03/07/2015

As Relíquias do "Colecionador Fantasma" (Parte 4): O "Superman" Encontra... JFK!!!

De volta ao garimpo dos tesouros quadrinísticos de tempos idos.... Nesta 4º Parte das "Relíquias do Colecionador Fantasma" (série de 10 matérias que serão publicadas ao longo do ano)!!!

Desta vez, além de relembrarmos mais alguns clássicos publicados no Brasil há mais de meio-século atrás.... Também teremos dicas de manutenção e conservação de HQs (do próprio "colecionador")!!!

Confira abaixo.... E embarque neste "Túnel do Tempo":

O "Colecionador" mantém suas revistas incrivelmente bem conservadas.... Todas as imagens postadas aqui nesta série de matérias foram escaneadas pelo próprio (diretamente de sua coleção pessoal). São revistas (na maioria) com mais de 50, 60, ou 70 anos de existência e pela nitidez das imagens, percebe-se o quanto sobreviveram bem às ações do tempo. Diante disso, perguntei à ele quais os segredos pra boa manutenção desses gibis e ele me respondeu o seguinte:

"Desde pequeno as mais antigas foram as que herdei: Globo Juvenil, Gibi Mensal, etc, ficavam em caixas longe da luz, poeira, banheiros e mãos sujas. Meus avós me ensinaram a fazer trouxinhas com grãos de arroz para evitar umidade (trocava toda semana) e outra trouxinha (essas eles faziam e traziam) com algumas folhas picadas pra espantar bichos. Deu certo. Hoje não me esquento tanto, uso inseticidas, desumidificadores e sachês. Resolve também. Já embalei uma a uma, e trocava os plásticos, minha esposa curtia comigo, mas atingiu um nível que assustou ela (acho que as mulheres têm baixa tolerância à revistas em excesso). Hoje...rsrsrs, só se meus filhos toparem me ajudar. Se tiver que empilhar sempre alterno as lombadas colocando uma de cabeça pra baixo, tipo uma virada pro norte outra pro sul, mas todas sempre com capa para cima."

Em suma: Trabalhoso é (e sempre vai ser).... Manter uma coleção bem conservada e longe das ações climáticas (luz, umidade) e insetos indesejáveis (traças, cupins). Tem que ter muita paciência e dedicação nesse hobby de colecionar gibis (pelo menos pra quem almejar uma maior longevidade de sua coleção). Uma das primeiras matérias aqui do "Submundo" foi justamente sobre conservação e armazenamento de HQs (e serve de complemento pra essas dicas do "colecionador"): Pra quem perdeu e quiser conferir.... Basta clicar neste: "LINK"!!!

Sobre as edições vistas nesta postagem.... O destaque fica pro: "Almanaque de Superman - 1965", com o inusitado encontro entre "Superman" e o presidente John Kennedy. Inusitado, no caso, porque a história foi produzida antes do assassinato do presidente: Mas publicada apenas no ano seguinte (em respeito à memória de JFK e também pra não parecer oportunismo - embora 1 ano depois o mundo e os EUA ainda estivessem em choque pelos acontecimentos registrados ao vivo (e que até hoje geram dúvidas e teorias conspiratórias na mídia). Seja como for, uma edição valiosa e histórica pra se ter na coleção!!!

"Brick Bradford".... Foi um herói criado nos anos 30 em HQs que mesclavam aventura e ficção científica (ele chegou a ter uma série pro cinema em 1947). As 2 capas em que ele aparece acima são de gibis publicados aqui em 1958 e 1966. Na 1º, aparece o personagem "Paul Bunyan" (uma lenda do folclore norte-americano: Um lenhador gigante que também teve uma versão pra Disney - publicada pela Editora Abril no "Almanaque Disney" Nº 1). A 2º capa eu selecionei em homenagem ao "Homem-Formiga" (pra entrar no hype do filme, rs)!!!

