20/11/2011

TRANSMETROPOLITAN 2: Tesão Pela Vida......

"Transmetropolitan 2: Tesão Pela Vida"..... é o 2º encadernado da série q é a grande obra-prima do escritor Warren Ellis pro selo adulto da Vertigo/DC!!!

O jornalista Spider Jerusalém odeia as pessoas e a vida na cidade grande.... e vivia tranquilamente nas montanhas até ser obrigado a cumprir um contrato e escrever 2 livros. Pois mais nojenta e repugnante q seja pra Spider a idéia de voltar a morar na cidade, essa grande lixeira urbana lhe inspira nos textos ácidos e agressivos q escreve.... e o coloca em rota de colisão com inimigos poderosos q precisam silenciá-lo a todo custo!!!

Confira abaixo algumas imagens e capas dessa espetacular ficção CYBERPUNK.... repleta de sexo, drogas, palavrões, violência excessiva, fanatismo religioso, corrupção nos altos escalões do governo, miséria humana, e um anti-herói sem nenhum limite e com a tecla "FODA-SE" ligada no máximo:

Transmetropolitan é em síntese a História do Jornalismo de verdade (ou como deveria ser): com jornalistas q não se vendem e nem se corrompem facilmente em troca de fama ou por não terem culhões de enfrentar aqueles q tentam manipulá-los. Spider Jerusalém é o q um jornalista deveria ser: um sujeito q não mede nenhum esforço pra levar a VERDADE à seus leitores. Pra Spider: q se fodam os poderosos, os canalhas, os corruptos, os medíocres, as grandes redes q tentam controlar a mídia.... foda-se tudo: só o q importa é a verdade numa sociedade afundada no caos e na miséria humana em seus níveis + degradantes!!!

Spider se auto-exila da cidade grande..... por ter perdido o acesso à verdade (graças à corrupção desenfreada de quem domina os meios de comunicação e dos governos por trás de toda a podridão q assola o mundo):

Mas qdo se vê obrigado a voltar ao epicentro dessa imundice toda..... Spider bota literalmente pra foder, e usa o poder de suas palavras pra desestruturar completamente os centros de poder e tentar fazer as pessoas acordarem pra realidade q as cerca. Mesmo q a trma da série se passe no futuro.... lembra mto a nossa realidade atual, não é???

Com um humor negro corrosivo e personagens pra lá de bizarros..... a série se desenrolou ao longo de 60 edições a partir do final dos anos 90 e se tornou uma das favoritas dos leitores da linha Vertigo.

Aqui no Brasil foi (mal) publicada por editoras menores q não passaram de umas poucas edições lançadas.... deixando arcos incompletos e vários leitores revoltados com cancelamentos abrutos!!!

Mas agora a Panini (desde o ano passado) recomeçou a série desde o Vol. 1 em encadernados de luxo (com capa-dura e acabamento de alto nível).... e com esse vol. 2 chegando nas lojas este mês, os leitores poderão voltar a ter esperança de verem essa espetacular série finalmente ser concluída no Brasil (considerando-se q boa parte dela permanece inédita aqui)!!! 

Até+

12 comentários:

  1. Então, eu vou ser radical aqui:

    De nada adianta a Editora Panini pegar tanto material interessante, mas relançá-lo em encadernados de capa dura e tal porque continuam sem acesso ao público-mor que é aquele que não dá a vida para ficar comprando edições de luxo e prefere muitas vezes uma edição boa, bem acabada, porém, simples e que poderia ser encontrada em qualquer lugar por um preço bem mais simbólico.

    Eu não sou formado em nada, mas fico com a impressão de que a Panini faz essas coisas de forma que assim não cabe a nenhuma outra editora pegar os direitos para sua publicação. É mero interesse em manter o título consigo, ainda que ele não tenha um alcance muito desejável e numeroso, mas também não abre-se mão dele para que outras invistam mais.

    Parece até aquela coisa que a Globo começou a fazer no fim do século 20, contratando vovozinho Groisman e muitos outros artistas de outras emissoras - que fazia barulho porque apresentavam coisas realmente bacanas - para apenas deixá-los com algo medíocre em sua casa. Dessa forma, ainda que eles não se sobressaíssem mais como antes, também não lhes representaria uma ameaça porque, assim, como estão, não há como serem pegos por outras emissoras.

