02/09/2021

A "Coleção Clássica Marvel 11 - 4F": A 1º Equipe de Vilões do Universo Marvel: "Namor & Destino"...

O "Quarteto Fantástico" (4F) ganha sua 2º edição na "coleção de clássicos" da Marvel, cobrindo o equivalente ao conteúdo da 1º e única "Biblioteca" da equipe publicada pela Panini... e sob a tutela de Stan Lee & Jack Kirby (que recém haviam criado o Universo Marvel nessa época)!

Aqui veremos: A 1º Equipe de Vilões da Marvel: "Namor & Destino" (que se unem contra a família fantástica), "Kurrgo - O Sr. do Planeta X", A 1º aparição do "Mestre dos Bonecos", O FIM do 4F (que vai à falência financeira), e a volta do "Dr. Destino" (com a participação dos "OVOIDS" - Alienígenas com cabeça-de-ovo, rs)!

Confira abaixo:

O "4F" foi a GÊNESE do Universo Marvel como o conhecemos... Embora a Marvel já existisse desde o final da década de 30 (com o nome de Timely) e atravessado a 2º Guerra Mundial com o "Cap. América", "Tocha Humana" (o original), e "Namor" (entre vários outros heróis - hoje obscuros - que combateram os nazistas naquele período), passando também pela fase "Atlas" dos anos 50 (com HQs de monstros e romances), foi com o "4F" que a dupla Lee/Kirby deu início ao Universo Marvel em 1961 - já em plena Era de Prata (e cujas primeiras histórias da equipe tivemos o privilégio de acompanhar no Vol. 2 da "CCM"). Agora, o "4F" ganha sua 2º edição na "coleção de clássicos" da Panini (Vol. 11) apresentando as histórias publicadas originalmente em: "Fantastic Four" nº 6-10 (de 1962)!  
 
É interessante pro leitor moderno descobrir como foram estabelecidas as fórmulas e conceitos originais da Marvel e que são reutilizados ainda hoje nos gibis atuais e no cinema/TV (que bebem todos da mesma fonte). Os conflitos internos da equipe, a rivalidade entre o "Coisa" e o "Tocha" (que não se entendem e vivem implicando um com o outro), o romance pueril/ingênuo entre o "Sr. Fantástico" e a "Garota Invisível" (que acaba estremecido quando "Namor" entra em cena pra disputar o amor de Sue Storm), os vilões trágicos e maquiavélicos (Dr. Destino), e o humor recorrente nas histórias (pra quem reclama do excesso de "piadinhas" e "gracinhas" nos filmes da Marvel, me desculpem: Mas já era assim em sua essência, rs). Tá tudo aqui, nesta fase inicial do "4F" (uma verdadeira "Bíblia" pro resto do Universo Marvel)!
 
"Destino" e "Namor" são os grandes destaques entre as ameaças ao 4F, e estrelam 3 das 5 HQs desta edição. Logo de cara, a dupla de vilões se une contra a equipe, mas os interesses de "Namor" pela Garota Invisível acabam azedando a parceria maléfica. Individualmente: "Namor" ainda se aproveita da falência financeira do grupo (que acaba despejado do Edifício Baxter), e "Destino" assume a forma de Reed Richards e vice-versa (numa "troca de corpos" entre os 2 antagonistas). Temos também a 1º aparição do "Mestre dos Bonecos" e de "Kurrgo - O Sr. do Planeta X" (HQ de sci-fi ao estilo dos filmes antigos)! No Brasil, esse material saiu na "Biblioteca do 4F" (Panini), pela EBAL (com histórias divididas em partes na revista do "Namor/Hulk"), e no gibi do "Tocha Humana" da BLOCH (de onde utilizei as capas pra ilustrar esta matéria)! Abaixo, uma imagem com os alienígenas "OVOIDS" (os cabeça-de-ovo, kkk):
 
Até+

47 comentários:

  1. E aí, Leo, beleza?

    Nada inédito por essas paragens, mas é um material de tremenda importância histórica.
    Mesmo os dois autores, Kirby e Lee, sendo veteranos (trabalhando em quadrinhos desde a Segunda Guerra), ainda dava pra ver que tinha muita tentativa e erro no início do universo Marvel.
    E ainda assim foi um sucesso monstruoso.

    Parece que a Coleção Clássica Marvel e as Sagas do Superman e do Batman foram sucesso, hein? Nada como ter opções relativamente "em conta" (porque 34,90 não dá pra chamar de barato) e de qualidade, para ir contra a tendência atual do mercado.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lierson... blz?

      Bem nessas: mta "tentativa e erro" sim nesse começo da Marvel, hehe... Aliás, a revista do "4F" vai trazer alguns dos primeiros "retcons" dos quadrinhos com certos "remendos" e "passadas de pano" pra situações do tipo:

      -O 4F enfrenta o "Fantasma Vermelho" na LUA (essa história estará no próximo Vol. do 4F) ANTES do Homem ir pra Lua na vida real. E anos mais tarde os próprios Lee/Kirby mostram o 4F assistindo a chegada na Lua pela TV e admirando o fato de Neil Armstrong ter pisado lá pela 1º vez (?)

      Não lembro se deram alguma explicação posterior pra isso (tivemos MTAS histórias do 4F puladas no Brasil)... mas ficou esse "abacaxi" pra resolverem na cronologia (entre outros, é claro)!

      E sim, ao q tudo indica as coleções "econômicas" (entre aspas) tanto da Marvel qto DC... parecem estar indo mto bem (com direito à FILAS de reserva - na Tutatis - no caso das sagas de "Batman" e "Super"). Torço mto pra q continue assim e q possamos ter a futura EXTENSÃO da CCM um dia (rumo às 250 edições, rs)!

      Abs!

      Excluir
    2. "Parece que a Coleção Clássica Marvel e as Sagas do Superman e do Batman foram sucesso, hein? Nada como ter opções relativamente "em conta" (porque 34,90 não dá pra chamar de barato) e de qualidade, para ir contra a tendência atual do mercado."

      Analisando a situação econômica do país, alta do dólar e outros fatores, acho que está barato.

      "Torço mto pra q continue assim e q possamos ter a futura EXTENSÃO da CCM um dia (rumo às 250 edições, rs)!"

      principalmente o preço, espero que não tenha nenhum reajuste, já basta a Eaglemoss e a DeAgostini pra dar facada no povo

      Excluir
    3. "principalmente o preço, espero que não tenha nenhum reajuste"


      Infelizmente, acho q um eventual reajuste será inevitável com o tempo... Afinal, estamos falando de uma coleção q se tiver EXTENSÃO (como eu imagino q venha a ter sim), poderá levar de 8 a 10 ANOS sendo publicada!

