17/01/2018

"CONAN - O Bárbaro": As Várias Faces do Cimério em Diferentes Versões...

"Conan - O Bárbaro" AINDA é o assunto principal do momento aqui no "Submundo" (e em outras redes sobre HQs)... A divulgação da volta dos direitos de publicação pra Marvel não foi o suficiente pra mídia, e a imagem de uma NOVA versão de "Conan" pela Glénat (da Europa) completamente diferente do visual canônico (Frazetta/Buscema) levantou a questão:

"Será que os leitores aceitariam bem um CONAN com visual diferenciado e fora dos padrões NORMAIS que conhecemos"? Bem, a resposta à essa pergunta me levou a selecionar outras versões CLÁSSICAS de "Conan" na literatura e quadrinhos pra mostrar que a ideia de um "Conan" diferente não é tão nova assim!

Confira aqui o "CONAN LOIRO" do México (acima) e outras versões bastante incomuns, rs:

A semana passada foi agitada pela notícia de que a Marvel havia recuperado os direitos de publicação do "Conan" (que estavam há anos com a Dark Horse)... Em seguida, surgiu na mídia a 1º imagem da versão europeia da Glénat (3º foto de cima pra baixo: "Le Colosse Noir") que nada tem a ver com a negociação da Marvel, mas que apresenta um "Conan" com visual diferenciado daquele idealizado por Frank Frazetta (em capas de livros dos anos 60) e popularizado nas décadas de 70/80 por John Buscema. A imagem promocional da Glénat gerou polêmica entre os fãs do Cimério e uma certa estranheza pela mudança abrupta de visual (parece que cada Graphic Novel da Glénat será desenhada por um artista diferente e com liberdade pra fazer as mudanças que desejarem)!

Diante da celeuma gerada pela imagem da Glénat... Selecionei pra esta postagem vários outros exemplos de visuais clássicos que o "Conan" já teve ANTES de ser adaptado pela Marvel. São capas e artes tiradas de livros e revistas dos anos 30, 40, e 50 que publicaram os contos originais de Robert Howard: Mas que mostravam um "Conan" que pouco ou nada se parece com a descrição do próprio criador em sua obra. O autor o descrevia como sendo um guerreiro de grande porte físico, pele bronzeada, cheio de cicatrizes de guerra, e cabelos negros/compridos. Porém, as capas de "Weird Tales" (que publicava os contos nos anos 30) retratavam o Cimério com um porte físico comum (pele branca, sem musculatura, e corte de cabelo curto: Parecendo mais um soldado ROMANO)!

A versão que chama mais atenção, contudo, ainda é a do "CONAN LOIRO" da adaptação mexicana pra HQs da "Rainha da Costa Negra" (imagem que abre esta matéria): Em 1952, a revista  "Contos de Abuelito" publicou uma série em quadrinhos baseada no conto de Howard sobre a "Rainha" pirata Bêlit. Só que nessa versão o "Conan" aparece loiro e em papel secundário na trama (que destaca mais a beleza e sensualidade da "Rainha da Costa Negra"): Tudo isso, muitos antes da famosa versão da Marvel! Enfim, as imagens acima mostram diferentes visões artísticas de "Conan": que permearam a imaginação dos leitores até Frank Frazetta estabelecer sua versão mais "bárbara" e "agressiva" nas capas dos livros dos anos 60 (seguida pelas HQs da Marvel no traço de Barry Smith e John Buscema)!

Até+

69 comentários:

  1. Oi Leo!

    Parabéns pela matéria! Absolutamente sensacional estas versões do Conan, jamais soube que existissem, sabia que existiam os contos, mas na minha ignorância nunca pensei que o Cimério pudesse ter tido outro visual do conhecido dele criado pela Marvel há mais de 40 anos!

    Como os contos dele estão por aí há mais de 75 anos, é normal que alguém já tivesse feito a sua versão do Bárbaro ao longo dos tempos!

    O conceito de macho alfa foi mudando através dos tempos, podemos ver que teve ilustrações do conan em que ele era retratado igual aos atores de Tarzã da época como na capa de Weird Tales - The Hour of the Dragon, e outras como o galã da época tido como muito forte para o papel de Sansão Victor Mature (Return of Conan)!

    Algumas parecem retratar atores de filmes das 1001 Noites, populares na época, outro pinturas vitorinas!

    já o Cona loiro eu até não condeno, por ter este conceito de Vikings ou bárbaros serem somente loiros, mas que ficou estranho, ficou!

    O México é especialista em adulterar HQs de personagens tradicionais, parece que do Aranha, especificamente tem até versão erótica, e com a Gwen!

    Parece que mesmo depois de morta nos EUA, eles criaram sua própria cronologia do herói e faziam pérolas como esta!

    Esta Graphic Novel da Glénat, eu achei bem desenhada, mas o Conan ficou parecido com o Wolverine em algumas HQs recentes! Parece que o artista gostou do visual do Jason Momoa no filme de 2011, e resolveu adaptar este visual para o personagem!

    Eu não curti, e acho que a versão definitiva do herói é a de John Buscema e Frank Frazetta, mas como pretendo cofrar somente clássicos do herói, esta versão para mim não existe já que não pretendo comprar esta HQ quando ela sair no Brasil!

    Já estou naquela fase de selecionar somente o que gosto e desconsiderar mentalmente o que sai de novo com ares revolucionários que na verade são pura picaretagem!

