23/07/2016

Review (Parte 3): "Choques Futuristas", "Juíz Dredd", "Tom Strong", "Esquadrão Suicida", e Mais...

Novos "Reviews" com MAIS uma fornada de gibis comentados. As avaliações seguem a escala de NOTAS: "RUIM" [☆], "REGULAR" [☆☆], "BOM" [☆☆☆], "MUITO BOM" [☆☆☆☆], e "EXCELENTE" [☆☆☆☆☆]!

Neste "Review" tem: "Choques Futuristas" (de Alan Moore), "Juíz Dredd - América", "Tom Strong - A Origem" (de Alan Moore), "Inumanos" (de Jack Kirby e Neal Adams), "Esquadrão Suicida - Chute na Cara" (1º arco dos "Novos 52), "Ducktales - Os Caçadores de Aventuras", "Pateta Repórter" (Disney Capa-Dura), "Thor - O Amaldiçoado", e "Vingadores" nº 35!

Confira abaixo... (lembrando que as opiniões e críticas nesta coluna são meramente pessoais):

"Choques Futuristas" + "Juíz Dredd - América": 2 edições imperdíveis da "2000 AD". "Choques Futuristas" (capa-dura, 216 pág, R$ 79,90) traz todas as histórias curtas de Alan Moore da série que já compôs o mix da revista do "Dredd" pela Mythos e que mistura os gêneros sci-fi e terror (numa espécie de "Além de Imaginação"). É um Moore em boa forma (início dos anos 80) e acompanhado de grandes artistas: Alan Davis, Steve Dillon, e Dave Gibbons (Watchmen). Todos em divertidas e criativas HQs (com bastante humor negro)! NOTA: "MUITO BOM" [☆☆☆☆]! E "Juíz Dredd - América" é considerada uma das 3 melhores e mais importantes HQs do personagem (e minha 2º favorita depois de "Juíz Morte"). Ironicamente, o Dredd nem é o principal aqui, e sim a visão de 2 jovens diante do sistema opressor dos juízes e os rumos que as vidas de cada um seguiram. A mocinha da história (América Jara) se envolveu com a organização terrorista "Guerra Total" e tá na mira do Departamento de Justiça! História forte, pesada, violenta, e impactante (super-atual nos dias de hoje)! NOTA: "EXCELENTE" [☆☆☆☆☆]!

"Tom Strong - A Origem": A Panini republica em formato americano (capa-cartão) o 1º encadernado da série (que já saiu anteriormente pela Pandora, Devir, e Pixel - porém, sem nunca ter sido completada). Esta ed. traz as 7 primeiras histórias de "Tom Strong": Uma homenagem de Alan Moore ao gênero sci-fi da literatura PULP (em especial: "Doc Savage", mas com pitadas de "Tarzan" e "Superman" - entre várias outras referências de livros e HQs dos anos 30 em diante)! Tom é um humano comum que ganhou poderes (super-força e inteligência) após ser criado numa câmara de alta gravidade em uma ilha isolada pra tornar-se o protetor de Millennium City. São histórias leves e muito inventivas (com soluções e sacadas geniais). Destaque pra HQ que faz um paralelo com a Bíblia, onde Tom viaja no tempo (pra gênese do mundo) com sua esposa e encontra um alienígena (Deus)? que copia suas informações genéticas e tenta expulsá-los do "paraíso" (uma viagem bem ácida, rs)! NOTA: "MUITO BOM" [☆☆☆☆]!   

"Esquadrão Suicida - Chute na Cara": O 1º arco dos "Novos 52" é encadernado pela Panini após ter sido lançado na época em uma revista mensal (dividindo o mix com as "Aves de Rapina") e que durou apenas 7 edições - distribuídas apenas em lojas especializadas (por um sistema falho que não funcionou no Brasil e tornou o acesso difícil pra leitores que não possuíam as lojas cadastradas por perto)! Agora, graças ao embalo do FILME, esse 1º arco volta às bancas normais e livrarias em capa-dura, 160 pág, R$ 29,90! O "esquadrão" é formado por super-vilões recrutados pra missões especiais (mortais) e a equipe conta com: "Arlequina", "Pistoleiro", "El Diablo", "Voltaico", "Aranha-Negra", e "Tubarão-Rei". Um bom começo pra série (era uma das minhas preferidas no reboot da DC)! NOTA: "BOM" [☆☆☆]!

"Inumanos": A extensão de clássicos da Salvat continua surpreendendo com algumas raridades interessantes: Os "Inumanos" traz uma seleção de histórias-solo da equipe assinadas por: Stan Lee, Jack Kirby, Roy Thomas, e Neal Adams (abaixo tem uma arte sensacional de Adams com o "Tríton")! O material é muito raro e foi publicado originalmente em: "Thor" nº 146-152 e "Amazing Adventures" nº 1-10! São histórias curtas (mas interligadas entre si) e que no caso da revista do "Thor" substituíram os "Contos de Asgard". Parte desse material já saiu no Brasil espalhado em formatinhos da Abril e mais recentemente algumas histórias saíram na "CHM - Super-Vilões Unidos" da Panini (sim: tem repetéco de novo, rs)! Mas a ed. da Salvat tá primorosa por trazer todo esse material em sequência (e que jogam a equipe até contra "Magneto")! Recomendo pra todos os fãs dos "Inumanos"! NOTA: "MUITO BOM" [☆☆☆☆]!

"Ducktales" + "Pateta Repórter": Mais 2 edições de capa-dura da Disney. Em "Ducktales" temos o encadernado inteiro (464 pág) pra 3 longas aventuras do "Tio Patinhas" e seus sobrinhos (menos o "Pato Donald": que não aparece e faz uma falta danada pra agregar mais humor e diversão às histórias). As 3 HQs são: "Em Busca da Nº 1" (de Marv Wolfman - sim, o da "Crise"), "A Odisséia do Ouro" (lançada num especial em formatinho), e "Legítimos Donos" (da BOOM - que saiu no mix do "Tio Patinhas" em 2012). Mas as histórias não são tão empolgantes sem o Donald e não tem o brilho das clássicas aventuras de Barks! NOTA: "REGULAR" [☆☆]! Já o "Pateta Repórter" se sai bem melhor e consegue divertir sendo mais engraçado e mantendo um clima NOIR (bem anos 30). O encadernado traz a série integral (publicada há pouco tempo nas revistas de linha da Abril) tendo entre os vilões: "Mancha Negra" e "Bafo-de-Onça"! É material Italiano acima da média e vale uma conferida! NOTA: "BOM" [☆☆☆]!

"Thor - O Amaldiçoado" + "Vingadores" nº 35: Uma boa surpresa nas livrarias foi a rapidez com que chegou o Vol. 3 do "Thor" na fase de Jason Aaron. O "Sr. dos Elfos Negros" escapa da prisão e dá início à uma caçada que se estende pelos 9 Reinos. "Thor" forma uma aliança com guerreiros de outros reinos, mas a traição paira sua equipe (não faltam reviravoltas na trama)! NOTA: "BOM" [☆☆☆]! Já a última ed. dos "Vingadores" (antes das "Guerras Secretas") tem uma belíssima capa com o "Dr. Destino" (Colheita Amarga) mas o "conteúdo" é pra lá de banal, previsível, repetitivo, e tem aquele gostinho de comida requentada (de outros carnavais). Um amontoado de clichês, com frases manjadas do tipo: "O que importa não é a armadura mas o homem por dentro dela" (diz o "capitão" pro "ferroso"), ou ainda: "Eu vou apagar você da existência" (putz, essa é bem pobrinha)! Todos os diálogos são desse (baixo) nível de criatividade e as histórias: apenas "mais do mesmo"! NOTA: "RUIM" [☆]!   

Até+ 

PS: Bem, chega de "Reviews" por um tempo agora, rs... Mas a seguir, vou retomar várias postagens atrasadas aqui no blog: Algumas com Colaboradores (Cesar Leal, VAM, Camus, Colecionador Fantasma, etc) e colunas que precisam de continuidade: "TOP 100", "Editoras Nacionais", "Miniaturas Marvel/DC", "Guerras Secretas", etc!

160 comentários:

  1. Bom dia Leo!

    Já visualizei a lista com os títulos das edições que irão compor esse REVIEW e estou no aguardo do término dessa MARAVILHOSA postagem!

    Abs!

    ResponderExcluir
  2. O Dredd até agora não pintou nas lojas virtuais, será que demora ?

    ResponderExcluir
  3. "Choques Futuristas" está presente nos encalhernados do Dredd? Vou aguardar um bom desconto para "America".

    Arrisquei e já li "Tom Strong". Tramas aparentemente despretensiosas, arte limpa e leitura divertida, com histórias desprovidas de continuidade. Grata surpresa!

    Estou pensando em arriscar esse "Esquadrão Suicida". Vai ser daquelas edições para completar o valor do frete. rs

    E parece que a Panini acelerou no ritmo dos encadernados Nova Marvel. Mais um do Thor?

    ResponderExcluir
  4. Oi Leo , já entraram em pré-venda marvel terror lobisomem da noite e lendas do batman jim aparo 05 e 06 .
    Abraço
    Rodrigo 1176

    ResponderExcluir
  5. Diz ai Leo.

    Muitos lançamento bacanas esse mês. Tava ansioso por esse lançamento do Drdd, mas demorou um bocado pra sair; que bom que a Mythos continuou a publicação do personagem em encadernados. As histórias de Choque Futuristas são as mesmas publicadas na magazine do Dredd, ou tem histórias inéditas?

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Fala, Léo!
    Felizmente, desta fornada, vou pegar o Thor (parece um formato "ideal", pois trata-se de encadernado específico, com bom acabamento e valor acessível! Mas, creio que poderia ser em capa cartonada, pois poderia melhorar ainda mais o preço, e também ocupar menos espaço.), e já peguei "Inumanos" (claro!).

    Parece que a Panini, ao perceber a ótima aceitação dos "clássicos Salvat", cresceu o olho, e vem acelerando este tipo de material (CHM e Lendas). Para os leitores, é ótimo a oferta de material desta fase, mas o desnecessário, é a insistência nos repetecos entre os volumes! Mas, se os editores estivessem atentos às demandas, a Panini já poderia ter emplacado sua própria coleção de Clássicos (no estilo Salvat Black), há tempos...
    Esta imagem do Tríton, saiu da Guerra Kree/ Skrul (HTV), e na época, ficava pensando..."Este Neal Adams desenha pra **ralho!!!"

    abs.

    ResponderExcluir
  7. "Esquadrão Suicida - Chute na Cara" irei comprar com certeza, já que não tenho mais paciência de comprar mix.
    Infelizmente esse volume serve de exemplo também que a editora somente publicada um bom material quando um filme é lançado, quando na verdade deveria ser lançado sempre.

    ResponderExcluir
  8. Leo, respondi teu e-mail.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  9. Leo, em relação às Guerras Secretas, você vai ler a série principal e todos os tien-ins? Quero uma dica sua: que tien-ins comprar para acompanhar a principal? Por questões financeiras pegarei as 9 revistas principais e algumas paralelas. Abraço!

    ResponderExcluir
  10. "Já visualizei a lista com os títulos das edições que irão compor esse REVIEW e estou no aguardo do término dessa MARAVILHOSA postagem!"


    Bom dia, Marcio... Tdo bem?

