08/11/2018

"Marvel Boy" (de Grant Morrison): Revoluções Por Minuto...

A Salvat continua sem conseguir distribuir suas edições pras bancas (a distribuidora da editora entrou em recuperação judicial - junto com a Abril), MAS segue publicando novos encadernados e vendendo apenas pelo seu site oficial!

"Marvel Boy", de Grant Morrison... É um dos novos lançamentos da coleção de capa-vermelha. Uma versão alternativa do "Cap. Marvel" (com uma variante de seu clássico uniforme verde-branco) de uma realidade paralela na visão do polêmico escritor!

Confira abaixo:

Nascido na guerra e criado para a perfeição, Noh-Varr veio para este planeta com a intenção de destruí-lo. Descobrindo o erro que iria cometer, ele forjou a vida de um ídolo: O poderoso "Marvel Boy"! Abandonado na Terra e sem chance de escapar, Noh-Varr é agora um foragido: Caçado pelo insensível "Homem-Cósmico" e sua perversa filha, o extraterrestre aventureiro está prestes a descobrir como a humanidade lida com ameaças alienígenas. Mas "Marvel Boy" está aqui para fazer do nosso planeta um lugar melhor... de qualquer jeito! A edição da Salvat (capa-vermelha) traz a mini-série completa em 6 edições (R$ 44,90)!

Produzida originalmente no ano 2000 e assinada por Grant Morrison & J.G. Jones (que também faz as belíssimas capas da série - imagens acima)... A HQ já foi lançada no Brasil pela Mythos (em 3 partes) e é republicada agora pela 1º vez após um longo período de tempo. A trama é uma releitura da saga original do "Cap. Marvel" (publicada aqui pela GEP) dos anos 60 (antes da reformulação épica de Jim Starlin) e apresenta versões alternativas de outros personagens Marvel, além de beber na fonte do FILME: "Matrix" (no visual e cenas de ação). O vilão principal, por exemplo, usa a armadura clássica do "Homem de Ferro" (aquela em formato de geladeira Brastemp)!  

"Marvel Boy" é uma boa HQ (uma das melhores do Morrison, na minha opinião)... Porém, é importante ressaltar o contexto (sociopolítico) em que ela se encontra: Eu usei o título "Revoluções Por Minuto" (nesta postagem) porque o herói e sua parceira (que usa roupas sado-masoquistas) praticam "atos terroristas" ou "revolucionários" (contra o "sistema" e as "grandes corporações" - o mesmo papo de sempre), chegando a promover um atentado à "Disneylândia" (sobrou até pro "Mickey", rs). O detalhe: A HQ é de 2000 (ANTES da queda do "WTC" e ANTES da compra da Marvel pela Disney). Para ser apreciada com a perspectiva de que se trata de um produto de época (pré-11/9)! 

Até+

32 comentários:

  1. Oi Leo!

    Esta é uma das edições mais aguardadas por mim nesta expansão! Com os problemas de distribuição resolvi esperar um pouco para ver se as coisas se normalizam, pelo menos até março de 2019, daí em diante se as coisas não se normalizarem começarei a correr atrás dos materiais da editora!

    Na época que este material saiu por aqui só apaareceu na comic shop que existia por aqui e com aquele precinho camarada da Mythos e um acréscimo de lucro para a loja que trouxe o material!

    Como eu estava num período muito difícil financeiramente, tive de deixar passar..., melhor dizendo nem cogitei já que só tinha grana para uma HQ por mês!

    Bem, a vida está me dando a oportunidade de adquirir muita coisa que não pude comprar em outros tempos, como a série do Sentinela que saiu também por esta coleção, esta do Marvel Boy e em breve Os Inumanos que eu acho que sairá em 2019, se bem que tem a CCXP daqui um mês e pode sair por lá!

    Sabe que a miniatura do X-Man? Eu jurava que era o Marvel Boy, até o dia que eu comprei a peça.Se bem que já que ele não tem na coleção, dá para fazer uma custom com a peça do X-Man!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Em minha opinião o grande erro dessa coleção de capa vermelha foi publicar mais arcos recentes do que histórias clássicas. Sério, sagas muito recentes, que ninguém sabe se irão ser lembradas daqui a dez anos e eles lançam com preço salgado? Não caia nessa, sendo que dá para contar nos dedos os volumes que eu comprei dessa coleção.

    ResponderExcluir
  3. Não vou comentar sobre a obra. A trama em si, conforme se depreende da matéria, me pareceu muito fraca. Entretanto, torço para que essa obra tenha público certo e consiga vender bastante.

