29/06/2021

"X-Men" (Só Lançamentos Mutantes): A "Canção do Carrasco", "Novos XM" (Morrison), e Mais...

Os "X-Men" estão em alta (novamente) no mercado nacional... Ao menos é o que demonstra esta matéria especial SÓ com lançamentos mutantes que saíram (e ainda estão saindo) praticamente ao mesmo tempo:

"X-Men: A Canção do Carrasco", "X-Men: Gênese Mutante 2.0" (de Jim Lee), "X-Men: Grand Design 3 - Extermínio", "Novos X-Men" Vol. 1-3 (de Grant Morrison), "Os Fabulosos X-Men: Ed. Definitiva" (de Stan Lee & Jack Kirby), "X-Men: Guerras Asgardianas", e "X-Men: A Ascensão da Fênix"!

Confira abaixo...

"X-Men: A Canção do Carrasco" + "X-Men: Gênese Mutante 2.0" (de Jim Lee) + "X-Men: Grand Design 3 - Extermínio"... A estreia de um novo selo mutante no mercado nacional: "As Maiores Sagas X-Men", já começa com "A Canção do Carrasco" (capa-cartão, 368 pág, R$ 89,90). Cíclope e Fênix são sequestrados e Cable aparentemente assassina o Prof. X - Assim, X-Men, X-Factor e a X-Force vão à guerra - uns contra os outros. Uma sequência de batalhas épicas pelo mundo inteiro (e até na Lua) provocadas pelo plano de vingança do "Sr. Sinistro" contra "Apocalypse", e a revelação sobre as verdadeiras identidades de "Cable" e seu inimigo "Conflyto". Material publicado em: "Uncanny X-Men" 294-297; "X-Factor" 84-86; "X-Men" (1991) 14-16; "X-Force" 16-18; e "Stryfe's Strike File" 1 (aqui no Brasil, boa parte dessa saga saiu em: "X-Men Gigante 1" da Abril - CAPA abaixo)! A fase Chris Claremont & Jim Lee (Gênese Mutante) já publicada em 2 Vol. econômicos (há alguns anos atrás) ganha uma nova roupagem pela Panini (capa-dura, 200 pág, R$ 74,90). É uma série que marcou época (esta edição encaderna "X-Men" 1-7, de 1991) e inspirou o visual do desenho animado dos anos 90! E o "Grand Design" chega ao Vol. 3 - FINAL (R$ 99,90) com as recapitulações das sagas: "Massacre de Mutantes", "Queda dos Mutantes", "Inferno", e "Programa de Extermínio"!
 
"Novos X-Men" Vol. 1-3 (de Grant Morrison): A controversa fase de Morrison à frente da equipe dos XM, é relançada (mais uma vez) pela Panini, só que agora em capa-dura. O Vol. 1 traz a saga: "E de Extinção" (R$ 62,90), publicada originalmente em: "New X-Men" (2001) 114-117. Uma versão mais compacta dos XM (com poucos integrantes e desvinculada da complexa cronologia vigente das revistas de linha até então - praticamente um reboot, rs)! O Vol. 2 (Imperial), já é mais encorpado e publica as edições nº 118-126 da série (R$ 89,90). Possuindo o corpo do Prof. X, Cassandra Nova revelou ao mundo a identidade dos X-Men e partiu para o espaço com planos de conquista. Agora, ela comanda todo império Shiar e decide erradicar a raça mutante! E o Vol. 3 (Novos Mundos) apresenta: "New XM" nº 127-133 (R$ 69,90). A "Corporação X" se propõe a abrigar mutantes oprimidos ao redor do planeta. Entre protestos e manifestações de apoio, o Prof. X e seus discípulos se veem diante da ameaçadora Arma XII, o misterioso Fantomex, as almas perdidas de Genosha, e o crescente poder de Jean Grey! 
 
"Os Fabulosos X-Men: Ed. Definitiva" + "X-Men: Guerras Asgardianas" +  "X-Men: A Ascensão da Fênix"... Um lançamento inesperado esse TIJOLO que republica as HQs clássicas de Lee/Kirby (o mesmo material que já está saindo na "Coleção Clássica Marvel"). Esta "Ed. Definitiva" (capa-dura, 528 pág, R$ 189,90) traz: "Amazing Adult Fantasy 14" e "Uncanny X-Men" 1-23 (de 1963). As 1º aparições de: "Magneto", "Irmandade de Mutantes", "Sentinelas", e a 1º história da Marvel estrelada por um mutante (de Stan Lee & Steve Ditko)! Pelo selo "Marvel Vintage", temos: A saga das "Guerras Asgardianas" (capa-dura, 248 pág, R$ 89,90). Os "X-Men", a "Tropa Alfa", e os "Novos Mutantes" se unem contra "Loki" e suas trapaças ardilosas, que causam uma batalha épica entre mutantes e deuses. Publicado em: "X-Men And Alpha Flight" 1-2, "The New Mutants Special Edition" 1, e "Giant-Sized X-Men Annual 9" (no Brasil, saiu nos formatinhos de linha dos "X-Men" nº 20-23 da Abril em 1990)! Por fim: "A Ascensão da Fênix" (capa-dura, 144 pág, R$ 57,90) traz: "Avengers" 263; "Fantastic Four" 286; "X-Factor" 1; "Classic X-Men" 8 II e 43 II; e "Bizarre Adventures" 27. Uma compilação de histórias que trouxeram Jean Grey de volta à vida (após ter morrido na "Saga da Fênix Negra")!

Até+

96 comentários:

  1. Bom dia, Leo!
    Nós do Comics & More gostaríamos de saber se existe a possibilidade do Submundo HQ divulgar nosso projeto, que é a biografia definitiva do artista John Byrne, um dos maiores nomes dos quadrinhos dos anos 80.
    O projeto já está no ar no Catarse:
    https://www.catarse.me/john_byrne_o_genio_indomavel_889b?ref=project_link

    Escrita por Rodrigo Talayer, um dos maiores fãs do artista no Brasil, o livro, em formato 15 x 22 cm, conta com 500 páginas e uma infinidade de informações sobra a vida e obra do quadrinista, além de diversas imagens dos trabalhos nas editoras Charlton Comics, Marvel, DC Comics, Dark Horse e IDW.
    O trabalho também compila depoimentos de alguns nomes importantes como os editores Mario Luiz Barroso, Levi Trindade, Chris Ryall, Alexandre Morgado e Fernando Bedin. E conta ainda com um prefácio assinado por Jotapê Martins.
    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Rodrigo... Tdo bem?

      Sem dúvida q sim, amigo... E parabéns pela iniciativa, pois o BYRNE (de quem eu sou fã, naturalmente) tava merecendo uma biografia caprichada faz tempo por aqui: Assim, esse projeto veio bem a calhar!

      Devo incluí-lo na próxima formada de NOTÍCIAS gerais aqui do blog (sempre faço um COMBO TRIPLO de notícias variadas a cada 2 meses por aqui) OU numa matéria exclusiva q ando planejando só pra projetos do Catarse!

      Seja como for, já recomendo (desde já) o LINK acima para o projeto BYRNE (o qual devo apoiar tbm - gostei mto do POSTER q vem junto, rs)!

      Abs!

      Excluir
  2. Olá, Léo!

