03/03/2015

"TEX" (Lançamentos): É Chumbo-Quente Nas Bancas Com Vários Gibis do "TEX"....

"TEX" É mais do que uma simples série em quadrinhos: É um fenômeno nas bancas (que atravessa gerações).... E pra sustentar essa afirmação, basta uma rápida olhada na quantidade de títulos estrelados por esse ranger do velho oeste: Uma média de 6 a 8 gibis por mês (ou 2 por SEMANA). Entre os próximos lançamentos:

"Tex Gigante em Cores 5 - Arizona em Chamas", "Tex em Cores 25 - O Homem da Caveira", "Tex Ouro 77 - As Colinas dos Sioux", "Tex Ed. Histórica 91 - O Xerife Tex" (Já republicada há pouco tempo em "Tex Férias 11"), "Tex Coleção 374 a 376" (com as histórias: "A Arma do Massacre", "O Povoado Escondido", e "A Cidade Podre").... E uma SURPRESA: O "TEX de SERPIERI" (o mesmo artista criador da "DRUUNA")!!!

Confira abaixo (Só tem "TEX" nesta postagem):

"Tex Gigante em Cores 5 - Arizona em Chamas": A coleção de luxo do "Tex" (gigante, capa-dura, custando 70 reais) parece ter emplacado perante os leitores e o Vol. 4 ("Chumbo Ardente") mal chegou nas bancas (semana passada) e já temos o Vol. 5 anunciado aí (capa acima). De Nizzi & De La Fuente, a trama envolve questões políticas e racismo, levando Tex a intermediar um processo de paz pra evitar uma guerra entre índios e brancos. Mas o assassinato de uma autoridade de Washington pode botar tudo a perder. Uma edição explosiva e com temática cada vez mais atual!!!

"Tex em Cores 25 - O Homem da Caveira": A coleção colorida de Tex (em formato italiano e papel couché) chega ao nº 25 republicando em ordem cronológica as histórias clássicas do ranger (desde sua 1º aparição em 1948). O "Homem da Caveira" é um disfarce que Tex usava (uma roupa de esqueleto) pra combater o preconceito de uma cidade após ter livrado um homem negro da forca. De quebra, ainda traz o final da saga iniciada na ed. anterior: Com o FIM do "Diabólico Mefisto" (o maior inimigo de Tex em todos os tempos)!!!

"Tex Ouro 77 - As Colinas dos Sioux": Uma saga completa em um mega-tijolão com 332 pág (R$ 23,40). Esta aventura tem um final amargo, triste e comovente: Não só pelos rumos dramáticos da trama, mas também (ironicamente) por ter sido o último trabalho do artista Vicenzo Monti (pouco antes de sua morte). Mais uma vez, Nizzi aborda a guerra entre índios e brancos em conflitos violentos (sem poupar crueldades e traições de ambos os lados). Um épico publicado anteriormente aqui na revista mensal do "Tex" (entre as ed. 396-399)!!!

"Tex Ed. Histórica 91 - O Xerife Tex": ATENÇÃO... Esta saga (completa) já havia saído em 2012 na revista: "Tex Férias 11" (capa abaixo - no final da matéria). A Mythos não teve opção a não ser republicar o material de novo (em tão pouco tempo) pelo fato da coleção "Ed. Histórica" ter atingido o momento cronológico dessa aventura (isso é inevitável quando um personagem tem dezenas de revistas diferentes nas bancas, rs). Mas quem coleciona "Tex" deve estar sempre atento ao conteúdo das edições (pra não comprar material repetido). Seja como for, é uma saga clássica e altamente recomendável (pra quem ainda não tem): São 284 pág (R$ 21,90) e traz um editorial explicando melhor os motivos dessa republicação!!!

"Tex Coleção 374 a 376" (com as histórias: "A Arma do Massacre", "O Povoado Escondido", e "A Cidade Podre"): Dose TRIPLA dessa revista (de periodicidade quinzenal) este mês. "Tex Coleção" republica as histórias clássicas de Tex (em P&B) e sua avançada numeração reapresenta a série agora em sua "Fase de Ouro" (anos 80). O destaque aqui vai pra ed. 376 (A Cidade Podre): Uma história COMPLETA e desenhada por Civitelli (já publicada aqui pela última vez em "Almanaque Tex 34" (de 2008)!!!

"TEX de SERPIERI": O criador da "DRUUNA" (a personagem feminina mais erótica e voluptuosa dos quadrinhos) apresenta aqui sua versão do universo de TEX. Trata-se de uma NOVA coleção de LUXO lançada apenas LÁ FORA (por enquanto) e cuja proposta será trazer artistas convidados pra desenharem histórias do Tex. A estreia foi com Serpieri (acima postei a capa da ed. e uma pág mostrando a riquíssima arte e cenários bem detalhados - outra especialidade do artista também). Ainda não há previsão de lançamento no Brasil, mas tudo indica que este possa ser um dos grandes lançamentos pro futuro (vamos aguardar e torcer, rs)!!!

Até+

PS: AVISO: Se os fãs e leitores do "TEX" tem motivos de sobra pra comemorar.... Os de "ZAGOR" não terão a mesma sorte, pois a revista: "Zagor Extra" será CANCELADA este mês na ed. 123!!!

67 comentários:

  1. Quero ver!! Termina, termina, termina!!! Rsssss.

    ResponderExcluir
  2. "Quero ver!! Termina, termina, termina!!! Rsssss."


    Já tá na mão, brother.... rs!

    Demorei mais pq cada gibi acima eu tinha q pesquisar preço e listas de histórias pra comentar sem me confundir (pois tantos títulos assim com o mesmo personagem bagunçam minhas ideias tbm, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rss. Gosto de ler suas postagens e, falando de Tex que gosto bastante, só melhora! Nunca experimentei Zagor, mas sabendo da última edição de Extra, deu uma certa vontade de ler. Mas sou mais fã mesmo é de Julia, no qual tenho vários números e a alguns anos venho comprando mensalmente (a algum tempo bimestralmente).

      Excluir
  3. Amando as edições gigantes em cores. Sempre quis ter um ponto por onde começar a ler Tex, desde pequeno, e esses lançamentos são uma oportunidade de ouro.

