catálogo, e aposta também em materiais muito diversificados com a tendência atual no segmento "luxo". (desnecessário citar aqui, os famigerados erros de revisão).
    Como havia comentado no post anterior, a visita á Ebal foi impactante e inesquecível...

    Mas, veja o peso da memória afetiva...os gibis que mais gostava e tentava acompanhar, eram publicados pela RGE, que fez um trabalho honesto (mensais e almanaques/superalmanaques), graças ao catálago "matador" que dispunha na época: Aranha, Hulk, XM, DD, Nova, Marvel Team-up e Two-in -one e o 4F!
    Tudo o que eu mais gostava, estava lá...
    abs.

    ResponderExcluir
  2. Leo,

    Boa tarde.

    Falando em Flash Gordon, quando a Pixel lançará o segundo volume, pois, o primeiro, foi sem dúvida nenhuma um sucesso de vendas!

    E "acredito" que a Pixel ou outra editora, publique o "Brucutu" algum dia, as famosas "tiras" que eram publicadas semanalmente no jornal "O Globo", adorava particularmente aquelas histórias de viagem no tempo, muito legais mesmo, mereciam ser encadernadas e lançadas no mesmo moldes de Flash Gordon.

    Um forte abraço.

    Alexander.

    ResponderExcluir
  3. Não é justo! Ninguém vê essa série, hahahahahah....Brincadeira. Pena eu ter perdido essa edição do Batman do Neal Adams em 95 (leio gibis praticamente desde que me alfabetizei, mas nesse ano eu só queria saber de CdZ e lia alguma coisa de X-Men)

    ResponderExcluir
  4. Olá Colecionador e Leo,
    a "viagem mais insólita" do Elektron que li (e acho que a única até hoje), conta como ele percorre o cérebro de um Batman morto, fazendo com o Cavaleiro das Trevas resgate um menininha sequestrada. Foi em Batman em Cores #56 da Ebal.
    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  5. Caramba,

    Adoraria ler uma antologia do Brucutu.

    Abç

    ResponderExcluir
  6. Oi Leo!

    "Pegadinha" esta do personagem misterioso hein?

    De fato eu pensei nele, mas como ele é chamado de Átomo (inclusive na série de TV), descartei de imediato ele do baralho e pensei na Canário Negro, outra personagem antiga com a letra "E" no nome como você deixou de pista!

    Mas, de boa, não pode ser tudo fácil não é mesmo?

    Quando criança no desenho dos "Superamigos", eu conheci o Átomo ou Eléktron, em suas aparições esporádicas junto ao grupo.

    É um personagem bacana, mas bem mal aproveitado pela Editora, assim como muitos pertencentes a ela!

    Embora ele esteja fazendo sucesso na TV agora, ele é relegado ao quarto ou quinto escalão da Editora em suas publicações.

    Ele teve uma participação muito importante em "Crise de Identidade', e sei que depois destes eventos Ray Palmer deixou de ser o herói e foi substituído por outro, se não me engano por um físico chinês.

    Ela fase não foi lançada por aqui e permanece inédita até hoje!

    Já nos novos 52 eu sei que o personagem apareceu nas aventuras do Frankenstein, mas na sua identidade civil!

    A miniatura dele é bacana, e uma das mais bem feitas da coleção, e seu uniforme de cor simples é muito bem pintado!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  7. "Vou chegar ao volume 60 também. Mas os erros de ortografia atravessam toda a coleção, é um descaramento absoluto". - desabafo no fórum Eaglemoss alemão sobre a coleção na Alemanha.

    ResponderExcluir
  8. Link do fórum alemão: https://www.paninishop.de/forum/index.php?page=Thread&threadID=24793&pageNo=325

    ResponderExcluir
  9. "Proporcionalmente, contextualizando a época, a Ebal foi a mais impressionante editora a trabalhar com Marvel/DC no país."


    E aí, Victor... blz?

    Concordo plenamente, pois a EBAL preparou o terreno pra todas as editoras q vieram depois e q tbm trabalhariam com Marvel/DC... A importância maioor da Ebal foi ter testado diversos formatos (magazine P&B, almanaques coloridos, formatinhos, etc) e mixes variados em suas publicações: Fórmulas essas q foram "readaptadas" posteriormente pelas suas sucessoras!

    O contexto histórico em q tudo isso ocorreu tbm é essencial pro entendimento e reconhecimento da EBAL no mercado nacional... Pois ela atravessou momentos marcantes (e bastante difíceis) no cenário econômico e político (no Brasil e no mundo)!

    Ela pode não ter sido a minha editora favorita (ainda hj eu simpatizo mais com a RGE - talvez pelo saudosismo exacerbado e memória afetiva), mas tenho o maior respeito pela EBAL por tudo isso q mencionei acima! Valeu mesmo por ter curtido esta postagem!

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. "Falando em Flash Gordon, quando a Pixel lançará o segundo volume, pois, o primeiro, foi sem dúvida nenhuma um sucesso de vendas!"


    E aí, Alexander... blz?

    Por enquanto, nem sinal ainda de um Vol. 2 do "Flash Gordon" (acabei de pesquisar no ISBN e só tem o 1º registrado)... Mas acredito q saia mais pra frente sim (embora duvide q lancem mais de 1 por ano)! Não sei como ele se saiu nas vendas, mas imagino q elas tenham sido satisfatórias (pelo menos diante do q vejo nas lojas físicas - onde o Vol. 1 já esgotou uma fornada inteira na Livraria Cultura em poucas semanas)!

    E o "Brucutú" anda completamente esquecido pelas editoras nacionais (e pela mídia em geral)... Não se sabe qdo ou "SE" publicarão algo dele novamente por aqui, mas lá fora a Dark Horse lançou 2 edições em 2014 (LINK abaixo):

    http://www.mycomicshop.com/search?TID=25378448

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "Não é justo! Ninguém vê essa série, hahahahahah....Brincadeira. Pena eu ter perdido essa edição do Batman do Neal Adams em 95"


    E aí, Diego... blz?

    Dê uma chance pra "Lendas do Amanhã", hehe... Dos seriados de TV de super-heróis, essa série é uma das q tem proposta mais interessante (e apesar de eu ter torcido o nariz pro visual do "Eléktron" no seriado do "Flash", comecei a aceitar melhor agora: A malhazinha colante ficaria meio ridícula mesmo no ator q já pagou o mico de tentar ser o "Superman", rs)!

    E o "Batman de Neal Adams"... Eu completei agora nas 5 ed. de "lendas" da Panini (tbm perdi todas as versões anteriores do Adams por outras editoras dos anos 90 pra cá)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha essa edição, mas agora o Omnibus da DC já está no correio (e vem com Odyssey, a única história do Batman a rivalizar com All-Star Batman na última década!).

      Excluir
    2. O visual dele no seriado tem uma razão... O personagem era para ser o Besouro Azul, por isso que não tem qualquer poder de encolhimento quando é apresentado em, Arrow (eles foram desenvolvidos depois) qd o personagem ia estrear a Warner vetou que fosse o Kord pois teria planos para o personagem (um filme com o Gladiador Dourado que acredito que já naufragou) acabaram usando o Dr Palmer mas o estilo galhofeiro e pseudo conquistador mas sem jeito lembro o bom e velho Ted Kord...
      Cesar Leal

      Excluir
  12. "a "viagem mais insólita" do Elektron que li (e acho que a única até hoje), conta como ele percorre o cérebro de um Batman morto"


    E aí, VAM... blz?

    Q história mais maluca essa, hein? Fiquei curioso pra ler agora... Alguém andou se puxando legal no ácido, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é MARAVILHOSO! Bob Haney completamente viajado!

      Aliás, era a HQ favorita dele entre todas as que escreveu.

      Deve sair em uma das coleções do Jim Aparo, é da fase dele...

      Excluir
    2. Essa edição saiu recentemente aqui. Não sei se em alguma Lendas do Cavaleiro ou se no arquivo de casos inexplicáveis, mas li. A memoria falhou agora.

      Excluir
  13. "Adoraria ler uma antologia do Brucutu."


    Eu tbm, Scant...

    Já tive alguns gibis dele na infância, e pesquisando de novo hj em dia: Me deparei com um material de alta qualidade (os desenhos são mto bons e merecia uma nova republicação sim)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferdinando também deveria dar as caras um dia desses.

      Excluir
  14. "De fato eu pensei nele, mas como ele é chamado de Átomo (inclusive na série de TV), descartei de imediato"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Eu quis propor um desafio mais difícil mesmo, já q eu ia botar na roda justamente um gibi da EBAL q eu tenho do "Eléktron", rs (e q comprei num lote sortido de um colecionador há anos atrás)!

    Considerei a tradução oficial do nome dele nos gibis, já q seria o tema (e a capa principal desta postagem). Se bem q ele é chamado de "Eléktron" tbm no seriado de TV (veja as citações à ele no LINK abaixo da Wikipedia - sempre tratado como "Eléktron" ou "Ray Palmer"):

    https://pt.wikipedia.org/wiki/DC's_Legends_of_Tomorrow

    Inclusive, a nível de curiosidade... a Eaglemoss foi mto criticada (no face) por ter traduzido a miniatura dele como "Átomo" (o q - além de demonstrar falta de pesquisa por parte da editora - tbm poderia causar certa confusão com o "Cap. Átomo" - q tá pra sair agora)! Eu acabei pulando a miniatura dele: Mas um amigo meu de um grupo de miniaturas teve uma ideia genial: Fez um custom dessa peça arrancando da base a figura grande e deixando só o pequenino nela, rs (ficou mto legal)!

