15/02/2020

"Visões de... 1990" (Parte 2): "Mestre do Kung Fu" (O FINAL), "Graphic Marvel", "Caçadores", e Mais...

Nesta 2º "Parte" da mega-postagem de Elcio Abreu em colaboração especial pro "Submundo"... Voltamos novamente 3 décadas no passado para revisitar o ano de 1990, um mercado muito diferente do nosso atual e ao mesmo tempo tão rico e fértil de lançamentos pra todos os gostos:

"Cap. América 133" (O FINAL da saga do "Mestre do Kung Fu" - Uma HQ que NÃO estará na "CHM" publicada pela Panini), "HULK & Coisa" (a estreia da linha Graphic Marvel), "Justiceiro - Corporação de Assassinos", "Os Caçadores", "Dreadstar - O Guerreiro das Estrelas", "Gavião Negro" (mini-série em 3 edições), "Homem-Aranha: A Morte da Capitã Jean DeWolff", "Orquídea Negra" (de Neil Gaiman), "Disney Especial 122 - Os Espertos", e Muito Mais...

Confira abaixo:


No meio de todo o caos econômico descrito na 1º "Parte" desta matéria, o mercado de quadrinhos em 1990 permaneceu firme e forte, com muitos títulos sendo lançados ao longo desse ano (como podemos ver nesta série de postagens) inclusive em edições de luxo, que embora fossem em capa cartonada, não eram lá muito baratas (pra parte dos leitores da época). A única diferença para os dias de hoje é que todas as revistas iam para as bancas. O que explica isso? Muitos dirão que é porque na época não existia internet, celular e todas as facilidades que essas tecnologias nos proporcionam atualmente. Bem, isso não é bem verdade, afinal: estamos falando de uma época de inflação alta, desemprego alto, confisco de poupança, queda no padrão de vida das pessoas, e falta de crédito para adquirir bens de consumo, dentre outras coisas. Seria mais fácil uma pessoa (colecionador) abandonar sua coleção e adotar outro hobby, ainda mais que naquele tempo as HQs eram discriminadas, tidas como coisa de criança, e literatura marginal (só quem colecionou HQs nos anos 90 sabe - ou sentiu na pele - o preconceito e escárnio que os gibis geravam nas pessoas ditas "civis" ou "normais", rs):

MAIO:

"OS CAÇADORES" Nº 1: A revista da DC dedicada à seus heróis urbanos, em formato americano e 68 pág. Com histórias de alto nível, trazia como carro-chefe o "Arqueiro Verde" de Mike Grell, e O "Questão" de Denny O'Neil!

"BATMAN" Nº 4: "Batman - Ano 3", que conta de forma mais atualizada a morte dos pais de Dick Grayson e toda a trajetória dele após o incidente, até ser adotado por Bruce Wayne. No presente, o assassino dos pais de Grayson sai da prisão e o Batman tenta impedir que ele se vingue do criminoso!

"GRAPHIC MARVEL Nº 1 - HULK & COISA": A Editora Abril cria um novo selo de Graphic Novels, e na 1º edição traz uma aventura protagonizada pelos 2 brutamontes mais sagrados da Marvel. A história é simples e bem divertida, onde a dupla é sequestrada por uma polícia alienígena pra salvar um planeta de um chefão do crime conhecido como: "Senth Obbraço", rs!

"SUPERPOWERS" Nº 17: O polêmico final da fase John Byrne no Homem de Aço!

"GRAPHIC NOVEL Nº 19 - BLANCHE EPIFANY": A frágil beldade Blanche Epifany é constantemente perseguida por homens inescrupulosos que pretendem se aproveitar de sua inocência, mas existe um defensor mascarado que age como seu protetor e a resgata das piores situações. A HQ é, ao mesmo tempo, uma homenagem e uma paródia das histórias de amor folhetinescas, nascidas na França, nas quais os mocinhos são completamente bons e salvam as doces donzelas, impecavelmente castas e virtuosas, das garras dos vilões. Roteiro de Jacques Lob e arte de Georges Pichard.

JUNHO:

"ORQUÍDEA NEGRA": A Editora Globo encaderna o 1º trabalho solo de Neil Gaiman nos quadrinhos em 148 pág (material republicado há poucos anos em capa-dura pela panini)!

"GAVIÃO NEGRO": Timothy Truman, Alcatena, e Sam Parsons criam uma nova origem (ou uma delas) para o "Gavião Negro" numa sensacional mini-série em 3 partes publicada em formato americano e 52 pág. Agora, o herói é um policial alienígena do planeta Thanagar, bem como sua parceira de longa data: Shayera Hall (HQ bem ao estilo "Juíz Dredd" e nunca republicada no Brasil)!

"CAP. AMÉRICA" Nº133: Depois de quase 20 anos sendo publicado no Brasil, chega ao fim a saga de "Shang Chi - O Mestre do Kung Fu", escrita por Alan Zelenetez e com arte de William Johnson e arte-final do criador de "Hellboy": Mike Mignola (OBS: Esta HQ NÃO estará na "CHM do MKF" publicada pela Panini, cujo Vol. 12 atrasou e encerrará a coleção)!

"CONFLITO DO VIETNÃ - EM CORES": Edição especial do título mensal publicado desde 1988. Estas 2 histórias foram publicadas pela primeira vez em "Aventura & Ficção" Nº 11 e 12, em P&B!

"HOMEM-ARANHA" Nº 84: Sob a influência do "Monge do Ódio" (que em sua versão original de Stan Lee e Jack Kirby era o próprio Adolf Hitler), Sue Richards torna-se: "Malícia" na história:  "Com o ódio na alma". Saga que redefiniu a personagem no Universo Marvel (esse arco - de John Byrne - também saiu na Salvat Vermelha, na edição dedicada à "Mulher-Invisível")!

"DEMOLIDOR ESPECIAL 2": A "Queda de Murdock", a obra-prima de Frank Miller que redefiniu o herói, é encadernada pela 1º vez no Brasil: Só que em formatinho, capa-cartonada plastificada, e 196 pág, SEM os cortes e censura da versão apresentada em "SAM"!

"TEX-COLEÇÃO" Nº 40: Revista em formatinho (que perdura até os dias de hoje), traz a republicação da historia: "Anjos da Vingança"!

"MAURÍCIO -  30 ANOS": Edição comemorativa dos 30 anos da "Turma da Mônica", publicada pela Editora Globo no formato 19 x 27,5 cm, com 39 histórias e 212 pág. Esta edição também saiu em capa-dura na época!

JULHO:

"GILGAMESH" Nº 1: A Editora Globo publica o 1º número da mini-série em 4 edições, formato americano, e 52 pág. da série futurista da DC Comics, criada e ilustrada por Jim Starlin. Gilgamesh Bonner é um alienígena que chegou acidentalmente à Terra e é adotado e criado por uma família de hippies. Desde muito jovem ele exibe força e intelecto fora do comum, e quando o mundo sofre uma guerra devastadora, Bonner se transforma no dirigente máximo de uma corporação que devolve a paz ao planeta totalmente devastado. Porém, a paz imposta por esse regime autocrático é quebrada quando surge um misterioso indivíduo com as mesmas capacidades de Gilgamesh, cuja presença mudará para sempre a vida do protagonista e colocará em perigo o pacífico, utópico e ultra-capitalista império criado neste novo mundo!

"GRAPHIC MARVEL Nº 2: JUSTICEIRO - CORPORAÇÃO DE ASSASSINOS": De Mary Jo Duffy e Jorge Zaffino, esta aclamada graphic novel do anti-herói da Marvel traz o Justiceiro investigando uma família de assassinos que matam por dinheiro para uma corporação. Ele aceita jogar nas regras da corporação e se envolve com Reiko, uma bela assassina. O Justiceiro tenta impedir a tal corporação de assassinar um homem que pode levá-lo à captura de outros foragidos da justiça! 

"DREADSTAR" Nº 1: A Editora Globo lança uma revista mensal em formatinho e 68 pág, do Guerreiro das Estrelas criado por Jim Starlin, continuando as histórias exatamente de onde pararam na revista "Epic Marvel" da Editora Abril (material recentemente republicado pela Mythos num encadernado de luxo)!

"DISNEY ESPECIAL" Nº 122 - OS ESPERTOS": Uma compilação de 22 histórias em 196 pág só com os maiores "espertalhões" da Disney (essa edição dos "Espertos" foi REPRISADA no ÚLTIMO número do "Disney Especial": O nº 180 - de 1999)!

AGOSTO:

"HOMEM-ARANHA" Nº 87: Tem início uma das melhores, violentas, sombrias, e mais aclamadas sagas do Herói Aracnídeo: A "Morte da Capitã Jean DeWolff" (republicada pela Panini e Salvat também)!

"GRAPHIC NOVEL Nº 20 - WOLVERINE & NICK FURY": Wolverine e Nick Fury lutam contra um novo "Scorpio", cuja origem está ligada ao maior espião da Marvel. História com roteiro de Archie Goodwin (Batman) e desenhos de Howard Chaykin (American Flagg)!

"DC 2000" Nº 8: A estréia de "Starman" de Roger Stern e Tom Lyle (personagem que seria reformulado poucos anos mais tarde em uma cultuada série de James Robinson)! 

"FANTASMA EXTRA" Nº 21: Publicação bimestral do herói publicada pela Editora Globo em formatinho e 68 pág. Nesta edição, o Fantasma revive uma aventura de seu antepassado, durante o festival comemorativo dos 300 anos do ataque à cidadezinha costeira de Sanloi, onde em 1689 seu ancestral combateu o pirata Tease. Por uma ironia do destino, o atual descendente do bandido quer imitar o antepassado e pilhar a cidade!