E as demais.... "Almanaque Infantil - 1964" (trazia um mix bem variado com: "Recruta Zero", "Pafúncio", "Ferdinando", "Reizinho", etc); "Batman" (de 1965 - com propaganda de creme dental na capa); "Superboy" (1966); "Flash" (1968); "Sobrinhos do Capitão" (1964); "Brucutú" (1971); e "Shazam" (de 1950 - Trazendo o "Cavaleiro Negro" na capa). Até a próxima, pessoal: O "Colecionador Fantasma" voltará em breve com os mistérios de "Bruno Miller" (um cara que se veste de morcego pra proteger sua cidade: "Riacho Doce", rs)!!!

Até+

PS: E a seguir aqui no "Submundo".... Mais um "Papo de Gibi" (coluna recheada de novidades e assuntos diversos sobre quadrinhos - tem tanta coisa que ela pode até ser dividida em 2 partes) e uma matéria especialíssima sobre o "Batman de NEAL ADAMS" (com capas e conteúdo das edições)!!! 

47 comentários:

  1. Fala, Léo!
    Mais uma pequena amostra do incrível acervo do Colecionador!
    Para quem achou estranho a capa do Aranha com o Obama (há poucos anos), temos aí um encontro inusitado do Super com o Kennedy!
    (por isso o Miller sempre tratou o Super como um "agente" do governo americano!).
    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não era difícil heróis se encontrarem com presidentes reais como Kennedy (Leo mostrou o encontro dele com Supermoça), Johson, Nixon... mas os mais visitados foram disparado Hitler e Hiroíto (para infortúnio deles que acabavam apanhando), mas se não me engano esqueceram Fidel nessas “visitas”.

      Excluir
  2. Acho essa capa do Batman 43 uma das mais bonitas, gostaria que a Panini colocasse num especial desses, mas como revista o Almanaque Infantil está entre as revistas que mais gosto, muito boa para relaxar de um dia cansativo.

    ResponderExcluir
  3. Cara, como ele conseguiu né conservar essas preciosidades ?

    ResponderExcluir
  4. Brick Bradford antecedeu Elektron e o Homem-Formiga (Viagem ao Interior de uma Moeda, EBAL) que por sua vez foi antecedido por H G Wells. Mas os 3 personagens são o aproveitamento de uma boa ideia, sem se tratar de simples imitação. Taí essa capa vai mesmo chamar atenção por causa do filma. Sobrinhos do Capitão é o terror dos politicamente corretos, cada página um desatino para os dias de hoje.

    ResponderExcluir
  5. Fala Leo,

    Parece que Sobrinhos do Capitão é uma HQ bem divertida,toda capa tem esses moleques aprontando hehe

    E boas dicas pra conservar as HQs, a preocupação de ter a coleção devorada por traças é uma constante,por isso sempre limpo o local ( uso armário fechado ) e troco o saco plástico qd tem algum furo ou ameaça a grudar na edição,já guardei dentro de caixas mas dificulta o manejo com as revistas.Sei que recomenda-se não colocar saco plástico nos encadernados de capa dura mas não confio msm hehe,pra mim tem que ser tudo embalado.

    Gostaria de saber se o uso de naftalina no armário fechado pode danificar as revistas msm elas estando nos sacos?Atualmente não uso mas já usei e tenho essa dúvida.

    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema da naftalina é o cheiro, se as revistas estiverem em sacos PP não tem chance do cheiro pegar, nem as traças. Mas acredite se quiser as tais trouxinhas que minha vó fazia em paninhos furadinhos, parecia perfex (não tinha isso na época) com várias folhas picadas adiantava mesmo não batia traça, barata, formiga, nada, e olha que ficavam em caixas de papelão na área de serviço SEM PLÁSTICO, hoje tão fácil de conseguir. O plástico dispensa o uso de naftalina, mas se quiser as ervas são opção melhor que naftalina que espantam traças mas também podem espantar esposas, namoradas...

      Excluir
    2. E aí Colecionador,blz ?

      Cara valeu msm pelos esclarecimentos, vc tem propriedade no assunto rs e realmente o cheiro da naftalina é bem ruim, por isso parei de usar,vou procurar esses sachês com ervas que vc falou, tenho apenas um formatinho que as traças fizeram uns furinhos mas isso faz anos ,de lá pra cá minha coleção aumentou e meus cuidados tb.