    Quando uma editora, passando pela situação de deficiência de distribuição em que a Salvat passa e apesar do cenário econômico conturbado em que o país foi atirado, ainda assim se dispoe a continuar publicando novos títulos, é algo extremamente louvável - algo muito distante da covardia demonstrada pelos responsáveis pela derrocada da Editora Abril quando abandonaram as publicações da Disney.

    Em seus dias de folga, o James curte leituras nesse estilo Sci-fi e Teorias da Conspiração. Ele afirmou que a Abril sofre da "Maldição da Veja" - seja lá o que isso representa.
    Pobre homem...já avisei que certos tipos de leitura não condizem com a sua psiquê influenciável. Mas ele prossegue.

    Ignácius,
    Ignácius Stainbosch

    ResponderExcluir
  4. Giulianno Liberalli05/11/2018 11:38

    Oi, Léo, beleza? Cara, pelo jeito a Salvat deverá ficar somente na venda online mesmo, pelo menos tudo indica isso. Estou aguardando descontos, tem muito título da Salvat que não seria para custar R$ 44,99, mas como tem público, eles continuam, fico p da vida mesmo é com os absurdos da Eaglemoss, infelizmente não dá para pagar quase R$ 60 em material que poderia custar, no máximo, R$ 35 creio eu, ainda mais se levar em consideração que é muita reimpressão, não sendo material inédito poderiam ser mais camaradas com os menos abonados. Interessante postar a matéria sobre um personagem com contexto crítico sociopolítico justamente no dia 05/11: Lembrai, lembrai o cinco de novembro, Guy Fawkes, a Conspiração da Pólvora e V de Vingança.

    ResponderExcluir
  5. Beleza, Leo?

    Essa série eu tinha quando a Mythos lançou. É legal, mas entendo quem não foi "pego" pelo material.
    Ninguém tem nenhuma notícia quanto à volta da Salvat para as bancas? Óbvio que não tenho acesso a dados de vendas, e etc, mas duvido que só o site está sendo vantagem para eles.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Eu queria muito reler esse material, peguei emprestado de um amigo na época e lembro de ter gostado muito (apesar de não lembrar nada sobre a trama....).

    Se a Salvat fizer um bom desconto, compro pelo site.

    ResponderExcluir
  7. Esse problema na distribuição da Salvat me preocupa... Perdi as edições 19, 20 e 21 do Tex Gold (coleçãozinha show essa!) pois fiquei esperando a normalização e sua chegada na banca que pego meus gibis. Enviei um e-mail para a Editora perguntando se eles disponibilizariam estes números esgotados no site e foi esta a resposta que obtive:

    Boa tarde Leonardo,
    Informamos que em breve serão disponibilizadas nas bancas e no site.

    Bom, tenho minhas ressalvas com relação a arcos e preços publicados em coleções como a Capa Preta (única que acompanho fora a do Tex) mas, acho louvável a atenção deles e a tentativa de manter o cliente satisfeito. Espero que as coisas se normalizem!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Campinas-SP, nós não vimos nem a edição qualquer número...

      Excluir
  8. Fala, Leo, beleza ?

    Mas que foda !!! Fui na Saraiva hoje e vi lá o 4° vol. de Gotham. Ninguém anunciou isso nos principais sites de gibis ou fui eu que marquei uma tremenda bobeira ?

    Quanto a esse lançamento, eu vou passar. A arte parece ser muito boa, e a gostosa na capa do vol. 5 do Marvel Boy me faz lembrar de alguém que prefiro esquecer. Assim, vou dar a minha contribuição à Salvat continuando firme e forte com o Tex Gold. Como os rústicos e grosseiros homens do Oeste, ainda sou daqueles que prefere enfrentar uma chuva de balas do inimigo enfurecido do que o sorriso de uma mulher apaixonante. A cura é mais rápida.


    Abs !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato-França09/11/2018 19:37

      Olá. Eu não sei se você mora em Aracaju,mas se morar. A atual Miss Aracaju, Thais Viera mim confidenciou que tá atrás de um homem bom pra casar, e ter filhos. Eu não sou esse homem,felizmente ou infelizmente. Talvez,esse homem possa ser voce.Boa sorte.

      Excluir
  9. Beleza xará?


    Bem interessante esta postagem sobre Marvel Boy. Nunca li essa HQ, mas agora fiquei curioso em conhecê-la. A única participação do Nor-varr ,que eu já li, foi na HQ Vingadores Eternamente. Gostei bastante daquela "versão" do Capitão Marvel.