    De todos esses materiais dos heróis mutantes irei comprar a Edição Definitiva (Lee/Thomas/Kirby/Ditko). A Coleção Clássica Marvel contempla poucos exemplares dedicados aos X-Men; então, melhor comprar as edições definitivas dessa primeira fase que virão em três volumes.
    Gosto muito do formato dessas "definitivas". A Panini poderia oferecer mais heróis nessa opção.
    "A Ascensão da Fênix" é material que eu não conheço. Gostaria de uma resenha pra ver se vale a pena.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Taude, não sei o seu nível de leitura, mas faltou o Leo botar que a história principal de Ascensão da Fênix saiu aqui no Brasil no Grandes Heróis Marvel 30. Basicamente com histórias de Roger Stern, John Byrne, John Buscema, Bob Layton e Jackson Guice, é a formação do primeiro X-Factor.
      Vale muito a pena.

      Att.

      Excluir
    2. "A Ascensão da Fênix" é material que eu não conheço. Gostaria de uma resenha pra ver se vale a pena."


      E aí, Tadeu... blz?

      Eu não li todas as histórias dessa edição da "Fênix"... Mas acho q o Lierson resumiu perfeitamente acima o padrão do conteúdo q esse encadernado trará:

      São os artistas q marcaram época nessa fase anos 80 dos gibis mutantes (ou relacionados)... E certamente, será uma edição de grande interesse pros leitores q não acompanharam direito essa "lacuna" entre a MORTE e a RESSURREIÇÃO de Jean Grey (eu mesmo, acabei perdendo essas histórias qdo saíram pela Abril)!

      PORÉM (sempre tem um "porém", rs)... Tô achando q esse encadernado vai acabar indo pra lista de "cortes" do mês (pois já tô comprometido com outras prioridades mais urgentes, hehe)!

      Abs!

      Excluir
    3. Fala, Leo, blz? Estas histórias da Ascenção da Felix, pelo menos 90% delas, saíram aqui no Brasil em Grandes Heróis Marvel 30 da Abril, que trouxe a estreia do X-Factor.

      Excluir
    4. E aí, Marcos... blz?

      Valeu mesmo pela dica... Mas essa GHM 30 eu não tenho tbm (minha coleção de GHM parece uma peneira de tão esburacada, hehe)!

      Abs!

      Excluir
  3. Olá, LEO.

    "só que agora em capa-dura"

    Tenho a fase de Morrison em TP e comprei uma caixa do Case in Case para guardar. São boas HQs, mas dispensáveis.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Neófito... blz?

      Do Morrison, eu tenho apenas o 1º encadernado q saiu em capa-cartão há uns anos atrás (E de Extinção)... E devo pular essa NOVA coleção deluxe, pois concordo com vc e achei essa fase apenas "legalzinha" (com altos e baixos o suficiente pra eu não me motivar a investir TANTA grana numa coleção capa-dura, hehe)!

      Abs!

      Excluir
  4. E aí, Leo, beleza?
    OLha, pra quem é FÃ dos mutantes, não tem o que reclamar , hein? Republicação de sagas que nunca saíram antes em formato americano, reimpressão/reformatação de material anterior, material novo... tem de tudo pra todo mundo.
    Não devo adquirir nada disso pois eu já tenho Guerras Asgardianas, Gênese Mutante, Novos X-Men do Morrison e Ascensão da Fênix em outros formatos.
    Mas excelente pra quem é fã, como já disse.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lierson... blz?

      De fato, brother... Os fãs mutuninhas (q andavam meio q jogados pra escanteio pela Panini) não tem mesmo do q reclamar agora com essa OVERDOSE mutante saindo numa tacada só, rs!

      Dessas aí, eu vou ficar SÓ com a "Canção do Carrasco", q eu nunca li e sempre me foi recomendada por fãs "hardcore" dos gibis "XIS"... Pois o resto eu já tenho o q me interessa em outros formatos tbm!

      Claro, algumas coisas da lista eu NÃO tenho e gostaria de ter, MAS não poderei encarar por questões financeiras (é o caso das "Guerras Asgardianas" e "Ascensão da Fênix")!

      Abs!

      Excluir
    2. Não foram escanteados pela Panini, mas a própria Marvel deixou cancelarem o Quarteto e diminuir a linha X para não pagar royalties e dar ideias pra Fox (antes da aquisição pela Disney), por isso não se tinha mais merchandising da equipe e ela amargava histórias ruins, por pura picuinha da gerência.

      Agora voltou com uma vingança. Hehehe

      Excluir
    3. Bem lembrado, Lierson...

      Sempre esqueço q tinha rolado esse "boicote" interno da Marvel às franquias da FOX, pois isso aconteceu bem numa época em q eu tinha abandonado os gibis mais modernos (e nem queria saber mais de "4F" e "XM", rs)!

      Mas voltando a publicarem os clássicos (q nem estão fazendo), pra mim tá tdo bem, hehe...

      Abs!

      Excluir
  5. Fala Léo finalmente a panini lembrou dos mutantes, novos x-men e gênese mutante 2.0 vou passar pois tenho as outras versões, assim como guerras asgardianas que acho bem ruinzinha, x-men edição definitiva garanti na pré venda ( pelos meus cálculos serão 3 edições) também peguei a canção do carrasco pois junto com aliança falange (que tb está nessa coleção) são as únicas sagas dos anos 90 que me faltam, tb não resisti e peguei essa da fênix pq é quase o mesmo conteúdo da GHM 30 com a origem do x-factor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, beagle... blz?

      Verdade, amigo... Depois de um período "minguado" pros X-fãs, a panini desovou essa avalanche aí (q certamente vai acalmar os ânimos mutuninhas, rs)!

      Vou de "Canção do Carrasco" (q eu nunca li e dizem q é boa pq tem a pegada do desenho animado anos 90)... De resto:

      "Novos XM" (Morrison) eu já tenho o 1º arco em capa-cartão e acho q tá bom assim (li os demais em scan e não me empolguei tanto)! "Guerras Asgardianas" e "Ascensão da Fênix" eu vou PULAR (por cortes no orçamento)! Os clássicos dos anos 60 eu vou seguir pela "CCM" mesmo (q eu vou fazer toda)! E "Grand Design" eu só tenho o do "4F"!

      Abs!

      Excluir
  6. "Novos X-Men" Vol. 1-3 (de Grant Morrison) eu já tenho em formato economico pela Panini. Sinceramente gostei muito da saga, limpa, sem exagero e muito próxima dos filmes da época.

    "Os Fabulosos X-Men: Ed. Definitiva" eu já tenho essa fase, mas da época da Abril, tanto em formato americano como de formatinho. Foi por essa fase que eu conheci a equipe e muito se deve ao desenho animado que me deu curiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Marcelo... blz?

      Dos "Novos XM" do Morrison eu tenho apenas o 1º encadernado econômico q saiu em capa-cartão há um tempo atrás... E tenho tbm uma edição em "Widescreen" (com um especial ligado à série)!

      A fase do Jim Lee eu tbm tenho pela versão econômica em capa-cartão q saiu pela Panini (e TBM tenho a mini em 3 partes da Abril - entre vários formatinhos)... E os "classicões" (Lee/Kirby) eu vou ficar com a coleção de clássicos q tá saindo mesmo (CCM)!

      Abs!

      Excluir
  7. Fala aí mestre Léo!
    Matéria exclusiva dos mutunas, e recheada de novidades. Desses lançamentos só vou pegar as Guerras Asgardianas, um dos últimos momentos inspirados do mestre dos roteiros Chris Claremont. Mas pra mim o que se destaca mesmo nesse arco é a arte de Paul Smith e Arthur Adams, ambos criaram painéis belíssimos juntando os filhos do átomo e as divindades asgardianas. Pra quem conhece é nostalgia pura e pra novos leitores é um prato cheio de um material qualidade.
    No restante pra mim entra na fase que começa o samba do mutante doido, era um tal de X-Men, X-Factor, X-Force, Excalibur, X-escambau a quatro... Uma confusão de grupos e personagem que chegou a um ponto em que não entendia mais nada. De tanta viagens no tempo, realidades paralelas, dimensões místicas e tudo mais. Obrigado mais tô fora. Pra resgatar os bons tempos produzi edições artesanais com arquivos disponíveis na rede de duas histórias clássicas que são a Saga de Proteus e a Saga da Ninhada ambas dos anos 80. Tão logo estejam impressas e encadernadas estarei enviando pro acervo do SubmundoHQ.
    Valeu por mais uma postagem de relevância!!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Uma confusão de grupos e personagem que chegou a um ponto em que não entendia mais nada."

