21/01/2020

Drops de Notícias (Parte 3): "Gibilândia 7", "Asterix" (Panini), "Zero Hora", "O Imortal Hulk 2", e Mais...

Nesta 3º (e ÚLTIMA) Parte do "Drops de Notícias"... 2 fanzines (de Roberto Guedes) trazem HQs raríssimas E matérias especiais sobre o FILÉ dos quadrinhos de fantasia e terror. O "Asterix" retorna pela Panini (em coleção INTEGRAL). E mais uma mega-saga noventista (Zero Hora) é revisitada nos dias de hoje (entre outras cositas mas): 

"Gibilândia 7" e "Status 3" (FANZINES), "Asterix" (pela Panini), "O Imortal HULK 2", "Deadpool Massacra o Universo Marvel DE NOVO", "Zero Hora - Crise no Tempo", "O Relógio do Juízo Final 9", "Hellboy - Ed. Histórica 11: O Monstro de Vargu", "O Círculo de Júpiter 2" (de Mark Millar), e "Batman Décadas - 1960" (Miniatura da Eaglemoss)!

Confira abaixo:

"Gibilândia 7" + "Status 3": O fanzine "Gibilândia" (voltado pra pesquisadores e colecionadores) chega ao nº 7 com HQs raríssimas e uma espetacular capa com "Conan - O Bárbaro", que aparece junto com "Doc Savage", "Tarzan", e "Zorro" no artigo: "Muito Além da Ficção PULP". A edição traz ainda as HQs: "O Nascimento da Morte" (de Jim Starlin - publicado em 1974), "Nick Fury Encontra Xênia" (HQ nacional feita pro gibi do Fury na Editora Trieste), "Carnaval" (com Frank Cappa), e uma improvável biografia de Fidel Castro por Stan Lee (de 1959)! Já a "Status 3" apresenta a trajetória dos gibis de terror nos EUA e Brasil (dos anos 50 pra cá): O surgimento da EC Comics (Contos da Cripta), O Comics Code, A Warren (Creepy, EERIE, Vampirella), Terror na Marvel (Tumba de Drácula, Lobisomem, Morbius), As revistas brasileiras (Kripta, Spektro, Calafrio), e mais. Cada edição custa R$ 25 com frete incluso (a tiragem é baixa e limitada) e os interessados podem entrar em contato no e-mail: guedesbook@gmail.com!

"O Imortal HULK 2" + "Deadpool Massacra o Universo Marvel DE NOVO": Bruce Banner está vivo e o Hulk volta a ser caçado pelo governo, "Tropa Alfa", e até pelos "Vingadores". Só que Bruce tem problemas maiores: Algo terrível o infectou. Algo com planos insidiosos para a humanidade! Enquanto isso, o "Homem-Absorvente" tenta matar o Imortal Hulk. Mas o Gigante de Jade é o único obstáculo entre o mundo dos vivos e a Porta Verde. Sem dúvida, um dos melhores materiais produzidos pela Marvel na atualidade! Já o "Deadpool" divide opiniões, hehe: Nesta sequência de uma HQ publicada ano passado (e que eu - particularmente - achei bem divertida, embora muitos leitores tenham odiado) Wade Wilson elimina todos os seus personagens favoritos dos modos mais horríveis que se possa imaginar, incluindo a "Gwenpool", "Cav. da Lua", "Miss Marvel", "Guardiões da Galáxia", E até a "Menina da Lua & O Dinossauro Demônio" (entre outros restolhos, rs)!

"Asterix" (pela Panini): Depois de uma malfadada fase de testes pela Salvat (que chegou a publicar 5 edições de uma coleção com lombada - FOTO ilustrativa logo abaixo)... O "Asterix" foi confirmado oficialmente pela Panini em uma NOVA coleção INTEGRAL prevista pra ser lançada em março e reunindo 38 encadernados (além de 3 livros) ao todo. Criado por René Goscinny (roteiro) e Albert Uderzo (arte), "Asterix" vem sendo publicado há muitos anos aqui no Brasil por diversas editoras: Bruguera, Cedibra, Círculo do Livro, RGE, e mais recentemente a Record (que publicou 36 álbuns). 2 ainda estão INÉDITOS no Brasil (e serão publicados agora pela Panini). Nada se sabe ainda sobre formato, preço, ou se formará lombada? (pretendo fazer essa coleção e voltarei ao assunto por aqui quando tiver maiores informações)!   

"Zero Hora - Crise no Tempo" + "O Relógio do Juízo Final 9": Depois da "Queda do Morcego" (que tá saindo pela Deagostini) outra mega-saga noventista da DC é reapresentada aos leitores de hoje. Trata-se da "Zero Hora" (de Dan Jurgens & Jerry Ordway), publicada na época pela Editora Abril (e que NÃO traz boas lembranças à todos os leitores, rs). O próprio tempo está sob ataque. Um evento catastrófico traz o caos para o passado, presente e futuro, deixando diversas incongruências em seu caminho. E ao longo de toda a linha do tempo, os vilões se aproveitam da situação (capa-dura, 200 pág, R$ 71)! Já a saga do "Relógio" (estrelada pelo elenco de "Watchmen") chegou rápido ao nº 9: A série chega ao seu ápice quando o Universo DC colide de frente com sua maior ameaça: o "Dr. Manhattan". Mas nada pode ser escondido do azulão, e os segredos do passado, presente e futuro irão abalar as fundações da DC (e - imagino - o bom humor de Alan Moore, rs)! 

"Hellboy - Ed. Histórica 11: O Monstro de Vargu" + "O Círculo de Júpiter 2" (de Mark Millar): Dizem por aí, que esta será a ÚLTIMA "Ed. Histórica" do Hellboy (não tenho certeza) e ela vem acompanhada da republicação (pela enésima vez) do 1º encadernado (Sementes da Destruição). Aqui, neste Vol. 11, Mike Mignola retorna junto à outros artistas: Richard Corben, Scott Hampton, e Kevin Nowlan, pra contar histórias que se misturam com o horror, a ação, e a diversão (como no confronto entre "Hellboy" e seu ídolo de infância, o herói "Lagosta Johnson", em um ringue de luta livre mexicana). A edição tem capa-dura, 240 pág, e custa R$ 94 (coisa do capeta, rs)! Enquanto isso, no Millarworld: A série "Júpiter" (que recém ganhou uma versão na TV) traz o desfecho do "círculo de júpiter" - livro 1, que cria um surpreendente contexto para a série do "legado de júpiter" (capa-dura, 152 pág, R$ 58)!

"Batman Décadas - 1960" (Miniatura da Eaglemoss): A coleção "Décadas" comemora os 80 ANOS do morcego com 8 miniaturas especiais (escala de 1:16) representando cada período do Batman nas HQs. Na década de 1960, ele retornou às suas raízes sombrias e dramáticas. Carmine Infantino redesenhou o traje do Cavaleiro das Trevas tornando-o mais realista do que antes e introduziu insígnias agora icônicas. Visto pela 1º vez em "World Finest" 141, o logo do Batman foi colocado em um oval amarelo no peito dele. A miniatura da Era de Prata foi inspirada pela "Detective Comics" nº 327. Ele está vestindo um macacão clássico cinza, com cueca preta (por cima das calças, kkk), cinto amarelo, botas altas azuis brilhantes, luvas, capuz e capa. A peça custa R$ 120 (mas normalmente sai por 100 ou menos com descontos eventuais no site da Eaglemoss) e acompanha uma revista informativa!