Até+

99 comentários:


  1. "Cap. América 133" (O FINAL da saga do "Mestre do Kung Fu" - Uma HQ que NÃO estará na "CHM" publicada pela Panini)

    Não entendi por essa história não estará na CHM MKF? O volume 12 não trará ela ou não terá volume 12?
    Roberto Xavier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberto... blz?

      A "CHM 12" vai sair sim... Tá apenas (MUITO) atrasada, mas ao q me consta, já estaria prestes a chegar nas bancas!

      Qto ao PULO da fase final da série... A Panini já havia dito desde o começo q pularia o FINAL da revista do "MKF" (a editora se comprometeu a publicar apenas o equivalente aos 3 primeiros dos 4 OMNIBUS do MKF), por considerar um material de baixa qualidade. Nunca li essa reta final, mas já me disseram q decai bastante mesmo após o confronto final com o "Fu Manchu" (q vimos no Vol. 10 da CHM)!

      Abs!

      Excluir
    2. "... A Panini já havia dito desde o começo q pularia o FINAL da revista do "MKF"...

      E eu pra não perder o hábito... até arrisquei uma sugestão:

      https://batdeira.tumblr.com/post/188928655228/vam-especulando-com-o-lan%C3%A7amento-shang-chi

      Mas agora que cancelaram a linha inteira é que ela foi mesmo pro saco!

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Oi Leo e VAM!

      Sou da opinião que se vai lançar, deveriam lançar todo o material de forma completa, ainda mais por causa do problema do nome "Fu Manchu", que pode inviabilizar a obra de ser publicada no futuro!

      Mas acredito que devido à baixas vendas da coleção, mesmo que tivesse uma quarta caixa planejada, a editora poderia recuar na proposta e não publicá-la! Isto claro se a linha das CHM não tivesse sido cancelada!

      Parabéns VAM pela arte da coleção "da Terra 2" do Mestre do Kung Fu.Ficou sensacional!!

      Abraços!

      Excluir
    4. Depois que o DOug Moench sai do argumento, não vale mais a pena continuar lendo MKF.

      Notem que a Abril TAMBÉM pulou essa fase final, só publicou a última edição para dar um encerramento ao personagem. E não publicou nenhuma das histórias posteriores que o próprio Moench escreveu...

      Excluir
    5. Elcio e Hunter,

      A "CHM do MKF" parece ter vendido menos do q se esperava mesmo... Sempre imaginei q essas edições fossem esgotar rapidamente e q seria uma "corrida do ouro" nas lojas e bancas na caça desse material. Não aconteceu nada disso e hj chega a ter pilhas de MKF disponíveis (na loja daqui, pelo menos, tem a coleção quase completa)!

      E Hunter... Embora eu tenha lido a fase pós-Moench, acredito em vc: pois as histórias seguintes ao confronto final com "Fu Manchu" (no Vol. 10, se não me engano) já mostram q a série fica meio sem rumo na falta do vilão principal. Assim, imagino q tenha rolado uma queda de ritmo mesmo e a panini deve ter pensado em não tomar um TUFO dos leitores (afinal, mtos - EU incluso - já tinham a ideia de abandonar a coleção após o FIM de "Fu Manchu")!

      Abs!

      Excluir
    6. "...Sempre imaginei q essas edições fossem esgotar rapidamente e q seria uma "corrida do ouro" nas lojas e bancas na caça desse material..."

      Eu desconfiei disso ao ver o Amazon vender as então 10 edições disponíveis por 16,90 cada, sendo 24,90 o preço de capa.

      O HULK também se encontra com bom desconto. Apesar da edição #1 realmente está esgotar, da #2 à 12 tem todas por R$ 19,17. Sendo a #8 por R$ 14,90.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  2. Renato Franca15/02/2020 21:41

    A Morte da Capita Jean Dewolff tenho pela Salvat. A melhor estória do HA(pra mim). Lembro da revista,Os Caçadores,nunca comprei. Bobeira minha. Tem estórias naquela revista que dificilmente serão relançadas aqui. O " Sombra" que o diga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato... A "Morte da Capitã" eu tenho pela Panini, naquele encadernado de capa-cartão com fundo preto q saiu há uns anos atrás. É uma ótima história sim!

      Abs!

      Excluir
    2. "... naquele encadernado de capa-cartão com fundo preto..."

      O "preto-luto" veio bem a calhar nessa capa aliás, ao contrario das recentes Edições Definitivas do Aranha.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Oi, VAM... blz?

      Essas capas do "Aranha" ficaram mto feias mesmo... As bordas pretas são mto largas: Eu preferia as "Bibliotecas", q eram cinza, mas pelo menos ainda tinham uns desenhos em relevo ao fundo!

      Abs!

      Excluir
  3. tem bastante coisa legal nesta lista, vamos lá.
    muita gente fala mal do formatinho mas na época era muito bom, guardo e releio os meus até hoje.
    hulk e coisa é hilário, bem divertido mesmo, poderia ser republicada pela panini.
    orquídea negra só comprei a versão encadernada um tempo depois juntamente com as versões encadernadas de moonshadow e V de vingança.
    gavião negro é muito, mais muito boa mesmo, só fui comprar este material depois de ler uma critica na revista wizard brasileira da panini, dei sorte.
    GILGAMESH essa fiquei sem, gostaria de ter lido.
    "Morte da Capitã Jean DeWolff"é mais sombria que a ultima caçada de kraven e tão boa quanto.

    comprar HQ somente nas bancas era bem mais legal que pela internet, mesmo não sendo barato dava pra comprar muita coisa, hoje material bom mesmo é praticamente tudo de capa dura custando o olho da cara.

    aguardando a próxima parte!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "... só fui comprar este material depois de ler uma critica na revista wizard brasileira da panini, dei sorte...".

      Pô! Deu mesmo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. OI Gustavo A!

      A Panini estava republicando estas Graphic Novels clássicas da Marvel, e embora saísse uma por ano era bacana porque pelo menos mais um material clássico ia sair!

      Ano passado infelizmente não saiu nenhuma, sendo a última que saiu "Demolidor:Amor e Guerra" em 2018! Especulava-se que em 2019 ia sair "Homem Aranha:Marandi"!

      Torço para que a editora não tenha desistido desta linha de republicações de material clássico, porque estes materiais sempre venderam bem!

      Gilgamesh eu acho que pode vir a sair pelo Pipoca e Nanquim,os direitos da obra devem pertencer ao Jim Starlin, então talvez seja mais fácil negocir diretamente com ele, que por sinal veio numa CCXP e com certeza pode voltar futuramente!

      O Alexandre Calari é um grande entusiasta de materiais clássicos dos Anos 70, 80,e 90, e o Pipoca e Nanquim em seu catálogo já trouxe materiais publicados pela Abril e Globo que ficaram 'perdidos" no tempo, como Blood e Moonshadow, que aliás, aparecerão nas próximas postagens do ano de 1990 junto a outras que infelizmente ainda se encontram perdidas!

      Realmente você deu sorte em achar "Mundo Gavião' depois de tanto tempo de publicada! É um material que eu já pedi várias vezes à Panini para republicar, mas até hoje nada, só colocaram na "caixinha de sugestões"dela!

      Infelizmente, não saiu este material na Coleção DC Eaglemoss, sendo uma das "bolas fora" da coleção no seu todo!

      A morte de Jean DeWolff realmente surpreendeu (principalmente na época), porque tirou o Aranha do seu convencional de aventureiro fantasiado enfrentando vilões uniformizados, e o colocou numa trama policial densa!

      Na minha opinião "A Última Caçada de Kraven" é mais sombria devido ao lance de enterrar o herói vivo; o Rattus matando e devorando uma inocente; os ratos atacando um polical em bando; e o suicídio do vilão no final!

      Bom, ainda falaremos mais sobre ela, só que em "Visões de... 1991"!

      Abraços!

      Excluir
    3. Hulk e Coisa poderia ser republicada pela MARVEL! Essa HQ não dá as caras nos EUA faz tempo...

      Excluir
    4. E aí, gustavo... blz?

      Eu ainda tenho mto formatinho na minha coleção (talvez uns 2.000 se contar "Tex" e "Disney")... Mas tudo q posso da Marvel e DC eu tento recuperar em formato americano!

      "Hulk & Coisa" eu tenho na Graphic Marvel mesmo e adoro esse gibi... já perdi a conta de qtas vezes eu reli (e caí na risada, kkk)!

      "Orquídea Negra" eu só fui conhecer na versão da Panini e achei "mais ou menos" (não descarto botar à venda uma hora dessas). "Gavião Negro" eu nunca li, mas acho q devia ser republicado. "Gilgamesh" é outra q passou batida!

      Abs!

      Excluir
  4. Olá Leo!