      Até mais!

      Excluir
  6. "Para quem achou estranho a capa do Aranha com o Obama (há poucos anos), temos aí um encontro inusitado do Super com o Kennedy!"


    E aí, Victor.... blz?

    É interessante qdo os gibis utilizam os presidentes da vida real nas HQs.... Vale lembrar tbm q o Bill Clinton foi quem expulsou o "Cap. América" dos EUA (na saga: "Homem Sem Pátria") e q o próprio Nixon era o vilão do "Império Secreto" (num clássico do "capitão" q estará na extensão da Salvat)!

    George Bush tbm foi assassinado na série: "Black Summer" (inédita no Brasil).... Uma boa HQ de Warren Ellis!

    Abs!

    ResponderExcluir
  7. "mas se não me engano esqueceram Fidel nessas “visitas"


    É mesmo.... Não lembro de ter visto o Fidel em algum gibi:

    No máximo uns genéricos parecidos com ele durante os anos 60 da Marvel (qdo o Stan Lee tinha aversão à comunistas e sempre dava um jeito de os colocar como vilões em gibis do "Homem de Ferro" e "Thor" (principalmente)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vamos nos esquecer da participação do Aiatolá Khomeini durante a saga da morte do Robin Jason Todd. A presença dele foi de meter medo até no Coringa.

      Excluir
  8. "o Almanaque Infantil está entre as revistas que mais gosto, muito boa para relaxar de um dia cansativo."


    Imagino q seja mesmo.... Só pela capa a gente já saca q o MIX dessa revista tá bem variado e com um elenco de 1º (na época todos esses personagens eram mto populares nas tiras de jornal - cheguei a vivenciar esse período e foi aí q virei fanzaço do "Zero")!

    E essa capa do "Batman" é icônica mesmo.... Embora as minhas favoritas desta fornada de capas sejam a do "Almanaque Infantil" (gosto dessas com vários personagens juntos) e as 2 do "Brick Bradford" (mto bem feitas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "Cara, como ele conseguiu né conservar essas preciosidades ?"


    Oi, Marcelo.... Não deve ser fácil mesmo:

    Eu tenho uma trabalheira danada pra conservar as minhas tbm e qto maior a coleção: Mais complicado fica pra tomar os devidos cuidados. De tempos em tempos eu tenho q tirar TODAS as minhas revistas (cerca de 3.000) dos sacos plásticos pra não mofarem (é literalmente um "saco" fazer isso - com o perdão do trocadilho infame, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. "Sobrinhos do Capitão é o terror dos politicamente corretos, cada página um desatino para os dias de hoje."


    Hahaha: É por isso q eu sou fanzaço dessa molecada.... Eram os "Skrotinhos" daquela época, rs!

    Pena q foi a Ópera Graphica a ter lançado um álbum de luxo dos "sobrinhos" há um tempo atrás (devido aos preços extorsivos e impraticáveis dessa editora fora da realidade, acabei deixando passar excelentes materiais). E qto ao "Brick", essa capa q eu citei tá bem no clima do "Homem-Formiga" mesmo, hein? (filme q deve bombar, por sinal)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "Parece que Sobrinhos do Capitão é uma HQ bem divertida,toda capa tem esses moleques aprontando hehe"


    E aí, Bruno.... blz?

    Essa molecada era fogo mesmo.... Eles pegavam mto pesado qdo resolviam sacanear alguém (não é a toa q tavam sempre sendo brutalmente espancados tbm, rs)!