    Zero arrependido de ter investido e de continuar a investir.

    ResponderExcluir
  4. "Amando as edições gigantes em cores."


    E aí, silas.... blz?

    Pra mim tbm tá sendo uma ótima oportunidade de ler essas ed. "GIGANTES", já q perdi boa parte da coleção em P&B.... Como foram apenas umas 30 ed. ao todo lá fora, acredito q a Mythos deva reduzir esse ritmo alucinante de lançamentos dessa coleção daqui pra frente (senão, em pouco tempo irá alcançar a versão em P&B, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  5. OI, Leo.. Tudo bem contigo ? Tomara que sim, embora com o dolar nas alturas, os nossos gibis ficam mais caros....

    O TEX e realmente tudo de bom , e dificil escolher qual o momento mais marcante do personagem. Eu coleciono os especiais, ouro, cores, historica, almanaque, gigantes e e incrivel como ele NÃO perde a qualidade.

    COmo escrevei para a Mythos uma vez, o TEX é alguem que gostariamos de ter como amigo. Leal, justo, incapaz de uma sacanagem, tem senso de humor e tambem age com inteligencia.

    DAs historias que mais me marcaram foram El Muerto ( incrivel, soberba, com o final inspirado no Tres Homens em Conflito ) ; Os Vingadores ( um dos proximos Tex Gigantes, com o MAgnus realizando o seu canto do cisne numa historia extraordinaria. Tenho a edição italiana colorida e ficou sensacional...) ; Tex do Joe Kubert, simplesmente brilhante com planos de cinema durante a aventura ; e ainda a recente Tex Ouro ( não lembro o nome ) contra o cego louco Jack Thunder e o historico duelo na mina ( era um inimigo que podia voltar ).

    Tenho ainda uma opinião que deve suscitar polemica : acho o Tex de Nizzi, Ruju, Segura, etc., muito mais humano do que o criado pelo grande Bonelli ( sem desmerece-lo ). Mas o Tex do Bonelii tem horas que é o "Fodão " ( mesmo caso do Reginald Hudlin no Pantera Negra, que conseguiu transformar um personagem sensacional em um personagem inverossimil e ate ridiculo - lembra-se da chave de braço no Surfista ? Ainda bem que na extensão da coleção da Salvat está previsto o encadernado com o arco do Terror Negro, escrito pelo Don McGregor ) e isso ficava meio bobo. O Tex posterior humanizou-se, tornou-se até sensivel ( vide a história onde o mesmo volta a cidade onde seu irmão foi morto e a tocante visita ao tumulo deste ) e continua com seu carisma imbativel.

    A historia do Sinal de Cruzado ( acredito que num proximo Tex Ouro ) também é uma das minhas preferidas pela sua dramaticidade e enredo fantastico ( cortesia do Sergio Bonelli ). Falando do mesmo, não podemos esquecer o Zagor, criança dele e que possui incriveis histórias como o Raio da Morte, A Areia e Vermelha ( parece que vc. esta vendo um filme do John Ford esta história ) e a excepcional Fim do Mundo, escrita pelo Tiziano Sclavi ( Dylan Dog ) onde o Prof. Hellingen consegue alterar a realidade e Zagor procura a ajuda de Manitu.

    Enfim, o universo Bonelli é por demais prazeiroso e rico, suas historias encantam, comovem e fazem pensar e sempre que possivel devem ser publicadas materias sobre Tex, Zagor e cia.

    Abraços, felicidades e desculpe pela empolgação.

    LUiz Henrique Trompczynsk
    Terra Rica/PR

    ResponderExcluir
  6. LEO, vc foi certeiro ao dizer que Tex é um fenômeno que atravessa gerações. E noto mais algo: está conhecendo uma nova projeção entre leitores mais jovens, muito em razão da boa divulgação em páginas e blogs, a exemplo do seu. Abraços!!!

    ResponderExcluir
  7. MAs o cancelamento do Zagor não foi pelas baixas vendas, pois tem publico fiel, mas sim porque as edições se encontraram e existem poucas historias ineditas. OU seja, desde o inicio, Zagor Extra tinha previsão de acabar assim que cumprisse a sua missão, que era a publicação da melhor fase do Zagor ( roteiros do incrivel Moreno Burattini, que acaba por sempre se superar ), ficando apenas historias mais antigas e sem tanta importancia

    Mais abraços.

    Luiz Henrique Trompczynski

    ResponderExcluir
  8. "O TEX e realmente tudo de bom , e dificil escolher qual o momento mais marcante do personagem. Eu coleciono os especiais, ouro, cores, historica, almanaque, gigantes e e incrivel como ele NÃO perde a qualidade."


    Oi, LUiz Henrique.... Tdo bem?

    Tá difícil mesmo equilibrar as contas e os gibis no orçamento do mês, hehe.... Mas vamos indo bem na manha (cortando uns e priorizando outros, rs). E realmente, uma das características mais impressionantes do "TEX" é ter atravessado todas essas décadas e gerações SEM perder qualidade e SEM ter passado por reformulações absurdas (ao contrário de tantos outros heróis de gibis q conhecemos)!!!

    Tbm coleciono vários títulos do "TEX", mas apenas aqueles q trazem histórias completas (minha revista favorita era a "Grandes Clássicos", pena q foi cancelada no nº 30). Não sigo numerações contínuas tbm, pois mtas histórias se repetem nas diversas coleções (a exemplo do caso relatado na matéria envolvendo a saga: "O Xerife Tex") e um dos meus critérios é jamais comprar material repetido (a menos q eu tencione me livrar da versão anterior)!

    Eu tbm coloco a história do "El Muerto" entre minhas favoritas (e inclusive ela estará na minha lista de "TOP 100" - q deve ir ao ar aqui no blog em breve), mas o final dessa história (com o relógio de bolso) foi inspirado no filme: "Por Uns Dólares a Mais" (q tbm é do Sérgio Leone - mesmo diretor dos "3 Homens em Conflito"): Faz pouco tempo q revi essa trilogia do Leone e é espetacular mesmo. Já a saga do "Jack Thunder" saiu no "Ouro 72 - Os 7 Assassinos" (excelente em todos os aspectos e uma das melhores HQs de faroeste de todos os tempos)!!!