    E Elcio, aqui vão minhas considerações:

    "OS CAÇADORES" - "GAVIÃO NEGRO" - "CONFLITO DO VIETNÃ - EM CORES"

    _Nunca consegui ler as três séries de forma integral, pois tive dificuldade em encontrar todas elas em sebos, já que na época de lançamento faltou foi grana. Só lembro de ter comprado em bancas as três primeiras de os Caçadores e frustado por não completar, passei pra frente anos depois;

    "BATMAN" Nº 4"

    _Eu nunca gostei do Robin, mas desse "retcon" sim. Aliás falando em Robin, o fato dele envelhecer e se tornar o Asa eu achei uma ótima ideia e de certa forma inovadora na época. Foi ele o primeiro herói a ficar velho?;

    "DEMOLIDOR ESPECIAL 2"

    _ Sem dúvida nenhuma está no HALL do "Formatinhos Antológicos" junto com " As Várias Faces de Batman". Só passei pra frente, quando a Panini a encadernou pela primeira vez;

    "GRAPHIC MARVEL Nº 2: JUSTICEIRO - CORPORAÇÃO DE ASSASSINOS"
    _ Essa eu torci o nariz pra arte, nunca cheguei a descobrir se gostaria da história;

    "GRAPHIC MARVEL Nº 1 - HULK & COISA"

    _ Aqui a arte é que vende, Wrightson é de encher os olhos com a Abril conseguindo reproduzir muito bem o processo de impressão "Marvelcolor";

    "GRAPHIC NOVEL Nº 19 - BLANCHE EPIFANY & GRAPHIC NOVEL Nº 20 - WOLVERINE & NICK FURY"

    _ Não me chamaram atenção na época. E nem hoje, também;

    "ORQUÍDEA NEGRA & GILGAMESH"

    _Curiosamente no meu bairro só chegaram os "encalhernados" mas também não compraria como min-séries;

    Agora é esperar o fechamento do ano!

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI VAM!

      "OS CAÇADORES" - "GAVIÃO NEGRO" - "CONFLITO DO VIETNÃ - EM CORES"

      Os Caçadores eu tenho algumas edições, mas não chega perto de completar as 15 edições lançadas.Um tempo atrás vi que a RIKA tinha todas as edições, e até estavam com um preço bom, mas o custo benefício não era atraente porque além do frete, não compensa ter edições avulsas de sagas que podem ser lançadas futuramente por aqui encadernadas, ou em muitos casos compensa mais ter importados das mesmas!

      Eu comprei alguns encadernados importados do Arqueiro do Mike Grell e paguei menos de R$ 25,00 com frete grátis um tempo atrás na Saraiva, e basicamente as edições abrangiam toda a fase lançada na revista Caçadores!

      O Conflito do Vietnã eu não pude ter na época por falta de grana também, mas é o tipo de publicação que sempre me interessou, porque tenho certo fascínio pelo tema, ainda mais por ter nascido nos anos 70 e passado boa parte da infância nos Anos 80, onde assistia filmes e séries com veteranos da guerra que de certa forma eram retratados como heróis justamente porque os EUA perderam a Guerra!

      Como a guerra já faz muitos anos que terminou (45 anos) o tema começa a ficar escasso, e só temos obras pontuais hoje nas HQS,filmes, e séries!

      Ainda bem que Garth Ennis gosta do tema e criou histórias da Guerra com o Justiceiro,sendo a mais recente a chegar por aqui Justiceiro: O Pelotão!

      Já O Questão, eu tenho o encadernado da Panini, e existe uma promessa de que este material pode vir a ser relançado no formato Lendas (esta não foi cancelada né?) futuramente!

      O Sombra a Mythos disse que não desistiu dele, e pode lanaçar materiais dele mais recentes, bem como clássicos, podendo entrar a história publicada em Os Caçadores!

      "BATMAN" Nº 4"

      Esta saga realmente surpreende, alternado entre o passado e o presente, ela mostra de forma detalhada tudo o que aconteceu com o Robin (Dick Grayson) desde a morte de seus pais, o processo de adoção de Bruce Wayne, falando diante de um júri,e a relação de pai e filho entre os dois, bem como as consequências da morte de Jason Todd no Batman, que mostrava ele bem mais violento e disposto ao que fosse preciso para que Dick não sucumbisse também nas mãos do assassino de seus pais (ainda mais quando ele é espancado por uma barra de ferro igual ao Jason)!

      "DEMOLIDOR ESPECIAL 2"
      Edição extremamente marcante até hoje! Eu a conservei na coleção mesmo já tendo a versão encadernada e corrigida justamente porque ela traz as adulterações da Abril na Saga, uma delas inclusive é a armadura do Homem de Ferro!
      Lembranças da Dinastia Abril!!

      "GRAPHIC MARVEL Nº 1 - HULK & COISA"

      Torcendo para ser republicada pela Panini, inclusive já houve comentários do Levi de se interessar em republicá-la!

      "GRAPHIC NOVEL Nº 19 - BLANCHE EPIFANY & GRAPHIC NOVEL Nº 20 - WOLVERINE & NICK FURY"

      São bons materiais, e acho que pelo menos a do Wolverine com Nick Fury tem chance de ser republicada! Blanche Epifany lembra os antigos filmes de comédia franceses, a obra tem uma conotação erótica e fez muito sucesso na época, principalmente se você era adolescente! Essa tem chance zero de ser republicada novamente!

      "GRAPHIC MARVEL Nº 2: JUSTICEIRO - CORPORAÇÃO DE ASSASSINOS"
      Se você curte o Justiceiro do Garth Ennis vai gostar da história!Não é tão gore, nem tem humor negro, mas tem muitas matanças! Lembra filmes de ação da época envolvendo a Yakuza como Massacre no Bairro Japonês, Crying Freeman, e o próprio filme do Justiceiro com o Dolph Lundgren!

      As Graphic Novels do Justiceiro sempre foram acima da média geral das histórias dele e sempre foram bem recebidas pelos fãs!

      "ORQUÍDEA NEGRA & GILGAMESH"

      Se você possui estas obras na coleção, meus parabéns! Orquídea Negra ainda saiu pela Panini anos atrás e acho que saiu ou vai sair novamente.Já Gilgamesh é um tesouro, pois é muito raro de se achar!!

      Tem muita coisa boa e surpreendente até o ano fechar VAM, espere só pra ver, principalmente em dezembro de 1990!

      Abraços!

      Excluir
    2. "Foi ele o primeiro herói a ficar velho?;"


      E aí, VAM... blz?

      Acredito q o 1º tenha sido o protagonista de "Terry e os Piratas"... Não tenho certeza, teria q pesquisar melhor: Mas não foi o "Robin" não!

      Abs!

      Excluir
    3. "...Terry e os Piratas..."

      Dessa eu não fazia mínima ideia, Leo.
      Nunca li nada dessa série.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Oi, VAM... A série do "Terry" (de Milton Caniff) saía em tiras de jornal a partir de 1934, e ficou famosa por mostrar o personagem principal (um menininho) crescer em tempo real junto com a tira (q qdo terminou, anos mais tarde, já mostrava ele adulto e entrando pra força aérea americana)!

      Essa HQ costuma ser desprezada aqui no Brasil, mas era uma das principais da Era de Ouro, junto com "Fantasma", Flash Gordon", "Príncipe Valente", etc...

      Abs!

      Excluir
    5. Todos os grandes autores dos comic books do passado (e todos os italianos!) copiavam descaradamente o Milton Caniff. Ele é provavelmente o desenhista mais imfluente da história dos quadrinhos!

      Diferente do Hal Foster e do Alex Raymond, que estavam um pouco acima do que míseros mortais eram capazes de fazer, o estilo do Caniff era fácil de emular.

      Excluir
    6. O primeiro protagonista a envelhecer (em tempo real!) foi o da tira Gasoline Alley. Essa tira começa com um bebê sendo deixado na porta da casa de um solteirão. Ele atravessa a infância e adolescência na tira, é convocado durante a Segunda Guerra Mundial (!) e hoje é muito idoso (já deveria ter morrido, mas enfim...). A tira, ainda publicada, é famosa por isso!

      Excluir
    7. Oi, Hunter... blz?

      Obrigado pela informação... Eu não conhecia essa tira aí, mas vou pesquisar umas imagens pra ter no arquivo (gosto de cadastrar essas raridades ou curiosidades)!

      Mas é engraçado... lembrei agora do "Benjamin Button", dia desses eu tava revendo o filme na net (peguei do meio pro fim dessa vez). Ele chegou a ser divulgado por alguns sites na época como adaptação de HQ, mas q eu saiba era um conto (eu tenho o livro) com ilustrações. Enfim, só relembrei pq gostei mto do filme (achei melhor q o livro)!

      Abs!

      Excluir
    8. Cate aí. As páginas dominicais de Gasoline Alley foram revolucionárias no seu tempo, veja esta por exemplo:
      https://i.pinimg.com/originals/42/de/b6/42deb6f372957a47843ef4833d2a9dcc.jpg

      De 1934! Chupa que é de uva!

      Aliás, você teve sumido, hein? Mais de uma semana para responder...

      Excluir
    9. Oi, Hunter... blz?

      Brigadão pela imagem acima, realmente... parece bem interessante essa tira, merecia mais reconhecimento por aqui (quase nada se fala sobre ela)!

      E de fato, meu tempo anda mto curto ultimamente... pra vc ter uma ideia, não parei de trabalhar NEM no carnaval, rs (já q a natureza do meu ramo de negócios agora - academias - não para nem em feriados carnavalescos). Some-se à isso: cuidar de um filho pequeno q é o próprio "Pimentinha" e no meu estado físico q não é dos melhores (já vou pra 48 este ano e as dores nas costas, joelhos, e pressão alta - andam me derrubando dia a dia). não é fácil não, hehe!

      Mas aos poucos vou tentando recuperar o ritmo... Hj mesmo já tem atualização aqui no blog: sobre o "Aranha Definitivo 3"!

      Abs!

      Excluir
    10. Pô, eu tenho 45 e não tenho nenhum desses problemas...

      Mas se cuide aí e não se preocupe. Melhor postar pouco e bem do que muito e mal!

      Excluir
    11. Valeu mesmo, Hunter...