      Acho que a graça é essa, nao entender nada rsrrss
      Ou ficar tentando organizar tudo de.um jeito que faça sentido, questao a Fox foi bem fiel aos quadrinhos ao fazer os filmes kkkkkkk

      Excluir
    2. E aí, LEPM... blz?

      Pois é, tem tanta coisa dos gibis "XIS" sendo lançada: q rendeu uma matéria SÓ pra eles desta vez, rs... E em breve teremos uma 2º matéria SÓ do "TEX" (de novo): Sim, será a 2º vez este ano q o ranger extrapola nos lançamentos a ponto de ganhar uma postagem exclusiva SÓ pra ele (fã de TEX "se" reclamar de alguma coisa, é de barriga cheia, kkk)!

      Pô, eu tava interessado mesmo nessas "Guerras Asgardianas"... Mas, infelizmente, vou ter q deixar passar: Às vezes tem aquele momento na vida do colecionador em q ele tem q fazer uma ESCOLHA. E no meio desse verdadeiro "tiroteio" de lançamentos mutantes, fiquei encurralado entre:

      "A Canção do Carrasco" OU "Guerras Asgardianas"?

      Ambas na mesma faixa de preço, mas só posso escolher UMA... E acabei optando pelo "carrasco" (por me trazer mais saudosismo pela "pegada" ao estilo do desenho noventista dos XM - q eu adorava na época e q ajudou a me resgatar de volta ao mundo dos GIBIS a partir de 1995)!

      Hahaha... E q loucurada mesmo q foi essa FEBRE de revistas com "X" na capa nos anos 90, hein? Eu tbm me perdi todo na época e acabei deixando passar mta coisa (boa ou não). Mas pelo q me disseram, esse selo de "Maiores Sagas" vai republicar bastante coisa desse período (a saga da "Falange" e coisas do tipo)!

      E pô, avisa aí qdo tiver disponível essas edições artesanais (aquela do "Demolidor" ficou mto TOP e assim q eu adiantar um pouco as postagens de lançamentos atrasados, vou retomar aquela matéria q planejei sobre HQs "artesanais" (q vai incluir FOTOS dessa edição do "demo", e algumas outras raridades q andei peneirando por aí tbm, rs. Assim q possível tbm vou financiar um TIJOLO artesanal com o "2001" do REI KIRBY (não quero morrer antes de ajudar a imprimir isso, kkk)!

      Valeu mesmo, brother!

      Abs!

      Excluir
    3. "Acho que a graça é essa, nao entender nada rsrrss
      Ou ficar tentando organizar tudo de.um jeito que faça sentido, questao a Fox foi bem fiel aos quadrinhos ao fazer os filmes kkkkkkk"


      Concordo contigo, L...

      "X-Men" anos 90 é q nem a série "LOST"... A gente não entendia porra nenhuma, mas curtia do mesmo jeito, hahaha!

      E por falar nisso... Tô assistindo a série de TV do "LEGIÃO" e tô adorando: Puta série bacana, sombria, intrigante, psicodélica. É uma das MELHORES coisas ligadas à XM q eu já assisti (bota no chinelo boa parte dos FILMES mutantes da FOX). Recomendo, são 3 temporadas ao todo (na Netflix)!

      Abs!

      Excluir
  8. Essa fase do Morrison, só curti mesmo o arco da Rebelião no Instituto Xavier e Planeta X, mesmo com aquele final lixo, pois era óbvio que as mortes mais impactantes que ocorreram na saga não iam durar.
    O pior foi a mudança dos uniformes pra trajes de motoqueiros, pra ficar parecido com os filmes do Bryan Singer, que na minha opinião, só foram bons de assistir na época em que foram lançados.

    É bom ver que a Panini está relançando essas histórias. Eu queria que também dessem continuidade á fase do Larry Hama que foi lançada na CHM do Wolverine, mais pela arte do Adam Kubert, do que pelo roteiro, já que dizem que a fase do Hama foi ficando ruim com o tempo.


    Torço pra que a Panini volte a publicar histórias clássicas do Justiceiro dos Anos 90 (a fase do Jim Lee no título seria uma boa) e Motoqueiro Fantasma (Danny Ketch) do Mark Texeira que só foi publicada em formatinho no Brasil.

    Tem muito material bom das antigas que tá necessitando de uma republicação e outros que ainda são até inéditos por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, L... Realmente, o arco da "rebelião" foi mto bom: Mas a fase Morrison, no geral, eu achei bastante irregular (oscila demais entre o bom, o ruim, e o mediano). E a arte do Kordey (em alguns arcos) não ajuda mto tbm (ele tem um traço feio, q destoa do Quitely e do Sciver)!

      Mas o pior mesmo foi o q a própria Marvel fez DEPOIS da saída do Morrison... acabaram se perdendo ao darem continuidade pra alguns plots e personagens, tipo o "Fantomex": q teve o desenvolvimento tão bagunçado, q mesmo lendo resumos sobre ele, ainda fica confuso, rs!

      Já o "Wolverine" do Hama, podia sair mesmo mais uns 2 encadernados q cobrissem pelo menos até a "Morte de Mariko" (uma boa história, q eu tenho no "Wolverine" nº 44 da Abril)!

      O "Justiceiro" anos 90 seria uma ótima pedida mesmo... Tenho quase tudo q saiu dele na "SAM", mas mta coisa foi PULADA pela Abril e mesmo as HQs q eu já tenho, seria legal poder relê-las em formato americano! O "Motóca" tbm eu gostava mto dessa fase anos 90, pena q deu uma "esfriada" no hype dele após os 2 filmes do Nicolas Cage!

      Abs!

      Excluir

    2. "tipo o "Fantomex": q teve o desenvolvimento tão bagunçado, q mesmo lendo resumos sobre ele, ainda fica confuso, rs!"

      Tu me fez lembrar agora, daquela ideia merda que o Morrison teve de dizer que o Wolverine era a Arma X (dez) e esse personagem m*rda (Fantomex) era a arma XII (doze).

      Excluir
    3. "a arte do Kordey (em alguns arcos) não ajuda mto tbm"


      A arte desse cara era podrr mesmo. Acho que foi o pior desenhista desse período. Outros destaques foram o Bill Sienkiewcz (que desenhou ou arte-finalizou umas poucas ediçoes) e o Phil Jimenez.

      Marc Silvestri também desenhou bem. Mas nem a arte dele salva o último arco tosco do Morrison

      Excluir
    4. Essa ideia foi PÉSSIMA mesmo, hein?

      E se não me engano o "Deadpool" era um dos 10 (não tenho certeza - e tbm não me importo mto, rs)!

      Abs!

      Excluir
    5. O Silvestri já esteve entre os bam-bam-bans do mercado nos anos 90... Mas conseguiu se apagar quase q totalmente com o passar do tempo (arrisco dizer q até o Liefeld conseguiu se destacar mais q ele nesses últimos anos, rs)!

      Abs!

      Excluir
  9. Oi Leo!

    Parabéns pela "X-matéria"! Uma matéria desde já antológica, reunindo basicamente TODOS os lançamentos importantes dos mutantes dos próximos meses do ano!

