18/09/2016

Plantão HQ (Parte 2): "Replicoide" (Fanzine), "THOR - Ragnarok", A Volta da Linha Valiant, e Mais...

O "Plantão HQ - Parte 2" está no ar... Com destaque para o fanzine "Replicoide", que promete trazer muitas HQs raras e/ou inéditas no Brasil. Além de 2 "Ragnaroks" do Deus do Trovão (Salvat capa-preta e capa-vermelha), e a inesperada volta da linha Valiant ao Brasil (pela HQM). Entre outras novidades:

"Replicoide Nº 1 - Welcome To Springville", "Replicoide Nº 2 - Frank Cappa", "THOR - Ragnarok" (Salvat), "O Livro de Ouro do Recruta Zero Vol. 4", "Grendel Vs. Sombra", "X-O Manowar - Planeta Morte" (FINAL), "Universo Valiant" (Último Número), "Sasquatch & Pigmeu" (Miniaturas Especiais da Marvel), e Mais!   

Confira abaixo (e não perca a seguir a 3º Parte deste "Plantão"):

"Replicoide Nº 1 - Welcome To Springville" + "Replicoide Nº 2 - Frank Cappa": A "Replicoide" se apresenta como sendo um fanzine (segundo o termo: uma revista independente editada por fãs ou uma manifestação midiática) sem fins lucrativos, custando apenas o equivalente às despesas gráficas (em torno de 18 reais por álbum com lombada quadrada e formato 21x28 cm) e tendo uma tiragem reduzida de apenas 30 ou 40 exemplares por álbum (distribuídos apenas em lojas especializadas). No Nº 1 do fanzine, temos um bang-bang raríssimo: "Welcome To Springville" (de 1977) - série publicada parcialmente aqui no Brasil pela Vecchi na revista: "Histórias do Faroeste"! Já o Nº 2 traz o repórter de guerra: "Frank Cappa" (de Manfred Sommer) - que já teve histórias publicadas no Brasil em Graphic Novels e em: "Aventura & Ficção" (é material anos 80 da melhor qualidade)! 

Os Próximos Lançamentos da "Replicoide": A editora Singh Press (que publica o fanzine) promete pras próximas edições as seguintes HQs (veja abaixo uma pág escaneada de um anúncio interno da revista): "Mortadelo & Salaminho", "Torpedo 1936", "Morgan - O Presidiário" (uma das minhas HQs favoritas de todos os tempos), "Hombre" (de Segura & Ortiz), "Dylan Dog", e até o "Planeta dos Macacos" (em histórias clássicas publicadas aqui pela Bloch)! As polêmicas que possam envolver os direitos autorais em torno do material publicado no fanzine são um assunto tratado logo de cara na introdução da revista (que aborda também as origens e propostas dos fanzines em geral). A distribuição será muito restrita somente pra algumas lojas de quadrinhos!

"THOR - Ragnarok": A Salvat lança este mês 2 ed. do "Deus do Trovão" com o mesmo título: "Ragnarok" (o dia do juízo final pros deuses asgardianos)! A ed. de capa-preta apresenta material clássico de Stan Lee & Jack Kirby (publicado originalmente em: "Thor nº 153-159"): Um material visto no Brasil pela última vez em antigos gibis do "Thor" pela Bloch, a não ser pela versão ESTENDIDA da "Origem de Thor" (que saiu pela Abril em "HTV" nº 5 e "Origens dos Super-Heróis Marvel")! Já a ed. de capa-vermelha traz um arco interligado com a saga: "Vingadores - A Queda" (publicado originalmente em: "Thor (2º série) nº 80-85") e que narra uma nova versão (mais moderna) pro FIM dos deuses nórdicos (e de quebra, ainda republica a origem clássica de Thor em "Journey Into Mystery" 83)! 2 boas pedidas pros fãs do trovejante!

