01/06/2019

Review: "Titãs 5", "Marshal Law", "CHM do Hulk 10", "Príncipe Valente 2-3", e Mais...

Novos "Reviews" na área... Com MAIS uma fornada de gibis comentados. As avaliações seguem a escala de NOTAS: "RUIM" [☆], "REGULAR" [☆☆], "BOM" [☆☆☆], "MUITO BOM" [☆☆☆☆], e "EXCELENTE" [☆☆☆☆☆]!

Neste "Review" tem: "Titãs 5" (George Pérez), "Marshal Law" (Ed. Definitiva), "Hellboy - Omnibus 1: Sementes da Destruição", "CHM do HULK 10", "Justiceiro - Ano 1", "Príncipe Valente 2-3", "Astro City 11: Vidas Privadas", "Batman: Peso-Pesado" (Novos 52), "Homem-Borracha", e "Cap. América Nº 1: Inverno na América"!

Confira abaixo... (lembrando que as opiniões e críticas nesta coluna são meramente pessoais):

"Titãs 5" (George Pérez): A coleção de "Lendas dos Titãs" ganha uma 2º fornada de edições da fase mais clássica e lembrada pelos fãs da equipe, com roteiros de Marv Wolfman e arte de George Pérez (os idealizadores da "CRISE nas Infinitas Terras). Produzida nos anos 80, a série estrela no selo "Lendas" da Panini devido ao sucesso do novo seriado de TV (com uma pegada bem diferente e mais sombria em comparação com a HQ). Neste Vol. 5, "Robin", "Estelar", "Ravena", "Mutano", "Cyborg" e "Kid Flash" enfrentam o "Irmão Sangue" pela 1º vez em suas carreiras e, depois, acabam frente a frente com a "Estrela Negra": A irmã maligna da Estelar. Uma boa sequência de histórias (bem ao estilo da época), publicadas originalmente em: "Titãs" nº 21-25, e "Annual" nº 1! NOTA: "BOM" [☆☆☆]!

"Marshal Law" (Ed. Definitiva) + "Hellboy - Omnibus 1: Sementes da Destruição": Em uma metrópole futurista hiperviolenta e infectada com super-heróis degenerados, que vagam em gangues superpoderosas pelas ruas destroçadas, um veterano assumiu para si a missão de levar a lei e a ordem à esse cenário de guerra urbana. Ele não sente dor. Não demonstra remorso. E sente um ódio ardente pelos super-heróis. Ele é o impiedoso policial "Marshal Law". Finalmente, pude ler e conferir esse material extremamente oitentista, rs (pra fãs de "Robocop" e "Juíz Dredd"). Só o preço que é facada: R$ 134 (capa-dura e 484 pág)! E "Hellboy" ganha um TIJOLÃO econômico (capa-cartão) com suas primeiras aventuras em ordem cronológica (reunindo os 3 primeiros Vol da "Ed. Histórica") em 372 pág (R$ 99)! NOTA (a mesma pras 2 edições): "MUITO BOM" [☆☆☆☆]!

"CHM do HULK 10" + "Justiceiro - Ano 1": O "Líder" engana o Hulk e os Vingadores e os manda em uma perigosa viagem pelo tempo. "Zzax" renasce e volta a ameaçar o alter ego do Dr. Banner. E a adaptação de uma história curta de Harlan Ellison: "Soldado". A fase de Bill Mantlo & Sal Buscema que marcou época na Abril. Material publicado originalmente em: "Hulk 283-287", e "Annual 12"! E por falar na Abril, o "Justiceiro - Ano 1" (apesar da capa horrorosa do encadernado) compila a mini-série em 2 partes que reconta a origem do matador de criminosos. A narrativa e ritmo da HQ é num estilo de seriado de TV dos anos 70 (o que é um diferencial interessante) e merece uma conferida. As capas originais são muito bonitas (pintadas à óleo) e não sei a razão da Marvel ter escolhido essa imagem nada a ver do Ariel Olivetti. NOTA (a mesma pras 2 edições): "BOM" [☆☆☆]!

"Príncipe Valente 2-3" + "Astro City 11: Vidas Privadas": A Deagostini tem oferecido aos assinantes esta caprichada coleção do "Valente" - A obra-prima de Hal Foster (que produziu a pág do jornal por mais de 30 anos). Os Vol. 2 e 3 (capas abaixo) trazem os quadrinhos de 1938/1939. O Vol. 2, inclusive, estava contido na 1º e única edição da Pixel (que tinha o dobro de pág destes álbuns da Deagostini). A trama apresenta um enredo contínuo da vida do príncipe guerreiro, em uma narrativa prazerosa de ler e SEM balões de texto (lembrando um livro ilustrado). NOTA: "EXCELENTE" [☆☆☆☆☆]! E em "Astro City" (de Kurt Busiek), o leitor é levado a um passeio por trás das manchetes dos jornais para testemunhar o mundo dos super-heróis sob uma nova ótica: A vida privada de pessoas comuns que habitam essa enigmática cidade. Embora este não seja o melhor arco da série, ela continua mantendo um alto nível de qualidade. NOTA: "MUITO BOM" [☆☆☆☆]!

"Batman: Peso-Pesado" (Novos 52) + "Homem-Borracha": O Comissário Gordon agora é o "Novo Batman" e usa uma ridícula armadura estilo "Robocop" (2º vez que eu cito o Murphy neste post, rs) pra combater o crime em Gotham. O vilão é um tal de "Jardineiro", e a trama é assinada por Scott Snyder & Greg Capullo (um modinha da nova geração e um refugo da Era Image). Nem merece uma análise mais profunda (até porque, é um gibi RASO demais pra isso - só a capa medonha já dá uma ideia do que esperar do "conteúdo"). NOTA: "RUIM" [☆]! E o "Borracha" tava meio sumido das bancas (ele chegou a ter uma edição na Eaglemoss), e volta agora pelas mãos de Gail Simone & Adriana Melo (uma competente artista brasileira). Mas as histórias deste encadernado (que reúne as 6 edições da mini-série original) são apenas medianas (não ofendem, mas também não empolgam). NOTA: "REGULAR" [☆☆]!     