      Hahaha, realmente: Quantidade e qualidade nem sempre andam juntas... Imagine se eu fizesse 1 post por dia aqui no blog? Poderíamos ter aquelas notícias do tipo:

      Enquete: "Qual Homem-Aranha do cinema vc prefere"?

      Ator de "Aquaman" é flagrado tomando um sorvete na praia!

      Fotos do ator Robert Pattinson vestido de Batman...

      Já pensou? kkk

      Abs!

      Excluir
    12. Jesus na goiabeira, melhor ficar como está!

      Excluir
  5. ADENDO:

    Esse "corner box" com o Capitão sorrindo jocosamente (pela imagem reduzida pelo menos parece) passa a impressão que ele tá achando muito maneiro a saída do Chi do mix de seu Gibi.

    ADENDO II:

    Fui procurar as outras capas que não aparecem na postagem e essa de DC 2000 #8 é bem bacana, lembro que na época curti muito o uniforme desse novo Starman.

    ADENDO III:

    Leo como forma de enriquecer as postagens você poderia colocar na sequência dos tópicos, link paras capas que não aparecem via GdQ... assim todas seriam visualizadas.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, VAM... blz?

      Realmente, o capitão tá bem "malandrão" nesse corner box, rs!

      A capa com o "Starman" eu não encontrei em perfeito estado pra postar aqui: tavam todas pessimamente escaneadas ou em baixa resolução (e as capas q eu posto aqui tem q ter um padrão de qualidade mínimo)!

      Sobre postar as demais capas... Sua sugestão é boa, mas esbarra na minha falta de tempo na rotina do dia-a-dia, rs: Já me sobrou 1 dia só na semana pra atualizar o blog e responder comentários, fazer as pesquisas, etc. Porém, sempre q for possível eu gostei da sua ideia e vou tentar implementar, pode deixar. Valeu mesmo!

      Abs!

      Excluir
  6. Apesar de eu ter comprado nos anos 90 um bom número das revistas citadas nesta postagem, mantenho guardadas hoje em dia somente um pequeno número delas.

    Entre as que eu guardo hoje em dia, estão as do personagem Dreadstar. Comprei e li todas as suas revistas da Abril, bem como das outras editoras posteriores. Trata-se uma sequência empolgante de histórias que eu estou me preparando para ler tudo de novo daqui a poucos meses (assim que eu me aposentar).

    Apesar de Mike Grell ser um excelente artista, nunca gostei dessa versão do Arqueiro Verde dele. Nem parece um super-herói, parece mais um mendigo. Tem um dos números dessa revista "Os Caçadores" em que o Arqueiro Verde aparece completamente nu, visto pela frente. Quando não se consegue boas histórias, então vale tudo para chamar a atenção dos leitores.

    Na mini-série do Gavião Negro da Abril, eu achei o personagem bastante descaracterizado. Não reconheci nele o personagem que eu gostava que era o das eras de prata e bronze. Nessas horas, aparece-me a seguinte dúvida: se esses autores são tão bons, tão bacanas, tão maravilhosos, por que eles não criam um novo personagem, um personagem inédito, e deixam os nomes desses antigos personagens em paz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lenimar!

      O Mike Grell quando assumiu o título do Arqueiro Verde eliminou todo e qualquer traço de super herói, tirou as flechas especiais, a máscara, e o pavoroso chapéuzinho emudou o herói para Seatlle cidade americana bem violenta na época!Ademais, ele não permitiu que nenhum outro herói aparecesse fantasiado ou com super poderes.A Canário perdeu o grito e ficou só com as habilidades de luta, e o Hal jordan só apareceu em trajes civis!

      Ele transformou o herói em um Caçador urbano, e o traje era de certa forma para emular suas origens na ilha e tudo que fez para sobreviver e sair de lá!

      Como o Arqueiro verde nos Anos 70 foi o precursor da DC em lidar com problemas sociais, a fase Mike Grell de certa forma é uma sequência desta fase!

      Quanto a nu do personagem, bem eu não encaro isso como problema, não sou gay nem nada, mas acho que isso se deve ao fato de servir para humanizar o personagem!

      Vejamos, o nu pode ser interpretado de várias formas, de erótico a vulnerável, de nascimento à morte!

      Eu vejo o nu do personagem como uma forma de humanizá-lo,uma metáfora, pois mostra ele como uma pessoa comum, já que quando um super herói está com seu uniforme, de certa forma ele é um deus, o arquétipo da perfeição e esperança para aqueles que precisam dele, o símbolo de algo que ele representa!

      O nu de heróis é um recurso muito utilizado nos anos 80, onde tínhamos o Aranha tomando banho(mostrando ele de costas), e na "Última Caçada de Kraven"o vilão aparece nu bendo ervas e poções mágicas e atacando animais empalhados, e ali vejo a metáfora do nascimento (já que nascemos nus) pois ao beber tais poções totalmente nu ele estava renascendo para derrotar seu maior adversário!

      Na fase do Bendis, ele coloca os Vingadores todos nus capturados na Terra Selvagem pelos súditos do Sauron, ali representa a vulnerabilidade dos heróis diante daquela situação pois estavam desprovidos de seus uniformes e equipamentos estando totalmente vulneráveis a seus inimigos!

      Recentemente tivemos o nu do Batman em "Amaldiçoado", onde se mostrou até mais do que devia desnecessariamente, mas tal cena serve como metáfora para mostrar a transformação de um deus com seu uniforme em humano totalmente sem ele já que ele vai tirando o uniforme à medida em que vai andando na Batcaverna!

      Depende é como você encara o nu ou qual é a proposta dele no contexto da história! Nudez sempre será tabu e gerará debates, não importa qual argumento seja usado para condená-la ou defendê-la!

      Quanto ao Gavião Negro, bem se você é conservador e conhece o personagem de outros tempos, com certeza não irá gostar desta versão moderna da origem dele!

      O fato é que ela na verdade é digamos..., mais uma das encarnações do herói!Sabemos que a cronologia dele é confusa por natureza e isso não vai mudar, já tivemos quatro Gavião Negro na DC, e com certeza teremos outros ainda pela frente, mas tudo sempre volta ao início e Carter Hall continua como o Gavião Negro principal!

      Abraços!

      Excluir
    2. Excelente análise Elcio!

      Eu não li ela toda, mas me parece que a fase do Mike Grell a frente do Arqueiro Verde, tem tantos méritos quanto Batman: Ano Um ou Demolidor: A Saga da Elektra, como releitura definitiva.

      Se um dia sair em Lendas, eu pego. Mas preço de Eaglemoss não pago, nem pro Batman.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Oi, Lenimar... Tdo bem?

      Eu devo ter mais ou menos a metade das HQs citadas nesta postagem, sendo q algumas foram compradas em sebos na 2º metade dos anos 90 e o resto em republicações recentes da Panini e outras editoras!

      Um exemplo disso é o "Dreadstar", q eu acabei lendo essa fase somente agora com o encadernado da Mythos (dizem q vai ter um Vol. 2 do "Dread" ainda este ano)!

      O "Arqueiro" do Mike Grell eu só li a mini-série "Caçadores" (q saiu encadernada na Eaglemoss)... O material da revista mensal de mesmo nome eu nunca li. Só conheço o Mike Grell mais por uma edição da EBAL q vc deve lembrar: O "Guerreiro" (tive essa na época q saiu e achei mto bacana, pena q nunca mais relançaram)!

      Qto à descaracterizações... Tbm não gosto qdo fazem isso em demasia ou q fuja mto do q fora originalmente criado. Penso da mesma forma q vc nesse caso: Se for pra mudar tanto, pq não criam OUTRO personagem? Acho q até as editoras sairiam enriquecidas com a criação de NOVOS personagens, ao invés de alterarem tanto os já existentes, né?

      Abs!

      Excluir
    4. "O Mike Grell quando assumiu o título do Arqueiro Verde eliminou todo e qualquer traço de super herói, tirou as flechas especiais"


      Oi, Elcio... Tdo bem?

      Curiosamente... Eu já cheguei a preparar uma postagem aqui pro blog q nunca foi ao ar, hehe: E era justamente sobre as flechas especiais do "Arqueiro"!

      A mais bizarra de todas era a "Flecha Gato-Preto"... q tinha um gato preto grudado na ponta e dava azar pros bandidos (puta coisa insana mesmo, kkk)!

      Abs!

      Excluir
    5. Não, mermão, a mais bizarra de todas é DE LONGE esta aqui:
      https://trickarrow.files.wordpress.com/2016/04/ga-atomicwarhead_01.jpg

      O filho da mãe tinha uma flecha com uma BOMBA NUCLEAR! Como ele esperava sobreviver depois de usar?!?

      Excluir
    6. Hahahaha... Realmente, uma flecha nuclear é infinitamente mais ameaçadora do q um gato preto amarrado na ponta, kkk!

      Abs!

      Excluir
  7. "ÚLTIMO número desse icônico e saudoso almanacão Disney, que marcou época nos anos 70 e 80)!"

    Mas hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kromak... blz?

      Me expressei mal mesmo... O último "Disney Especial" foi o nº 180, mas era uma REPUBLICAÇÃO desse 122 dos "Espertos" (com a mesma capa inclusive)!

      Abs!

      Excluir
  8. Um comentário pertinente, é que a qualidade de impressão desabou nas revistas a partir de 1990 (bom, algumas publicações já tinham tido redução nos últimos anos da década de 90) e assim permaneceu em maior ou menor grau até agosto de 96.

    Devo dizer que é uma lástima nunca ter visto nenhum comentário a respeito em lugar algum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kromak!