      Abs!

      Excluir
  2. Edição histórica, Namor de certa forma pode ser considerado o primeiro anti herói das HQs, sempre foi egoísta e arrogante, bem diferente da definição do altruísmo dos "heróis convencionais", muito bom ver esses materiais sendo publicados, e que venham mais, como você frisou ali começava a gênese do universo Marvel, com todos os conceitos, e pensar que hoje a casa das ideias se tornou isso, pode ser " choradeira " da minha parte, mas só pra exemplificar, fui ler a tal " Era de Belit ", uma das piores, se não a pior HQ que já li, Belit parecia uma adolescente rebelde da Disney, tinha lá uma personagem lésbica e negra, agora a tal da "representatividade e diversidade", ou seja, lacração geral, Howard deve ter se revirado no túmulo, enfim, passsem longe disso, felizmente temos os clássicos, viva os clássicos. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Francisco... blz?

      Sem dúvida, amigo... "Namor" sempre foi um anti-herói por definição, desde seu surgimento na Era de Ouro (final dos anos 30 e início dos 40): Onde rivalizava e mantinha um certo antagonismo com o "Tocha Humana" original (eles travaram uma batalha épica, q inclusive, foi retratada na série "MARVELS"). Mesmo assim, Namor se aliou aos EUA na 2º Guerra contra os nazistas (por serem um "mal maior" a ser combatido - mas não por simpatia pelos "humanos da superfície" em geral)!

      Qdo ressurgiu na "Era de Prata" (anos 60), logo já tentou invadir e dominar o mundo dos humanos atacando NY com um exército atlante (q incluía até um monstro gigante). Foi aí q o 4F o enfrentou e derrotou (como visto na 1º CCM do "4F"), apesar do monarca da Atlântida ter balançado pela Garota-Invisível e se tornado um eterno rival de Reed pelo coração da moça (chegando até à sequestrá-la: o q será visto numa futura edição da fase Lee/Kirby no 4F)!

      Qto à "Bêlit"... Nem consegui terminar de ler isso, rs (tentei em scans e logo apaguei até o arquivo baixado: RUIM demais da conta, tá loco)! Mas a "Bêlit" Q VALE (Thomas/Buscema) estará em sua monumental SAGA nos Vol. 3 e 4 dos OMNIBUS do CONAN (q devem sair ano q vem)!

      Abs!

      Excluir
  3. Eu tenho e guardo com carinho estas hqs da Bloch, do tempo em que o Dr Destino torcia pro Parana Crube ( capa rosa e uniforme azul ), mas o Parana ta indo pro pau ( ta indo para serie D e aindou jogando ate com um time chamado Cobra Coral...nome de Caboclo de Centro d Macumbis ) e dai ele virou " Parmera " ( todo de verde ). Olha, historias muito legais ( sem contar que na Bloch a armadura dele era dourada tambem.. era, umas cores chapadas e com poucas opçoes ).

    O Namor sempre foi meu heroi preferido da Marvel... um babaca arrogante, mas com uma nobreza e coragem fora do comum. A participaçao dele na Mini Serie dos Inumanos foi sensacional. Ele protagonizou uma das historias mais incriveis da Marvel na minha opiniao, quando ele vai destruir a Coroa das Serpentes e e fica aprisionado pelo povo da Lemuria, comandado pelo enlouquecido e sanguinario Rei Naga ( saiu pela EBAL e pela Bloch ) com passagens epicas, numa cortesia do Roy Thomas e Marie Severin ( adorava os desenhos dela...me da uma nostalgia muito forte quando os vejo ). Tinha ( e ainda tenho ) esperanças que com o sucesso do filme do Shang Chi a Panini publique a fase do Gene Day que foi " limada " pelo LEvi porque ela nao curtia a fase... uma puta sacanagem... tem ali algumas historias muito boas ( o confronto final com o Fu Manchu por exemplo ) e os desenhos do Gene Day valem a pena o investimento, sempre com uma pegada fantastica de terror. Se os desenhos eram excepcionais em formatinho, que cortava boa parte da arte dele, imagine em formato grande, onde poderiamos ver todos os detalhes... Torço para que saia ainda por aqui.
    Luiz Henrique Trompczynski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luiz; a A Marvel de novo perdeu os direitos de publicar esta face do Mestre do kung fu, assim falou Ravegi no Face. delmir

      Excluir
    2. E aí, Luiz... blz?

      Hahaha, esse "Destino" ROSA-AMARELO-AZUL é psicodelicamente BIZARRO mesmo... E pior, q o "Darth Vader" da BLOCH tbm usa as mesmas cores, kkk:

      http://4.bp.blogspot.com/-1vRiBrNr5w4/VCo795z0x9I/AAAAAAAAUxo/Sq8378hm2UM/s1600/SW%2B07.jpg

      Qto ao "Namor"... Eu tbm sempre curti as histórias dele, desde qdo eu assistia o desenho DESanimado dele na TV. Uma pena q esse material clássico das HQs não tenha sido republicado mais vezes: A última empreitada q tivemos aqui foi a "CHM - DEFENSORES", q trazia 1 edição dedicada ao "NAMOR" (e q foi mto boa)!

      Mas quem sabe agora q ele vai aparecer no CINEMA... A Panini pode entrar no hype e publicar algum material clássico, quem sabe? Não custa ficar na torcida, rs!

      Abs!

      Excluir
    3. "A Marvel de novo perdeu os direitos de publicar esta face do Mestre do kung fu"


      Obrigado pela informação, delmir... Dessa eu não sabia mesmo!

      Bem, o jeito é o pessoal q perdeu a "CHM do Mestre do Kung Fu", correr atrás das edições q ainda estiverem dando sopa por aí: Pois sabe deus agora "qdo" ou "se" irão republicar esse material de novo!

      Abs!

      Excluir
  4. Estas CCM estou comprando todas, mesmo do HA que já li e tenho em vários outros formatos. A histórias são ingênuas, mas, como você falou, ali está a genise do universo marvel. E também a de se entender o porquê da ingenuidade das histórias. Elas eram feitas para crianças e pré-adolescentes na década de 60. Temos que entender o contexto da coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, André... blz?