Até+

104 comentários:

  1. Dessa leva vou pegar Zero Hora, foi uma saga que me marcou muito, lembro que acompanhei ela lá em 1996 aos 15 anos. Era uma continuação da crise nas infinitas Terras e tinha o charme especial de ser retroativa indo do 4 ao 0, cada mês era uma expectativa pra chegada do número zero, a última edição ainda vinha com a última capa como um poster da linha do tempo da história da DC até aquele momento.
    A edição da panini não vai ter esse charme, o pior é que ela já fez cagada na capa colocando o Paralax, ele só é revelado como vilão por trás da saga no final da penúltima edição. Parabéns pra Panini que estragou a surpresa da saga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zero hora e armagedom 2001 tem finais broxantes

      Excluir
    2. O final de Armagedon 2001 até hoje me lembro. Simplesmente uma enganação ao leitor. Roberto Xavier

      Excluir
    3. "... Parabéns pra Panini que estragou a surpresa da saga..."

      Um equívoco cometido pela própria DC na edição de 2018, que infelizmente foi reproduzido.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. E aí, beagle... blz?

      Agora q vc falou, eu lembro dessa contagem retroativa nas propagandas da Abril... Eu não acompanhei essa saga na época, mas as propagandas vinham num marketing agressivo, hehe (mesmo quem lesse só os gibis da Marvel na Abril, acabava sabendo da "Zero Hora" na marra)!

      Qto à capa-spoiler... Eu preferia mais esta aqui, com bastante poluição visual:

      https://d1466nnw0ex81e.cloudfront.net/n_iv/600/5235510.jpg

      Abs!

      Excluir
    5. Eu curtia as propagandas de outras revistas na época da Abril. Só não quando apareciam no meio da história. Gostava nas contra capas. Até hoje lembro dos anúncios de "Monstro do Pântano", "Vertigo" e "Conflito no Vietnã" e da curiosidade que dava de ler. Apenas a última nunca consegui nenhuma. Roberto Xavier

      Excluir
    6. Já faz um tempo que a Panini vem cagando na escolha de algumas capas. A maior pra mim é a publicação das capas variantes de Relógio do Juízo Final, em detrimento das capas originais, capas estas que são consideradas como o primeiro quadro de cada edição, como era no Watchmen original.

      Excluir
    7. E aí, Marcos... blz?

      Putz, como eu não acompanho a saga do "Relógio" eu não sabia das capas originais ao estilo das clássicas (sendo o 1º quadro de cada edição)... Mas sendo assim, q cagada q a panini fez, hein? estragou a sacada mais genial das capas originais!

      Abs!

      Excluir
  2. Essa fanzine possue os direitos de publicação de alguns personagens que não estão em domínio público?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ter uma brecha jurídica em relação a reprodução das imagens, que categoriza a publicação como sendo de cunho jornalistico estando acompanhadas de matérias, de forma similar à Mundo dos Super-Heróis.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Acho que está simplesmente cagando, por isso afirma ser um fanzine e não uma revista profissional...

      Excluir
    3. Sim, existem "brechas jurídicas" q permitem a publicação de HQs de forma "ARTESANAL" (e com tiragem reduzida)...

      Da mesma forma q TBM existem brechas q permitem a produção de MINIATURAS customizadas da Marvel e DC (até um nº "X" de peças - desde q não constitua "produção em massa")!

      Um bom advogado saberá explicar melhor esses detalhes... Já consultei um qdo ajudei a financiar tanto fanzines qto bonequinhos custom!

      Abs!

      Excluir
  3. E ae, Leo!
    Asterix li quase todas as edições da Record. Quando moleque frequentava uma biblioteca e retirava para ler.
    O Imortal Hulk peguei o primeiro volume mas não fiquei animado, talvez dê mais uma chance com esse volume 2.
    Li "O legado de Júpiter" e achei sensacional. Não sei se pego essas edições porque saiu o McNiven e entrou outros artistas.
    Hellboy e Zero Hora serão cofres certos. E O Relógio do Juízo Final estou acompanhando e em dia. Li os scans e achei a série legalzinha apesar de dar a impressão de que não chega em lugar algum.
    Por fim, Deadpool da Fase Nova Marvel me agrada e sempre que posso pego os encadernados. Essa continuação do massacre ficará na lista: futuras aquisições com grandes descontos.
    Roberto Xavier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: "O Legado de Júpiter" é desenhado pelo Frank Quitely e não o Steve McNiven.
      Roberto Xavier

      Excluir
    2. McNiven desenhou NÊMISIS.
      Pena que o Millar não escreveu tão bem como em o LEGADO.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. E ae VAM!
      McNiven fez um bom trabalho em "Nêmesis".
      Do Millar World fico apenas com "Legado de Júpiter", "Superior", "Kick Ass", "Nêmesis" e "Huck".
      Roberto Xavier

      Excluir
    4. E aí, Roberto... blz?

      "Asterix" eu só li uns 3 ou 4 álbuns qdo moleque... lembro q eu gostava, mas acabei não tendo condições de colecionar na época. Devo aproveitar a oportunidade agora e completar essa coleção (q não achei tão extensa)!

      A série "Júpiter" eu não tô acompanhando (entrou na lista de CORTES do orçamento)... Mas pretendo assistir o seriado na TV (já vi o trailer e gostei)!

      "Hellboy" eu tava pegando a "Ed. Histórica" no relançamento (onde fui até o Vol. 4), mas tive q parar até republicarem os Vol. 5 e 6 (não quero arriscar avançar além disso e ficar com a coleção esburacada)!

      "Deadpool" da Nova Marvel eu tô curtindo bastante... tá na mesma pegada dos FILMES (q eu achei EXCELENTES - os 2) e vou seguir sempre q saírem novos encadernados!

      Abs!

      Excluir
    5. "Do Millar World fico apenas com "Legado de Júpiter", "Superior", "Kick Ass", "Nêmesis" e "Huck"


      Desses aí...

      Tenho só os 3 livros do "Kick-Ass" original... E SÓ (nem cogitei pegar a série da substituta dele - e nem os spin-offs da "Hit-Girl" q andam saindo)!

      Abs!

      Excluir
  4. Zero Hora não é ruim. É MUITO ruim. Idem para a capa desse novo Asterix. Qual é o propósito de gastar mais de metade da área da capa com esse fundo azul?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo vale para o vermelho vinho do Hellboy...

      Excluir
    2. As mulheres da época do Conan tinham algum problema nas pernas?? Tirando as guerreiras, o resto aparece sempre no chão, caídas, agachadas, carregadas, se apoiando no bárbaro... Kkkkkk Deve ser o charme do cara que deixa todas tontinhas.