    Um exemplo é este negócio da DC trazer o universo de Watchmen para sua cronologia regular de heróis. Para mim Watchmen é um universo auto-contido, o que esta fazendo é usar seus personagens já criados numa outra realidade, ou linha do tempo!

    Ou seja, o que foi feito permanece intocado, o que estão fazendo é outra história independente com os personagens, a mesma coisa eu penso da Versão Max de Esquadrão Supremo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Leo! Não consigo imaginar o Conan com visual ou caracterização diferente da qual a Marvel fez. Conan loiro? Tão inconcebível de imaginam quanto um Hulk amarelo.rs. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
  3. Parece que isso pode ter a ver com o fato da Glénat estar aproveitando que o bárbaro está em domínio público. O Conan do Howard está, mas a versão Frazetta/Buscema não - e a Conan Properties poderia processar quem fizesse uma versão muito próxima da deles por plágio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então por conta disso "Brakan O Bárbaro Vingador" do Mozart Couto também estaria impedido de ser retomado, não?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Não se a Conan Properties não o processar...

      Excluir
    3. Bom mas teoricamente, ela teria o direito não?
      Então é bom não arriscar...

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Não exatamente, porque aí a aparência é semelhante, mas o nome é diferente...

      Excluir
  4. Olá Leo, essa postagem ficou uma barbaridade, companheiro nemédio!

    Bem que falou que as versões antigas do Conan eram por demais dissonantes entre si.

    O mexicano é bizarro, parece um mistura de Hagar com Asterix, mas em todos os outros podemos notar uma forte influência do visual Romano, tanto como Centuriões ou escravos Gladiadores.

    Felizmente depois de todos os eles fomos agraciados com o visual cunhado a ferro e fogo do excepcional Frazetta. É perceptível como que o mesmo influenciou fortemente o consagrado pelo Big John.

    Não sei se você conhece, mas um artista que vem desenvolvendo um estilo bastante similar ao Frazetta é o Gerald Brom.

    Olhe essa duas telas inspiradas na Rainha da Costa Negra:

    http://www.bromart.com/imagesprints/Snake%20Heart.jpg

    http://www.bromart.com/imagesprints/Brom%20Lion%20Head.jpg

    Agora compare com a prévia da capa do próximo álbum da Glénat:

    http://images.universohq.com//2018/01/conan_la-reine-de-la-cote-noire.jpg

    Com certeza, "o look do cimério para a próxima estação" vai continuar dando oque falar.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  5. Quando foi anunciado o retorno de Conan na Marvel eu imediatamente pensei que isso possa ser uma forma da editora explorar novamente o personagem e transportá-lo para o cinema. Mas como atualmente, tanto a editora como estúdio, querem sempre uma fatia maior para gerar lucro, não me surpreenderia se houvesse uma readaptação do personagem para ser mais aceitável para todas as idades.
    Isso logicamente é um pesadelo para qualquer fã de carteirinha, pois o Conan de verdade é brutal, sangrento, explicito e aventureiro de todas as formas e sentidos. Contudo, somente o tempo dirá, mas não me surpreenderia se daqui uns próximos anos o estúdio lançasse uma nova versão de Conan para o cinema e que seja até mesmo interligado com esse universo que eles nos apresentam. Já imagino Conan ao lado de outros heróis? Nada contra, mas ainda prefiro adaptação universal de Conan – O Bárbaro de 1982.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Leo !

    Passando aqui só pra elogiar esse trabalho de pesquisa.
    Desconhecia esse aspecto das outras aparências do Conan, divergentes da descrição que o seu criador concebeu. Apesar de ser algo curioso, ainda prefiro que qualquer adaptação de uma obra original não deixe de seguir certas linhas gerais traçadas pelos idealizadores daquela obra. E no caso da aparência retratada de um personagem, creio que não há muito como fugir da concepção original sem alterar as suas características mais marcantes.

    Tudo isso é curioso, mas fica muito estranho, e parece que fica realmente se tratando de outros personagens, sem praticamente qualquer correspondência com aquele ao qual estamos acostumados.
    Apenas como exemplo, cito que a simples mudança na cor do uniforme do Fantasma já foi o suficiente para que eu rejeitasse as revistas que o traziam com esta aparência.

    Não há como desconsiderar fatores psicológicos profundamente arraigados nessas questões.

    Abs !

    ResponderExcluir
  7. E aí, Leo beleza?

    Bem interessante esse tipo de coisa. Na Europa o Conan do Howard sendo de domínio público mas não o visual dá margem a várias interpretações.

    Mas como alguém perguntou lá fora, "Quantas adaptações de A Torre do Elefante o A Fênix na Espada o mundo precisa?"

    Não duvide se logo saem dois filmes concorrentes sobre a mesma história, como tentaram fazer com o Robin Hood e a Branca de neve. Um com o Conan sendo o Matt Damon e outro com o Conan sendo o Wesley Snipes. Hahaha

    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Beleza, Leo? Boa matéria!

    Impossivel pra mim tirar a imagem do Conan do John Buscema/Alfredo Alcala/Ernie Chan, da mente. É o definitivo.

    Eu sempre achei esses Conan ai das capas acima nada a ver com o personagem, parecem um barbaro qualquer, menos o Conan (o mesmo acho do Arnold no filme do Conan. Foi mal ai quem acha ele perfeito no papel, mas o Conan loiro e branco do México se parece totalmente com o Arnold, e não o Conan real dos livros). Só lembrando que reconheço a importancia do Conan do Arnold, mas ele não é o Conan no filme.