    A postagem já tá finalizada há algumas horas (só os comentários q eu vou respondendo aos poucos hj nos horários de folga do trampo, rs)!

    Espero q tenha curtido esses últimos "Reviews"... Pois vai demorar pra eu fazer outro depois dessa maratona kamikaze de leituras da semana passada, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "O Dredd até agora não pintou nas lojas virtuais, será que demora ?"


    E aí, BOND... blz?

    Q estranho, achei q já estivesse nas lojas virtuais... Pois comprei essa ed. do Dredd na loja física daqui (Tutatis) na semana passada - e eles recebem direto da Mythos!

    Às vezes acontece isso, da distribuição pras comic-shops vir antes das livrarias virtuais (o "Astro City 6 - Era das Trevas" é outro q eu comprei junto com esse do Dredd e sei q ainda não tá à venda na internet)! Mas com certeza virá em seguida (e provavelmente com descontos)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  12. "Choques Futuristas" está presente nos encalhernados do Dredd?"


    E aí, SEMI... blz?

    Parte da série sim... Mas o encadernado traz mais histórias! Vale lembrar q "Choques Futuristas" saía no mix da revista do Dredd ocupando cerca de 6 pág por ed. no máximo (às vezes até menos q isso - já q algumas histórias tem apenas 2 ou 3 pág)! Nesse caso, vai ter repetéco pra quem comprou a mensal, mas o encadernado será mais completo e vale a pena pra fãs da série (e do Moore)!

    Aproveite o desconto em "América", mas não perca essa ed: É realmente fodástica (o equivalente à um "MARVELS" pro universo do Dredd, rs)! E q bom q curtiu "Tom Strong" (eu tenho esse pela Devir e é uma leitura mto agradável mesmo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. "Oi Leo , já entraram em pré-venda marvel terror lobisomem da noite e lendas do batman jim aparo 05 e 06"


    E aí, Rodrigo... blz?

    Brigadão mesmo pelo aviso... Essas 2 eu tinha anunciado aqui no começo do ano entre as novidades pra 2016, o q só reforça ainda mais a credibilidade do "X-9" (demoraram, mas estão aí então)!

    Essa do "Lobisomem" eu vou comprar certo, pois é um material q eu nunca li e sempre quis ler as histórias solo dele, q pouca gente lembra: Mas já renderam até uma adaptação pra um seriado de TV nos anos 80 (bem legal e q chegou a passar nas noites da Globo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "As histórias de Choque Futuristas são as mesmas publicadas na magazine do Dredd, ou tem histórias inéditas?"


    E aí, francisco... blz?

    Essa ed. do "Dredd" valeu a espera, pode crer: É realmente excelente e de tudo q já li do personagem até agora, fica em 2º lugar entre as minhas HQs preferidas do Dredd (só perde pro encadernado do "Juíz Morte" q saiu ano passado e q seria um páreo duro mesmo de perder o 1º posto no ranking, rs)! Mas "América" é TOP demais!

    Qto aos "Choques Futuristas"... Não fiz a comparação com a revista mensal pra ver qtas histórias são repetidas, mas tem bastante coisa q eu não tinha lido. Essa avaliação eu fiz aqui com base no TP importado (Future Shocks) q um amigo meu deixou aqui em casa pra eu vender pra ele (já q ele prefere a ed. de luxo da Mythos - q tá na minha reserva tbm) mas o conteúdo será o mesmo (até a capa do TP é igual)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Esta imagem do Tríton, saiu da Guerra Kree/ Skrul (HTV), e na época, ficava pensando..."Este Neal Adams desenha pra **ralho!!!"


    E aí, Victor... blz?

    Eu usei essa imagem pra mostrar como fica a arte do Neal Adams nos "Inumanos", pois não achei pág específicas (em boa qualidade) diretas de "Amazing Adventures". Mas tá no mesmo nível e tbm tem uma cena igual com o "Tríton" saindo de uma doca no cais! Achei essa uma das melhores ed. de clássicos da Salvat até agora!

    E vc tem razão: A Panini vinha negligenciando o material clássico da Marvel há anos, e mesmo com o fracasso comercial das "Bibliotecas" nem se animou a tentar outros formatos... Até a Salvat aparecer com uma enxurrada de material da boa fase da Marvel e com preço acessível. As "Bibliotecas" podiam ser caras pro mercado com valores acima de 50 e 60 reais, mas era óbvio q por um preço mais em conta (na faixa dos 20 a 30) o resultado seria diferente (e foi)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "Esquadrão Suicida - Chute na Cara" irei comprar com certeza, já que não tenho mais paciência de comprar mix."


    Foi a mesma coisa comigo, Marcelo...

    Qdo saiu a revista do "Esquadrão Suicida" (com venda exclusiva pela Tutatis) eu me recusei a comprar pq vinha junto uma fase q não me interessava das "Aves de Rapina" e eu já não tinha mais saco pra acompanhar histórias à conta-gotas todos os meses. Acabei lendo em scans mesmo, e esperando q um dia saísse o encadernado (finalmente, esse dia chegou)!

    E é bem assim mesmo... O cinema hj dita as regras pro mercado de HQs nas grandes editoras: Se não fosse o FILME do "esquadrão" eu duvido q esse encadernado estivesse sendo lançado agora (da mesma forma q outros títulos mais obscuros dos "Novos 52" provavelmente não terão - a menos q ganhem suas respectivas versões nas telas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que injustiça com a Panini. Quando sai um filme e não sai o encadernado, a gente reclama. Quando sai o filme e sai o encadernado, a gente reclama também? rs

      No "Esquadrão Suicida" eles acertaram até na data, embora eu achei que foi sem querer querendo.

      Excluir
  17. "Leo, respondi teu e-mail."


    Valeu mesmo, VAM... Hj à noite eu confiro (reservo as madrugadas pra ler todos os mails q recebo na ordem - pra não perder os relacionados à trabalho e negócios tbm, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Leo, em relação às Guerras Secretas, você vai ler a série principal e todos os tien-ins?"


    E aí... blz?

    Sim, com certeza: Eu vou preparar uma matéria especial aqui no blog sobre as "Guerras Secretas" pra semana q vem... Só precisar de mais uns dias pra poder ler TUDO relacionado à saga (só li a principal até agora)!

    Por enquanto, tenho poucas esperanças q os tie-ins sejam melhores q a série principal (q eu achei boa, mas com altos e baixos)... Mas poderei ter uma visão melhor do todo assim q eu conseguir ler o PACK inteiro de scans q baixei com tudo das guerras, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. Aí Leo, blz? Saberia dizer se "Choques Futuristas" traz material inédito ou apenas compila as histórias que foram publicadas na saudosa revista do Dredd?

    ResponderExcluir
  20. Oi Leo!

    Esta edição de Choques Futuristas me interessou muito quando a vi no site da Mythos, e agora que li sua avaliação me interessou ainda mais!

    Porém, vou ter de esperar um pouco para comprá-la já que os gastos mensais estão cada vez maiores, mesmo selecionando muito o que comprar!

    Este mês foi cruel devido à desova que a Panini fez nas bancas lançando tudo que estava atrasado, principalmente da Vertigo, fora as CHM dos X-Men, e o Trigon que veio para as bancas. Fora que eu ainda comprei As Crônicas de Conan que era mais que obrigatório me forçando a deixar de lado outros materiais!

    Eu vou torcer para que este material esteja disponível na Black Friday daqui poucos meses!

    Estes materiais do Juiz Dredd também me apetecem, porém, eu tenho esperança que a coleção de encadernados dele ainda saia por aqui trazendo o que há de melhor dele e abrangendo estas edições publicadas pela Mythos, inclusive esta edição de "América" é a primeira da coleção!!

    Esta edição de Esquadrão Suicida eu vou encarar, já que não tenho este material, ademais, ainda vai sair o encadernado do Superman desenhado pelo George Pérez que já está em pré-venda na Comix junto com o do Batman do Tony Daniel.

    A Panini agora descobriu o filão e está desovando estes encadernados a "preços módicos " nas bancas!

    Ah, o Demolidor do Bendis já está em pré-venda para ser lançado agora em agosto!

    Este encadernado dos Inumanos da Salvat é um dos que eu mais esperava (cara, é Neal Adams, precisa dizer mais?), pena que sairá só daqui uns meses aqui no eixo do mal!

    Falando em Neal Adams fico feliz que a Eaglemoss trará o Batmóvel dele para cá. Esse eu preciso ter!


    Leo, ficou sabendo que Coleção do Batman Terremoto/Terra de Ninguém irá para as bancas?

    Isso porque era só para ser lançada via assinatura e compra no site. A coisa está feia ou a Eaglemoss não tem palavra; mas na melhor das hipóteses as duas coisas!!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou terminando de traduzir (faltam seis paginas!) o primeiro dos volumes que retoma a saga do Juiz mais ou menos do ponto em que parou na revista. O título será "Mutantes em Mega-City" e Dredd vai finalmente lidar com as últimas palavras do Juiz Fargo, o pai da Justiça, que vocês devem lembrar de "Origens".

      Alternando com esses volumes "cronológicos", teremos edições com historias avulsas. Material temático, com historias do Dredd contra alienígenas, serial killers, ameaças sobrenaturais, etc. Ainda historias modernas, mas vou botar uns clássicos aqui e ali onde puder. Vai ser tipo um "Disney Especial" do Dredd. Todas as compilações serão inéditas, não têm equivalente britânico! O conteúdo foi selecionado por mim, se não gostarem a culpa é minha...

      Continuo batalhando para publicar mais clássicos do personagem. Vocês podem me ajudar comprando América e recomendando para todo mundo! Tive de convencer a Mythos a publicar essa e agora é preciso provar que foi uma boa ideia. ;-)

      Ah, além do Moore tem outra série da revista que vai ser compilada pela Mythos. Não digo qual, mas a edição será inédita no mundo!

      Portanto, se as coisas correrem bem a revista sera substituída por uma publicação regular de encadernados.

      Excluir
    2. Dependendo de mim ja estou comprando rsrs.Otimas noticias,espero que a crise nao atrapalhe.
      Fernando

      Excluir
    3. Opa, tamos junto Hunter! Pode mandar publicar que tem quem compre (nós inclusive).

      Excluir
    4. Crise sempre atrapalha, vamos esperar que não atrapalhe muito...

      Excluir
  21. Leo , tu que curtiu Pateta Repórter procura por Mickey MM que saiu em capa dura recentemente, vai na numa pegada noir que foge do Mickey tradicional.Curti mto o material e esperar agora a Abril lançar a segunda parte em 2017 .

    Abraços !!

    ResponderExcluir
  22. "Saberia dizer se "Choques Futuristas" traz material inédito"


    E aí, Flávio... blz?

    Traz sim, só não sei dizer a quantidade de material inédito (pq aí só contando em 1 por 1 das revistas já q as histórias são mto curtas)... Mas tem várias ali q eu nunca tinha visto nas mensais!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muitos inéditos, mas repare que nem tudo que publicamos na revista saiu no encadernado gringo. Não sei se ESSAS historias estarão no encadernado da Mythos, já que não fazem parte das séries que estão lá. Por exemplo o material dos Contos Robóticos do Ro-Bocão (fora o Abelard Snazz, que está no encadernado).

