23/01/2012

Superaventuras Marvel (Parte 1): Demolidor (de Frank Miller), X-Men, Conan.... e mais!!!

Em 1982, chegava às bancas a revista "Superaventuras Marvel" da Editora Abril.... e q até hj ainda é considerada por mtos leitores como sendo: a melhor revista mix da Marvel já publicada no Brasil!!!

Entre seus principais destaques estavam: o "Demolidor" (de Frank Miller), "X-Men", "Conan - o Bárbaro", "Dr. Estranho", "Pantera Negra", "Luke Cage", "Sonja - a Guerreira", "Justiceiro", "Tropa Alfa", "Kull - o Conquistador", "Surfista Prateado", "Mestre do Kung Fu", e "Thor" (de Walt Simonson).... entre vários outros heróis q se revezavam no mix de SAM!!!

Confira abaixo a 1º parte da matéria (q ficou tão extensa q achei melhor dividir em 2)..... com capas clássicas, curiosidades, e maiores detalhes sobre todas essas fabulosas séries:

Nesse início dos anos 80.... a Abril ainda não detinha os direitos sobre todos os heróis Marvel, e boa parte deles ainda eram publicados pela RGE (Homem-Aranha, Hulk, etc). Assim, a Abril tinha apenas 3 gibis Marvel em bancas: "Cap. América", "Heróis da TV" e "Tumba de Drácula" (sendo q este último era da Marvel, mas do gênero terror - fugindo da linha super-heróis, apesar de alguns deles - Surfista Prateado, por exemplo - fazerem participações especiais enfrentando o Drácula de vez em qdo).  

Tendo seus 2 gibis de heróis (Capitão e HTV) superlotados pra darem conta de tantas séries..... o jeito foi criarem uma nova revista mix seguindo os mesmos moldes de "Heróis da TV": q trazia um rodízio bem variado de heróis a cada mês..... sendo tbm uma fórmula já consagrada de sucesso!!!

Surgia assim a revista "Superaventuras Marvel" (SAM)..... q tinha um certo diferencial com relação às outras revistas: pois o conteúdo era + focado nas séries de heróis urbanos (Demolidor, Luke Cage, Justiceiro) ou de conteúdo + adulto/violento (Conan, Sonja, Kull) q o habitual dos outros gibis de super-heróis!!! Claro q algumas dessas séries continuavam saindo nas demais revistas (o rodízio de heróis em todos os gibis era constante) da mesma forma q "SAM" tbm publicava material de heróis + tradicionais (X-Men, Tropa Alfa, Thor).... mas o carro-chefe da revista sempre foram os vigilantes urbanos!!!  

Logo no nº 1..... o leitor já era apresentado à nova fase do "Demolidor" (de Frank Miller). O personagem estava prestes a ter sua revista cancelada nos EUA (depois de anos de histórias fracas), qdo de repente foi completamente reformulado e passou a ter histórias de conteúdo + realista e violento. Deixou de enfrentar tantos super-vilões fantasiados usando colant.... e passou a encarar os marginais das ruas: traficantes, cafetões, assassinos profissionais, e grandes corporações criminosas!!!

As histórias do Demolidor ganharam mto + ação e realismo..... e o personagem (cego, após um acidente q ampliou seus demais sentidos) passou a ser melhor desenvolvido: ganhando uma maior motivação pra combater a violência urbana, uma namorada q era uma ninja assassina (Elektra), e um arqui-inimigo (o Rei do Crime) q mesmo sem super-poderes comandava toda a rede de tráfico e assassinatos em Nova York!!!

Não demorou pro Demolidor se tornar um dos maiores sucessos da Marvel e o carro-chefe de "SAM" (nada mal pra um título q estava à beira do cancelamento)......

Ainda no nº 1.... "Conan" já marcava presença e garantia sua permanência regular no mix da revista, pois já era um sucesso absoluto em "Heróis da TV" e todos os holofotes da mídia estavam voltados pra ele devido à repercussão do 1º filme (q era o supra-sumo do momento em 1982). Não tardou mto pra Conan ganhar 2 novas revistas próprias: "A Espada Selvagem" (em P&B) e "Conan - o Bárbaro" (formatinho à cores)!!! Na esteira do sucesso de Conan.... a Marvel começou a adaptar pros gibis outras séries baseadas na obra de Robert Howard (criador de Conan na literatura pulp dos anos 30): "Sonja - A Guerreira" e "Kull - o Conquistador" (q tbm se tornaram mto populares nas pág. de "SAM")!!!

