19/09/2017

"JACK KIRBY - 100 Anos" (Parte 2): A Estreia dos "Novos Deuses"...

A comemoração do Centenário de Jack Kirby continua aqui no "Submundo"... Nesta 2º Parte de uma série de 10 postagens (trazendo 100 capas e imagens selecionadas do trabalho do REI)!

O destaque desta 2º matéria fica por conta da estreia dos "Novos Deuses" na DC... O título principal do "4º Mundo" de Kirby. Mas tem muito mais além disso: O protótipo do "Dr. Destino", "Homem de Ferro", "Thor", "Arqueiro Verde", e muito mais!

Confira abaixo:

No início da década de 70... Jack Kirby (após ter se afastado da Marvel) criou pra DC uma série de HQs sob o selo: O "4º Mundo", que englobava pelo menos 4 títulos principais: Os "Novos Deuses", "Sr. Milagre", "Superman/Jimmy Olsen", e "O Povo da Eternidade"! Outras séries de Kirby pra DC também foram produzidas nesse período: "OMAC", "Kamandi", "Etrigan", e até uma versão de "Sandman" (todos serão assunto pras próximas matérias dos "100 Anos de Kirby", é claro)! 

Os "Novos Deuses" foram criados por Kirby em 1971 e são habitantes de "Nova Gênese" e "Apokolips". Curiosamente, a série parece uma sequência do trabalho que Kirby fazia com o "THOR", já que a trama se passa após o RAGNAROK - que decretou o fim dos velhos deuses e dividiu o mundo em que viviam em 2. Um deles (Nova Gênese) é regido por deuses bons (entre eles: O "Pai Celestial") e o outro (Apokolips) é governado por "Darkseid" (e deuses malévolos)! Os 2 planetas se encontram na dimensão conhecida como: "4º Mundo"!

"Órion" é um dos filhos de "Darkseid" e inimigo mortal do pai. A personalidade de Órion tem um "Lado Negro" que aflora em combate e segundo as profecias, ele estaria destinado a matar seu pai em combate (qualquer semelhança com "Guerra nas Estrelas" terá sido mera coincidência? O gibi veio antes do FILME, rs)! Seja como for, Kirby criou vários personagens pra série (além dos já citados ainda tem): "Metron", "Corredor Negro", "Homem Infinito", "Vovó Bondade", etc!

A série dos "Novos Deuses" foi publicada aqui pela Ópera Graphica em uma coleção de 3 Vol. em formatéco e P&B (entre 2001 e 2002)... Mas o resto do "4º Mundo" permanece em sua maioria INÉDITO no Brasil, tirando uma ou outra história publicada de forma desordenada em edições da EBAL e/ou espalhada em mixes da Editora Abril. Sem dúvida, trata-se de um material que mereceria uma publicação mais decente: Na íntegra e em ordem cronológica (quem sabe - com sorte - em uma futura coleção de "Lendas" da Panini)?   

Sobre as demais edições desta postagem... "Demolidor X Cap. América" (façam suas apostas), "THOR" enfrenta: O "Cobra" (publicada aqui na "Biblioteca do Thor"), O PROTÓTIPO do "Dr. Destino" em "Tales of Suspense" (pouco tempo antes de Stan Lee e Kirby criarem o famoso vilão do "4F"), "Homem de Ferro Vs. Kala - A Rainha do Mundo Subterrâneo" (essa saiu no Vol. 1 da "Biblioteca do HF" - aqui, utilizando sua armadura "Brastemp", rs). E uma arte do REI com o "Homem-Aranha"

O "Arqueiro Verde"... Também foi desenhado por Kirby no final dos anos 50, com o visual mais clássico do personagem (sem barba) e em histórias mais "leves" (fora do estilo mais violento e urbano que seria adotado futuramente pra Oliver Queen). E um clássico do REI de 1942: "Star Spangled Comics", com a "Legião Jovem" (ou "Legião dos Jornaleiros") - Um grupo de meninos órfãos que se tornam combatentes do crime com a ajuda de um policial do bairro que se fantasia de super-herói: O "Guardião"!

Até+

89 comentários:

  1. Fala, Léo!
    Salve Kirby!
    Fico imaginando o motivo da "Não Publicação" deste material relativo ao 4° Mundo pela Panini ou qualquer outra editora neste centenário.

    Uma série de encadernados do Kirby, no estilo X men "A Era do Apocalipse", volumes muito bem feitos e com preço acessível, além de encorpados!

    Tiro o chapéu para as imagens selecionadas! Muitas capas fodas!

    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente com o victor e ainda sugiro os formatos coleção histórica marvel e lendas do universo DC, nesta já começou a sair alguma coisa, mesmo que de forma acanha.

      abraço

      Excluir
  2. Ótima matéria Leo!


    É incrível ver quanta coisa e conceitos Jack Kirby criou. Ele devia ser lembrado com extrema importância na Marvel, até mais do que Stan Lee, que ficou com a glória toda parecendo o criador de tudo na Marvel sozinho (coisa que a própria Marvel e a mídia criaram). Ou no minimo uma importância equiparada.

    Na minha opinião a DC Comics trata o Kirby com muito mais importância do que a Marvel. Devia ser o contrário, pois ele criou mais na Marvel. Tá saindo mini séries em homenagem a ele pela DC lá fora, sabia? Mini do Órion, Darkseid, Senhor Milagre, etc. Espero que chegue aqui.

    Sobre a fase desenhada pelo Kirby no Arqueiro Verde, ele ajudou no sucesso do personagem. Nessas épocas, o Arqueiro era tido como uma cópia do Batman, fazia pouco sucesso, e quase foi tragado pro limbo junto com muitos personagens da era de ouro da DC, mas Mort Weisinger (um de seus criadores), usou sua grande influência na editora pra salvar seu personagem o colocando na hq do Superboy (o antigo) que fazia um grande sucesso na época. E isso trouxe fama ao Arqueiro Verde. Mais pra frente o Kirby começou a desenhá-lo, o que ajudou mais ainda no sucesso.

    Seria muito bom se a Panini ainda mandasse o Etrigan do Kirby ainda esse ano. Não tem muitos números. E duvido que eles tragam 4 mundo completo, é muita coisa. Ainda sou bem cético.


    Abraço!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relativo. A Marvel não precisa publicar material do Kirby porque ela JÁ FEZ isso!

      Quarteto? Republicado em quatro formatos diferentes (Essentials, Masterworks, Omnibus e, parcialmente, em Epic Collections).

      Thor? Republicado em quatro formatos diferentes (Essentials, Masterworks, Omnibus e, parcialmente, em Epic Collections).

      Capitão América? Republicado em quatro formatos diferentes (Essentials, Masterworks, Omnibus e, parcialmente, em Epic Collections). E estou falando tanto do Capitão com Stan Lee (nos quatro) quanto o da era de ouro (Masterworks e parcialmente em Omnibus) e o dos anos 70 (Essentials e Omnibus).

      E assim por diante. Fora 2001, que tem a questão dos direitos, e algumas obscuridades da Era de Ouro, a Marvel republicou tudo do Kirby, normalmente em múltiplos formatos! Diabos, publicaram até Omnibus das histórias de monstros este ano:
      http://www.collectededitions.com/marvel/omnibus/monsterbus_kirby02.html

      Esta grande homenagem ao Kirby saiu dois anos atrás:
      https://www.amazon.com/Marvel-Legacy-Jack-Kirby/dp/0785197931/

      Esta MAIOR AINDA saiu na mesma altura:
      https://www.amazon.com/King-Size-Kirby-Slipcase-Jack/dp/0785197958/

      Sério, esse é um livro de MEIO METRO de altura que inclui a primeira revista do Kirby na Marvel (Red Raven Comics 1), histórias de quase todas as séries que ele fez na Marvel (inclusive quadrinhos de monstros, faroeste e romances) e até dos seus últimos trabalhos na editora (Eternos, Devil Dinosaur). O que mais você quer?