    Sobre as dicas.... Mto cuidado com armários fechados (sem ventilação, aumentam os riscos de mofo na coleção). Mas tbm acabo ensacando tudo (encadernados, formatinhos, etc) pra proteger bem as revistas desses bichos malditos (traças e cupins). Qto à naftalina, eu não uso (não gosto do cheiro) mas o "colecionador" te respondeu melhor nesse caso (ele entende bem mais do q eu do assunto, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  12. Gustavo Maycá04/07/2015 01:46

    Leo, recentemente terminei de ler o Kick Ass 3 fechando a trilogia, digamos assim. Agora estou pensando em adquirir a minissérie Hit Girl que é preludio para o Kick Ass 2. Só que li algumas resenhas dizendo que ela não era muito boa, meio feita a toque de caixa e tals mas também vi resenha dizendo ser boa. Fico neste dilema entre comprar ou não pois meu espirito colecionístico me faz ficar com a sensação de que algo está faltando. Já leu esta Kick Ass? conhece essa mini da Hit Girl?

    Abração

    ResponderExcluir
  13. Oi Leo!

    Quando vejo estas postagens sobre a magnífica coleção do Colecionador Fantasma, eu fico com um pensamento na cabeça: Será que vale a pena se livrar de revistas antigas depois de você adquirir tais histórias ou publicações em outro formato ou encadernadas?

    Geralmente este é o meu pensamento quando adquiro um encadernado de alguma história que eu já tenho, mas eu tenho de certa forma um apego sentimental muito grande com minhas revistas, cada uma que compro é um momento de minha vida, um fragmento de minha existência.

    Com a coleção da Salvat eu adquri encadernados A Última Caçada de Kraven e A Queda de Murdock, mas, jamais trocaria ou venderia os publicados pela Abril que possuo, por me lembrarem da minha época de colegial quando os adquiri. ainda há o vindouro Homem Sem Medo da Coleção Vermelha, que embora eu possua a mini-série original jamais me desfazeria dela, pois, na época que a comprei eu estava na minha segunda namorada há mais de 20 anos atrás.

    Sei que dá trabalho, geralmente quando tiro um tempo para arrumar levo umas duas horas limpando e colocando naftalina (sim eu uso!).

    Meu objetivo é formar uma biblioteca particular com minhas HQs, e livros.

    Embora eu ainda não tenha filhos não espero que tendo, eles puxem meus hábitos; filhos nunca puxam seus pais, eles pertencem a uma outra geração, com hábitos e costumes diferentes, isso sem mencionar as influências da mãe e da avó geralmente materna que reprova os hábitos do pai.

    Meu pai gostava muito de futebol, eu em compensação detesto! Sempre gostei de artes marciais, tanto que pratico duas (Kung Fu e Jiu Jitsu), a primeira há mais de 25 anos e a segunda há poucos meses. Meu pai era contador e adorava números e eu sempre fui mal de matemática, tanto que sou advogado!

    Se no Brasil tivéssemos um mercado de HQs como os EUA onde sai determinada saga ou HQ e poucos meses depois sai o encadernado da mesma, poderíamos nos programar melhor, inclusive em espaço; porque para caras como eu se livrar de uma HQ é um martírio!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “mas eu tenho de certa forma um apego sentimental muito grande com minhas revistas”.
      Elcio há algum tempo quando desfiz de boa parte da coleção, cismei com algumas e resolvi não vender. Na época não fez muita diferença, mas hoje fico muito feliz por estarem aqui, justo por causa do que representam. Dá um novo sabor às histórias, e reavivam lembranças.
      Com a passagem dos anos alguns valores acabam mudando um pouco, e é aí que se acaba correndo atrás das mesmas revistas.

      Excluir
  14. "Já leu esta Kick Ass? conhece essa mini da Hit Girl?"


    E aí, Gustavo.... blz?

    Eu já fiz um "Review" da "Hit-Girl" neste LINK: http://submundo-hq.blogspot.com.br/2013/08/review-tropa-dos-lanternas-verdes.html

    Acabei pulando essa ed. pois mesmo sendo "boa" não faz tanta falta (fiquei só com o 3 encadernados principais mesmo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo Maycá04/07/2015 11:03

      Blz Léo, valeu pela dica, acho q vou pular essa tbm. São tantas coisas boas pra comprar q eh preciso dar uma filtrada as vezes. Grande abraço

      Excluir
  15. "Será que vale a pena se livrar de revistas antigas depois de você adquirir tais histórias ou publicações em outro formato ou encadernadas?"