      A qualidade das impressões já tinha decaído a partir de 1987, quando a Abril mudou o formato de lombada quadrada das suas publicações para lombada canoa!

      SAM foi um das mais afetadas, e ficou com cores muito escuras na época e as edições com cheiro forte de tinta! Nesta época começou a decadência da Abril na minha opinião!

      abraços!

      Excluir
    2. Oi Elcio. Graças a Deus alguém percebeu. Várias edições ainda tinham uma qualidade decente no final dos anos 80, mas a partir de 90 eram todos ou quase todos títulos a sofrer desse mal. E foi justamente em SAM que vi o pior caso de todos. Mal dá para enxergar os desenhos em uma das páginas. Aliás a qualidade passa a variar muito, página a página, com as primeiras sempre tendo melhor qualidade.

      Mas eu realmente não compreendi seu comentário sobre Disney Especial. Você quis dizer que esse foi a última edição do Disney Especial? (ÚLTIMO número desse icônico e saudoso almanacão Disney, que marcou época nos anos 70 e 80)

      Excluir
    3. Oi Kromak!

      Ocorreu um erro em relação ao Disney Especial, o Leo logo corrige isso e apaga da postagem!

      Abraços!

      Excluir
    4. Elcio e Kromak,

      De fato, houve um mal-entendido em relação ao "Disney Especial"... O nº 122 não foi o ÚLTIMO, mas o nº 180 (q encerrou a revista em 1999) era um REPRINT do nº 122, vejam a capa abaixo:

      https://inducks.org/hr.php?image=https://outducks.org/webusers/webusers/2007/02/br_de_0180a_001.jpg

      Assim, a ÚLTIMA edição do "Disney Especial" foi realmente a dos "Espertos" (q saiu nos nº 122 e 180 da revista)!

      Abs!

      Excluir
  9. E aí Leo beleza?
    Cara, MUITO BOA essa época. Mas tirando os formatinhos, fui ler esse material de luxo bem mais tarde. Os Caçadores é e sempre será uma das revistas revolucionárias, com o material dentro de alto nível. Eu tenho quase tudo importado (Questão e Arqueiro Verde ao menos, vai sair o Falcão Negro em encadernado lá fora e queria ver se vale).

    E uma curiosidade. Existe uma sequencia da graphic Conexão Scorpio, chamada "A Ascensão de Scorpio", inédita no Brasil, escrita por Chaykin e arte de Shawn McManus (Fábulas).

    Abraço e parabéns, Elcio, pela matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lierson!

      Obrigado pelo comentário!

      Eu também tenho importados do Arqueiro Verde da fase Mike Grell, porém muitos deles estavam esgotados e não consegui completar a coleção!

      A chance é que agora vai sair a versão omnibus;o primeiro com 1000 páginas já está em pré-venda na Amazon, pro final de junho,o duro é so o preço! Estou pensando em esperar lançar e baixar um pouco o preço e parcelar no cartão:

      https://www.amazon.com.br/Green-Arrow-Mike-Grell-Omnibus/dp/1779502567/ref=sr_1_6?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&keywords=green+arrow&qid=1581921253&s=books&sr=8-6

      O mal da Abril entre tantos era não lançar continuações de Graphic Novels, ela selecionava o que achava que deveria publicar e se tivesse sequência ficava de fora!

      Além dessa do Wolverine e do Nick Fury, que você citou ainda tivemos as continuações de "O Filho do Demônio" que ela pulou na época em que deveriam ter sido lançadas por aqui:"A Noiva do Demônio' e "O Nascimento do Demônio"!

      Abraços!

      Excluir
    2. E aí, Lierson... blz?

      A revista dos "Caçadores" era mais ou menos o equivalente à "Marvel MAX" da época, só q pra DC... Revolucionária mesmo, pois foi uma das precursoras entre as revistas mix direcionadas pra um público mais adulto e com maior "realismo" (perfeitas pra uma adaptação em live-action)!

      Abs!

      Excluir
  10. A parte 2 do que me lembro:
    "Cap. América 133" -ai esta um final que nao percebi no Mestre do Kung Fu
    "HOMEM-ARANHA" Nº 84:uma historia que redefiniu a Mulher Invisível escrita e com muito girl power décadas antes do Mee too.E uma das minha favoritas.
    DEMOLIDOR ESPECIAL 2:Vi nas bancas mas nao comprei so a compraria em versão Levoir decadas mais tarde, tal como os Caçadores cujo 1 arco do Greel no Arqueiro Verde tenho em hc Levoir.
    GRAPHIC MARVEL Nº 1 - HULK & COISA:Uma das minha favoritas.
    GRAPHIC MARVEL Nº 2: JUSTICEIRO - CORPORAÇÃO DE ASSASSINOS:Nunca me disse muito.
    HOMEM-ARANHA" Nº 87:Outra das minhas favoritas que tenho hc
    Salvat,e tal como a Guerra das Armaduras.
    Quanto ao Dc 2000 só mais tarde pegaria nela graças a uma dupla do mestre Rob mas Starman seria uma das minhas series favoritas de sempre pena que nem DC reeditou essa fase nem com o regresso do Payton na nova Liga da Justiça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Optimus Primal!

      A Panini está devendo a fase Byrne no Quarteto Fantástico de forma completa, aí ficaria mais interessante apreciar a transformação de Sue Richards em Malícia, pois faria mais sentido do que ler esta fase isolada na Salvat vermelha, porque passa muita água do rio embaixo da ponte antes desta fase se iniciar!

      Bacana você ter edições da Levoir na coleção!

      Tenho de confessar que já fiquei tentado comprar algumas da editora, mas o que me impede é o preço, pois não é caro, é caríssimo, importar uma edição de Portugal para cá!

      Ainda não chegou a hora$$, mas ainda compro uma! Gosto de ter edições de diversos países na coleção! Além de edições americanas, tenho italiana do Superman e alemã do Aranha, mas quero principalmente ter portuguesas e argentinas!

      Acho que uma hora sai Starman (anos 80) lá fora! Pode demorar mais sai!!

      Abraços!

      Excluir
    2. Eu também coleciono gibis de todos os países. De fato acabei de adquirir minhas primeiras edições chilena e alemã.

      Excluir
    3. Opa! Que bacana!!Parabéns pelas aquisições!

      Não sabia que saía no Chile! Bom saber, porque vai pra minha lista de edições de outros países!!

      Eu achei que as edições Argentinas eram distribuídas no Chile, assim como a Panini faz em Portugal, nunca imaginei que o Chile tivesse as suas próprias!

      Obrigado pela informação!

      Abraços!

      Excluir
    4. Pessoal,

      Qdo eu estive no Uruguay (há uns 5 anos atrás)... Acabei comprando lá uma edição do "LOBENZO", q é como chamam por lá o "Wolverine", kkk!

      Já tive tbm um gibi de "LA MASA" (HULK"), rs...

      Abs!

      Excluir
  11. Disney Especial acabou no número 180 e não no 122.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso eu estranhei...

      Excluir
    2. Pois é. O 180 também se chama Os Espertos. Deve ser esse o motivo do engano.

      Excluir
    3. Na verdade o 180 era uma reedição do 122. Acho que foi a primeira e última vez que a serie normal do Disney Especial reeditou um número anterior.

      Excluir
    4. Tivemos várias reedições (que ficavam com o número par) alternando com temas novos (números ímpares)....nos últimos anos de Disney Especial. Quando Disney Especial Reedição foi cancelada, os temas reeditados passaram a alternar com temas novos em Disney Especial.

      Excluir
    5. "Pois é. O 180 também se chama Os Espertos. Deve ser esse o motivo do engano."


      Oi, Carlos... Tdo bem?

      Sim, vc está certíssimo... Eu já expliquei a confusão em comentários mais acima e tbm já arrumei o texto na postagem: A verdade é q o ÚLTIMO nº de "Disney Especial" (nº 180) era justamente um REPRINT desse nº 122 dos "Espertos"!

      Abs!

      Excluir
  12. Estou vendendo cerca de 1200 gibis. Tem os caçadores, a mini do sombra em formatinho, todas as mensais do Batman pela Abril, a DC 2000, e muito mais. Caso queiram ver a lista e algumas fotos, favor enviar e-mail: wagneretorres@yahoo.com.br. Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wagner, te desejo boa sorte.

      Fossem outros tempos até compraria alguma coisa, mas comecei a reduzir a minha coleção já tem quatro anos e tem várias edições que ainda não consegui passar pra frente.

      Mas se troca for uma opção posso te mandar email, com oque quero e oque posso oferecer.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. fala van adorei seu comentário lá no meu blog (o canil do beagle), só que sem querer fui clicar em um negócio e acabei excluindo ele sem querer kkkk vc tem ele salvo? pode publicar de novo?

      Excluir
    3. Putz!

      Isso acontece.

      Mas não faço cópia não, beagle.

      Eu vou digitando diretamente no campo da mensagem.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  13. Sobre os gibis mencionados, nunca li a mensal dos Caçadores, porém li a muito pouco tempo atrás a minisérie e tive impressão positiva (positiva sobre o texto, MUITO positiva sobre a arte!)

    Não li esse Dredstar n°1, porém li a pouquíssimo tempo as três primeiras edições do "Epic Marvel" e achei as histórias bem fracas (embora em um nível relativamente crescente de qualidade).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Kromak... blz?

      Tbm nunca li a revista dos "Caçadores" (apenas a mini-série de mesmo nome, q tbm saiu encadernada pela Eaglemoss - e q eu achei sensacional)!