    Desculpe a ignorância. É que no fundo eu acho que esses encadernados são só pra inglês ver. Não há real acesso de público de verdade a eles, apenas o pessoal mais elitizado e realmente fanático por quadrinhos é que iria se dispor a comprar (em se tratando da realidade brasileira) e isso está errado. Penso comigo, agora em nome de uma arte que tenho que é a de desenhar, que nenhum artista se sente realizado com um alcance tão baixo de público tendo acesso à sua obra.

    Abraços. FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  2. Esse taxista do último quadrinho é a cara do Allan Moore.
    Sobre a série nunca cheguei a ler nada dela. U.U

    ResponderExcluir
  3. Na verdade Fabiano a Panini tá cagando para as classes C e D, os poucos encadernados que vendem já dá um lucro para eles pq o preço é bem acima do esperado.
    É a mesma coisa que acontece no mercado de games e automoveis, aqui no Brasil nos pagamos carissimo por porcarias (que sao vendidas como luxo) e lá foram são coisas extremamente populares. Os automoveis sao um belo exemplo disto enquanto pagamos até 50 mil num carro, e achamos que é luxuoso e td mais, aqui mesmo na Argentina e Chile vc vai pagar uns 26 mil por ai.
    Os quadrinhos sao mais um reflexo de um pais fodido e que esta cagando para sua populacao, os impostos sao carissimos, taxação para todo lado e ainda tem de haver o LUCRO e é ai que as editora terminam de enfiar a faca.
    Olha isso que maluco, um outro exemplo são os Jeans a maioria vem tudo da merda da China, a galera em SP (grandes compradores) pegam cada peça por cerca de 2 a 5 reais, isso mesmo de 2 a 5 reais e depois vendem pra ti por 50, 80 ou até 100 reais.
    Nós brasileiros, somos trouxas demaisssssssssss!!

    ResponderExcluir
  4. Ae, Fabiano... blz?

    realmente existe sim um certo processo de "ELITIZAÇÃO" de determinados títulos, q acabam sendo lançados com acabamento desnecessariamente luxuoso (é o caso dessa série da matéria)!!!

    os editores da Panini alegam q nas livrarias o produto vende mais e sem a pressa de ter q ser recolhido em 1 mês das bancas (o q gera encalhe pra editora). Mas isso não justifica usarem capa-dura em gibis (q encarece e mto o preço final).... podendo usarem a capa-cartão com orelhas (já q as livrarias exigem um formato + próximo de livro pra venderem quadrinhos)!!!

    enfim.... percebo uma certa má-vontade dos editores sim em fazer com q determinados gibis cheguem à todas as classes sociais!!!

    e qdo eu postei isso no blog oficial da Vertigo... o editor ainda veio com aquele papinho furado de q eles se preocupam em lançar títulos acessíveis sim e me citou como exemplo a linha "Marvel + Aventura" (q custa apenas 1,99).

    Aí eu contra-argumentei q esse gibi de 1,99 é bimestral... enquanto existem pelo menos uns 6 encadernadões de capa-dura saindo todo mês. E ele não me respondeu mais, rs!!!

    Abs!!

    ResponderExcluir
  5. "Esse taxista do último quadrinho é a cara do Allan Moore."


    Esse aí é o protagonista da série mesmo... antes de raspar a cabeleira e ficar careca, rs!!!

    a semelhança (inicial) dele com Moore foi proposital.... ainda mais pelo fato do personagem viver isolado do mundo e ter uma opinião crítica bastante agressiva (q nem o Alan Moore na vida real)!!!

    é mais uma boa sacada da série....

    abs!!

    ResponderExcluir
  6. "Os quadrinhos sao mais um reflexo de um pais fodido e que esta cagando para sua populacao, os impostos sao carissimos, taxação para todo lado e ainda tem de haver o LUCRO e é ai que as editora terminam de enfiar a faca."


    verdade....

    a Panini já deixou claro (inclusive os próprios editores falam isso) q o q vende mesmo e dá lucro são os encadernados pra livrarias!!!

    só q ao elitizarem certos gibis... eles acabam afastando mtos leitores q terminam migrando até mesmo pros scans (arquivos digitais)!!!