      Excluir
    3. "... Qual é o propósito de gastar mais de metade da área da capa com esse fundo azul?..."

      "... O mesmo vale para o vermelho vinho do Hellboy..."

      Já vi isso acontecer várias vezes nos últimos anos. Em termos de design gráfico digo que é um "bengala".

      Com pretexto de SE emoldurar as artes originais, é um recurso que não precisa de um profissional muito experiente e portanto pouco remunerado, para reproduzir.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. "... Deve ser o charme do cara que deixa todas tontinhas..."

      Esse tipo de composição mostrando a submissão feminina, obviamente uma fantasia masculina, foi explorada à exaustão, desde os PULPS, passando por Men´s Magazines, Comics Magazines, Comics, Movie Poster etc.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. "Qual é o propósito de gastar mais de metade da área da capa com esse fundo azul?"


      Kromak e VAM...

      Só pra ressaltar: Usei essa capa do "Asterix" da Salvat apenas como referência gráfica... Ainda não se sabe qual visual ou diagramação a Panini vai usar qdo relançar a coleção!

      Particularmente, tbm NÃO me agrada (nem um pouco) essas capas com bordas exageradas... A exemplo do "Aranha - Ed. Definitiva" tbm!

      Abs!

      Excluir
    6. "As mulheres da época do Conan tinham algum problema nas pernas?? Tirando as guerreiras, o resto aparece sempre no chão, caídas, agachadas, carregadas, se apoiando no bárbaro... Kkkkkk"


      E aí, marco antonio... blz?

      Essas capas do "Conan" sempre mostravam as mulheres como donzelas em perigo e submissas ao bárbaro... Imagino q essas capas devam horrorizar as feminazis matadoras de machos tóxicos e os justiceiros sociais mimizentos de hj em dia, kkk!

      Abs!

      Excluir
    7. "Particularmente, tbm NÃO me agrada (nem um pouco) essas capas com bordas exageradas... A exemplo do "Aranha - Ed. Definitiva" tbm!"

      Só abro exceção para os Masterworks originais, que nunca chegaram ao Brasil, com sua borda dourada em formato de moldura barroca, em alto relevo, sobre um fundo marmorizado:

      https://http2.mlstatic.com/marvel-masterworks-the-amazing-spider-man-1-10-D_NQ_NP_959458-MLB28065147389_082018-F.webp

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    8. Bem lembrado, VAM...

      O caso desses "Masterworks" era um caso à parte... eu até gostava mais desse modelo gráfico do q a versão final q acabou sendo usada pela panini na época!

      Abs!

      Excluir
  5. Eu gostava de zero hora. A numeração retroativa e a linha do tempo DC, inédita até hoje, chamam a atenção. A capa da panini está horrível. Torcer pra Eaglemoss publicar uma versão mais completa como está fazendo com Invasão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. todas as capas de zero hora são horrorosas, não tem salvação

      Excluir
    2. Saiu Invasão pela Eaglemoss completa? Essa é uma das poucas minisséries que lembro dos tiens fazerem diferença no entendimento da história. O bacana dessa série foi a interação com os outros títulos. Como tratavasse de um invasão literalmente houveram muitas frentes de resistência e a série principal aborda apenas os momentos chaves.
      Se sair completa pela Eaglemoss com esses complementos comprarei com certeza.
      Roberto Xavier

      Excluir
    3. "... todas as capas de zero hora são horrorosas, não tem salvação..."

      Da mini-série original, com certeza. Já da edição do ano passado:

      https://comicvine1.cbsistatic.com/uploads/scale_large/6/67663/7115850-01.jpg

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. VAM!
      Essa capa da edição Omnibus está bacana. A que a Panini irá lançar também gostei, apesar do spoiler.
      Roberto Xavier

      Excluir
    5. EComocono assim !? A capa da edição 0 é muito aproveitavel.

      Excluir
    6. "Saiu Invasão pela Eaglemoss completa?"


      Alex e Roberto...

      Sim, a "Invasão" entrou em pré-venda na Amazon, e tem 384 pág (BEM maior q a da panini):

      https://www.amazon.com.br/Invas%C3%A3o-Dcgn-Sagas-Definitivas-Eaglemoss/dp/8583785945/ref=sr_1_18?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&keywords=sagas+definitivas&qid=1581225863&sr=8-18

      Abs!

      Excluir
  6. Imortal Hulk começou muito bem, mas quando chega naquela parte do "Hulk fatiado", para mim, foi forçado ao extremo. Depois vai todo mundo para o inferno (literalmente) e aí voltam os clichês tantas vezes vistos... Espero que melhore.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, marco antonio... blz?

      Te entendo perfeitamente, essa cena do "Hulk Fatiado" tbm me causou estranheza de início e QUASE fez com q eu desistisse dessa série. Mas um camarada meu insistiu pra q eu tentasse e acabei aceitando melhor a ideia (tô gostando dessa série e vou seguir adiante)!

      Abs!

      Excluir
  7. Adorei a miniatura do Batman. Sobre Axterix é uma notícia e, ao mesmo tempo, engraçado. É por que facilmente se encontrava Axterix mas nas livrarias daqui. Então eu vejo essa empreitada da Panini como enxugar gelo. Mas é bom porque, quem sabe, agora o universo do personagem tenha mais popularidade e alcance uma Gama maior de leitores.
    Estive observando que o formato de suas postagens é ideal para um Podcast. Ou quem sabe um Podcast com essas capas transitando durante a fala. Daria para produzir algo nesse sentido no YouTube. Quem sabe?
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Fabiano... blz?

      Essa miniatura do "Batman" eu fiquei tentado a comprar futuramente (desde q com um BOM desconto, é claro)... ficou mto bacana e me interessa a revista informativa sobre o período dos anos 60 tbm!

      O "Asterix" sempre esteve bastante restrito à livrarias apenas... agora, imagino q a panini tenha a ideia de levá-lo às bancas normais tbm (fiquei motivado a ler esse material, q sempre me foi mto bem recomendado)!

      E obrigado pela sugestão do podcast... Ainda não desisti de tentar novas mídias (assim q me sobrar mais tempo livre na rotina do dia-a-dia, hehe). Pena q o Youtube seja cheio de frescurinhas e censuras: eu queria criar um canal mais hardcore sobre HQs, mas já vi q se depender do youtube vão ficar sempre tirando meus vídeos do ar, kkk)!

      Abs!

      Excluir
  8. Oi Leo!

    Alguém que comprou Zero Hora pode me informar se vêm junto a capa pôster que veio na mini-série da Abril mostrando a trajetória da DC através dos anos?

    Desde já agradeço!

    Me interessei por essa coleção do Astérix, que presumo ser a mesma da Salvat! Porém, só a farei se ela estiver num valor de até R$ 30,00 um valor maior que esse fica muito pesado!