      O "Dreadstar" eu acho um pouco superestimado demais... Digo, as histórias são mto boas (na minha opinião), mas vejo um pouco de exagero qdo colocam a série num pedestal da ficção científica. É uma boa HQ oitentista, como tantas outras: mas nada de tão sobrenatural como alguns leitores fazem parecer, rs!

      Abs!

      Excluir
  14. Olá, Léo!blz?

    Esse foi exatamente o ano em que eu descontinuava minha coleção!"Xismen"!acho que número 17!tinha 13 anos na época,e a despeito de "manjar"(gíria da época!)pouco de economia,lembro da IMENSA dificuldade pra COMER!sim!era hiperinflação, congelamento de poupança, racionamento de carne,leite... escolinha do professor Raimundo no fim de tarde,rs!parei na época pelo fato de novos interesses(futebol,garotas..), más, também,pela falta de grana!Muito disso (Dreadstar[Que hoje releio incansávelmente!],Caçadores, Orquídea Negra, Gavião Negro do Truman,Marvel !) ... só leria apartir de 1995!A exceção seria Marvel Force da Globo em 91! Não resisti a beleza da arte do Alan Davis!Aquele desgoverno desgraçado do Collor,ferrava de verdade os pobres! Fenômeno parecido com o governo Bolsonaro! Economia desaquecida, emprego em queda, más uma classe média ainda bancando colecionismo!naquela época era CARO e ia pras bancas!Hoje os preços são surreais! Estratosféricos até!E muitos ainda pagam 100,150,200 reais em encadernados em Português!Isso fora os Compendiuns,Absolutes e por aí vai na casa dos 300,400 reais pra cima na Amazom...ainda temos uma classe média desconectada da realidade! não mudou muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sergio Marcos!

      A Era Collor realmente foi uma época muito difícil para todos os brasileiros que moravam no país!O que já não era bom nos governos anteriores, piorou ainda mais com as medidas austeras feitas pelo governo an época!

      Não vou entrar no mérito da política atual, porque aqui venho para descontrair e falar do meu hobby junto aos demais que também curtem a mesma coisa.Cada um tem direito de ter suas preferências políticas e defendê-las de acordo com seus ideais!

      Não condeno quem compra HQS a preços exorbitantes, porque daqui nada se leva, todos vamos morrer um dia e na vida precisamos ter prazer e alegrias, e se um deles for comprar determinada HQ que custe caro, por que condenar?

      Se o cara trabalha ou tem dinheiro suficiente para isso, e não vai fazer falta seja para ele ou para sua família! Por que não comprar?

      Ter as coisas não é errado, é errado não lutar para tê-las!

      Abraços!

      Excluir
    2. E ae Sérgio Marcos,

      Concordo com você, mas não é saudável relembrar coisas ruins e tão pouco ignorar a história para não repetir os mesmos erros. Apesar que repetimos.
      Também passei dificuldades nessa época do Collor e ter uma refeição na mesa já era um luxo.
      Muitas dessas HQs do início da década de 90 fui ter uns 4 anos após os lançamentos. Quando via anúncio nas revistas que lia ficava louco pra conseguir elas. DC 2000 # 1 foi uma delas. Nessa época minha aquisição prioridade máxima era Super-homem vs Homem-Aranha. Quando a Abril lançou a coleção "Grandes Encontros Marvel & DC" em 1993 minha situação estava um pouquinho melhor, já era o Itamar Franco na presidência, e pude com muito esforço juntar dinheiro pra comprar as quatro edições.
      Início dos anos 90 é uma época que não tenho saudades por causa das dificuldades que passei e vi meus pais passarem. Mas, é assim povo que não lê, não reflete, se não reflete é fácil de ser manipulado. Antes era a rede Globo, Revistas como a Veja que mobilizava a massa. Hoje são as redes sociais. Até em Terra Plana muita gente está acreditando pra vermos o nível de bizarrice que décadas de descaso em educação nos levaram à chegar.
      Roberto Xavier

      Excluir
    3. E aí, Sérgio... blz?

      Tbm não sou especialista e nem entendido em economia... aliás, detesto números e contas. Sou empresário, mas tenho um contador e um financeiro SÓ pra cuidarem disso pra mim (a única coisa q entendo é qdo as contas ficam no vermelho ou no verde, rs)!

      Passei por todos os governos desde o fim do regime militar... Não quero transformar este tópico num debate político, mas devo ressaltar q já estivemos MUITO pior do q estamos atualmente. O único momento da economia em q senti uma certa tranquilidade e alívio no bolso foi o do governo Itamar Franco (q me permitiu sair da merda em q eu e minha família estávamos desde o Sarney e o Collor)!

      Depois do Itamar foi só ladeira abaixo... Consertar essa bagunça agora será uma tarefa ingrata. Nem sei se será possível um dia vermos uma melhora na economia pra todas as classes, só rezo pra nunca mais ter a minha conta confiscada (como no governo Collor) e nem ver meu país ser saqueado novamente por políticos corruptos tanto de esquerda qto de direita (se dependesse de mim, seria PENA DE MORTE - sem clemência - pra todos os corruptos e ladrões do dinheiro público)!

      Falo isso, pq (voltando aos GIBIS)... O q vemos hj no mercado de HQs é um reflexo de uma economia DOENTE e seletiva, onde apenas uma pequena parcela dos leitores de gibis conseguem, de fato, pagar mais de 100 reais num encadernado (ou em vários q saem ao longo de um mês dentro dessa faixa de preço ou perto disso). Fica difícil sustentar um hobby qdo a manutenção do mesmo exige pelo menos a metade de um salário mínimo (o cara q não tiver pelo menos uns 500 pila pra gastar com GIBIS no mês, vai ter q abrir mão de mta coisa q gostaria de ler ou adquirir)!

      Abs!

      Excluir
  15. Fala Léo!! Cara, sou louco pra ter essa "orquídea negra" do Neil Gaiman!! Desde que comecei a colecionar hqs ( lá na primeira salvat) nunca encontrei numa promoção razoável!!! Achei a outra hq, em péssimo estado!! Mas queria essa definitiva!!! Um dia vou te-la!! Tanto é que nunca quis ler ela em Scan
    Att Vinícius

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi vinícius!

      Fique calmo que os desejos acontecem, precisa só ter um pouco de paciência!

      Orquídea Negra é muito pedida pelos leitores\colecionadores e a Panini cogita relançar novamente esta edição!

      Já teve comentários sobre isso nas convenções de quadrinhos!!

      O negócio é que a primeira tiragem da Panini foi bem baixa na época e esgotou de forma muito rápida assim como Livros da Magia!

      Pode ter certeza que uma hora sai novamente!

      Abraços!

      Excluir
    2. E aí, Vinícius... blz?

      O Elcio tem razão: Realmente, a paciência é recompensada no meio do colecionismo... Por exemplo, eu mesmo cogito vender a minha edição da "Orquídea Negra" assim q eu retomar o projeto de "CLASSIFICADOS" aqui no blog (q eu ando estudando novas alternativas junto com um associado meu especialista em grupos de compra/venda). Não estou fazendo jabá da minha edição de "orquídea", hehe: Até pq, nem decidi ainda se vou vendê-la ou não e mto menos por qto. Só quero dizer q essas oportunidades aparecem cedo ou tarde. Até mesmo a possibilidade de uma republicação da panini, conforme o Elcio lembrou acima!

      Abs!

      Excluir
    3. Vlw Léo e Elcio pelo feedback!! Vou aguardar, uma hora vai!! Não esquece de anunciar prós amigos se resolver vender o seu exemplar, rsrs!!! Obrigado

      Excluir
  16. O amigo... apenas venda. Estou também diminuindo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tranquilo, Torres.

      Como eu disse antes, boa sorte.

      Abs,
      VAM!

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  17. Epoca adoravel. Dessa losta tenho todos cm excessão do Capitão America e Tex que na epoca não comprava nenhuma. Blanche Epifany tenho essa edição e uma anterior em preto e branco. Caçadores adorava, DC2000 nem se fala, tô no ensaio para pegar e reler mas antes devo aproveitar e reler a dos novos titãs sem o Perez que a Panini não vai publicar e aproveitar o gancho da Origem de Lilith (esse acho que nem saiu na revista deles na epoca, não me lembro de ter lido).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, gustavo... blz?

      Eu tenho esse problema na hora de arrumar as revistas na estante... começo a relembrar e dá vontade de reler várias delas na hora, rs!

      E a "Origem de Lilith" tava INÉDITA no Brasil mesmo... A Abril teve a audácia de pular um arco inteiro desenhado pelo Garcia-López, hehe!

      Abs!

      Excluir
  18. Os Caçadores foi um dos dez melhores mixes já feitos no Brasil pra mim. Uma curiosidade que poucos sabem é que a continuação de Mulher Gato Ano 1 da Mindy Newell saiu ai.

    Essa história do Justiceiro acho razoavel ein...pra mim é valido mais pelos desenhos do Zaffino que é um grande desenhista. Pra quem não sabe ele desenhou apenas uma historia do Conan (saiu aqui em ESC 75).

    Essa fase do Homem Aranha era excelente, ele teve um dos dez melhores mixes ja feitos no Brasil por alguns anos! E essa fase continuou isso. Me arrependo de ter me desfeito da grande fase, mas não sei se ficaria, hoje em dia odeio formatinhos. To querendo pegar a saga do uniforme negro, mas o preço salgado da Salvat não ajuda. Curto muito a fase Wolfman tb.