    Hj em dia... TODOS os gibis são encontrados de graça pra baixar. E as editoras continuam nadando contra a corrente à medida q lançam produtos cada vez + caros q apenas uma porcentagem pequena de leitores podem comprar!!!

    a PIRATARIA só existe como consequência dos preços abusivos de DVDs, CDs, e... gibis!!!

    ResponderExcluir
  7. Estou feliz que este encadernado esteja finalmente saindo. A torcida agora é que a espera não seja tão grande até o volume 3.

    É verdade que essa política de lançamentos em capa dura da Panini praticamente zerou as chances de continuidade de séries importantes: só para ficar nos exemplos bem óbvios, Starman de James Robinson e Liga da Justiça de Grant Morrison. Em encadernação mais simples, estas sagas ganhariam maior sobrevida.

    Por outro lado, tem excelentes séries saindo em capa cartão, com preço razoável e em quantidade já preocupante (para o bolso). Jonah Hex, Y - O Último Homem, Ex Machina, Fábulas, 100 Balas...

    Entretanto, acho que Transmet e Criminal deveriam ter saído em capa cartão. A primeira, justamente pelo caráter transgressor, de "foda-se o sistem"; a segunda, pelo seu jeitão de pulp, aqueles livrinhos de bolso fuleiros, com histórias policiais.

    É verdade, o preço nem sempre é convidativo, mas, nestes tempos de internet, promoção é o que não falta. Além de já baixar os preços pedidos pela Panini, as lojas virtuais costumam mandar cupons de desconto que tornam a vida do leitor bem mais fácil. Por exemplo, o preço bruto da recente reedição de O Cavaleiro das Trevas era R$ 90. Eu comprei por R$ 72. Algum tempo depois, combinando o preço da loja com um cupom de desconto que recebi por e-mail, sairia por R$ 47! Meu Daytripper saiu de R$ 62 por R$ 34. Acho que é tudo uma questão de buscar ofertas interessantes.

    E quanto aos quadrinhos não chegarem às classes menos favorecidas... Bem, como alguém aí já disse, a internet permite pular esse empecilho com facilidade. Para mim, o que afasta o povo dos quadrinhos em particular (da Panini ou de qualquer outra editora) e dos livros em geral é a mera falta de vontade de ler, aliada à falta de políticas eficientes de incentivo à leitura.

    Belo artigo e belo blog.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. "...a PIRATARIA só existe como consequência dos preços abusivos de DVDs, CDs, e... gibis!!!"

    Falou tudo, LEO! Eu mesmo sempre fui adepto de comprar algo original, mas houve uma época em que os preços de CD´s começaram a subir tanto que mesmo os de promoção eu acabei achando caro... e a saída foi cultivar o hábito de baixar da Internet ou comprar piratões, mesmo - é muito ruim porque, apesar da qualidade do som ser a mesma, não temos fotos, encartes e uma porção de mimos que constituem um álbum de fato. Agora o preço parece que vem ficando mais estável e acessível, mas ainda precisa melhorar muito.

    Quanto aos gibis, sou completamente favorável aos scans e penso que não deve-se temer a eles, mas é o caso que você falou aí: "se o original custa muito caro é obvio que o cara não vai comprar depois de ver um scan".

    O amigo que comentou logo após minha pessoa está corretíssimo com sua visão, na verdade ele expôs tudo o que penso e de uma maneira mais clara. Mas, é irônico que a Panini bate no peito e grita a favor desses encadernadões luxuosos sendo que, na verdade, a empresa tem tido um lucro bem satisfatório com as revisas da MSP e demais outras mensais ou bimestrais de heróis.

    Eu me lembro que há poucos meses, no menor boato de que o Maurício voltaria a trabalhar para a Abril, a PANINI mais do que depressa adiantou um novo contrato a ele por mais uns 15 anos, se não me engano.