    Oi, Elcio.... Tdo bem?

    Boa pergunta essa.... Te confesso q tenho seguido esse critério de não manter nada repetido na coleção, e a cada encadernado q eu compro com histórias clássicas: Acabo me livrando das versões anteriores q eu tinha. PORÉM, tem acontecido seguido de eu me arrepender desse procedimento:

    Por exemplo: qdo comprei as 4 "Bibliotecas" do Aranha.... Vendi imediatamente todas as minhas ed. da Bloch (com a fase do Ditko). Só q às vezes bate aquele arrependimento qdo a gente sente falta de rever esses gibis antigos, q a cada folheada nos trazem lembranças da infância (até de relembrar os anúncios publicitários da época e a diagramação das capas e conteúdo). Definitivamente NÃO é a mesma coisa relermos essas histórias em formatos diferentes décadas depois. O saudosismo tá mesmo é no material q a gente lia na época!!!

    Mas aí entra tbm (no meu caso ao menos) outro fator nessa equação: A falta de espaço em casa.... Eu realmente não tenho lugar na estante pra tantos gibis (no ritmo em q ando colecionando) e isso torna inevitável ter q me desfazer de alguns deles de tempos em tempos. É complicado mesmo, pois se livrar de um gibi q marcou nossa infância é quase como rasgar fotos antigas de família (estamos cortando um laço com o nosso passado q não terá mais volta - a não ser q encontremos de novo essas ed. antigas em algum sebo)!

    Sobre influências dos pais.... Eu não cheguei a conhecer meu pai em vida (digo, ele morreu qdo eu tinha 1 ano e pouco de idade) mas soube q ele não curtia mto gibis, rs. Eu acabei pegando esse hábito pq nos anos 70 os gibis eram um lazer barato e minha mãe me comprava vários gibis (q saiam mais em conta do q gastar em brinquedos, hehe). Eu acabei curtindo e gostava até mais de gibis do q de brinquedos em geral!

    E vc tem razão.... Por mais HQs q tenhamos publicadas no mercado nacional, ainda estamos longe do padrão americano: Onde TUDO q sai com grampo a gente tem certeza q vai sair encadernado depois (tanto em capa-cartão qto capa-dura). Se eu morasse lá e formasse uma coleção da estaca zero, sem dúvida q eu iria optar pelos TPs (cartão)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “no ritmo em q ando colecionando”
      Eu venho de um tempo em que colecionar era desfrutar hoje parece que é apenas ter, acho que essa mudança, que é uma desvantagem gigantesca vem por conta (incapacidade e despreparo? Não vou julgar) das editoras que nos levam a comprar edições antes que desapareçam e acabaram descobrindo nisso um filão. Pessoas comprando seu produto no escuro prá não perder a chance. Antes colecionar gibis lembrava deitar na rede, hoje tá mais pra corrida dos 100 metros rasos (rsrsrs), pendurar o troféu e entrar na próxima. Com licença, vou dar uma esticada pra ver se a Flecha do Tempo valeu a pena.

      Excluir
    2. Renato França.05/07/2015 16:54

      ´´Eu não cheguei a conhecer meu pai em vida (digo, ele morreu qdo eu tinha 1 ano e pouco de idade) mas soube q ele não curtia mto gibis, rs´´.

      Léo não faz eu chorar. Meu pai ainda tá vivo,mas durante quase dez anos,eu morei em Brasilia com minha mãe e meus avós(Ambos já mortos),e ele vivia aqui no Rio de Janeiro.Festa de dia dos pais no colégio era um castigo pra mim. Eu sei que isso é um blog sobre quadrinhos, e não sobre psicanalise.Desculpe.

      Excluir
  16. Sensacionais as relíquias do colecionador fantasma que nos deixam babando a cada nova postagem. Estamos ávidos por mais! Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. blz leo?

    para conservar as HQs contra insetos uso semente de pimenta do reino em saquinhos, funciona bem e é bem bato.
    nunca coloquei uma revista se quer em embalagem plastica, da muito trabalho.

    abraço

    ResponderExcluir
  18. "Com a passagem dos anos alguns valores acabam mudando um pouco, e é aí que se acaba correndo atrás das mesmas revistas. "


    Tens razão, "colecionador"....