O público tbm aprovava as séries com personagens não tão famosos da Marvel.... mas q agradavam os leitores devido aos excelentes roteiros e tramas repletas de ação, magia, e suspense: "Dr. Estranho" (o mago supremo q enfrentava demônios e ameaças vindas de outras dimensões e planos espirituais), "Luke Cage - o Herói de Aluguel" (ex-presidiário com corpo invulnerável), "Pantera Negra" (soberano de Wakanda na África q combate os inimigos de seu reino), "Homem-Coisa" (um elemental do pântano), e "Viúva Negra" (espiã russa)!!!

Não bastasse tudo isso.... a revista ainda foi a grande responsável pela consolidação dos "X-Men" no Brasil. A equipe já era conhecida do público pela RGE, mas foi nas pág. de "SAM" q estreou na Editora Abril e pavimentou o caminho q a tornaria o maior fenômeno de popularidade entre os leitores Marvel: ganhando em seguida uma revista própria e diversos especiais e mini-séries!!!

A cada mês os leitores perdiam o fôlego com os dramáticos (e mtas vezes trágicos) desdobramentos em determinadas séries.....

Em "Demolidor", o assassinato brutal de "Elektra" (namorada do herói e adorada pelos fãs da revista) pelas mãos do psicótico vilão "Mercenário" (ocorrido na ed. 22 de SAM) conseguiu ao mesmo tempo comover e irritar os leitores, q se manifestaram com indignação nas seções de cartas da revista (numa época em q a morte de um personagem de gibi ainda causava bastante impacto)!!!

E mal os X-Men haviam estreado (em SAM nº 14).... e a personagem Jean Grey (a "Fênix") tbm teve sua morte premeditada nas pág. da revista (ela "morreu" mesmo em "Grandes Heróis Marvel" nº 7, mas a repercussão do fato se estendeu por meses a fio em "SAM")!!! 

E a revista não parava de surpreender e inovar. As melhores séries Marvel do momento passavam pelas pág. de "SAM": Além de toda a pancaria do "Mestre do Kung Fu" enfrentando as hordas de assassinos de seu próprio pai (o vilão "Fu Manchu")..... tbm estreava na revista: "A Tropa Alfa" - uma equipe de super-heróis canadenses q acabou se tornando mto popular aqui no Brasil (tanto é, q a Panini se animou a publicar aqui 2 encadernados reunindo o começo dessa fase clássica de J. Byrne). Era uma série com ritmo um pouco diferente das demais do gênero.... os roteiros não tinham tanta ação, mas eram mto inteligentes e engenhosos: o líder da equipe (o "Guardião") tem uma das mortes + estúpidas de toda a história dos quadrinhos.... ele é desintegrado enquanto consertava um mecanismo em seu uniforme (e acabou perdendo a concentração qdo sua mulher entrou sem bater - sendo completamente desintegrado pelo tal mecanismo da roupa)!!!

Enquanto isso.... os "X-Men" continuavam em uma excelente fase q só melhorava a cada novo arco de histórias. Uma das melhores dessa fase (após a morte da "Fênix") foi publicada em "SAM" nº 45: "Dias de um Futuro Esquecido".... onde os XM estão num futuro sombrio onde os "Sentinelas" (robôs gigantes caçadores de mutantes) são os próprios "Exterminadores do Futuro" (aliás, essa foi a saga q a Marvel acusou de ter sido plagiada no cinema no 1º filme do exterminador - rolou até processo judicial e tudo)!!! 

Na parte 2 desta matéria..... veremos: "A Queda de Murdock" (a obra-prima de Frank Miller), a estréia do "Justiceiro", "Surfista Prateado" - Na fila do desemprego (!), e "Thor" (de Walt Simonson".... além da decadente fase final da revista (q foi cancelada em 1997 após 15 anos no mercado..... (aguardem)!!!

Até+

18 comentários:

  1. os leitores, q se manifestaram com indignação nas seções de cartas da revista (numa época em q a morte de um personagem de gibi ainda causava bastante impacto)!!!