    Grant Morrison tem obras que ainda não tive a chance de ler e gosto bastante do estilo dele, especialmente quando ele trouxe uma abordagem "estranha" e diferenciada dos Novos X-MEN:uma nova versão da equipe mutante que tive a chance de ler pela coleção preta da Salvat.

    E é uma pena que essas coleções não estejam vindo para as bancas. As falhas de distribuição proporcionaram uma perda relevante para a Salvat, já que a editora possui uma vultosa fatia de mercado com as vendas em bancas. O que eu desejaria mesmo que acontecesse era que a editora analisasse sua política de preços durante essa ausência em bancas e reduzisse os preços dessas coleções. Mas, o que se vê é uma disputa de preços abusivos entre Salvat e "Enganomoss".

    Sinceramente falando, eu já estou até acostumado em não comprar mais Salvat em bancas, mesmo faltando alguns clássicos na coleção. Pude dar mais atenção a coleções que talvez eu não tivesse a chance de investir e completar (CHM,Lendas,Monstro do Pântano,mangás...) e com preços razoáveis, bem mais em conta. Além disso, em feiras culturais aqui em Slz-MA,se encontra várias edições da Salvat ao preço de 25 pila: valor mais que justo. É uma economia e tanto,rs!!

    No mais, essa edição do Marvel Boy vale a pena com um bom desconto na loja online. Quem sabe rola alguma promoção de fim de ano...


    Abração!
    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
  10. Viu essa?

    http://www.universohq.com/noticias/panini-lancara-box-de-luxo-com-sandman-completo/

    Kkkkk, olha, ainda bem que não curto Sandman.


    Tá barato...

    Panini surpreende cada vez mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o cúmulo do absurdo esse preço de um box de luxo!! Essas editoras estão cada vez mais gananciosas, pensam que o colecionador é trouxa. A Panini perdeu a noção dos preços! Encalhe certo!!!

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
  11. Eai Léo, blz?

    Eu não conhecia essa hq, mas achei interessante a trama e os desenhos.
    Infelizmente, não vou pegar. Se ainda chegasse nas bancas teria chance, mas depender só do site da Salvar é complicado.
    As promoções que aparecem sempre exigem que vc compre R$200 ou R$250 para ganhar frete grátis ou dividir. Ou pegar 4 edições para ganhar a 5° grátis. E eu só tenho interesse em uma ou duas. Não compensa nem um pouco.

    ResponderExcluir
  12. "Bem, a vida está me dando a oportunidade de adquirir muita coisa que não pude comprar em outros tempos, como a série do Sentinela que saiu também por esta coleção, esta do Marvel Boy e em breve Os Inumanos que eu acho que sairá em 2019, se bem que tem a CCXP daqui um mês e pode sair por lá!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Na época (início dos anos 2000) a Mythos lançou 4 das melhores séries da Marvel naquele período: "Terra X" (polêmica por ter vindo numa versão cheia de cortes), "Inumanos" (EXCELENTE e nunca republicada - apesar de estar prometida pela Panini), "Sentinela" e "Marvel Boy" (ambas na Salvat Vermelha)!

    Foi uma boa fase da Marvel no geral... Bem melhor do q os anos 90 ao menos!

    Mas agora é um bom momento pra encarar esse "Marvel Boy", pois 44 pila é menos até do q já vi alguns sebos sem-vergonhas vendendo a mini-série da Mythos. Mil vezes pegar o encadernado da Salvat então!

    No mais... Tbm fico na torcida pra resolverem logo a treta com a distribuidora e voltarem a lançar essas ed. em banca (o site da Salvat não é mto confiável e não tem dado descontos nem no frete). Infelizmente, ainda não vejo uma luz no fim do túnel pra essa questão: Tenho uma fagulha de esperança (até pq, quero retomar minha coleção de "Tex Gold"), mas o jeito é esperarmos uma negociação mais concreta pra situação!

    Qto ao "X-Man"... Gostei da sua sugestão: seria uma bela peça-base pra uma custom do "Marvel Boy" (show de bola)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. "Em minha opinião o grande erro dessa coleção de capa vermelha foi publicar mais arcos recentes do que histórias clássicas."


    Verdade, Marcelo...

    O foco da Salvat Vermelha era mais material atual OU raro/exótico, tipo: "Warlock & a Guarda do Infinito" e a mini-série do "Guaxinim" (Rocky Racoon)!