    Ah, e obrigado pelas várias dicas de histórias.... Anotei as suas recomendações (até pro "Zagor", q é uma série q pretendo experimentar um dia). Valeu mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "LEO, vc foi certeiro ao dizer que Tex é um fenômeno que atravessa gerações. E noto mais algo: está conhecendo uma nova projeção entre leitores mais jovens, muito em razão da boa divulgação em páginas e blogs, a exemplo do seu. "


    E aí, Kleiton.... blz?

    Sim, vc tem razão.... "TEX" é uma série q tá sempre renovando público através da propagação positiva de boas recomendações: Quem lê TEX acaba indicando pros amigos e comentando em blogs e outras redes sociais. O leitor q já tá de saco cheio da mesmice dos super-heróis e busca algo diferente (mas de qualidade) pra ler, acaba experimentando os gibis do TEX (e não conheço ninguém q tenha se arrependido disso)!

    "TEX" é uma leitura tão boa, q mesmo sendo uma HQ "pra macho" (totalmente voltada pro público masculino), a qualidade das histórias é tamanha q até as meninas acabam curtindo (temos como exemplo maior a nossa amiga e colega blogueira Fernanda Bender, q não teve preconceito em experimentar um gênero tão diferente ao qual estava acostumada e acabou virando fanzaça do personagem, rs). "TEX" tbm é um gibi herdado de pai pra filho, formando-se um ciclo interminável de novos leitores!

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. "MAs o cancelamento do Zagor não foi pelas baixas vendas, pois tem publico fiel, mas sim porque as edições se encontraram e existem poucas historias ineditas."


    E aí, Luiz Henrique.... blz?

    Eu não falei q o cancelamento do "Zagor" tinha sido por baixas vendas.... Só anunciei o fato e constatei q isso não seria motivo pra comemoração pelos fãs do personagem (afinal, uma revista a menos é sempre uma perda pra quem coleciona - e essa revista "Zagor Extra" era uma boa chance pros fãs reverem algumas das melhores histórias dele)!

    Espero q a Mythos aproveite a oportunidade e relance algo com as primeiras histórias do "Zagor" (até mesmo pra eu experimentar e poder começar a colecionar de algum ponto, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. A pergunta que me vem após ler o inicio dessa matéria é: o Brasil é o país que melhor acolheu Tex fora o seu país de origem?

    ResponderExcluir
  12. "o Brasil é o país que melhor acolheu Tex fora o seu país de origem? "


    Boa pergunta, Marcelo....

    Não sei ao certo, mas por tudo q já li a respeito em entrevistas e declarações de editores e artistas.... Eu acredito q SIM, depois da Itália é provável q o Brasil seja o 2º país q mais consuma gibis do "Tex" (bem mais q nos EUA)!!!

    Somente uma forte legião de leitores faria um mesmo personagem ter tantos títulos assim nas bancas.... Lembrando q até os medalhões da Marvel e DC (Aranha, X-Men, Batman, Vingadores) não conseguem emplacar tantos títulos num único mês (podem até vender mais em tiragens, mas manter uma média de 6 a 8 revistas por mês é pra poucos - talvez só a "Mônica" consiga essa façanha)! Vale incluir tbm nessa equação a massiva quantidade de pág de cada um desses gibis do "Tex" (os mais "fininhos" possuem mais de 100 pág)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. Grande leo, que post maneiro cara. Como eu já comentei antes aqui no blog Tex é o item principal da minha coleção. Tanto que abandonei vários títulos só pra poder acompanhar o Tex. Sobre esse a cores com a história do homem da caveira não é a mesma que saiu nos grandes clássicos 10 com o título febre amarela? Eu.lembro que a história se refere a invasão dos brancos no território navajo em busca de ouro, o que levou o tex a usar essa fantasia pra espantar os brancos do território índio. Não lembro de nenhuma menção sobre preconceito e nem do tex salvando um cara da forca. Mas eu li essa história faz um tempo e pode ter me passado batido. Vou ter que ler de novo.
    Valeu por ter destacado o tex num post unico e Abraços

    ResponderExcluir
  14. Bem que a Mythos podia relançar Conan em encadernados com a frequência que estão saindo estas do Tex.

    ResponderExcluir
  15. Nunca li e morro de vontade de conhecer. Qual vc me indica destas ??? Quero uma história fodástica e fechada para eu ficar totalmente viciado !!!! Ps: Adoro o gênero faroeste nos cinemas...isto dever ser bom sinal rs

    ResponderExcluir
  16. "Nunca experimentei Zagor, mas sabendo da última edição de Extra, deu uma certa vontade de ler. "


    E aí, BRS.... blz?

    Eu li algumas histórias do "Zagor" há mtos anos atrás.... Nunca me motivei a seguir lendo (não achei ruim, mas tbm não tive vontade de ir adiante). Porém, isso faz mto tempo e posso ter aprimorado meus gostos de lá pra cá. Por isso, eu gostaria de reler "Zagor" (quem sabe desde suas primeiras histórias pra ver se minha opinião mudaria hj)!

    Qto à "Júlia".... é a mesma coisa: Me faltou oportunidade de ler desde o começo e não quis começar em estágio avançado. De repente, se republicassem as primeiras histórias essa é outra série q eu gostaria de conhecer melhor!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Sobre esse a cores com a história do homem da caveira não é a mesma que saiu nos grandes clássicos 10 com o título febre amarela?"


    E aí, Fabiano.... blz?

    É essa história mesma, brother.... Tenho ela nessa ed. de "Grandes Clássicos 10" tbm. Faz tempo q li essa história (e minha memória já não é mais a mesma), mas retirei esses trechos sobre a forca e preconceito do próprio release oficial da edição (detalhes mto específicos da trama eu tbm não lembro, embora essas histórias mais clássicas misturassem vários elementos e temáticas no roteiro ao mesmo tempo)!

    E te entendo perfeitamente.... Pois se eu tivesse q abandonar ou cortar quase todos os gibis q acompanho atualmente, certamente "TEX" é um q eu tentaria manter de qq jeito (é minha leitura de cabeceira favorita, rs)! No mais, esta postagem única sobre "TEX" só foi possível pq o fluxo de lançamentos com ele quebrou todos os recordes agora.... Nunca vi tanto gibi do "TEX" sendo lançado ou anunciado de uma vez só!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. "Bem que a Mythos podia relançar Conan em encadernados com a frequência que estão saindo estas do Tex."