"Cap. América Nº 1: Inverno na América": A belíssima capa desta edição (de Alex Ross) chama bastante atenção nas bancas, só que é praticamente a única coisa que presta neste Nº 1 da nova revista do "capitão" (mais um recomeço - haja saco - na vida do patriótico herói). Após os eventos de "Império Secreto", Steve Rogers está numa cruzada para reaver o legado do "Cap. América". Não é uma trajetória fácil, ainda mais quando parte das pessoas não confia mais no Sentinela da Liberdade e seus inimigos retornam para aumentar o desafio. Em meio a antigas ameaças e algumas novas que prometem ser ainda mais perigosas, o Capitão se levanta para garantir que a justiça seja feita. Pra quem acompanhou a fase consagrada do Brubaker, este recomeço deixará muito a desejar: É uma patriotada exagerada em uma história que parece não avançar (e muito menos entusiasmar o leitor a seguir adiante). NOTA: "REGULAR" [☆☆]!

Até+

68 comentários:

  1. É aí Leo!? Poh, rsrs a sua frase em relação ao Cap América 1 (e muito menos entusiasmar o leitor a seguir adiante), me quebrou, rsrs. Cara...eu gostei e estou curioso pra saber o que aquelas duas doidas vão aprontar e como vai ser a relação do Steve com Sheron coroa e tudo mais. Acho que estou vendo só a metade cheia do copo, rs.
    Eu tenho o capa dura Dimensão Z e achei ótimo, mas o que trata da Azeviche, filha do Zola, achei fraco o desenvolvimento e desfecho. Foi so pra colocar o Ian nas estórias seguintes que particularmente gostei da atuação dele com o Cap Sam Wilson.
    Queremos que o melhor roteirista permaneça pra sempre, mas nem sempre da certo e esperamos que sempre melhore no próximo gibi. É isso aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Wesley... blz?

      Hahaha, deve ser bem isso aí mesmo: Eu devo ter visto a metade vazia, kkk...

      Mas eu achei mesmo q faltaram elementos pra prender mais a atenção, ainda mais qdo lembramos da 1º história do Brubaker: q tava cheia de ganchos e cenas impactantes pra motivar o leitor a comprar o nº 2. Por exemplo, o Brubaker encerrava a 1º históira do seu run no "Cap. América" com o "caveira Vermelha" sendo baleado no peito (parece até essas séries de TV "nervosas" tipo "24 Horas", hehe)!

      Seja como for, é sempre uma tarefa ingrata pra qq roteirista assumir um personagem q já teve fases marcantes q ainda estão fortes e presentes no imaginário popular!

      Abs!

      Excluir
  2. E aí Léo, tudo certinho???

    Dessa formada, já cofrei Novos Titãs vol.5 e pra mim, essa coleção está sendo umas das melhores leituras!! Nunca havia lido esse material! Maravilhoso poder acompanhar essa fase primorosa do Wolffman/Pérez em ordem cronológica tão bem elogiada!! Adoro os desenhos do artista! Impossível não se encantar também com a arte de Ultron Ilimitado e Lendas do UDC Mulher Maravilha, os primeiros trabalhos do Pérez que li!!

    Eu não ia comprar, mas meu lado vermístico falou mais alto,rsrs e eu acabei cofrando essa mensal do Capitão América! A capa de Ross já considero como uma das melhores do ano!! Foda demais!!! E, sendo bem sincero, eu até gostei desse "começo" do personagem, gostei de ver um exército de Bazucas que me fez lembrar do personagem original em A Queda de Murdock! Achei interessante a participação do Soldado Invernal. Nesse primeiro número,tive a impressão de que tentaram trazer o Capitão às origens... Em suma, o começo é sempre assim, deixa pontas soltas, muita coisa não fica muito claro e aos poucos, o roteiro vai se desenvolvendo e aí veremos se será bom ou mais um fiasco,rs! O preço é algo que incomoda bastante e por conta disso, eu fico só nessa primeira edição!! Se fosse mais barato, com o papel lwc, aí eu pensaria melhor e conforme o desenrolar da história, eu decidiria continuar ou não!

    CHM Hulk vol.10 ainda não comprei, mas pretendo comprar logo no início do mês e me preparar para cofrar o vol.11 também! Só ainda não li essa fase porque ainda não terminei de ler o segundo box, estou terminando o vol.7!!

    Justiceiro Ano Um pretendo pegar com promoção futuramente já que sou fã do personagem,rs! Li apenas a primeira edição da Abril. Nunca li por completa! Gosto de uma pegada à moda dos anos 70, ainda mais se for de um personagem que eu gosto! Também não concordo com essa capa que escolheram! Poderiam muito bem ter escolhido uma das capas pintadas da HQ, mais uma "pamimice" da editora,né?🤣🤣

    Príncipe Valente vou ficar apenas com o vol.1 mesmo! E meio aos cancelamentos das coleções da Salvat, dá até medo de entrar de cabeça em qualquer coleção... Fora isso, o preço não é nada acessível e os volumes são muito finos!

    Hellboy é deveras interessante!! Não tenho nada sobre ele! Mas gostaria de um dia poder conhecer suas histórias dos quais ouço críticas favoráveis! Quem sabe, mais pra frente, eu compre...

    Homem Borracha e Batman Peso Pesado passo longe! Essa fase do Batman é horrível... Só li em scans e nem li até o final,rs! Borracha, apesar dos desenhos serem agradáveis, não me convenceu!!

    Abração!!
    Leonardo Goulart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Léo... blz?

      Eu tbm tô acompanhando pela 1º vez na íntegra essa fase dos "Titãs", q até então eu só tinha lido o 1º arco na Panini (numa ed. capa-dura) e o "Contrato de Judas" pela Eaglemoss. E tô gostando mto, sendo q inicialmente eu ia comprar "só" pela arte do Pérez, mas me deparei com boas histórias no geral (vou seguir até o fim)!

      O seriado de TV dos "Titãs" é q eu não vi ainda (só uns pedaços)... Vou terminar as séries do "Arrowverso" e "Gotham" antes de partir pra todas essas novas da DC (Titãs, Krypton, Raio Negro, e Patrulha)!