      Se não saírem, ficam exclusivas para o pessoal que realmente apoiou a revista, que eu passei tanto tempo me esforçando para que fosse a melhor possível. Varias dessas historias nunca tinham sido encadernadas pela 2000 AD, apenas republicadas em edições especiais da revista! Estava tentando meter a mão no material que a 2000 AD nunca republicou, mas esse estava mesmo indisponível...

      Excluir
    2. Seria sonhar alto sair em encadernado,apesar que nao sei se tem como,pois sao personagens com muitos numeros,sair o Torquemada ou o ABC warriors por exemplo.
      Fernando

      Excluir
  23. "Esta edição de Esquadrão Suicida eu vou encarar, já que não tenho este material, ademais, ainda vai sair o encadernado do Superman desenhado pelo George Pérez"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Esse 1º arco do "Esquadrão" é bem legal mesmo e vale a pena (eu tenho o resto naqueles encadernados econômicos q a Panini lançou após o cancelamento da revista mensal, mas os arcos seguintes já começaram a perder o pique: uma pena, pois esse começo foi bem promissor)!

    E valeu pela dica desse encadernado do "Superman" do Pérez... Não gosto dessa fase moderna dele, mas sendo arte do Pérez eu já botei na minha lista de compras (ele é um dos meus artistas favoritos de todos os tempos e merece crédito)! O preço tá camarada tbm (menos de 30 pila)!

    Os "Choques Futuristas" tbm valem mto a pena... não sei qdo será a próxima "Black Friday", mas mesmo antes dela tem rolado uns descontões power na amazon (nas quintas): vale a pena ficar de olho sempre q puder! O mesmo eu recomendaria pra essa ed. do "dredd", q eu acho meio difícil rolar por aqui uma coleção dele nos moldes dessas da Salvat/Eaglemoss (nessas alturas, só temos visto coisas assim pra Marvel e DC... e já acho um milagre se um dia sair a da "Espada Selvagem" pela Deagostini, rs)!

    E a Panini tá desovando mtas atrasadas nas bancas mesmo, né? Tem mta coisa q eu comprei mas nem consegui ler ainda (e acabei deixando de fora desses "reviews": A "CHM dos X-Men" Vol. 6, "Astro City 6", "Tex Graphic Novel 2 - Fronteira", etc)!

    O "Demolidor" do Bendis Vol. 2 é cofre certo qdo sair tbm... Pena q não poderei me livrar das mensais dele pq elas traziam material do "Justiceiro" do Ennis (da fase "Marvel Knights" anterior à MAX - q eu não sei se será republicada depois)!

    E o encadernado dos "Inumanos" tá espetacular... Tenho certeza q vc vai curtir tbm: Kirby e Adams desenhando a mesma edição é covardia, rs! Temos aí a raríssima "ORIGEM dos Inumanos" detalhada por Lee/Kirby (coisa q eu nunca tinha lido): Um material q na época foi digno de substituir os "Contos de Asgard" na revista do "Thor"! E o Neal Adams tá no AUGE: a arte dele parece querer sair da revista o tempo todo (os personagens saltam e jogam coisas em direção ao leitor, rs)!

    Qto à "Batman Terremoto/Terra de Ninguém" ir pras bancas... Sou mais as 2 hipóteses mesmo: A coisa está feia (a procura deve ter sido baixa pras assinaturas) E a Eaglemoss não tem palavra, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. "Leo , tu que curtiu Pateta Repórter procura por Mickey MM que saiu em capa dura recentemente"


    E aí, Artur... blz?

    Valeu pela dica: Esse "Mickey MM" eu quase comprei pq me havia sido mto bem recomendado tbm... e só desisti da ideia na hora pq me faltou verba ($$$), rs!

    Mas deixei essa ed. numa "lista de repescagens" q eu carrego comigo (pra qdo aparecer numa promoção por aí): Eu gosto de pegar uns gibis atrasados tempos depois (sempre rolam umas sobras de estoque por aí com descontos)! Só achei q vão demorar demais pra lançar a sequência desse!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena esse material!

      Excluir
  25. Gustavo Maycá28/07/2016 06:50

    Léo, vi tu comentar sobre astro city em lojas virtuais. Esses encadernados em capa cartão nunca encontrei em nenhuma loja virtual, com exceção dos de star wars. Onde encontro astro city? Abs.

    ResponderExcluir
  26. Lançar perto dos filme é uma excelente estratégia. A Panini tinha que sempre fazer isso.

    Problema é quando perdem o timing ou deixam a empolgação passar. Por exemplo:

    Não lançaram Alias/Jéssica Jones quando a série da Netflix estava no auge.

    Guardiões da Galáxia ficou só em 1 volume.

    ResponderExcluir
  27. Blz Leo,
    realmente essa capa dos Vingadores #35 está muito bonita. A Marvel tem apresentado belas capas ultimamente nas suas mensais, pena que o conteúdo não acompanha essa qualidade.
    Comecei a acompanhar a mensal do Novo Esquadrão Suicida, que tá no número #4, e tô gostando. Antes disso não tenho nada do grupo. Talvez compre esse encadernado.
    Leo, não sei se tu podes me tirar uma dúvida, quem tem mais personagens a Marvel ou a DC?
    Valeu e abraços!

    ResponderExcluir
  28. Ah, esqueci de perguntar Leo, tu sabe dizer se a mensal do Constantine dos novos 52 que parou no número #22 vai voltar?

    ResponderExcluir
  29. Querido Leo...

    Acabei de cofrar a Salvat/Classica com Historias do Hulk ( fase Herb Trimpe - Marie Severin ) que tenho pela EBAL - BLOCH e RGE.

    Como eram demais estas histórias do Hulk Selvagem, sem esats putarias de hoje, qeu é o fulano, que é o Hulk Vermeio, que é o Hulk Rosa, etc., o que tira toda a magia da história.

    Tem uma delas que não sei se vc. conhece. Chama-se " Um Pedaço do Paraiso ". O Hulk vai parar numa cidade onde ninguem tem medo dele e o tratam como um igual... Todos são gentis, o cumprimentam e ele está feliz, sente-se como nunca se sentiu antes... De repente aquelas pessoas começam a desaparecer... O Hulk se desespera, chora, dá um murro no chá e vai embora... estava tendo uma miragem. Nos ultimos quadrinhos, um militar fala pro outro " Viou ? Teve um terremoto de dois segundos com escala 9 no meio do deserto " e o outro : " Não se preocupe.. não tem ninguém lá ". Ultimo quadrinho : close do Hulk com lágrimas.

    Me lembrou um dos episodios preferidos do Star Trek Classico, quando vão parar num planeta onde devidos a esporos de uma planta, Spock passa a ter sentimentos e se apaixona. Kirk descobre que devido a planta ninguem mais quer inventar ou progredir, somente curtir a natureza e a amor. Destruidas as plantas e já na Esterprise, KIrk pergunta para Spock como foi esta apaixonado, e ele responde : " Sou um vulcano e não tenho emoções, mas pelo pouco tempo que as tive, fui feliz pela primeira vez ". Uau....

    Já em relação a Salvat do Mercurio, vou passar... A Saga do Cerco de Wundagore não é classica, reflete aqueles quadrinhos pavorosos dos anos 90 onde todo mundo era mutante, não tem importancia na cronologia e também é escrita pelo John Ostrander, de quem não guardo nada memorável...

    Também vou passar a do Blade, já que é uma história horrorosa do Howard Chaykin ( é assim que se escreve ?).

    Falando em coisa ruim, deixa eu te falar da decepção que tive estes dias... Li o tal " Negocios de Familia " do Homem Aranha... Meu Deus... foi preciso duas pessoas ( Mark Waid e JAmes Robinson, dois caras acima da média, para faz\er esta bosta ?). Personagens absolutamente descaracterizados, roteiro absurdo, dialogos horriveis e por ai vai... Alguem conhece alquem cujos pais são agentes secretos ? Por favor... Por isso como bem falou um leitor ai do blog, a Marvel já tornou-se " saudosa", porque a NOva Marvel nada tem a ver com os personagens clássicos... Capitão América Véio, Hulk sendo o tal Amadeus Cho, Homem aranha Milionário, Thor Vida Loka, etc., nada tem a ver com os arquétipos, como diria o JUng...

    O LObismeme é show de bola, principalmente as primeiras histórias com o traço incrivel do Mike Ploog. Tomara que publiquem o Frankenstein também, sendo que acho a adaptação da " saudosa " MArvel a que melhor reflete a obra da Sra. Shelley.

    A CHM do Namor, pelo que todos falaram, deve cobrir a Saga da Coroa da Serpente, que é sensacional, mas nção sei se vai ser publicado o final, quando Namor na Lemuria enfrenta o Rei Naga, com desenhos da Marie Severin.. Uma de minhas histórias top até hoje...

    Qto. ao Superman que vai sair, acho que o George Perez so argumentou.. Perderam a oportunidade de publicar as historias dele argumentando e desenhando, que era bem legal, como quando ele virou uma espécie de Gladiador e enfrentou o Mongul.

    è uma pena que a Panini so publique quase coisa para " furar os zoio " da Salvat, deixando de lado classicos que poderiam ser mais regulares.

    Felicidades a todos.

    LUiz Henrique Trompczynski
    Terra Rica / PR

    ResponderExcluir
  30. Fala Leo,

    Acabei de ver na Saraiva em pré-venda Príncipe Valente vol.1 da Pixel,116 páginas com preço de capa 89,90 pilas...não conheço o material mas esse preço tá absurdo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que otima noticia, não sabia que principe valente iria voltar. Mas eu pago 100 facil facil nesse material. Se bem que vou peneirar desconto mesmo, kkkk

      Excluir
  31. "No "Esquadrão Suicida" eles acertaram até na data, embora eu achei que foi sem querer querendo."


    Pois é, SEMI... Pelo menos desta vez não podemos reclamar q a Panini perdeu uma data de estreia pra lançar um encadernado no embalo de um FILME, rs!

    Se bem q... O encadernado ainda está tecnicamente em "pré-venda" (e o filme estreia semana q vem): Será q dá tempo mesmo?

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. "Alternando com esses volumes "cronológicos", teremos edições com historias avulsas. Material temático, com historias do Dredd contra alienígenas, serial killers, ameaças sobrenaturais, etc. Ainda historias modernas, mas vou botar uns clássicos aqui e ali onde puder. Vai ser tipo um "Disney Especial" do Dredd."


    Oi, Hunter... blz?

    Mas q notícia sensacional essa, hein? Muitas ed. do "Dredd" então com temáticas e fases bem variadas... Gostei da seleção dos temas ("Disney Especial do Dredd", rs) e a alternância de material clássico e contemporâneo tbm é uma boa (pois eu curto tanto o material clássico qto o mais moderno q saía na revista mensal: Tipo a "Guerra Total" e suas repercussões)!

    "Juíz Dredd - América" foi mesmo uma excelente leitura (HQ merecedora de figurar entre as 3 principais histórias do "Dredd" na maioria das listas de favoritas ao redor do mundo): Acabou sendo tbm uma das minhas TOP 3 HQs favoritas do juíz!

    Tenho certeza q todo mundo q tiver acesso à essa ed. de "América" irá curtir e recomendar pra outros leitores (a divulgação sincera/honesta de leitor pra leitor sempre funciona e se propaga de forma positiva - qdo o gibi se ajuda sozinho tbm sendo naturalente bom)!