      Só precisa homenagear no centenário quem ignora o cara durante décadas...

      Excluir
    2. No caso eu estava falando que a Marvel ignora o Kirby no cinema/na midia. Não dão o valor e reconhecimento que ele merece! Eles fizeram a imagem do Stan Lee como o criador de tudo sozinho.

      Esses lançamentos todos da Marvel dele eu já conhecia quase todos. Menos esse livro gigante.

      Excluir
    3. Em todos os filmes ele é creditado. Só que não está aí para fazer ponta que nem o Lee, né? Ele chegou a aparecer na antiga série de TV do Hulk...

      Enquanto no filme da Mulher Maravilha o desenhista original Harry Peter não é creditado em lugar algum. Pode conferir: http://www.imdb.com/title/tt0451279/fullcredits/

      Excluir
    4. "...Sério, esse é um livro de MEIO METRO de altura que inclui a primeira revista do Kirby na Marvel..."

      Esse eu vi ao vivo, é uma verdadeira "ignorância" gráfica, Hunter!

      Aliás tanto o conteúdo selecionado pra ele, como os dois antigos Marvel Visionaries: Jack Kirby de 2004/2006, seriam ótimas formas da Panini Brasil, homenagear o Rei, sem se comprometer com coleções extensas, Leo.

      Mandavam uma "CHM: Rei Kirby" e pronto! Problema resolvido.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. Mas a DC já não lançou td ou quase td que ele fez por lá também, não é?

      Ignorado ele sempre foi é pela Panini, qualquer outra editora publicou mais, até a Salvat que chegou depois, c/ a extensão clássica.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    6. Gilmar Enoque22/09/2017 07:04

      Bem, Kirby já é falecido a muitos anos e Stan Lee ainda está vivo ... acho que estando vivo é mais fácil de aparecer no cinema.
      E a marvel nunca deixou de creditar Kirby como co-criador, muito menos o Stan Lee de reconhecer o papel dele nisso. Pessoal tem essa mania de demonizar um e canonizar o outro simplesmente por um estar vivo e o outro morto.
      Stan Lee tem uma personalidade mil vezes mais sociavel e empatica do que o Kirby tinha, essa é a principal razão dele aparecer muito mais na mídia, mesmo quando Kirby era vivo. Se fosse o contrário, tirando a questao da diferença de idade,pode ter certeza de que Kirby não estaria fazendo pontas em filmes ou participando de programas pq ele ela um tremendo ranzinza e criador de encrenca, sempre brigava com alguem por onde passava.
      O cara foi um gênio nas hqs mas não é por isso e pelo fato de estar falecido que tem que colocar em um pedestal de perfeição. Falam dele ser injustiçado pela Marvel e outras besteiras, questão dos direitos autorais e etc, mas quase nunca falan que ele não ficou ao lado de Joe Simon quando este estava ferrado e queria seu apoio quanto a questão sobre os direitos autorais envolvendo o Capitão América.

      Excluir
    7. Na verdade falei uma grande besteira, acima.
      Esqueci por completo das BHMs.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    8. Se ela pode ser criticada é por não ter feito muito mais, dada a acessibilidade de arquivos digitalizados tanto pela Marvel como pela DC disponíveis, desde que assumiu os trabalhos em 2001.

      Esse dois volumes de Visionares que citei são um bom exemplo de uma ótima seleção sem amarras, que poderia ter saído lá na época em eles estavam investindo nos Maiores Clássicos. A exemplo do John Romita que pelo menos ganhou uma edição, com histórias só do Aranha, o Kirby nem isso.

      Mas Leo, tu não comentou certa vez que o X-9 disse que havia possibilidade de uma nova CHM do Quarteto?

      Particularmente acho difícil (dado o histórico) mas melhor época, do que agora não haverá...

      Se bem que uma CHM do Capitão ou do Thor teriam mais apelo junto ao público brasileiro, devido a exposição no cinema e hqs atuais.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    9. E aí, VAM... blz?

      Sim, até onde me foi informado: Uma 2º "CHM do 4F" deve acabar rolando sim... Mas até aí, sem nenhuma data pré-definida (e sabemos q a Panini não tem pressa pra dar continuidade às suas séries de "CHM" - levou mais de 2 ANOS entre uma fornada e outra de "X-Men", q dirá do "4F", hehe)!

      Mas concordo contigo, q este seria o MELHOR momento pra uma "CHM do 4F" SÓ com material do Kirby... Porém, é meio q "de praxe" a Panini perder o timing de datas comemorativas, rs!

      Abs!

      Excluir
  3. Caro Léo: as histórias de Jimmy Olsen/Superman de Jack Kirby foram todas publicadas pela EBAL em 1972/1973 nas revistas "O Homem de Aço", "Superman-BI" e "Almanaque Superman 1973". Eles publicaram na íntegra e de forma organizada. Depois disso, por volta de 1985, a Editora Abril publicou também essa mesma sequência de histórias com os cortes que eles usavam habitualmente. E recentemente a Panini chegou a publicar uma das histórias em uma edição comemorativa da Era de Prata da DC. Sendo assim, podemos dizer que já houve 3 tentativas de publicar Jimmy Olsen de Jack Kirby no Brasil, mas só posso garantir que completa mesmo foi a publicação da EBAL.

    Recentemente, há poucas semanas, a Eaglemoss publicou o número 1 das histórias do Povo da Eternidade (Forever People), com direito a participação especial do Superman.

    E, se não me engano, já foram publicadas no Brasil a sequência de histórias do Sr. Milagre. Mas essas eu não tenho e nem sei qual editora publicou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "E, se não me engano, já foram publicadas no Brasil a sequência de histórias do Sr. Milagre. Mas essas eu não tenho e nem sei qual editora publicou."

      Foi a Opera Graphica , Sr. Lenimar. Numa edição com 5 histórias (Mister Miracle #1-5) extraído dos DC Archives e portanto em P&B também.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. "...Jimmy Olsen/Superman de Jack Kirby foram todas publicadas pela EBAL em 1972/1973...Eles publicaram na íntegra e de forma organizada."

      Sr. Lenimar, o senhor tem como listar as edições que compõe essa saga?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Bom dia, colegas do Submundo, encontrei na fnac :
      SENHOR MILAGRE-JACK KIRBY,EDITORA OPERA GRAPHICA,
      contém as cinco primeiras aventuras originárias do título 'Mister Miracle'.

      Acredito que sejam estas histórias que o SR. Lenimar cita. E aí Leo, este material vale a pena? O preço esta interessante, 17 temers por 115 páginas.

      Esta fase do kirby, não li praticamente nada.

      Abs,
      David

      Excluir
  4. Tudo bem, Leo. Cara, bate no coração uma sensação estranha quando vejo essas capas. Deixa ver se eu consigo explicar melhor.

    Elas são o vislumbre de uma era, de um tempo que se foi e NUNCA mais voltará. Embora alguns sábios eruditos digam que a natureza material é cíclica e eterna (no que concordo com eles) falando por mim, não sei se estarei novamente nessa realidade material para desfrutar de uma vindoura era de ouro dos quadrinhos e, caso esteja aqui novamente, também não sei em que condições.

    Contudo, para corroborar minhas elucubrações, digo uma coisa. Não há bem que seja infinito e nem mal que dura para sempre. Pelo menos no mundo físico ou material. Repare bem, estou falando especificamente do mundo dos quadrinhos atuais. Sendo assim, um recorte bem definido e delimitado de discussão.

    Talvez, e somente talvez, para que a nona arte receba novamente a glória da presença dos antigos mestres que já se foram, será preciso que o mundo tal como o conhecemos atualmente mude, e muito. Curioso é que nos tempos conturbados da Segunda Guerra Mundial, Guerra do Vietnam etc. a nona arte deu um salto de arrojo e qualidade antes impensáveis.