    Bom, a fase do Morrisson eu tenho em capa cartão que saiu pela Panini na década passada + as edições da Salvat!

    A mesma coisa a do Jim Lee que comprei em capa cartão em 2014!

    Sendo assim, dos materiais aqui listados que me interessam fica o Retorno de Jean Grey (A Ascensão da Fênix), Guerras Asgardianas, e este mini-omnibus da fase clássica!

    Embora eu considere o retorno de Jean Grey uma tremenda picaretagem, desde a época em que foi publicada no Brasil em Grandes Heróis Marvel nº 30 da Abril em 1990, pra mim a edição vale não só pela nostalgia viajando de volta aos Anos 80, como pela história de Bizarre Adventures nº 27, que é inédita por aqui!

    Guerras Asgardianas eu nunca li, até porque na época em esta saga foi publicada por aqui (1990), eu tinha orçamento limitado de compra de HQs, afinal era só um estudante que dependia de mesada numa época muito difícil economicamente no Brasil: A Era Collor!

    Ademais, é outra dos Anos 80, uma época muito prolífica para os quadrinhos!!

    O tijolo da fase clássica me apeteceu muito quando vi que ia sair! Infelizmente, eu não estou fazendo a Coleção Clássica Marvel por contenção de gastos, este tijolo para mim veio para suprir esta lacuna (pelo menos dos X-Men)!

    É claro que de cara o valor de capa assusta muito, mas vou esperar ele entrar em catálogo, ter seu preço de capa reduzido, e torcer para uma boa promoção até final do ano para cofrá-lo!

    Eu conheço muito pouco dos X-Men no seu início; tenho algumas histórias publicadas pela Abril, Salvat, e Panini, mas nunca li de forma sequencial e cronológica!

    Não estou criticando ninguém, nem tentando induzir ninguém a comprar esta edição em detrimento da CCM, mas no meu caso eu achei que o custo benefício vale a pena, ainda mais numa futura e inevitável promoção do preço de capa!

    Não sei se a Panini irá fazer isso com outros personagens em suas fases clássicas, além do Aranha e X-Men, mas acho este processo de canibalização interna das publicações um tanto enigmático e controverso!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Valeu mesmo por ter curtido a "X-matéria", rs... O "TEX" vai ganhar uma postagem do mesmo tipo tbm, já q vem aí mais uma enxurrada de lançamentos do ranger pela frente (vai ser a 2º onda este ano com vários lançamentos de Tex ao mesmo tempo)!

      Os "Novos XM" do Morrison eu já me dou por satisfeito só com o 1º Vol. em capa-cartão q saiu pela Panini há alguns anos atrás (acabei não seguindo adiante naquela coleção econômica)... Já a do Jim Lee eu comprei as 2 q saíram cartonadas tbm (2 encadernadinhos e fechava a fase Jim Lee mesmo: perfeito)!

      Assim, a única edição q eu vou realmente comprar destas listadas acima é a "Canção do Carrasco" (q sempre me foi bem recomendada e só conheço pela fama de ser uma das sagas mutantes mais pedidas pelos leitores há anos nas redes sociais da panini)!

      "Guerras Asgardianas" e "Ascensão da Fênix" eu até teria interesse, mas ambas tiveram q entrar pra minha lista de CORTES do mês (a grana ficou curta pra mim, pois andei comprando bastante coisa naquelas promoções virtuais q rolaram e andei apoiando vários projetos no Catarse - meu cartão já tá estourado, rs)!

      Sobre a "Fênix"... eu não tenho a GHM 30 da Abril, e não sabia q a HQ da "Bizarre Adventures" ainda tava inédita por aqui (ela é P&B se não me engano, né)? Putz, a edição tá interessante sim, mas vou ter q acabar cortando pelo visto (pena q não saiu em capa-cartão pra aliviar no bolso)!

      A dos "Asgardianos" eu nunca li tbm... Mas é anos 80 e toda essa fase foi boa no geral. Mas esses encadernados de 90 pila eu vou ter q dar uma maneirada mesmo (já basta o do "carrasco" e o do "Cap. América X Agente Americano" q tá pra sair em seguida - esse vai ser prioridade pra mim, pois nunca li essa fase do "agente" tbm)!

      Qto aos "classicões"... Bem, eu já tenho esse início dos XM nas 2 "Bibliotecas" da Panini (a 3º eu pulei na época, mas não era mais o Kirby desenhando). Mesmo assim, vou seguir com esse material na "CCM" mesmo (não vou encarar o TIJOLO definitivo pq senão vai ficar mto repetéco, rs)!

      Acho q vc vai gostar desse início dos XM... Eu sempre curti esse material pela curiosidade de ver como se estabeleceram as bases e fórmulas dos gibis mutantes!

      E tbm acho meio controverso relançarem ao mesmo tempo os materiais clássicos na "CCM" E nas edições "Definitivas"... Ok, sei q nos EUA tbm é assim, só acho q a janela (aqui no Brasil) devia ser um pouco maior entre esses lançamentos!

      Abs!

      Excluir
    2. "E tbm acho meio controverso relançarem ao mesmo tempo os materiais clássicos na "CCM" E nas edições "Definitivas"... Ok, sei q nos EUA tbm é assim, só acho q a janela (aqui no Brasil) devia ser um pouco maior entre esses lançamentos!"

      Como assim? A reclamaçao geral era que nao davam a oportunidade pro leitor escolher se comprava o material de luxo ou o mais economico. Achei a decisao acertada.

      Se dessem esse intervalo grande ia ter gente reclamando que so lançavam material de luxo. Se fizessem o inverso e lançassem o material economico, ia ter gente que reclamaria que queria algo de mais qualidade, além de correrem o risco de desestimularem leitores de comprar o material de luxo depois, caso eles ja tivessem adquirido a versao economica.

      Excluir
    3. Não, eu falei apenas como visão de empresa e negócio (tentando ver como a editora pensa nesse caso)... Claro q na condição de leitor eu tô mais é ADORANDO a possibilidade de poder escolher o mesmo material em vários formatos diferentes, rs!

      Abs!

      Excluir
    4. "Não, eu falei apenas como visão de empresa e negócio (tentando ver como a editora pensa nesse caso)... "

      Entendi. Sob esse aspecto concordo contigo. Porque do grande escalão da Marvel, X-Men e Demolidor devem ser os que tiveram histórias mais fracas no início de carreira, só ganhando fama na mão de outros autores. Sendo assim, acho que maioria dos encadernados da versão luxuosa dos X-men vão encalhar.
      Talvez seja teste da Panini ou mais uma paninada, quem sabe?

      Excluir
    5. Eu acho q eles já tão considerando mesmo q existe uma DIVISÃO social e econômica entre os leitores...

      Assim, a panini imagina q os OMNIBUS e Ed. Definitivas beirando os 200 ou 300 contos, são produtos pra uma pequena parcela q pode dispor desses valores pra gastar com GIBIS. Eu faço uma extravagância ou outra desse tipo mto eventualmente (só tenho 1 OMNIBUS na coleção), não sou o público-alvo deles pros produtos de elite: pois nunca fui numa CCXP e tô mais pro público das econômicas de 30 pila mesmo, rs!

      Abs!

      Excluir
  10. Uma coisa que queria falar e que estava pensando nessea dias. Os X-men sempre serviram como analogia para minorias oprimidas. No início do arco da Rebeliao no Instituto Xavier, o mutante Jumbo Enacernado é esnobe e fala com os assassinos dele como se fosse melhor do que os mesmos. Fico pensando se isso nao foi uma crítica política do Morrison aos SJW.

    Spoilers:

    E no final do arco, um dos integrantes da rebeliao, comemta que causou a confusao mais pra impressionar os outros do que pra defender a causa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, L... Eu não lembro direito de mtos detalhes desse arco (eu li na época em scans, rs)!