      Qto ao "Capitão"... Vc tem razão, às vezes o arco até pode vir a surpreender positivamente depois: Mas diante dessa 1º edição, só tive essa 1º história pra avaliar (nem sei se nos EUA ela tá sendo bem ou mal falada)? Tbm concordo contigo de q essa capa do Ross já é forte candidata a figurar no meu TOP 10 de melhores capas do ano (q imagem fóda)!

      Mas o preço dessas mensais da Marvel tão assustando mesmo, hein? Se pararmos pra pensar, 10 pila já é praticamente a METADE de um encadernado econômico: Mto pouco pra se ler apenas 2 histórias. Agora, mais do q nunca, eu manteria meu critério de só comprar encadernados e abandonar todas as mensais (q já perderam o fator custo-benefício pro leitor)!

      O "Justiceiro" eu gostei dessa pegada mais "enlatado dos anos 70": Ela tem um ritmo mais lento e cenas de ação buscando maior realismo (parece mesmo q estamos lendo uma adaptação de piloto pra TV, rs). Mas a capa tá mto escrota mesmo: A culpa, nesse caso, é da Marvel (q usou essa imagem no TP lançado há 10 anos atrás - qdo o tal Olivetti tava meio em alta por causa do "Thor" - mas nunca gostei desse artista) e "acho" q a Panini podia mesmo ter escolhido uma das capas originais (até onde sei, não existe essa "obrigação" de se seguir à risca a capa dos TPs americanos, a não ser na DC: q é mais xarope pra isso). Claro, q ainda precisaria de uma aprovação da Marvel pra mudança de capa, o q não é impossível se conseguir!

      Com o "Valente" eu ainda vou seguir adiante... pelo menos até terminar a fase Foster (lá pelo Vol. 30 e poucos). Depois eu vou parar e ver com calma se continuo até o fim (ou não)!

      Pra conhecer melhor o "Hellboy", esse omnibus é perfeito e tá com o preço em conta pra isso (cada "Ed. Histórica" em capa-dura custa uns 60 pila e tem o equivalente à 3 edições dessas aí). Recomendo até pegar numa promoção qdo rolar (fique ligado)!

      E "Batman" + "Borracha" eu passo longe tbm: Li ambos em scan e embora já esperasse uma BOSTA completa pra esse "Gordon-Robocop"... até q eu tinha alguma esperança no "borracha", mas é bem mais-ou-menos mesmo (a arte da Adriana é boa, eu já conhecia ela de "Star Wars", mas o roteiro é fraquinho e fica devendo!

      Abs!

      Excluir
    2. Fala Leo!!

      Bem, eu não peguei O Contrato De Judas pela Enganomoss,rsrs, mas estou ansioso pra chegar logo nessa história! O legal é poder ler tudo organizado,né?

      Quanto as séries, Arrow só assisti até a 6° temporada, ainda irei ver a 7° e posso dizer que a quinta temporada foi a melhor de todas! Tenho certeza que você vai curtir pra caramba!!! Gotham ainda não vi, pois ainda estou vendo a quarta temporada de Flash, Supergirl vi apenas a primeira e a segunda até agora e Titãs só olhei uns trailers,mas pretendo assistir em breve também!O Robin achei bem legal!!

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
    3. E aí, Leo... blz?

      Sim, o ideal dos "Titãs" é ler toda essa fase desde o começo e na ordem... Tá sendo uma experiência nova pra mim tbm, pois antes das "Lendas", eu só tinha lido o 1º arco e o "Contrato de Judas": Tinha um ABISMO entre uma e outra e só agora tô conseguindo ler na ordem e entendendo melhor o desenvolvimento dos personagens!

      Concordo contigo, a 5º temporada do "Arqueiro" eu tbm achei a melhor de todas... Assisti até a 6º (q é o q tá disponível na Netflix) e é mto boa tbm. Agora passei pro "FLASH" (tô na 4º do velocista - q nem vc)!

      "Gotham" teve mta gente q me falou MAL da série... Mas eu gostei das 2 primeiras temporadas (vou retomar o resto em breve): Em especial, do "CHARADA" (q tá EXCELENTE na série e me fez virar fã do personagem - cheguei a comprar a miniatura dele pela Eaglemoss numa repescagem, SÓ por causa da série, hehe). O Comissário Gordon (q ainda não é comissário) tbm tá bem no papel, cheio de defeitos e imperfeições: como um ser humano normal (ele até comete uns deslizes perante a LEI, mas imagino q no ramo isso deva ser difícil de evitar mesmo, já q na série a máfia meio q domina a polícia de Gotham)!

      Abs!

      Excluir
    4. "... Mas o preço dessas mensais da Marvel tão assustando mesmo, hein? Se pararmos pra pensar, 10 pila já é praticamente a METADE de um encadernado econômico: Mto pouco pra se ler apenas 2 histórias..."

      Seriam essas as "PREMIUM" da Panini?!!!

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. Verdade, VAM...

      Estamos na renascença das "Premiuns": agora mais fininhas e igualmente caras, kkk...

      Abs!

      Excluir
  3. E aí, Léo? Blz?

    Vc já tem a informação de quando sairão as publicações de "O Fantasma" pela Mythos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Tadeu... blz?

      Sim, a revista com a fase clássica do "Fantasma" e pelo menos UM dos 2 encadernados anunciados (o do Peter David) já entraram na lista de reserva pros lojistas (o dono da loja daqui me confirmou) e devem chegar nos próximos dias. Tô no aguardo das CAPAS oficiais tbm pra providenciar uma matéria exclusiva do Fantasma aqui no blog!

      Abs!

      Excluir
  4. Salve Léo,na paz?
    Quero deixar um aviso importante aqui para os amigos do Submundo: A minha HQ de Astro City,que comprei a uns dois meses,veio com um grave erro de encadernação da Panini (só pra variar),entre as histórias 1 e 2,diversas páginas repetidas e não havia como terminar de ler uma e começar a outra. Entrei em contato com o SAC da empresa,fiz a devolução e...... RECEBI outra sem erros.Confesso que estava desesperançoso. Esta revista tem poder!!!!
    Abraços
    Celso Pinheiro, RJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Celso... blz?