      Tens razão, amigo... "Contexto" é TUDO, e temos q ler essas HQs da "Era de Prata" como sendo um produto daquela época específica (anos 60) e em gibis onde as fórmulas da Marvel ainda estavam sendo experimentadas e estabelecidas aos poucos. Essa q é a graça da coisa e o q torna a leitura desses materiais interessante e divertida (na minha opinião)!

      No mais... TBM tenho comprado essa coleção inteira e seguirei adiante nas vindouras EXTENSÕES, rs!

      Abs!

      Excluir
  5. DIVERSÃO, BALÉ
    COMO A VIDA QUER

    "...(pra quem reclama do excesso de "piadinhas" e "gracinhas" nos filmes da Marvel, me desculpem: Mas já era assim em sua essência, rs)."
    (Excerto do texto da matéria)

    "No mais... O "Comediante" (de "Watchmen") me ensinou q vivemos uma FARSA e q pra sobrevivermos à ela é preciso RIR e entender q nada se leva a sério na vida real"
    (Excerto de um comentário seu, Leo, na postagem anterior)


    Embora a "Marvel and DC Company" tenham se tornado uma verdadeira piada, as piadinhas nos gibis da Marvel (principalmente nas histórias do Aranha) eram algo indissociáveis.
    E nem tinham como deixar de ser.

    Por outro lado, como levar realmente à sério, no caso da DC, um cara com um tremendo "S-zão" estampado no peito, vestindo uma capa e com poderes ilimitados, como o..."Superman".
    Superman ??? (Só essa alcunha já é uma comédia). O cara tem o poder do universo mas baba de amores por uma femeazinha medíocre como a Lois Lane...

    No caso do Batman, a trama até que passaria numa boa se não fosse, vez ou outra, a aparição da piada chamada...Robin.
    De qualquer modo, com ou sem o prego prodígio, a presença diabólica do Coringa, com as suas inevitáveis gracinhas (de preferência, fatídicas) e o seu senso de humor psicótico, sempre colocariam em xeque a aura de seriedade que permeia o obscuro e depressivo mundo do Cavaleiro das Trevas.

    Stan Lee foi sempre um maravilhoso gozador. E ele apenas imprimia a marca da sua personalidade nas suas criações. Assim é que, no casamento do Sr. Fantástico com a Mulher Invisível, o Coisa foi representado com um lenço pra secar as lágrimas!!!
    Um brutamontes secando as lágrimas com um lencinho...
    Piada ou zoação maior que essa fica por conta da divertida participação do próprio Stan Lee e de Jack Kirby na mesma HQ, quando ambos são barrados do casamento, marcando o hilário final da história.
    Não estou fazendo a Coleção Clássica Marvel seqÜencialmente, e especificamente em relação ao Quarteto, mas, talvez, eu mude de idÉia neste particular.

    Muito se fala que certos personagens são uma projeção (Alter-Ego) de seus autores.
    Talvez não seja exatamente o caso do idealizador da "Casa das IdÉias" (foda-se a inconseqÜente reforma ortográfica implantada no regime da sucessora de um tal - e nada engraçado - 9 dedos), mas que a zoação característica de Stan Lee estava permeada em toda a sua obra, é algo indiscutível.
    Afinal, é pelos frutos que conhecereis a árvore!

    Vale pra tudo esse ditado...


    Tony

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony... blz?

      "mas que a zoação característica de Stan Lee estava permeada em toda a sua obra, é algo indiscutível."

      De fato, é indiscutível mesmo... O espírito brincalhão e zoador de Stan Lee estava sempre presente nesses primórdios da Marvel e o clima das HQs parecia mais "descontraído" em sua essência. Diferente de qdo o KIRBY produzia sozinho (em sua passagem pela DC ou em sua volta à Marvel em meados dos anos 70) e agregava às histórias um tom mais sério, robusto, sem as gracinhas do Stan Lee!

      Recentemente eu adquiri via Catarse o LIVRO: "Stan Lee - Sr. Maravilha" (de Roberto Guedes), uma biografia impressionante do maior marketeiro da Marvel... E ali fica claro exatamente isso q falamos: A visível e indiscutível participação "alto astral" de Stan Lee na gênese do Universo Marvel!

      Abs!

      Excluir
  6. Olá, Léo!

    Do ponto de vista qualitativo, observo uma melhora significativa nas histórias desse volume 2 do Quarteto Fantástico em relação ao primeiro volume.
    E, repito, duas coisas que me agradam profundamente nessa Coleção Clássica Marvel são: os extras contidos e a tradução e o português aplicado (ao menos até agora) em todas essas primeiras edições.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Tadeu... blz?

      Bem observado, amigo... As HQs do "4F" vão melhorando significativamente à medida em q a dupla Lee/Kirby vai estabelecendo melhor o clima e a pegada das histórias e desenvolvendo os personagens em sua essência. O próprio traço do Kirby vai mudando aos poucos e o "COISA" vai ficando mais "quadrado" (e ganhando a pele com os "tijolinhos laranja"): Isso será bem mais perceptível no 3º Vol. do "4F" (q será a ed. 18 da CCM)!

      Abs!

      Excluir
  7. jesus, dá agonia de olhar esses personagens com cabeça de ovo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Marvel e a DC tinham alguma obsessão com personagens com "cabeça-de-ovo"... Inclusive, tiveram vilões com esse nome (a DC na série do "Batman" na TV) e a Marvel com o vilão principal do "Homem-Formiga". Fora os próprios "OVOIDS" e o "Kurrgo" (q TBM aparece nessa edição do 4F e tem cabeção, rs)!

      Abs!

      Excluir
  8. Fala, Léo!
    postagem mais que necessária, para um material tão especial!

    Do próximo volume em diante, pegarei as edições do 4F, pois meus antigos volumes das BHM, não me desfaço de forma alguma. Portanto, vou pulando algumas CCM, como esta.

    Realmente apesar de não estar barato, ainda é acessível, este tipo de coleção. E os volumes vindouros são ainda melhores (com mais tempo e dedicação do Kirby, acredito).

    Para o meu gosto, sairia quase tudo em formato mais "econômico", com capa cartão.
    Mas confesso que estou seguindo as edições definitivas do Aranha, com o volume 06 já previsto para novembro.

    Sobre o 4F, espero que a coleção avance bem, pois ainda não vi sinal de fumaça para este material em outro formato.

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Victor... blz?