    Dreadstar parece que enfim vai ter o vol 2 pela Mythos, fechando a saga classica. Muitos pensavam que a editora tinha abandonado. Demoraram mil anos. O vol 1 eu tava vendo ser vendido por 35 reais, 40...pessoal se livrando e as lojas tb. Agora quando a noticia do vol 2 se espalhar vai voltar a ficar caro kk

    Essa é provavelmente a melhor historia do Gavião Negro, e que curioso que não seja o Gavião original, mas o segundo Gavião! A DC sempre permitiu que bagunçassem a mitologia desse personagem, por isso é tão confuso. Muita gente não sabe qual deles é qual kk Grande história do segundo Gavião, o Thanagariano Katar Holl. Merece uma republicação.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camus!

      Os Caçadores realmente foi uma revista marcante, sendo talvez a única publicação no Brasil totalmente voltada a heróis urbanos, ou sem superpoderes!

      É uma pena que ela foi cancelada precocemente durando poucos números(assunto para visões de 1991)!

      O Aranha teve uma fase muito boa nos anos 80 (antes do casamento) e acredito que este material tem de ser redescoberto, e precisa ser republicado, mas em relação a isso fica difícil, já que a Panini está trocendo o nariz para os clássicos atualmente e a Salvat desperdiçou a oportunidade na época da coleção solo do herói!

      Hawkworld realmente merece ser republicado,já foi pedido muitas vezes para a Panini, mas até agora nada!

      Abraços!

      Excluir
    2. Gavião Negro, Falcão da Noite sempre me confundi com esse personagem. Gostava do visual e a fase que me interessa li pouca coisa, que é aquela que saiu no Superalmanaque DC 3.
      Roberto Xavier

      Excluir
    3. Me parece Roberto, que o Falcão da Noite é o Gavião Negro Carter Hall (uma de suas encarnações). Isso foi feito na reformulação que o Geoff Johns fez no Gavião Negro (saiu boa parte aqui em DC Especial Panini).

      Excluir
    4. E aí, Camus... blz?

      Opa, valeu mesmo... Não sabia dessa sequência da "Mulher-Gato". Cada vez mais tenho vontade de ter a coleção completa dessa revista (tem na loja daqui, mas o preço tá uma paulada pelo lote todo)!

      O "Aranha" na fase do Uniforme Negro era excelente tbm: as histórias tavam bem sombrias e no estilo policial/suspense... bem diferente do LIXO produzido hj nos gibis do Aranha!

      Qto à Salvat... Não tem mais essa de preço salgado: Um gibi da Salvat hj não vale mais do q uns 20 reais (e tem mtos lugares vendendo encalhe a esse preço ainda)!

      Abs!

      Excluir
  19. Leo e Elcio,

    Mais um bom lote de “relíquias” do início dos anos oitenta.

    Essa Graphic Novel do Hulk & Coisa é umas das melhores lançadas pela Marvel e merecia uma reedição por aqui. Lá fora ela foi republicada recentemente no encadernado “The More Things Change...” (que contém basicamente histórias do Quarteto Fantástico da fase do Steve Englehart) da série Epic Collection, mas obviamente teve seu formato de GN readequado para o tamanho desses trade paperbacks.

    Já a do Justiceiro também é legal, com uma arte “suja” que casou bem com o personagem e que tem uma vibe daqueles filmes de ação dos anos 80, mas talvez não funcione muito bem hoje em dia. Quanto à GN do Wolverine e Nick Fury, lembro que gostei na época. Como ainda tenho as duas na coleção, acho que merecem ser relidas pra ver como se sustentam hoje.

    A série do Gavião Negro foi uma das poucas exceções que fiz no que diz respeito às séries de luxo, já que não comprava quase nenhuma em função do preço. É um material de primeira, que guardo dentro de um cofre tal a sua raridade (mentira, nem tenho cofre). Tenho ótimas lembranças dessa história, que preciso reler qualquer dia desses (assim que eliminar a minha pilha da vergonha...). Como ignoro completamente a cronologia do Gavião Negro, curti essa história pelo que ela é, e não pelo que ela representa (ou não) para a (confusa) história do personagem.

    Bem anticlimático esse fim da saga do Mestre do Kung Fu publicada em CA. Acho que a Panini acertou em terminar de publicar as histórias do herói na CHM ao fim da saga do Fu Manchu (aliás, cadê esse maldito volume 12 da CHM?).

    Conflito no Vietnã (The ‘Nam) era espetacular e talvez a razão de seu sucesso (pelo menos na fase inicial) tenha sido porque foi escrita por Doug Murray, um veterano da Guerra do Vietnã. Também ajudava ser desenhada pelo grande Michael Golden.

    Apesar dos X-Men serem a febre da época, as histórias que eu mais ansiava por ler a cada mês eram as do John Byrne na Tropa Alfa e, principalmente, no Quarteto Fantástico. É simplesmente incompreensível a Panini ignorar esse material que é um dos melhores que a Marvel produziu na primeira metade dos anos oitenta. Cansei de esperar e parti pra ignorância: quebrei o cofrinho e adquiri os dois Omnibus do Quarteto do Byrne e o Omnibus da Tropa Alfa, com tudo que ele fez com a equipe canadense. Gostava tanto do Byrne que corri atrás em sebos das histórias do Super-Homem da fase em que ele esteve à frente do super (um material igualmente bom).

    Gilgamesh e Dreadstar: material do Jim Starlin que não acompanhei na época e me arrependi. Dreadstar foi relançado recentemente pela Mythos, mas Gilgamesh nunca mais vi vendendo.

    Mais uma vez parabéns e aguardo o fechamento da “trilogia”.

    Abraços!

    Nuno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Graphic Novel do Hulk & Coisa foi republicada no meio do lixo do Englehart? Que triste destino! Ela merecia uma republicação no formato original, talvez junto de outras HQs do Bernie Wrightson para a Marvel (como a GN do Homem-Aranha).

      Pelo que me lembro das histórias do Justiceiro e de Wolverine/Fury, elas se seguram muito bem hoje em dia, embora o Justiceiro hoje seja muito mais psicopata do que era naquele tempo.

      Gavião Negro é excelente, a melhor história que o personagem já teve (e provavelmente terá...). A culpa dos problemas de cronologia é da DC, que em vez de colocar essa história ambientada no passado, colocou no presente, fazendo o Gavião chegar à Terra no início da mensal seguinte. Imagina se tivessem feito o mesmo com Batman: Ano Um! Situada no passado, ela sinceramente não teria alterado em nada a cronologia do Gavião.

      MKF, já disse acima, só foi bom enquanto foi escrito pelo Doug Moench. Depois que ele foi embora, a série se arrastou até o cancelamento.

      The 'Nam era uma série EXCELENTE! Tranquilamente a melhor HQ mensal de guerra dos EUA até hoje. Pena que a Marvel não sabia o que fazer com ela no meio do seu universo superheroístico.

      Fez bem em comprar os buzuns do Byrne. Eu tenho esses e mais alguns, mas a Marvel parece determinada em republicar TUDO dele no formato, então ainda preciso comprar mais quatro (Homem-Aranha, Namor, Mulher-Hulk e o segundo "Universo Marvel" dele). Suponho que ainda publiquem mais um, com X-Men: Hidden Years. Quando o fizerem, penso que TUDO desenhado pelo Byrne na Marvel estará em Omnibus!

      Gilgamesh nunca foi republicado nem nos EUA, o que é estranho no caso do Jim Starlin. Suponho que por ter sido publicado pela DC ele não tenha os direitos, ao contrário da maioria esmagadora do seu material autoral.

      Excluir
    2. Oi Nuno!

      Lamentável a graphic novel do Hulk e Coisa ter sido republicada desta forma,creio que deviam ter priorizado o formato original!

      A Panini se quiser relançar este material pode republicá-la no formato original, creio que não há impedimento em relação a isso; o problema de fato é ela "querer republicar", porque pedidos desta Graphic novel já teve, e muitos, e até agora nada!

      Gavião Negro é um excelente material de fato, mas infelizmente padeceu da falta de respeito da DC com o material.Aliás, a DC teve excelentes materiais pós-Crise que poderiam ser usados como origens definitivas até hoje, mas a política da "liberdade criativa" impera, e escritores menos habilidosos pegam materiais consagrados e alteram porque podem e acham que devem.

      Exemplos são a morte de Jason Todd que foi desfeita por um escritor que "ligou para nao matarem o personagem" e perdeu na votação, aí ele vem anos depois e resolve "reverter" a morte do personagem, com uma explicação bem me mequetrefe!

      Outros são: A Mulher Gato ter sido prostituta em Ano Um, que não pode segundo alguns autores puritanos, que vão lá e mudam a origem, Hal Jordan não pode ser vilão, vão lá e mudam e trazem ele de volta à vida,e o Superman o caso mais peculiar, que teve várias origens pós-Crise!

      Curioso, o caso de Gilgamesh! Eu acredito que este material não pertença mais à DC, pois já faz 31 anos que foi lançado lá fora!

      Pode ser que seja um daqueles materiais que o escritor relega por algum motivo!

      Abraços!

      Excluir
    3. "... A Panini se quiser relançar este material pode republicá-la no formato original, creio que não há impedimento em relação a isso..."

      Não mesmo, ela já desmembrou tanto DEMOLIDOR: AMOR & GUERRA quanto ELEKTRA VIVE das coletâneas em formato americano da Marvel.

      E provavelmente fará o mesmo com o BATMAN: GRITOS DA NOITE, já que retirou ele de sua Lendas do Archie Goodwyn.

      "... o problema de fato é ela "querer republicar"..."

      Exatamente Elcio, ela sequer arranhou a superfície no que tange as GN oitentistas da Marvel.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Oi, Nuno... Tdo bem?