      Obrigado pelo aviso e pelo feedback da negociação de troca... Ainda bem q rolou tudo certo pra vc nessa troca (nem sempre essas coisas terminam bem, infelizmente)!

      Abs!

      Excluir
  5. Salve, Leo!!! Belezinha?

    Titãs tá na mira. Só esperando a próxima "leve 4 e pague 3" da Amazon para cofrar, assim como a CHM do Hulk (que também está na mira). E também estou salivando para pegar o Lendas da Liga cômica, que está no checklist desse mês...

    Nunca imaginei que a Panini fosse publicar Marshal Law. Sempre apostei sairia pela Mythos. Mas por esse valor, não dá pra encarar...

    Justiceiro é interessante, mas com essa capa e preço, melhor garimpar a antiga mini da Abril...

    O farofeiro do Scott Snyder é ruim que dói. Não entendo como pode ser tão hypado. Vejo tantas ideias imbecis vindo dele que me pergunto como a DC publica algo assim. Esse Batman dele é sofrível. E o Capullo, eu até gostava daquela arte suja no tempo do Spawn. Já a fase atual, acho bem insossa.

    E que capa linda essa do Capitas!!!

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Luiz... blz?

      Hahaha, eu tbm tô ansioso pelas lendas da "Liga Engraçadinha", rs... Pois nunca li esse material e tenho mta curiosidade. Perdi na época dos formatinhos e não quis pegar a versão da Mythos devido às cores photoshopadas (horríveis) qdo saiu em mini-série em 4 edições. Tbm pulei as 2 ed. da Eaglemoss, pq o X-9 já tinha me confirmado q sairia pela Panini mais barato e com a fase completa!

      E te confesso q tbm sempre imaginei q "Marshal Law" fosse mais a cara da Mythos mesmo... já q tá no mesmo naipe de "American Flagg" e "Dreadstar" (classicões dos anos 80)!

      Qto ao Snyder... é outro roteiristazinho hypado pra caramba mesmo. Geralmente são as novas gerações de leitores q tem uma maior tolerância com esses caras. Mas pra quem já tem um pouco mais de bagagem com HQs do Batman, a leitura é quase insuportável, rs!

      Abs!

      Excluir
    2. "... O farofeiro do Scott Snyder é ruim que dói..."

      "... Qto ao Snyder... é outro roteiristazinho hypado pra caramba mesmo..."

      Eu não gostei de nada proposto em os N52.

      Felizmente como a Panini já tinha zerado a revista do Batman por conta dele, tive a oportunidade perfeita para me livrar do completismo.

      Ainda li o primeiro arco das Corujas só por conta dos desenhos do Capullo, que eu imaginava desenhando o Batman desde que ele substituiu o McFarlane no Spawn, mas depois pulei fora definitivamente.

      - - -

      E as histórias do Tony Daniel e do David Finch eram mais intragáveis ainda.

      - - -

      Dizem que o Tom King, é melhor do que tudo oque foi feito desde então, mas eu não volto a comprar o Batman não, ainda mais pelo preço atual das mensais.

      Fico só com as Lendas e sigo feliz.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Pois é, Léo. Eu sou suspeito em falar porque gosto muito dessa fase da Liga. A DC foi bastante ousada em permitir que sua principal equipe fosse reformulada com vários heróis de segundo escalão e abordagem cômica.
      Essa mini da Mythos eu cheguei a achar ela completa no sebo, mas tava sem grana na hora e não peguei. Sorte minha, já que detesto essa mania de recolorir e encher de firulas photoshopadas.

      Excluir
    4. Vam, realmente o Daniel e o Finch são sofríveis. Lembro que um desses dois teve a ideia "jenial" de arrancar o rosto do Coringa.
      Pior que até nutri alguma expectativa com o Finch por causa do Cavaleiro da Lua...

      Excluir
    5. E aí, Luiz... blz?

      Pois é, eu lembro qdo fiquei ansioso pra ler a Liga qdo a Mythos anunciou... Mas a minha decepção foi grande na época qdo cheguei na banca e vi aquelas cores MEDONHAS, rs!

      Ainda bem q não me meti nessa... e agora a espera valerá a pena, pois a Panini deve lançar a série completa (só este ano, teremos 4 Vol. garantidos - e mais um tanto no ano q vem)!

      Abs!

      Excluir
  6. Números 2 e 3 do Príncipe Valente não apareceram nas bancos do Rio. O primeiro estava bem distribuído. Assim fica muito difícil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Carlos... blz?

      Aqui pro sul veio normal os Vol. 2 e 3 JUNTOS (na mesma embalagem) e há poucos dias chegou o Vol. 4...

      Abs!

      Excluir
  7. Lendas DC Novos Titãs pego assim que vejo na banca, faço questão. Material excepcional. Vendi minha coleção de formatinhos da Abril assim que soube dessa coleção. CHM Hulk provavelmente pegarei a Amazon assim que fechar esse terceiro box, com algum desconto. Astro City faz tempo que saiu em São Paulo, pelo menos dois meses. Príncipe Valente peguei os três primeiros volumes, paro por aqui mas é por questão de gasto, material excelente faria se pudesse. Os demais materiais pa$$o.
    Quanto ao Snyder também acho superestimado. O arco "A corte das corujas" acho excelente e os desenhos do Capullo estão foda ali. Pena o que vem depois ser de qualidade questionável. O Snyder até um tempo atrás era endeusado por youtubers que agora deixaram de lado e foram lamber o tal Tom King. Qual será o próximo a exaltarem? Rs. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberto! Tudo bem??