      Valeu por ter curtido a postagem, mto obrigado mesmo... Tenho feito um acompanhamento e comentado aqui no blog TODAS as edições dessa coleção e pretendo cumprir minha promessa de cobrir a CCM inteira (com postagens individuais pra certas edições, e espalhando as demais por matérias de notícias, reviews, e afins)!

      A próxima edição do "4F" (q será o Vol. 18 da coleção)... Vai mto especial tbm, pois ela marcará o início da revista "4F" nº 1 (da EBAL), q começou em sua edição de estreia com o nº 13 de "Fantastic Four" (história q trazia a 1º aparição do "Fantasma Vermelho" e do "VIGIA"). Foi uma revista q durou 21 números com 1 história cada (sendo os 3 últimos com 3 HQs cada), depois: o "4F" passou pro mix do "Aranha" da EBAL, e continuou por lá até reestrear na RGE e Abril!

      "Para o meu gosto, sairia quase tudo em formato mais "econômico", com capa cartão"

      Pra mim tbm, sem dúvida... Prefiro mil vezes o formato econômico ao invés dos luxuosos. Hj, por exemplo, fui na loja de gibis daqui e comprei 3 revistas: "A Saga do Superman 5", "A Saga do Batman 5", e "Titãs 17". As 3 custaram uns 100 pila, mas somadas rendem quase 500 pág de quadrinhos (ainda é um bom custo-benefício)!

      Abs!

      Excluir
  9. Oi Leo!

    Esta coleção é sensacional, o efeito dela é incrível em colecionadores como nós! Embora eu tenha relutado um pouco em fazê-la por pesar no orçamento, que entra ESC, alguns Marvel Vintage, omnibus, A Lenda do Superman, dentre outros.

    Mas foi só comprar a primeira, que o monstro despertou, e aí não teve jeito "TENHO DE FAZER ESTA COLEÇÃO!"

    O formato e o cheiro do papel despertaram a nostalgia, algo que as edições da Salvat que traziam as primeiras histórias da Marvel compiladas não fizeram!

    Eu estou fazendo devagar esta coleção, sempre em alguma promoção, já que está difícil as coisas, mas aos poucos eu chego lá!

    Com exceção das duas primeiras do Demolidor, que eu tenho na BHM dele, que paguei uma pequena fortuna em 2009, farei todas, só não decidi ainda as do Aranha e dos X-Men em qual formato vou pegar em relação à praticidade e economia de espaço e dinheiro!

    A partir da próxima do Quarteto a memória afetiva vai mais além, porque entrará nos desenhos da Hanna Barbera dos Anos 60 que eu tanto adorava quando criança!

    Olhando a lista de lançamentos, eu vi que a edição #02 do Capitão América irá demorar muito para sair, e pelos meus cálculos ela sairá aproximadamente lá por outubro de 2022!

    Claro, que é apenas um cálculo aproximado, tem mês que pode chegar três edições por exemplo, mas conta também o fato que a Panini não lança HQs nos primeiros 20 dias de janeiro de cada ano, portanto é esperar para ver!

    Aproveitando o momento para listar (na minha opinião) os títulos da coleção em ordem de qualidade do melhor para o pior, dos primeiros 60 que não vão mudar nenhum:

    1- Homem Aranha;
    2- Quarteto Fantástico;
    3- Vingadores;
    4- Capitão América;
    5- Homem de Ferro;
    6- Hulk;
    7- Thor;
    8 -X-Men;
    9-Demolidor.

    Espero que minha lista não gere polêmica, pois é apenas uma opinião pessoal!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Espero que minha lista não gere polêmica, pois é apenas uma opinião pessoal!"

      Opinião abalizada e que serve como parâmetro pra quem se envolveu na empreitada de fazer essa Coleção Clássica Marvel, posto que, para muitos entusiastas como eu, será algo como tatear no escuro certas vezes.

      Esse material todo da Marvel que está sendo lançado é praticamente inédito pra mim. E, à excessão do Homem Aranha (que optei fazer pela "Edição Definitiva"), realizei uma pré-seleção daquilo que me interessa adquirir dessa CCM: Thor, Hulk, Homem de Ferro e Demolidor. Este último título eu nem cogitava colecionar, mas, com base em um comentário seu, Élcio, mudei de idéia.

      Minha principal referência para essa seleção foram os antigos desenhos pleistocênicos da Marvel - que o meu pai tem e me fazia assistir, desde molequinho.
      Afinal, foram raras as vezes que assisti a uma programação de tv, pois isso não era permitido em casa. E até hoje mantive tal hábito "espartano", reconhecendo que não perco nada com isso.
      Ao contrário!

      Meus outros parentes têm muita coisa da Marvel lançadas pela Ebal e pela Bloch - mas, o acesso a isso sempre foi extremamente penoso dado às severas restrições que eles impunham ao manuseio das suas "relíquias".
      Assim, não tive outra opção além de eu mesmo iniciar o meu próprio acervo pessoal. E agora sou eu quem imponho restrições a eles - ficam doidos pra manusear meus formidáveis Prince Valiants, da Fantagraphics, mas eu não deixo. E um deles chega a me dizer que "A vingança nunca é plena, ilude a alma e envenena". Apenas respondo que eu herdei os mesmos gens!

      Enfim, como outro parâmetro pra decidir O QUÊ dentre os títulos que já selecionei dessa CCM vou adquirir, estão as postagens aqui do blog relacionadas ao material.
      Conforme disse, fazer essa coleção será como ir tateando no escuro. Portanto, o terreno em questão, apesar de sedutor e atraente, pode conter algumas armadilhas para os mais afoitos. E sem boas informações quanto ao conteúdo trazido em cada edição, muita coisa dispensável ou desinteressante pode deixar de ser devidamente descartada de pronto - embora estejamos tratando com um material raríssimo e de imenso valor histórico (até se for considerado o contexto da época em que tudo isso foi produzido, com aquelas repressões e preconceitos malucos de todo tipo).

      Portanto, mesmo que eu pare de me manifestar aqui, continuarei acompanhando as postagens - principalmente no que concerne a essa CCM.
      Afinal, essa coleção está sendo uma ótima maneira de "me vingar" por não ter tido acesso às revistinhas da Bloch e da Ebal que me foram proibidas de colocar as mãos.

      "A vingança é mais serena
      Quando a alma é tão impune
      Que, depois de consumada,
      Nem a vítima a condena."