    Enfim... eu vou tentar fazer uns sorteios com mais frequência aqui no blog, blz? (acho q me empolguei um pouco com charadas desse tipo pq ando ajudando um amigo meu a elaborar um "quiz" de quadrinhos pro blog dele, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Vou chegar ao volume 60 também. Mas os erros de ortografia atravessam toda a coleção, é um descaramento absoluto"


    E aí, Alexandro... blz?

    Putz, q coisa mais deprimente isso... Quer dizer então q esses erros escrotos na coleção Eaglemoss são recorrentes ATÉ na Alemanha?

    Q chinelagem mesmo, rs... O q sobra aqui pro Brasil então? Outra goleada até em matéria de erros de revisão? rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. “graças ao catálago "matador" que dispunha na época”
    E você citou apenas os super-heróis Marvel / DC, fora isso tinha de Flash Gordon aventureiro espacial a Brucutu aventureiro pré-histórico, Ferdinando humor caipira a Pafúncio humor novo rico emergente, Fantasma (original) e Águia Negra (Fantasma adaptado), magia, faroeste, selva o que você gostasse tinha lá. Idade Média? Príncipe Valente e por aí vai. E vários você ainda encontrava nas duas, Príncipe Valente, Flash Gordon...

    ResponderExcluir
  17. E "acredito" que a Pixel ou outra editora, publique o "Brucutu" algum dia”
    Também “acredito” Alexander, minha esperança são essas edições avulsa que a Pixel vem lançando a exemplo da coleção Opera King da Opera Graphica que acho que não bombou porque era PB. Não sei como funciona a questão do direito autoral, mas creio que uma edição (colorida) por personagem faria sucesso.

    ResponderExcluir
  18. Vam, se conseguir tempo, bola aí como poderia ficar uma coleção com esses personagens antigos que o Leo tem mostrado aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Colecionador, tenho intenção de montar uma Coleção em comemoração aos 65 Anos da RGE, que licenciou grande parte dos personagens da King Features Syndicate, acredito que ela irá de encontro em parte ao que você sugere.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  19. “Adoraria ler uma antologia do Brucutu.”
    2

    ResponderExcluir
  20. "e vem com Odyssey, a única história do Batman a rivalizar com All-Star Batman na última década!"


    Oi, Hunter... Essa "Odisseia" do Batman ainda tá inédita no Brasil, né?

    A capa do TP é sensacional: http://www.amazon.com/Batman-Odyssey-Neal-Adams/dp/1401236847

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei dizer se está inédita, mas a Panini pode ter pensado que era porralouca demais (não sem razão...).

      Excluir
    2. Acredito que a Panini, não se arriscou com esse material controverso, apenas porque "Batman Ilustrador por NA" não vendeu o desejado na época.

      Mas SE as vendas totais das cinco edições das Lendas dele forem satisfatórias, ela deve rever essa decisão.



      Abs,
      VAM!

      Excluir
  21. "Isso é MARAVILHOSO! Bob Haney completamente viajado!"


    Essa história deve estar na próxima fornada de "Lendas do Jim Aparo" então (tem mais 4 encadernados prometidos - cobrindo o 2º "tijolão" de 520 pág q saiu lá fora)!

    Tbm adoro essas pirações bem chapadonas, rs...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Número 1 desta lista de HQs mais viajadas do Bob Haney, COM LOUVOR:
      http://comicsalliance.com/bob-haney-comics/

      E, sim, aquela dos bandidos sequestrando o Jim Aparo para fazer o Sgto. Rock matar o Batman é só a quinta colocada nessa lista. Para você ver o que está acima...

      Excluir
    2. Essa saiu em "Lendas do Cavaleiro das Trevas: Jim Aparo Vol. 3", história "O Cadáver que Não Queria Morrer".

      Ácido puro.

      Excluir
    3. Na verdade essa história, já foi publicada duas vezes pela Panini, Leo:

      A primeira vez em Batman 70 Anos # 3 e a segunda em Lendas do Jim Aparo # 3 também.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  22. "Ferdinando também deveria dar as caras um dia desses."


    Faço votos tbm, Hunter...

    Eu gostava mto do gibi do "Ferdinando" (cheguei a ter alguns nos anos 70 e início dos 80), e seria mais q bem-vindo se um dia vier a ser republicado de novo!

    "Ferdinando", "Mortadelo & Salaminho", "Brucutú", e "Condorito"... São gibis q eu ainda quero ter de novo na estante, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mortadelo e Salaminho continua saindo direto na Espanha. Ibañez fez 80 anos (!) mês passado e ainda produz dois álbuns por ano! A série já tem mais de 200...

      Excluir
  23. "Opera King da Opera Graphica que acho que não bombou porque era PB."


    Oi, Colecionador.... blz?

    Essas ed. da Ópera tbm eram de difícil acesso pros leitores na época do lançamento... Lembro q eu comprei algumas q saíram (há uns 10 anos atrás): "Recruta Zero", "Popeye", "Hagar", "Krazy Kat", "Pinduca"... num saldão da loja de gibis daqui!

    Mas não eram um material q se encontrasse me bancas normais e as vendas pela internet não eram tão populares qto são hj em dia... Era uma coleção mto restrita (mais focada pra comic-store) e mal distribuída em geral (até a divulgação era ruim na internet)! Difícil emplacar desse jeito!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi todos os números dessa coleção à venda quando saíram, mas eram caros e com qualidade porca (arte pixelizada, ARGH!). Ainda comprei um punhado, mas desisti.

      Excluir
  24. Olá, Leo. Tudo bem?
    Li o comunicado da editora Mythos em relação as quedas nas vendas dos títulos do Tex.E após isso fiquei matutando que apesar da fidelidade dos leitores durante todos esses anos falta da Bonelli visão de mercado em relação a revitalização dos seus personanges nos dias atuais. Principalmente do velho Ranger. Por que a Bonelli não transpoê o Tex para outras mídias como o cinema?
    Essa é uma prova do quão pequeno eles pensam em relação a expansão da sua linha de produtos. Tenho certeza que muitas pessoas se interessariam em ir ver e isso despertaria o interesse do público mais jovem conhecer as histórias e procurar por material.
    Quanto a queda nas vendas das revistas do Tex no Brasil acho que o maior motivo é a queda na renda das pessoas que é o reflexo dessa crise pela qual passamos. Mas, para tudo há uma solução e cabe aos profissionais da editora Mythos pensar em uma forma de contornar esse problemas. Achei imatura a parte no comunicado que o representante da editora joga essa batata quente nas mãos dos leitores. Toda empresa tem por obrigação conhecer seu público através de pesquisas, infelizmente, se a editora não tinha isso como prática fica muito difícil em meio ao furação elencar as verdadeira razões que levaram os leitores a consumir menos ou parar de vez.

    ResponderExcluir
  25. Esses dois últimos posts, que tiveram bastante material da EBAL, me fizeram lembrar daquelas matérias sobre editoras nacionais que por enquanto tá no limbo, rs. Os próximos post vão ser do Top 100 ou vão ser de notícias? (São os que eu mais gosto de ler aqui no blog, rs)

    Abs. Guilherme.

    ResponderExcluir
  26. Oi Leo!

    Chegou na minha cidade uma coleção de "Bustos dos Heróis Marvel" da Planeta DeAgostini, e com certeza deve estar em fase de testes.Devem ser de resina, porém, são bem feitos!

    O primeiro é o Homem Aranha, é até grande, só que eu não comprei e não tirei fotos, já que ao meu ver não ia ficar bem eu fazer isto na banca de uma pessoa que eu mal conheço, que poderia interpretar de forma equivocada tal foto, mesmo que a mesma seja para um propósito lícito. Se eu tivesse comprado a peça aí era outra coisa!!

    Vou te dizer o porquê de não ter comprado esta primeira edição: O preço é de R$ 45,95, e a partir da segunda edição - O Hulk, será R$ 99,99.

    A dona da banca até comentou que este preço é totalmente inviável para uma coleção lançada em banca de revistas.

    Com certeza deve ter mais cidades teste por aí afora, e alguém que comprou e colocará a foto em redes sociais!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elcio, seria isso aqui que você viu?

      http://www.apecollection.com/4857-thickbox_default/uomo-ragno-busto-15cm-resina-statuetta-spiderman-15cm-originale-marvel-heroes.jpg

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  27. Olá Leo, tudo bem?

    Passei na Av. Paulista hoje e encontrei miniaturas do Hulk verde da Eaglemoss por um preço razoável de R$ 99,00. Como não aparece faz tempo na loja virtual fica a dica para quem estiver procurando. A banca fica na esquina com a a Brigadeiro, lado par da Paulista e na direção do Paraíso. Eles tinham também especiais importados como Modok e Sauron mas estes estavam por mais de R$ 300,00.

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção, pessoal: fica do lado ímpar da Paulista.

      Excluir
  28. Sabadão a noite e aproveitando pra ler a Salvat Vermelha do Quarteto (FF 192-200). Até agora não me lembro de já ter lido essa sequência de histórias antes.

    ResponderExcluir
  29. "O visual dele no seriado tem uma razão... O personagem era para ser o Besouro Azul"


    E aí, Cesar... blz?

    Puxa, eu tava completamente por fora dessa, rs... Valeu mesmo pela informação! Eu não acompanhei mtas notícias sobre essas séries da DC (pra evitar SPOILERS - comuns nesses blogs q falam de filmes e seriados): Já q a minha ideia é assistir TODAS as séries e temporadas da DC q eu puder!

    Mas faz sentido isso da Warner ter readaptado o "Besouro" na TV (mudando pra "Eléktron") por ter possíveis planos pra ele no cinema (embora eu duvide q realmente façam um filme do "Gladiador Dourado"). Já q (segundo me disseram) o "Pistoleiro" foi retirado do seriado do "Arqueiro" pq iria aparecer tbm no cinema!