      Mas não duvido q o Morrison tenha tecido alguma crítica política mesmo (ou só tirado uma "onda", q nem o Ennis costuma fazer de vez em qdo pra inflamar uns ânimos de ambos os lados dos espectros ideológicos, hehe)!

      Abs!

      Excluir
  11. Fala, Léo!
    Um tsunami mutante nesta postagem!
    Pode-se reclamar de muitas coisas da Panini(preços e "vacilos" na revisão), porém reconheço que há uma guinada editorial em curso, com a "descoberta" que há um público consumidor de materiais mais antigos.
    Público este, sobrevivente das enormes tiragens da época da Abril, que apenas desejava (re)ler aqueles materiais. E também comprar e guardar a revista.

    Quando li o arco inicial do Morrinson (E de Extinção) gostei demais, mas já não curti tanto o que veio depois.

    A edição definitiva, vou passar (graças às BHM!).

    Este tijolinho (Canção do Carrasco), de bom mesmo, só o formato! Particularmente, detesto o estilo da arte. Mas é apenas gosto pessoal.

    Guerras Asgardianas, não sei se vou encarar(não curto o Paul Smith). Mas acho muito bom, tudo isso vendo a luz do dia, com múltiplas opções para os leitores.

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Victor... blz?

      De fato, amigo... É inegável q houve sim uma "mudança de pensamento" editorial na panini, q até pouco tempo relegava materiais mais clássicos e seria IMPENSÁVEL sonharmos com coisas tipo:

      -Sandman (Kirby)
      -4º Mundo
      -Cap. América: Bomba da Loucura
      -Conan (Barry Smith)
      -Eternos

      E uma coleção econômica do porte da "CCM" (com 60 edições confirmadas logo de arrancada e potencial pra se chegar à 250 Vol)!

      O q eu "acho" q aconteceu (palpite)... O leitor tiozão conservador (EU incluso) já tava de saco cheio das lacrações da Marvel e DC e falta de criatividade nos gibis atuais (q já não empolgam mais nenhum leitor veterano). E a debandada foi inegável: Eu mesmo já declarei aqui q tava prestes a abandonar de vez os GIBIS diante de tanto LIXO produzido atualmente!

      A Panini percebeu isso (nem teria como deixar de perceber, já q esse descontentamento de grande parcela do público leitor deve ter - obviamente - se refletido nas vendas)... E deve ter focado parte de seu contingente editorial na captação desse público veterano de volta. A melhor maneira de se fazer isso é investir pesado nos clássicos, nos gibis dos bons tempos (onde se produziam HQs de qualidade indiscutível)!

      Enfim... o resultado é o q vemos até mesmo nessa enxurrada de lançamentos mutantes aí: A maioria deles de sagas e fases q marcaram época e ainda fazem parte da memória afetiva dos leitores mais velhos!

      Abs!

      Excluir
    2. "O q eu "acho" q aconteceu (palpite)... O leitor tiozão conservador (EU incluso) já tava de saco cheio das lacrações da Marvel e DC e falta de criatividade nos gibis atuais (q já não empolgam mais nenhum leitor veterano). E a debandada foi inegável: Eu mesmo já declarei aqui q tava prestes a abandonar de vez os GIBIS diante de tanto LIXO produzido atualmente!"

      Fico me perguntando se nos EUA, a publicaçao desse material tem gerado um rombo que está sendo pago com o dinheiro obtido dos cinemas e com republicaçao de material antigo.

      Porque podem me falar mil vezes que o material dessa ms Marvel é bom ou outras porcarias do tipo, que nao vao me convencer. So de olhar pras capas, percebe-se que é um matetial fraco.

      Excluir
    3. Sem dúvida, L...

      Gibi de linha não dá mais lucro lá fora... A Marvel e DC vivem mesmo é de FILMES e séries de TV (acho q só mantém os gibis ainda por tradição, mas nem sabem mais identificar o verdadeiro público q sustentaria o mercado - não acredito q esse monte de merda q produzem hj em dia encontre algum público fiel e motivado (nem mesmo entre a lacrosfera à qual se destina)!

      A Disney (Marvel) e a Warner (DC) tem mto dinheiro pra gastar juntas tentando convencer as pessoas a aceitarem essa agenda q tentam empurrar goela abaixo de todo mundo (apelando de todas as formas nas telonas e telinhas) sem se importarem em tomar prejuízo ou com a impopularidade dessas merdas. Um exemplo é a "Capitã Marvel": ninguém gosta dessa atriz antipática (nem os próprios colegas de trabalho suportam essa escrota) e vá lá a Marvel insistir com essa merda de novo, rs!

      "Eternos" e "Mestre do Kung Fu" são outras 2 bostas q devem flopar bonito... MAS vão tentar manter e convencer as pessoas de q vai ser legal (vão fazer q nem no filme da "Capitã Marvel" e apagar comentários negativos nas redes sociais, kkk)!

      Abs!

      Excluir
    4. ""Eternos" e "Mestre do Kung Fu" são outras 2 bostas q devem flopar bonito... MAS vão tentar manter e convencer as pessoas de q vai ser legal (vão fazer q nem no filme da "Capitã Marvel" e apagar comentários negativos nas redes sociais, kkk)!"

      Eu quero ver até o filme da Viúva flopar. Nada contra a atriz, mas tem muito filme de ação melhor sendo produzido e sendo ignorado só porque não tem a porcaria do selo Marvel Studios estampado.

      Excluir
    5. L e Leo, na época que a lacração começou a dominar os gibis Marvel/DC, inclusive com vários sites americanos e brasileiros forçando a barra, fui pesquisar sobre as vendas reais e descobri que TODOS davam prejuízos, não só para as editoras, mas também, e principalmente, para as comic shops.

      Pelos relatos dos donos de comics shop dos EUA, Marvel/DC fazia uma pressão tremenda para os caras encomendarem, tipo coisa de mafioso mesmo, talvez lembrando as origens das editoras (tem um livro que narra essa parte histórica que é sensacional: Homens do Amanhã do Gerard Jones)... Lembro que um denunciou um exemplo em que as lojas eram obrigadas a encomendar centenas de gibis personagens lacradores para a Marvel/DC liberar os gibis lucrativos na quantidade que eles queriam, tipo, a loja precisava de 500 gibis do Aranha, mas era coagida a encomendar junto 50 gibis da Capitã Lacração, ou para ter direito a uma capa variante do Batman, tinha que encomendar 100 gibis da Miss Diversidade...

      E como o único controle que tinha lá nos EUA na época que estudei assunto era via solicitações da distribuidora Diamond, a quantidade de vendas aos consumidores com certeza era menor ainda dos que os índices oficiais por causa dessas práticas. E esses já eram baixos, vi meses que tinha gibi lacrador que não atingia nem 1.000 solicitações.

      Excluir
    6. "L e Leo, na época que a lacração começou a dominar os gibis Marvel/DC, inclusive com vários sites americanos e brasileiros forçando a barra, fui pesquisar sobre as vendas reais e descobri que TODOS davam prejuízos, não só para as editoras, mas também, e principalmente, para as comic shops."

      Eu tava imaginando que era por aí mesmo. Obrigado pela confirmação. Um adendo a esses fatos é o fato de que os encadernados estão minando as vendas das mensais. Pois pro consumidor, principalmente pros norte-americanos, é muito mais conveniente esperar o encadernado sair, do que comprar as mensais. Eu compro algumas single issues importadas, por achar bonita algumas capas e o negócio parece uma revista Veja, é entupida de propagandas que incomodam na leitura.