      (Antigo Provérbio Chinês que inventei agora)

      Tony

      Excluir
    2. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Eita... Resolveste fazer inteira a coleção então, hein? Difícil resistir mesmo, hehe! Bem, o lado positivo disso é q ainda tá em tempo de recuperar tudo desde o início (na loja daqui, por exemplo, ainda tem todas em estoque) e outra coisa boa é q o leitor q sabe apreciar um bom clássico, com certeza NÃO irá se arrepender de fazer a coleção integral!

      O "Demolidor" já tem seu 2º Vol. anunciado (fiquei sabendo através de vc mesmo lá no grupo do "subs", rs)... Mas o 3º (qdo sair) trará um material bem raro q só vivos por aqui em antigas revistas da EBAL e BLOCH. A Panini, qdo publicou algumas HQs clássicas do demo na "CHM dos Paladinos", fez uma puta SALADA pulando e misturando um monte de histórias: Vai ser legal poder ler tudo na ordem correta agora e sem as "seleções" fuleiras dos editores toscos da panini!

      Qto ao "4F" da Hanna-Barbera... Nesse 2º Vol aí já temos 2 histórias q foram adaptadas pro desenho animado: "Kurrgo" e "Mestre dos Bonecos". E no Vol. 3 tem a do "Fantasma Vermelho", q foi o nº 1 da revista do "4F" da EBAL (um clássico absoluto)!

      Putz, só fiquei chateado com a demora pro 2º Vol. do "Cap. América"... mas por outro lado, sei q na EXTENSÃO vão acabar correndo com a cronologia dele, q chega até a fase do "Nômade" ao menos!

      Qto à sua lista de melhores séries da CCM... Vou postar a minha logo abaixo tbm (e ressalto q é apenas opinião pessoal tbm, rs):

      1- Quarteto Fantástico
      2- Homem-Aranha
      3- Capitão América
      4- Thor
      5- Vingadores
      6- Homem de Ferro
      7- X-Men
      8- Hulk
      9- Demolidor

      Abs!

      Excluir
    3. "Esse material todo da Marvel que está sendo lançado é praticamente inédito pra mim."


      E aí, Tony... blz?

      É um material "INÉDITO" pra mtos outros leitores tbm E até pra quem já tem as versões desse material pela EBAL ou em formatinho, já q MUITAS alterações foram feitas na época (tanto na tradução do texto, qto em pulos e cortes de pág e quadros)!

      Eu mesmo, diria q estou "redescobrindo" as origens da Marvel através das coleções em ordem cronológica da Panini (1º as "Bibliotecas" e agora essa "CCM"). Não sou simpático à editora panini (nunca fui), mas devo reconhecer q tem mto material clássico q só vimos a luz aqui no Brasil ou lemos na ordem correta, graças à ela (e talvez esse seja o maior mérito da panini até hj)!

      No mais... Continue acompanhando e participando das postagens sobre essa coleção, pois farei uma cobertura completa dela por aqui (edição por edição), lembrando tbm algo q sempre ressaltei sobre qq material clássico: Algumas HQs podem parecer "datadas" (detesto esse termo) pra alguns, MAS devem ser lidas dentro do CONTEXTO da época e avaliadas qto à sua importância cronológica. Por exemplo, nesta edição do "4F" tivemos a 1º equipe formada por vilões na Marvel e o desenvolvimento de conflitos internos na equipe e triângulos amorosos envolvendo um vilão (Reed/Sue/Namor). Os "OVOIDS" são ridículos? Sim, eles são: Mas até o TRASH da época tem seu charme, rs!

      Abs!

      Excluir
    4. 1-Thor
      2-Homem-Aranha
      3-o que couber no bolso e momentos específicos de outros personagens que eu curtir como o Demolidor do Wally Wood ou os X-men do Neal Adams, etc

      Excluir
    5. "1-Thor"

      O "Thor" vai engrenar uma sequência espetacular de histórias mesmo a partir do Vol. 3 dele nessa coleção da CCM, tendo como AUGE os confrontos com "Hércules" e "EGO" (lá pelos Vol. 7 e 8 do Thor)!

      Abs!

      Excluir
    6. "Não sou simpático à editora panini (nunca fui), mas devo reconhecer q tem mto material clássico q só vimos a luz aqui no Brasil ou lemos na ordem correta, graças à ela (e talvez esse seja o maior mérito da panini até hj)!"

      Olá, Leo!

      Compartilho da mesma opinião.
      Não fosse o péssimo trabalho de revisão da Panini, entre alguns outros deslizes de menor poder ofensivo, essa editora seria a queridinha n° 1 dos gibiófilos aqui no Brasziu.
      Sou MUITO grato à Panini particularmente pelo fato dela ter lançado a CHM do "Mestre do Kung Fu" (com aquelas caixinhas de brinde pra acondicionar os vols.) e por ter dado continuidade às coleções do Rosa, do Barks e do Gottfredson, abandonadas vergonhosamente pela falida editora que sempre tentou impor no imaginário popular aquela vergonhosa e intragável coisa chamada revista Veja.

      "É um material "INÉDITO" pra mtos outros leitores tbm E até pra quem já tem as versões desse material pela EBAL ou em formatinho, já q MUITAS alterações foram feitas na época (tanto na tradução do texto, qto em pulos e cortes de pág e quadros)!"

      Opa! Minha doce vingança (acima mencionada) foi devidamente consumada então!
      Outro ponto positivo da Panini - este mais recente - está no fato de que a edição "Sob o Gelo Polar" (Under the Polar Ice, na versão original), que havia sofrido censura pela Fantagraphics (!!!), passou incólume na edição que a Panini publicou.
      Segundo aquela conceituada editora norte-americana, havia passagens "politicamente incorretas" na aventura - porque retratavam os índios como escalpeladores.
      Esse tipo de idiotice sem adjetivos capazes de qualificar (e que só afeta as jujubinhas coloridas cada vez mais melindrosas em toda a parte), foi sabiamente ignorada pela Panini.
      Veremos até quando essa liberdade (e respeito pelo trabalho original) vai continuar a ser mantida...

      E sim, Leo, as alterações que vc mencionou, em termos de tradução do texto e supressão de páginas e quadros, eram uma prática de lesa-consumidor frequentes nas badaladas edições da Ebal e Cia.
      Só quero ver com que cara vão ficar os egoístas que não deixavam eu pôr as mãos nas belas "relíquias preciosas" que eles tinham e que agora figuram em suas estantes como simples tralhas repletas de adulterações.