      Concordo com você! Também adoro A Corte das Corujas, mas ainda não peguei o segundo encadernado, esperando uma promoção! Gostei também do arco Ano Zero apesar de dividir opiniões, os desenhos de Capullo são maravilhosos nessas histórias,curto muito!! Sendo sincero, não gosto de ficar comparando Ano Um de Miller com Ano Zero de Snyder, pois sei que o legado que Miller deixou no Batman é um clássico a parte! Ano Zero cumpriu o seu papel por trazer 3 arcos muito bons com três vilões diferentes, ainda nos traz certas cenas "clássicas" do Batman quando, por exemplo, o Morcego pula do dirigível e há um raio ao fundo (homenagem bem legal ao que o Miller fez,hehe) enfim a HQ acho boa e de tempos em tempos, vale a pena reler esse material assim como qualquer outra boa HQ do morcego!

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
    2. Leonardo, Ano Zero é com arte do Capullo ou a maior parte?
      A noite das corujas é a queda na qualidade, vale a pena com um bom desconto . Roberto Xavier

      Excluir
    3. Ano Zero tem em sua maior parte, a arte de Capullo. As histórias que não fazem parte dos arcos principais são desenhadas pelo Rafael Albuquerque e uma pelo Andy Clark!

      Abs!
      Leonardo Goulart

      Excluir
    4. Vi o Ano Zero por 36 dinheiros na Amazon e resolvi arriscar. A arte do Capullo me agrada. Rs.Valeu. Roberto Xavier

      Excluir
    5. E aí, Roberto... blz?

      É outra coisa ler os "Titãs" com a arte do Pérez em formato americano e com qualidade melhor de papel/impressão q os formatinhos da Abril, hein? Nem se compara: é uma experiência totalmente nova e diferente!

      Esse "Astro City" tbm faz uns 2 meses q saiu aqui no sul... Eu é q demorei pra ler e comentar aqui no blog, hehe (eu tava guardando essa edição pra este "Review")!

      E é uma pena vc não poder continuar a coleção do "Valente"... Eu tbm não sei se conseguirei ir até o fim com ela, o mais provável é q eu tente aguentar pelo menos até terminar a fase do Hal Foster (o q já será bem difícil, visto q ele ficou mais de 30 anos na série)!

      Hahaha, e pior q é bem assim com os youtubers "lambedores" de escritores e artistas, kkk... O Snyder já teve seu momento, agora é a vez do Tom King mesmo: o queridinho do pedaço, rs!

      Abs!

      Excluir
  8. Oi Leo!

    Vi esta edição de Hellboy esta semana na banca, mas R$ 100,00 é complicado de pagar numa edição de capa dura, imagina numa de capa cartão?

    R$ 40,00 é um preço mais do que justo por esta edição para se comprar em uma banca de revistas, quanto à Amazon, ela pode por a R$ 10,00 que não importa pra ela, mas para um comerciante que muitas vezes tira o sustento de seu comércio, fica difícil!

    Essa precificação da Mythos é absurda, se for para ser assim não envie mais para as bancas porque é para muito poucos estes preços dela!

    Astro City é mais um material que aguardo ansiosamente pela última edição para encerrar a coleção desta publicação magistral!

    A CHM do Hulk está meio chatinha nestas duas primeiras edições, mesmo estando acima da média de qualquer coisa atual que saia dele, mas é pura nostalgia, me trazendo lembranças do colegial e das revistas da Abril que refletem bem o período do início da minha adolescência!

    Justiceiro -Ano Um eu ainda não comprei porque estou terminando minha coleção das edições da Salvat vermelha que ainda tem 7 edições para terminar com materiais como Garota -Esquilo, Novos Mutantes, e a do Homem Aranha, onde com a mini-série dele com o Demolidor!

    E agora que a banca que eu frequentava fechou, fiquei perdido e tenho de correr atrás nas bancas que restam na cidade para adquirir o que ficava reservado para mim diretamente!

    A coleção do Príncipe Valente não apareceu por aqui, devendo vir numa segunda fase de distribuição, e só espero que haja bancas de revista por aqui até lá!

    Novos Titãs estou acompanhando, material que vale e muito a pena!

    Marshall Law está na lista de futuras aquisições, já homem Borracha eu dispenso, mesmo achando o personagem legal, as histórias solo dele são muito ruins, nunca li nenhuma que valha a pena!

    O BatGordon uma das idérias mais inverossimeis já criadas, ainda mais pelo "grande escritor" Scott Snyder, é aquele tipo de coisa que se você não entrar na onda a coisa piora.É ruim, não tem como dizer que não é, mas tem uma história que não está no encadernado onde ele enfrenta uma gangue no mano a mano que eu até gosto desta parte, porque depois da violenta luta ele fica sentado no beco arfando de cansado, mostrando o lado "verdadeiro" de que um homem acima dos 40 anos sente o peso da idade em atividades físicas não tendo a resistência de um mais novo! Vou postar no Face esta cena!

    Esta fase do Capitão eu pulei, desanimei muito depois que o Brubaker saiu do título porque decaiu muito o nível.Eu torço para que a Panini lance uma CHM só dele com histórias dos Anos 70 e 80 com a fase de Steve Englehart e J.M. Demattheis.

    Eis alguns exemplos de materiais que merecem ser republicados:

    http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/capitao-america-n-26/ca00301/5178

    http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/capitao-america-n-69/ca00301/5221

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que as chances de lançarem a sua CHM sejam similares as de ganhar na loteria.

      Excluir
    2. O pior é que isto é verdade!!

      Mas todo leitor\colecionador de quadrinhos, principalmente o
      brasileiro tem de ser otimista senão desanima e não coleciona mais nada de HQs!

      A esperança é que nos move!!

      Excluir
    3. Até bem pouco tempo essa faze do Mike Zeck nunca tinha sido copilada.

      Isso agora mudou, mas não pela Marvel, o Doggma noticiou no BZ:

      https://blackzombie.blogspot.com/2019/03/Retrospec-Marco-2019.html

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Realmente, a vantagem dessa edição do "Hellboy" é q ela custa a metade de 3 encadernados de capa-dura da "Ed. Histórica" do demo (cuja soma de 3 daria uns 180 pila)... Porém, a desvantagem é a capa-cartão mesmo. Particularmente falando, ainda prefiro seguir com a versão capa-dura do "Hellboy"!