      Excluir
    7. E aí, Guilherme... blz?

      Sim, isso é verdade mesmo... Inclusive, a própria Marvel declarou publicamente há alguns meses atrás (acho q no início do ano) q esses gibis com lacração davam prejuízo e afastaram o leitor mais conservador (a notícia foi divulgada nos principais sites americanos e "alguns" brasileiros - parte da mídia daqui "abafou" a notícia, rs)!

      Se eu achar um link eu posto aqui... mas acho q foi no começo do ano mesmo q saiu essa declaração de um executivo da Marvel, embora eles tenham aproveitado o FATO - do prejuízo - pra botarem a culpa no preconceito dos leitores e coisa e tal (como se a baixíssima qualidade das histórias em geral tbm não contasse pra nada, hehe)!

      Abs!

      Excluir
    8. "Pois pro consumidor, principalmente pros norte-americanos, é muito mais conveniente esperar o encadernado sair, do que comprar as mensais."


      Bem observado, L...

      Tbm tem esse fator envolvido junto... E q aqui no Brasil se repete: O leitor médio tem preferido esperar o encadernado com suas sagas preferidas (e q mtas vezes sai mais em conta do q comprar várias mensais pra acompanhar um arco em 6 partes ou mais)!

      É uma SOMA de tudo mesmo... O lance de esperar o encadernado, a baixa qualidade das histórias, a falta de criatividade das editoras pra empolgar novamente os leitores com grandes sagas, o excesso de lacração e desconstrução de personagens já estabelecidos (q afasta a maioria do público q sustenta o mercado) E a competição inglória com mídias mais populares (games, streaming, redes sociais, etc)!

      Abs!

      Excluir
    9. "Se eu achar um link eu posto aqui... mas acho q foi no começo do ano mesmo q saiu essa declaração de um executivo da Marvel, embora eles tenham aproveitado o FATO - do prejuízo - pra botarem a culpa no preconceito dos leitores e coisa e tal (como se a baixíssima qualidade das histórias em geral tbm não contasse pra nada, hehe)!"

      A culpa sempre é dos outros...

      Excluir
    10. "Se eu achar um link eu posto aqui... mas acho q foi no começo do ano mesmo q saiu essa declaração de um executivo da Marvel, embora eles tenham aproveitado o FATO - do prejuízo - pra botarem a culpa no preconceito dos leitores e coisa e tal (como se a baixíssima qualidade das histórias em geral tbm não contasse pra nada, hehe)!"

      A culpa sempre é dos outros...
      Só encontro um público igualmente bitolado entre os fãs mais ardorosos do Zack Snyder, que ficam enchendo o saco nas redes pro cara continuar estragando os personagens da DC nos cinemas.

      Excluir
    11. Eu ainda não vi a "LIGA" do Snyder...

      Mas me divirto mto com os MEMES q postam no grupo do "Submundo" no face (uns idolatrando e outros zuando o Snyder, rs)... Bem ou mal, ele agitou o "fandom" da DC, gerando umas das melhores guerras internas de "torcidas organizadas" de DCninhas, kkk!

      Abs!

      Excluir
  12. Boa tarde, Leo. Vários lançamentos dos mutantes para todo o tipo de fã.

    Desse material, só me interessei pelas Guerras Asgardianas, que nunca li e só fã do traço do Arthur Adams. Vou ficar de olho em alguma promoção que esses precinhos da linha Vintage não são nada convidativos.

    Essa fase do Morisson já tenho toda em capa cartão, daí vou passar, acho ela a segunda melhor dos X- Men mais modernos, só perde mesmo para a fase Whedon/Cassaday.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Guilherme... blz?

      É isso aí: Materiais bem variados com os "Xis-Mêin" pra agradar certas faixas etárias de público, rs... Do cara q lia gibis mutantes do tempo da GEP e RGE, até o cara q vivenciou tudo isso na Abril nos anos 90 e primórdios da Panini (de 2002 pra frente)!

      Curiosamente, entre um e outro, te confesso q gosto mais da fase Morrison do q do Whedon/Cassaday (mas as 2 são as últimas q acompanhei dos mutantes mesmo: depois, eu parei totalmente)!

      Abs!

      Excluir
    2. "Curiosamente, entre um e outro, te confesso q gosto mais da fase Morrison do q do Whedon/Cassaday (mas as 2 são as últimas q acompanhei dos mutantes mesmo: depois, eu parei totalmente)!"

      O Whedon é um escritor bem superestimado, achei bacaninha o 1o arco, mas nada de revolucionário. Mas arte do Cassaday faz valer a pena a compra. Inclusive, meu sonho era que fizessem um liveaction com sos uniformes dessa fase. Que ficariam perfeitos para um live-action

      Eu curtia os X-Táticos, apesar de curtir, fiquei feliz pelo cancelamento por temer que a série caísse de qualidade com o tempo. Os Exilados também tiveram histórias boas de acompanhar nos anos 2000.

      Excluir
    3. Concordo... nunca fui mto com a cara desse Whedon, e as empreitadas dele no cinema me causaram ainda mais revolta com a pessoa, rs!

      O Cassaday eu gosto do traço dele... mas acho q peca (e feio) em não fazer CENÁRIOS (ou por preguiça ou falta de capricho)!

      "X-Táticos" eu compraria se saísse num encadernadinho econômico (nunca li, mas me interessa pela arte do Allred)... "Exilados" eu pularia apenas por ser uma série mto extensa e q provavelmente jamais sairá em alguma coleção futura!

      Abs!

      Excluir
    4. "nunca fui mto com a cara desse Whedon, e as empreitadas dele no cinema me causaram ainda mais revolta com a pessoa, "

      Esse já tá queimado, além das denúncias do Ray Pescador. A ex-esposa dele falou que ele era infiel. Outro dia vi um video dele dando uma de feministo, falando que o mundo precisa de mais heroínas femininas e baboseiras do tipo. O típico Esquerdomacho que paga de desconstruído pra dar o bote.

      Excluir
    5. "O típico Esquerdomacho que paga de desconstruído pra dar o bote."


      Eu vi apenas os títulos das chamadas de notícias sobre essas tretas... não cliquei nelas pra ler, mas já percebi q esse babaca tava mergulhado em merda até o pescoço, kkk!

      Abs!

      Excluir
    6. "Eu vi apenas os títulos das chamadas de notícias sobre essas tretas... não cliquei nelas pra ler, mas já percebi q esse babaca tava mergulhado em merda até o pescoço, kkk!"


      Também tou evitando, é perda de tempo, vou tentar diminuir mais ainda até o youtube

      Excluir
  13. Salve, Leo!!

    Pelo visto, os Mutunas estão a todo vapor. Acho legal ver que, de certo modo, a Panini está cuidando bem da série, lançando praticamente tudo de relevante que saiu deles.
    Com essa coleção Definitiva, vai completar uma das maiores sequências de material clássico em formato de luxo lançada por eles, indo das origens até a fase do Byrne, praticamente sem interrupções. E ainda tem a fase posterior do Cochrum que saiu na segunda caixa de CHMs.
    Guerras Asgardianas e Ascensão da Fênix tapam um pouco do hiato até Massacre de Mutantes, onde começam os encadernados das tradicionais Sagas X.
    Só faltava mesmo A Canção do Carrasco e a Saga da Falange para fechar a sequência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Luiz... blz?

      Verdade, o X-fã não tem mesmo do q reclamar, pois tá sendo publicado material de praticamente TODAS as fases da equipe (tirando os anos 70, q já tinha saído completo naquela coleção deluxe de capa-preta)!