    Se a do Conan que tem um formato maior custa R$ 49,90, não é justo pagar mais que R$ 30,00 numa edição menor, mesmo sendo colorida!!

    A Panini pode segurar o preço desta coleção se quiser e deixá-la num preço mais cômodo ao leitor\colecionador!

    Esses Fanzines estão prestando um serviço inestimável para nós colecionadores antigos, pois trazem histórias que dificilmente sairão novamente por aqui! Eu queria um deles que trazia uma história da Satana que saiu na Bloch, a primeira aparição dela! Mas acho que já deve ter esgotado!

    Círculo de Júpiter me interessa, é um material bem bacana essa série do selo Millarworld!já o Imortal Hulk, eu fico tentado, mas estou na dúvida porque tem umas bizarrices na série que não sei se aceitaria, já que sou muito conservador, principalmente por ser leitor das antigas!

    Eu ia pegar este material (as duas edições já lançadas) agora no começo do mês, mas estou tentado a pegar Escalpo que chegou por aqui a quarta e a quinta edição! Compro um agora e outro no mês que vem, e ajudo a banca a se manter!

    Realmente é muito bonita esta peça do Batman de sunga preta para destoar do resto do uniforme,queria saber o porquê disso, he,he!Mas que deve ter uma explicação, deve ter!!

    Ainda não bati o martelo em relação a esta coleção, e quem sabe mais pra frente eu a faça, e de preferência com bons preços numa promoção!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elcio, Zero Hora está em pré venda. Espero que traga o pôster com a cronologia DC até aquele momento. Senão vier a minissérie da Abril será bastante procurada. Roberto Xavier

      Excluir
    2. Olá Elcio!

      "... Círculo de Júpiter me interessa, é um material bem bacana essa série do selo Millarworld..."

      _ Eu tenho, os dois volumes de o Legado, achei excelente.
      Principalmente pela narrativa gráfica do excepcional Frank Quitely.

      Mas esse spin-off apesar das capas, não é ilustrado por ele, então eu decidi passar.

      "... já o Imortal Hulk, eu fico tentado, mas estou na dúvida porque tem umas bizarrices na série que não sei se aceitaria, já que sou muito conservador, principalmente por ser leitor das antigas..."

      _ Então é melhor deixar quieto, companheiro.

      Eu estou curtindo muito todas bizarrices, no "Estilo John Carpenter", mas não sou conservador em relação ao verdão.

      "... Mas que deve ter uma explicação, deve ter..."

      _ Mas sempre foi retratado assim. É para criar maior contraste, evidenciando bem que tem uma sunga ali, senão em publicações para jornais, com ausência de cores iria parecer que estava usando Legging.

      Mas nessa peça, me parece que não pintaram a faixa azul nas laterais, que funciona como o brilho da sunga.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Oi Roberto Xavier
      Obrigado pela Resposta!Eu fiz a pergunta sobre Zero Hora no caso de alguém já ter comprado a edição, porque no site da Panini ela está à venda há cerca de um mês ou pouco mais que isso!

      Assim como Inumanos, a editora atualmente está preferindo priorizar a sua loja virtual com alguns lançamentos e deixando para bem depois mandar para a Amazon!

      Inumanos, eu comprei pela loja virtual da Panini e recebi dia 30\12\19, e só agora esta edição saiu lá na Amazon! A mesma coisa também está sendo feita com Zero Hora, mas esta eu não comprei porque já tenho a mini-série da Abril, mas se eu achá-la daqui um tempo com um preço bom(lá na casa dos R$ 20,00) eu até posso comprar para deixá-la na estante e passar pra frente a mini-série da Abril! Porém espero que tenha a capa pôster!!

      Abraços!

      Excluir
    4. A minisérie é tão boa, tão boa, que a maior preocupação das pessoas é com um pôster para substituir a contra capa. Bom, é uma história de mais de 30 páginas do Dan Jurgens, não dá para esperar grande coisa.

      Excluir
    5. Eu curto a fase do Dan Jurgens anos 90. Principalmente a frente do Superman e da Liga da Justiça.
      Roberto Xavier

      Excluir
    6. Qual fase do Super-Homem? Ele ficou no título uma eternidade...

      Excluir
    7. Dan Jurgens foi uma espécie de Brian Michael Bendis dos Anos 90, ele escrevia tanto para a Marvel como para a DC e "revolucionou" títulos com A Morte do superman, Crepúsculo Esmeralda, A Queda do Morcego, e Saga do Clone, fora outros títulos que ele escrevia e desenhava!

      Excluir
    8. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Opa, já me chamou a atenção essa capa-poster da "Zero Hora"... e embora eu não tenha a intenção de comprar esse encadernado, vou procurar esse poster em scan q seja (valeu pela dica)!

      O "Asterix" eu pretendo fazer certo... sempre quis ter essa coleção e agora me parece ser a melhor oportunidade. O preço eu não acredito q seja mto caro, até pela pouca quantidade de pág dos álbuns (não imagino passando de 30 reais)!

      E sou um entusiasta confesso dos fanzines, tendo como meus favoritos a "Replicóide" (q gerou uma postagem polêmica aqui no blog há alguns anos atrás) e a dupla: "Gibilândia" & "Status" (do Roberto Guedes), riquíssimas em matérias e informações sobre a fase clássica Q VALE dos quadrinhos!

      Esse da "Satana" eu não tenho... lembro da origem dela num gibi da RGE (acho q o "Premiere"), mas vc saberia me dizer q fanzine republicou essa história?

      O "ESCALPO" eu completei ano passado, baita série policial (achei mto melhor e mais realista q "100 Balas")... Recomendo tbm o "Imortal Hulk" - Vc sabe o qto eu TBM sou bastante conservador pra gibis de super-heróis, hehe: e mesmo eu, acabei curtindo e me acostumando à narrativa desse novo Hulk (q mistura até o clima de caçada e perseguição do seriado de TV dos anos 70)!

      Qto ao "Batman - Décadas"... eu tô esperando uma queima de estoque daquelas de 50% de desconto pra mandar vir umas 2 ou 3 peças. Por enquanto, me interessei pelos bonecos dos anos 40, 60, e 70!

      Abs!

      Excluir
    9. Oi leo


      Saiu em gibilandia 03 de junho de 2019
      Nao repare porque estou escrevendo do celular.
      Abs.

      Excluir
    10. Opa, valeu mesmo, Elcio...

      O "Gibilândia 3" eu não tenho (tô esperando uma futura reimpressão)... Eu consegui apenas os nº 5 a 7!

      Abs!

      Excluir
  9. Leo,

    Você sabe dizer alguma coisa sobre a fase de teste dos Vingadores que foi lançada no Ano Passado pela Planeta
    De Agostini? Será que vai vingar? Sinto que a Panini comics no Brasil deu uma freada drástica em suas publicações no Brasil...penso...que a Editora Abril Jovem quando completou seus vinte anos de publicação Marvel no Brasil descarrilhou e Panini completará seus vinte anos de publicação no Brasil e parece que vai para o mesmo caminho quando completar seus vinte anos de publicação... lamentável...mas torço que não!!!!