    Pelo menos a Capa-Preta (em sua extensão) cobriu essa lacuna q havia ficado de material clássico na Salvat... com mtos clássicos de 1º grandeza!

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "Não vou comentar sobre a obra. A trama em si, conforme se depreende da matéria, me pareceu muito fraca. Entretanto, torço para que essa obra tenha público certo e consiga vender bastante."


    E aí, Ignácius... blz?

    Eu, particularmente falando, sou um notório apreciador de bons clássicos (e "cheirador de naftalina" contumaz, kkk)... Assim sendo, adoro a versão clássica do "Cap. Marvel" (q tenho em scans) em seu traje original verde-branco (ricamente ilustrado por Gene Colan) e um dos meus sonhos de consumo é ter todo esse material impresso um dia (quem sabe)?

    Contudo, essa versão moderninha do Morrison tbm é boa e funciona quase como se estivéssemos assistindo uma adaptação cinematográfica da HQ original (só q com visual moderno e umas boas "mexidas" na história, conceito, e propostas originais - igualzinho a Marvel Studios costuma fazer). É melhor q a HQ original dos anos 60? NÃO, não é: Mas diverte assim mesmo (pra quem souber separar alhos e bugalhos, hehe)!

    No mais... a Salvat tem seus problemas (tá longe de ser uma das editoras mais queridas dos leitores - por "N" motivos): Mas pelo menos tá na "batalha nossa de cada dia" tbm (sem ter metido o rabinho entre as pernas q nem a Abril e Pixel, por exemplo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Interessante postar a matéria sobre um personagem com contexto crítico sociopolítico justamente no dia 05/11: Lembrai, lembrai o cinco de novembro, Guy Fawkes, a Conspiração da Pólvora e V de Vingança."


    E aí, Giulianno... blz?

    Putz, foi pura coincidência mesmo: te juro, hehe... Na verdade, eu ia incluir o "Marvel Boy" no meio das notícias variadas dos últimos 3 "Plantões", mas vi q a edição tinha potencial próprio pra uma postagem INDIVIDUAL e "deixei na reserva", rs!

    Seja como for, o lado "revolucionário" da trama em si, a torna bastante ATUAL pros dias de hj... e não só no cenário brasileiro, como tbm no panorama internacional. O irônico de tudo isso apenas, é q essa HQ JAMAIS seria liberada pela Marvel se fosse HOJE: Já q trata o TERRORISMO como algo "glamourizado" (e até "heróico"), só q o terrorismo da VIDA REAL (q viria pela frente naquele fatídico 11/09) meio q TIROU O CABAÇO da mídia do entretenimento com relação à isso (e o q antes era "glamouroso" passou a ser "odioso")!

    Tem tbm o fato do "Marvel Boy" e sua namorada promoverem um atentado na Disneylândia... na época nem se imaginava q um dia a Marvel fosse ser comprada pela Disney. Duvido q a Marvel HOJE publicasse um herói promovendo atentados terroristas justamente pra tentar derrubar grandes corporações q nem a Disney. E diga-se de passagem, essa NÃO é a 1º vez q o Morrison coloca as grandes empresas e corporações como algo a ser combatido e destruído ("Batman - Corporação", "Os Invisíveis", etc)!

    Às vezes isso soa até meio hipócrita por parte do autor... haja visto q ele próprio está inserido nesses mesmo SISTEMA q combate e critica em suas HQs. Ele gosta da fama, gosta do dinheiro q vem com a fama (a ponto de criar polêmicas gratuitas como forma de marketing pra suas histórias). Enfim, ainda acho "Marvel Boy" uma BOA HQ, só q deve ser lida dentro do contexto da época (antes do BIN LADEN ter acabado com a "brincadeira" da mídia de tratar o terrorismo como "aventura revolucionária")!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coleção tem uma hq do Wolverine também, em que há uma breve crítica ao governo, em que um árabe fala que não mudou, mas que os EUA mudaram o tratamento para com eles.

      A Disney cortou os colchões da Marvel. Bons tempos em que tínhamos o selo MAX e o Marvel Knights. Marvel hoje vive só de mimimi e lacração: Thor mulher, Modok Trump, Hulk coreano, Capitão Hidrética...

      Excluir
    2. Pois é, L...

      A Marvel atual tá uma MERDA mesmo... como nunca esteve (nem nos famigerados anos 90)!