    O ambiente está medíocre por demais. Em todas as áreas imagináveis. A produção artística não foge a essa regra; embora, às vezes, haja exceções.

    Nessa leva de capas, as que mais me interessaram foram a do Thor e a do Homem de Ferro. Sensacionais!!!

    Até a próxima, companheiro.

    Michel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na França os quadrinhos vão muito bem...

      Excluir
  5. Não sei o que acontece com a Panini mesmo. Quando irão escutar mais os leitores? Existem tantas estórias para serem publicadas nas quais encheriam os cofres de dinheiro e não fazem. Quando irão escutar a voz da razão? Pede ao X9 para apresentar este humilde blog a eles por favor. Paul

    ResponderExcluir
  6. Olá Leo, tudo bem?
    Por essa eu não esperava. A Eaglemoss está registrando no ISBN o que está parecendo uma expansão da coleção de Graphic Novels DC: Ed.61 - Caçadora e Ed.62 - Liga da Justiça. Pelo jeito vende.
    Teve um evento nerd em São Paulo e tem entrevistas no Youtube com um representante da Mythos anunciando vários materiais europeus. Vale a pena dar uma conferida.
    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela informação Carlos. Podia rolar uma lista do que virá nessa possivel expensão né. Espero que saia muito menos da revista Superman e Batman kk Que vendeu horrores lá fora na época, mas os materiais são geralmente fracos.

      Excluir
    2. Essa edição da Caçadora, provavelmente é Batman/Huntress: Cry for Blood do Greg Rucka. Tem o Questão clássico na história também. Acho que é inedita por aqui, e vi criticas geralmente muito boas. Comprarei.

      Excluir
    3. A Eaglemoss não acredita em listas, ela quer e surpreender o leitor.

      Não antecipa e nunca confirma nada.

      Desiste dela Camus, ela não merece sua atenção.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Verdade Vam. Eles não divulgam pra mudar na hora que quiserem né. Como fizeram com essa coleção agora, tiraram vários materiais ótimos (Lanterna Verde Origem, Crise, etc).

      Eu achei uma lista de extensão da Alemanha. Me parece ser tirada dai essa provavel extensão. Tem muita coisa boa lá. Agora, vamos ver se eles não mudam várias né kk E colocam tipo material da hq Superman e Batman (que no geral é fraco). Nessa extensão tem incluso Novos Deuses do Kirby em dois volumes.

      Abraço!

      Excluir
    5. Camus e VAM...

      A Eaglemoss "manja das putarias", hehe... E aprendeu rápido a ser "malandra" aqui no Brasil!

      A coleção de "miniaturas" dela é o exemplo mais claro disso... Inicialmente, prometeram apenas 120 da Marvel (q depois passaram pra 150 e 170) e 80 da DC (q agora já foi confirmada até o FIM): Eles NUNCA falaram desde o começo q iriam completar as 2 coleções, pra terem a liberdade de cancelar a qq momento se quisessem!

      E depois de pelo menos uma série de PROPAGANDAS ENGANOSAS e fraudes publicitárias (vergonhosamente expostas à público - e denunciadas aqui no blog)... A Eaglemoss se sente BEM ao manter a mídia o menos informada possível (pra eles é melhor q permaneça assim)!

      Abs!

      Excluir
  7. Oi Leo!

    O Quarto Mundo talvez seja a criação de Jack kirby mais influente nos quadrinhos, até porque ele é um dos pilares do Universo DC.

    Eternos, infelizmente, é basicamente "ignorado' pela Marvel, o que é lamentável, pois, é um excelente material!

    Cobra vs Thor! é brincadeira né um vilão bucha desses enfrentar um deus Asgardiano?

    Só se o Loki deu uma ajudinha com magia para ele porque senão..., o Cara é uma bucha só leva surras homéricas do Capitão América, e chegou a fugir do Aranha para não apanhar, mas não conseguiu, he,he,he!

    Um 'peteleco' do Thor e ele voa longe! como não li a história deve ter algo mais neste embate!!

    Foi bom saber que Jack Kirby, ajudou a "salvar" o Arqueiro Verde do esquecimento conforme dito no comentário do Camus.

    Por anos a DC não soube o que fazer com o personagem, sendo que ele quase caiu no limbo nos anos 80, e se não fosse por Mike Grell e sua visceral no personagem creio que teria acontecido isso mesmo!

    Falando nisso...,parece qua a tão aguardada edição de "Os Caçadores" da Eaglemoss já andou dando as caras por São Paulo naquela banca misteriosa, já que vi fotos da edição!

    Em todo caso ela chega por aqui no início de novembro, e aproveitando o embalo fui no facebook da Panini e pedi a publicação desta fase do Grell completa em encadernados, mas fui ignorado!

    Como eu estou achando que o "Submundo" aqui está tendo uma influência significativa nas publicações da Panini em relação aos clássicos, conclusão que cheguei ao ver os lançamentos prometidos para 2018 como: Mestre do Kung Fu, Hulk, Cavaleiro da Lua, A Era de Ouro, justiceiro MAX (materiais muito comentados por aqui, inclusive a CHM do Hulk teve até uma ajuda do VAM com suas capas "imaginárias"!)

    Acho que uma matéria com a fase do Mike Grell no Arqueiro Verde pode render frutos!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa fase o Cobra costumava fazer parceria com o Mister Hyde, que era os "músculos" da dupla.

      Mais tarde ele se juntou e depois assumiu o comando da Sociedade da Serpente, que deu um belo upgrade no seu status como vilão.

      Infelizmente nestes tempos de "pós-continuidade", em que Bendis é supremo e ninguém mais lembra ou quer lembrar das histórias do passado, é provável que o Cobra seja novamente relegado à condição de vilão de terceira...

      Excluir
    2. Teve uma história ótima quando o Cobra assumiu o comando da Sociedade e resolveu acertar as contas com o Hyde. De uma forma bem original, diga-se. Saiu no Cap #174 da Abril.

      Excluir
    3. Eu também já fui ignorado pela Panini quando pedi Arqueiro Verde do Grell, Elcio. Me parece que eles não tem interesse mesmo no personagem.

      Acredito que o melhor momento para isso foi quando a série Arrow estreou. A 1 temporada era inspirada no Arqueiro do Grell, então era a hora. Sobre essa edição de Arqueiro Verde Os Caçadores estou aguardando muito pra substituir minha versão antiga. Essa hq está no meu top 10 de melhores de todos os tempos!

      Excluir
    4. Ps: Se o Leo quiser eu posso escrever algo sobre o Arqueiro Verde do Mike Grell.

      Excluir
    5. Sempre achei o vilão Cobra bacana e o conceito da Sociedade da Serpente. Mas ele e a Sociedade sempre tomaram surras grandiosas, muitas vezes do Capitão América (e sozinho). O Cobra é um vilão sempre mal aproveitado e a Sociedade também. Creio que a única que ganha algum valor é a Víbora.

      O Cobra apareceu muito bem na fase do Capitão do Brubaker, mas não era o clássico, era um novo Cobra (lembro que não curti muito isso na época).

      Excluir
    6. Ps: Arqueiro Verde Os Caçadores da Eaglemoss, vai trazer também uma hq do Superboy, trazendo uma das histórias do Arqueiro Verde desenhada pelo Kirby! Adventure Comics #256

      Excluir
    7. Opa... Valeu mesmo pelo aviso, Camus:

      Nada mal esse "brinde" na ed. dos "Caçadores", hein? Gostei dessa, e me deu mais vontade ainda em comprar essa edição (pena q ainda vai levar MESES pra chegar aqui)!

      Abs!

      Excluir
  8. "Fico imaginando o motivo da "Não Publicação" deste material relativo ao 4° Mundo pela Panini ou qualquer outra editora neste centenário."