    Eu já notei q qto mais velhos ficamos (principalmente depois dos 40).... Nossos valores e critérios pra gibis acabam mudando: Buscamos (até de forma inconsciente) uma seleção mais apurada pra atender nosso gosto pra HQs!!!

    Coisas q até achávamos "legais" há 10 ou 20 anos atrás.... Hj nos parecem descartáveis. A gente passa a valorizar cada vez mais a nossa memória afetiva com os gibis q realmente nos proporcionavam boas leituras e lembranças da infância (e principalmente: os gibis q colaboravam pra nossa própria formação)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Blz Léo, valeu pela dica, acho q vou pular essa tbm. São tantas coisas boas pra comprar q eh preciso dar uma filtrada as vezes."


    É isso aí, Gustavo....

    Sou fanzaço da "Hit-Girl".... Mas esse especial dela foi um daqueles gibis "caça-níquel" (pra pegar o embalo do filme). É "BOM": tem bastante ação, violência, etc. Só q não acrescenta nada de novo ou relevante pra trama central (diverte mas pode ser perfeitamente dispensado)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. "Eu venho de um tempo em que colecionar era desfrutar hoje parece que é apenas ter"


    "Colecionador".... Acho q vc tá desenvolvendo poderes telepáticos, rs:

    O seu comentário é exatamente a base de uma matéria q eu tô elaborando, chamada: "Nerd Ostentação", rs.... Será um post abordando esse modo desatinado de se colecionar gibis hj em dia: com leitores q recorrem à especuladores (scalpers) pagando preços abusivos e irreais pela necessidade de ter um gibi na estante. O q me inspirou pra escrever esse texto tem sido as fotos de coleções de miniaturas em grupos do face: No começo era legal a gente compartilhar as fotos das nossas coleções até pra q outros colecionadores tivessem uma ideia da qualidade e visual das peças.... Mas até isso acabou se tornando uma "competição" pra ver quem tem MAIS "bala na agulha"!!!

    Enfim, é o sinal dos tempos.... TER um gibi ou qq outro item colecionável parece gerar mais prazer pela ostentação da posse do q pelo prazer da leitura ou do colecionismo em si!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Eu sei que isso é um blog sobre quadrinhos, e não sobre psicanalise.Desculpe."


    Oi, Renato.... blz?

    Tranquilo, o blog pode ser sobre quadrinhos sim, mas às vezes a gente se deixa levar por outros assuntos no meio da conversa (normal)....

    Nem todo mundo cresce na presença constante dos pais (q podem estar separados ou falecidos).... No meu caso, nunca cheguei a sentir falta do meu pai (por não tê-lo conhecido em vida) mas era chato tbm no colégio qdo rolavam essas reuniões e apenas a minha mãe tinha q comparecer. Faz parte da vida, é assim mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "Sensacionais as relíquias do colecionador fantasma que nos deixam babando a cada nova postagem. Estamos ávidos por mais!"


    Valeu mesmo, Golden Age.....

    E pode ficar tranquilo q terá MAIS sim, mto mais: Além dessa coluna das "relíquias", em breve estarei postando aqui as FOTOS da coleção toda do "colecionador" (ele me mandou as fotos de suas estantes e itens mais raros - são impressionantes mesmo pela conservação e cuidados q ele tem com suas revistas)!

    Acho q vc vai curtir essas próximas postagens então.... Valeu mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  23. "nunca coloquei uma revista se quer em embalagem plastica, da muito trabalho."


    E aí, gustavo.... blz?

    Boa dica essa sua da pimenta (não sabia dessa, mas anotei - vou experimentar na próxima vez em q tiver de trocar os refis anti-mofo)! Valeu mesmo!

    Qto aos plásticos.... Sim, é trabalhoso tem q ensacar os gibis: E mais trabalhoso ainda ter q tirá-los dos plásticos de tempos em tempos, hehe! Sem falar tbm na dificuldade de se encontrarem plásticos de diversos formatos de gibis!