    O Conan que apareceu nos números altos da ESC eu também não curto (começaram a fazer ele muito grande e largo, parecia um tanque de guerra inspirado no estilo de desenhos da Image)

    Até o Conan do Barry Smith eu tive certa dificuldade de aceitar por um bom tempo, pois o acho muito magro. Mas hoje acho que o Conan do Barry é o único que consigo aceitar de diferente.

    Esse Conan novo ai da Glénat parece um barbaro do filme Highlander (nas cenas do passado) e não o Conan real.

    Creio que o Howard ficaria bolado se visse essas capas acima, pois nada se parece com suas descrições nos livros.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas capas da Weird Tales eram da época em que o Howard estava vivo, mas acho que com relação a estas ele não ficaria bolado não. O que ocorre é que elas usavam um modelo padrão para todos seus heróis que se parecia muito com o visual das HQs do Tarzan da época, que era um dos grandes produtos de massa e ficava mais fácil vender revistas cujas capas mantinham o padrão popular...
      Cesar leal

      Excluir
    2. Eu sei que algumas dessas capas sairam quando ele ainda estava vivo.

      Isso de parecer com Tarzan ou outro personagem pulp da época pra vender, era comum nessa época mesmo. Mas creio que se ele visse as que surgiram nas outras decadas (onde imitar não era mais necessario) ele talvez não gostasse, porque não tem nem um pouco a ver com o Conan, seu personagem.

      Excluir
    3. "...ele talvez não gostasse.."

      Vai saber, Camus?

      Penso que se as histórias tivessem lhe rendendo uma boa grana ele não iria ligar não.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  9. Acho que esta interpretação da Glenat será interessante. Não me importo com novas versões...mesmo que estas sejam ruins...as clássicas já tem seu lugar na história e sempre existirão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não me importo, só não vou comprar e a bem da verdade ninguém deveria realmente, é como falou RT, oque foi feito não será desfeito.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  10. Sem contar o herói filipino Voltar criado 7 anos antes pelo Alfredo Alcala e publicado nos anos 70 nos EUA pela Warren.

    ResponderExcluir
  11. Olha, pelas pérolas que a Totalmente Diferente Nova Marvel está apresentando, não duvido nada que o Conan sim... venha numa versão loira, mais light, quem sabe role até relacionamentos digamos.. um tanto suspeitos.... Afff...

    ResponderExcluir
  12. Leo, você sabe se a mythos vai dar continuidade na crônicas do Conan?
    Só lançaram o vol 1.

    ResponderExcluir
  13. leo, você pretende ler os livros dos contos do conan e comparar com as histórias de quadrinhos da marvel ?

    ResponderExcluir
  14. Frazetta salvou o personagem.

    excelente post.

    abs!

    ResponderExcluir
  15. Léo, uma questão off topic aqui. Vc saberia me dizer se alguma editora publicará a hq INDEH - A Story of the Apache Wars, escrita por Ethan Hawke e com a arte sensacional do Greg Huth, o mesmo que desenhou Conan Nascido em Campo de Batalha. Estou quase comprando a edição gringa. A arte do Greg Huth está incrível!!! Um abraço!! William

    ResponderExcluir
  16. Conan será o início da redenção da Marvel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... acho que não! Eles acabam de modificar a origem dos Vingadores.

      Excluir
  17. "O México é especialista em adulterar HQs de personagens tradicionais, parece que do Aranha, especificamente tem até versão erótica, e com a Gwen!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Foi bom vc ter falado na "Gwen Stacy" MEXICANA, hahaha... Pois ela será tema de uma das próximas postagens aqui do "Submundo" (pra galera conhecer melhor): Mas era bem isso aí mesmo: Os gibis mexicanos do "Aranha" exploravam bem a sexualidade da gwen (mostrando a bunda e as coxas de forma sempre maliciosa e exuberante nas capas e pág internas dos gibis): No famoso arco "Pecados Pretéritos" ela tava uma SANTA perto disso, rs!

    Mas voltando ao "Conan"... Vc tem razão ao comparar essas versões clássicas dos livros com o perfil dos ATORES da época: É visível a inspiração no "Tarzan" do ator Johnny Weissmuller (o 1º do cinema sonoro e definitivo pra mtos até hj) e no Victor Mature (o "Stallone" dos anos 50): Eram as referências de "fortões" da época!

    Sobre a nova versão da Glénat... Eu te confesso q tenho mta curiosidade em ver como será, pois fica parecendo aquelas adaptações de HQ pra cinema onde arrumam atores e conceitos visuais q pouco ou nada remetem às versões originais, rs. É claro, q preciso dar uma boa olhada na arte interna qdo o gibi for lançado (já q não é uma coisa tão "baratinha" q o cara pode simplesmente sair comprando "só pra experimentar" ou "matar a curiosidade", hehe)!

    Pra mim, o "CONAN" definitivo tbm sempre será a versão do Buscema... pois foi a q eu conheci e aprendi a admirar desde a infância nos gibis (e vc sabe a força e o poder q tem a nossa memória afetiva, né)? E sendo assim, se a grana tiver curta, vou priorizar as ed. da "ESC" da Salvat mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Conan loiro? Tão inconcebível de imaginam quanto um Hulk amarelo.rs."


    E aí, Roberto... blz?

    A versão da Marvel (especialmente no traço do Buscema) é a visão mais próxima e literal da criação de Robert Howard... E portanto, beira a perfeição em matéria de adaptação do original, rs!