    Valeu mesmo, e continue sempre com o ótimo trabalho, Hunter!

    Abs!

    ResponderExcluir
  33. "Se não saírem, ficam exclusivas para o pessoal que realmente apoiou a revista, que eu passei tanto tempo me esforçando para que fosse a melhor possível."


    A revista do "Dredd" trazia mtas pérolas raras mesmo na série dos "Choques Futuristas"... E não apenas do Alan Moore, mas tbm de outros autores!

    Por mais encadernados q estejam nos planos (a curto e médio prazo)... Acho q diante de tanto conteúdo diversificado da revista, sempre vai ter coisa q ficará exclusiva da revista (as fases iniciais de "Sláine" e "Renegado", por exemplo: q faziam parte das minhas preferidas do mix)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenha muitas esperanças por esse material, infelizmente.

      Excluir
  34. "Léo, vi tu comentar sobre astro city em lojas virtuais"


    E aí, Gustavo... blz?

    O "Astro City 6 - A Era das Trevas"... Eu comprei na Tutatis, mas tem em lojas virtuais tradicionais tbm, como por exemplo no LINK abaixo:

    http://www.comix.com.br/product_info.php?products_id=26765

    A Livraria Cultura (loja física) tbm tem essa ed... Ou seja: daqui a pouco eles devem botar à venda no site deles (às vezes demora um pouco pra aparecer nos sites: mas geralmente vem todas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz uns 3 anos que não compro na Liga HQ, mas depois do falecimento da "Banca 2000" se tornou minha primeira opção online para publicações regulares.

      Excluir
    2. Gustavo Maycá29/07/2016 08:45

      Ah sim, a comix sempre tem tudo mas é praticamente impossível fazerem promoção de frete grátis e desconto. Seria show se essas edições fossem para amazon, fnac. aí sim poderia gerar uma economia boa hehe. Abs

      Excluir
  35. "Não lançaram Alias/Jéssica Jones quando a série da Netflix estava no auge."


    E aí, Guilherme... blz?

    A Panini comeu-mosca mesmo com a "Jessica Jones"... Perderam uma ótima oportunidade de republicar a série "ALIAS" (da linha MAX) qdo a 1º temporada tava bombando na mídia!

    Agora não sei se a série vai durar mto na TV... com tantas produções da Marvel/Netflix em andamento, não duvido q essa tenha vida curta (por isso, acho q seria bom a Panini correr com a ideia de republicar "ALIAS" - enquanto ainda tá em tempo pra isso)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai haver uma segunda temporada de Alias na netflix sim, já foi confirmado, mas antes teremos Luke Cage, Defensores (onde ela aparece), Punho de Ferro e a terceira temporada do Demolidor antes de Jessica Jones dar as caras em seriado solo novamente. Como até o momento são duas séries Marvel/Netflix por ano teríamos Jessica Jones de volta somente em 2018 ou 2019 (sem contar sua participação nos Defensores claro) mas apesar de negarem acho que a Netflix deve intensificar a produção de séries Marvel para 3 anuais pois ainda corre por fora a possível série do Justiceiro e alguns personagens boatados como Blade ou Cavaleiro da Lua...
      Cesar Leal

      Excluir
    2. Acabei de ler que as próximas temporadas de Demolidor e Jessica Jones sairão só em 2018, pois a Netflix, para manter o padrão, lançará apenas duas séries por ano.

      Prêmio de consolação? Ambos estarão em "Defensores".

      Excluir
  36. "Leo, não sei se tu podes me tirar uma dúvida, quem tem mais personagens a Marvel ou a DC?"


    E aí, Fabiano... blz?

    Essa eu fiquei sabendo há alguns anos atrás qdo a Disney comprou a Marvel e foram reveladas a quantidade de personagens q estariam em jogo (na negociação)! Não lembro agora exatamente o nº, mas eram milhares (tipo uns 3 a 5 mil personagens)! Na ocasião, fizeram uma comparação com a DC (q possuía uma quantidade bem menor de personagens - mas ainda assim: na casa dos "milhares" tbm)!

    Qto ao "Esquadrão Suicida"... Eu não tô lendo essa fase nova da revista atual, mas recomendo o encadernado acima (com o 1º arco dos 52): q deve ter servido de inspiração pro filme!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Repare que é provável que o pessoal que contabilize isso não lembre de muitos personagens, como alguns obscuros da era de ouro, tipo o Fin (Barbatana), herói submarino da Marvel, ou Madame Fatal, da DC (anteriormente da Quality, se não me engano), o primeiro super-herói travesti.

      Excluir
    2. Aliás, ambas as editoras adquiriram muitas outras editoras menores ao longo dos anos cujos personagens em sua maioria não foram aproveitados. A DC tem a Fawcett (família Marvel), a Quality (Falcões Negros), a Wilsdtorm (WildCATS e cia.). A Marvel tem Malibu (Prime, Mantra) e CrossGen (Ruse, Sojourn). Isso só entre as que eu lembro de cabeça!

      Excluir
    3. Leo, esse encadernado do Esquadrão é totalmente fechado ou ficam vários ganchos para as histórias futuras?
      Cesar Leal

      Excluir
    4. Valeu Leo e Hunter,
      e eu achando que cada editora teria uns quinhentos personagens cada...

      Excluir
  37. "Ah, esqueci de perguntar Leo, tu sabe dizer se a mensal do Constantine dos novos 52 que parou no número #22 vai voltar?"


    Pois é, Fabiano... Até onde eu sei, essa revista foi cancelada mesmo e daqui pra frente seguiria em encadernados econômicos (tipo o q saiu há alguns meses atrás: "Fantasmas do Passado")!

    Acho q fica assim agora (sem mensal e com encadernados esporádicos) mesmo q o seriado de TV acabe voltando (como dizem q ainda pode ter uma 2º temporada - não sei se isso são boatos infundados ou não, embora eu duvide q essa série ainda consiga emplacar na TV)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Leo,
      talvez depois do Rebirth o título retorne já que existe a chance de a DC zerar suas publicações de novo né.

      Excluir
  38. "Acabei de cofrar a Salvat/Classica com Historias do Hulk ( fase Herb Trimpe - Marie Severin ) que tenho pela EBAL - BLOCH e RGE."


    E aí, Luiz Henrique... blz?

    Obrigado pelo aviso: Não sabia q essa ed. do "Hulk" já era a próxima da Salvat preta... Isso me leva a decidir logo se compro essa ou se espero a "CHM" dele nos "Defensores" (q trará um confronto com o "Surfista" q me interessa mto)! Dúvidas vermísticas, rs!

    E agora q vc falou, eu lembro de já ter lido sim uma HQ q se parece com essa: "Um Pedaço do Paraíso"... A trama não me é nada estranha! Eu devo ter (ou já tive) algum formatinho com essa história, pois eu colecionava o "Hulk" (especialmente o da RGE, q pra mim ainda tá entre as melhores fases q conheci do personagem): Não sei se é saudosismo puro, mas o "Hulk" pra mim era aquele da RGE (q todo mês enfrentava uns vilões bizarros, mas cujas histórias eram carregadas de ação/porradaria e emoção/dramaticidade)!

    Já esse episódio de "Star Trek" eu não assisti mesmo... Mas me parece interessante (gosto da série, embora eu não seja exatamente um fã/Trekkie - sempre fui mais de "Star Wars", rs)!

    Bem q vc faz em pular essa ed. do "Mercúrio" (Cerco à Wundagore)... Tbm não curto (nem um pouco) esse período noventista da Marvel! Com toda certeza, haverá coisa MUITO melhor do q isso pra se investir nas bancas, hehe! E a do "Blade" não fica atrás tbm (essa fase do Chaykin é ruim de mais da conta - e olha q sou fanzaço dos 2 primeiros filmes com o Wesley Snipes e até do fracassado seriado de TV q ficou com final incompleto - mas q divertia dentro do proposto)!

    Já esse "Negócios de Família"... Eu até pensei em arriscar (mais pela arte do cara q pinta a lombada da Salvat preta), mas todo mundo q eu vejo falar achou o material mto podre (não li, mas perdi a vontade de ler após o bombardeio de críticas e resenhas pra lá de negativas a respeito)!

    O "Lobisomem" é o próximo da linha "Marvel Terror"... Só q nunca se fala no "Frankenstein pra isso. O "X-9" (q até agora acertou todas essas "CHM" de terror) diz q nos planos de longevidade da linha "terror" estariam: A "Múmia-Viva", "Homem-Coisa", e "Simon Garth - O Zumbi"... Mas nada do "Frank", rs!

    A "CHM do Namor"... Incluirá a origem do monarca e confrontos com: "Tríton" (dos Inumanos), "Homem-Planta", "Attuma", "Tubarão-Tigre" (1º aparição), e um quebra com o "Coisa"! Não sei se entre tudo isso teria espaço pra interligações com a "Coroa da Serpente" (não li essas histórias, só sei as sinopses e os vilões envolvidos)! Seja como for, é COFRE (pois a arte é do John Buscema)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A interligação não é muito direta com a saga em si, sem dar spoilers, um vilão que aparece na história usa um artefato que depois se explica ser a própria coroa. Na verdade para explicar esse artefato e sua ligação com Atlantis mudam os rumos do que se trataria ser essa arma...
      Cesar Leal

      Excluir
    2. Em defesa de "Negócios de Família", tenho a dizer que o preço é razoável, a arte é ótima e a história é muito melhor que "99 Problemas".

      Não é nada, não é nada... E não é nada mesmo. rs

      Excluir
    3. E eu que achava o Homem coisa uma porcaria,me enganei,pois parece bacana e os desenhos sao muito bons.Sempre achei copia do Monsto do Pantano,mas me enganei,sairam mais ou menos na mesma epoca.E o Homem coisa era bem bistorias de terror mesmo.E por falar em MP,viu que vai ter um desenho da Liga Dark?Ele estara.E que acharam de Piada Mortal,parece que colocaram coisas nomcomeco,que nao cairam muito bem rs.(mas no fim das contas eu gostei bastante,pelo menos na parte da historia mesmo que tem no gibi.Nao o extra).
      Fernando

      Excluir
  39. "Acabei de ver na Saraiva em pré-venda Príncipe Valente vol.1 da Pixel,116 páginas com preço de capa 89,90 pilas...não conheço o material mas esse preço tá absurdo!"


    E aí, Bruno... blz?

    Puxa, valeu mesmo pelo aviso... Não sabia dessa do "Príncipe Valente" pela Pixel!

    Mas se for nos mesmos moldes e formato das ed. importadas, o preço seria parcialmente explicado (mas ainda estaria pesado $$$ pro bolso) pelo formato GIGANTE da encadernação! Claro, q terei de colher mais detalhes a respeito pra ver se vão manter o mesmo formato lá de fora (ou se a versão nacional será "reduzida"): Vou ver o q descubro então, blz?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum... interessante esse material do Príncipe Valente, será que é nos moldes preto e branco ou dentro do esquema de cores como a Flash F
      Gordon tb da Pixel?

      Cesar Leal

      Excluir
    2. ah blz então tá explicado,o preço alto deve ser por causa do tamanho msm (36,30x26,60),gostaria de conferir essa obra que é de grande importância na história das HQs,só a arte da capa já convence,resta saber se a colorização é boa msm,mas como vc disse que passaria informações a respeito ficamos no aguardo.