    Um grande abraço e ótimo domingo em família!!!!

    Alexander.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexander,
      Vivemos outros tempos. Na época que a Abril possuía os direitos da Marvel e DC no Brasil era muito diferente de hoje onde a Panini possui os direitos quase que exclusivos e repassa para outros países. A Abril passou por fases de má gestão que derrubaram os negócios. A Abril era uma empresa familiar e como a maioria acaba colocando pessoas em cargos importantes sem terem preparo ou interesse em administrar. Já trabalhei em empresas com essa características e vi muito familiares em cargos de decisões que não apareciam, as vezes que ia trabalhar chegavam tarde e saiam cedo,não estavam por dentro do que acontecia e a preocupação era mais a academia do que o trabalho em si. Esse tipo de empresa está fadada ao fracasso mesmo. E a Panini Brasil apesar de ter esse tipo de defeito, por exemplo o senhor dos milagres parece ser casado com a filha de um figura lá dentro pelo que ouvi falar, não deixa a peteca cair porque tem a matriz Itália de olho nos lucros. Ou seja, podem até fazer cagadas desde que o lucro esperado seja alcançado. E isso com certeza está em dia com os preços absurdos e os profissionais com baixos salários e sem condições de trabalho que parecem contratar para revisar os materiais.
      Roberto Xavier

      Excluir
    2. OI VAM!

      Obrigado pelos esclarecimentos em relação ao Imortal Hulk! Eu confesso que fiquei tentado em adquirir a publicação, ainda mais por causa de tantos elogios; e numa época em que raramente você encontra material com qualidade, aquilo que é aclamado pela maioria desperta a atenção!

      Eu dei uma olhada em scans, e achei até interessante, mas ainda longe de ser do meu gosto!

      Mas como não li todas as histórias dos dois encadernados, achei que a coisa poderia melhorar, aí descobri a história do Hulk ser 'fatiado" e mais algumas bizarrices e isto me desanimou!

      Eu tenho este lado mais tradicional em relação ao Hulk, acho que isso é até inconsciente, já que tenho a série e a fase Bill Mantlo como definitivos em relação ao Golias Esmeralda!

      Este material do Millarworld, eu vou ver se pego num preço bem acessível, já que foi assim que eu peguei os outros! com a série chegando logo logo eles vão entrar em boas promoções!!

      Valeu por me esclarecer a explicação sobre a sunga do Batman ser preta nesta fase do herói nas HQs.Faz total sentido!!

      Esta peça realmente ficou sensacional, bem fiel à arte das HQs!

      https://www.amazon.com.br/Carmine-Infantino-Gardner-Fox/dp/1401247555

      Abraços!

      Excluir
    3. "Você sabe dizer alguma coisa sobre a fase de teste dos Vingadores que foi lançada no Ano Passado pela Planeta
      De Agostini?"


      E aí, Alexander... blz?

      A deagostini chegou a lançar 4 edições dos "Vingadores" no ano passado (entre agosto e outubro de 2019):

      "Vingadores do Amanhã", "Os Heróis + Poderosos da Terra", "A Iniciativa Ultron", e "Treinamento Básico"!

      Olha, pelo q eu vi de algumas dessas fases-teste... A média tem sido de quase 1 ANO até a confirmação oficial da editora pra esse tipo de coleção. Assim, acredito (palpite) q apenas no 2º semestre de 2020 saberemos alguma coisa a respeito. As chances são de meio-a-meio, pois o q observo da Deagostini é uma imensa dificuldade em distribuir e atingir pontos de venda com suas publicações. Falo isso, pq o "Príncipe Valente" é um parto conseguir em bancas (esse eu assino) e o "Batman" começou saindo regularmente nas bancas e depois PAROU (sem maiores explicações), digo: a coleção do "Batman" continua, mas nas bancas (aqui do sul pelo menos) meio q desapareceu!

      E achei mto interessante essa sua teoria sobre os 20 ANOS da Abril e agora os 20 ANOS da Panini publicando Marvel e DC... É incrível como temos a sensação de q os 20 anos na Abril foram mais intensos e demorados do q na panini: Parece q foi ontem q os italianos invadiram o mercado nacional, rs!

      Abs!

      Excluir
  10. "deu uma freada drástica em suas publicações no Brasil...penso..."

    Mesmo tendo diminuído a quantidade de publicações, nem se compara a diversidade de títulos da Panini em relação ao que a Abril publicava após 20 na estrada com Marvel/DC.

    Agora, se formos pensar em volume de tiragens Alexander, aí é outra história.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, VAM... blz?

      Ainda tô devendo aqui no blog matérias da coluna: "Editoras Nacionais" com a Abril e Panini, hehe... Mas é tanta coisa pra pesquisar sobre as 2 (fazendo caber 2 décadas em 2 postagens pra cada uma) q sabe deus qdo terei tempo de finalizar essas matérias!

      Seja como for, é mto interessante compararmos os 20 anos q cada editora teve pra trabalhar com Marvel e DC...

      Abs!

      Excluir
  11. "Gibilândia 7" não conhecia esse gibi
    "Zero Hora - Crise no Tempo" não cheguei a comprar na época. Dúvido muito que tenha superado Crise das Infinitas Terras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada supera Crise nas Infinitas Terras.rs
      Roberto Xavier

      Excluir
    2. Oi, Marcelo... Tdo bem?

      Li "Zero Hora" em scans, e não dá nem pro cheio diante da "Crise", rs!

      Abs!

      Excluir
  12. Boa tarde, Léo. Tudo bem?

    Rapaz estou tentado a pegar essa nova fase do HULK.

    Parece ser interessante, está sendo elogiada pelos leitores e as ilustrações de capa são titânicas.

    Sei lá, mas elas tem um "quê" retrô.

    No entanto, gostaria muito que a Panini lançasse outra série do HULK voltada para o público adulto.

    Estou me referindo a "RAMPAGING HULK".

    É um material clássico aparentemente muito bom e que nunca foi publicado em língua portuguesa.
    Pelo menos até onde sei.

    Léo, estava cá com meus botões e pensei o seguinte.

    Se e somente se, o selo que publica os clássicos da Marvel, "CHM", for cancelado, o que você acha que seria feito para que o público não ficasse privado dos clássicos?

    Já adianto que o meu desejo seria a volta da coleção "BHM" em capa cartonada.
    Mas já que isso não ocorrerá, fico imaginando qual coleção viria em substituição.

    Então por enquanto é isso companheiro. Até a proxima,

    Michel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Michel... blz?

      Esse "Imortal Hulk" tem sido uma grata surpresa pra mim, ainda mais diante de um quadro de derrocada total dos quadrinhos da Marvel sob vários aspectos (artísticos, criativos, e ideológicos)... O Hulk se sobressai e volta a trazer ao leitor o prazer de uma boa leitura!