    E aí, Victor... blz?

    Brigadão mesmo por ter curtido a seleção de capas/imagens q fiz pra esta 2º parte... Sou suspeito pra falar, é claro, mas tbm gostei mto de ter saído à caça dessas imagens nos meus arquivos pessoais do Kirby, rs!

    Qto ao "4º Mundo"... Eu acho q a Panini não devia ter "testado" o potencial de uma "Lendas do Kirby" com um material tão meia-boca qto "Super Powers": E sim, ido logo direto pros "Novos Deuses" e todo o resto da série. Se bem q agora é uma questão de tempo até q lancem esse material (q daria umas 8 a 10 ed. de "Lendas" - dependendo da quantidade de pág por edição)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "É incrível ver quanta coisa e conceitos Jack Kirby criou. Ele devia ser lembrado com extrema importância na Marvel, até mais do que Stan Lee"


    E aí, Camus... blz?

    Eu concordo q o Kirby merecia uma maior consideração e reconhecimento por parte da mídia... Igual ao marketing q fizeram em torno do Stan Lee: q sim, acabou levando a fama praticamente sozinho. Nesse caso, o Kirby acaba tendo maior reconhecimento por parte de leitores q tem uma visão mais ampla dos bastidores das HQs e pesquisam mais sobre as origens de seus personagens favoritos!

    Eu participo de alguns grupos de Whatssap q são uma tristeza (só não saí dessas merdas pq tenho negócios pendentes ali com miniaturas)... Mas tem uns caras ali q viraram fãs de super-heróis através dos FILMES (não leem gibis e não pesquisam nada a respeito): e tratam o Stan Lee como se ele fosse o "WALT DISNEY" da Marvel (pensam q o cara criou tudo sozinho e o idolatram dessa forma - alimentando uma mentira e acreditando nela de forma alienada)!

    E legal saber dessas HQs q tão saindo lá fora com os personagens do "4º Mundo"... Espero q saiam por aqui tbm!

    Qto ao "Arqueiro"... A DC fez bem em ter reaproveitado ele com o passar do tempo. A versão mais clássica era bobinha demais e acredito q se não fosse essa reviravolta q vc falou, ele teria caído no total esquecimento com o passar dos anos!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também vejo esse desdem dos tais "fãs" novos quanto ao Kirby. Essa raça de fã, que chamo de fã filmes, é a pior coisa que surgiu, eles não sabem nada e ficam pagando de entendedores e fazendo hater na net. Tudo fanboy do pior tipo. Já vi falaram cada bobagem. Eles são os que mais compram a ideia do Stan Lee criador único.

      Sobre o Arqueiro, verdade a versão antiga era bobinha demais kk O Mort salvou ele, fazendo algo inteligente ao por ele numa hq que vendia muito bem (do Superboy antigo). E com o Kirby assumindo os desenhos mais pra frente o personagem ganhou mais alguma fama, pois era o Kirby né! Isso tudo fez com que o Arqueiro sobrevivesse ao tempo e fosse revolucionado mais tarde pelo Denny ONeil e Neal Adams, e mais pra frente pelo Mike Grell.

      Excluir
  10. "Sério, esse é um livro de MEIO METRO de altura que inclui a primeira revista do Kirby na Marvel (Red Raven Comics 1)"


    E aí, Hunter... blz?

    Esse tijolão aí tem mais de 800 pág e essa estrutura gigante q vc falou mesmo... custa 100 dólares (!) mas é um verdadeiro sonho de consumo pra quem é fã do Kirby mesmo, hein?

    Aqui no Brasil é q a comemoração do centenário deveria ser mais efetiva... E poderíamos ter aqui pelo menos o BÁSICO: "4F", "Cap. América", "Thor", e "4º Mundo" (se pelo menos essas tivéssemos completas por aqui, o resto seria lucro)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "Caro Léo: as histórias de Jimmy Olsen/Superman de Jack Kirby foram todas publicadas pela EBAL em 1972/1973 nas revistas "O Homem de Aço", "Superman-BI" e "Almanaque Superman 1973"


    Oi, Lenimar... Tdo bem?

    Eu lembro de ter visto apenas as capas dessas ed. do "Super" da EBAL... Pois nunca as encontrei à venda, diferente dos meus "4F" e "Aranha" da EBAL, q consegui em perfeito estado em um sebo nos anos 90!

    Já as ed. da Abril eu encontrei, mas desisti de comprar qdo soube q era um material todo retalhado (típico da Abril)... Mas comprei a edição comemorativa da DC pela Panini (peguei as ed. da "Era de Ouro" e "Era de Prata" - mto boas)!

    O "Sr. Milagre"... Saiu num encadernadinho P&B pela Ópera Graphica (a mesma q publicou os "Novos Deuses" em 3 edições)! Mas acabei pulando essas, pois as ed. da ópera eram mto caras na época (início dos anos 2000) diante da qualidade precária q apresentavam!

    Abs!

    ResponderExcluir
  12. "SENHOR MILAGRE-JACK KIRBY,EDITORA OPERA GRAPHICA,
    contém as cinco primeiras aventuras originárias do título 'Mister Miracle'


    E aí, David... blz?

    Olha, tô pra te dizer q mesmo por 17 pila talvez seja melhor esperar mais um pouco... Pois pro ano q vem existe uma boa chance desse material sair pela Panini tbm. O problema da Ópera Graphica é q além do material ser em P&B, ele estaria incompleto (por ser apenas o início de uma sequência maior de histórias - a fase Kirby com o "Milagre" teve 18 histórias)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. "Curioso é que nos tempos conturbados da Segunda Guerra Mundial, Guerra do Vietnam etc. a nona arte deu um salto de arrojo e qualidade antes impensáveis."


    E aí, Michel... blz?

    De fato, A "Era de Ouro" começou pouco antes da 2º Guerra e atravessou o conflito (anos 40)... Enquanto A "Era de Prata" (anos 60) trazia resquícios e referências à 2º Guerra e começava sua relação com o Vietnã (q perdurou até o início da "Era de Bronze")!

    Só espero mesmo q não precise ocorrer (deus nos livre) uma 3º Guerra (q lamentavelmente - e de forma cada vez mais preocupante - parece estar se desenhando no horizonte) pra termos um novo período criativo pras HQs... Falo isso, por causa desses períodos "cíclicos" da humanidade: com erros (guerras) q se repetem sucessivamente de tempos em tempos, e suas repercussões (crises e recessão econômica por conta das guerras - seguido de um despertar criativo nas artes)!

    E falando em ambiente medíocre... Dia desses eu compartilhei no face um vídeo de um sujeito no Rock In Rio q parecia estar matando uma galinha no palco, rs: Um LIXO total (e só achei engraçado pq não paguei pra ver essa merda, rs)!

    Ou seja: Não são apenas os gibis q eu tenho preferência por clássicos do passado... Na música TBM (não consigo ouvir essas bostas atuais e esses cantores cagados sem VOZ e sem o menor talento nem pra cantarem no banheiro - q dirá num Rock in Rio)! O cinema tbm tá de me deixando de saco cheio com "mais do mesmo" (e blockbusters descartáveis)... Acho q apenas os seriados de TV ainda me surpreendem positivamente!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Leo. Os quadrinhos são um dos segmentos mais afetados pelos tempos atuais. Mas na música, por exemplo, isso também ocorre.

      Há alguns anos colecionava uma série de cds da Som Livre que resgatava as trilhas sonoras nacionais originais das novelas dos anos setenta e oitenta. Não conseguia ouvir mais nada atualmente nas rádios e fiz essa coleção. Leo, que canções maravilhosas os músicos compunham.

      Só para citar alguns títulos de Cds dessa série com excelentes trilhas: O Espigão, O Grito, O Bofe, Chico City, O Homem que Deve Morrer, etc.