"X-O Manowar - Planeta Morte" (FINAL) + "Universo Valiant" + "Grendel Vs. Sombra": Por essa, acho que ninguém esperava... A linha Valiant retorna às bancas (após uma longa ausência de meses) com as ÚLTIMAS edições de "X-O Manowar" e "Universo Valiant" (fechando as pontas soltas das ed. anteriores). Em "X-O" nº 12, temos a conclusão da saga: "Planeta Morte" (com 104 pág, lombada quadrada, R$ 19,90)! Já em "Universo Valiant" nº 7: O final de "Harbinger Wars" e o destino de "Bloodshot" (em 144 pág, lombada quadrada, R$ 24,90) - A HQM promete também continuar a linha de encadernados da Valiant! Já a Mythos apresenta o crossover entre "Sombra X Grendel" (personagem pouco conhecido no Brasil) com história e arte de Matt Wagner ambinetada na NY dos anos 30 em clima NOIR - A ed. tem capa-dura, 164 pág, R$ 69,90 (com 15% de desconto no site da editora)!

"O Livro de Ouro do Recruta Zero Vol. 4": A Pixel lança (em seu selo de HQs clássicas) o 4º Vol. do "Livro de Ouro" do recruta mais preguiçoso do Quartel Swampy. O encadernado tem capa-cartão e 128 pág (R$ 24,90) apresentando como diferencial uma seleção de tiras escolhidas pelo Ota (ex-editor da "MAD") com o melhor produzido ao longo de décadas de criação do Zero e sua turma! Criado em 1950 por Mort Walker, inicialmente o Zero era apenas um universitário vagabundo que vivia tentando se dar bem às custas dos seus colegas de faculdade. Por engano, ele acabou se alistando no exército (agora ao invés de matar aulas, sua preocupação maior é matar o trabalho no quartel, rs)! 

"Sasquatch & Pigmeu": Pra quem ainda está colecionado as figuras da Marvel, eis aqui 2 peças imperdíveis: (originalmente - lá fora - eles são um PACK duplo mesmo) que formam a "Tropa Alfa" (até o momento haviam saído apenas o "Guardião" e a "Pássaro da Neve")! O PACK com as 2 figuras tá custando R$ 99,99 neste: "LINK"! Particularmente, nunca vi as peças ao vivo, mas já rolam comentários (de quem comprou) que o "Sasquatch" seria feito de resina e o "Pigmeu" de metal. Independente do material utilizado, o mais importante - ao menos pra mim - é as figuras serem bem-feitas (encomendei as minhas e futuramente postarei as fotos aqui no blog)! 

Até+

162 comentários:

  1. Olá, Leo!
    Que ótima notícia essa das edições finais da linha Valiant! Na Fest Comix desse ano estava com 60% off nas HQs da HQM e aproveitei para pegar as do Universo Valiant que na ocasião estava por meros 5 contos. Agora conseguiremos fechar esses arcos. Parabéns para a editora HQM por essa iniciativa e que venhas as continuações dos encadernados de X-O Manowar e Harbinger. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia Leo.

    X-O Manowar e Universo Valiant voltando as bancas, logo após o retorno da mensal TWD, que bom hein, seria a HQM ressuscitando? rs. Esperamos que sim, e desta vez que seja pra valer. Espero ainda este ano, ver ao menos uns dois encadernados de Os Mortos Vivos e a continuação de Bone.

    Valeu, abraço!

    ResponderExcluir
  3. E aí,Leo? Blz?

    Eu peguei o Thor da coleção vermelha e achei a história muito legal. Gostei muito do texto om reflexões sobre os rumos que a vida segue, qual o papel do homem como condutor do seu destino, a necessidade da queda e de se reerguer para se melhorar e continuar com foco nos objetivos e sonhos. Achei uma das melhores leituras da Salvat vermelha até aqui.

    Sobre o Sombra, a intenção é comprar essa edição mas mesmo com os 15% da editora tô achando meio salgado o preço...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Essa origem "estendida" do Thor tem mais jeito de retcon. Mas sei lá, achei besta essa do Thor não ficar com Jane Foster por causa de sua origem divina. Cara, depois de ler me deu aquela dúvida se pego ou não, sei lá, tem certas explicações que são desnecessárias.