    Verdade.... Seria ótimo se fizessem isso mesmo:

    A fase clássica do "Conan" (Thomas/Buscema) faz tempo q tá merecendo uma bela coleção de encadernados.... Se usassem o mesmo formato da "Cripta", acho q seria o ideal pra "Espada Selvagem"!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz igual a Salvat. Lance alguns encadernados teste e com certeza vão ter o retorno ( R$ ) investido.

      Excluir
  19. "Nunca li e morro de vontade de conhecer. Qual vc me indica destas ??? Quero uma história fodástica e fechada para eu ficar totalmente viciado !!!!"


    E aí, Fábio.... blz?

    Acho q a melhor saga do "TEX" q eu poderia recomendar pra quem quiser começar.... Não é nenhuma dessas acima, e sim o "Tex Ouro 72" (Os 7 Assassinos) - q foi até mencionada num comentário entre as histórias mais espetaculares do "Tex" (essa ed. ainda pode ser encontrada facilmente por aí - inclusive no próprio site da Mythos)!

    Mas das ed. específicas desta matéria.... Acho q as melhores seriam: "Tex Ed. Histórica 91" (O Xerife Tex), "Ouro 77" (As Colinas dos Sioux), e o "Tex Coleção 376" (q traz a história completa: "A Cidade Podre"). Essas 3 ed. aí são de sagas completas e a vantagem do "Coleção 376" é o preço mais barato (R$ 8,30) q as demais ed. (assim, caso vc não curta o estilo das HQs, o prejuízo não seria alto, rs)!

    Ah, esse "Gigante em Cores" (Arizona em Chamas) eu ainda não li.... Mas acredito q seja uma boa história (por algumas críticas positivas e recomendações q me deram). O negócio é ir experimentando cada ed, pois "Tex" é um gibi q a gente vai pegando gosto aos poucos e qdo vê tá viciado mesmo, hehe!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. Inicialmente devo admitir que, das histórias que li do Tex, não são todas que me agradam. Muitas são bem arrastadas, demonstrando que o roteirista fez um enorme esforço para preencher as mais de duzentas páginas de cada edição.

    Entretanto, foi nas minhas viagens ao mundo Tex que recentemente encontrei um roteirista que está entre os melhores que já li, exatamente porque consegue criar sagas de alto nível, equivalentes aos grandes clássicos do faroeste no cinema.

    Trata-se de Mauro Boselli, que ao lado do desenhista Carlo Marcello escreveu, por exemplo, “Os Sete Assassinos” (publicado em Tex Edição de Ouro #72, como já dito nos comentários anteriores). Nessa edição fica evidente como o autor sabe aproveitar o grande número páginas para caracterizar bem os personagens (tanto mocinhos quanto vilões e personagens secundários) e criar suspense e momentos de tensão ao desacelerar o ritmo narrativo. Mesmo não mostrando sangue jorrando para todo ou cabeças explodindo, essa consegue ser uma HQ extremamente violenta, sem ser apelativa, graças ao bom trabalho de Boselli e Marcello.

    Gosto dos desenhos do Tex em PB, mas algumas edições especiais, como essa do Serpieri, que foram publicas originalmente em cores, são bem interessantes.

    Falou,

    ResponderExcluir
  21. Uma pena que este "fenômeno" não alcance outros fumettis, como Dylan Dog! Aliás, Dylan Dog e Julia Kendaal são excelentes fumettis seriados.
    By the way, sua matéria e sua pesquisas são, como sempre, muito boas.

    ResponderExcluir
  22. Como fã de Julia, temo pelo pior... o fato de ter ido para bimestral é um fator que amedronta, pois infelizmente sabemos que isto não é uma boa notícia, mesmo aumentando as páginas. Não sei se está vendendo bem, com isso não sabemos como andam os pensamentos da Mythos em relação a HQ. Mas, estarei sempre comprando. 😄

    ResponderExcluir
  23. Bom dia Leo!!!

    QUE ESPETÁCULO DE POST!!!! PARABÉNS!!!

    Bom, eu jé me considero um texmaníaco rsrs não tem jeito, tex é bom demais!!!

    Estou totalmente focado no ranger, no ano passado praticamente o ano todo me dediquei a ele e este ano não vai ser diferente.

    Na minha opinião acho estas variadas publicações de Tex um fator muito positivo, pois todos podem ter oportunidades de colecionar suas histórias, desde sua estréia em 1948 até hoje, tem para todos os gostos, fases e bolsos também rsrs

    Ah!! Antes de me despedir, gostaria que fossem publicados mais posts como este dedicados somente ao nosso querido ranger.

    Grande abraço!!!!

    ResponderExcluir
  24. Oi Leo, que legal ver esta postagem do Tex, assim em destaque. Estou seguindo o Tex Edição Gigante em Cores, e o Tex Edição em Cores. São mesmo fantásticos. Incrível como o personagem se mantém fiel, os roteiros e arte continuam agradando os leitores. Outro ponto favorável é a estrutura de publicações de Tex, possibilitando ao leitor uma ampla variedade, e cada um pode seguir do jeito que mais lhe agrada. Hoje mesmo falei isso na banca onde compro, que Tex é uma das melhores publicações que se encontram em bancas, hoje em dia. Abraços.

    ResponderExcluir
  25. Leo: qual o ciclo completo do batman longo dia das bruxas que saiu agora? Tem aquele luva negra e mais uns 2, não? Eu estava pensando em começar por esse relançamento: vc acha que vale a pena? Vai sair o resto?

    Abs!

    ResponderExcluir
  26. Fala, Léo!
    Realmente impressionante a longevidade, com a manutenção da qualidade desta série! Acredito que a manutenção de características básicas referentes ao personagem e à sua mitologia ( sem versões femininas do Tex!) contribuam para o êxito da série, assim como a passagem de bastão entre as gerações de leitores.
    Afinal, você sabe o que vai encontrar, ao procurar estas publicações.
    abs.