      E concordo contigo, esses preços da Mythos tão mto loucos... acho q no caso do "Hellboy", deviam ter pensado em fazer q nem a Panini fez com "Sandman": lançar versões econômicas de 1 arco apenas pra manter na faixa de uns 30 e poucos pila. Agora, meter quase 100 conto num encadernado de banca vai continuar nivelando o acesso do público ao personagem pra poucos (e o FILME do "Hellboy" taí: era momento de popularizar os gibis dele)!

      "Astro City" tá se aproximando do FIM agora... faltam poucas edições pra encerrar (não lembro qtas exatamente). Se bem q o Busiek deve retomar a série apenas em graphic novels daqui pra frente!

      O "Valente" eu ainda recomendo a assinatura... Por enquanto, ao menos, tá vindo tudo certinho pra mim!

      Qto ao "Gordon-Robocop"... Sabe, eu tinha medo q resolvessem adaptar essa ideia imbecil na série de TV: "Gotham", kkk. Ainda bem q cancelaram a série antes q algum "jênio" na Warner se empolgasse com isso, rs!

      E essa capa do "Cap. América" enfrentando um impostor (q vc postou no LINK acima) é a capa do Vol. 7 da "Biblioteca" dele lá fora. Lamentável mesmo as bibliotecas terem sido descontinuadas aqui!

      E putz... q pena ter fechado essa banca q vc frequentava, hein? Sempre é chato e triste qdo isso acontece. Já passei por essa sensação qdo fecharam tbm algumas bancas E livrarias q eu ia seguido. Ainda bem q a loja de HQs daqui (Tutatis) continua firme e forte, pois é o meu POINT principal, rs. Boa sorte à vc na busca por uma nova banca favorita!

      Abs!

      Excluir
  9. Olá Leo!

    • Elogiar as ilustrações de capa do Ross é chover no molhado, mas essa que é dupla a propósito, da vontade de alistar nas Forças Armadas, de tão empolgante.

    Mas não compro a revista só por ela não. Prefiro investir no importado Marvelocity, com os trabalhos dele para a Casa das ideias.
    Que aliás já teve a sua segunda leva esgotada no Amazon.

    • Quando a minissérie Marshal Law foi publicado pela Abril, não tive grana pra comprar, depois tentei grimpar os usados, mas o preço não ajudava também, cerca de R$ 50,00 estando completo.

    O anúncio desse encadernadão pela Panini me empolgou, mas por pouco tempo, como ele ultrapassa a barreira dos cem reais eu nem cogito.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, VAM... blz?

      Hahaha, pior q essa capa do Ross tá empolgante mesmo como propaganda militar de alistamento, kkk... O exército do "SAZUNIDUS" devia contratar o Ross, hehe!

      E o "Marvelocity" continua na minha lista de futuras "possíveis" aquisições... Parece estar vendendo q nem água, mas ainda não consegui juntar a grana necessária pra encarar. Mas uma hora, quem sabe? fóda é o cara conseguir a grana e chegar na hora estar esgotado, rs!

      Qto ao "Marshal Law"... a versão da Panini traz material inédito (pelo q eu entendi) q foi pulado no Brasil. Ok, tá uma paulada, mas pelo menos é um encadernado BEM encorpado (levei dias pra terminar a leitura, rs)!

      Abs!

      Excluir
  10. Um rápido OFF TOPIC:

    Ontem de passagem pela Rodoviária Novo Rio, encontrei encalhes da Panini do ano 2002 (!) na livraria de lá.

    Marvel 2002, Paladinos Marvel c/Elektra, Homem-Aranha do Straczynski e X-Men misturados aleatoriamente em pacotes de 2 por R$ 8,00.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece estarem limpando um estoque encalhado de décadas , pode significar mudanças de logística , como manter baixos estoques e vender mensais tb pela Amazon ou ...

      Excluir
    2. Eita... Desencavaram encalhes lá dos primórdios da pirinini, hein? kkk!

      Nessa época, recém o saudoso Fórum Panini tava sendo criado, rs...

      Abs!

      Excluir
    3. O que acontece é que a Panini estar recebendo caixas da Dinap que não tinha ido para as bancas.

      Excluir
  11. "Titãs 5" (George Pérez) até agora eu estou procurando e não acho em lugar nenhum.
    "CHM do HULK 10" já comprei e está junto com o restante da coleção. Falta ler é claro hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Marcelo... blz?

      "Titãs 5" ainda tem na Tutatis... e na Cameron do Country (não sei se vc tem tido tempo de ir pra essas bandas, mas nesses 2 locais tem)!

      Abs!

      Excluir
  12. Fala,Léo!
    Beleza de review, com bastante material das antigas e alguns clássicos!

    Peguei a CHM(apesar do Hulk inteligente não ser minha fase favorita, pertence ao longo trabalho com Sal Buscema no lápis, com o forte fator nostálgico desta fase na Abril) e Lendas.
    Estes formatos ainda são as publicações com o preço mais justo.

    Peguei o Capitão, e como foi falado, a capa, colocada aberta, é linda.
    E ainda, gostei da edição(história e arte), mas o preço tá exagerado, e a distribuição, caótica!

    Como testemunho do fim de uma Era; estive no Rio há poucos dias, e fui visitar algumas bancas, em ótimos pontos como a praça General Osório em Ipanema ao lado do Metrô, e na Av Presidente Vargas, no centro. Como disse, pontos de muito movimento e tradição. Para minha surpresa, pouquíssimos exemplares, edições avulsas encalhadas e quase nada novo! Isso em bancas que frequentei pela década de 80.

    Algumas bancas do centro, nem revista tinham, apenas salgadinhos,água e muita quinquilharia...

    Aquela época áurea das bancas inapelavelmente acabou!
    Estamos agora num longo e deprimente velório das bancas, tal qual como as conhecíamos(sou de 1973, e fui muito rato de banca, desde muito novo).

    Sobre épocas nostálgicas, não podemos relevar o enorme salto de qualidade das publicações!
    Mesmo tendo comprado gibis de 1979 a 1987, reconheço a vital importância dos formatinhos, mas pegar uma edição de Lendas ou CHM, assim como as Salvats Clássicas, e compará-las , fica evidente como digerimos um material "submetido à maus tratos" em relação aos originais.