    Abs!

    ResponderExcluir
  30. "Essa edição saiu recentemente aqui. Não sei se em alguma Lendas do Cavaleiro ou se no arquivo de casos inexplicáveis, mas li."


    E aí, gustavo... blz?

    Minha memória tbm é fraquíssima, rs... Mas acho q no "Arquivo" não foi, pois essa eu tenho e sei q as histórias são mais antigas!

    Porém, acabei pulando as 4 ed. do Jim Aparo (onde é mais provável q tenha saído)... qq coisa, ainda tem mais 4 ed. do Aparo vindo aí!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi na do Jim Aparo mesmo. E na Batman 70 anos.

      Excluir
  31. "Ferdinando também deveria dar as caras um dia desses."


    Oi, Hunter... Um dos grupos q eu acompanho no face (acho q o "quadrinhólatras") já chegou a promover uma campanha no ano passado pela publicação do "Ferdinando"!

    Participei e apoiei a ideia, mas a Pixel (q seria a mais provável a publicar o material) nem se manifestou e (pelo visto) ignorou os e-mails relativos à campanha (deixando o assunto morrer)... Seja como for, a repercussão da campanha foi boa e serviu pra relembrar aos leitores a existência dessa ótima HQ (abandonada há mtos anos nas bancas brasileiras)! Vamos ver então se (quem sabe) não aparece alguma outra editora com vontade e interesse em relançar o "Ferdinando"!

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. "tenho intenção de montar uma Coleção em comemoração aos 65 Anos da RGE"


    E aí, VAM... blz?

    Se puder, me avise qdo vc pretende postar essa matéria da RGE... Pois ela será a próxima a ser abordada aqui no blog na coluna de: "Editoras Nacionais" (q já trouxe retrospectivas da "EBAL" e "BLOCH" por enquanto)! Acho q seria uma boa a gente sincronizar essas postagens (só uma ideia, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leo,
      provavelmente no segundo semestre desse ano, pois o aniversário de fundação será em maio de 2017.

      Podemos até, fazer em parceria a escolha dos personagens, com a colaboração do Colecionador Fantasma, dessa forma aceleraríamos a publicação, visto que sua pesquisa e o conhecimento do Colecionador me poupariam um tempo maior de pesquisa e seleção.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  33. "Não sei dizer se está inédita, mas a Panini pode ter pensado que era porralouca demais (não sem razão...)"


    Bem, mas até aí... A editora tem uma certa quedinha pelas pirações do Morrison tbm, rs!

    E seja como for: Tem o nome do Neal Adams envolvido ("porralouquices" à parte, é um nome q tem lá seus fãs - eu incluso)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Morrison finge que é porralouca por razões comerciais. Neal Adams realmente é! Ele acredita em teorias de Terra em expansão, Terra oca e tals.

      Excluir
  34. "E só a capa, rs..."


    Capaz, doggma... É tão ruim assim?

    Não li e nem folheei, mas me pareceu interessante (acho q vou baixar pra ver do q se trata)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, "Batman: Odyssey" é bizarra. Mesmo para os padrões de bizarrices da DC. Esse artigo do Comics Alliance destrinchou o assunto com propriedade:

      http://comicsalliance.com/batman-odyssey-neal-adams-insane/

      Excluir
  35. "Número 1 desta lista de HQs mais viajadas do Bob Haney, COM LOUVOR:"


    Puxa, Hunter... Q bela sequência de esquisitices nessa lista, hein? (gostei demais, rs)!

    Algumas eu já tinha lido (em scans ou republicações recentes): Pena q eu não tenho justamente essa campeã q ficou em 1º lugar!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto muito dessa que o Batman faz um pacto com o Capiroto, que é perseguido pelo Rock desde a WWII.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  36. "Essa saiu em "Lendas do Cavaleiro das Trevas: Jim Aparo Vol. 3", história "O Cadáver que Não Queria Morrer"


    Opa... Brigadão mesmo, doggma:

    Tá resolvida a questão então... E não tenho esse Vol. 3 do Aparo (tive q pular por cortes no orçamento, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  37. "A primeira vez em Batman 70 Anos # 3 e a segunda em Lendas do Jim Aparo # 3 também."


    Mto obrigado tbm, VAM...

    Mas eu consegui a proeza de ter perdido essas 2 edições: Me arrependo até hj de não ter feito essa coleção dos "70 Anos" do Batman (tbm perdi uma nos mesmos moldes q o "super" teve)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  38. "Mortadelo e Salaminho continua saindo direto na Espanha. Ibañez fez 80 anos (!) mês passado e ainda produz dois álbuns por ano! A série já tem mais de 200"


    Nossa, Hunter... Eu não sabia q já chegava a tanto assim a quantidade de ed. do "Mortadelo" (um nº impressionante mesmo pela longevidade da série)!

    Lembro q uma vez vc mesmo sugeriu q seria interessante uma coleção do tipo: "As melhores Histórias de Mortadelo & Salaminho" (já q uma em ordem cronológica seria praticamente inviável pra qq editora)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu compro a coleção Super Humor, que republica os álbuns do Mortadelo (e outras séries do Ibáñez) em blocos de 5 (hoje em blocos de 4, para compensar a queda da produção dele).

      Tenho uns 40 volumes e são 60 neste momento, aqui o último:
      https://www.amazon.es/SHM-El-Tesorero-N%C3%BAmero-MORTADEL/dp/8466656669/

      E NÃO TEM TUDO que ele fez!

      Excluir
  39. "Eu vi todos os números dessa coleção à venda quando saíram, mas eram caros e com qualidade porca (arte pixelizada, ARGH!)"


    Esse era o "Padrão FIFA" da Ópera Graphica, hehe...

    Só comprei pq peguei num "saldão" da Fest Comix. Mas ainda tavam melhores do q aquelas ed. da Vertigo q eles publicavam (tipo: "WAR - Histórias de Guerra" e "Às Inimigo")... Em formatécos q possuíam um P&B com tons de cinza ou verde (abomináveis)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  40. "Quanto a queda nas vendas das revistas do Tex no Brasil acho que o maior motivo é a queda na renda das pessoas que é o reflexo dessa crise pela qual passamos."


    Oi, Roberto... Tdo bem?

    Particularmente falando, achei q o comunicado da Mythos sobre a queda nas vendas de suas revistas apenas reflete uma situação q se espalha por diversos setores do mercado, comércio, e economia... Em um Brasil mergulhado numa crise econômica, dólar em alta, inflação, e até salários parcelados (como tem acontecido com os servidores públicos aqui no sul do país)!

    O q a Mythos parece estar passando (queda nas vendas) segundo o comunicado em questão... É a mesma situação de outras editoras (HQM, Devir, Nemo, Pixel, Abril, etc): q estagnaram seus lançamentos e/ou vem cancelando e reformulando títulos pra sobreviverem à economia (a Abril, por exemplo: mandou pra geladeira as revistas: "Jumbo" e "Mega", além de ter cancelado a coleção "temática" de 300 pág inéditas pra investir no "Disney Especial" - com menos pág e material repetido à exaustão dos arquivos digitais da editora)!

    Posso falar por experiência própria sobre este momento de crise econômica... Pois sou sócio de um curso pré-vestibular (o "Teorema" do banner acima) e mesmo oferecendo bolsas de até 50% de desconto e com campanha maciça na internet, vejo os alunos e pais de alunos com dificuldades em pagarem o curso e investirem em material didático. Vejo todos os dias as pessoas querendo estudar ou pagarem o estudo de seus filhos e não tendo verba pra isso: Tentam o máximo de descontos q podem, e eu ajudo até onde é possível: mas tbm existe um limite pra empresa e tenho q pagar professores, funcionários, aluguel/condomínio, luz/água/telefone, etc!

    Falta dinheiro e há dificuldades econômicas pra todo mundo q eu conheço e com quem convivo no local de trabalho... São situações q eu vivencio TODOS os dias. Não é só com a Mythos e nem com o mercado de gibis: é com tudo e envolve a todos! (Desculpe o desabafo, rs - comecei a escrever e acabei me estendendo além da conta)!

    Só quero dizer q concordo com vc sobre a queda de renda das pessoas (aliada à péssima administração do país num todo) ser um reflexo da crise: Se o dinheiro não girar, a economia não gira!

    Abs!

    ResponderExcluir
  41. "Esses dois últimos posts, que tiveram bastante material da EBAL, me fizeram lembrar daquelas matérias sobre editoras nacionais que por enquanto tá no limbo, rs."


    E aí, Guilherme... blz?

    É verdade: As matérias aqui do blog estão mais atrasadas do q as revistas mensais da Panini, hahaha... Mas pode ficar tranquilo, q já finalizei a próxima coluna das "Editoras Nacionais" (dedicada à RGE - e dividida em 2 Partes). Só vou esperar o momento certo pra botar no ar agora, já q preciso revezar essas matérias de gibis antigos e variedades com as NOTÍCIAS (q são sempre a prioridade aqui no blog - já q notícias nunca "esperam" e envelhecem rápido, rs)!

    Atualmente eu tô reunindo CAPAS e informações pra uma NOVA postagem de notícias mesmo... mas enquanto eu preparo essa, devo postar alguma outra aqui (pra não deixar o blog desatualizado). Eu tbm devo postar uma matéria sobre o filme: "Batman Vs. Superman" (vou tentar assistir o filme na terça e priorizar essa - senão daqui a pouco o filme vai estar passando no SBT e eu ainda não falei sobre ele, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. "Chegou na minha cidade uma coleção de "Bustos dos Heróis Marvel" da Planeta DeAgostini, e com certeza deve estar em fase de testes.Devem ser de resina, porém, são bem feitos!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Brigadão mesmo pelo aviso... Puxa, eu nem imaginava q uma coleção assim estivesse saindo nas bancas (provavelmente em fase de testes mesmo - apenas pra algumas cidades)! Vou tentar me informar melhor sobre essa coleção então (e descolar umas fotos pra postar aqui)!