    ResponderExcluir
  27. Oi Leo, bela postagem, parabéns, não sei se você sabe, mais os personagens que eu mais gosto, são os da família Bonelli, tanto que coleciono todos que foram e que são lançados atualmente por aqui, tendo todas as coleções completas (Tex, Zagor, Júlia, Mágico Vento, Mister No, Dylan Dog, Martin Mystère, etc) desde a época da Vecchi até a fase da Mythos. Diferente de você não consigo parar de colecionar nenhuma coleção de Tex e sigo firme e forte com (Tex, Tex coleção, Tex Edição Histórica, Tex Anual, Tex cores, e agora o Tex Gigante, também colorido e claro tenho todos os outros gigantes lançados em preto em branco. Para quem não conhece ou não leu ainda, existe coleções de vários tipos e formatos e quem resolver experimentar não vão se arrepender, pois vale cada centavo investido. Se você observar, não existe argumentista ruim e muito menos desenhista fraco nos fumetti Bonelliano, bem diferente dos quadrinhos americanos (MARVEL E DC), onde a muito tempo vem sofrendo com uma falta de criatividade impressionante. Leo dê uma oportunidade a Zagor, pois um personagem que já chegou a mais de 590 edições na Itália sem perder o fôlego, e por aqui já foram lançadas também mais de 450 edições (Fase Vecchi, Globo, Record e Mythos) mostra que é um grande personagem, com grandes aventuras, estando para mim em preferência no mesmo nível de Tex. Abraços.

    ResponderExcluir
  28. "Faz igual a Salvat. Lance alguns encadernados teste e com certeza vão ter o retorno ( R$ ) investido."


    Bem q podiam mesmo, né?

    Tentar qq coisa q pudesse viabilizar uma coleção do "Conan" no Brasil.... Dá pra contar nos dedos (de 1 só mão) a quantidade de encadernados da fase clássica q ele teve por aqui!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, falando sobre Conan, mas em formato livro, vc viu essa noticia?

      http://www.universohq.com/noticias/selo-generale-lanca-livro-com-solomon-kane-primeiro-heroi-de-robert-e-howard/

      Cesar Leal

      Excluir
  29. "Trata-se de Mauro Boselli, que ao lado do desenhista Carlo Marcello escreveu, por exemplo, “Os Sete Assassinos”


    E aí, Martin.... blz?

    O Boselli é um roteirista excelente mesmo.... E em pouco tempo já emplacou uma das melhores sagas de "Tex" em todos os tempos (essa dos "7 Assassinos" - q eu sempre recomendo). Tenho outras HQs dele tbm, mas essa eu considero a melhor entre todas as dele q li!!!

    Qto ao ritmo lendo de algumas narrativas.... Eu te confesso q gosto e acho q é até proposital: Pra passar ao leitor a sensação de cavalgar por dias em desertos, pradarias, e paisagens desoladas do oeste. Falo isso pq acabo "embarcando" nas aventuras durante a leitura.... justamente pq não há pressa nenhuma em se contar e terminar a história, rs. Prova disso, é q em muitas passagens, Tex e seus amigos param em acampamentos e ficam jogando conversa fora em frente à uma fogueira (as cenas parecem transcorrer em tempo real às vezes)! A gente acaba se acostumando à essas características únicas dos gibis do Tex!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Qto ao ritmo lendo de algumas narrativas.... Eu te confesso q gosto e acho q é até proposital: Pra passar ao leitor a sensação de cavalgar por dias em desertos, pradarias, e paisagens desoladas do oeste."

      Acho que o Boselli consegue passar bem essa sensação (que eu também gosto), mas outros roteiristas usam várias páginas apenas para ocupar espaço (não lembro agora o nome de uma história que li a pouco tempo, em que ocuparam duas edições para narrar algo que poderia ter sido feito em apenas uma).

      Mas li poucas histórias do ranger até agora, e no geral estou gostando bastante. Neste mês me interessei pelo "Tex Ouro 77 - As Colinas dos Sioux".

      Excluir
  30. "Uma pena que este "fenômeno" não alcance outros fumettis, como Dylan Dog! "


    Pois é, Ø-Drix.....

    Todo mundo me fala bem e recomenda essa série do "Dylan Dog".... Nunca li, mas tenho curiosidade: E de repente, se republicarem ela desde o início algum dia, certamente vou experimentar pra ver qual é!

    O mesmo vale pra: "Zagor", "Júlia", "Mágico Vento", e "Ken Parker".... Fumettis q nunca tive a oportunidade de ler desde o começo (e não gosto de me atirar em coleções q eu não tenha as primeiras histórias). Uma republicação pra tudo isso, viria bem a calhar pra mim! E valeu por ter curtido a postagem, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Léo, você devia experimentar os outros fumettis. Tenho a coleção completa do Mágico Vento e posso te afirmar é sensacional. Ken Parker é uma das melhores HQs que eu já li, a Mythos poderia relançar a coleção clássica dele (lançada há muito tempo pela Tendencia/Tapejara e com quase todos os números esgotados). Do Ken Parker ainda é possível encontrar alguns especiais, que valem muito a pena. Zagor eu só li a primeira fase dele pela editora Vecchi e eram muito bons, porém nunca colecionei. Júlia as edições que eu li também gostei, parei de comprar, porque quase não achava em minha cidade. Dylan Dog acho bom, porém bastante irregular, a melhor série para aprender sobre o personagem, são as 6 edições que a Conrad lançou há alguns anos atrás.

      Excluir
  31. Sobre os lançamentos da editora Abril desse mês, alguém já viu se está nas bancas o "Disney Capa Dura #5 - A Saga do Tio Patinhas"?

    ResponderExcluir
  32. Fala Leo,

    É muito bom ter tantas publicações de Tex,assim as histórias clássicas tem mais chances de serem republicadas,tanto pra quem começou a ler essa linha a pouco tempo como eu,e tb pra quem pretende começar.

    E tb acho que como a Mythos tem lançado muito material do Tex,é certo que em breve teremos esse do Serpieri,o qual a arte me agradou muito.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  33. "Como fã de Julia, temo pelo pior... o fato de ter ido para bimestral é um fator que amedronta, pois infelizmente sabemos que isto não é uma boa notícia"


    E aí, BRS.... blz?