    E a linha de heróis também não está tão largada assim, pelo contrário: já vi dois novos títulos na banca nestes últimos dois meses... se não desse tanto lucro para eles - essas "revistinhas" - não ficariam tão atrás delas, pois a colorização, impressão, o acabamento gráfico que elas tem, apesar de simples, se compararmos com as da Abril, são excelentes! Fazem por contrato e negócios, mas é notável o primor que eles alcançam com todas elas.

    Enfim, vamos acreditar no recado que a PANINI dá e fazer de conta que ela vive só de revistonas para livrarias.

    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
  9. "É verdade, o preço nem sempre é convidativo, mas, nestes tempos de internet, promoção é o que não falta. Além de já baixar os preços pedidos pela Panini, as lojas virtuais costumam mandar cupons de desconto que tornam a vida do leitor bem mais fácil. Por exemplo, o preço bruto da recente reedição de O Cavaleiro das Trevas era R$ 90. Eu comprei por R$ 72. Algum tempo depois, combinando o preço da loja com um cupom de desconto que recebi por e-mail, sairia por R$ 47! Meu Daytripper saiu de R$ 62 por R$ 34. Acho que é tudo uma questão de buscar ofertas interessantes."


    Ae, Marlo... tudo bem??

    é verdade, essas dicas q vc postou aí são quentes mesmo.... e inclusive existem até comunidades no Orkut só pra cupons de desconto em livrarias.

    Um amigo meu comprou o Sandman de 154 reais (preço de capa) por apenas 60 (quase 100 reais de desconto, hehe)!!!

    Pra quem tiver paci~encia de esperar os descontos e sair procurando os tais cupons nas comunidades do orkut.... as vantagens na hora da compra podem ser realmente bem satisfatórias!!!

    e tbm concordo contigo q o "Teor" de algumas dessas séries não combina mto com acabamento luxuoso demais.... principalmente essas séries mais "underground" e anarquistas (ficariam mais condizentes com os objetivos dos autores se feitas com menos luxo)!!!

    obrigado pela participação aqui no blog... e seja bem-vindo!!!

    abração!!

    ResponderExcluir
  10. Fabiano,

    eu (por ser colecionador) sempre prefiro os originais.... mas é aquela coisa, eu tbm não vou me deixar fazer de otário por empresas q não movem 1 palha pra combater a pirataria e baixar seus preços!!!

    eu tbm comprava cds originais... mas parei qdo o preço deles começou a encostar no preço dos dvds!!!

    e os dvds eu parei pq acho abusivo mesmo um dvd simples custar quase 50 reais... e ainda fazem um serviço porquíssimo de tradução nas legendas (amenizando palavrões e cortando texto - nisso o pessoal q faz legendas amadoras pra filmes baixados demonstra muito mais competência pra função)!!!

    não tenho mais saco pra ouvir alguém falando num filme: "Fuck you"... e na legenda de um dvd original me aparece coisas do tipo: "Fica na sua"!!! o politicamente correto tá destruindo a tradução de milhares de filmes originais q vemos poraí (alterando totalmente o sentido e a personalidade dos personagens)!!!

    combater a pirataria seria fácil pras grandes empresas.... reduzissem a margem de lucro (excessiva) de seus produtos, q atingiriam uma fatia mto maior do mercado e acabou. Pois ninguém em sã consciência pagaria 5 reais num dvd pirata se um original com caixinha e imagem de melhor qualidade custasse 10 ao invés de 50!!!

    e os gibis é a mesma coisa.... a panini pode estar se refestelando com o lucro nas livrarias: mas a longo prazo está acabando com o mercado e afastando colecionadores q irão (de uma forma ou outra) partir de vez pros scans (ainda mais com os tablets baixando gradativamente de preço)!!!

    os editores da panini precisavam daquela espada do Lyon (dos Thundercats)... "me dê a visão além do alcance", rs!!!

    ResponderExcluir
  11. Ah, ah ,ah ah... concordo plenamente sobre a espada dos Thundercats!!

    É isso aí!

    ResponderExcluir
  12. Segunda melhor serie da Vertigo, so perde mesmo pra Preacher

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...