      Da fase inicial dos anos 60... existe uma lacuna de histórias q eu não tenho e acho q nem chegaram a sair no Brasil, q seria o material do Werner Roth em q a equipe muda de uniformes pela 1º vez (deixando aquela roupa padrão - preta e amarela e adotando os uniformes coloridos e individuais). Seria uma fase q eu "acho" q não saiu pela GEP (não tenho certeza) e q precede o arco de histórias do Steranko e depois do Neal Adams (esses saíram pela Salvat em 2 edições)!

      O "Massacre de Mutantes" pode ser q saia na coleção de "Maiores Sagas" (q começou com a saga do "carrasco" MAS não seguirá uma ordem cronológica específica)!

      A "Falange" eu não tenho, mas tô torcendo pra q saia nesse novo selo tbm... Sei q teve uma compilação na Salvat Vermelha (na edição do "Banshee"), mas essa nem veio aqui pro sul e perdi!

      Abs!

      Excluir
  14. Olá Leo.
    Excelente postagem. Dessa leva, irei pular com certeza a fase Grant Morisson, que em minha opinião, só presta o começo (E de Extinção) e depois é ladeira abaixo, e também não pegarei o Grand Design. A nostalgia bate forte vendo essas capas de X-Men, por muito tempo foram minhas revistas favoritas e só parei realmente de acompanhar nos anos 90 quando começou aquelas tosqueiras de Massacre e Era do Apocalipse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Zarko... blz?

      Valeu por ter curtido a postagem (a próxima será sobre o 2º OMNIBUS do Conan, rs)!

      E penso da mesma forma q vc: Da fase Morrison, só tenho o 1º arco q (pra mim) é melhor coisa dessa fase (e tenho na versão econômica ainda por cima)!

      O "Grand Design" eu até me empolguei no começo... Mas qdo eu vi o preço (100 pila por um gibi fininho e capa-cartão) e soube q seriam 3 partes ainda por cima (300 conto) e q teria prefácio do Emicida (q eu desprezo): desisti de vez, rs! Mas peguei a edição do "4F" ao menos, q é edição única!

      Abs!

      Excluir
  15. Lançamentos maravilindos... se essa nossa Terra Brasilis me permitisse, compraria tudo, exceto e E de Extinção e Imperial que já tenho na coleção Capa Preta da Salvat... justo as que eu menos gosto por detestar os traços do Frank Quitely nos X-Men... quanto a Gênese Mutante, será que é só eu que li as edições econômicas (e consequentemente esse 2.0 também rs) e fiquei meio perdido? É sério, eu sempre boiei com as histórias desse período... na época eu achava que era por ser criança que não entendia muito bem (por isso na época dos formatinhos migrei dos mutantes para o Cabeça de Teia) mas agora eu sou véio e ainda não entendo... será que eu sou burro??? rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xmen tem cronologia longa e intrincada neste período aí. Eu também tenho dificuldade de entender. Só lendo bastante pra se situar.

      Excluir
    2. "Gênese Mutante, será que é só eu que li as edições econômicas (e consequentemente esse 2.0 também rs) e fiquei meio perdido?"


      Não foi só vc não amigo, rs...

      Eu tbm te confesso q fiquei boiando em algumas referências q faziam, pois na época eu não acompanhava direito os títulos mutantes e eles tavam todos interligados de várias formas possíveis e imagináveis!

      Assim, o q acontecia no gibi do "Cable" (e outros de 2º escalão pra baixo) repercutia lá nos títulos principais dos XM... deixando o leitor q não acompanhava tudo com afinco: perdidão, hehe!

      Abs!

      Excluir
    3. "Eu tbm te confesso q fiquei boiando em algumas referências q faziam, pois na época eu não acompanhava direito os títulos mutantes e eles tavam todos interligados de várias formas possíveis e imagináveis!"

      Deviam publicar algum material prévio desse período no formato CHM. Não sei se o já fizeram

      Outra praga dessa repercussão em outros títulos é o cara ter de comprar outras hqs ruins na coleção. No arco do Atrações fatais, a arte do John Romita Jr destoa demais dos outros títulos, maioria dos outros artistas ainda emulavam o estilo do Jim Lee.

      Excluir
  16. Opa Leo!

    Muito bom o post. Sabe dizer onde tem o material da época que separaram os X-Men nas equipes Azul e Dourada?

    E como sugestão de pauta, como são muitos relançamentos IGUAIS, poderia fazer um post comparativo. Por exemplo do Homem-Aranha, eu já me perdi, tem muito material repetido. É a Coleção Clássica Marvel, Marvel Saga, Edição Definitiva, Antologia e sei lá mais quantas. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Daniel... blz?

      Eu não lembro exatamente onde ocorreu a separação das 2 equipes (em azul e dourada), mas a fase Jim Lee já marca o início da equipe azul (a dourada saía nos formatinhos de linha da Abril)!

      Qto à sugestão de pauta... Seria ótima sim, mas é humanamente impossível pra mim dar conta de tanto trabalho, hehe (nem os sites com dezenas de colaboradores - tipo o Universo HQ - conseguem, q dirá eu q sou sozinho aqui, rs). Mas eu sempre faço um comparativo em cada postagem referente à materiais repetidos (pra ajudar a galera a evitar repetécos): Só q tem q ser aos poucos, com um encadernado por vez em cada post!

      Porém, qq coisa... se tiver alguma dúvida sobre repetécos numa edição específica, é só perguntar aí q eu ajudo no q puder, blz?

      Abs!

      Excluir
    2. A separação foi após a Saga da Ilha Muir (Salvat Vermelha Professor X) Aonde as x- equipas je juntam para combater o Rei daa sombras depois disso o X-Factor original é integrado nos X-men e surge o novo X-Factor governamental.

      Excluir
    3. Opa... Brigadão mesmo pelas explicações, Optimus!

      Ajudou bastante na elucidação dessa dúvida (e tenho certeza agora de não ter essas histórias na coleção - perdi essa edição do xavier)!

      Abs!

      Excluir
    4. E ai que Xavier que ate ai andava após ser curado pelos Shiar Volta para a cadeira de rodas igual a da animaçao da Fox por Exemplo,Colossus é usado como arma contra os X.men e Moira.

      Excluir
  17. Acho q a Panini deveria lançar um UBER MEGA POWER DEFINITIVO de tudo dos X Men. Imagina q legal um mega livrão de 200 kilos co toda a cronologia em ordem...Fui!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dê ideia, amigo, que eles implantam. Imagina, ia ficar lindo na estante, daria para ver a lombada de longe e custar uns milhares de reais...O Riquinho gibizeiro gourmet ia adorar.

      Excluir
    2. Hahaha... Já pensou?

      Tem tanta coisa de "X-Men" q poderia render facilmente uma coleção GIGANTE com OMNIBUS de mais de 2 MIL pág por edição, rs!

      Todos os gibitubers iriam querer ostentar uma coleção assim como fundo pros vídeos, kkk!

      Abs!

      Excluir
  18. Guerras Asgardianas foi uma das melhores sagas do mutantes após a saída de Byrne. Outra que poderiam republicar é a aventura dos X-Men com o Aranha e Ka-Zar, na Terra Selvagem (publicada aqui no Brasil no nº 4 da primeira série de Grandes Heróis Marvel). O corssover dos X-Men com Os Vingadores contra Kulan Gath também merece ser rememorada e conhecida pelas novas gerações.
    Mas entre a saída de Claremont e a entrada de Morrison, nada dos mutantes me interessa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Ø-Drix... blz?

      Bem lembrado, amigo... Essa edição com o Aranha na "Terra Selvagem" é uma q eu não tenho, mas queria mto ter em alguma edição (de preferência econômica)!