      No cd "O Homem que Deve Morrer", há uma música que eu gostaria que você e os outros colegas ouvissem.

      Chama-se: SOLTO NO AR. É LINDA!!! Só de ouvi-la dá uma sensação de LIBERDADE; incrível.

      O cenário artístico "não está para peixe". Até a revista Rolling Stone que eu colecionava e tinha completa desde o número 01, virou qualquer coisa de ruim. Fala-se de tudo nessa revista e quase nada de música. Ou, melhor dizendo, fala-se das músicas atuais. A publicação está fútil por demais.

      Então é isso, companheiro. Pelo menos para mim, só resta, na maior parte das vezes, revisitar os clássicos dos quadrinhos.

      Michel

      Excluir
  14. "Na França os quadrinhos vão muito bem..."


    Acredito em vc, Hunter...

    Uma pena q as HQs da França (e outros países da Europa) tenham tanta dificuldade em viralizar na mídia e se tornarem conhecidos mundialmente como deveriam (e mereciam)... Quer dizer, sei q tbm falta interesse das editoras de outros países (tipo aqui no Brasil, onde são poucas as q se interessam em publicar material europeu)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, Valérian está aí. Já é alguma coisa...

      Excluir
    2. Q este seja o início de uma looooonga amizade... espera-se, rs!

      Abs!

      Excluir
    3. E O Perfuraneve, Blacksad e Spirou também... vamos de conta gota mesmo, que vai chegando somente o filé...

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  15. "Pede ao X9 para apresentar este humilde blog a eles por favor."


    E aí, Paul... blz?

    Mas o "Submundo" já é bem conhecido entre os editores da Panini... Eu conheço o Oggh pessoalmente até e já fiz uma singela parceria entre o meu curso pré-vestibular e a galeria de HQs q ele administra aqui em POA (troca de divulgação e folders)! Eu só não faço parte das "panelinhas" entre blogs e canais de Youtube com os editores (não sou de me misturar mto em tumultos e eventos, hehe)!

    E o "X-9" é um bom conselheiro (esse manja do assunto em se tratando de gibis)... Nem sempre ele é ouvido como deveria, mas ele sempre tá indo pelas beiradas, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "A Eaglemoss está registrando no ISBN o que está parecendo uma expansão da coleção de Graphic Novels DC: Ed.61 - Caçadora e Ed.62 - Liga da Justiça."


    Oi, Carlos... Tdo bem?

    Eita, por essa eu não esperava tbm... Até onde sei, a "Coleção DC" teve uma boa arrancada de vendas (foi um sucesso na largada) e depois a galera foi abandonando a coleção aos poucos devido aos sucessivos aumentos e reajustes de preço (sem contar a seleção discutível de material, com ênfase demais em tranqueiras tipo a série: "Superman & Batman")!

    Mas enfim... Se vai rolar expansão, q traga mais material relevante então, né? Só espero q essa nova fase da coleção DC não termine com edições custando 100 reais, hehe!

    E valeu pela dica do evento nerd... O "X-9" esteve lá e vai me mandar um relatório completo até dos bastidores da parada, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Cobra vs Thor! é brincadeira né um vilão bucha desses enfrentar um deus Asgardiano?"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Hahaha... pior, né? Mas no começo da carreira o THOR enfrentava mesmo uns restolhões brabos q se fosse hj não dariam nem pro cheiro. Olha só essas capas abaixo:

    https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/S/cmx-images-prod/Item/2709/ICO000274._SX1280_QL80_TTD_.jpg

    https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/S/cmx-images-prod/Item/34467/ICO004814_1._SX1280_QL80_TTD_.jpg

    https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/S/cmx-images-prod/Item/145276/DIG028230_1._SX1280_QL80_TTD_.jpg

    Na 1º ele enfrenta um ditador comunista (um cara normal, sem poderes)... Em seguida: "Merlin" (o mago)... e "O Homem do Amanhã" (uma espécie de protótipo do "KANG": um cara q veio do futuro com alta tecnologia, mas sem nenhum poder pra bater de frente com um deus asgardiano)!

    E valeu pelo aviso qto aos "Caçadores"... Aqui pro sul deve demorar mais alguns meses, mas ficarei de olho assim mesmo qdo chegar!

    No mais... Parte da "influência" q algumas HQs comentadas aqui parecem ter de vez em qdo, deve ser (quem sabe) pq o "X-9" tem lá sua participação nos bastidores tbm, hehe (se ele tivesse mais poder de decisão por lá, a coisa ia ser bem diferente - podes crer)! Mesmo assim, pode deixar q vou providenciar uma postagem mais pra frente com o "Arqueiro" do Mike Grell (vou procurar os scans antes pra dar uma olhada, pois não lembro direito qdo li na época)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Nessa fase o Cobra costumava fazer parceria com o Mister Hyde, que era os "músculos" da dupla."


    Oi, Hunter... Do "Hyde" o Bendis até lembrou, hehe:

    Ele aparece na fase Bendis do "Demolidor" (já q tbm era vilão do demo). Mas foi uma participação rápida e pífia, diga-se de passagem!

    Já o "Cobra" eu não sei q fim levou mesmo... a última vez q vi ele num gibi acho q foi num dos últimos nº do "Cap. América" em formatinho da Abril (ele tava na capa do gibi até)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Essa raça de fã, que chamo de fã filmes, é a pior coisa que surgiu, eles não sabem nada e ficam pagando de entendedores e fazendo hater na net. Tudo fanboy do pior tipo. Já vi falaram cada bobagem. Eles são os que mais compram a ideia do Stan Lee criador único."


    E aí, Camus... blz?

    Esse tipo de fã é perigoso mesmo... Falo isso, pq ao bancarem os "especialistas" no assunto (sem nunca terem lido nada q preste na vida) acabam propagando na mídia verdadeiros absurdos q se tornam "verdades absolutas" pra outros fãs leigos (surgidos do cinema). Um dos maiores exemplos disso é a construção errôenea q fazem do Stan Lee ter sido o ÚNICO criador do Universo Marvel!

    E tenho certeza q eles defendem essa ideia pq veem o Stan Lee em todos os FILMES e nunca pararam pra pesquisar a VERDADE... E assim, contribuem de forma nefasta pra "adulterar" a História dos quadrinhos!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza, Leo, e você?

      Concordo com o que falou ai. Eu já parei a muito tempo de comentar em outros blogs ou sites, porque tá tudo infestado desse tipinho. E nem dizer coisas relevantes eles dizem, só falam bosta e xingam. Não tem qualquer conhecimento de hqs e nem nada. É o puro hater. Tanto da Marvel quanto da DC.

      Por isso eu só venho aqui no Submundo HQ mesmo, aqui não entra essa raça. Se entrasse, já teriam destruido teu blog a muito tempo e nem teriamos conversas interessantes mais aqui. Até quando rola discordancia aqui, é uma parada bem de boa.

      Abraço!

      Excluir
    2. Verdade, Camus...

      Eu já moderei por 5 anos alguns blogs de quadrinhos por aí (um deles era: o "Papo-Reto")... E é uma encheção de saco a gente ter q bancar "babá de marmanjo" (qdo poderia estar redirecionando o tempo desperdiçado com idiotas, pra debates mais interessantes e produtivos sobre HQs)! Por essas e outras q eu passo longe de fóruns hj em dia (e tbm de grupos de face e zap onde vejo troll se criando e procriando entre si)!

      Aliás, essa é a principal razão pela qual eu parei de divulgar o blog em outras redes... Pra não atrair o q não presta pra cá (eu estou mto satisfeito com o público q frequenta o "Submundo" e tenho a teoria de q os bons leitores saberão encontrar o caminho pra cá sozinhos - buscando por conta própria um espaço onde poderão debater de boa qq assunto relacionado à quadrinhos). Hj eu vejo q o melhor negócio (pra mim e pra quem frequenta o blog) é ter um grupo mais SELETO e livre de haters e trolls, hehe!