    ResponderExcluir
  5. Oi leo quando vai sair uma nova ediçao de lendas do homem de acó

    ResponderExcluir
  6. As histórias desse livro de Clássicos da Salvat (vol. XIII) foram quase todas publicadas pela EBAL em 1971-1972 na revista "A Maior" números 15 e 20.

    Além desses dois encadernados mencionados e que estão sendo vendidos no Brasil neste mês, tem também um terceiro encadernado com esse mesmo nome ("Ragnarok"), publicado nos EUA em 2011. Suas histórias são de 1978 e correspondem às revistas de Thor números 272 a 278, todas da dupla Roy Thomas e John Buscema.

    ResponderExcluir
  7. Leo,

    Boa tarde.

    A Pixel Média irá realmente lançar o segundo volume do FLASH GORDON de Alex Raymond? E tem previsão?

    Realmente essa fase do Thor merecia uma coleção completa, pena que não há interesse em tal publicação, eles preferem lançar encadernados de fases atuais, que para mim não acrescentam nada ao "clamor" e "nostalgia" que existe nos clássicos.

    Um abraço,

    Alexander.

    ResponderExcluir
  8. Salve, Léo. Belezinha?

    Essa Replicoide foi algo bastante inusitado. Materiais de altíssima qualidade a um preço acessível foi algo que não esperava. Pena que a distribuição será pequena. Dando uma de Mãe Diná, prevejo essas edições sendo vendidas à preço de ouro pelos especuladores do mercado livre. E isso seria péssimo, já que iria contra a proposta de HQs de custo baixo feita apenas para fãs.
    Vendo a Hqm retornar o universo Valiant me traz esperança de que a editora tire a Dark Horse Apresenta do limbo. É esperar para ver...
    Abs

    ResponderExcluir
  9. Oi Leo,

    ótimo topico (como sempre). Me tira uma dúvida, o Thor da Salvat anterior era colorizado por computador (o q achei horrivel e me levou a não comprar).

    Sabe dizer se esse ragnarok da capa preta é assim tb?

    eu prefiro as cores chapadas originais...

    valeu! Timoteo - Salvador BA

    ResponderExcluir
  10. leo das próximas coleções históricas que provavelmente vão sair, seu amigo "x-9" sabe se vai ter algum material repeteco da salvat(extensão) ou algum arco muito aguardado?

    bem que eu queria ver na do quarteto alguns volumes dedicados aos inumanos(primeira metade da saga do galacticus), pantera negra e skruuls sonhar não custa nada hehe

    ResponderExcluir
  11. Desses já comprados os dois thor, zero, e o especial marvel....e talvez o presidiario se achar .......abs Leo.....

    ResponderExcluir
  12. Olá Léo, beleza?
    Se for de resina como o Blob tudo bem. O Blob veio perfeito...é maciço. Uma pena que as especiais da DC sejam de resina "oca" pelo menos as três primeiras que adquiri. O Bane era tão leve que desisti desanimei.Você sabe se todas as especiais da DC são dessa resina "oca" ??? Abraços!!! Osvaldo.

    ResponderExcluir
  13. Leo,

    Boa noite,

    Lendo alguns comentários acima, bem que a panini, poderia continuar a coleção histórica do Quarteto Fantástico, a partir 61 ao 67, a sequência é incrível, gostei bastante.

    Um Abraço,

    Alexander

    ResponderExcluir
  14. Esse THOR: Ragnarok foi meu penúltimo exemplar da Extensão Clássica, Leo.

    Agora só vou comprar Capitain America and Falcon: Mad Bomb. Foquei somente no Kirby e Steranko.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  15. "Que ótima notícia essa das edições finais da linha Valiant!"


    E aí, Roberto... blz?

    Eu acabei vendendo minhas ed. avulsas de "X-O" pra comprar os encadernados... E torço mto pra q continuem investindo na linha Valiant (um dos melhores universos pra se acompanhar em quadrinhos - acho melhor até q a Marvel e DC atuais e só a comparo em qualidade com as linhas Vertigo e 2000 AD)!