    Com toda certeza, essa alteração de estrutura q rolou na revista da "Júlia" (e tbm no "Zagor").... NÃO é um bom sinal. Não tenho acesso aos gráficos de vendas das revistas (ninguém q eu conheça tem) mas qdo uma mudança assim se faz necessária (dobrar o nº de pág e tornar a revista bimestral) é pq as coisas não tavam indo bem e uma medida extrema pode ser a solução imediata pra evitar o pior (ou seja: mudar pra não ter q cancelar)!

    Cada uma dessa séries tem seus fãs.... mas nem sempre são o bastante pra garantir a vida eterna de um título. Os fãs da "Júlia" já ajudaram a evitar o cancelamento da revista uma vez (qdo rolou um abaixo-assinado há alguns anos atrás) e a Mtyhos tentou essa nova manobra pra continuar garantindo a revista nas bancas! Outros títulos ("Face Oculta" - da Panini) já não tiveram a mesma sorte!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  34. "Na minha opinião acho estas variadas publicações de Tex um fator muito positivo, pois todos podem ter oportunidades de colecionar suas histórias, desde sua estréia em 1948 até hoje, tem para todos os gostos, fases e bolsos também rsrs"


    E aí, dundee.... blz?

    Eu sabia q vc ia gostar desta postagem, rs.... Afinal, tem tantos lançamentos do "Tex" pela frente, q vi a oportunidade de dedicar uma matéria inteira SÓ pra ele: E pode deixar, q se rolar de novo um excesso de títulos do Tex, vou aproveitar pra reunir tudo num post só (fiz isso com o "Batman" tbm há pouco tempo - dedicando uma matéria só pra lançamentos do morcego)!!!

    No mais.... Vc tem toda razão: A melhor coisa de se colecionar "Tex", é q um novo leitor poderá acompanhar a série a partir de vários pontos da cronologia, já q cada revista tá se passando numa fase diferente do universo de Tex. Quem gosta dos clássicos (anos 50/60) tá bem servido com o "Tex em Cores", quem curte o auge (anos 70/80) tem a "Ed. Histórica" e "Coleção", pra fase mais contemporânea (anos 90/2000) o melhor é o "OURO", e pra material ATUAL e inédito: tem a revista mensal!

    Quem dera se cada personagem de gibi tivesse essa barbada pros leitores poderem escolher por onde começar a ler, hein? (mas isso é pra poucos, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  35. "Oi Leo, que legal ver esta postagem do Tex, assim em destaque. Estou seguindo o Tex Edição Gigante em Cores, e o Tex Edição em Cores. São mesmo fantásticos. "


    Oi, Paulo.... Tdo bem?

    Realmente, o "TEX" parece estar em um de seus melhores momentos no mercado nacional (ter cerca de 10 gibis lançados num mês é algo q impressiona mesmo - e olha q nem comentei todos nesta postagem, pq alguns eu já tinha comentado aqui no blog semana passada: Tipo o "Almanaque Tex 47" - faltou tbm eu incluir aí tbm a revista: "Tex" mensal). Ou seja: Ainda tem MAIS "Tex" além de tudo q eu listei nesta matéria, rs!!!

    E a maioria dos donos de banca q eu conheço tbm curtem ler "Tex".... Às vezes eu converso com eles tbm sobre os gibis, e noto q eles não manjam e nem gostam mto da linha de super-heróis, mas "Tex" eles curtem sim. Aliás, o dono da loja (Tutatis) q eu frequento é o maior fã do "Tex" q eu conheço, e tem praticamente TUDO q já saiu do "Tex" (chegando até a comprar as importadas italianas pra não ter q esperar sair aqui, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  36. "Leo: qual o ciclo completo do batman longo dia das bruxas que saiu agora? Tem aquele luva negra e mais uns 2, não?"


    E aí, William.... blz?

    Não, vc tá confundindo.... O "Luva Negra" faz parte da fase Morrison (essa sim, tem uns 5 encadernados sendo "Corporação" o mais recente)!

    Já o "Longo Dia das Bruxas" é a 2º parte do "Dia das Bruxas" mesmo (q tem uma capa laranja).... A 3º parte dessa trilogia será republicada tbm: "Vitória Sombria"!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Leo, vou comprar então! Abs

      Excluir
  37. "Acredito que a manutenção de características básicas referentes ao personagem e à sua mitologia ( sem versões femininas do Tex!) contribuam para o êxito da série"


    E aí, Victor.... blz?

    Sem dúvida, amigo.... Com o "TEX" não tem essas frescuras de mudarem as características básicas o tempo todo e nem sensacionalismo barato pra causar polêmica na mídia. Nada de CLONES, pactos, reboots, retcons, "crises", e coisas do tipo: "TEX" é sempre "TEX" e pronto. Nem a cor da camisa (amarela) ele muda com o passar do tempo, rs!

    Outra coisa boa é q seus amigos e parentes não morrem e ressuscitam o tempo todo.... Tirando sua esposa (Lírio Branco) q já morreu (mas foi 1 vez só, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  38. "todas as coleções completas (Tex, Zagor, Júlia, Mágico Vento, Mister No, Dylan Dog, Martin Mystère, etc) desde a época da Vecchi até a fase da Mythos."


    Oi, Marcilio.... Tdo bem?

    Sim, eu sabia q vc era fanzaço do "Tex" tbm (q nem eu), mas não sabia q vc tinha essa vasta coleção (invejável) de outros títulos Bonelli tbm.... Parabéns, pois sei o qto deve ser difícil manter uma coleção assim (sem falar nas raridades q se formaram ao longo dos anos): Entre elas cito as 2 primeiras ed. de "Tex Anual" - q eu tô atrás faz tempo, mas nunca encontrei em bom estado (ou por preços justos)!!!

    Mas cá pra nós.... Vc deve ter milhares de repetécos na coleção então, hein? hahaha, pois tem histórias do "Tex" q já saíram umas 10 vezes no Brasil, rs (e espalhadas em diversas coleções). Aliás, seria interessante fazermos um levantamento de quais histórias do "Tex" foram as mais republicadas no Brasil? Acho q o "casamento" deve ter sido uma delas!