    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato Franca28/05/2019 21:50

      Meu irmao trabalha em banca, e realmente ja foi melhor. Eu lembro que ha uns vinte anos atrás, a banca em frente a Praça Nossa Senhora da Paz era 24hs. Hoje,seria inviável.

      Excluir
    2. Foi-se o tempo, que valia a pena.

      Quem ainda é novo até parte pra outra, mas os coroas vão se manter até não terem mais forças.

      Tenho um amigo que foi dono de banca por 25 Anos. Ele herdou do Tio, que se aposentou.

      Primeiro em Ipanema depois também no Centro do Rio. A banca de Ipanema ele vendeu tem mais de 10 anos, já essa do Centro, manteve até o início desse ano.

      Levou dois anos tentando vender o ponto.

      Atualmente ele tem um Empório de bebidas e petiscos importados em Laranjeiras.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. E aí, Victor... blz?

      Valeu mesmo por ter curtido este "Review"... Aliás, eu nem tinha me dado conta, mas este é o 1º review do ANO aqui no blog, hehe: É incrível como eu ando sem tempo pra botar as leituras em dia (preciso de umas FÉRIAS urgente, kkk)!

      Penso da mesma forma q vc... Cheguei a cogitar NÃO pegar essa fase da CHM com o Hulk inteligente (pois prefiro ele mais burrão mesmo), mas no fim das contas: Acabei cedendo e qdo vi a CHM 9 na banca, não resisti e resolvi encarar até o final dessa fase sim (de qq forma, acho q logo no Vol. 11 agora ele volta ao "normal", rs)!

      Esse nº 1 do capitão... eu te confesso q peguei SÓ pela capa mesmo (e pra poder fazer a resenha aqui no blog, já q não achei em scan). Fora isso, achei a história fraquinha e o preço pouco convidativo pra seguir adiante!

      E q triste esse quadro q vc relatou das bancas do Rio... Aqui no sul tá a mesma coisa: A tiragem das revistas diminuiu tanto, q agora uma "CHM do Hulk" ou "Lendas dos Titãs", por exemplo, tem no máximo uns 2 exemplares por banca (isso QDO tem, pois e nem todas recebem essas edições)!

      Há poucos anos... cada banca recebia uns 10 exemplares de cada gibi em média, sendo q algumas bancas chegavam a receber até 20 (ficava aquela pilha no chão com as revistas mais populares)!

      Hj, as bancas tão vendendo cada vez menos gibis e revistas... e migrando pra DVDs, bonequinhos, e quinquilharias diversas mesmo. Um depressivo sinal dos tempos!

      Abs!

      Excluir
  13. Marshal Law é prioridade apesar do preço. Só vou esperar as avariações para saber se foi revisado por alguém alfabetizado.
    Todo cuidado com Panini é pouco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Alexandre... blz?

      Bem, eu não sou a pessoa mais indicada pra fazer uma avaliação minuciosa na edição, pois tive q ler às pressas pra dar tempo de incluir neste "Review", rs...

      Mas olhando assim, por cima, não vi nenhum erro q me chamasse a atenção... Botei a edição de volta na pilha de leitura pra ler com mais calma futuramente!

      Abs!

      Excluir
  14. E aí, Leo, beleza?

    Marshal Law é um dos meus gibis preferidos. Comprei o importado, porque assim como os demais, também não achava que alguém trouxesse para cá. Mas é uma história fenomenal.

    Os Titãs parei depois dos grotescos erros de revisão. Os 4 volumes da Panini equivalem certinho aso 3 volumes americano, já peguei do 4 ao 7 e o 9, esperando chegar o 8 e aí encerrou-se a primeira onda do Pérez pra mim.

    O resto do material não me empolga. Acho que é hora de começar a dar atenção ao que já tenho e menos ao que tem lá fora.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lierson... blz?

      Pois é, eu lembro q nos tempos em q a gente conversava mais nos butécos, vc falava do "Marshal Law"... E graças à sua indicação, eu sempre tive em mente q esse gibi valia a pena: E adorei a leitura mesmo, tá entre as melhores aquisições q fiz este ano!

      E qdo saiu o TP importado (com essa capa bonita)... Eu cheguei a imaginar q tinha alguma chance pela Mythos, q já tinha lançado o "American Flagg" e o "Dreadstar". Sei lá, foi uma esperança q eu tive (e me surpreendi qdo foi a Panini q anunciou)!

      De resto... Tô curtindo mto a coleção do "Valente" e "Astro City". A "CHM do Hulk" deu uma caída (pelo menos pra mim) nessa fase dele inteligente, mas ainda tá boa. E "Hellboy" eu já tenho nas edições deluxe!

      Abs!

      Excluir
  15. Fala Leo!

    Forte contraste entre as capas de Capitão e do Justiceiro; teria ficado belíssima essa edição do Justiceiro com a capa da edição nº 1 lançada pela abril. Achei interessante esse formato Omnibus do Hellboy, mas como já tenho as edições 1 e 3, além de outras posteriores, vou completar no formato capa dura mesmo.

    Do Batman de Snyder eu gostei mesmo da corte das corujas; também de ano zero, embora não se compare a Ano Um, tem coisas interessantes, como aquelas pequenas histórias sobre o treinamento de Bruce Wayne.

    Me interessei por Marshal Law, mas com esse preço fica difícil; talvez com uma futura promoção. Tenho a edição do Príncipe Valente pela Pixel, o que dá uma vontade de fazer essa coleção, mas o momento pede cautela com os gastos.

    Já comprei os Novos Titãs e astro City, mas o Hulk esperarei uma boa promoção para comprar; com relação a Capitão América, não irei começar essa nova fase, prefiro concluir a do Brubaker, que faltam apenas duas edições.

    Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, francisco... blz?

      Hahaha, é covardia mesmo comparar o Ross com o Olivetti, kkk... O tira-teima visual botando as capas ao lado uma da outra é infalível, rs!

      A saga das "Corujas" (1º e 2º arcos) até q passa mesmo: Tava entre as melhores coisas na virada de fase da DC pros "Novos 52"... Mas depois, foi ladeira abaixo (esse Gordon-Robocop aí é o ápice da ruindade)!