    Mas realmente... O preço é inviável: não só pra comercialização em bancas, como tbm pro bolso do leitor médio (apenas um público mais restrito terá condições de pagar 99 reais em MAIS uma coleção - entre TANTAS já em andamento no país)!

    Eu, por exemplo: Nem cogito tbm fazer essa (nem vi as peças, mas não tenho como pagar tudo isso, sendo q tenho q priorizar as coleções tradicionais de miniaturas q mal chegaram na METADE ainda, hehe)!

    Vai dizer, hein? Pra ser um nerd VERME e plenamente feliz hj em dia... é preciso ganhar na mega-sena, no Big Brother, ou ser sustentado por alguma empreiteira, hehe! Pq haja dinheiro, PQP!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo!

      Vou ver se descolo alguma cartela que vem com as peças, muita gente compra e não leva esta cartela que vem geralmente nas primeiras edições, aí eu escaneio e lhe envio.

      Acho que neste quesito a dona da banca pode me atender, já que é LIXO e ela com certeza não irá se importar, mas bater foto dentro da banca do material, aí é outra coisa!!

      Isso que você falou é verdade, não tem como ser um nerd Verme feliz sem estes três pressupostos que você falou para conseguir dinheiro.

      Se bem que do jeito que sai tantas coleções, acho que o prêmio do BBB não ajuda tanto,; o certo é tirar mega sena acumulada, ou ser sustentado por empreiteira.

      Nem cogito fazer mais esta coleção, das miniaturas já está foda manter, imagina mais esta onde uma única peça equivale a duas miniaturas em preço.

      Não acho que esta coleção vá pegar por aqui, as miniaturas Marvel e posteriormente DC foram uma "inovação" no mercado que hoje está saturado (fora a crise econômica) não só com elas, como também com Senhor dos Anéis, Hobbit, Walking Dead, Graphic Novels, etc.

      Os Batmóveis que são muito fodas já ficaram restritos por enquanto somente às quatro primeiras peças de uma coleção de mais de 80, e somente podem ser comprados via internet(e olha que são mais baratos!), imagina uma que traz somente "metade" dos heróis a um preço surreal destes!

      O Hulk pela foto não é lá grandes coisas, e o Capitão está com visual igual da Nova Marvel com capacete, indumentária usada nos filmes também!

      Abraços!!

      Excluir
  43. "Passei na Av. Paulista hoje e encontrei miniaturas do Hulk verde da Eaglemoss por um preço razoável de R$ 99,00."


    Oi, Carlos... Tdo bem?

    Realmente, pra quem perdeu o "Hulk" (peça mais q obrigatória na coleção)... Esse preço até q tá dentro dos parâmetros de mercado (eu, por exemplo, não venderia o meu por menos q isso - pela dificuldade e procura em torno da figura)!

    Fica aí a dica pra quem perdeu então... (só achei pesado demais essas importadas por 300 contos - mas entendo q com o dólar a 4 reais, fica complicado conseguir preços bons em qq coisa importada)! "Modok" e "Sauron" eu vou comprar certo (qdo saírem aqui): São vilões com visual mto bacana!

    Abs!

    ResponderExcluir
  44. "Sabadão a noite e aproveitando pra ler a Salvat Vermelha do Quarteto (FF 192-200)"


    E aí, gustavo... blz?

    Valeu mesmo pelo aviso... Eu não sabia q essa ed. vermelha do "4F" já tinha saído!

    Pra mim, é COFRE certo nessa... Pela raridade do material em si (q eu "acho" q tava inédito no Brasil) e pelos artistas envolvidos (especialmente a arte do Keith Pollard)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saiu tambem Homem Aranha nunca mais (spider man 44-50).

      Excluir
  45. "Vou ver se descolo alguma cartela que vem com as peças, muita gente compra e não leva esta cartela que vem geralmente nas primeiras edições, aí eu escaneio e lhe envio."


    Opa, muito obrigado mesmo, Elcio...

    Essa cartela seria mto útil, pois pesquisei um pouco agora e ainda não encontrei nenhuma foto dessa coleção de bustos por aí! V ou torcer pra q vc consiga essa cartela (se bem q eu - falando como colecionador - não costumo descartar essas coisas, rs)!

    Sobre ser um VERME rico... Às vezes eu fico babando na vitrine da área nerd/geek da Livraria Cultura: Apreciando estátuas q eu não conseguiria comprar. Tipo um "Batman" q vai do chão até o meu joelho com o visual das HQs mais antigas e q custa cerca de 3 MIL reais (essa é só pra ver por trás do vidro sem tocar e sem cogitar comprar, hehe)!

    Eu gosto mto dos universos dessas coleções q vc citou: "Senhor dos Anéis", "Hobbit", e "Walking Dead"... Mas o preço dessas miniaturas ficou proibitivo pra mim. Um amigo meu esteve nos EUA recentemente e disse q mesmo lá as miniaturas de "Walking Dead" são caras (equivalente ao q custam aqui pela Eaglemoss) e q o motivo pra esse preço abusivo (por peças de resina e na escala das minis "normais") seriam os royalties pro uso de imagem (q já são pesados lá nos EUA tbm)!

    A diferença é q os VERMES de lá ganham mais $$$ q os vermes daqui, rs...

    Abs!

    ResponderExcluir
  46. Grande Léo ! Seu blog está cada vez melhor.

    Ontem eu comprei o Deadpool Clássico volume 01.

    Você pode me informar quantos volumes serão lançados ?

    Obrigado !

    ResponderExcluir
  47. "provavelmente no segundo semestre desse ano, pois o aniversário de fundação será em maio de 2017."


    Oi, VAM... blz?

    Da minha parte, a postagem sobre a "RGE" já tá pronta e finalizada (escrevi em 2 partes)... Só vou esperar o momento ideal pra postar aqui no blog!

    Assim, posso te ajudar no q vc precisar pra sua matéria sobre a RGE (qq coisa é só me chamar no mail), pois pesquisei títulos e personagens q mais marcaram a editora (com foco no tempo em q ela publicou a linha Marvel)!

    Só não vou poder esperar até o 2º semestre, pois essa matéria já tá atrasada demais da conta (era pra ter saído no ano passado até, rs)... E minha ideia agora é postar ela ainda no 1º semestre e deixar o 2º semestre pra matéria sobre a "Editora ABRIL" (q vai ser mais trabalhosa pra mim)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  48. "O Morrison finge que é porralouca por razões comerciais. Neal Adams realmente é! Ele acredita em teorias de Terra em expansão, Terra oca e tals."


    Oi, Hunter... Eu conheço pouco sobre o Neal Adams como pessoa (opiniões, pensamentos, etc): Mas é interessante q ele tenha esses embasamentos e acredite neles, de forma a repassar suas ideias (por mais estranhas q possam parecer - ou não) pras HQs em q trabalha!

    Isso me lembra do REI Kirby... Q começou a pirar com teorias e conspirações sobre a existência de vida alienígena e refletiu tudo isso em sua obra (principalmente a partir dos anos 70): "Novos Deuses" e "Eternos", por exemplo: onde se vê claramente as referências tiradas de livros tipo: "Eram os Deuses Astronautas" (q por sinal, foi relançado no Brasil recentemente)!

    Acho mais legal qdo as pirações dos artistas são legítimas, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A piração do Adams é antiga. Lembra aquela HQ do Quarteto do Byrne em que tinha uma espécie de Walt Disney que acreditava na teoria da Terra em expansão e queria usar o Tocha Humana para acelerar isso? O nome do cara era "Alden Maas", que é um anagrama de Neal Adams! Embora o Byrne tenha se baseado no Disney para compor o personagem, as ideias era do Neal Adams.

      Agora, repare que eu não sei se o Kirby acreditava nas teorias do Von Daniken! O Alfredo Castelli usa o material do Daniken direto na minha série Bonelli favortia, Martin Mystère, e não acredita em nada daquilo, só considera (como eu, aliás) que é um material fantástico para se fazer histórias em cima!

      Excluir
  49. "Não tem desculpa!"


    Eu sei q não, Hunter... e me martirizo até hj por ter perdido as seguintes coleções e edições:

    -Batman 70 anos!
    -Superman 70 anos!
    -DC 70 anos (acho q era essa q vinha com uns bottons e tinha capas do Alex Ross)
    -A História do Universo DC (um especial q saiu pela Panini - tbm com capa do Ross)!

    Putz, todas essas eram ed. com valor bem acessível e com ótima seleção de histórias... Perdi por burrice, por investir mal meu dinheiro em gibis q eu não deveria ter comprado (em detrimento desses citados). Enfim, pisadas de bola imperdoáveis mesmo, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas dos 70 anos eu perdi na epoca (não estava conorando hqs) mas consegui elas acho que no ano retrasado. Ainda se achavam faceis por ai.

      Excluir
  50. "Eu compro a coleção Super Humor, que republica os álbuns do Mortadelo (e outras séries do Ibáñez)"


    Oi, Hunter... Espetacular essa coleção de "Super Humor", hein?

    As capas e a seleção de material são excelentes... Reparei tbm q as avaliações dos leitores (q aparece no link q vc postou junto à descrição do produto) beiram sempre a nota máxima (variando entre 4,5 e 5 estrelas)!