    Qto ao "Zagor".... Eu pretendo ler um dia sim, mas aí não depende de mim, e sim: de republicarem desde o começo de novo. É q "Zagor" é o tipo da série (mto extensa) q eu só arriscaria se conseguisse as primeiras histórias ao menos (e em seguida: As mais importantes e melhores)! Acho q um dia relançam de novo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  39. "Neste mês me interessei pelo "Tex Ouro 77 - As Colinas dos Sioux"


    Oi, Martin.... Eu tbm nunca li essa história inteira dos "Sioux": E não perderei essa ed. do "Ouro 77"!!!

    Essa saga foi quase um divisor de águas nos gibis do "Tex".... Pois se estendeu por umas 4 ed. da mensal (todas condensadas agora nesse tijolão de "ouro") e logo depois dessa saga (q acabou no "Tex 399"), tivemos a espetacular ed. comemorativa do "Tex nº 400" (uma das minhas HQs favoritas)!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou pegar esse Tex Ouro então. Peguei recentemente num sebo aqui da minha cidade várias edições desta coleção (umas 30 edições) e redescobri o prazer de ler Tex novamente. Você poderia me indicar quais as melhores edições desta coleção?
      Um grande abraço.

      Excluir
  40. "alguém já viu se está nas bancas o "Disney Capa Dura #5 - A Saga do Tio Patinhas"?"


    Esse ainda não saiu....

    Aliás, um amigo meu q trabalha em distribuidora.... Me avisou q a previsão seria lá pro dia 30 deste mês (onde sairiam os 3 encadernados capa-dura JUNTOS). Mas vamos ver, pois com essas greves pelo país todo qq previsão acaba virando apenas "teoria" mesmo, rs!

    E dessas da Disney.... Devo cofrar: "Pato Donald 80 Anos" e "Saga do Tio Patinhas" (ambas merecerão matérias especiais aqui no blog qdo saírem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  41. "E tb acho que como a Mythos tem lançado muito material do Tex,é certo que em breve teremos esse do Serpieri,o qual a arte me agradou muito."


    E aí, bruno.... blz?

    Tbm tenho apreciado essa quantidade de gibis do "Tex", pois ainda me falta bastante coisa boa com ele q eu gostaria de ter na estante, rs!

    E essa ed. do Serpieri.... Eu duvido q a Mythos fosse desperdiçar a chance de emplacar uma nova coleção bombástica q nem essa (ainda mais com todo o sucesso dessas ed. mais luxuosas do "Tex")!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. Leo: só mais uma dúvida: eu preciso comprar os 3 encadernados do longo dia das bruxas? Pq só vejo o pessoal falando bem do longo e do Vitória sombria, o dia é dispensável? Precisa dele pra entender a trilogia? Valeu Abs

    ResponderExcluir
  43. "Definitivamente é!"


    Valeu mesmo, Hunter....

    Era o q eu imaginava então: Brasil SEGUNDÃO em "TEX" no mundo, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  44. "Ken Parker é uma das melhores HQs que eu já li, a Mythos poderia relançar a coleção clássica dele (lançada há muito tempo pela Tendencia/Tapejara e com quase todos os números esgotados)."


    E aí, guilherme.... blz?

    Com certeza eu gostaria mto de começar a ler "Ken Parker".... Mas meu único problema com essa série é a confusão de editoras (tem várias q publicaram partes da série e não completaram) e a dificuldade em se encontrar essas ed. com preços acessíveis: Um exemplo é a editora q anda lançando alguns álbuns do Parker bem fininhos e custando uma paulada (esses eu não compro, pois tão com preço abusivo)! O ideal pra mim, seria se de repente a Mythos relançasse tudo da estaca zero e na ordem (e num formato acessível, de preferência)!

    O mesmo vale pro "Mágico Vento" e "Dylan Dog".... Não tenho como correr atrás dessas séries em sebos (são difíceis de achar completas e em bom estado). Eu teria q esperar q fossem republicadas um dia (quem sabe, né)?

    Abs!

    ResponderExcluir
  45. "Você poderia me indicar quais as melhores edições desta coleção?"


    Com certeza, guilherme.... A coleção "TEX OURO" é das minhas favoritas tbm, e segue abaixo a lista das minhas ed. favoritas:

    01- O Coronel Watson
    04- Chamas de Guerra (uma das melhores sagas do Tex)!!!
    06- Os Conspiradores
    17- O Navio do Deserto
    26- Fuga de Alcatraz
    28 e 29 - Revolta em Chihuahua (em 2 edições)!!!
    35- Oklahoma (essa história tbm saiu em "Tex Nº 300")!!!
    37- Os Fanáticos do Tigre Negro
    38- A Cidade do Medo
    39- A História de Jack Tigre
    45- O Passado de Kit Carson
    47- O Ouro de Klaatu
    61- O Bando dos Irlandeses (minha ed. favorita da coleção)!!!
    70- Rumo ao Forte Apache
    72- Os 7 Assassinos
    73- Golden Pass

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu as indicações. Destas já li a 38 e 61 (excelente mesmo) e tenho a 47, 70 e 73 (mas ainda não li). Vou tentar correr atrás das outras.

      Excluir
  46. "eu preciso comprar os 3 encadernados do longo dia das bruxas?"


    E aí, William.... blz?

    Sim, seria bom vc ter a coleção toda.... Afinal, é uma trilogia (e a 1º parte é boa pra entender as referências q aparecem nas ed. seguintes)! É como comparar com "Star Wars".... O "Episódio 1" é o mais fraco da NOVA trilogia, mas precisa ser visto pra poder curtir os demais!

    Abs!

    ResponderExcluir
  47. "Valeu as indicações. Destas já li a 38 e 61 (excelente mesmo) e tenho a 47, 70 e 73 (mas ainda não li). Vou tentar correr atrás das outras."


    Falow, guilherme....

    Não esqueça de tentar pelo próprio site da Mythos tbm (onde tem rolado uns bons descontos).... E boa sorte na busca por essas ed. q eu listei acima (só botei realmente as minhas favoritas da série "Ouro")!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  48. "selo-generale-lanca-livro-com-solomon-kane-primeiro-heroi-de-robert-e-howard/"


    E aí, Cesar.... blz?