    Qto ao "HULK"... Não duvido q daqui a pouco surja um "amarelo" tbm: Já tem tantas cores de "hulks" qto de "lanternas", hehe! Até um "HULK AZUL" já teve (LINK abaixo):

    https://vignette.wikia.nocookie.net/marveldatabase/images/9/99/Incredible_Hulk_and_Sub-Mariner_Annual_Vol_1_1998.jpg/revision/latest?cb=20081101131521

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Parece que isso pode ter a ver com o fato da Glénat estar aproveitando que o bárbaro está em domínio público. O Conan do Howard está, mas a versão Frazetta/Buscema não"


    Oi, Hunter... Tdo bem?

    Realmente, faz todo o sentido isso... E tbm acho q o mais provável dessas mudanças de visual do "Conan" seja devido à esses fatores (o "domínio público" não é o oba-oba q mtos pensam ser qdo um personagem cai nesse esquema depois de um certo tempo de criação)!

    Mas sabe... Eu achei q o "Conan" da Glénat, tbm seria perfeito pra um "Drácula" (Vlad - O Empalador), rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. "Não sei se você conhece, mas um artista que vem desenvolvendo um estilo bastante similar ao Frazetta é o Gerald Brom."


    E aí, VAM... blz?

    Brigadão por ter curtido a postagem, afinal: Foi graças à uma conversa q tivemos q me despertou a ideia de reunir essas versões antigas do "Conan", rs (valeu mesmo)!

    E obrigado tbm por me apresentar à esse EXCELENTE artista (Gerald Brom): Adorei o estilo dele, realmente mto inspirado pelo Frazetta e igualmente magnífico pro gênero espada-bruxaria!

    E cá pra nós: Achei péssimo o visual da NOVA versão da "Rainha da Costa Negra" (cartunesca demais pro meu gosto)... Essa história da Bêlit não adianta, TEM q ser a versão marvetinha mesmo, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Mas como atualmente, tanto a editora como estúdio, querem sempre uma fatia maior para gerar lucro, não me surpreenderia se houvesse uma readaptação do personagem para ser mais aceitável para todas as idades."


    E aí, Marcelo... blz?

    Olha, lamentavelmente... O mais provável é a Marvel/Disney buscar uma versão mais "light" pra cinema ou TV do "Conan", justamente pra tentar faturar o máximo q puder com uma versão q atenda à "todos os públicos" e q venda uma porrada de bonequinhos e lancheiras pra criançada!

    Senão, vejamos: Isso JÁ aconteceu no passado... O 1º FILME do "Conan" foi barra-pesada (ainda é violento demais mesmo passados tantos anos - revi de novo faz poucas semanas num "Telecine"), mas o 2º (O Destruidor) já tava BEM mais amenizado (a ponto de poder passar na "Sessão da Tarde" quase sem cortes). Em seguida, fizeram um desenho animado infantilóide e SEM violência (ainda nos anos 80). E por fim: Um seriado de TV com um ator PAVOROSO de ruim no papel principal e TBM sem mta violência (lutas sem sangue e mtas "bravatas" ao invés de combates brutais)!

    Ou seja: Já temos um "histórico" de como os interesses dos estúdios e do mercado se comportam qdo pensam em "expandir" um produto desses pro "grande público"... Não duvido q um dia transformem a "Rainha da Costa Negra" numa das "Princesas Disney", rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "Desconhecia esse aspecto das outras aparências do Conan, divergentes da descrição que o seu criador concebeu."


    E aí, Antonio... blz?

    Brigadão mesmo por ter curtido esta postagem (tbm gostei de produzí-la e pesquisar essas diferentes versões de "Conan" - me senti como se tivesse viajando no tempo em busca dessas imagens, rs)!

    Tbm conheço mtas CAPAS de LIVROS q em NADA lembram ou remetem ao conteúdo da obra original... É como se os artistas q fazem essas capas sequem tiveram o menor contato com as obras e bolaram essas "aberrações" (por assim dizer) com base em descrições simplórias dos editores da época ao encomendarem as capas!

    Eu sou publicitário e sempre trabalhei com "briefing": q é um conjunto de informações ou uma coleta de dados repassados em uma reunião para o desenvolvimento de um trabalho sobre determinado produto. Geralmente isso é feito entre a equipe de publicitários/marketing, o dono do produto, o editor ou diretor geral da empresa, e os ARTISTAS q vão desenvolver as ARTES pras peças gráficas. Ou seja: Obviamente NADA disso foi feito nesses casos (pois parece q ninguém LEU os contos do "Conan" pra chegarem nesses visuais toscos)!

    Já o "Fantasma" não teve jeito... O erro na cor do uniforme (de roxo pra vermelho) foi feito aqui e passado de geração pra geração: A gente é q se acostumou com o erro e passou a aceitá-lo como se fosse o original, hehe (aconteceu o mesmo comigo tbm, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  23. "Não duvide se logo saem dois filmes concorrentes sobre a mesma história, como tentaram fazer com o Robin Hood e a Branca de neve. Um com o Conan sendo o Matt Damon e outro com o Conan sendo o Wesley Snipes. Hahaha"


    E aí, Lierson... blz?

    Pior, hein? Hahaha... Eu lembro qdo fizeram os 2 "Robin Hood" ao mesmo tempo nos anos 90 (o do Kevin Costner foi mais famoso mas não era o melhor) e os vários: "3 Mosqueteiros" (um mais bosta q o outro, hehe - a melhor versão pra mim ainda é a dos anos 70 com o Michael York)!