    Coleção pra lá de respeitável mesmo... Parabéns pelas aquisições (seria um material mais q bem-vindo por aqui tbm, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A coleção é uma republicação da série Olé (em que são publicadas as HQs de M&F a baixo preço) com capas duras. Não é nada do outro mundo, o papel interior é apenas razoável e as histórias curtas são distribuídas de forma totalmente caótica entre os volumes. Recentemente a Salvat publicou na Espanha uma coleção muito mais organizada (ainda que longe da perfeição) dos personagens:
      http://www.animecion.com/el-coleccionable-de-salvat-de-mortadelo-y-filemon-de-nuevo-en-quioscos/

      Só que essa saiu só em banca, enquanto a Super Humor sai em livraria e então eu posso encomendar por aqui. Além de ter os outros personagens do Ibáñez...

      Excluir
  51. "Saiu tambem Homem Aranha nunca mais (spider man 44-50)"


    Opa, valeu mesmo pelo aviso, gustavo...

    Mas, putz: Vou ter q passar essa edição do "Aranha"... Pois eu pretendia comprar mais pela 1º aparição da "Mary Jane" e do "Rino" (q não estarão aí e q seriam as ed. 41-43)! O resto eu já tenho quase tudo na "CHM" mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei no mínimo estranho isso, deixarem de fora apenas três
      revistas que juntas formam o conteúdo da BHM # 5, Gustavo.

      Meu interesse é menor que zero, por essa edição.
      E nem tenho nenhuma CHM, imagine você que tem, Leo.

      Já vi, que não vou completar a lombada :))

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  52. "Ontem eu comprei o Deadpool Clássico volume 01."


    E aí, Diogo... blz?

    Tbm comprei essa edição... E o Vol. 2 JÁ aparece em listas pra lojistas e deve entrar em pré-venda em seguida!

    Só não tem como sabermos qtas ed. terá ao todo... Pois a Panini deve ir publicando enquanto for vendendo bem (material clássico do "Deadpool" tem o bastante pra fazer render uns 10 encadernados se quiserem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais, bem mais. Deadpool Classics vai em 16 volumes lá fora. Claro, os últimos incorporam material já publicado por aí...

      Excluir
  53. “com a colaboração do Colecionador Fantasma”
    Com certeza, gostaria muito de ajudar.

    ResponderExcluir
  54. "O nome do cara era "Alden Maas", que é um anagrama de Neal Adams!"


    Oi, Hunter... Eu lembro sim desse cara (fisicamente parecia o Tony Stark): Mas nem imaginava q o nome fosse um anagrama do Adams, rs (vivendo e aprendendo)!

    Qto ao Kibry... Eu li em algum lugar (agora não lembro se foi naquele livro dos bastidores da Marvel) q o Kirby tinha ficado obcecado por essas possibilidades envolvendo alienígenas do passado. Tbm não sei se ele realmente acreditava nisso, já q duvido de mta coisa descrita no tal livro (mas não duvido da existência de ETs, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  55. "Recentemente a Salvat publicou na Espanha uma coleção muito mais organizada (ainda que longe da perfeição) dos personagens:"


    Opa... Mto interessante essa coleção:

    Pena q aqui no Brasil nem a do "Asterix" (q a Salvat chegou a lançar em fase de testes) funcionou direito - Se bem q no caso do "Asterix" há a concorrência dos álbuns de maior qualidade da Record (e q se encontram facilmente nas livrarias)!

    Já o "Mortadelo" seria um material mais raro e de difícil acesso pros leitores... Acho q teria chances melhores de atrair leitores "SE" houvesse qq intenção de alguma editora publicar a coleção aqui, é claro!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Asterix existe há muito tempo e está sempre disponível nas livrarias, mais ou menos pelo preço que a Salvat cobrava. Aí não rola mesmo!

      Excluir
    2. Lembrei-me agora. Como o Ibáñez faz um álbum para cada Copa do Mundo e Olimpíada desde 1976, existem pelo menos dois álbuns ambientados no Brasil: O da Copa de 2016 e o da Olimpíada do Rio (que ainda não saiu, mas já está terminado e com data de lançamento).

      Excluir
  56. "Mais, bem mais. Deadpool Classics vai em 16 volumes lá fora."


    Puxa... Bastante coisa mesmo, hein?

    Espero q saia aqui pelo menos o suficiente pra cobrir a fase do Joe Kelly e (se possível) as várias ed. q ficaram inéditas aqui por terem sido puladas! Eu vou seguir adiante, é claro (gosto mais dessa fase clássica do "Deadpool" do q a q veio depois de "Agente X")!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de Agente X ele passou anos sem série própria. Teve de dividir título com o Cable...

      Excluir
    2. O número de encadernados que Deadpool Clássico pode ter depende de como vai ser lançado por aqui. No vol. 2 vai dar pra ver qual vai ser o padrão. Na Itália variam bastante o número de páginas, lá o vol. 2 teve do n. 1-5 em 152 pgs. Aqui no Brasil o padrão é 6 edições em 148 pgs. Não sei oq eles colocam lá que ficam tantas páginas por menos histórias, talvez anúncios. Nos EUA tem mais páginas o Deadpool Classic.

      Excluir
  57. "Com certeza, gostaria muito de ajudar."


    Valeu mesmo, Colecionador...

    Pois toda ajuda (ainda mais a sua) seria mais q bem-vinda nesse caso, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Colecionador é questão de conseguirmos fechar uma data, Leo e Eu no momento estamos divididos sobre a mesma. Como ele tem seu e-mail, poderá aprofundar a questão e perguntar sua opinião também.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  58. "Meu interesse é menor que zero, por essa edição. E nem tenho nenhuma CHM, imagine você que tem, Leo."


    Pois é, VAM... Achei essa ed. simplesmente: "Broxante", rs!

    Podiam ter feito exatamente o q seria a "BHM do Aranha 5" lá fora... Mas pularam justamente as 3 histórias q mais me interessavam (com a 1º aparição de "Rino" e "Mary Jane" - q eu só tenho em formatinho e pela Bloch ainda por cima)!

    As histórias dessa ed. da Salvat... eu tenho quase todas na "CHM". Só falta a 1º aparição do "Shocker", mas aí é fóda pagar 40 reais por apenas 1 história, né? (sou louco mas até um certo limite, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  59. "Asterix existe há muito tempo e está sempre disponível nas livrarias,"


    Verdade, Hunter... E pra vc ter uma ideia, a Record ainda republicou no ano passado o Vol. 1 do "Asterix": coincidentemente em meio à fase de testes da Salvat (no q parece ter sido alguma manobra estratégica)!

    Seja como for, a qualidade gráfica da Record é mto boa e entre as 2 editoras eu prefiro fazer a coleção com eles!

    Abs!

    ResponderExcluir
  60. "existem pelo menos dois álbuns ambientados no Brasil: O da Copa de 2016 e o da Olimpíada do Rio"


    Opa, esses devem ser interessantes... Principalmente se forem aproveitados na HQ os elementos q geram polêmicas em torno desses eventos! Assunto pra piada é o q não falta, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho difícil, o Ibáñez produz essas HQs com grande antecedência, para saírem antes do evento (e evitar que um 7x1 da vida tire todo o interesse do público no álbum...).

      Excluir
  61. "Depois de Agente X ele passou anos sem série própria. Teve de dividir título com o Cable..."


    Eu lembro q essa série era bem ruinzinha... e nem me interessei em seguir acompanhando!

    O pior foi qdo o "Cable" virou um bebê e o "deadpool" passou a bancar a babá (acho q tentaram fazer uma versão circense do "Lobo Solitário", rs)! Mas não duvido q ainda republiquem essa fase: Ainda mais agora q o 2º filme do deadpool trará o "Cable"!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou a única pessoa que conheço que gosta do Cable. E mesmo assim essa série com o Deadpool não descia.

      Excluir
  62. "e evitar que um 7x1 da vida tire todo o interesse do público no álbum..."


    Imagine o qto de zoações esse resultado renderia numa HQ de humor, hein? O Brasil virou uma piada-pronta depois dessa, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  63. Incidentalmente, andei pensando na melhor forma de se publicar Mortadelo e Salaminho no Brasil hoje em dia.

    Edições para livraria, claro, nos moldes da Record (formato grande, capa mole), mas eu colocaria ela com 64 páginas em vez das 48 páginas habituais. Por quê? Porque depois de cada aventura grnade sobraria espaço para publicar umas curtas (os próprios espanhóis faziam assim nos primeiros anos da Olé, uma das publicações de M&F na Espanha).

    Então por exemplo começaríamos publicando o álbum das olimpíadas do Rio (o da copa seria de triste memória...). A história ocuparia 44 páginas. Nas que sobram eu colocaria, por ser a primeira edição, uma biografia do Ibáñez, uma história da publicação dos personagens, uma página de "quem é quem" na série e umas histórias curtinhas de ooutros personagens do Ibáñez (Miopinho, Sacarino, Pepe Gotera, 13 Rue de Percebe, etc.).

    Paralelamente faria uma coleção "clássicos" republicando o material dos anos 70, a era de ouro dos personagens, começando pelo Sulfato Atômico e ido daí em diante na ordem de publicação original. A Cedibra publicou muitos desses álbuns, mas outros tantos ainda são inéditos.

    Para quem já tem (não é tanta gente, essas edições são muito disputadas em sebos!), as edições clássicas teriam também as páginas de extras, republicando as primeiras histórias da dupla (que no início era uma série de gags semanais de uma página) na ordem.

    Acho que daria certo. O que dizem?

    ResponderExcluir
  64. Será que essa crise na editora Mythos pode afetar o provável ou possível lançamento da série Kings Watch, que você tinha noticiado a algum tempo atrás?

    Abraços a todos os amigos do Submundo.

    ResponderExcluir
  65. "O número de encadernados que Deadpool Clássico pode ter depende de como vai ser lançado por aqui."