    Sim, um camarada meu q tbm acompanha literatura fantástica (tipo: "Elric de Melniboné") me avisou desse livro do "Salomão Kane":

    Certamente é um material q valerá mto a pena (aind amais q eu nunca li essas história soriginais da Howard - só as conheço pelas adaptações em HQ q saíam no mix da "ESC" na Abril). Cofraço então, hein?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Mais um nó no orçamento.

      Excluir
  49. Fala Léo, blz?
    Primeiramente parabéns pelo trabalho cara, é legal ver alguém expor a opinião de uma maneira informativa e ao mesmo tempo agradável de se ler. Além de ajudar a conhecer melhor muito material que chega às bancas. Mas enfim, você sabe alguma coisa sobre O Pequeno Sheriff? Ele tem alguma relação com o Tex? E os antigos quadrinhos dele, publicados aqui no Brasil pela Vecchi, valem alguma coisa?

    Valeu, abs.

    ResponderExcluir
  50. "Mas enfim, você sabe alguma coisa sobre O Pequeno Sheriff?"


    Oi, Raniel.... Tdo bem?

    Brigadão mesmo por ter curtido a postagem.... E tbm o estilo q eu adotei aqui pro blog: No qual sempre comento as notícias com uma opinião pessoal e o mais imparcial possível (mostrando os prós e contras das edições e deixando o leitor tirar suas próprias conclusões diante das informações): É uma técnica q tem funcionado bem e alimentado extensos debates nos comentários de cada postagem, rs!

    Sobre o "Pequeno Sheriff".... Bem, ele não tem relação nenhuma com o "Tex", mas foi criado na mesma época: Em 1948 (por Tristano Torelli e Camilo Zuffi). Ele se chama "Kit" (mesmo nome do filho de "Tex") e teve várias ed. publicadas aqui pela Vecchi - mas todas na década de 50 (nunca mais foi republicado no Brasil depois disso). Essas ed. então, são bastante raras e devem ter um valor de mercado pra colecionadores hj em dia (só não sei te dizer quanto, pois isso depende mais do estado de conservação das revistas: Porém, é um material raro e bem difícil de se achar)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal. Conheço uma pessoa que tem algumas junto com umas edições da Xuxá e Júnior. Pode ser que entre elas tenha até uma Júnior 28, com a primeira aparição do Tex por aqui. Essa também é rara Léo? Valeu, abs

      Excluir
  51. Tex surpreende pela longevidade. Não tanto pela qualidade das histórias (é impressionante como o nível se mantém alto), mas pela quantidade de títulos disponíveis e também pelo preço, considerando que a maioria das edições é uma revista de formato pequeno e sem cores.

    Uma coisa interessante em Tex é a cronologia. Quando comecei a ler, me interessei em saber como conheceu Carson, Tigre e sua esposa que viria a falecer, bem como o nascimento de Kit Willer. Todas essas questões foram respondidas logo nas primeiras edições. De resto, é apenas um ou outro personagem recorrente, que não possuem amarras cronológicas e ainda servem de referência para os leitores antigos. Resumindo: Tex não deixa pontas soltas (rs) e qualquer um pode começar ler de qualquer ponto.

    Com relação ao colecionismo... Fechei com as edições a cores (e mesmo assim estou atra$ado). A última p&b que comprei foi justamente "Os 7 Assassinos" que li na época da mensal emprestada.

    ResponderExcluir
  52. "Tex surpreende pela longevidade."


    E aí, SEMI.... blz?

    Pois é, a longevidade e grande quantidade de títulos do "TEX" nas bancas impressionam (e impõem respeito num mercado já bastante disputado q nem o nosso).... É difícil dizer o q me surpreende mais na análise desse fenômeno, pois se vc pensar bem, verá q TEX sobreviveu (ao longo das décadas) à própria QUEDA do gênero Western nos cinemas (q bombou nas décadas de 50 e 60 e entrou em declínio a partir dos anos 70). O público perdeu o interesse em filmes de bang-bang, mas o GIBI do TEX passou por tudo isso como se nada tivesse acontecido!

    E mais: Veja a era de maravilhas tecnológicas em q estamos vivendo... Celulares com Internet, redes sociais, cinema 3-D, netflix, vídeo-games cada vez mais realistas, e coleções de encadernados sufocando as bancas todos os meses.... E AINDA ASSIM, "TEX" resiste à todos os efeitos do tempo, e continua emplacando gibis P&B (e tbm coloridos e luxuosos - se o cliente preferir)!!!

    Sério mesmo.... Eu diria q TEX rende uma bela e complexa análise mercadológica e de costumes em monografias, dissertações, e teses de doutorado sobre quadrinhos!

    Abs!

    ResponderExcluir
  53. "Legal. Conheço uma pessoa que tem algumas junto com umas edições da Xuxá e Júnior. Pode ser que entre elas tenha até uma Júnior 28, com a primeira aparição do Tex por aqui. Essa também é rara Léo?"


    E aí, Raniel.... blz?

    Sem dúvida, amigo.... Essas ed. do "Tex" q saíram na "Júnior" são raríssimas e valem mais do q qq outra do mesmo período (já q o "Tex" tem mais fãs q os demais gibis dessa época - e sendo assim, a procura seria maior por essas ed. antigas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  54. Eu vi dizer que tex coleçao e rediçao de tex mensal. Então amigo será possivel vc ou algum coleçionador fanático por tex. Fazer uma organização e dizer qual tex de coleção corresponde ao tex de número mensal? Valeu e parabéns pelo belo trabalho do blogger. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí.... blz?

      É mais ou menos isso, amigo.... A revista "Tex Coleção" segue a numeração original Italiana, enquanto a "Tex" mensal do Brasil publicou tudo fora de ordem no começo e ainda pulou cerca de 100 histórias (já q tinha quase 20 anos de material pra buscarem qdo estreou aqui nos anos 70)!

      Mas o trabalho de listarem as ed. correspondentes de cada revista do "Tex" já foi feito.... E vou te indicar o LINK abaixo q traz essa relação completa (tem o nome de cada história e as ed. onde foram publicadas aqui - é um link essencial pra salvar e guardar pra pesquisas):

      http://www.texbr.com/tex/relacao_sr_1.htm

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...