      O que preocupa é o preço pois como deve se tratar de uma coleção grande já que o autor se manteve por mais de 30 anos nessa tira,com os aumentos desenfreados nas hqs por aqui fica difícil acompanhar essas coleções,como o Tex Gigante Em Cores da Mythos que ainda nem consegui todos.

      Excluir
  40. Boa noite Léo !
    Esses dias li você comentando sobre os Epic Collection da Marvel que são materiais importados.Eu nunca peguei essas revistas na mão ,pois aqui na região onde eu mora nunca apareceu nas livrarias eu só conheço elas pela internet.
    Queria sua opinião sobre elas,e se você tem alguma ou já viu uma dessas revistas, e se vale apena investir nessas revistas.pois eu vi umas bem interessantes do capitão America, e do punho de ferro e se tem alguma que você possa me indicar.

    Um abraço e valeu !

    ResponderExcluir
  41. "Netflix deve intensificar a produção de séries Marvel para 3 anuais pois ainda corre por fora a possível série do Justiceiro e alguns personagens boatados como Blade ou Cavaleiro da Lua..."


    E aí, Cesar... blz?

    Por incrível q pareça, ainda não comecei a ver nenhuma das séries Netflix, rs: Mas só pq tô atrasadíssimo com outras séries q eu vinha acompanhando há anos e q quero encerrar de vez antes de partir pra essas novas da Marvel!

    Seja como for, fico feliz q assim q eu arrume um tempo pra me engajar em maratonas de séries nas madrugadas... eu tenha tantas opções assim com a Marvel! Puxa, além de todas as atuais do "demo" e "jessica": Ainda ter "Justiceiro", "Punho", e a possibilidade de "Blade" (essa deve ser aquela q disseram q trariam o Wesley Snipes de volta) e "Cav. da Lua" seria bom demais da conta!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. "Prêmio de consolação? Ambos estarão em "Defensores"


    Oi, SEMI... blz?

    Pra mim é bom q demore mesmo e atrase mais um pouco pra ter novas temporadas dessas séries... pois (como falei no comentário acima) ainda nem comecei a ver essas da Netflix!

    E a FILA de filmes e seriados atrasados (temporadas e mais temporadas) pra serem assistidos se intensifica mais do q a PILHA de gibis igualmente defasada, rs...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na metade da segunda temporada de Demolidor. E ao contrário da opinião quase unânime que vi por aí, estou achando inferior a primeira. Mas vamos ver...

      Excluir
  43. "Madame Fatal, da DC (anteriormente da Quality, se não me engano), o primeiro super-herói travesti."


    Esse eu não conhecia, Hunter... Mas deve ter sido algo bastante ousado pra época, hein? Se mesmo nos dias de HOJE um personagem assim ainda poderia gerar polêmica, imagine há décadas atrás! Achei uma capa de FILME com esse nome (abaixo): tem alguma coisa a ver?

    http://4.bp.blogspot.com/-a65Ohx5RiUM/T0wrq2x_dHI/AAAAAAAABwA/pkdIUaA9aNE/s1600/fatal+copy.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza de que esse poster é fake. Mais sobre o personagem original:
      https://en.wikipedia.org/wiki/Madame_Fatal

      Excluir
  44. "A DC tem a Fawcett (família Marvel), a Quality (Falcões Negros), a Wilsdtorm (WildCATS e cia.). A Marvel tem Malibu (Prime, Mantra) e CrossGen (Ruse, Sojourn). Isso só entre as que eu lembro de cabeça!"


    É engraçado isso, Hunter... A DC sempre pareceu aproveitar melhor os personagens das editoras menores q adquiriam (e ainda continuam aproveitando bem alguns a meu ver)!

    Já a Marvel costuma jogar a maioria no limbo eterno, rs... Tirando os "Homens de Preto" (gibi bem obscuro da Malibu q se deu bem no cinema), teve um seriadinho mto RUIM do "Night Man" nos anos 90 (e q passou no SBT com o título: "O Homem Elétrico", hehe)! A Malibu costuma ser mais lembrada (creio eu) pelos gibis baseados em games de luta (Mortal Kombat e Street Fighter) q fizeram relativo sucesso no auge desses jogos na década de 90 (os gibis eram horríveis, mas vendiam bem entre os gamers - eu incluso)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A linha de heróis da Malibu (o "Ultraverse") teve um TREMENDO sucesso nos anos 90, mas a Marval não continuou (ou melhor, continuou mas desistiiu pouquíssimo tempo depois) porque esses personagens têm contratos de participação dos criadores (ou seja, os autores recebem parte dos lucros) e ela julgou que as vendas reduzidas a partir da segunda metade dos 90 não compensavam o gasto a mais.

      CrossGen ela "herdou" porque a Disney comprou ambas as empresas. A editora não tinha material de supers e sim títulos ambientados em universos bem definidos, o que inviabiliza levá-los para o Universo Marvel. Para piorar, Quesada tinha diferenças pessoais com o fundador da CrossGen e deve ter ficado feliz em ignorar os personagens...

      Excluir
    2. Agora, para ser justo a DC não faz muita coisa com os personagens dela. A Família Marvel nunca encontrou seu lugar no universo DC e o Homem-Elástico é sempre coadjuvante. Já os outros personagens de ambas as editoras só fazem ponta ou têm minis (muito) ocasionais.

      Excluir
    3. Do "Ultraverse" eu me lembro de uns crossovers q publicaram por aqui na época... mas o melhorzinho deles era "Conan X Rúnico" (do Barry Smith)!

      A CrossGen eu acompanhei alguns títulos (em scans) qdo surgiu... justamente pq me atraiu essa proposta de fugir um pouco da linha "supers" e focar mais em universos fantásticos. Mas no fim das contas, foi perdendo fôlego aos poucos (embora eu gostasse da "Sojourn" e do visual - figurino - dela)!

      Qto à DC... Até q o "Shazam" eles seguido emplacar de novo (a última tentativa com o Garry Frank na arte foi boa) mas esse hj em dia, acho q só com a ajuda de um FILME pra "agitar as massas", rs!

      Abs!

      Excluir
    4. Vocês me fizeram lembrar de umas edições que saíam pela Mythos no final da década de 90, tipo "Ressurreição da Fenix" e "X-Men & Clan Destino".

      Nada memorável, só tenho devido a minha vermice extrema.

      Excluir
  45. "Leo, esse encadernado do Esquadrão é totalmente fechado ou ficam vários ganchos para as histórias futuras?"


    E aí, Cesar... blz?

    Totalmente fechado não é, pois entra no "esquemão" das mensais de linha: de sempre deixar ganchos pra manter o leitor na coleira, hehe... Mas não são tantos ganchos assim, acho q é possível ler e entender de boa sem precisar dos próximos (q aliás, vão caindo de qualidade gradativamente)!

    Eu vou pegar esse Vol. 1, pois tenho os seguintes q saíram já encadernados pela Panini (apenas esse 1º arco tinha saído em fascículo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  46. "um vilão que aparece na história usa um artefato que depois se explica ser a própria coroa."


    Valeu mesmo, Cesar...

    Eu lembro q essas explicações pra "Coroa da Serpente" eram tão complexas e foram tão mexidas na cronologia Marvel, q nos anos 90 a Abril chegou a publicar pequenas histórias (de umas 5 pág cada) contando as origens da "coroa" e relembrando fatos e vilões q utilizaram o artefato!

    Era até o "VIGIA" q narrava as histórias... lembra disso?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eram histórias que serviam de "backkup" no megacrossover Ataques Atlantes.

      Esse crossover foi publicado nas edições anuais dos personagens. Nessa época, os anuais eram bem grossos, com 60 ou mais páginas e muitas histórias curtinhas. Enquanto rolava o megacrossover na história principal, tinha sempre uma curta contando parte da origem da Coroa da Serpente. Acho até que era o Peter Sanderson, na época o "historiador oficial" da Marvel, quem escrevia. Se não, era o Mark Gruenwald, que era o especialista em cronologia (que nem o Dan Slott hoje em dia).

      Excluir
    2. Valeu mesmo, Hunter...

      Agora lembrei melhor disso: Saíram uns 2 "almanacões" da Abril dos "Ataques Atlantis" (acho q "Superalmanaque Marvel"), mas não cheguei a ter esses e nunca li essa saga completa! Assim, só tenho mesmo essas historinhas curtas do "Vigia" narrando a origem da "coroa" (q saía espalhada pelas mensais de linha)!

      Nem sei se essa saga dos "atlantis" é boa... Nunca vejo ninguém pedindo a republicação dela (e nem costuma ser mto comentada ou referenciada qdo se fala em grandes sagas da Marvel). Mas tenho interesse em conhecer só por curiosidade!

      Abs!

      Excluir
    3. Oi, HUnter, a dos Ataques Atlantes era o Sanderson mesmo, com arte do Bagley. O Gruenwald escreveu as do Alto Evolucuionário, com arte de Paris Cullins e Ron Lim.

      Excluir
    4. Eu gosto porque foi um dos dois únicos megacrossovers da Marvel em que o John Byrne teve participação importante (ele escrevia os Vingadores na época). O outro foi o (bem superior) Atos de Vingança.

      Excluir
    5. Na época eu deixei passar, mas resgatei anos depois em um sebo e achei até legalzinha.

      Excluir
  47. "Em defesa de "Negócios de Família", tenho a dizer que o preço é razoável, a arte é ótima e a história é muito melhor que "99 Problemas"


    Eu quase comprei essa ed, SEMI... Mas na hora faltou verba (mesmo sendo acessível) e acabei deixando pra lá!

    Sei q não fará falta na minha vida, rs... Mas ainda não descartei essa totalmente e de repente aparece uma oportunidade numa "Black Friday" (ou coisa do tipo)! No caso, eu compraria apenas pela arte mesmo (gosto dos desenhos do "cara-q-faz-a-lombada-da-Salvat", rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 15 pratas tá bem pago pela arte. Mais que isso, melhor comprar outra coisa. rs

      Excluir
  48. "Hum... interessante esse material do Príncipe Valente, será que é nos moldes preto e branco ou dentro do esquema de cores como a Flash F
    Gordon tb da Pixel?"


    Oi, Cesar... Vai ser colorido mesmo!

    Acho q a Pixel não tá com cara de vai se arriscar em material P&B (uma vez, um contato q eu tinha na editora falou q eles só publicariam clássicos se fossem recolorizados: nada de material P&B, q estaria fora da proposta de mercado q eles queriam atingir)! Imagino q não pretendem mudar de ideia qto à isso!

    Abs!

    ResponderExcluir
  49. "ah blz então tá explicado,o preço alto deve ser por causa do tamanho msm (36,30x26,60),gostaria de conferir essa obra que é de grande importância na história das HQs"


    E aí, Bruno... blz?

    O formato é exageradamente um trambolho mesmo, rs (vai ser igual em medidas às ed. importadas pelo visto - ou mesmo as últimas q lançaram aqui pela Ópera Graphica)! Só resta ver se a colorização ficará boa agora (em P&B a arte é belíssima)!