      Mas adorei ainda mais a sua sugestão do "Rampaging"... Sempre quis ler essa série, q parece ser fodástica (foram 27 edições com 68 pág):

      https://d1466nnw0ex81e.cloudfront.net/n_iv/600/1087521.jpg

      Qto ao selo "CHM"... Infelizmente, tenho q te comunicar a triste notícia de Q as "COLEÇÕES HISTÓRICAS" JÁ FORAM CANCELADAS. MAS OS CLÁSSICOS SERÃO PUBLICADOS DE OUTRA FORMA DAQUI PRA FRENTE (AINDA NÃO DIVULGARAM QUAL)!

      Porém, eu acredito q 2 novos selos de materiais clássicos surjam no lugar das CHMs: Um em formato econômico (a ser anunciado ainda - talvez pra depois do carnaval OU no 2º semestre) e o outro de luxo q JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO: SERIAM AS "ED. DEFINITIVAS" (q nem a do "Aranha" q já vai pro Vol. 3)!

      Maiores detalhes... Futuramente aqui no "Submundo" (assim q eu tiver as informações mais concretas a respeito)!

      Abs!

      Excluir
    2. Valeu, Léo. Aguardemos então o que está por vir.

      Tomara que seja algo de bom.

      Até a próxima,

      Michel

      Excluir
  13. "... Estou me referindo a "RAMPAGING HULK"..."

    Rapaz, eu também queria muito. Até montei um projeto imaginário para ela tem um tempo. E ano passado um postercobrando, que mandei pro site da Marvel.

    https://batdeira.tumblr.com/image/188979507273

    MAS, por enquanto e talvez ainda por alguns anos não deve ter a mínima chance. Pois a "Casa das Ideias" ainda não digitalizou as edições.

    E como a série teve as 9 primeiras edições em P&B, passando para cor a partir da 10º por conta do sucesso série de TV do Bixby e depois retornando para o P&B em suas 3 ou 4 últimas edições... ficou o maior "samba do gigante verde"...

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vam!, como assim não digitalizou ? Já evi encadernados americanos e comprei 2 omnibus argentinos da Panini com a série completa. Comprei Frankenstein tb no mesmo formato.

      Excluir
    2. Pois sim, Vam. Essa coleção do HULK (RAMPAGING) é um sonho de consumo-leitura.

      Até a próxima,

      Michel

      Excluir
    3. Olá Bond!

      Então é novidade pra mim. Uma ótima novidade aliás.

      Quando pesquiso por coletâneas de material antigo sempre faço pelo site de comics digitais da Marvel e pelo Amazon.com

      Oque encontrei foram duas edições de Essentials já antigas que são em P&B.

      Nem imaginava que a Marvel licenciava para a Panini digitalizar por conta própria em outros países.

      Consegue algum link ou imagem para vermos como ficaram esses Ominibus?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. VAM,

      Fui pesquisar e só encontrei os Essentials tbm... Mas só conheço as lojas americanas mesmo!

      Abs!

      Excluir
  14. E aí Leo, beleza?

    Nada dessa leva pra mim, mas como as coisas não são feitas pro meu gosto, espero que outros aproveitem.
    Essa Zero Hora já saiu, mas não é uma boa série. E também como disseram aí, a capa é spoiler.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lierson... blz?

      Desta leva, pra mim vai ser: "Gibilândia 7" e "Status 3", "Asterix", "Imortal HULK 2", "Deadpool Massacra o Universo Marvel DE NOVO", e "Batman Décadas - 1960"!

      Abs!

      Excluir
  15. Vam, nesse link yem as duas edições. Se o que o Levi diz sobre as decisões da matriz italiana decidir sobre o que podem lançar aqui, os carcamanos nos odeiam.
    https://pt.todocoleccion.net/comics-panini/the-hulk-color-odio-marvel-limited-edition-panini-oferta~x86667032

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz! É lindão mesmo esse bicho feio!

      Gostei da frase de efeito: "A cor do ódio!"

      Uma pergunta, eles coloriram as edições originalmente em P&B?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Não, a primeira edição são as edições em P&B, a segunda já pega a fase colorida da revista.

      Excluir
    3. "Gostei da frase de efeito: "A cor do ódio!"


      Bond e VAM...

      Tbm gostei dessa chamada aí... E lamento mto esse material não ter sido lançado por aqui (e ter poucas chances disso acontecer tbm - uma pena)!

      Abs!

      Excluir
  16. Inclusive se o Leo permitir, posso escrever um relato sobre o que achei do mercado de quadrinhos na Argentina. Posso adiantar que é de chorar de inveja...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bond!

      Eu nunca estive na Argentina, mas já pesquisei o mercado de quadrinhos de lá e até me cadastrei em uma comic-shop de lá: A Elektra Comics, e olha que eu vi muita coisa nesta loja que é de cair o queixo!

      Com crise ou sem crise, o mercado Argentino realmente é de dar inveja!

      Abraços!

      Excluir
    2. Sim concerta será bem vindo uma matéria dessas, Bond.

      Acho que inclusive já teve alguma coisa parecida aqui.

      Leo, com certeza poderá dizer.

      Mas bancando o "Advogado do Diabo", é sabido que só em Buenos Aires existem mais livrarias do que no Brasil todo.

      Isso era uma realidade anterior a chegada do Amazon, deve ter diminuído por lá, mas aqui também aconteceu.

      Então a discrepância desse permanecer.

      O volume das tiragem influencia no que se é publicado, então isso é outro dos motivos pra explicar a diferença na diversidade de títulos clássicos.

      - - -

      Outra coisa também é que essa edição do ervilhão é limitada então não deve ser acessível a todo leitor argentino.

      Deve ser tipo o valor pedido pela Panini daqui por uma edição definitiva do Aranha do Lee e Ditko.

      Ou seja infelizmente é pra poucos...

      Bom seria ter materiais desse porte adaptados para coleções de preço camarada como CHM e Lendas.

      Se até o Conan que fez história no passado tá chegando por R$ 50,00 cada edição, já deu pra ver como são as chances para outros Magazines clássicos da Marvel darem as caras por aqui.

      Realmente é pra chorar de inveja :(

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Maior parte do que sai na Argentina é importado da Espanha, onde há uma quantidade gigantesca de publicações.

      Imagino que os preços sejam impraticáveis para a maioria dos argentinos...

      Excluir
    4. Verdade Hunter, grande parte do que se encontra porlá vem da Espanha com um valor cotado em euros. Mas tem 3 pontos que acabam sendo benéficos para os argentinos:
      1 Parte do material que vem da Espanha se trata de alguma coisa que encalhou na Europa ou que ficou desatualizada com outros lançamentos posteriores. Nesses caso o valor é bem mais acessivel;
      2 Tem muita coleção produzida por lá para ser veiculada junto com jornais e que muitas vezes pode ser encontrada na sede dos jornais completas e com precinhos camaradas e até mesmo em bancas que mantem em estoque;
      3 A produção local é muito mais diversificada do que a nossa com muito material de qualidade diversa por várias faixas de preço.
      Isso além.da quantidade de livrarias e "quioscos" que se encontra na capital fazem a viagem bem interessante para colecionadores. Além do passeio de La Historieta que não completei por falta de tempo quando estive por lá, mas que está nos meus planos futuros... risos.