      O "Marshal Law" eu recomendo se vc conseguir um bom desconto... pelo conteúdo em si, vale mto a pena (se vc for fã do estilo oitentista, é claro). Coloque essa edição na lista pra próxima Black Friday (eu faço isso todo ano pra não esquecer do q peneirar qdo chega esse dia, hehe)!

      No caso do "capitão"... eu tbm acho mais prudente e vantajoso concluir a fase Brubaker, ao invés de se meter nessa nova (q eu achei bem meia-boca)!

      Abs!

      Excluir
  16. Eu queria mesmo é saber notícias da tumba de Drácula, o agente x do submundo não tem nada a relatar sobre esses títulos não? Ou a dona Panini resolveu encerrar sem aviso prévio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também queria saber da tumba de drácula, a ultima edição saiu em outubro do ano passado, faltam apenas 4 edições dessa coleção que vem se arrastando me passo de morto vivo desde 2014!!!!!! entrei em contato com a panini e disseram que ela não está nos planos desse ano...:(

      Excluir
    2. Brinca não, que falta de comprometimento com seus clientes essa editora tem, essas coisas que fazem a gente pesar se vale a pena ou não iniciar uma coleção nova.

      Excluir
    3. Olha Beagke e Helder, na Panini para cada pessoa que se faz a mesma uma pergunta, obtemos uma resposta diferente, então ainda é cedo pra se desesperar.

      Isso é muito chato, eu mesmo me preocupo se não houverem outras Lendas do Morcego, até agora nenhuma foi confirmada no Checklist, então o melhor é continuar tendo esperança.

      - - -

      Em tempo, um possível motivo para esse atraso, PODE SER o fato de precisarem terminar a CHM do MKF antes de vencer o prazo de licenciamento do Fu Manchu e a Marvel decidir não renová-lo, como já dito aqui no Sub.

      E como temos Hulk e Paladinos TALVEZ considerem que 04 CHM´s num ano, sejam demais.

      Oque é uma droga para quem só compra somente uma delas, mas é uma possibilidade.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. E aí, Helder... blz?

      O VAM e o beagle tem razão... A cota de "CHMs" pra este ano parece estar fechada mesmo:

      Teremos novas fornadas de "MKF" (sim, existe pressa pra se encerrar a série devido à licença pelo nome do "Fu Manchu": a Marvel tbm se apressou em concluir logo os OMNIBUS lá fora), "Paladinos", e o "4F" (do Byrne)... O "Drácula" ainda tá nos planos, mas tem um LIMITE mesmo de "CHMs" q podem ser lançadas num mesmo ano (pra evitar q a coleção se "canibalize")!

      A prioridade, no momento, são essas outras séries... Mas o "Drácula" segue nos planos: Inclusive, a linha "TERROR" deve ganhar novos reforços mais pra frente (segundo o próprio editor da linha já falou)!

      Abs!

      Excluir
  17. Leo, essa lendas Darkseid da Eaglomoss é do mesmo material da cartonados? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí... blz?

      Sim, é a mesma q já saiu pela Panini com o nome de "Darkseid"...

      Abs!

      Excluir
  18. Peguei hoje em São Paulo o volume 1 da coleção Batman da Eaglemoss, Batman e Filho, é uma edição mais fina. Em comparação com a edição do mesmo material pela Panini essa da Eaglemoss tem duas histórias a menos.Vale por custar R $9,99. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prof. Xavier, exatamente quais são as edições contidas nesse volume?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. so não tem a edição 666

      Excluir
    3. VAM!
      Na edição da Eaglemoss estão as edições: Batman 655-658 e 664-665.
      Na edição da Panini as edições são: Batman 655-658 e 663-666

      Ou seja na edições da Panini as duas edições a mais são 663 e 666.

      Roberto Xavier.

      Excluir
    4. Então está valendo mesmo a pena!

      São 07 histórias por R$ 10,00 ao invés das 08 pelo R$ 55,00 de 2012.

      Só não entendi o porquê de terem optado por publicar "O palhaço à meia-noite" (#663) que não tem relevância na continuidade ao invés de "Belém" (#666) mostrando o Damien de "Batman do Futuro", que depois volta em a Corporação Batman.

      Mas aqui na minha cidade, nada ainda de chegar em bancas.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. Na verdade são 6 histórias na edição da Eaglemoss contra 8 da Panini. Não acompanhei essa fase, então não sei avaliar se fazem falta. Roberto Xavier.

      Excluir
    6. Então continua valendo a pena Xavier.

      Afinal essa #663 eu não fazia questão mesmo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    7. Aqui pro sul até q chegou BASTANTE desse Vol. 1 do "Batman" (chega a ter pilhas no chão das bancas)... Diferente das edições da Panini em geral, q tão vindo 2 exemplares no máximo de cada gibi pras bancas!

      Abs!

      Excluir
  19. blz leo?

    de tudo isso vou comprar somente CHM do hulk, justiceiro já tenho as edições da abril(médio pra bom).
    acho esta iniciativa da mythos com o hellboy muito boa, é bem mais econômico que as edições de capa dura e o material é excelente, pra quem não tem é uma ótime comprar, não é o meu caso.
    também já tenho as edições do marshal law da abril, faz muito tempo que li, lembro vagamente.

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, gustavo... blz?

      Sim, pra quem ainda não tem nada do "Hellboy", essa versão cartonada acaba valendo a pena... Pois compila 3 encadernados de luxo (q custam na faixa de 60 pila cada). Como eu já tenho os capa-dura, vou passar essa; Mas recomendo pra quem quiser conhecer melhor as HQs do capeta!

      E desse "Review" eu comprei quase tudo... Tirando só o "Borracha" e "Gordon-Robocop" (q eu li em scans), e o "Hellboy" (q eu já tinha): O resto foi tudo COFRE, rs!

      Abs!

      Excluir
  20. Somente agora Disney nº 0 chegou ns cidades restantes.

    ResponderExcluir
  21. Gostei deste Hellboy Onibus! Capa cartonada, sem frescuras!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...