    Sem falar nos inúmeros "Dráculas" do cinema (talvez - creio eu - o personagem literário mais adaptado de todos os tempos)... Assim, pq não mais de um "Conan" ao mesmo tempo tbm? "Conan no Espaço", "As Aventuras do Jovem Conan", "O Filho de Conan", e por aí vai, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. "Até o Conan do Barry Smith eu tive certa dificuldade de aceitar por um bom tempo, pois o acho muito magro. Mas hoje acho que o Conan do Barry é o único que consigo aceitar de diferente."


    E aí, Camus... blz?

    É curioso isso, mas embora a versão do Buscema tbm seja a definitiva pra mim... A do Barry Smith eu tbm gosto e aceito de boa, pois foi a 1º versão q conheci nas HQs (tanto em "HTV" qto em "SAM" - q começaram na fase Smith)!

    Mas realmente, o "Conan" do Barry Smith é magro demais e quase sem musculatura... Porém, eu vejo ele como sendo um conan mais jovem (e de fato, em uma das histórias dessa fase ele é citado como tendo - pasme - apenas 17 anos de idade)!

    De qq forma... O Buscema acabou refazendo (com o seu traço característico) algumas das HQs da fase Smith (tipo a "Torre do Elefante", entre outras)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A primeira vez que li Conan foi com arte do Buscema mesmo, Leo. ESC 20 que trazia a história Maldição do monolito vivo.

      É verdade, boa parte das histórias desenhadas pelo Barry Smith são do Conan adolescente, to ligado, mas algumas são dele já com certa idade. A história A cidadela dos condenados que ele encontra a Valéria por exemplo, ele já ta com bastante idade (era um tanto proximo já da saga Conan o Libertador, onde depois ele se tornaria Rei) e o Smith fez ele magrão mesmo assim kk Acho que era a visão que ele tinha mesmo do Conan.

      Quanto as historias refeitas pelo Buscema que antes foram desenhadas pelo Smith, como A torre do elefante, citada por você, elas geralmente eram mais estendidas quando o Buscema refazia, e eu as prefiro. Mas o Conan do Smith é o único que curto de diferente.

      Lembra dos números de ESC bem altos quando a revista entrou na moda Image? Conan era desenhado gigante e largão kkk Parecia um tanque de guerra. Não curtia.

      Vamos ver o que a Marvel planeja para o cimério, mas eu confesso que só to esperando os relançamentos em encadernados de ESC!

      Abraço!

      Excluir
    2. Eu conheci o Conan em HTV 36, e foi desenhado pelo Barry, que diferente de de suas outras histórias, foi desenhado forte, bem próximo ao que seria o Conan do J. Bucema.

      Excluir
    3. "Lembra dos números de ESC bem altos quando a revista entrou na moda Image? Conan era desenhado gigante e largão kkk Parecia um tanque de guerra."


      E aí, Camus... blz?

      Essa fase era mto ordinária mesmo (um reflexo das merdas da Era Image)... e eu já tinha parado com a ESC há mto tempo (antes de chegar nesse ponto, hehe) - Eu sempre tive as 57 primeiras ed. da ESC (q cobriam toda a fase boa de Thomas/Buscema) e mais umas poucas ed. avulsas depois desenhadas pelo Buscema. Aliás, é por isso q na coleção da Salvat eu devo parar antes da METADE tbm!

      E essa história do "monolito" era excelente mesmo... o q pro conan parecia uma pedra mística gigante, na verdade era apenas um ímã q atraía metais (pra ele era feitiçaria pura, rs)!

      Abs!

      Excluir
    4. "Eu conheci o Conan em HTV 36, e foi desenhado pelo Barry"


      E aí... blz?

      Vc tem razão, nessa história o Barry Smith desenhou um "Conan" mais forte do q ele costumava desenhar até então (LINK abaixo pra quem quiser conferir):

      https://ajcarlisle.files.wordpress.com/2014/03/red-sonja-no-chain-mail-bikini-but-dancing-in-a-bar-roy-thomas-barry-windsor-smith-conan-24-1976.jpg

      Mas a explicação pra isso, é q a Abril (em HTV 36) resolveu começar com o "Conan" a partir do nº 24 da série mensal americana (q trazia a estreia da "Sonja"): Nessas alturas, o Barry Smith já tinha "fortalecido" mais o conan em relação às suas HQs anteriores!

      Abs!

      Excluir
    5. Engraçado que uma parte dos fãs do personagem defende exatamente essa versão "magra" dos desenhos de Barry Windsor como a mais fiel aos textos de Howard por ser o cimério um ladrão com musculatura rija mas menos proeminente...
      Cesar Leal

      Excluir
    6. Pro Conan tudo era feiticaria mesmo, Leo kkk

      Me corrigindo, minha memória falhou, a primeira ESC que li n verdade foi a ESC 1 Os espectros do castelo rubro, que o Buscema desenha.

      A ESC 20 (reedição) com A maldição do monolito vivo foi a primeira ESC que comprei na banca e nela quem desenha é o Gene Colan. Só pra me corrigir mesmo.

      Essa saga que o Barry Smith desenha o Conan forte, é a primeira vez que ele encontra a Sonja. Se não me engano essa saga completa só saiu na Conan o Barbaro da Mythos. Ela saiu pela Ed.Abril acho num encadernado, mas tava incompleto.

      Abraço!