    E aí, Matheus... blz?

    Realmente, a forma de publicação dessa coleção de clássicos do "Deadpool" pode variar em cada país (alterando a quantidade de pág - e consequentemente o Vol. de encadernados). A versão nos EUA tem ed. q chegam a quase 300 pág (aqui no Brasil já pudemos perceber q a Panini não pretendo passar de 200)!

    Uma coisa q eu não gostei na ed. da Panini, foi terem pulado a 1º aparição do Deadpool em "Novos Mutantes" nº 98. Podiam ter incluído essa história na edição (ao invés de pularem direto pras 2 mini-séries dele)! O Vol. 2 já vai meio q "ditar as regras" de como será daqui pra frente a coleção no Brasil (em breve já teremos os detalhes do Vol. 2)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francamente, acho que a primeira aparição dele não adiciona nada...

      Excluir
  66. "Eu sou a única pessoa que conheço que gosta do Cable."


    E aí, SEMI... blz?

    "Perdeu, Playboy", hehe... O "Cable" tem outro fã (e dos fanáticos ainda por cima, rs): Um dos meus melhores amigos e sócio (no "Teorema") é o maior fã de "Cable" q eu conheço. Ele se criou lendo os gibis do "Cable" nos anos 90 e este passou a ser o seu super-herói favorito!

    Mas realmente... Mesmo esse amigo meu (Carlos) não aguentou a sequência de humilhações à qual o "Cable" é submetido nessa série em parceria com o "Deadpool", rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li histórias boas do Cable, já comprei a série (no tempo do José Ladronn!), mas ser FÃ do Cable é demais para mim...

      Excluir
    2. Poxa, que legal. Agora finalmente posso falar que ouvi dizer de 2 pessoas que gostam do Cable ! Se bem que vão dizer que acredito em tudo que leio na Internet. Mas não me abalarei.

      Excluir
    3. Cable teve uma fase muito boa com a dupla Joe Casey e o ótimo Jose Ladrönn (que emulava o Rei Kirby em níveis moleculares!). Saiu por aqui entre set/1999 e julho/2000, sempre alternando entre os formatinhos X-Men e Wolverine, pela Abril (baita sacanagem com o leitor). Compraria um encadernado disso sem hesitar.

      Excluir
    4. O Cable teve seus momentos... Quando decidiram fazer dele algo além de um Ciborgue de 96 dentes que usava armas do tamanho de um ser humano.

      O problema é que depois daquela infame "Saga dos Doze" ele ficou perdido no Universo X até arrumar emprego de babá no final de "Complexo de Messias".

      Praticamente uma década de irrelevância. rs

      Excluir
  67. "Incidentalmente, andei pensando na melhor forma de se publicar Mortadelo e Salaminho no Brasil hoje em dia."


    Oi, Hunter... Tdo bem?

    Acho q a sua ideia pra viabilizar a publicação de "Mortadelo" é perfeita mesmo: Pois se equilibra entre o clássico e o moderno (abrangendo uma quantidade maior de leitores e reapresentando os personagens pras novas e antigas gerações)!

    A quantidade de pág. na faixa das 64 por álbum tbm permitiria jogar melhor com as histórias longas e curtas (aproveitando melhor o espaço e sem encarecer demais o produto com uma diferença de pág mto expressiva)!

    Acredito q essa proposta poderia funcionar sim se aplicada em uma coleção de "M&S"... E sabemos q esses álbuns da Cedibra ainda são mesmo mto procurados entre colecionadores: E não só pela raridade do material em si, mas pelas boas lembranças q os personagens ainda trazem à vários leitores (eu incluso)! Resta saber se alguma editora se habilitaria a tentar: Espero q sim, e se precisar de alguma ajuda pra divulgação da ideia e proposta, pode contar comigo, blz?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontrar uma editora de livraria disposta a arriscar é que é a parte difícil...

      Excluir
    2. Chegando atrasado na conversa. As histórias curtas são muito fracas, não vale a pena publicar. A melhor fase foi o período que a Cedibra publicou. Depois o nível caiu. E continua caindo. Perderam a magia, ficaram formuláticos. Comprei dezenas na Amazon espanhola, de todas as fases. Menos que 4 euros cada com boa qualidade de papel e impressão. Pena que as vezes a capa não bate com as da edição brasileira. Mas vale sim um reedição dessa fase por aqui.

      Excluir
  68. "Será que essa crise na editora Mythos pode afetar o provável ou possível lançamento da série Kings Watch, que você tinha noticiado a algum tempo atrás?"


    Oi, Celso... Tdo bem?

    Olha, sendo bem sincero: Acho q não... Pois até onde sei, a programação já anunciada e prevista pro decorrer do ano não será afetada. Prova disso, é q mês passado tivemos o lançamento do "Dreadstar" e agora em abril teremos o "Battlefields - Campos de Batalha" (do Garth Ennis): Ambos anunciados no mesmo lote junto com os "Defensores da Terra" (adoro esse nome, rs)!

    Pelo q eu entendi das declarações do editor da Mythos... A ideia será (talvez mais pro ano q vem) reformular a quantidade de títulos ou periodicidade de algumas séries do Tex e da linha Bonelli em geral. Vale lembrar q o "Tex" tem atualmente cerca de DOZE (!) revistas regulares nas bancas (com periodicidades variadas mas ainda assim uma quantidade expressiva de títulos pro mesmo personagem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  69. Ainda sobre a crise, estou com dor no coração ao já ter de cortar a CHM dos Vilões, e a dos X-men também não sei. Acabei de comprar uma casanova, e a prestação vai ser puxada, então vou ter deme controlar ainda mais. Mas vai ser osso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso, BOND...

      Não me mudei, mas estou tentando administrar um curso pré-vestibular e mantê-lo tem sido uma conta altíssima todos os meses (aluguel, condomínio, salário dos professores, reformas, material didático pros alunos, salário dos professores, etc): Não sobra mto pro lazer (e pros gibis) depois disso, rs!

      Essa "CHM dos Vilões" eu tbm não sei se irei comprar... Tenho interesse, mas não chega a ser uma coisa essencial pra mim (não chegarei a perder o sono por causa desse material, rs)!

      Abs!

      Excluir
    2. Olá Bond eu também vou passar a CHM dos Vilões.

      Mais Leo, a quarta e última edição acredito que você não
      vai perder, pois será somente com histórias do Capitão.

      A Panini liberou o conteúdo: Captain America 295-301.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Putz!!!

      Leo, conserta e esse Mas com "i" que digitei.

      Te agradeço,
      VAM!

      Excluir
    4. Leo, curiosamente essa edição VI da Salvat Clássica já saiu em bancas, comprei hoje o DD #10 e me deparei com ela.

      E vou dizer uma coisa, fiquei ainda mais surpreso ao perceber a espessura da edição.

      E parando para fazer as contas: Ao todo temos 200 páginas, ao contrário das 240 do Marvel Masterwork # 5 e das 312 de Thor: Contos de Asgard.

      Eu estava imaginando que as edições 41-43 The Amazing Spider-Man tinham sido suprimidas, pois com 11 edições (41-50) o volume da Salvat seria maior do que Thor, mas não! Ele teria 72 páginas a menos!

      Entendo que em toda Coleção, é preciso manter uma média e me parece que nessa será de 200 páginas. Mas, pensando em todos os colecionadores que possuem as 04 BHMs do Aranha e que por conta de 40 páginas, não terão em sequência as primeiras 50 edições do personagem em formato luxo, isso é muita sacanagem!

      Putz! Essa bola da Hachette, foi totalmente fora, Leo! >:(

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  70. "Batman: Odyssey" é bizarra. Mesmo para os padrões de bizarrices da DC."


    E aí, doggma... blz?

    Nossa, q matéria espetacular essa do link q vc postou, hein? Uma análise bem completa sobre a "odisseia"! Valeu mesmo por ter compartilhado!

    E q história mais louca essa... É tão bizarra q já me deu vontade de ler, rs! Acho q deviam publicar aqui uma hora dessas (nem q seja só por ser do Neal Adams)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  71. "Francamente, acho que a primeira aparição dele não adiciona nada..."


    Eu tenho a 1º aparição do "Deadpool" em um formatinho da Abril... Perdida por aí no meio da coleção (nem lembro em q gibi com "X" na capa saiu, rs)!

    Seja como for, essa 1º aparição dele vai sair pela Salvat futuramente (a quem interessar possa) na coleção de capa-vermelha!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Formatinho da Abril é o lugar certo para se ter essa história. Melhor só formato digital...

      Excluir
  72. "Já li histórias boas do Cable, já comprei a série (no tempo do José Ladronn!), mas ser FÃ do Cable é demais para mim..."


    Essa série desenhada pelo Ladronn era mto boa mesmo, Hunter... Pois ele emulava o traço do Kirby (e a arte ficava bem legal assim: destoando daquele estilo "anos 90" dos demais gibis da época)!

    Mas realmente... Com a proximidade do 2º filme do "Deadpool", pode apostar q daqui a pouco vão começar a surgir por aí vários "FÃS" do Cable (q andam hibernando enquanto a mídia não direcionar os holofotes pro personagem devido à sua participação no filme)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda me lembro de quando era o único fã do Homem de Ferro que eu conhecia...

      Excluir
  73. "Agora finalmente posso falar que ouvi dizer de 2 pessoas que gostam do Cable !"


    Oi, gustavo... Bem, mais q 2 pessoas eu tbm não conheço, hehe!

    Aliás, até o comentário do SEMI eu só conhecia esse amigo meu (q tem o "Cable" como seu personagem favorito da Marvel)!