    Me preocupa tbm o valor elevado (mesmo sendo justificável pelo formato) diante da quantidade de Vol. q a série teria... Mas até aí, "As Crônicas de Conan" da Mythos (ou mesmo o "Tex Gigante em Cores") passam pelo mesmo problema: coleções extensas e de valor final bem elevado $$$, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como reduzir Príncipe Valente não. Ele era publicado em página inteira nos jornais da época! Era MUITO maior até do que os álbuns europeus! Essas edições são REDUZIDAS em relação às páginas originais!

      Excluir
    2. Nossa... sendo assim, nem dá pra reclamar mto então do formatão GIGANTE (se ele já é uma redução das pág de jornais da época)!

      Abs!

      Excluir
    3. A antiga edição portuguesa trazia de brinde uns posters dobráveis que reproduziam as páginas no formato original. São imensas!

      Excluir
  50. "Esses dias li você comentando sobre os Epic Collection da Marvel que são materiais importados.Eu nunca peguei essas revistas na mão ,pois aqui na região onde eu mora nunca apareceu nas livrarias eu só conheço elas pela internet."


    Oi, Sandro... Tdo bem?

    Eu não tenho nenhuma ed. "EPIC" (ainda), mas já vi algumas importadas na Livraria Cultura daqui e folheei elas!

    São TPs com 500 pág, capa-cartão, e trazem o material em ordem cronológica... Uma das ed. q eu folheei era justamente com as 18 primeiras HQs do "4F" (Lee/Kirby) e tinha uma outra do "4F" com a fase de Walt Simonson! Aliás, a linha "Epic" se alterna entre a fase clássica (anos 60) e a mais moderna (até final dos anos 90): mas sempre mantendo uma ordem sequencial em cada edição!

    Claro, q aqui no Brasil o formato "provavelmente" sofreria alterações... E acho q essas seriam relativas à uma redução no nº de pág (pra não elevar os custos)! Se bem q nessas alturas, o importante pra nós (leitores/colecionadores) seria uma linha q mantivesse uma ordem cronológica à um preço acessível!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma boa ideia seria voltar com as Bibliotecas Históricas porém, com o padrão de acabamento e principalmente o preço das Coleções Históricas!

      Excluir
    2. E aí, Marcos... blz?

      Seria ótimo mesmo se as "Bibliotecas" voltassem (mesmo q num formato mais econômico)... Aliás, nos EUA fizeram isso qdo relançaram os "Masterworks" em capa-cartão há alguns anos atrás: Mas a iniciativa foi suplantada justamente pelo sucesso da linha "EPIC" (q tá bombando lá fora com a proposta de trazer mtas pág por um preço bem em conta pro leitor)!

      Abs!

      Excluir
  51. "E eu que achava o Homem coisa uma porcaria,me enganei,pois parece bacana e os desenhos sao muito bons.Sempre achei copia do Monsto do Pantano,mas me enganei,sairam mais ou menos na mesma epoca."


    E aí, Fernando... blz?

    As histórias do "Homem-Coisa" são mto boas sim e eu curtia mto qdo saíam espalhadas nos mixes de "SAM" e "Aranha" da Abril! Ele e o "MP" foram criados no mesmo ano e há controvérsias sobre quem é cópia de quem (embora AMBOS sejam plágio do "Heap" q saía em gibis de terror de outra editora há décadas antes das versões pantanosas da Marvel e DC)!

    Mto provavelmente... O "Homem-Coisa" OU o "Monstro do Pântano" (o 1º a ser criado - seja qual tenha sido) foi plagiado do tal "Heap" e a ideia de um monstro vivendo no pântano e servindo como elemental do local tenha "vazado" e alguém na Marvel ou DC copiou a ideia q já era copiada de outro, rs (lançando 2 produtos quase iguais no mesmo ano)! Não sei exatamente o q rolou, mas é a hipótese mais provável diante de tudo q rolou (e da forma como rolou)!

    Já o desenho da "Piada Mortal" eu não vi... Talvez eu baixe em torrent mais pra frente!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os escritores do Monstro do Pântano (Len Wein) e Homem-Coisa (Gerry Conway) eram grandes amigos e acho que até colegas de apartamento nessa altura. Pior, ambos eram ligados ao Roy Thomas que conhecia todo esse material da Era de Ouro, como The Heap. Duvido que tenha sido acidente Monstro do Pântano e Homem-Coisa terem surgido mais ou menos na mesma época!

      Embora, o que parece estranho hoje em dia, o primeiro a fazer sucesso e ganhar série própria foi o Homem-Coisa, que hoje é MUITO mais obscuro...

      Excluir
  52. "Opa, tamos junto Hunter! Pode mandar publicar que tem quem compre (nós inclusive)."


    Tbm tô nessa, Lierson...

    Até agora já cofrei todas as ed. do "Dredd" e da 2000 AD em geral (encadernados, revista mensal e especiais)... Só pulei mesmo os encalhes (por razões óbvias, rs) e tbm a "Guerra Total" (por ser repetéco do 1º arco da mensal)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses eram para quem não comprou mesmo...

      Excluir
  53. "Ataques Atlantes era o Sanderson mesmo, com arte do Bagley. O Gruenwald escreveu as do Alto Evolucuionário, com arte de Paris Cullins e Ron Lim."


    Essa do "Alto Evolucionário" saiu nesses "almanacões" da Abril tbm, né? Se não me falha a memória era num desses q o clone da "Gwen" voltava a aparecer (antes do remake da saga do clone)!

    Perdi quase todos esses "almanacões"... Só tenho os 2 primeiros (sendo q o 1º era um mix variado de histórias da Marvel e o 2º era uma extensa saga do "Aranha X Duende Macabro")!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa saga penso que saiu em dois volumes. Mas ele fala das historias curtinhas que explicavam o background de ambas as sagas no Universo Marvel (que já era bastante complexo naquele tempo). Penso que esse material saiu nas mensais, completamente espalhado.

      A Abril adorava essas historias curtas, que a permitia complementar as 84 paginas das revistas sem precisar cortar paginas de uma história longa...

      Excluir
    2. E de forma irônica, mtas vezes (várias vezes) essas histórias curtas acabavam sendo a melhor coisa das referidas revistas...

      Ainda hj tem um gibi da Abril q eu guardo apenas por conta de uma ótima história (de umas 10 pág ou menos) com o "Lobo Vermelho"!

      Abs!

      Excluir
    3. Curtia muito aqueles "Contos de Zabu", escritos pelo Bruce Jones. Começaram saindo na revista do Homem-Aranha e, mais tarde, em SAM.

      Excluir
    4. É isso mesmo. A saga principal da Guerra do Alto Evolucionário saiu em Superalmanaque Marvel 6 e 7. Mas as histórinhas curtas a que me referi (contando a origem e a trajetória do personagem) saíam na mensal do Homem-Aranha.

      Excluir
  54. "Eu gosto porque foi um dos dois únicos megacrossovers da Marvel em que o John Byrne teve participação importante (ele escrevia os Vingadores na época). O outro foi o (bem superior) Atos de Vingança."


    Os "Atos de Vingança" bem q mereciam uma coleção encadernada (nos moldes/formato da "Era do Apocalipse")... Pois essa eu acompanhei apenas em ed. esporádicas de "SAM" e "Aranha" (do pouco q li, minha história preferida era uma do "Justiceiro X Dr. Destino" - q saiu em SAM 136)!

    Infelizmente... Depois q a Panini publicou uma das histórias dos "Atos" no mix da "CHM - Guerras Secretas", acho q fica difícil esperar q republiquem esse material tão cedo (e de forma coerente)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, nos EUA foi preciso dois OMNIBUS para compilar! Foi uma saga que cobriu quase TODAS as revistas da Marvel da época (e não eram poucas!).

      Ele inclui muito material que ficou famoso, como as historias em que o Aranha ganhou os poderes do Capitão Universo ou aquelas dos X-Men em que o Wolverine enfrenta o Mandarim (e a Psylocke vira japa).

      Mais racionalmente, daria para encadernar o material principal (os vários títulos dos Vingadores, todos escritos pelo Byrne na época), que caberia numas 200 paginas. Toda a trama principal está lá.

      Excluir
    2. Putz, não lembrava q a saga/evento era tão extensa assim... 2 Omnibus seria mta coisa pra compilarem por aqui mesmo! Já uma ed. de 200 pág seria algo mais plausível pro nosso mercado (ou até - quem sabe - uma "CHM" em 4 ed. pra encher linguiça com mais tie-ins)!

      Agora de cabeça lembrei de outra boa do "Demolidor X Ultron" (com arte do Romitinha)!

      Abs!

      Excluir
    3. Acho que foi o maior crossover feito até aquele momento. Até foi um daqueles que provocou uma "redução" de crossovers na Marvel nos tempos que se seguiram, já que a reação do publico foi muito ruim. Os crossovers seguintes da editora foram só na linha mutante ou limitados em escopo.

      Curiosamente, Atos é com certeza o maior megacrossover que NÃO tem uma mini-série central. A trama começou e terminou em edições regulares dos Vingadores! Não houve na época nenhuma revista chamada "Atos de Vingança"!

      Acho que ESSA característica em particular nunca mais será repetida em um crossover dessa magnitude...

      Excluir
    4. Peguei a lista das edições dos dois buzuns e fiz a contabilidade. Atos de Vingança ocupou um total de... 80 edições!

      ACTS OF VENGEANCE OMNIBUS HC
      Collecting AVENGERS #311-313, AVENGERS ANNUAL #19; AVENGERS SPOTLIGHT #26-29; AVENGERS WEST COAST #53-55; CAPTAIN AMERICA #365-367; IRON MAN #251-252; QUASAR #5-7;
      Thor #411-413; CLOAK & DAGGER #9; AMAZING SPIDER-MAN #326-329; SPECTACULAR
      SPIDER-MAN #158-160; WEB OF SPIDER-MAN #59-61.
      744 PGS./Rated A …$99.99

      ACTS OF VENGEANCE CROSSOVERS OMNIBUS HC
      Collecting FANTASTIC FOUR (1961) #334-336; WOLVERINE (1988) #19-20; DR. STRANGE, SORCEROR SUPREME (1988) #11-13; INCREDIBLE HULK (1968) #363; PUNISHER (1987) #28-29; PUNISHER WAR JOURNAL (1988) #12-13; MARC
      SPECTOR: MOON KNIGHT (1989) #8-10; DAREDEVIL (1964) #275-276; POWER PACK
      (1984) #53; ALPHA FLIGHT (1983) #79-80; NEW MUTANTS (1983) #84-86; UNCANNY X-MEN #256-258; X-FACTOR (1986) #49-50; DAMAGE CONTROL (1989) #1-4; and WEB OF SPIDER-MAN #64-65.
      752 PGS./Rated T+ …$99.99

      Excluir
    5. Teve coisa boa em Atos de Vingança, o Aranha de McFarlane, o Demolidor do Romitinha, Vingadores e Wolverine de Byrne e X-Men de Jim Lee.

      Mas também tinham os Novos Guerreiros da vida...

      Aliás, acho que acaba de me ocorrer que foi o primeiro sinal de onipresença de Wolverine, que participou de "Atos" em duas oportunidades distintas. rs

      Excluir
    6. Sim, leo, eu te mostrei uns dias atrás... os dois volumes tem 700 páginas cada, com histórias de Quasar, Tropa Alfa, Dr. Estranho e Manto e Adaga que não saíram aqui.