      Puxa, obrigado pela informação sobre a GN do "Hulk & Coisa"... Não sabia q tinham jogado ela dentro de um TP em formato americano e misturado com outras histórias menores do "4F". Te confesso q achei isso injusto com essa excelente graphic novel, q vai acabar perdendo, sim, a dimensão da arte do Bernie nessa redução de formato (sem falar q isso meio q elimina as chances de uma republicação por aqui)!

      As Graphics do "Justiceiro" eu só gostei mesmo dessa "Corporação" e tbm do "Retorno ao Grande Nada" (ambas bem ao estilo dos filmaços de ação oitentistas)... Teve uma do justiceiro na Escócia q eu não curti, pois misturou elementos de sobrenatural (a ajuda de um fantasma) q achei q não combinaram em nada com o personagem!

      O "Gavião Negro" eu não tenho essa mini, mas queria mto ter... Ainda mais q tbm não ligo pra detalhes de cronologia (só quero ler uma boa história, independente se for confusa ou não pra qq linha temporal de heróis de gibi)!

      A "CHM do MKF" atrasou demais... mas parece q vai sair logo em seguida, junto com o Vol. 12 de "Paladinos" (Cav. da LUA): As 2 derradeiras edições da CHM, infelizmente!

      Abs!

      Excluir
    5. "A Graphic Novel do Hulk & Coisa foi republicada no meio do lixo do Englehart? Que triste destino! Ela merecia uma republicação no formato original, talvez junto de outras HQs do Bernie Wrightson para a Marvel (como a GN do Homem-Aranha)"


      Pensei a mesma coisa q vc, Hunter...

      Achei um tremendo descaso com essa excelente graphic novel do "HULK & Coisa" ser jogada dessa forma no meio de um TP e ainda com redução de formato... A Marvel perdeu a noção do q presta e o q o não presta mesmo!

      O "Conflito no Vietnã"... eu vi q saiu em 3 TPs lá fora, mas isso foi há 10 anos atrás. Queria mto q relançassem esse material por aqui, mas o tema "Vietnã" deu uma bela "esfriada" na mídia de uns tempos pra cá. Lembro até de uma série de TV q passava no SBT (acho q era: "Combate no Vietnã) e q eu gostava mto tbm!

      Abs!

      Excluir
    6. "A Mulher Gato ter sido prostituta em Ano Um, que não pode segundo alguns autores puritanos, que vão lá e mudam a origem, Hal Jordan não pode ser vilão, vão lá e mudam e trazem ele de volta à vida,e o Superman o caso mais peculiar, que teve várias origens pós-Crise!"


      Verdade, Elcio...

      A DC faz umas gambiarras estragando o q já era bom, q pelamôr, hein?

      Não sei se é por incompetência ou excesso de puritanismo (como vc bem falou)... mas já cagaram com várias histórias e fases icônicas dos personagens da casa!

      Abs!

      Excluir
    7. "ela sequer arranhou a superfície no que tange as GN oitentistas da Marvel."


      Verdade, VAM...

      Tô preparando uma matéria sobre as "Graphic Marvels"... Foram cerca de 75 delas na época: Mtas PULADAS no Brasil e jamais republicadas nos EUA!

      Abs!

      Excluir
    8. Eu curtia essa série de TV do SBT também! Sem falar que foi lá que eu ouvi pela primeira vez Paint it Black dos Stones. Oh, yeah!

      Sobre a GN Hulk & Coisa, não foi só reduzida, mas também jogada no meio da PIOR fase que eu já li do Quarteto, a do Englehart! Diamantes no lixo, como dizia a metáfora do Jim Starlin na série original do Warlock...

      Note que várias das GNs da Marvel não são mais da Marvel, já que ela não ficava com os direitos do material autoral (ao contrário da DC...). Ela nem sequer pode publicar esse material hoje em dia! Exemplos incluem as GNs do Elric, Dreadstar, Marada...

      Pela mesma lógica, porém, acredito que não importa quanto tempo se passe, os direitos do Gilgamesh continuarão na DC. A DC não dá mole para autores e deve ter feito o Starlin assinar um contrato que cedia todos os direitos (e o brioco) para a editora pelo resto da eternidade! O curioso é o Starlin, que não é otário de pai e mãe que nem o Alan Moore, ter topado uma roubada dessas!

      Excluir
    9. Oi, Hunter... Tdo bem?

      É lamentável mesmo q muitas dessas Graphic Novels acabem na geladeira por tempo indeterminado (ou quem sabe até pra sempre)... Menos mal, contudo, q algumas delas q vc citou já até foram republicadas recentemente: "Dreadstar" e "Marada", por exemplo!

      Agora, no caso de "Gilgamesh"... é estranho mesmo o Starlin ter "se aberto" dessa forma pra DC, rs. Mas acredito q hj em dia falte um certo apelo comercial pra esse material, até pq, o Starlin não parece ser um dos nomes mais vendáveis como antigamente. Falo isso, pq a "Saga de Thanos" não teve tanto brilho entre as novas gerações ao ser republicada recentemente pela Panini e Salvat. E mesmo o "Dreadstar", um material mto pedido durante os anos 2000, qdo finalmente saiu pela Mythos: Ficou encostado por um bom tempo nas prateleiras das lojas!

      Abs!

      Excluir
    10. Starlin pode não ser mais campeão de vendas como já foi, mas tem sempre saída. As recentes graphic novels que fez com o Thanos venderam bem, assim como todas as republicações dele (Dreadstar incluso).

      Subestimam o cara desde os anos 1990, mas TODA vez que ele volta para o Thanos vende pra cacete!

      De qualquer forma, como ele tem muito material autoral (não só Dreadstar!), habitualmente costuma republicá-lo por aí - e Gilgamesh chama a atenção precisamente por NÃO ter sido republicado!

      Excluir
    11. Eu falo das vendas dos EUA, pelo menos. Não sei no Brasil, até porque as editoras não dão números...

      Excluir
  20. "... "reverter" a morte do personagem, com uma explicação bem me mequetrefe!..."

    Olá Elcio, tenho a impressão que essa "reversão bizarra", foi imposta ao roteirista Judd Winick que estava escrevendo a Volta do Capuz Vermelho pelo Dan DiDio, idealizador da CRISE INFINITA escrita pelo Geoff Johns.

    Pois na transposição para o desenho animado, a explicação foi muito mais crível e coerente com os conceitos pré-estabelecidos nas histórias do Batman.

    - - -

    "A Mulher Gato ter sido prostituta em Ano Um, que não pode segundo alguns autores puritanos"

    Lamentável mesmo como se essa classe trabalhista, não fosse digna de uma "redenção social". Se essa moda pega nos cinemas, fariam remake de Uma Linda Mulher, com a personagem da Julia Roberts de empregada doméstica.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  21. Oi Leo e Elcio! Tudo bem??

    Parabéns pela segunda parte da matéria!!! Excelente trabalho!!

    Puxa! Lamento mesmo que essa fase final do Shang Shi não irá sair no último e derradeiro volume da CHM... A Panini tá só fazendo "corpo mole" pra encerrar a coleção de vez,né??

    A Morte de Jean DeWolff é uma das minhas histórias favoritas do Aranha!! Demorei muito pra conseguir essa HQ. Como a versão da Panini está esgotada, aproveitei a versão da Salvat mesmo! HQ excelente em todos os sentidos, principalmente por abordar uma história mais séria num estilo policial, além de envolver o Demo, que eu adoro!! rsrs Peter David fez um ótimo trabalho, pena que não trouxe mais histórias desse nível para o Aranha...

    A Queda de Murdock foi a primeira HQ do Demolidor que eu li!! É o tipo de história que te prende até o final e que te faz perder o fôlego! Não é à toa que sou fã desse personagem até hoje!!rs

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leo... Tdo bem?

      Brigadão mesmo por ter curtido a matéria... A parte 3 vai ao ar daqui a pouco (espero q vc goste tbm)!

      Qto ao "MKF"... Nesse caso, a Panini já tinha avisado desde o início q não iria publicar o conteúdo do 4º OMNIBUS americano, focando apenas na trama principal do conflito com "Fu Manchu" (até pq, mtos leitores iriam parar por aí mesmo e nem teria material suficiente pra se fechar uma 4º caixa da CHM)!

      "A Morte de Jean DeWolff" é uma das minhas histórias favoritas do aranha... Pena q o Peter David foi piorando gradativamente como escritor (mesmo no "Hulk") e nunca mais entregou nada desse nível nas HQs!

      Abs!

      Excluir
  22. Fala Leo, blz?
    Está é a época em que comecei a colecionar. Incrível. Não tinha muita coisa nas bancas dlnesta época, mas o que saia, quase tudo era bom, vide os exemplos que vc deu. O material do Justiceiro que se publicava nesta época é melhor que o atual. Está é a época em que uma edição especial realmente mereço o titulo de Graphic Novel. Pintura feita a mão, roteiro e desenhos de autores de ponta. Do caralho. Que saudades, tenho quase tudo que citou acima, e quanto eu morrer, vou querer ser enterrado junto com meus gibis. Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Marcos... blz?

      Pois é, eu sinto mta falta hj em dia de mais gibis pintados à óleo... como víamos nos anos 90 (tipo "Asilo Arkham" e tal)!

      Relendo as 3 postagens de 1990... vemos o qto saía de coisa boa naquela época, hein? quase tudo bastante aproveitável, rs!

      E qdo eu morrer... espero q meu filho siga o meu legado de colecionador (se ainda existirem gibis em papel até lá, hehe)!

      Abs!

      Excluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...