      Excluir
    7. Isso mesmo Camus,

      A história em que ele conhece a Sonja na verdade é parte dos eventos do cerco a Makalet, saga que só foi publicada depois em Superaventuras Marvel lá pelos números 10 e 11, mas qd publicaram a saga não republicaram as histórias com Sonja que já tinham saído na estréia do bárbaro na editora abril em HTV 36, mas se não me engano a abril republicou esses material na fase final da ESC (ou já foi a Panini no caso) em versão preto e branco mas realmente não me recordo se a republicação do material do Barry Windsor foi tão longe.
      O interessante sobre essa história é a adaptação do Roy Thomas do material, já que Sonja não foi criada pelo Howard mas adaptada de outras personagens que ele criou Red Sonya de Rogatino (cujas aventuras se passavam na Renascença) e Dark Agnes (uma espadachim francesa). O próprio conto da Red Sonya foi a base da história do Conan em HTV 36 mas que originalmente era outro personagem que interagia com a guerreira. O Roy conseguia mesclar vários elementos do Howard em suas adaptações de Conan.
      Esse conto foi até publicado em livro no Brasil tempos atrás em uma edição bem caprichada mas sem nada a ver com o Conan.
      Cesar Leal,

      Excluir
    8. Beleza, Cesar?

      Se não me engano a ED.Abril nunca trouxe a saga Makalet completa, nem na ESC. Só partes. Até naquela edição especial que trazia a saga, não tava completa. Se alguem tiver informação diferente manda aqui. Essa saga originalmente é em 5 ou 6 partes. Só a Mythos que trouxe completa em Conan o Barbaro 1 a 5, se não me engano.

      A história da criação da Sonja é bem interessante mesmo. Você até trouxe alguns fatos ai que eu desconhecia. Valeu!

      Eu não conheço muito a Sonja. Eu curto mais a Valéria. Mas sei que a maior parte das histórias que a Sonja age junto ao Conan saiu em Conan o Barbaro da Mythos. Essa época que o Conan agiu com a Sonja como mercenário/soldado/aventureiro, foi pouco mostrado na ESC da ed. Abril.

      Excluir
    9. "Engraçado que uma parte dos fãs do personagem defende exatamente essa versão "magra" dos desenhos de Barry Windsor como a mais fiel aos textos de Howard"


      E aí, Cesar... blz?

      Eu teria q confirmar de novo nos livros do "Conan" (tenho os contos em scans e comprei o Vol. 1 da P&N q saiu agora)... Mas pelo q eu me lembro da descrição original feita pelo Howard, o cimério é descrito como sendo quase um "gigante de bronze" - expressão usada pra definí-lo (é pra ser maior e mais forte q uma pessoa "normal"). Ou seja: Algo mto próximo da versão Buscema!

      Aliás, lembro q qdo li os contos há tempos atrás... Durante a leitura era possível visualizar o personagem no traço do Buscema: o q torna as adaptações da Marvel (Thomas/Buscema) uma das mais perfeitas transposições da literatura pros quadrinhos q eu já tenha visto!

      PORÉM: Em um dos contos de Howard, eu tbm me recordo de uma descrição mais próxima da versão do Barry Smith: Magro, forte, alto... Só q era um conto (se não me engano: "A Filha do Gigante de Gelo") q se passava na juventude de "Conan" (qdo ele teria cerca de 16 ou 17 anos de idade)! Tô ansioso agora pra reler tudo isso nos LIVROS q estão pra sair durante o ano, rs!

      Abs!

      Excluir
    10. "Me corrigindo, minha memória falhou, a primeira ESC que li n verdade foi a ESC 1 Os espectros do castelo rubro, que o Buscema desenha."


      E aí, Camus... blz?

      Essa história dos "Espectros" é EXCELENTE mesmo... e lembro de ter lido em algum lugar q ela teria sido escolhida a dedo pela Abril pra estrear a revista da "Espada Selvagem" justamente por ser do tipo q "prende" o leitor e o "amarra" pra seguir comprando a revista!

      Eu tenho ela no nº 1 da "ESC" da Abril mesmo... e a nível de curiosidade, essa história teve uma sequência: "A Libertação de Thugra-Kothan" (q tá no Vol. 2 da Salvat - ou seja: Imagino q os "Espectros" estejam no Vol. 1 ou 2 da nova coleção salvatiana)!

      Abs!

      Excluir
    11. "Esse conto foi até publicado em livro no Brasil tempos atrás em uma edição bem caprichada mas sem nada a ver com o Conan."


      Cesar e Camus...

      Esse LIVRO do Howard saiu aqui em POCKET capa-dura em 2013 e se chama: "A Sombra do Abutre"... Eu comentei o lançamento desse livro na época neste LINK:

      http://submundo-hq.blogspot.com.br/2013/06/drops-de-noticias-vertigo-especial-1.html

      Hj é bastante difícil de se achar... mas vale a pena vcs procurarem!

      Abs!

      Excluir
    12. A expressão gigante de bronze usada pelo Howard é isso mesmo, Leo. Também lembro! E lembro também dessa descrição que ele era magro e alto, mas isso nas histórias antigas mesmo de quando ele era adolescente.

      Acho que o Barry Smith acabou assumindo essa expressão de magro e alto em quase todas as suas historias por que quis mesmo. Como lembrei A cidadela dos condenados, que é uma história bem proxima da saga Conan o Libertador, o Conan tá magrão. E ele já tá com bastante idade já nessa época. Acho que o Barry Smith preferia assim.