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. João Ramos05/07/2015 20:18

    Tudo bem Léo?
    Muito show a matéria!
    Por falar em nostalgia, vi em um site q alguns pesquisadores consideram o período entre 1962 e 1994 o auge dos quadrinhos sendo q depois disso o q vale são só histórias fechadas. O q você pensa sobre isso?

    ResponderExcluir
  25. "Por falar em nostalgia, vi em um site q alguns pesquisadores consideram o período entre 1962 e 1994 o auge dos quadrinhos"


    E aí, João Ramos.... blz?

    Eu concordo q o grande auge - em matéria de criatividade - ao menos, foram os anos 60 (ali foi onde se criaram alguns dos principais personagens e conceitos básicos q seriam a base pras histórias q vieram nas décadas seguintes)!

    Mas o melhor período em relação à maturidade e qualidade de histórias, eu diria q foram os anos 80 (especialmente depois de "Watchmen" e "Cavaleiro das Trevas"). As HQs ficaram mais adultas e sombrias (e o desenvolvimento dos personagens ficou mais complexo e com profundidade psicológica). Mas eu encerraria a fase do "AUGE" lá por volta de 1988-89. Tem bastante coisa boa nos anos 90 tbm (sabendo peneirar bem), mas foi uma década em q o declínio criativo e a qualidade geral das HQs (em geral) passou a ser bem mais acentuado!

    Abs!

    ResponderExcluir
  26. Oi Leo!

    Indo para os assuntos nerds, comprei a miniatura do Cyborg, e olha se você pretende pular esta peça passe longe, senão você vai acabar comprando-a porque ela é muito bonita e "invocada", daquelas que chamam muito a atenção na coleção.

    Não sou fã do personagem, mas que a miniatura ficou foda, isso ficou!!

    Você já deve estar sabendo sobre o box das "Femme Fatales de Ghotam" que a Eaglemoss lançou a R$ 199,00. Eu fiquei até tentado pela Batgirl e pela Arlequina, mas, vi que a peça da heroína é a mesma da linha Chess só mudando a base, bem como a Hera Venenosa; só Arlequina é que é diferente.

    http://www.toytards.com/images/DC%20Chess%20Magazine%20Batgirl%20White%20Knight.jpg

    Melhor esperar pela Linha Chess mesmo, para não ter peça repetida na coleção!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  27. Sobre isso de ensacar as revistas, qual o "nome" do plastico q vcs usam ? E dá pra ensacar vários numeros ou é bom ser de-um-em-um ? E pq não é recomendado deixar o plastico em ediçoes com capa dura ?
    (Desculpa por fazer tantas perguntas rs) - Matheus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode colocar mais de um sim, mas sem atingir o limite da capacidade e alternado as lombadas. No capa dura, muitos dizem que afeta a impressão da capa, geralmente com dourado e tal, e pode ser mas fazer o que, no meu caso procuro manter em pé, se tiver que guardar deitado tente manter com pouco peso por cima, até pra poder vigiar melhor. Em tempo, comigo nunca aconteceu, mas...

      Excluir
    2. Colecionador, comigo já aconteceu. Guardei edições de capa dura (conteúdo em papel couché) em local seco, arejado e longe da luz, porém deitadas uma por cima da outra por um período de cerca de 1 ano. Foi como passar cola nas páginas. Um de$a$tre total...

      Excluir
  28. "Melhor esperar pela Linha Chess mesmo, para não ter peça repetida na coleção!"


    Oi, Elcio.... Tdo bem?

    Sim, eu tô sabendo desse box com as 3 gatas de Gotham.... Mas achei o preço mto abusivo (200 reais por 3 peças de resina). Vou esperar a coleção do xadrez mesmo, já q as peças q mais me interessam estarão lá tbm (só q em escala menor). É o mesmo caso do "Duas-Caras" q saiu no box de 75 anos do batman: A peça é igual à do xadrez (e no xadrez será bem mais em conta)!