    Léo,o mais divertido da seção de cartas,era uma parcela que achava q a Abril era resposável pelos roteiros,exigindo q a personagem voltasse a vída e outras vezes sugerindo estórias como se estivessem lendo um gibi da Turma da Mônica (q realmente recebia sugestões,a Heróis da TV tinha um formato diferente nos primeiros 4 números ou era a SAM?
    Parabéns pela matéria Léo,tô revivendo meu passado aqui com informações pra lá de interessantes.

    ResponderExcluir
  2. eu so tenho uma mas é ótima

    ResponderExcluir
  3. "Léo,o mais divertido da seção de cartas,era uma parcela que achava q a Abril era resposável pelos roteiros"


    e pior era qdo os editores da Abril ainda fomentavam essa idéia... com respostas do tipo: "faremos o possível" ou "tentamos manter o realismo nas NOSSAS histórias"....

    dando a impressão de q as histórias eram produzidas aqui mesmo, hahahaha!!!

    como a internet mudou a vida dos leitores, hein?? Sem acesso à informação, éramos apenas mera "massa de manobra", rs!!

    Abs!!

    ResponderExcluir
  4. "a Heróis da TV tinha um formato diferente nos primeiros 4 números ou era a SAM?"


    era a HTV mesmo... mas ela manteve um formato um pouco maior q o formatinho nas 7 primeiras ed. A partir da 8 foi reduzida!!!

    o mesmo aconteceu com o "Cap. América".... só q esse foi reduzido pro formatinho a partir da ed. 9!!!

    já a SAM.... manteve sempre o mesmo formato!!!

    PS: "A Teia do Aranha" teve suas 4 primeiras ed. em formatão magazine: e a partir do nº 5 foi rebaixada pro formatinho, rs!!!

    Abs!!!

    ResponderExcluir
  5. "eu so tenho uma mas é ótima"

    lembra qual o nº dela???

    a minha ed. favorita entre todas de SAM... é o nº 132: onde numa história alternativa, o juticeiro enlouquece e mata o demolidor, o Aranha e o rei do crime!!!

    ResponderExcluir
  6. se nao me engano 59,onde tem uma das melhores histórias dos x-men que ja li onde tempestade e emma frost trocam de corpo.

    ResponderExcluir
  7. "se nao me engano 59,onde tem uma das melhores histórias dos x-men que ja li onde tempestade e emma frost trocam de corpo."


    essa eu não tenho....

    SAM eu tenho completa do nº 1 até o 50, depois eu tenho números salteados (pois a partir do 50 eu comprava apenas ed. específicas q tivessem histórias do justiceiro ou surfista)!!!

    ResponderExcluir
  8. Ótima Matéria sobre a boa e velha Tia Sam.
    Aqui cabe um Mea Culpa. Apesar de já ler esporadicamente a algum tempo, foi só por volta de 92/93 que passei a colecionar quadrinhos de heróis e como na época a grana não era muita,eu comprava só as duas revistas do Aranha que foi minha porta de entrada para esse universo. Então só li a SAM depois.pegava emprestada co um professor que tinha todas e devo ter lido a grande maioria delas.
    Pra mim, a revista era sinônimo de Demolidor e Justiceiro que eram minhas histórias preferidas do mix. (Mesmo que e certos casos as histórias do Demolidor pareçam ter sido desenhadas com os pés por um macaco com mau de Parkinson)
    Se o pessoal da Disney sente saudades da Almanaque Disney,os Marvetes sempre vão lembrar da SAM com carinho por ter proporcionado muitas boas histórias por tanto tempo.

    ResponderExcluir
  9. Massa meu era uma revista massa. Tenho vários números perdidos pela coleção. E tenho alguma repetidas, pois herdei a coleção de um amigo quando ele mudou pros EUA. Gostava do Mestre do Kung Fu, até tenho uma revista solo dele que era do meu pai. hehe Uma das primeiras revistas de herói que li na vida hehe

    ResponderExcluir
  10. "Apesar de já ler esporadicamente a algum tempo, foi só por volta de 92/93 que passei a colecionar quadrinhos de heróis"


    foi nessa época q eu tbm voltei aos gibis de heróis (depois de anos afastado)....

    foram 3 gibis q me fizeram voltar aos super-heróis assim q os vi na banca:

    "Marvels" (a mini-série do Alex Ross), uma "SAM" com o surfista em relevo na capa (com um efeito prateado).... e a "teia do Aranha" q tava republicando a guerras secretas!!!

    ainda bem q achei um sebo na época q tinha tudo q eu perdi nos anos de afastamento (e recuperei tudo, inclusive a "Teia" completa, rs)!!!