      Abs!

      Excluir
  20. "Só para citar alguns títulos de Cds dessa série com excelentes trilhas: O Espigão, O Grito, O Bofe, Chico City, O Homem que Deve Morrer, etc."


    E aí, Michel... blz?

    Q legal, eu tbm sou entusiasta de trilhas sonoras antigas de novelas... E anotei essas q vc falou (embora eu não tenha visto e nem conhecia alguns desses títulos q vc citou)!

    Atualmente, por exemplo, eu tenho assistido com a minha mulher a reprise da "Tieta" no Canal Viva... e a trilha sonora é mto boa (pelo menos pras músicas mais "lentas")!

    Vou baixar essa q vc sugeriu então, do "Homem que Deve Morrer"... Valeu mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. E aí Leo, beleza??
    Falar de Kirby é chover no molhado. Infelizmente,hoje já não tenho mais os formatinhos da Bloch,estragaram com uma enchente,mas para mim era um deleite aqueles desenhos.Só parei com o Capitão, depois de uma edição (ou no meio dela, não me lembro), quando mudaram de artista.
    É aí, que eu peço uma ajuda, quem sabe do VAM. Gostaria de saber quem era este desenhista? Pois nos traços dele,o Capitão mais parecia um GAROTO DE 17 ANOS,usando o uniforme do pai (uniforme largo e muito tosco),isso lá pela segunda metade dos anos 70.Vamos por eliminação: Não eram os Irmãos Buscema,Romita ou Colan.
    Abraços e fico no aguardo da ajudo.
    Celso - S.Gonçalo,Rj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Celso... blz?

      Bem, acredito q essa charada o VAM saiba resolver melhor do q eu, rs... Até pq, nem cheguei a ter as ed. da BLOCH (do "capitão" eu comecei direto com o nº 1 da Abril)!

      Porém, curiosamente, eu me lembro de uma história (da Abril) em q o capitão tava envelhecendo rápido e o uniforme começou a ficar mais folgado nele, rs (seio q não é a mesma situação q vc relatou, mas lembrei disso na hora)!

      Abs!

      Excluir
    2. "... acredito q essa charada o VAM saiba resolver melhor do q eu, rs..."

      Que nada, guardo facilmente de cabeça somente informações sobre o Bat-Universo, todas as outras, tenho antes que pesquisar em diversos sites.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  22. As histórias de Jimmy Olsen/Superman de Jack Kirby foram publicadas em um total de 15 revistas: Superman's Pal Jimmy Olsen N. 133-139 e N. 140-148, no período de outubro/1970 até abril/1972.

    A EBAL publicou tudo, na íntegra, no período de maio/1972 até agosto/1973 que pode ser encontrado nas revistas O Homem de Aço (Miriam Lane & Jimmy Olsen) do números 25 ao número 40 e também no Almanaque de Superman de 1973. Esse almanaque publicou duas partes da história que são as que equivalem às revistas
    Superman's Pal Jimmy Olsen N. 142 e 143.

    Todas essas publicações da EBAL podem ser encontradas facilmente para download no site www.guiaebal.com -- eu mesmo escaneei uma parte desse material usando o
    apelido "Esquilo42".

    Por engano, eu estava pensando que a revista Superman-BI tinha publicado também uma parte da história. Mas o que a Superman-BI N. 50 (maio-junho/1973) publicou foi apenas uma breve recordação da história que ocupa algo como 1 página apenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lenimar... Tdo bem?

      Brigadão mesmo pela ajuda na pesquisa dessas ed. da EBAL... Nunca as tive na forma física, mas vou baixar elas no "Guia Ebal" então (vale a pena ter o registro dessa passagem do Kirby pela DC em uma publicação nacional)!

      Eu escaneava gibis tbm lá nos primórdios da internet (e usava nicks tipo: "Sombra", "Bilbo", "Valete de Copas", "Catatau", "Ricardito", etc - essa parte da criação de nicks era uma das mais divertidas do trampo de escanear gibis, rs)!

      Pena q em pouco tempo deixei meu scanner cair da mesa e ele se espatifou no chão... Nunca mais comprei outro e acabou minha carreira no ramo (aí passei a ripar filmes da minha locadora e jogar no emule e torrent - dava menos trabalho, mas era uma função mais chata e didática do q lidar com gibis)!

      Abs!

      Excluir
    2. Obrigado por detalhar as edições, Sr. Lenimar.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Também escaneei muito gibi durante a década 00. O ato em si era demorado e trabalhoso, um saco mesmo, mas receber o retorno do pessoal que finalmente conseguiu ler/reler HQs há muito fora de catálogo era bom demais.

      Alguns daqueles scans ainda rolam por aí até hoje, como o do Motoca/Wolverine/Justiceiro e os dois encontros do Batman com Justiceiro. Ainda bem que liguei o foda-se e fiz numa resolução maior que o costume da época.

      Excluir
    4. Pior q era trabalhoso mesmo, doggma...

      Mas pra mim, escanear gibis era uma espécie de terapia relaxante, hehe... Pois enquanto eu escaneava, eu ia relendo as histórias. Claro, q isso só era possível numa época em q eu tava solteiro e desempregado (com mais tempo livre do q tenho hj em dia). Aliás, se eu não tivesse quebrado meu scanner com pouco menos de 1 ano e meio de uso, eu não teria continuado no ramo de qq forma (devido à minha migração pras cópias de FILMES - q passaram a me ocupar mais tempo)!

      Mas eram bons tempo, não vou negar, rs...

      Abs!

      Excluir
  23. Caro Léo: eu vi os comentários sobre trilhas sonoras de novelas acima e não resisti e também gostaria de contribuir um pouco com isso. Apesar de eu gostar de algumas trilhas sonoras antigas de novelas da Globo, eu prefiro mesmo as da Rede Tupi de Televisão. A Tupi tinha algumas trilhas que eram incríveis e que foram muito marcantes para mim tais como "Os Inocentes", "A Barba Azul", "Vitória Bonelli" -- todas do início dos anos 70, todas inesquecíveis.

    E tem mais: eu costumo associar determinadas músicas com algumas revistas da EBAL que circulavam na época. Por exemplo, toda vez que eu escuto "My Sweet Lord" de George Harrison, eu lembro dos almanaques da EBAL de 1971, toda vez que escuto "Detalhes" de Roberto Carlos eu lembro na hora do Almanaque de Superman de 1972 e assim por diante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, te agradeço tbm pelas dicas de trilhas dessas novelas... Embora eu não tenha assistido essas dos anos 70, em matéria de música eu só curto e me interesso por essas mais antigas mesmo (dos 60 até meados dos anos 80, de preferência)!

      Atualmente, tô baixando a trilha da novela: "Champagne" (do início dos anos 80 - mto boa e tem várias baladas da época)... A seguir virão: "Pai Herói", "Eu Prometo", "Água Viva", e "Selva de Pedra" (1º versão)!

      Abs!

      Excluir
    2. Leo, experimente também as seguintes trilhas, além daquelas que havia citado:

      Pigmalião 70;
      Cavalo de Aço;
      Carinhoso;
      O Astro (versão de 1977);
      Te Contei?
      Eu Prometo;
      Vereda Tropical;
      A Gata Comeu;

      Há outras trilhas nacionais ótimas, mas a lista ficaria muito longa.
      Leo, é cada MÚSICA linda de viver que está nessa pequena amostragem... Confira!

      A trilha sonora de "O Espigão" é particularmente fantástica. As seguintes canções são SOBERBAS:

      Subindo o Espigão;
      Alfazema;
      Berceuse;
      Na Sombra da Amendoeira;
      Último Andar;

      Ouça-as e até a próxima,

      Michel


      Excluir
    3. Opa, valeu mesmo por mais essas dicas, Michel...