      P.S.: por falar em Mestre do Kung Fu, comprei na segunda-feira, 30/08, diretamente no site da editora, a biografia definitiva do Bruce Lee - cuja aparência servia de modelo para Paul Gulacy desenhar o Shang-Chi, sob os protestos (sempre ignorados) da esposa, Linda Lee, agora Linda Emery. Minha encomenda foi remetida hoje, 01/09 - dois dias após a compra!
      Enquanto isso, já vai pra dois meses que comprei na Mythos três encadernados do Tex, e até hoje:

      Au Revoir!

      Tony

      Excluir
    7. "O "Thor" vai engrenar uma sequência espetacular de histórias mesmo a partir do Vol. 3 dele nessa coleção da CCM, tendo como AUGE os confrontos com "Hércules" e "EGO" (lá pelos Vol. 7 e 8 do Thor)!"

      Já dei uma olhada nesse material por scans hehehhe e concordo.
      Particularmente gosto do linguajar pomposo dos personagens e com a arte do Kirby foi a fusão perfeita. Eu tou por dentro de algumas trasheiras que ocorrem na revista também, algumas cheguei a ver nos desenhos "desanimados" do personagem. Mas me divirto com elas.

      Excluir
    8. "Mas foi só comprar a primeira, que o monstro despertou, e aí não teve jeito "TENHO DE FAZER ESTA COLEÇÃO!""

      Eu entendo esse sentimento. Teve uma época que paguei uma nota pra ter o Thor do Simonson com as cores originais.

      Ainda bem que há leitores como o Elcio, assim não vou ser refém da chantagem que a Panini costuma fazer de que vai cancelar a coleçao por baixas vendas de alguns personagens hehehehhe

      Excluir
    9. "Não fosse o péssimo trabalho de revisão da Panini, entre alguns outros deslizes de menor poder ofensivo, essa editora seria a queridinha n° 1 dos gibiófilos aqui no Brasziu."


      E aí, Tony... blz?

      De fato, o maior defeito da panini foi a sequência e longevidade de um serviço absolutamente PORCO de revisão e erros gráficos q perduraram por uns 2 anos (no mínimo). Ultimamente, parece ter melhorado nesse sentido (coincidentemente após a saída do bucha-de-canhão: Levi - devem ter rodado outros incompetentes de outros setores junto com ele tbm). Seja como for, os erros de revisão diminuíram bastante durante este ano (se ainda existem, são numa escala mto menor do q eram até pouco tempo)!

      Fora isso, confesso q tenho apreciado o foco maior da Panini dedicado à materiais clássicos (já temos até um Vol. 2 das "Tiras do Aranha" anunciado - um produto q eu considero ESSENCIAL pra fãs do aranha). MAS, tbm ressalto entre os pontos negativos a insistência em formatos excessivamente luxuosos e caríssimos pro leitor médio (embora eu tbm entenda - comercialmente falando - q existe um público pros OMNIBUS e demais formatos q custam na casa dos 3 dígitos pra cima)!

      A CHM do "Mestre do Kung Fu" e a continuidade das coleções do Rosa, do Barks e do Gottfredson... Foram mais q bem-vindas: Era quase um CRIME nunca terem republicado as HQs do Shang-Chi q fizaeram a cabeça da geração "Heróis da TV" e "SAM". E as 3 coleções DISNEY citadas são as 3 únicas q eu tava fazendo mesmo, e sendo assim: comemorei a continuidade delas pela Panini (em especial o fato de terem mantido os formatos vigentes - teve um momento q eu tive receio da Panini inventar moda e querer mudar o formato do BARKS pra algo maior e mais caro - q nem é nos EUA)!

      Abs!

      Excluir
    10. "Fora isso, confesso q tenho apreciado o foco maior da Panini dedicado à materiais clássicos (já temos até um Vol. 2 das "Tiras do Aranha" anunciado - um produto q eu considero ESSENCIAL pra fãs do aranha). MAS, tbm ressalto entre os pontos negativos a insistência em formatos excessivamente luxuosos e caríssimos pro leitor médio (embora eu tbm entenda - comercialmente falando - q existe um público pros OMNIBUS e demais formatos q custam na casa dos 3 dígitos pra cima)!"

      Acredito que tudo seja questao de equilibrio. Essas tiras do Aranha por exemplo, sao em preto e branco? Se forem, um capa cartao e um offset ou papel couche com boa impressao ja davam conta do recado. Há artistas em que a impressao.no couche ressalta a qualidade do trabalho, eu tenho "O Diabo da Guarda" com a arte do Quesada e cores do Palmiotti e a impressao da edicao em papel couché faz brilhar os olhos, há um salto de qualidadr em relaçao á versao em lwc da Panini.

      Excluir
    11. "Essas tiras do Aranha por exemplo, sao em preto e branco? "


      Em parte sim... Todas as tiras diárias são em P&B (e ocupam mais de 90% da edição), mas as pág dominicais são em cores. Não precisava capa-dura mesmo (na minha opinião) e acabou ficando um produto mto caro (e com tiragem TÃO reduzida q a venda parece ser exclusiva do site panini - sei q apareceu em algumas bancas de SP, mas foram casos isolados até onde sei)!

      Abs!

      Excluir
  10. Fala aí Leo!

    Matéria sobre a Coleção Clássica Marvel é sucesso puro. Acho que é consenso aqui na comunidade do SubmundoHQ que o que mantém muitos de nós ainda consumindo quadrinhos são essas publicações dos clássicos, tipo a CCM, Lendas do Batman e do Super, Lendas do Universo DC, e as "Vintage" DC e Marvel.

    Em se tratando do Quarteto que é o assunto do post, essa fase inicial dos seus criadores me é desconhecida. Quando foi publicada originalmente pela RGE na revista os Quatro Fantásticos e não Quarteto Fantástico por causa da animação que passava na TV, não acompanhei pois ainda estava na fase das infantis da Disney. Só fui conhecer a primeira família da Marvel já nas publicações da Abril, e vou correr o risco de cometer uma heresia ao dizer que acompanhei a melhor fase do grupo que foi nas mãos do gênio Byrne no seu auge artístico e de criatividade de roteiro.

    Mas heresia porque? pelo motivo que muitos consideram como o melhor do grupo a fase inicial do "rei" Kirby e do "cara" Stan Lee, onde foram trazidos todo conceito de exploradores do desconhecido e protetores do planeta contra ameaças intergaláticas. Mas Byrne acabou por extrapolar esses conceitos a enésima potência, tanto é que já cofrei os dois "ônibus" lançados. Por isso que o número 2 do Conan tá no aguardo.