      Eu tenho lido pouquíssima coisa atual, pois não tenho o menor interesse nessa indústria da "lacração" q a Marvel adotou... Não faço mais parte do público-alvo médio da editora (há tempos) e só me aventuro por séries q fujam um pouco desses paradigmas (tipo o "VISÃO" do Tom King, o "Deadpool" da Nova Marvel, o "Justiceiro MAX" do Jason Aaron, e o "Surfista" do Mike Allred, só pra citar alguns dos últimos mais recentes q andei curtindo)!

      Abs!

      Excluir
    3. Que eu saiba a lacracao já acabou. Ano que vem as novas revistas chegam no Brasil.

      Excluir
  16. "Ninguém tem nenhuma notícia quanto à volta da Salvat para as bancas? Óbvio que não tenho acesso a dados de vendas, e etc, mas duvido que só o site está sendo vantagem para eles."


    E aí, Lierson... blz?

    Infelizmente, nem sinal de novidades qto à distribuição por enquanto... E sendo bem sincero, acho q só lá pro ano q vem teremos algum desdobramento pra isso (ainda mais com a mudança de governo agora: quem tem dinheiro tá segurando pra não investir no mercado até a economia começar a se estabilizar de novo). E falo isso com propriedade, pois vejo como tá sendo difícil conseguir empréstimos com bancos de uns meses pra cá (fiz uma pseudo-FUSÃO com outras empresas maiores q a minha e mesmo assim, os bancos não querem liberar grana pra gente, hehe)!

    Fiz essa comparação (guardadas as devidas proporções, é claro)... pq a negociação da Salvat com a distribuidora tá dependendo de um "acordão" jurídico pra uma dívida gigantesca da Abril. A Salvat já deixou claro q vai depender disso (da distribuidora voltar à ativa depois da recuperação judicial) pra voos mais altos tipo a coleção do "Conan" (q foi pra geladeira). Diferente da Eaglemoss, a Salvat não pegou a manha de se manter sozinha no site (nem promoções tem feito)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Se a Salvat fizer um bom desconto, compro pelo site."


    E aí, Guilherme... blz?

    Se liga na BLACK FRAUDE (tá perto)... é a melhor chance de vermos descontos na loja da Salvat!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Esse problema na distribuição da Salvat me preocupa... Perdi as edições 19, 20 e 21 do Tex Gold (coleçãozinha show essa!) pois fiquei esperando a normalização e sua chegada na banca que pego meus gibis."


    E aí, Leonardo... blz?

    Mesma coisa comigo, xará... Perdi as últimas ed. de "Tex Gold", q se não me engano já tá no Vol. 24 (com a EXCELENTE: "O Pueblo Perdido")!

    Eu tbm pegava essa coleção numa banca daqui, cuja dona é minha amiga e ficou bastante chateada com a interrupção: Pois segundo ela, a coleção vendia bastante e tinha até lista de reserva na banca. Se demorar demais, vou ter q pedir pelo site, mas ainda pretendo esperar mais um pouco pra ver como fica a situação (prefiro comprar na banca)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Mas que foda !!! Fui na Saraiva hoje e vi lá o 4° vol. de Gotham. Ninguém anunciou isso nos principais sites de gibis ou fui eu que marquei uma tremenda bobeira ?"


    E aí, Antonio Jorge... blz?

    Se vc tá falando da coleção de capa-dura com a fase do Brubaker... Bem, o Vol. 4 é notícia VELHA (de setembro do ano passado) e o q vc deve ter visto é uma sobra de estoque ter chegado na loja. Isso é bastante comum, a Saraiva seguido desova umas coisas do passado nas lojas, rs!

    Em tempo... eu devo ter anunciado isso aqui no blog na época (sabe-se lá em q COMBO de notícias ou afins): sinceramente, não me lembro (é tanta coisa q a minha parca memória mtas vezes não dá mais conta, kkk)!

    Qto às mulheres... nunca sofri por nenhuma: a FILA sempre andou: graças a deus, rs - sempre tive sorte, apesar de ser NERD e pouco romântico (além do mais, já tô há 10 ANOS bem casado e satisfeito, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. "Bem interessante esta postagem sobre Marvel Boy. Nunca li essa HQ, mas agora fiquei curioso em conhecê-la. A única participação do Nor-varr ,que eu já li, foi na HQ Vingadores Eternamente. Gostei bastante daquela "versão" do Capitão Marvel."


    E aí, Leo... blz?