      Excluir
    5. Os quadrinhos na Argentina são caríssimos mesmo. Só comprei os 2 Rampaging Hulk e o Frankenstein pq queria demais e sei que provavelmente nunca sairão aqui.

      Excluir
    6. Sim, esse omnibus argentinos são inclusive numerados. Só que tem praticamente de tudo, indo de clássicos até personagens B, como 3 calhamaçoes com o Homem-Coisa, 1 para o Nova,Lobisomem, tem de tudo. Existem tb edições em capa cartão e papel lwc com saga completas, trouxe um capitão do Kirby e a saga da Madona Celestial dos vingadores.

      Excluir
    7. "Inclusive se o Leo permitir, posso escrever um relato sobre o que achei do mercado de quadrinhos na Argentina. Posso adiantar que é de chorar de inveja..."


      E aí, Bond... blz?

      Mas claro, nem precisava perguntar, rs... Todo relato sobre o mercado exterior é mto bem-vindo por aqui (até pelo fato de eu não conhecer mto do q é lançado em outros países e não ter tempo de me aprofundar mto a respeito)!

      Inclusive, se quiser tornar esse relato em forma de matéria, me avisa... q a gente conversa melhor por e-mail e tenta formatar uma postagem, blz?

      Fico no aguardo então... Valeu mesmo!

      Abs!

      Excluir
    8. Bond, Elcio, VAM, Hunter, e Cesar...

      Apesar de eu ter nascido na fronteira entre Brasil e Argentina (Uruguaina)... Nunca visitei o país dos Hermanos!

      Mas eu estive há 3 anos atrás no Uruguai... e lá o mercado é mto fraco. Os uruguaios ainda vivem a febre do "Wolverine" q tínhamos por aqui nos anos 90 (lá ele é chamado de "Lobenzo", rs). Tem poucas lojas de HQs e a maioria (fui numas 3) com materiais importados em inglês (custando os olhos da cara tbm). As bancas normais do Uruguai não tem quase nada de gibis, tirando umas poucas edições do "Lobenzo", "Batman", "Aranha", e "Condorito" (bem popular por lá)!

      Tá longe de ser um paraíso "nerdístico", mas o modo de vida lá é mto bom no geral: bastante segurança e casas sem grades nas janelas. As pessoas passeiam tranquilamente à noite na rua com suas famílias (uma outra realidade, bem diferente da nossa)!

      Abs!

      Excluir
    9. Aliás, a falta de coleções de quadrinhos nos jornais brasileiros é inexplicável. No resto do mundo isso rolou direto!

      Pensei que o sucesso das coleções da Salvat e Eaglemoss motivaria os jornais. Mas essa moda até já passou e eles continuam sem quadrinhos. Teimosia é pouco!

      Excluir
    10. E Leo, fora Brasil, Itália e Japão, quadrinho não se vende mais em banca em lugar nenhum do mundo - e nesses três mercados as bancas estão em forte decadência (como no mundo inteiro, aliás).

      Excluir
    11. Oi, Hunter... blz?

      Eu lamentei mto qdo os jornais impressos (até pouco tempo eu ainda assinava um deles) pararam de publicar coleções de livros e DVDs... Esse é um mercado q foi simplesmente minguando nos jornais daqui (q hj rumam à extinção total, da mesma forma q ocorreu com o impresso "O Sul" - q deixou de ser publicado fisicamente e passou a existir apenas no virtual)!

      Qto às bancas... Por aqui, somente as bancas de shopping (na rede "Cameron" e "Rei Midas" - pra ficar nas q eu frequento) ainda investem pesado nos quadrinhos. Inclusive, algumas edições de coleções de grande porte ("Batman" e "Valente" da Deagostini e o "Tex Gold" da Salvat) ainda podem ser encontrados nessas bancas - só q em quantidade bem reduzida de exemplares!

      Abs!

      Excluir
    12. Não é questão de quadrinhos. Os jornais impressos, que são o que realmente move a distribuição de bancas, VÃO acabar e todas as publicações de banca irão junto.

      É inevitável, o formato ficou obsoleto. Pode levar muitos anos, mas vão acabar os jornais e, sem eles, não haverá viabilidade comercial para distribuição de revistas e similares. Isso vai acontecer e não tem como impedir!

      O que é preciso é escolher entre ficar choramingando que não tem mais quadrinho barato de banca ou se partir para outro tipo de publicação. Os italianos escolheram a primeira opção e estão afundando, os franceses escolheram a segunda e estão prosperando. Mas a indústria de quadrinhos brasileira é uma cópia fiel da italiana...

      Excluir
  17. Caros Leo,Van,Élcio,Bond e Lierson(galera das antigas aqui do Blog).
    Sinceramente há muito eu parei de acompanhar as mensais. Hoje só vou nos clássicos, assim mesmo numa boa promoção. Desde muito garoto eu me apaixonei pelo estilo europeu,eu nem sabia o que era.Mas quando vi "Cinco por Infinito - do Estabam Maroto",nas bancas ainda Ebal( aí já entrega a minha idade),sabia que havia algo mais que Super Heróis. Hoje vou comprando aos poucos os quadrinhos do PN , Ed. SESC SP,Mithos. Hoje mais do que nunca,editar um bom quadrinho é uma questão de curadoria.Não simplesmente jogar no mercado e ver no que vai dar. Só torço pra Panini concluir o Quarto Mundo e agradecer a JBC por ter fechado AKIRA com dignidade.
    Abraço a todos,
    Celso Pinheiro - SG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celso, ótima descrição sobre a edição de quadrinhos ser como uma curadoria. A Panini precisa aprender isso. Podem até dizer que a editora P&N é pequena por isso consegue. Mas é mentira porque a Panini é grande e os editores precisam fazer isso. E outra os três caras do P&N eram funcionários. Fica a forte impressão de que estão rodeados de incompetentes.
      Roberto Xavier

      Excluir
    2. Oi Celso, obrigado pela citação. Concordo, o mercado de quadrinhos é muito maior do que ficar nas mesmices Marvel e DC.

      E definitivamente uma edição que você vê que um trabalho de curadoria (ótima palavra) agrega muito mais valor do que as dúzias de tranqueiras despejadas em banca.
      Sobre o Quarto Mundo, o bot da Panini no Facbeook segue dizendo que ainda estão avaliando o retorno das 4 edições lançadas para ver se segue lançando, o que para mim é errado, pois reflete em uma péssima época da Panini em que eles nunca concluíam nada.
      Se esse for o futuro, adeus Panini.

      Excluir
    3. Mensais tb larguei há anos. Hj só os clássicos mesmo, Conan, magás que sejam clássicos e coisas diferenciadas de outras editoras. Quando o material atual é comprovadamente bom, compro depois se sair encadernado.

      Excluir
    4. Olá Celso, sobre mensais:

      Felizmente a única da Marvel, que sempre acompanhei virou encadernado já tem algum tempo, o Demolidor.