    É isso amigos sigo acompanhando as notícias. Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, LEPM... blz?

      Eu acredito q seja um consenso sim (não só aqui do "subs", mas em outras redes sociais tbm)... de q são as republicações de material clássico q ainda mantém o leitor colecionando Marvel e DC!

      Percebo q não existe empolgação NENHUMA dos leitores com as sagas modernas e mensais de linha... ninguém comenta com entusiasmo (nem aqui e nem em grupos do face). No máximo a gente vê um q outro tecendo elogios pras fases do "Lanterna" do Morrison, ou dos "X-Men" dos Hickman (e olhe lá). Mas não há mais engajamento do público pra comentar, debater, ou divulgar essas HQs recentes!

      Já o material clássico... Te confesso q eu mesmo já teria "arrumado outro hobby" (parafraseando um ex-editor da Abril, kkk) se não fosse pelas coleções de clássicos Marvel/DC (as de formato econômico, principalmente)!

      Sobre o "4F"... A EBAL publicou as 60 primeiras histórias da equipe (uma parte na revista mensal do "4F" e o resto espalhado no mix do "Aranha" e outras). A BLOCH (q eu usei pra ilustrar esta postagem) preferiu republicar o "4F" desde o início (no mix de "Tocha Humana"), mas não foi mto além dos 10 primeiros números, rs! Aí veio a RGE, com a revista dos "4 Fantásticos": e resolveram PULAR 1 ano de histórias a partir de onde a EBAL tinha parado e recomeçaram a série do nº 72 de "FF" em diante (a revista durou 14 números com 2 HQs por edição - encerrando no nº 99 da série e deixando a edição nº 100 ainda INÉDITA no Brasil)!

      Qto ao BYRNE... concordo q a fase dele foi espetacular tbm e desenvolveu mto bem os personagens (até mesmo os coadjuvantes de apoio). Porém, em matéria de CRIAÇÃO, a dupla Lee/Kirby segue imbatível, pois criaram dezenas de novos inimigos e até heróis (Surfista, Pantera, e Inumanos) ao longo das mais de 100 edições q produziram. São 2 fases (Kirby E Byrne) essenciais mesmo pra fãs do 4F, e lamento mto não ter podido comprar os 2 OMNIBUS em questão, rs!

      Abs!

      Excluir
  11. Queria estar fazendo essa coleção, mas por motivos financeiros e para evitar repetecos, estou deixando passar.

    Estava relendo um dia desses justamentw essa fase inicial e achei bem engraçado o fato da Sue não servir praticamente para nada nas histórias, muito diferente de hoje que me parece ser a personagem mais poderosa do grupo. E quando ela usa uma corda para prender o bandido? Impagável.

    Não sei se alguém já fez o comparativo, mas acho que nesse período inicial a Marvel veio chutando as portas com roteiros bem superiores aos que a DC fazia. Em que pese uma ou outra coisa datada, como a Sue fracote que falei acima, aa superioridade da Marvel é provada pelo simples fato de ainda lermos os gibis desse período até hoje, enquanto os da DC foram parar no limbo, só sendo citados por causa das capas bizarras (tipo o Super-Homem fazer o Jimmy Olsen casar com um chimpanzés ou tentar matar ele e o Aquaman de sede no deserto).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Guilherme... blz?

      De fato, bem observado... A Sue ainda era considerada "apenas uma garota" ou então: A "mocinha em perigo", diante dos padrões machistas no início dos anos 60. Vale lembrar q TODAS as mulheres na Marvel eram assim: agiam de forma parecida com a Sue, viviam romances pueris e chorosos, precisavam ser salvas o tempo todo pelos heróis, e viviam se lamentando pelos cantos (era assim com a Sue, Gwen Stacy, Jean Grey, Lady Dorma, Karen Page, etc)!

      Demorou um pouco pra Marvel deixar as suas mulheres "mais FORTES" e com personalidade mais incisiva... A própria Sue, eu diria q só manifestou melhor seus poderes e passou a ter mais "atitude" já na reta final da fase Lee/Kirby (depois de ter virado MÃE)!

      E sim, tbm concordo com a comparação entre Marvel e DC na Era de Prata... A Marvel levava larga vantagem em vários quesitos (a começar pelas vendas). Mas a DC reagia bem em alguns momentos, tipo na fase do "Lanterna/Arqueiro" e "Batman" do Neal Adams. Mas pouca coisa costuma ser lembrada ou republicada de outros personagens. Já a Era de Bronze (anos 70) trouxe uma reação mais forte da DC (embora a Marvel tbm mantivesse seu padrão em alta nessa época)!

      Abs!

      Excluir
  12. "E sim, tbm concordo com a comparação entre Marvel e DC na Era de Prata... A Marvel levava larga vantagem em vários quesitos (a começar pelas vendas). Mas a DC reagia bem em alguns momentos, tipo na fase do "Lanterna/Arqueiro" e "Batman" do Neal Adams. Mas pouca coisa costuma ser lembrada ou republicada de outros personagens. Já a Era de Bronze (anos 70) trouxe uma reação mais forte da DC (embora a Marvel tbm mantivesse seu padrão em alta nessa época)!"

    A DC tem algum material bom dessa época, de cara posso citar a origem de alguns vilões do Batman, o Alan Moore pegou uma história dos primórdios do Morcego com o Capuz Vermelho pra criar a Piada Mortal. O Matt Wagner escreveu Batman e o Monge Louco baseado nessas histórias antigas e o Morrison reverenciou várias delas no run dele no Batman. Desde sempre o Morcego salvando a editora rsrsrsrs.

    O que eu pude notar é que aparentemente a DC não tem tantas fases contínuas de boas histórias com a mesma equipe criativa como a Marvel, salvo exceçoes como a fase do O'Neil/ Adams ou o Byrne na frente do Super.
    O Miller escreveu histórias épicas do Morcego, mas não foi algo longevo como a fase dele no Demolidor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, como eu disse: A DC tem bastante coisa boa da Era de Prata tbm... MAS não o suficiente pra fazer render coleções de sucesso (comercial) q nem os gibis da Marvel da mesma época!