    Puxa, q lembrança interessante essa... Faz mto tempo q li "Vingadores Eternamente", e tinha esquecido do "Marvel Boy" na saga. Sei q depois ele apareceu em várias outras sagas da Marvel (em participações especiais, mas sem maior relevância)!

    Sobre o Morrison... Eu acho ele bastante irregular (gosto de basicamente METADE da obra dele, e a outra metade eu detesto, rs). Mas entre as minhas HQs favoritas dele está justamente os "Novos XM - E de Extinção": Acho q ele foi mto feliz nessa reformulação mutante (tirando a equipe de uma looooonga fase de mediocridade q vinha tendo nas HQs dos anos 90 até esse início de 2002 com a estreia do Morrison)!

    Qto aos preços da Salvat... Infelizmente, eu acredito q não baixem mais do q os atuais 44 pila, pois esse valor já regula com a média da Panini na mesma estrutura (q nem o "VISÃO" do Tom King). Já a Eaglemoss eu acho ABUSIVA mesmo, pois manter 55 reais nessas coleções é forçar mto a barra (ainda mais em edições mal-traduzidas e revisadas)!

    Enfim... como falei acima: A BLACK FRAUDE tá vindo aí (dia 23) e é uma boa oportunidade de fuçar nos sites tipo Salvat e "enganomoss", rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "É o cúmulo do absurdo esse preço de um box de luxo!! Essas editoras estão cada vez mais gananciosas, pensam que o colecionador é trouxa."


    Esse BOX do "Sandman" vai sair mais caro q comprar as ed. avulsas, kkk... (palhaçada do caralho mesmo)!

    Mas não duvido q tenha "NERD OSTENTAÇÃO" por aí q compre... só pra enfeitar a estante, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "As promoções que aparecem sempre exigem que vc compre R$200 ou R$250 para ganhar frete grátis ou dividir. Ou pegar 4 edições para ganhar a 5° grátis. E eu só tenho interesse em uma ou duas. Não compensa nem um pouco."


    E aí, Pedro... blz?

    Essa tática de "forçar" o consumidor a gastar um valor mínimo (na faixa dos 250 contos pra cima) pra ganhar frete grátis e poder parcelar em 3X... tem sido aplicada pela Eaglemoss tbm (especialmente pras miniaturas). É assim q eu aproveito pra fazer meus "pacotes" de peças no site: Mas eu espero acumular VÁRIAS do meu interesse pra depois escolher e selecionar minhas favoritas pra mandar vir (tem q ter paciência nessa espera, rs)!

    Mas no site da Salvat é ruim, pois nem sempre rolam essas promoções e não sou de pagar frete em compras virtuais...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas promoções da Eagle nunca me interessaram pelo mesmo motivo relatado pelo Pedro.

      Mas devo admitir que para a coleção "Grandes Sagas" ela seria bem vinda (SE) não fosse o valor praticado por unidade.

      SJA e SOLO me interessam muito e a muito tempo.

      Mas minha atual condição financeira não me permite Leo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  23. E aí Leo, beleza?

    Ando meio sumido aqui dos comentários devido a correria do dia a dia, mas sempre procuro acompanhar o blog pra me atualizar sobre os lançamentos e conferir os reviews.

    Sempre ouvi falar muito bem desta série do Morrison, mas nunca a li. Há algum tempo consegui a minissérie da Mythos pelo preço módico de 5 pilas na saudosa Empório HQ aqui em São Paulo (isso foi durante um saldão da loja em que consegui pegar muita coisa por esse preço, como a excelente minissérie do Gavião Negro do Timothy Truman, que até comentei lá no Justiça Geek), mas ela ainda está na pilha de leitura. Vendo os seus comentários, acho que vou passar ela na frente de outros materiais. Também tenho interesse na minissérie do Sentinela, mas não consegui comprar na época de lançamento e não sei se ainda está disponível na comic shop que frequento, vou ver com eles.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lucas... blz?

      Eu te entendo, pois tbm tenho passado pela correria do dia-a-dia e não tô mais conseguindo manter o ritmo do blog em geral (trabalhando mais de 10 horas por dia e tendo família pra cuidar, tem sido cada vez mais difícil arrumar tempo livre até pro blog)... Sei lá, já ando cogitando em tirar umas férias prolongadas quem sabe? (vamos ver)!

      Qto ao "Marvel Boy"... Q bela barbada vc conseguiu, hein? 5 pila era o q custava apenas 1 edição dessa série (pelo q me lembro vagamente). E nos sebos em geral, ela costuma custar hj MAIS do q o encadernado da Salvat, rs!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...