      Os Espectros do castelo rubro é muito boa mesmo, Leo! Foi a primeira ESC que li. E a Ed.Abril fez bem mesmo na época em escolher ela para o número 1! Essa continuação Thugra-Kothan, é a que saiu em ESC 3? Lembro dessa continuação, mas tá dando uns esquecimento de leve kk Cara agora deu branco, preciso reler todas as minhas ESC. Que são muitas kkk Eu reli recentemente alguns arcos, mas preciso reler desde o inicio novamente.

      Falando na coleção da Salvat, eu ainda não decidi se irei comprar. O preço não é nada convidativo. E esse ano tem muita coisa pra comprar, e minha grana reservada pra hqs acho que já ta comprometida. Tem umas do Batman, Justiceiro do Ennis, Novos Titãs do Wolfman/Perez, etc. Acho que esperarei pra ver o que virá futuramente pro Conan.

      Esse livro A sombra do abutre, eu não consegui comprar na época, lembro bem dessa materia sua. Acho que faltou grana sobrando. Mas hoje é muito dificil conseguir mesmo.

      Abraço!

      Excluir
    13. E aí, Camus... blz?

      É isso mesmo, sua memória não te traiu, rs... A "ESC" 1 da Abril trazia os "Espectros do Castelo Rubro" (Buscema), o nº 2 vinha com a "Cidadela dos Condenados" (Smith), e o nº 3 era a do "Thugra-Kothan" (sequência dos "espectros" por trazer o mesmo elenco coadjuvante em novas reviravoltas - não é bem uma continuação da história, mas uma nova aventura com os mesmos personagens de apoio)!

      Sobre as idades do "Conan"... Acho q era isso mesmo: O Howard descrevia o Conan de maneiras diferentes em cada fase da vida (magro e alto qdo jovem e forte e exageradamente musculoso qdo adulto). Agora lembrar em qual história ele era jovem ou adulto já complica demais pra minha pobre mente com neurônios pifados, hehe... Ainda mais q o Howard escrevia tudo fora de ordem com histórias dele jovem mesclando com outras dele adulto (mas sempre seguindo uma cronologia bastante coesa)!

      Qto à Salvat... eu não vou resistir à "ESC" e minha vermice ansiosa não me deixará esperar por uma futura versão paninesca (q eventualmente virá algum dia tbm): Assim, já vou tratar de separar uns 80 contos por mês só pra essa "barbaridade", rs!

      Abs!

      Excluir
    14. Beleza, Leo?

      Então minha memoria não tá tão fraca assim kk Eu só não me lembrava que a ESC 3 não era bem uma continuação da ESC 1. Faz tempo que li os números mais baixos. Eu reli recentemente as ESC 5 e 6.

      Eu também não consigo lembrar totalmente das historias do Howard nos livros onde o Conan era adulto e jovem kk. Só dá pra fazer isso se eu tivesse todas as ESC, ai daria pra ir atras duma cronologia oficial do cimério para montar (ela existe). Um conhecido meu tem todas e ele montou kk. Mas mesmo assim lhe faltam as Conan o cimério da Mythos, onde trazia as histórias do Conan quando muito jovem e sua primeiras aventuras.

      Mano que Crom te de forças para comprar todas as que quer da Salvat! Eu acho que não conseguirei encarar!

      Abraço!

      Excluir
    15. E aí, Camus... blz?

      Eu não tentaria montar uma cronologia de "Conan" nas HQs... É muita trabalheira e as ed. da "ESC" não trazem apenas 1 história (se fosse apenas 1 ficava mais fácil organizar uma ordem sequencial de leitura, rs)!

      Qto à coleção da Salvat... Eu já tô trabalhando pesado desde agora pra juntar a "graninha" (no diminutivo é deboche, hehe) pra fazer pelo menos os 25 primeiros Vol. (q devem cobrir a fase Thomas/Buscema)!

      Abs!

      Excluir
  25. "Não me importo com novas versões...mesmo que estas sejam ruins...as clássicas já tem seu lugar na história e sempre existirão."


    E aí, Fábio... blz?

    Eu tbm penso dessa forma... E acho q nada do q façam agora irá apagar ou diminuir a importância das fases mais clássicas do "Conan". Aliás, é por essas e outras q além de não me importar com as versões modernas, eu tbm acho interessante a ideia de variar um pouco e experimentar uma versão diferenciada daquelas q eu conheço!

    Abs!

    ResponderExcluir
  26. "Sem contar o herói filipino Voltar criado 7 anos antes pelo Alfredo Alcala e publicado nos anos 70 nos EUA pela Warren."


    E aí, mn... blz?

    Puxa, valeu mesmo... esse "VOLTAR" eu não conhecia, mas realmente: É o "Conan" cuspido e escarrado, hehe! Pra quem quiser conferir o visual, vale uma olhada no LINK abaixo (com vcs então... O "VOLTAR"):

    http://thegeeksverse.com/wp-content/uploads/2015/05/Voltar-in-The-Rook-02_0014.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
  27. "não duvido nada que o Conan sim... venha numa versão loira, mais light, quem sabe role até relacionamentos digamos.. um tanto suspeitos.... Afff"


    E aí, Marco Antonio... blz?

    Eu tbm não duvido q o "Conan" acabe caindo numas "ciladas" da vida nas mãos da "NOVA" Marvel, hehe... (brincando, brincando: isso não me surpreenderia nem um pouco diante do q já vimos da Marvel moderna)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  28. "Leo, você sabe se a mythos vai dar continuidade na crônicas do Conan? Só lançaram o vol 1."


    E aí, Miguel... blz?