      Por exemplo, até mesmo as ótimas fases q eu citei acima do "Batman" (Neal Adams) e "Lanterna/Arqueiro" (tbm do Adams) parece q não venderam tão bem assim na coleção de "Lendas"... Tanto é, q ainda se encontram nas lojas por aí. E personagens tipo o "Flash" e "Aquaman" não possuem praticamente nada "vendável" ou q motive uma republicação por parte das editoras (fiquei sabendo q houve dificuldade pra panini encontrar coisa boa do "Aquaman" pra aproveitar o hype do filme: tiveram q apelar pro material mais atual mesmo - já q a fase Peter David tbm é um risco por ser mto extensa)!

      Abs!

      Excluir
    2. Acho que só tem 2 volumes do Aquaman do David publicados. Talvez virem 4 volumes cartonado. 6 se a Panini juntar aquela minissérie do passado de Atlântida.

      Excluir
    3. Oi, Alex... blz?

      Esse especial da "Atlântida" é excelente mesmo... foi a melhor coisa de Aquaman (ou relacionado à ele) q eu li do Peter David e ainda torço pra q saia aqui um dia (tá INÉDITO no Brasil - li em scans)!

      Abs!

      Excluir
  13. Porra!!! Puta que pariu!!! Caralho!!! TOMAR NO CU!!!!!!! PORRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!

    Wolverine Preto, Branco e Vermelho custando praticamente R$ 100,00.
    Eu só queria essa edição, única e exclusivamente pela arte do Adam Kubert que foi o único artista, na minha opinião, que se esforçou pra entregar um trabalho condizente ao luxo do encadernado, que inclusive tem a arte de caras do "alto nível" do Greg Land!!!! Esse encadernado reuniu uma das piores seleções de equipes criativas pra escrever e desenhar as histórias que já vi. Diferente da DC que quando fez os Batman e Preto e Branco, escolheram artistas de alto nível em sua maioria.

    Raiva, muita raiva mesmo. O Kubert desenha a capa e 7 ou 8 páginas da edição. O resto do material é totalmenente dispensável.

    Vou ter de torcer pra um desconto muito generoso, no mínimo 40% ou apelar pra pirataria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, L... Essa edição eu vou deixar passar, sem dúvida!

      Não sei qual as medidas desse gibi... mas vale lembrar tbm q aqueles "Grand Design" tiveram preço abusivo (custavam 100 contos por 100 pág cada - E em capa-cartão ainda por cima)! Comprei só o do "4F", pois sou mto fã da equipe e queria ter uma retrospectiva completa dela, mas os dos "XM" eu me recusei a comprar por "N" motivos (q não vem ao caso agora - pra não fugir mto do assunto)!

      O do "Wolverine" achei um investimento mto alto tbm por apenas umas 7 ou 8 pág q prestam (segundo vc afirma - e eu acredito)!

      Abs!

      Excluir
  14. "O do "Wolverine" achei um investimento mto alto tbm por apenas umas 7 ou 8 pág q prestam (segundo vc afirma - e eu acredito)!"

    Grato pela confiança

    ResponderExcluir
  15. Joe Bennet é o mais novo membro do grupondos cancelados. Agora que o título do Immortal Hulk acabou. O roteirista, Al Ewing saiu rasgando o verbo na net por causa de uma charge que ele fez em 2017

    https://ozymandiasrealista.blogspot.com/2021/09/al-elwing-ficou-ofendidinho-e-nao-quer.html?m=1

    Nunca fui muita fã do Bennet e acho que o cara devia fazer umas críticas menos toscas. Quanto ao trabalho dele. Essa polêmica fez eu visitar o instagram dele e comecei a mudar de opiniao sobre os desenhos. Algumas das artes comissionadas sao inspiradíssimas, tem uma recente do Sr Tira Teima com duas boazudas que parece ter tido influência do Sienkiewicz, outro desenhista que curyo muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabacisse pura isso de quererem "cancelar" o Bennet... Bem coisa de hipócrita q prega contra a "censura" e a "repressão", mas tudo o q mais quer e FAZ é justamente "censurar" a opinião alheia (se for contra os princípios ideológicos em q o "cancelador" acredita)!

      Seja como for... O Bennet é da turminha noventista q eu detestava (por seguir aquele padrão "Image"). PORÉM: mudei de ideia agora com o trabalho dele no "Hulk" (passei a gostar mais do traço dele - q eu considero ter evoluído significativamente)!

      Só acho q uma figura PÚBLICA (artista, escritor, ator, etc) tem q tomar cuidado com aquilo q diz ou escreve "SE" não quiser atrair confusão pra si... Pois estamos no meio de uma "Guerra Ideológica" (com 2 extremos defendendo suas verdades e uns "isentões" no meio da briga q devem votar em branco OU em algum candidato inútil q não fará a menor diferença nas próximas eleições). É óbvio q aquele q se manifestar publicamente sobre POLÍTICA vai colher os frutos disso e vai ter q aguentar o "contra-ataque" em seguida, hehe (foi o q aconteceu com o Bennet)!

      Eu, por exemplo, escolhi NÃO me manifestar publicamente sobre POLÍTICA... Já q sou empresário e tomar partido por um lado específico é "ruim pros negócios" (tenho amigos, clientes, e meu sócio q me seguem nas redes sociais e não quero ter prejuízo $$$ por questões políticas). Mas é óbvio q eu tenho um lado bem definido nessa "guerra" e defendo aquilo q acredito SEM me expor publicamente e evitando conflitos e brigas desnecessárias. Vai de cada um preferir assumir uma postura mais direta ou indireta nesse campo de batalha q se tornou a política hj em dia!

      Abs!

      Excluir
  16. "Seja como for... O Bennet é da turminha noventista q eu detestava (por seguir aquele padrão "Image"). PORÉM: mudei de ideia agora com o trabalho dele no "Hulk" (passei a gostar mais do traço dele - q eu considero ter evoluído significativamente)!"

    No instagram dele tem umas comissions em preto-e-branco que ficaram sensacionais.

    "Só acho q uma figura PÚBLICA (artista, escritor, ator, etc) tem q tomar cuidado com aquilo q diz ou escreve "SE" não quiser atrair confusão pra si..."

    Se as pessoas parassem de endeusar políticos e pesquisassem mais a coerência das vidas públicas deles, ao invés de só acreditar nas bravatas que eles falam. Muita vergonha e prejuízos poderiam ser evitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa... Valeu pela dica: Vou visitar o instagram dele então!

      E concordo em relação a endeusar políticos... Embora no final das contas, tudo ainda se resuma a "votar no menos pior" em cada eleição (ou naquele q melhor defenda os valores em q cada um acredita)!

      Abs!

      Excluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...