      Tenho o Imortal HULK também, mas sei que é uma fase finita e daqui a pouco mudam de escritor, daí eu paro.

      Pela DC, se a Panini tivesse optado por encadernar o Batman, desde o início do "Renascimento" talvez eu tivesse voltado as histórias atuais do personagem, mas como não fez, acompanho somente suas "Lendas".

      E vou ficando somente no segmento de Super-Heróis mesmo...

      No passado acompanhei vários lançamentos da "Quadrinhos na Cia" mas a editora diminuiu bastante o ritmo de lançamentos, coincidindo com a queda do meu poder aquisitivo, então acabou "vindo a calhar".

      Não pego nada de nenhuma desas editoras que listou, pelo mesmo motivo.

      O único sacrifício que estou fazendo é completar AKIRA (falta somente o #6!) que desde assistir décadas atrás sua animação, tenho vontade de ler.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. E aí, Celso... blz?

      Somos da mesma "Jovem Guarda" então, kkk...

      Eu tbm já parei com gibis mensais faz um bom tempo, as últimas revistas de linha mensais q comprei foram: "Demolidor", "Marvel MAX", e "Juíz Dredd", além do "Zé Carioca" (Abril) e "Recruta Zero" (da Pixel)... Hj em dia a única exceção é o "Fantasma" da Mythos (uma revista mensal fininha, mas mto agradável de se ler)!

      No geral, eu priorizo encadernados de CLÁSSICOS ou materiais adultos (Vertigo, Europeus, Independentes, etc)!

      O "4º Mundo" eu acredito q retorne no 2º semestre... Duvido mto q a panini deixe essa série em aberto, pois isso iria acabar com a credibilidade da editora pra lançar qq outra série de grande porte (estrategicamente seria um tiro no pé uma interrupção definitiva)!

      Abs!

      Excluir
  18. Asterix e de evitar a fase pos Goscinnny como esse ai e o auge da Decadência como este;

    https://www.fnac.pt/Asterix-O-Ceu-Cai-lhe-em-Cima-da-Cabeca-Rene-Goscinny/a125571

    Especialmente faz de Marvel/dc etc

    E só voltar neste;

    https://www.fnac.pt/Asterix-entre-os-Pictos-Jean-Yves-Ferri/a726292#int=S:Suggestion|FA:LIV:Fiche%20Article|NonApplicable|726292|BL4|L1

    Por acaso aqui esse O Circulo de Júpiter saiu aqui num integral pela G.floy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Optimus... blz?

      Puxa, obrigado pelo aviso... Realmente, pela sinopse dessa edição no 1º LINK q vc postou, parece ser uma péssima história mesmo (envolvendo alienígenas e naves espaciais - fugindo totalmnete da proposta original da série):

      "De um momento para o outro, todos os habitantes da aldeia gaulesa ficam imobilizados, com excepção de Astérix, Obélix, Panoramix e Ideiafix. Esta situação coincide com a chegada de uma misteriosa nave, tripulada por um estranho personagem de nome Tune, oriundo de uma estrela distante. Os nossos heróis ficam então a saber que possuem uma “arma secreta” pretendida pelos Nagmas, uns seres estranhos e antipáticos, rivais dos habitantes de Wendalsity. Os nossos amigos gauleses vão contar com a preciosa ajuda do simpático Tune, para evitar que a famosa poção mágica caia nas mãos dos terríveis Nagmas – que pretendem tornar-se os únicos senhores do Universo – e espera-se uma missão deveras complicada! Mas nada vai impedir que esta história termine como todas as outras… com um magnífico banquete!"

      Q roteiro bem preguiçoso, hein? rs...

      Abs!

      Excluir
    2. Ou Invejoso e Ciumento o como um certo realizador recentemente com os filmes.

      Abs

      Excluir
  19. Oi Celso Pinheiro!

    Obrigado pela citação!

    Eu parei de comprar mensais, e assim como você compro mais materiais clássicos, e seleciono muito o que há de mais recente para comprar!

    Estamos vivendo um bom momento de publicações de HQs no Brasil, temos vários materiais clássicos saindo por aqui espalhados em várias editoras, porém os mais tradicionais(Marvel e DC) ficam restritos à Panini e sua rígida burocracia!

    Lamentavelmente os materiais clássicos saem bem aquém do que deveriam sair, e ainda com aquele ar de "estamos fazendo um favor a vocês em publicar isto"!

    Não sei que rumo as coisas tomarão a partir de agora, torço para não ter surpresas desagradáveis com medidas arbitrárias e impopulares!

    Vamor torcer para O Quarto Mundo sair completo, e quem sabe até Eternos clássicos, com o filme chegando em breve!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Elcio... blz?

      Bem, já foi confirmado oficialmente o CANCELAMENTO do selo "CHM" (Coleção Histórica)!

      Mas tbm sabemos q pelo menos 2 novos formatos serão adotados pra publicação de materiais clássicos: Um econômico (a ser melhor detalhado em breve) e outro luxuoso, q já tá em andamento na forma do "Aranha Definitivo" (parece q outras séries clássicas poderão ser lançadas nesse formato tbm)!

      Abs!

      Excluir
    2. Espero que o DD da Ann Nocentti seja no econômico.

      Pois pagar 125 mangos em duas ou até três edições definitivas será osso.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  20. Zero hora é cofre, espero que saia também a morte do Hal Jordan/Parallax em "Noite Final" (dificil)!!! Quanto ao Imortal Hulk, não tem nada inovador, aquela parte em que ele ta fatiado e um cara lá analisando tudo é pura "aula de anatomia" do alan moore pelo monstro do pantano, e os vingadores nada de interessante, com o thor perdendo de forma ridicula, e me corrijam se estiver enganado, mnas a arma de satélite que homem de ferro usa pra vencer o hulk é a mesma usada em "hulk contra o mundo"?
    att. vinicius

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soltou um monte de spoiler. Agora nem sei se abro a revista. rs
      Roberto Xavier

      Excluir
    2. Foi mal galera!!! sempre coloco SPOILER***** e dessa vez esqueci!!!!! então ja fica o alerta *********SPOILER******* no texto do vinicius!!! (se servir de alguma coisa)

      Excluir
    3. "Soltou um monte de spoiler. Agora nem sei se abro a revista. rs"


      KKKKKKKKK... Rachei o bico aqui, rs!

      Abs!

      Excluir
    4. "Quanto ao Imortal Hulk, não tem nada inovador, aquela parte em que ele ta fatiado e um cara lá analisando tudo é pura "aula de anatomia" do alan moore pelo monstro do pantano"


      Oi, vinicius... blz?

      Isso é verdade, tbm lembrei imediatamente do arco: "Lição de Anatomia" (o início da fase Alan Moore no MP), kkk!

      Abs!

      Excluir
    5. Descontado o fato de que a história é completamente diferente...

      Excluir
  21. Olhando pelo lado positivo ele ao criticar pode até despertar o interesse de quem não leu dadas as comparações e referências apresentadas.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...