      Anotei todas pra baixar (tirando o "Eu Prometo", q eu já tenho completa: e q tem como minha favorita: "I Like Chopin" eu sua melhor versão, do Gazebo)!

      Abs!

      Excluir
  24. "É aí, que eu peço uma ajuda, quem sabe do VAM."

    Olha se fosse uma pergunta sobre o Batman eu te respondia na hora, mas sendo sobre a Marvel, não sei informar, não.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato França23/09/2017 01:55

      Olá,Vam. Você é aquele rapaz,presidente de um fã clube do Batman que foi entrevistado pelo Jô Soares,na época do primeiro filme?

      Excluir
    2. De qualquer maneira, valeu pela informação VAM!.
      Celso.

      Excluir
    3. Não sou eu não, Renato.

      Nem sabia que o Jô entrevistara um Bat-Fã.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  25. Eu não tenho a mesma visão da maioria das pessoas daqui sobre as coisas atuais. Acho que em tudo existe muita coisa excelente...obviamente mergulhado em um mar de bosta...como antigamente...mas hoje é mais fácil ter acesso aos dois tipos de conteúdo e justamente por isso dá sensação de que tem só coisa ruim (mesmo porque a produção hoje em tudo me parece ser maior). Dito isso...também sou da opinião que o material clássico datado (e por datado uso como um ponto positivo...pois é isso mesmo que o diferencia do que é hoje produzido...ele tem características próprias que são muito dificeis de serem reproduzidas atualmente) muitas vezes é niglegenciado em nossa Terra. É realmente um absurdo que um DEUS dos quadrinhos como Kirby não esteja recebendo a atenção merecida...essa publicação do Super Powers foi uma brincadeira de mal gosto da Panini...e eu acho que a editora acerta muitas vezes...mas desta vez...foi lamentável. Outro que tem um tratamento mais ou menos por aqui é o Tezuka...as edições dos quadrinhos dele sofrem com péssima revisão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Fábio... blz?

      Quem me vê falando às vezes, até pode pensar q sou um daqueles leitores jurássicos e totalmente intolerantes com o material mais atual... Só q isso não é verdade:

      Eu tenho uma "preferência" pelo material clássico (é o q me motiva a seguir colecionando HQs)... Mas isso não quer dizer q eu despreze o material atual, mto pelo contrário, tem várias séries novas/recentes q eu gosto mto:

      -Justiceiro MAX (Ennis e Aaron)
      -Demolidor (Bendis e Brubaker)
      -Surfista (Mike Allred)
      -Kick-Ass
      -Escalpo
      -Mortos-Vivos
      -X-O Manowar
      -The Boys
      -Providence

      E por aí vai... é tudo uma questão de saber "peneirar" bem aquilo q presta no mercado atual!

      Abs!

      Excluir
    2. Pô Leo, atual mesmo dessa lista é o Surfista do Allred e Providence.

      TWD e X-0 já estão por aí uns 10 anos, não?

      E o restante é re-publicação...

      Isso só prova o quanto é difícil a gente gostar de coisa muito nova.

      Principalmente se esse novo ou atual a gente considerar a partir de NewRenascimento52DCYou e NovaDiferenteNovaMarvel...

      Não tem jeito não, a gente tá ranzinza mesmo.

      Abs,
      VAMvelho!

      Excluir
    3. E aí, VAM... blz?

      Algumas dessas séries eu considero "novas" pq recém estrearam no Brasil OU ainda não foram concluídas pelas editoras nacionais (é o caso de "X-O" e "The Boys" - q existem há um bom tempo, mas ainda são "novidade" no mercado nacional)!

      Por isso é q eu dou um "limite de tolerância" de uns 10 a 15 anos pra considerar um material como sendo "novo", rs!

      Abs!

      Excluir
  26. Oi Leo!

    A expansão da Coleção DC Eaglemoss foi uma surpresa para mim também que achei que esta ficaria pela metade por aqui devido às baixas vendas, e seria substituída pela do Batman (que vende bem como dizem por aí!).

    Eu fiquei feliz com a expansão, o que me desagrada porém é o preço exorbitante cobrado pela empresa e as "substituições" por materiais medíocres!

    A expansão traz a "nata", como "A Era de Ouro", "Reino do Amanhã","Monstro do Pântano", "Crise de Identidade","Batman -A Odisseia" (inédito por aqui!), "Batwoman", "Crise Infinita", dentre outras:

    https://shop.eaglemoss.com/de/dc-graphic-novels-collection

    Esta da Caçadora - "Cry For Blood" a primeira da expansão, é inédita por aqui, e escrita pelo Greg Rucka.

    Eu gosto muito da Çaçadora, pena que zoaram ela nesta porcaria de Novos 52, desfigurando a personagem.Parece que corrigiram a burrada no Rebirth!

    A Panini pulou esta que irá sair na expansão e pulou "Huntress -Year One" , e "Crossbow At The Crossroads".

    Huntress - Year One , eu comprei meses atrás pela Amazon depois de ler por scans, e é um material muito bom e bem desenhado! Paguei R$ 40,00 com uma promoção do site e um cupom de desconto!!

    Ela estará de volta na sexta temporada de Arrow, e espero que esteja mais fiel aos quadrinhos!!

    Hoje, chegou a do Aranha por aqui, comprei o primeiro exemplar, mas não pretendo fazê-la inteira, apenas algumas edições!

    Olha estas duas que eu descobri- Transformers e 2000 AD:

    http://www.transformerscollection.com/

    http://www.2000adcollection.com/

    Ah, aquelas da Del Prado de "Grandes Clássicos da Literatura em Quadrinhos" em capa dura foram relançados em bancas no valor de R$ 7,90, o que me animou a fazer e completar esta coleção com este módico preço!

    "Future Quest" eu não sabia se ia para as bancas ou não já que nem consta no checklist da Editora, e como está tudo atrasado, mandei buscar pela Amazon.

    Olha, valeu a pena, é bem bacana (nada fenomenal!), mas é bom vale a pena o investimento!

    Espero que você comente sobre ela em alguma matéria para fazer mais comentários sobre a revista e os personagens que marcaram nossa infância!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crise Infinita e Crise de identidade não faz parte da coleção da DC, ela faz parte da coleção de Crises da DC da Eaglemoss(que também conta com a Crise nas infinitas terras) que vai formando uma lombada.

      https://i.imgur.com/Gr3aume.jpg

      Excluir
    2. Oi, Elcio... Tdo bem?

      De fato, a expansão DC tá BEM mais interessante q a 1º fase (dominada por materiais descartáveis tipo: "Superman & Batman")... Só espero q a Eaglemoss procure seguir o conteúdo original sem mtas alterações agora q a coisa vai ficar realmente BOA!

      E putz, uma pena q zoaram demais a "Caçadora" nessas séries, hein? A Panini publicou tanta porcaria nesses mixes de mensais, q poderia ter pulado alguma outra coisa em prol da caçadora (q parece ser interessante)!

      Sobre o "Arqueiro Verde"... Nossa, como eu tô atrasado: Desde o ano passado q não consigo mais retomar meus filmes e séries (naminha rotina atual não me sobram mais umas 2 horas livres por dia pra assistir alguma coisa na TV - é fóda, o pouco q me resta de tempo eu acabo dedicando ao blog ou à leitura de algum gibi)!

      Digo, falo isso pq parei na metade da 2º temporada do "Arqueiro"... e agora vc tá me falando q já tá na 6º (sem falar q parei na 1º do "Flash" tbm e só comecei a "Supergirl" e "Lendas do Amanhã")!