    Sim, com certeza: A Mythos confirmou o Vol. 2 de "Crônicas do Conan" pro começo deste ano... E esse vai ser um dos destaques da matéria: "Visões de 2018" q eu tô preparando pra breve aqui no blog!

    Abs!

    ResponderExcluir
  29. "leo, você pretende ler os livros dos contos do conan e comparar com as histórias de quadrinhos da marvel ?"


    E aí... blz?

    Eu já li todos os contos originais do "Conan" em outras versões (mas tô colecionando essas da P&N q tão saindo agora tbm)... Só não tem mto o q comparar com os gibis, pq as HQs de Thomas/Buscema já eram suficientemente fiéis às obras originais do Robert Howard (no máximo, a Marvel dava uma "esticada" em alguma trama pra fazer render mais edições, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  30. "Frazetta salvou o personagem."


    E aí, Scant... blz?

    É verdade, hehe... Se não fosse ele, talvez a visão de mercado sobre o personagem não tivesse empolgado o bastante pra seguirem adiante com o "Conan"! É inegável o qto as CAPAS de livros feitas pelo Frazetta mergulharam a fundo na ideia básica do Howard!

    Abs!

    ResponderExcluir
  31. "Vc saberia me dizer se alguma editora publicará a hq INDEH - A Story of the Apache Wars, escrita por Ethan Hawke e com a arte sensacional do Greg Huth"


    E aí, William... blz?

    Olha, pra te falar a verdade eu nem sabia dessa HQ até vc ter falado, hehe (é q tenho me afastado dos lançamentos do mercado americano por não conseguir mais acompanhar o q sai lá e aqui ao mesmo tempo)... Mas fui pesquisar e vi q esse material foi mto elogiado nos EUA (ficando durante semanas na lista de best-sellers do New York Times)!

    Assim, acho q tem boas chances de sair por aqui um dia (embora não tenha sido confirmada até o momento): Ficarei de olho se pintar qq novidade a respeito, blz? Valeu pela dica!

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. "Conan será o início da redenção da Marvel!"


    Tomara mesmo, Andrécio... Tbm torço por isso!

    Q CROM te ouça, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  33. Silvio gularte23/01/2018 00:30

    Boa noite Leo. Sabe se a tutatis vende o livro do conan do pipoca & Nanquim? Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Silvio... blz?

      Sim, a Tutatis recebeu uns poucos exemplares do livro... mas não sei se ainda tem (na última vez em q estive lá, tinha 2 livros na estante). O meu eu acabei comprando da Amazon, pois a loja não tinha certeza ainda se iria receber da distribuidora por ser livro (e não gibi): Mas no fim das contas acabou recebendo sim!

      Abs!

      Excluir
  34. O Jean-David Morvan publicou no twitter mais umas imagens do Conan da Glénat:
    https://www.bleedingcool.com/2018/01/21/glenat-conan-barbarian-series-2018/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hunter... tdo bem?

      Brigadão mesmo pelo LINK... Realmente, agora podemos visualizar melhor a arte interna do "Conan" da Glénat: Tá bem interessante mesmo, foge dos padrões aos quais estamos acostumados nas HQs, mas esse é um diferencial q pode tornar essa HQ ainda mais atrativa (eu gostei)!

      Abs!

      Excluir
    2. Como eu disse, cada uma será de uma equipe diferente, então veremos resultados diferentes. Os artistas europeus não são "formatados" como os americanos...

      Excluir
    3. Isso é ótimo, Hunter...

      De "formatações" já basta o status-quo atual da Marvel/DC, né? Eu posso até não gostar de alguns artistas e idolatrar outros q porventura venham a trabalhar com o "Conan": MAS, gosto mto da ideia de "variações" artísticas em cada edição q virá (é o diferencial da Glénat em relação ao material americano)!

      Abs!

      Excluir
    4. Ah, mas certamente vai ter gente reclamando do Conan "off-model"...

      Excluir
    5. Mais um, já com as capas finais dos dois primeiros volumes:
      http://bdzoom.com/125579/actualites/conan-revient-en-force-et-en-muscles-chez-glenat%E2%80%A6/

      Excluir
    6. Opa, valeu mesmo, Hunter...

      Legal é q essas versões tão ficando bem diferentes entre si tbm (ansioso pra ver como ficaram as próximas)!

      Abs!

      Excluir
  35. Oi tudo bem? que legal não sabia que havia outras versões do personagem conan, o bárbaro, mas sabe eu prefiro o conan que a
    gente conhece o da espada selvagem de conan nada contra essas versões, mas o meu preferido é esse abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alex... Tdo bem?

      Pois é, mto antes da versão q se estabeleceu (com arte do Buscema) tiveram todas essas outras... Mas eu tbm sou mil vezes a versão tradicional q conhecemos na "Espada Selvagem" (pra mim, sempre será a definitiva, rs)!

      Abs!

      Excluir
  36. É isso aí leo nada contra essas versões que você mostrou no seu blog, mas é do conan da espada selvagem que eu gosto porque foi esse que eu descobri nos quadrinhos depois dos filmes com Arnold schwarzeneger ei você viu o meu nome por isso que me
    De alex? ou você lembrou quando eu te disse o meu nome numa outra vez? ei amigo eu estou melhor agora as dores que eu estava sentindo em dezembro de 2017 eram nos rins, mas já estou melhor para voltar à navegar na internet e como sempre visitar o seu blog abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vindo de volta, amigo...

      O seu nome apareceu no post acima, mas eu lembrava pq é o mesmo nome de outro grande amigo meu, rs! Mta saúde pra vc, brother!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...