    ResponderExcluir
  11. "Uma das primeiras revistas de herói que li na vida hehe"

    o Mestre do Kung Fu tbm foi um personagem q eu acompanhei desde meus primórdios de colecionador:

    as histórias dele eram fóda demais na época q saia em "Cap. América" e "HTV"....

    pena q a série decaiu mto depois q ele matou o próprio pai (em HTV 56)!!!

    ResponderExcluir
  12. Foi nas páginas da SAM que acompanhei estarrecido o ''Demolidor '' matar alguém,nunca vi o Justiceiro como herói,portanto ele podia mandar bala em quem ele queria,mas o Demolidor?aquilo me incomodou por uns dias,pensei se o roterista estava maluco,eu era muito bonzinho na época,muita DC na veia,a Marvel era mais adulta,os quadrinhos ajudam a moldar nossa personalidade,só depois de algum tempo foi q voltei a ler as estórias dele e entender q aquilo tbm o incomodou.
    Tenho poucas edições mas as guardo com muito zelo,até hoje tem essa edição n:13 q vc postou Léo,aqui numa banca de revistas usada (q tem é muito livro (?????) de Julia,Bianca e afins,mas tá tão mal conservada q nem dei os R$ 2,00 q o cara pediu.

    ResponderExcluir
  13. "Foi nas páginas da SAM que acompanhei estarrecido o ''Demolidor '' matar alguém"


    não me lembro onde saiu essa história em q ele mata alguém, mas me lembro do fato....

    ele tbm já fez uma "Roleta-Russa" com o vilão "Mercenário" usando uma arma carregada (essa foi no nº 44 ou 45)!!!

    no filme do "demolidor" ele tbm mata um cara jogando ele nos trilhos de um trem.... mas depois fica com crise de consciência tbm (será q isso foi inspirado na tal história do gibi)???

    Abs!!

    ResponderExcluir
  14. "Não bastasse tudo isso.... a revista ainda foi a grande responsável pela consolidação dos "X-Men" no Brasil."

    Oi Leo, infelizmente não tenho nenhuma dessas preciosidades na coleção. Isso que dá ficar décadas longe dos gibis de heróis.
    Adoro X-Men e tenho comprado algumas revistas nos sebos.
    Gostei demais da matéria e aprendi mais do mundo dos super-heróis lendo a postagem num "domingão", a leitura fica mais descontraída e proveitosa. Abs. Paulo.

    ResponderExcluir
  15. Brigadão, Paulo:

    valeu por ter curtido a matéria!!!

    nesta segunda a parte 2 desta matéria irá ao ar... mostrando a QUEDA da revista até seu lamentável cancelamento!!!

    tô digitando o texto neste momento, mas sempre empaco na hora da conclusão, rs....

    Abs!!

    ResponderExcluir
  16. Cara,descobri este teu blog e viajei no tempo...Fui embalado na minha adolescencia pelas SAM,até hoje releio, tentando reviver todas as emoções que experimentava quando tinha meus 12 anos...Os grandes desenhistas como Frank Miller, John Byrne, Sal e John Buscema, Neal Adams (DC) são insuperáveis!!!

    valeu pelo blog.

    ResponderExcluir
  17. "Cara,descobri este teu blog e viajei no tempo..."


    Brigadão mesmo, Nilson....

    e seja bem-vindo ao blog, rs!!!

    pra mim, o grande barato de colecionar HQs, é q elas são um registro do nosso passado qdo relidas anos e décadas depois.

    eu viajo no tempo afú mesmo sempre q releio as raridades dos anos 70 e 80 (q eu ainda conservo em perfeito estado)!!!

    qdo puder, dê uma olhada no marcador "FOTOS" no canto direito do blog... q ali tem os links de matérias q eu postei com fotos da minha coleção: tem várias hqs raras dessa época (inclusive várias SAM, Heróis da TV, e gibis da Bloch, Ebal e RGE)!!!

    Abração!!

    ResponderExcluir
  18. http://marvelk.blogspot.com.br/2013/11/mega-pack-superaventuras-marvel-1982.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...