      Excluir
    7. Teve umas histórias muito boas, outras nem tanto o Justiceiro versus DR Destino lembro que achei insossa, mas o material central era muito bom, cheguei a ter esperanças de sair numa edição vermelha dos Vingadores costa Oeste mas pelo que vi a Hachette escolheu outros arcos na edição dos Vingadores Oeste...
      Cesar Leal

      Excluir
    8. Essa história do Justiceiro, se a minha memória não falha, ele era caçado por um Destinobô com mania de grandeza (rs).

      Lembrei também do Magneto aprisionando o Caveira Vermelha num bunker. Acho que aconteceu no final.

      Excluir
  55. "A antiga edição portuguesa trazia de brinde uns posters dobráveis que reproduziam as páginas no formato original. São imensas!"


    Seria um brinde interessante se reproduzissem por aqui tbm... Tenho uma fixação por posters, fac-símiles, e brindes q tentam replicar coisas do passado!

    Qdo eu era moleque... os jornais q minha família assinava eram todos imensos e dobráveis: hj em dia os mesmos periódicos existem em versões bem mais compactas e reduzidas!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha casa a gente comprava O Globo de domingo. Era imenso!

      Excluir
    2. Aqui é o "Correio do Povo" q a gente assina até hj (era gigantesco até meados dos anos 80)... Hj é pouco mais q uma revista magazine, rs (ainda assim, não abro mão de uma boa leitura impressa de jornal matinal)!

      Abs!

      Excluir
  56. "Duvido que tenha sido acidente Monstro do Pântano e Homem-Coisa terem surgido mais ou menos na mesma época!"


    Eu sabia q os 2 eram amigos, Hunter... Mas se foram colegas de apartamento tbm, as chances da ideia ter "vazado" de um pra outro (mesmo durante uma bebedeira) aumentam substancialmente, rs!

    Coincidência, com certeza não foi... As semelhanças são mtas entre os 2 pantanosos!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas é um daqueles casos em que ambos são plágio. Ou, sendo menos injusto porque pode ter vindo de uma sugestão do Roy Thomas (que era amigo de ambos e co-escreveu o primeiro Homem-Coisa), reciclagens de ideias conhecidas.

      Embora EXISTAM coincidências monumentais na história dos quadrinhos, como os dois "Dennis o Pimentinha", que surgiram na mesma semana em CONTINENTES diferentes! É COMPLETAMENTE impossível que um tenha sido plágio do outro nesse caso...

      Excluir
    2. Pois é, nessa situação... O Roy Thomas pode ter tido mesmo (quem sabe) alguma participação na "ideia" por trás dos monstros (inspirados no "Heap")!

      Já o "Pimentinha"... Eu lembro qdo vc falou dessa história aqui há algum tempo atrás: E de fato, parece ter sido uma incrível coincidência nesse caso (ou até uma espécie de "sintonia de pensamentos criativos" - mas aí adentrando em possibilidades quânticas: das quais eu não duvido)!

      Abs!

      Excluir
    3. Semelhança boa também foi a premissa do 1º "O Exterminador do Futuro" (1984) e uma aventura do Superman com OMAC publicada lá fora um ano antes (saiu aqui dois anos depois, em Super-Homem #23). Todos sabem que o filme do James Cameron teve um "caldeirão de influências", mas esse caso foi exageradamente pontual:

      "Robô é enviado de volta no tempo até o presente para matar a pessoa que irá criar algo que vai assegurar o futuro da humanidade; de carona, também vem um combatente com a missão de impedir o robô de cumprir seu objetivo..."

      Roteiro de Len Wein. Ou seria do Cameron? rs

      Excluir
  57. "talvez depois do Rebirth o título retorne já que existe a chance de a DC zerar suas publicações de novo né."


    E aí, Fabiano... blz?

    Pelo q eu entendi, depois desse "rebirth", zera tudo de novo na DC... Mais um recomeço, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  58. "Estou na metade da segunda temporada de Demolidor. E ao contrário da opinião quase unânime que vi por aí, estou achando inferior a primeira. Mas vamos ver..."


    Oi, SEMI... Eu sempre gostei mais do "Justiceiro" q do "Demolidor", e sendo assim: mesmo q eu ainda não tenha visto nenhuma das temporadas, "acho" q irei curtir mais a 2º por ser mais focada no Castle!

    Mas é apenas um palpite... Antes, preciso arrumar tempo pra assistir qq coisa q seja, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terminei a série numa meia-maratona (ou seria semi-maratona). E realmente achei bem abaixo da primeira.

      Pode ser por causa da minha expectativa que era alta, mas tentando ser racional, achei que muita coisa foi jogada e mal explicada.

      Mas o Justiceiro é do caralho! Rouba a cena.

      Excluir
  59. "Vocês me fizeram lembrar de umas edições que saíam pela Mythos no final da década de 90, tipo "Ressurreição da Fenix" e "X-Men & Clan Destino"


    Essas séries eu achava execráveis na época, rs...

    Mas tínhamos poucas opções de compra nesse final de anos 90, e no fim das contas esses crossovers toscos acabavam sendo uma alternativa vermística aceitável! De tudo isso, acho q hj em dia só mantenho "Conan X Rúnico" na coleção!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô, o Clan Destino era muito bom!

      Excluir
    2. A série solo deles eu tenho (saiu aqui pela Metal Pesado)... E era mto boa mesmo:

      A parte mais louca é qdo o "Surfista" encontra um veículo (uma Kombi se não em engano) com cores e visual hippie estacionada em um meteorito, rs!

      Abs!

      Excluir
    3. E um cara dentro. VIVO!

      Excluir
    4. Clã Destino era sensacional, enquanto estava nas mãos do criador/roteirista/desenhista Alan Davis. Qd outros meteram o bedelho ficou horrível, lembro que ri muito no encontro deles com os X-men (onde Davis retornou aos personagens) qd o Crusado diz ter tido um sonho estranho e sem sentido com relação a tudo que foi feito depois que o Davis saiu do título.
      Cesar Leal

      Excluir
  60. "15 pratas tá bem pago pela arte. Mais que isso, melhor comprar outra coisa. rs"


    Sim... Por 15 pila hj em dia eu posso pegar um "Disney Especial" (e estarei bem servido)!

    Mas fora isso tbm... não há mto o q se comprar por esse valor (não dá nem um "Tex Ouro", rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  61. "Curtia muito aqueles "Contos de Zabu", escritos pelo Bruce Jones. Começaram saindo na revista do Homem-Aranha e, mais tarde, em SAM"


    Ótima lembrança, doggma...

    Tbm gostava dos "Contos de Zabu"! Aliás, as histórias principais do "Ka-Zar" q saíam tbm no mix do "Aranha" hj me interessam bastante (mais do q na época) devido ao fato de terem sido desenhadas pelo Brent Anderson (de "Astro City")!

    Nem sei se saiu em TP lá fora, mas é algo q entraria numa lista minha pra futuras importações...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca foram encadernadas, acho que a Marvel só encadernou o Ka-Zar do Mark Waid.

      Excluir
    2. Puxa, q pena... Dia desses eu tava arrumando meus formatinhos na estante e me deparei com várias "SAM" e "Aranha" da Abril q traziam esse material (bateu aquela vontade de reler tudo só q na íntegra e em formato americano)!

      Abs!

      Excluir
    3. É um dos poucos materiais da Marvel que ainda não foi compilado...

      Excluir
  62. "É isso mesmo. A saga principal da Guerra do Alto Evolucionário saiu em Superalmanaque Marvel 6 e 7."


    Essas eu perdi mesmo então...

    Mas a nível de curiosidade: Uma versão alternativa pra saga do "Alto Evolucionário" foi o nº 1 da nova série de "What If" q a Marvel produziu nos anos 80! Nem sei se publicaram essa história aqui, mas foi uma boa fase da série "O Q Aconteceria Se"...

    Abs!

    ResponderExcluir
  63. "Curiosamente, Atos é com certeza o maior megacrossover que NÃO tem uma mini-série central."


    Puxa, eu nem tinha me ligado nisso... Mas realmente, "Atos de Vingança" não teve uma série central q servisse de "coluna vertebral" da saga!

    Sem dúvida, essa é uma estrutura q não existe mais hj em dia! Chega a ser até repetitivo o esquema estrutural atual dos grandes crossovers:

    1) Uma série principal (com mtas capas variantes em cada edição)!
    2) Dezenas de tie-ins interligados à trama central e espalhados nas revistas mensais e especiais
    3) Ganchos importantes na série principal q serão desenvolvidos apenas nos tie-ins (pra garantir q o leitor não fique só na série central)
    4) Encadernação da saga principal em diversos formatos

    Acredito q hoje (mesmo com novos reboots e reestruturações), esse "esquema tático" não mude!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há muitas estruturas diferentes para Megacrossovers.

      Os originais (Crise e Guerras Secretas) eram LONGAS mini-séries mensais que eram tocadas apenas ocasionalmente pelos títulos regulares (ficou famosa a piada de que a maior parte dos "crossovers" de Crise eram basicamente os personagens saindo na rua e comentando que o céu ficou vermelho). Nesses crossovers voce podia muito bem ler apenas a mini principal e cagar para o resto sem perder NADA! O problema era a duração interminável. O 52 da DC, mais moderno, tinha uma estrutura similar.

      Depois surgiu o sistema das minis mais curtas com os crossovers dos títulos mensais tapando os "buracos" na narrativa. Lendas é o exemplo mais famoso. Voce pode ler a mini principal e entender o que está rolando, mas vai perceber que tem algo faltando (tipo a epopeia do Super-Homem em Apokolips). Quase todos os moegacrossovers modernos são assim.

      Milênio levou isso para outro patamar, com boa parte da narrativa CONTIDA nos crossovers! Por isso que essa série não costuma ser encadernada, é uma leitura completamente fragmentada (além de ser uma bosta, convenhamos). Meus parabéns aos editores da série, porque esse crossover em particular teve uma coordenação editorial brilhante!

      Invasão teve um approach que eu acho perfeito. Três edições mensais bem grossas (80 paginas!) que tinham toda a narrativa principal, mas com "aberturas" no final do primeiro e segundo números em que as séries de linha podiam ser colocadas. Não sei porque nunca pensaram em fazer algo assim de novo...

      A Marvel começou então a fazer os megacrossovers sem minis. Eram principalmente na linha mutante (Massacre, Queda, Inferno, etc.), mas Atos de Vingança levou esse sistema ao seu auge. O problema é que, exatamente por não ter um título central, não motivava os leitores a acompanhar o crossover em si, o que levou ao abandono desse sistemam embora seja comum nos crossovers "normais" (dois ou três séries apenas).

      A Marvel também foi pioneira nos "crossovers de anuais". Simplesmente pegar as edições anuais de cada título (almanaques mais grossos com historias longas que não seguiam a linha narrativa - e geralmente tinham equipes criativas diferentes - dos títulos mensais) e fazer uma única narrativa atravessando todos eles. O primeiro foi A Guerra do Alto-Evolucionário. Funcionou muito bem e enquanto o anuais continuaram existindo tanto Marvel como DC fizeram dúzias desses crossovers. Mas o próprio conceito dos anuais saiu de moda nos anos 90 e hoje não se publicam o bastante para fazer um megacrossover (embora crossovers de 2 a 4 anuais ainda sejam muito comuns).