      Sei q essa saga saiu originalmente nos nº 1 a 4 da revista "Marvel Fanfare" (de 1982)... e depois q saiu em "GHM 4" da Abril, ainda foi compilada em "Marvel Especial 6" (tbm em formatinho da Abril)!

      Abs!

      Excluir
  19. Salve Leo
    TUdo bem? Esta fase dos mutantes do Morrisson eu gostei. Tem ainda uma coisa boa: o fim dos uniforme multicoloridos ou cosplay. Mas como ficaria a industria dos HQs de herois sem a vestimenta? Acho que foi primeiro grande grupo de herois experimentar isto. Não lembor dos vingadores acontecer isto ou Liga da Justiça ou mesmo Quarteto. Outra história em encadernado que estou esperando é Ascensão da Fenix, Junta-se a lista de compras do 2 semestre de Capitao America Nunca Mais e Conan vol 2. Estas outras vou pensar, afinal, estou tb comprando o Superman de Byrne e Coleção Classica do Thor e Quarteto.
    PS. Foi você que participou de documentário a respeito de colecionismo? Agora não sei o canal que vi, mas parece que foi no Canal Brasil.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem link dessa participação?

      Excluir
    2. Foi no canal de assinatura.

      Excluir
    3. Ah, blz. Obrigado

      Excluir
    4. "PS. Foi você que participou de documentário a respeito de colecionismo? Agora não sei o canal que vi, mas parece que foi no Canal Brasil"


      E aí, Celso... blz?

      Eu participei sim de um documentário q fazia parte de uma série chamada: "Colecionadores"... Foi gravada há mtos anos atrás (acho q em 2014) e só foi ao ar pela 1º vez em 2018 pelo canal "History"!

      Hj em dia eu não sei se outro canal de TV fechada comprou a série? Faz tempo q não vejo mais o "Canal Brasil" desde q pararam de passar pornochanchada nas madrugadas, rs!

      Particularmente, me arrependi de ter gravado o documentário... Pois a filmagem durou uma tarde inteira e acho q a edição ficou uma bosta: Botaram no ar as partes menos interessantes sobre a minha coleção (as principais raridades não foram pro ar: preferiram focar mais no "basicão" - tipo uns gibis do "Aranha" e tal - talvez pra agradar aos leitores mais leigos, sei lá). Enfim, se algum dia eu me dispor a fazer um canal de youtube, com certeza o resultado ficará mto melhor (modéstia à parte, hehe)!

      Abs!

      Excluir
  20. Leo, outro dia falei contigo de alguém lançar os anuários mais recentes do príncipe valente... tb lembrei de uma minissérie em 4 edições, lançadas pela marvel e q somente a ed 1 chegou a sair no Brasil... seria interessante ter essa tb...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, marcos... blz?

      Puxa, dessa eu não sabia mesmo... Mas obrigado pela dica, fui pesquisar e encontre a edição da Marvel q saiu aqui pela TEQ (em 1999). Nunca vi esse gibi na vida (acho q nem veio aqui pro sul, rs)! Segue a capa, pra quem tiver curiosidade:

      http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/ShowImage.aspx?id=65578&path=tudoemquadrinhos/pr09310201.jpg

      Abs!

      Excluir
  21. "tem link dessa participação?"


    Só achei uma FOTO printada do canal History, rs (não fiquei nem com um DVD do programa):

    http://submundo-hq.blogspot.com/2018/08/submundo-hq-no-programa-colecionadores.html

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "Só achei uma FOTO printada do canal History, rs (não fiquei nem com um DVD do programa):

    http://submundo-hq.blogspot.com/2018/08/submundo-hq-no-programa-colecionadores.html"

    Valeu 👏👍

    Eu tenho umas hqs aqui, que considero raridades, modéstia á parte. Não sei se teria coragem de me expor desse jeito rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A exposição diante da repercussão de um programa exibido no History... não é uma coisa mto agradável não: Depois q foi ao ar, começaram a surgir uns malucos me enchendo o saco nas redes sociais e querendo comprar minha coleção (justo itens com memória afetiva q eu não vendo por dinheiro nenhum, rs) ou me pentelhando sobre outros tipos de coleções (tive q repetir várias vezes coisas do tipo: "Não, amigo: não coleciono e não estou interessado em colecionar latinhas e outras bugigangas do tipo", kkk)!

      Enfim... não é algo q eu faria novamente (a não ser por conta própria num canal de youtube, rs)!

      Abs!

      Excluir
  23. Esse "X-Men: A Ascensão da Fênix",eu tenho em versao tpb sc da marvel e é quase igual ao GHM:30,
    "X-Men: Génese Mutante 2.0" (de Jim Lee) se for igual ao usa tem paginas recoloridas e reúne a mini serie X-men Abril e o 2 para voçes, aqui foi 1 X.men Anual com a estreia de Ómega Vermelha,que foi a despedida de Jim lee antes de ir formar a Image.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Optimus... blz?

      Eu tenho a versão capa-cartão da "Gênese Mutante" do Jim Lee... e ela é recolorida num photoshop mto escuro (não gostei: prefiro a mini da Abril com cores mais vibrantes e sem degradê)!

      Abs!

      Excluir
    2. "Eu tenho a versão capa-cartão da "Gênese Mutante" do Jim Lee... e ela é recolorida num photoshop mto escuro (não gostei: prefiro a mini da Abril com cores mais vibrantes e sem degradê)!"

      Concordo totalmente contigo. Provavelmente foi uma tática safada pra fazer os leitores mais incautos adquirirem o novo material, pensando ser uma versão melhorada.

      Excluir
    3. Eu caí nessa, L...

      Comprei os 2 encadernados do Jim Lee achando q seriam as mesmas cores da mini-série original da Abril, e me decepcionei bastante ao ver q até cenas q eram de dia, passaram a ser noturnas. Resultado: vou ter q manter a mini da Abril como repetéco na estante (mesmo tendo os encadernados)!

      Abs!

      Excluir
  24. Como diz Raul Seixas!é tanta coisa no meny que eu nem sei o ke lê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raulzito... Saudades dos bons tempos da MPB, rs!

      Abs!

      Excluir
  25. Todos essas sagas são clássicos dos x-men, algumas eu li como a origem da fênix e sua saga entre outras, os x-men evoluíram e mudaram muito, não consigo até hoje parar de ler suas histórias, mesmo estando um pouco decepcionado, mas não consigo parar, não sei se é teimosia minha, mas os x-men sempre foram os meus heróis preferidos das histórias em quadrinhos assim como os vingadores, quarteto fantástico e a tropa alfa que não existe mais infelizmente, gostei muito das suas postagens e a matéria sobre os heróis mutantes, leo, vida longa aos mutantes! He he he, abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadão mesmo por ter curtido as últimas postagens q fiz, especialmente essa dos X-Men: Equipe q ainda me chama a atenção e tem conseguido se destacar com uma avalanche de lançamentos numa tacada só, rs!

      Abs!

      Excluir
  26. Alguém sabe informar quantas edições definitiva serão necessárias para alcançar a segunda gênese dos X-Men?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Em 3 Vol. a Ed. Definitiva dos XM fecha toda a fase clássica e num eventual 4º Vol. já começaria a 2º gênese!

      Abs!

      Excluir
    2. Valeu! Obrigado. Abs!

      Excluir
  27. Torço muito pra que a coleção definitiva dos X-Men tenha uma longa vida, que passe por toda a fase de Paul Smith, John Romita Jr, e que chegue até a saga Massacre de Mutantes, trazendo parte de muito material que só saiu em formatinho por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria uma bênção mesmo, Alex...

      Pois tem um material aí q tá merecendo faz tempo uma republicação decente (é a fase Paul Smith mesmo, q nunca entra nessas republicações mutantes)!

      Abs!

      Excluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...