    Mas como eu falei logo acima, daqui a pouco começam a aparecer os "fãs" por todo lado assim q escolherem o ator pro papel, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, que injustiça! Desde que criei o perfil para comentar por aqui uso essa imagem do Cable. rs

      Excluir
  74. "Cable teve uma fase muito boa com a dupla Joe Casey e o ótimo Jose Ladrönn (que emulava o Rei Kirby em níveis moleculares!)"


    E aí, doggma... blz?

    Essa fase do Ladronn era mto boa mesmo (e foi lembrada tbm nos comentários acima)... Infelizmente não tenho ela completa e tbm compraria encadernada só pela arte do Ladronn (posso não ser fã do "Cable", mas com certeza sou fã desse artista, rs)!

    Aliás, falando nele... Vale ressaltar q a Panini pulou no Brasil uma mini-série dos "Inumanos" com belíssima arte do Ladronn (q deveria ter saído e tinha ligações com a saga: "Segurança Máxima")!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei essa mini em edições avulsas quando saiu! Na verdade não tem muito a ver com Segurança Máxima. Tanto que eu nunca li esse evento e não tive nenhuma dificuldade em acompanhar a história.

      O Ladronn foi MUITO sacaneado pela Marvel enquanto trabalhou lá. A fase dele no Cable foi interrompida secamente para colocar o Rob Liefeld (!) desenhando a série (e, claro, o Liefeld só desenhou um punhado de história antes de partir para outra). Depois ele apresentou uma proposta de uma série do Surfista Prateado (escrita pelo Jean-Marc L'Officier) continuando as pontas soltas deixadas na série original do personagem, mas a Marvel publicou antes uma HQ do Homem-Aranha com o Surfista (desenhada pelo Keith Giffen) que cobria o mesmo material.

      Por fim, essa HQ dos Inumanos era um projeto que o Ladronn tinha de longa data, que foi até apresentado em uma edição do Quarteto como proposta e que os leitores deveriam escrever para a editora dizendo se deveria ser publicada (até eu escrevi!). A Marvel concordou com o projeto, só que iniciou a publicação enquanto o Ladron ainda estava desenhando e... Chamou outro desenhista para finalizar a história quando o cara não pôde cumprir o prazo!

      Pô, era uma mini em QUATRO edições. O que custava ter esperado ele terminar antes de publicar? Ou então adiar a publicação da última edição, a Marvel vive fazendo isso hoje em dia - inclusive com megacrossovers que atrasam a linha INTEIRA!

      Para piorar, cancelaram o contrato dele e, sem emprego formal nos EUA, ele foi deportado de volta para o México!

      Hoje ele desenha o Incal para o Jodorowsky e não tem de aturar merdas de editoras americanas vagabundas (embora ainda faça trabalhos ocasionais nos EUA, como Elephantmen), mas na época a Marvel tratou ele abaixo de cão!

      Excluir
  75. "Encontrar uma editora de livraria disposta a arriscar é que é a parte difícil..."


    Imagino q seja mesmo... Ainda mais com tantas incertezas na nossa economia atualmente!

    Mas tbm é aquela coisa... Tem editoras pequenas q apostam em cada furada: não entendo como um material assim (com apelo pros saudosistas e com alto índice de divertimento pra atrair novos fãs) acaba ficando de fora na hora de arriscarem material pra ser publicado! Se eu tivesse uma editora de pequeno ou médio porte, essa seria uma coleção q eu gostaria mto de ter em catálogo!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também é uma lógica que me escapa.

      Excluir
    2. Incidentalmente, aqui a nota de lançamento do álbum Rio 2016:
      http://factoriadelcomic.blogspot.pt/2016/03/novedades-b-abril.html

      Detalhe para "como a equipe da Espanha não quer vê-los nem pintados, nossos agentes favoritos se vêm obrigados a participar da equipe da Burrolândia." :-)

      Excluir
  76. "A Panini liberou o conteúdo: Captain America 295-301"


    Opa... Valeu mesmo, VAM:

    Q coisa estranha... Selecionaram um material realmente imprevisível pra essa "CHM". Vai ser totalmente inédita pra mim essa edição do "Cap. América": E me surpreende ver essa fase (de 1984) pouco conhecida e falada entre os leitores!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que usaram a mesma lógica aplicada na 4ª edição
      da CHM do Quarteto, dedicada ao Homem-Aranha, Leo.

      Pra dar uma impulsionada na Coleção e com isso também
      apelar para o "completismo" da galera.

      Eu imaginava que colocariam parte do material do Marvel Masterworks Rarites, como você também, pelos comentado anteriormente.

      Comercialmente falando achei que a Panini, mandou bem.

      - - -

      E outra coisa, te mandei por e-mail o link, do Batmobile 66 Elite,
      nas Lojas Americanas com preço mais em conta, parcelado em 10X!

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Bem, esse material saiu todo no Brasil. Eu tenho...

      Excluir
    3. Estranho é que é um material que foge da coleção de super vilões unidos, os vilões que aparecem nessa saga além do caveira são meros asseclas do principal e não uma união de vilões como os outros números...
      Cesar Leal

      Excluir
  77. "Leo, conserta e esse Mas com "i" que digitei."


    Oi, VAM... Me desculpe, mas não existe ferramenta de EDIÇÃO de comentários no blogger, rs!

    Só posso editar as matérias principais do blog (nem os meus próprios comentários eu consigo editar)! Mas fica registrado então q vc quis dizer "MAS" ao invés de "MAIS", hahaha!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ja aproveitaram uma ideia sua para o Lendas do Homem de Aço acho bem provavel a Panini usar esse "Mais" em alguma edição futura. Não tenho dúvidas.

      Excluir
  78. "E parando para fazer as contas: Ao todo temos 200 páginas, ao contrário das 240 do Marvel Masterwork # 5 e das 312 de Thor: Contos de Asgard."


    Tremenda bola fora mesmo, VAM...

    Não custava nada fazerem um esforço pra incluir essas ed. de "amazing" 41-43 na edição... Pois já tivemos ed. de maior porte numa coleção q tbm tem tido em contrapartida ed. bem fininhas (tipo: "Eu, Wolverine")!

    Vou pular certo essa do "aranha" agora, pois o q me interessava mesmo eram essas histórias q foram puladas...

    Abs!

    ResponderExcluir
  79. "Ainda me lembro de quando era o único fã do Homem de Ferro que eu conhecia..."


    As voltas q o mundo dá, hein?

    Tbm nunca pensei q fosse viver pra ver surgir uma legião de fãs do "Deadpool"... Eu era um dos únicos leitores q achava ele engraçado até pouco tempo (a maioria odiava e ainda fazia campanhas pra tirá-lo de mixes, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Deadpool gera controvérsia e incoerência. Gosto do personagem, comprei o clássico logo que saiu e saí do filme com vontade de ver de novo.

      Mas quero ele longe dos mixes e passo longe das mensais. rs

      Excluir
  80. "O Ladronn foi MUITO sacaneado pela Marvel enquanto trabalhou lá."


    Pois é, Hunter... Eu já tinha ouvido falar dessa má-fé da Marvel na época em relação ao Ladronn e sempre achei uma tremenda injustiça isso (ainda mais diante da imensa qualidade do trabalho artístico dele)!

    Uma vez, lá nos primórdios do blog (em 2012)... Eu postei aqui uma HQ completa do Ladronn q havia sido pulada no Brasil tbm: Era uma das 2 histórias contidas no "THOR ANUAL 2000" (q poderia ter sido publicada tanto pela Abril qto pela Panini - já q cronologicamente se passava durante a transição das 2 editoras e tinha certa ligação com aquele arco em q o "Thor" enfrentava o "Thanos": Jurgens/Romita Jr:

    http://submundo-hq.blogspot.com.br/2012/03/thor-de-ladronn-historia-completa-e.html

    Lembro tbm dessa do "Surfista" q vc mencionou... Aliás, vazaram umas artes dessa história na internet (salvei elas - eram umas 4 ou 5 pág)!

    Uma pena mesmo q tenham sacaneado tanto o Ladronn... É deprimente mesmo ver um artista desse calibre sendo substituído por um Rob Liefeld da vida, ou tendo seus trabalhos vetados por uma suposta "pressa" q não existe em outras publicações da editora (tipo: não custava esperarem ele terminar o trabalho)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...mas na época a Marvel tratou ele abaixo de cão!"

      Bizarro, isso Hunter.

      Indesculpável por parte da Marvel, que segundo o livro de seus bastidores, teve a década de 90 como mais escrota de sua história.

      Será que o "sentimento anti-mexicano" pesou nesse caso, é difícil não fazer essa associação, concorda Léo?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Eu comprei esse anual do Thor só por conta dessa história! Para mim é a melhor HQ do Thanos não Starliniana!

      (Admitidamente, as aparições do Thanos nessa série do Thor foram legais. Dan Jurgens tinha muitos problemas, mas mandava bem no Thor.)

      Excluir
  81. "O Cable teve seus momentos... Quando decidiram fazer dele algo além de um Ciborgue de 96 dentes que usava armas do tamanho de um ser humano."


    Oi, SEMI... Além das armas trambolho, não podemos esquecer tbm a munição q ele carregava (suficiente pra dizimar uma galáxia, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até porque, com aqueles trabucos, cada bala devia ser do tamanho de um sapato.

      Excluir
  82. "Ei, que injustiça! Desde que criei o perfil para comentar por aqui uso essa imagem do Cable. rs"


    Puxa... Se vc não tivesse falado eu jamais imaginaria q fosse o "Cable" no seu avatar, rs!

    Tô acostumado a ver ele carregado de metrancas e armamentos (e não em um momento tão "família" q nem esse, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu disse que o Cable tem os seus momentos... rs

      E mesmo nas horas ruins, não chegou nem perto de um Frankencastle, Wolverine Símio ou Clone-Aranha.