      Uma variante do sistema do crossover sem minis foi o "Alfa e Ômega". O crossover começava em uma revista própria (geralmente chamada "Alfa") e terminava em outra ("Ômega"). O resto da história se desenrolava nas mensais. Esse sistema, porém tinha as desvantagens dos crossovers sem mini e oferecia pouco em troca, já que ler apenas essas edições NÃO oferecia uma experiência de leitura satisfatória. De longe o mais famoso desses foi a Era de Apocalipse.

      Por fim, uma variante recente do crossover de mini é o que oferece além da mini principal minis (e/ou one-shots) secundárias com personagens que não têm título próprio ou cujo título próprio, por qualquer razão, não participa do crossover. Acho que Dinastia M foi o primeiro desses, mas não tenho certeza. Tem sido o principal sistema atual e oferece a vantagem de não obrigar os autores das revistas mensais a pararem o que estão fazendo para seguirem o crossover da vez.

      Outra variante é fazer uma série de minis em "preparação" da mini principal. Crise Infinita foi a pioneira desse sistema, que eu penso ter sido completamente abandonado hoje em dia.

      Acho que cobri todos. Lembram de mais algum?

      Excluir
  64. "Peguei a lista das edições dos dois buzuns e fiz a contabilidade. Atos de Vingança ocupou um total de... 80 edições!"


    É bastante coisa mesmo, Hunter...

    Pra vc ter uma ideia, o formato atual de uma "Coleção Histórica" comporta uma média de 8 histórias por edição. Assim, se nesse formato fossem publicar os "Atos de Vingança", seriam necessários 10 encadernados pra caber tudo!

    Não tenho certeza, mas uma mega-saga similar (e da mesma época) q se equipararia à essa em extensão acho q só as "Guerras Secretas II" mesmo... Mas dá vontade de reler tudo isso nesses tijolões q andam saindo lá fora (e na ordem sequencial): Pois já vimos q sagas boas MESMO (daquelas onde se aproveitavam quase todos os lances) já não se fazem mais hj em dia!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guerras Secretas dois foi republicada em um Omnibus só nos EUA! Dessa época acho que só Crise teve tantas edições...

      Excluir
    2. Na Livraria Cultura daqui tem exposta uma caixa gigantesca (box) com tudo de "Guerras Secretas": A 1º e 2º série... E mais uns brindes e tranqueiras junto!

      Deve ser alguma ed. especialíssima pra colecionadores (e custa algo com 4 dígitos, rs)!

      Abs!

      Excluir
    3. Ah, mas essa tem muito mais coisa, como o Guerra Secreta do Bendis e a série inteira do Coisa ambientada no mundo das Guerras Secretas (escrita pelo Byrne!). Detalhes:
      https://www.amazon.com/Marvel-Super-Heroes-Secret-Wars/dp/0785197516

      Custa 500 dólares! Mas está por "apenas" 330 na Amazon...

      Aliás, eu tenho me segurado para NÃO comprar os Omnibus e TPBs que a Marvel anda fazendo de material do Thanos do Starlin porquee tenho CERTEZA ABSOLUTA que vão fazer um desses do Thanos na altura do próximo filme dos Vingadores...

      Excluir
  65. "Mas também tinham os Novos Guerreiros da vida..."


    Eu nunca consegui gostar desses "Novos Guerreiros", SEMI...

    E olha q do "NOVA" em si eu era fanzaço desde os tempos da RGE! Mas a formação desse grupinho era algo q me dava náuseas com aquelas tentativas forçadas de serem "descolados" o tempo todo (só por ter um integrante chamado "Radical" já era motivo pra eu torcer o nariz, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De quem foi a infeliz idéia de adaptar "Night Trasher" para "Radical"? Transformou o ruim em ridículo!

      Excluir
  66. "Todos sabem que o filme do James Cameron teve um "caldeirão de influências", mas esse caso foi exageradamente pontual:"


    Verdade, doggma...

    O "Exterminador" era uma colcha de retalhos de referências de HQs... Arrisco incluir até mesmo entre elas o confronto entre "Aranha X Fanático" (do Byrne): No qual o aranha chega a explodir um caminhão em cima do fanático (lembrando mto as cenas finais do filme do Cameron)!

    Mas essa do "Superman e OMAC" é uam das mais evidentes mesmo (junto com pinceladas de "Dias de Um Futuro Esquecido")!

    Abs!

    ResponderExcluir
  67. "Clã Destino era sensacional, enquanto estava nas mãos do criador/roteirista/desenhista Alan Davis."


    Pois é, Cesar... Esse material era bom mesmo:

    Eu comprei as ed. da Metal Pesado na época, pq era novidade e eu já tava querendo sair um pouco da mesmice das revistas de linha da Abril! Foi uma grata surpresa esse "Clã Destino" (do Alan Davis)!

    Mas tbm, só acompanhei a fase dele mesmo...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mereceria estar na coleção vermelha da Salvat diga-se de passagem...

      Cesar leal

      Excluir
    2. Pois é, Cesar... E não foi por falta de espaço (com tanta porcaria q acabaram publicando no final das contas, rs)!

      Abs!

      Excluir
    3. Pra você ver como um crossover pode destruir personagens...

      Eu só li Clã Destino na história dos X-Men, o que em tese serviria para divulgar o grupo, serviu para me afastar de qualquer material com o nome dele. rs

      Excluir
  68. "Há muitas estruturas diferentes para Megacrossovers."


    Oi, Hunter... Eu lembrei de mais uma estrutura q de repente podemos enquadrar nessa listagem tbm:

    As sagas q transcorrem unicamente em ed. interligadas de revistas mensais. Um exemplo q me ocorreu disso foi a saga: "Viva Kree Ou Morra" (Live Kree Or Die)... Saiu aqui num "GHM" (formatinho) da Abril e era composta por 4 ed. de séries regulares: "Vingadores" nº 7 (Busiek/Pérez), "HDF" (mto boa a história com o Tony ajudando a Carol Danvers com o alcoolismo), "Cap. América" (Waid), e "Mercúrio" (a pior das 4 partes da saga)!

    O objetivo dessa estrutura parece ser reforçar títulos q ninguém compraria sem um "motivo" (nesse caso, a Marvel empurrou o gibi do "Mercúrio" no pacote, sendo q os outros 3 já estavam bem consagrados naquele recomeço da Marvel pós-Heróis Renascem)!

    O maior problema desse tipo de estrutura é q complica um pouco na hora de encadernar o material pra quem quiser determinada fase de um autor/artista! Os "Vingadores" de Busiek/Pérez eu sei q encadernaram lá fora recentemente, mas ainda não pesquisei o conteúdo dos TPs, porém, "SE" o nº 7 (interligado com "Viva kree") estiver incluso, as demais histórias (incluindo a do mercúrio) tbm deveriam estar (pra não comprometer o entendimento da trama). E pular essa saga tbm não dá, pois ela é essencial pro desenvolvimento dos plots dos vingadores (especialmente a repercussão dos problemas da Ms. Marvel)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a estrutura de Atos de Vingança, mas eu não sei se seria um "megacrossover", porque só apanhou alguns títulos, em vez da maior parte da linha.

      Excluir
  69. "Ah, mas essa tem muito mais coisa, como o Guerra Secreta do Bendis e a série inteira do Coisa ambientada no mundo das Guerras Secretas (escrita pelo Byrne!)"


    É esse BOX mesmo, Hunter... Consegui uma foto melhor dele no LINK abaixo:

    http://comicstrade.ru/wp-content/uploads/2015/10/shelfporn_battleworld_box_set_featured.jpg

    E ao vivo é maior do q parece, rs: Na Livraria Cultura daqui esse box tá exposto na vitrine principal (e vem com alguns brindes de "Guerras Secretas" junto - incluindo uma espécie de "avental")! Bonito com certeza é, mas pra comprar isso o cara tem q ter mta bala na agulha, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gastaria esse tipo de grana em Guerras Secretas. Eu até gosto da série original por conta da nostalgia, mas a 2 esquece e a do Bendis eu não leio nem que me paguem! Bem talvez se me pagarem.

      Portanto seria gastar dinheiro à toa. Também não curto Guerra Civil, a outra box que eles fizeram.

      AGORA, se fizerem um do material cósmico do Starlin, como eu imagino que vão fazer para o próximo filme, eu compro na hora! E seria pratico, porque eu não tenho nenhum encadernado em inglês desse material (embora tenha quase tudo avulso).

      Excluir
    2. Eu tbm não gastaria tanto com as "guerras" clássicas (q eu acho apenas uma "BOA" saga)... E já estou satisfeito com aversão em capa-cartão q eu tenho da Panini (q por sinal, acabou sendo a única compilação integral da saga numa ed. só)!

      A "guerra 2" eu nunca li toda (só episódios esporádicos q saíam no mix dos gibis da Abril na época) e confesso q não me despertou maior interesse no geral!

      Mas a do Bendis é bem fraquinha mesmo... E cai no mesmo problema da "Guerra Civil": Personagens completamente descaracterizados e agindo como idiotas e/ou pessoas sem-caráter (com ações duvidosas q normalmente não seriam condizentes com o perfil dos heróis em questão)! Acho q vc iria detestar pelo visto (eu passei adiante a mini-série q eu tinha da Panini e preferi NÃO comprar o encadernado da Salvat - simplesmente, é algo q não me faz a menor falta)!

      Abs!

      Excluir
    3. Guerras Secretas 2 é péssima. Custou ao Jim Shooter o cargo!

      Excluir
    4. Nossa, não lembrava q fosse tão ruim assim, rs...

      Se bem q tenho uma ed. da "SAM" com alguns momentos ridiculamente peculiares dessa saga: Um mafioso leva o "Beyonder" pra fazer compras numa loja e nessas, eles passam quase a história toda experimentando roupas e passeando num shopping, rs!

      Abs!

      Excluir
    5. Eu li algumas poucas histórias que saíram em X-Men. Acho que rolou até um romance do Beyonder com a Cristal.

      Melhor não forçar a cabeça. Certas coisas devem ser esquecidas.

      Excluir
    6. Pelo visto, o "Beyonder" soube aproveitar bem os prazeres do Planeta Terra, rs...

      Abs!

      Excluir
    7. Cara, rolou até o Homem-Aranha ensinando o Beyonder a mijar. Sério!

      Excluir
    8. Ah, não... Fala mto sério: Isso já é humilhação demais (não tem como respeitar um vilão q aprendeu a mijar com o aranha, rs)!

      Abs!

      Excluir
    9. Está aqui:
      http://www.comicsbeat.com/getaway-special-the-day-spider-man-taught-the-beyonder-how-to-use-the-bathroom/

      Mas eu me confundi, ele ensinou o Beyonder a cagar.

      Excluir
    10. Mais humilhante ainda, rs...

      Só q pelo visto, ele não teve tempo de ensinar o Beyonder a se limpar tbm!

      Abs!

      Excluir
  70. "De quem foi a infeliz idéia de adaptar "Night Trasher" para "Radical"? Transformou o ruim em ridículo!"


    Podia ser pior, SEMI...

    Podiam ter batizado ele aqui de: "Cool e Descolado", rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei como na década de 90 não surgiu algum herói chamado "Chapa Quente"...

      Excluir
    2. Nomezinho bem anos 90 mesmo, rs...

      Até pode não ter surgido um herói com esse nome... mas um programa-lixo de TV eu sei q teve, rs!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...