      No mais... não fiz a coleção de "Clássicos da Literatura" da Del Prado, pq já tinha metade dela pela L&PM (e não quis seguir adiante em outro formato pra não despadronizar o q eu já tinha)! E "Future Quest" eu não li ainda, mas vou comprar com certeza e depois de ler pretendo fazer uma matéria aqui pro blog sim, rs!

      Abs!

      Excluir
  27. Olá Leo, tudo bem?
    Peguei ontem a ed.76 (lombada) da Salvar Capa Preta - Sem Medo, e ela veio com aumento: R$ 42,90. Até achei razoável pois a Salvat segurou o preço por um bom período.
    Promoção Saraiva: A Saraiva está com uma promoção de aniversário de 15% em qualquer livro. Como eles já estão com descontos e eles se acumulam, os descontos finais ficam interessantes. Tem também 10% de desconto no boleto. Terra X saiu de R$ 100,00 por R$ 61,20. Itens de banca Inuyashiki vol.3, Hellblazer Origens vol.3, Future Quest e MM por GP vol.4 saíram com 35% de desconto. E ainda peguei Hunter (Eeerie presentes) por R$ 46,12. Estou pondo algumas leituras em dia. Wytches achei razoável, nada excepcional. Terminei The Boys vol.1 e achei muito f*d@. Espero que mantenha o ritmo nas edições seguintes. Estou lendo Saga vol.1 e estou gostando bastante.
    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Carlos... blz?

      Da Salvat capa-preta eu tô atrasado (devido à setorização) e a próxima q virá pra cá e q me interessa é a do "Dr. Estranho - Uma Realidade à Parte"!

      E q barbadas essas q vc postou aí acima, hein? (com destaque pra "Terra X" por quase metade de preço, rs)!

      Qto à "The Boys"... Pode ficar tranquilo, pois se vc curtiu o Vol. 1, saiba q a série vai ficando cada vez mais grotesca e bizarra nas próximas edições, rs! O Vol. 5 já entrou em pré-venda e trará a série: "Herogasm" (hehe)!

      Abs!

      Excluir
  28. Boa noite Leo,
    Tudo bem,aproveitando o assunto Dc comics ,la fora lançaram GREEN ARROW VOL. 9: TP do MIKE Grell

    http://static3.cbrimages.com/wp-content/uploads/2017/09/GA-V9-old-tricks.jpg?q=35&w=864&h=1311&fit=crop

    Por aqui bem que poderiam relançar a mini-serie em 03 edições Caçadores (publicado na editora abril).
    Uma edição de lendas matava tudo.
    Abraço!
    Julio
    Ps. Parabéns pelas postagens sobre o rei Kirby . Será que alguém já fez o exercício de imaginar o que seria universo dos quadrinhos de super heróis sem ele e Stan Lee?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Julio... blz?

      Puxa, q capa espetacular essa do "Arqueiro" do Mike Grell, hein? Isso TEM q sair aqui algum dia pelamor (a panini tá rateando feio em não trazer esse material pra cá - q além de bom ainda pegaria embalo num seriado de TV q tá na 6º temporada)!

      Os "Caçadores" vai sair pela Eaglemoss... Mas concordo q a panini podia publicar numa ed. de "lendas" (por menos da metade do preço, rs)!

      E eu (particularmente) não gostaria de estar num universo paralelo SEM a intervenção da dupla Lee/Kirby, hehe...

      Abs!

      Excluir
    2. Sem ele e Lee, eu diria que os únicos supers que PODERIAM ser ainda publicados hoje em dia seriam Super-Homem e Batman. Talvez a Mulher Maravilha, já que ela precisa ficar em publicação contínua para os direitos não reverterem à família dos autores.

      Só que a indústria de quadrinhos americana seria tão diferente que eu não ousaria prever.

      Excluir
    3. Leo, Hunter
      Batman,Super-Homem,Mulher Maravilha ou seja olhando os anos 50 da para ter uma boa ideia desse universo sem eles(Lee/Kirby).
      Seria quase como um universo onde só teria a coleção Dc Eaglemoss , eu provavelmente só ia ler terror e escracho.
      Leo sobre os Caçadores vou esperar quem sabe a Panini lance ou eu pegue a vintage em uma gibiteria de um amigo mas não pago 55 paras esses caras de jeito nenhum.
      Alem de cara e o preço não da sinais de parar de aumentar essa é uma serie coleção Dc Eaglemoss para "batmistas" com meia duzia de personagens girando em torno dos três citados no começo do texto e ignorando os decenautas que acompanham as hqs de longa data e um universo inteiro da Dc comics bem mais rico e amplo que isso.
      Valeu!
      Julio

      Excluir
    4. É interessante imaginarmos mesmo um mercado de HQs onde a Marvel não teria prosperado nos anos 60... Um mercado SEM a intervenção de Lee/Kirby!

      "SE" o gênero de super-heróis ainda existisse nessa simulação... Eu tbm apostaria numa continuidade da DC (q iniciou a Era de Prata com o "Flash" e tava indo bem com o "Lanterna" do Gil Kane) e quem sabe um "revival" de antigos heróis: "Fantasma", "Mandrake", "Flash Gordon", etc!

      E qto aos "Caçadores"... eu ainda acho q a panini encaderna esse material (cedo ou tarde): não descarto a ideia de tbm esperar uma outra versão futura dessa série!

      Abs!

      Excluir
  29. Beleza Léo? Acho, que o desenhista do capitão que o rapaz se refere,se não me engano, é o Frank Robbins. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Wander... blz?

      Olha, é possível sim... Faria sentido diante do estilo de traço dele, rs (valeu pela ajuda):

      https://i.pinimg.com/736x/c7/e8/f0/c7e8f01cf4af8707f91d5c4390a69b9e--classic-comics-marvel-comics.jpg

      http://1.bp.blogspot.com/-jr2sNiVVl9g/TnVFmU1OfwI/AAAAAAAAjKo/ZuM2-OC42rg/s640/Invaders_07_01.jpg

      Abs!

      Excluir
  30. Leo, acabei de pegar a lendas super powers, comprei na saraiva por 15 contos, o que me chamou atenção foi "superman o bárbaro", sensacional. Inclusive é uma das capas da sua postagem.

    Abs!
    David

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, David... blz?

      Esse "Super Powers" é meio tosquinho mas até q diverte, rs... Eu gostei dumas piadinhas entre o "Batman" e o "Gavião Negro", qdo este (carregando o batman no ar) tirou uma onda perguntando pq ele adotou o nome de "morcego" se não conseguia voar? (bobagens q divertem, rs)!

      Abs!

      Excluir
  31. E aí, LEO?

    Aproveitando as comemorações do centenário de Kirby, publiquei em meu novo blog a tradução de algumas histórias raras escritas e ilustradas por ele em 1958 para a editora Harvey (conhecida por publicar as revistas do Gasparzinho e do Riquinho!).

    Se quiser conferir, o endereço é: https://textocorridoblog.wordpress.com/.

    Por incrível que pareça, essas histórias estão em domínio público (por questões de renovação dos direitos, segundo a legislação da época), mas só foram republicas nos EUA em 2013. No Brasil, pelo que pude ver, elas são inéditas (talvez você ou os colegas do Submundo possam confirmar isso).

    Até mais,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Martin... blz?

      Puxa, eu não sabia q vc tinha um blog tão sensacional e com matérias tão caprichadas e bem pesquisadas: Meus sinceros parabéns pelas matérias sobre o Kirby (salvei outras do blog tbm pra ler com calma depois)!

      Mas sobre as histórias em si q vc citou (e q estão em domínio público)... Por serem mto antigas, não sei dizer ao certo se saíram ou não no Brasil: Pois nem mesmo o "Guia dos Quadrinhos" tem o conteúdo completo de todas as revistas mix dos anos 40, 50, e 60. Ou seja, algumas dessas podem ter saído em publicações diversas da época (OU, ainda podem permanecer inéditas por aqui sim)!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...