      Excluir
  83. "Acho que usaram a mesma lógica aplicada na 4ª edição
    da CHM do Quarteto, dedicada ao Homem-Aranha, Leo."


    Tem razão, VAM... Acho q foi bem por aí mesmo!

    Bem ou mal, teremos uma ed. inteira aproveitando o nome do "Cap. América" (e isso bem próximo à estreia do 3º FILME dele)! Não deixa de ser uma boa sacada comercial!

    Ah, e muito obrigado pelo LINK... Ainda não vi meus mails mas vou ver se aproveito essa oferta: É agora ou nunca, hehe!

    Abs!

    ResponderExcluir
  84. "Será que o "sentimento anti-mexicano" pesou nesse caso, é difícil não fazer essa associação, concorda Léo?"


    Fica difícil mesmo não associarmos o preconceito norte-americano envolvido nessa questão, VAM...

    Não sei se o Sergio Aragonés já passou por isso, mas de repente (quem sabe) o Ladronn possa ter tido problemas de aceitação por ser Mexicano. Eu não duvidaria disso, já q o mais provável candidato à presidência dos EUA nas próximas eleições é extremamente preconceituoso com relação aos mexicanos e parece ter apoio da uma grande maioria - segundo pesquisas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Aragonés é o cara mais carismático do mundo, nunca vi ninguém que o conhecesse pessoalmente que não o adorasse! Isso permite superar muitas barreiras...

      Mas repare que ele passou muitas dificuldades nos EUA até conseguir o trampo na Mad (onde o Gaines não ligava para raças ou nacionalidades). Para não ter de dormir na rua, a tática dele era seduzir uma garota por noite! ;-)

      (Ele fez MUITAS HQs autobiográficas e eu compro todas que encontro, por isso eu sei essas coisas.)

      Excluir
  85. "Até porque, com aqueles trabucos, cada bala devia ser do tamanho de um sapato."


    Armas e até balas fálicas... Dizem os psicólogos q armas e carros velozes são pros homens uma compensação pra falta de certos atributos sexuais, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  86. "E mesmo nas horas ruins, não chegou nem perto de um Frankencastle, Wolverine Símio ou Clone-Aranha."


    Mas chegou perto de um mico do tipo: "Tonyho Stark", hehe (lembra dessa? Stark vira molequinho)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô, Tonynho é MUITO pior do que esses outros!

      Excluir
    2. Tonynho Stark e aquela Vespa bizarra foram as únicas coisas que vieram de bom com a fase Heróis Renascem, foram refeitos no universo Marvel/Artista de Image e ignorados na volta ao universo normal...
      Cesar Leal

      Excluir
    3. Sei não... não subestimem o poderio trash do Cable, rs...

      http://i6.photobucket.com/albums/y203/silvernatchios/FF_003b.jpg~original

      Excluir
  87. "Incidentalmente, aqui a nota de lançamento do álbum Rio 2016: http://factoriadelcomic.blogspot.pt/2016/03/novedades-b-abril.html"


    Valeu mesmo, Hunter... Sensacionais essas capas, hein? (todas, inclusive umas q aparecem abaixo dessa principal no LINK)!

    E sobre o detalhe da "Burrolândia"... Difícil não vestirmos a carapuça aqui no Brasil, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ibáñez ainda é muito bom! As capas ele desenha sozinho, os álbuns têm a ajuda de pilhas de assistentes.

      Excluir
  88. "Bem, esse material saiu todo no Brasil. Eu tenho..."


    Esse eu perdi mesmo, Hunter... pesquisei agora e vi q saiu na mensal do "Cap. América" (por volta do nº 99)!

    O q aconteceu aí foi q eu pulei tudo isso e fui direto pra ed. nº 100 (q ironicamente não trazia nenhuma história do capitão,, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  89. "Estranho é que é um material que foge da coleção de super vilões unidos"


    Oi, Cesar... blz?

    Essa ed. de "Vilões Unidos" meio q repete o padrão da "CHM do 4F" Vol. 4 (dedicada à crossovers do "Tocha X Aranha")!

    Ou seja: Destoa um pouco do resto da coleção... (Acho q o Vol. 4 de "vilões" caberia melhor numa "CHM do Cap. América", né)?

    Abs!

    ResponderExcluir
  90. "Se ja aproveitaram uma ideia sua para o Lendas do Homem de Aço acho bem provavel a Panini usar esse "Mais" em alguma edição futura."


    Cuidado com aquilo q vc deseja ou sugere, gustavo...

    Vem mais uma saraivada de "ERROS de Revisão" numa das próximas postagens do blog!

    Abs!

    ResponderExcluir
  91. "Eu comprei esse anual do Thor só por conta dessa história! Para mim é a melhor HQ do Thanos não Starliniana!"


    Essa HQ do "Thor" é visualmente deslumbrante... Pena nunca ter saído aqui (tanto a Abril qto a Panini poderiam ter feito: já q foi exatamente durante a passagem da Marvel de uma editora pra outra)!

    Essa saga do Jurgens com: "Thor X Thanos" foi mto boa mesmo... Fiquei com parte dela nas Premiuns da Abril e o resto em "Marvel 2002" da Panini! Pra mim (particularmente falando) teria sido um épico na cronologia de ambos os personagens (Thor e Thanos) "SE" não tivessem inventado depois q esse "Thanos" q o Thor enfrentou era um clone (ou algo assim)! E esse negócio de "CLONE" já tinha traumatizado demais os leitores, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  92. "Para não ter de dormir na rua, a tática dele era seduzir uma garota por noite! ;-)"


    Aragonés malandrão então, hein? Mas isso é pra quem pode (haja lábia e carisma, rs)!

    E realmente, a simpatia pode quebrar barreiras nesse sentido... Não sei como é o Ladronn socialmente, mas de repente ele pode ter tido mais dificuldades de se "enturmar" no esquema!

    Abs!

    ResponderExcluir
  93. "Pô, Tonynho é MUITO pior do que esses outros!"


    Fizeram MUITO bem tbm em ter pulado isso no Brasil, rs...

    Apesar de q um camarada meu falou q o "Tonynho" teria uma aparição oficial nos gibis brasileiros: Não sei dizer onde foi, mas ele teria aparecido de coadjuvante numa história ou saga da época (q graças a deus eu não tenho)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele com certeza apareceu no Massacre. Ele era o Homem de Ferro "titular" da época...

      Excluir
  94. "Tonynho Stark e aquela Vespa bizarra foram as únicas coisas que vieram de bom com a fase Heróis Renascem"


    Oi, Cesar... blz?

    Pra quem não lembra da "Vespa" q estamos falando... Segue abaixo uma imagem dessa obra-prima da 9º arte:

    http://2.bp.blogspot.com/-Rl47X_L2yk8/TcBcXx62xsI/AAAAAAAAAMU/-P8LwxD5x8Q/s1600/Avengers394_01.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
  95. "Sei não... não subestimem o poderio trash do Cable, rs..."


    E aí, doggma... blz?

    Nossa, tem arma e munição pracarai aí, hein? Haja coluna pra carregar tudo isso, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  96. "Ibáñez ainda é muito bom! As capas ele desenha sozinho, os álbuns têm a ajuda de pilhas de assistentes."


    Oi, Hunter... É mto difícil mesmo um artista manter seu traço perfeito depois de tanto tempo na ativa, né?

    A maioria dos casos q a gente vê por aí, é perceptível uma queda de qualidade na arte. Assim, é de tirar o chapéu pra aqueles q conseguem se manter tão bons ou até melhores do q em início de carreira!

    Eu, por exemplo, não sou artista... Mas no mês passado tive q ir ao banco refazer minha assinatura depois de 2 cheques q passei terem voltado. É q minha assinatura mudou e ficou irreconhecível após 20 anos de conta nesse banco, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  97. "Ele com certeza apareceu no Massacre. Ele era o Homem de Ferro "titular" da época..."


    Ah, bom... Pode ter sido isso então:

    Ainda mais q o comentário desse amigo meu foi recente: Sinal de q provavelmente ele estivesse se referindo à saga "Massacre" q foi republicada faz pouco pela Panini. Li na época uma parte disso, mas passei longe desta vez, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época a abril não publicou as histórias dos Vingadores e solo do HF e simplesmente omitiu o fato dele ser o Tony "nescau" Stark, coisa que a Panini não fez com o encadernado recente.
      Cesar Leal

      Excluir
    2. No fundo a Abril sabia das coisas, hehe...

      Hj em dia a gente vê q pelo menos uma boa parte das coisas q eles pularam nessa época, eram coisas pra serem esquecidas mesmo! Ainda assim, a internet no final dos anos 90 (ainda em seus primórdios) acabou viralizando o "tonynho" (já uma piada-pronta logo q comecei a participar de fóruns e coisas do tipo, rs)!

      Abs!

      Excluir
  98. Putz! Apareceu mesmo. Mas na correria da saga, nem me incomodou muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No final explodem com a merda toda mesmo, hehe!

      Abs!

      Excluir
  99. "Chegando atrasado na conversa. As histórias curtas são muito fracas, não vale a pena publicar. A melhor fase foi o período que a Cedibra publicou. Depois o nível caiu. E continua caindo."


    Oi, Carlos... Tdo bem?

    Nunca é tarde pra retomar esse assunto sobre a situação do "Mortadelo", rs!

    Realmente, não conheço mto do material q veio depois da Cedibra (cheguei a ter uns álbuns deles na época): Mas como foram mais de 200 ed. lá fora, imagino q deva ter bastante material bom pra ser publicado ou republicado por aqui! Já o q for de mediano pra baixo, nem vale a pena publicar mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...