    A "Batgirl" ficou lindíssima nesse novo box.... Mas vou esperar ela sair futuramente no xadrez (q já tem várias peças q eu quero). A "Arlequina" do xadrez eu não lembro direito da pose (mas lembro q gostei e anotei na lista, rs)!

    Já o "Cyborg".... Bem, esse eu já achei legal pra caramba nas fotos mesmo: Acho q ao vivo acabarei comprando tbm, rs. Só q não tá na minha reserva na Cultura, pois quero ver ao vivo 1º (e tenho certeza q vão botar alguns expostos na loja - eu tenho reservado só as peças mais procuradas de personagens de maior apelo comercial, as demais eu sei q sobram e posso escolher na hora as q estiverem com melhor pintura)!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  29. "Sobre isso de ensacar as revistas, qual o "nome" do plastico q vcs usam ?"


    E aí, Matheus.... blz?

    Não tem "nome" pra esses plásticos.... Eu compro eles num mercado público numa banca q vende plásticos em geral (escolho os q forem transparentes e na medida q preciso pra formato americano e formatinho). Essas bancas costumam ter tbm artigos pra festas infantis (enfeites, chapeuzinhos, essas coisas)!

    E sim, eu costumo ensacar até 3 encadernados juntos (se forem finos e capa-cartão - tipos as "CHM" cabem uns 3 na medida de plástico q eu uso). Mas ed. mais encorpadas em capa-dura só cabem 1 por vez (não sei te dizer pq não recomendam plástico nas ed. capa-dura: Tbm fiquei com essa dúvida, pois ensaco TODAS as minhas revistas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm sou de POA, vc sabe o nome do lugar ?

      Excluir
  30. "No capa dura, muitos dizem que afeta a impressão da capa, geralmente com dourado e tal,"


    Opa.... Valeu mesmo, Colecionador:

    Ainda não aconteceu algo assim comigo, mas faz sentido: De repente, com o tempo e a pressão de outros gibis na estante, a tinta desses "efeitos" pode acabar "colando" no plástico. Vou me ligar mais nisso daqui pra frente!

    Abs!

    ResponderExcluir
  31. "Eu tbm sou de POA, vc sabe o nome do lugar ?"


    E aí, Matheus.... blz?

    Ah, é barbada então.... Tem 2 lojas q vendem esses plásticos e elas ficam quase uma ao lado da outra no "Mercado Público" (na parte externa de frente pra estação dos ônibus). O nome da loja q eu compro é "Camel", mas ao lado dela tem outra mto boa tbm q começa com a letra "G" (esqueci o resto): As 2 vendem sacos plásticos, sacolas de vários tipos, e artigos pra festas infantis. Em qq uma das 2, procure por plásticos da marca: "MB EMBALAGENS" (aí é só escolher o formato, blz)?

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. Na fantástica obra "Superman: Red Son" (Entre a Foice e o Martelo, no Brasil) além do presidente Kennedy, aparecem Stálin e outros personagens políticos reais da URSS e dos EUA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí.... blz?

      Foi bom vc ter mencionado essa HQ: "Entre a Foice e o Martelo".... Pois ela será um dos próximos relançamentos da Panini (perdi na 1º vez q saiu, mas desta vez não me escapa, rs)!

      Abs!

      Excluir
  33. "Não vamos nos esquecer da participação do Aiatolá Khomeini durante a saga da morte do Robin Jason Todd."


    Opa... Valeu mesmo, doggma:

    Boa lembrança essa: Eu tinha esquecido pq só li essa história em formatinho (há mtos anos atrás).... Aliás, é uma das ed. q eu gostaria q fossem republicadas, pois perdi qdo saiu encadernada pela Panini!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  34. "Foi como passar cola nas páginas. Um de$a$tre total..."


    Putz, acho q eu infartava se acontecesse isso com as minhas "Bibliotecas", rs... Já perdi um lote de gibis q mofaram na casa onde eu morava antes, mas eram formatinhos da Abril (foi chato pq tinha mta coisa boa q acabou indo pro saco, mas por ser tudo em formatinho: dos males, o menor)!

    Abs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...