    Apesar da demora e desconfiança causada nos leitores... pelo menos a HQM honrou a promessa de concluir o final desses arcos q estavam em aberto!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "X-O Manowar e Universo Valiant voltando as bancas, logo após o retorno da mensal TWD, que bom hein, seria a HQM ressuscitando? rs."


    E aí, John Bueno... blz?

    Essa volta da linha Valiant foi surpresa pra mim (jurava q fossem deixar quieto até o público esquecer, rs): Ainda bem q não fizeram isso e a ideia da HQM é mesmo continuar a linha em encadernados (o próximo parece q será: "Quantum & Wood" e em seguida o 1º encadernado do "Bloodshot")!

    Tbm quero ver a sequência dos encadernados de "Mortos-Vivos" (q parou no Vol. 18)... E qdo eu for à Sampa, vou atrás do "Rocketeer" (q não veio aqui pro sul)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Eu peguei o Thor da coleção vermelha e achei a história muito legal."


    E aí, Leo... blz?

    Essa ed. do "Thor" é boa mesmo... lembro de ter lido em scans lá na época em q saiu pela 1º vez durante a "Queda" e achei até melhor q a série principal dos vingadores, rs!

    Essas reflexões sobre o sentido da vida ficaram bem coerentes diante da proposta da HQ (q é mostrar o FIM dos deuses asgardianos)! Pra quem se perdeu na cronologia, vale relembrar q essa história do "Thor" (capa-vermelha) se passa antes do "Renascer dos Deuses" (q saiu tanto pela Panini Deluxe qto pela Salvat capa-preta)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  18. Olá Leo, tudo bem?

    Oportunidade de compra na FNAC. TODOS os quadrinhos com 40% de desconto. Peguei: O Legado de Júpiter, X-Men - A Batalha do Átomo, Novíssimos X-Men Vol.3, Fabulosos Vingadores Vol.3 e Zetman Vol.12. Parece que é por 72 Horas.

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
  19. "Essa origem "estendida" do Thor tem mais jeito de retcon."


    Eu lembro vagamente dessa origem estendida (a última vez q reli ela foi nos anos 90 qdo republicaram em "Origem dos SH Marvel")... Já a origem clássica (de apenas 10 pág) eu li faz poucos anos na "Biblioteca" do Thor!

    Seja como for, eu vou comprar certo essa ed. de capa-preta assim q sair aqui... e terei q reler essa origem de novo pra formar uma opinião melhor a respeito (contar apenas com a minha memória é perda de tempo, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peguei de qualquer jeito essa edição, pois ficou bem interessante a junção, fora que eu já ia comprar o Rocketeer, por isso peguei ambas.

      Cara, acho que esses dias vou olhar mais os sebos da vida e procurar algumas edições raras. Infelizmente vou perder essa promoção da FNAC porque comprei alguns encadernados em sebos, porém Black Friday está aí para mais descontos. Quando olhei que tava tendo esse desconto chega deu aquele aperto, porém em sebo é mais fácil de edições raras esgotarem e na Black Friday eu vou ter juntado muito mais.

      Excluir
    2. Acho que não enviou a minha primeira resposta, mas lá vai.

      Eu comprei essa edição junto com o Rocketeer. E vou caçar algumas edições em sebos.

      Dessas promoções da Amazon e da FNAC, vou deixar para a Black Friday, já que nos sebos que confio e que sei que o produto chega; as edições acabam rápido.

      Excluir
    3. Essa origem foi um dos primeiros retcons, na verdade.

      Se ler as histórias dele do começo (NÃO recomendo, é um ano de lixo tóxico!), o Thor era basicamente um Super-Homem da era de prata com os poderes do Thor. Material muito fraco!

      Quando Lee e Kirby voltaram à série, eles começaram a incorporar mais material mitológico até o ponto em que as aventuras se passavam essencialmente em Asgard e era mais interessante que o personagem fosse mesmo o deus Thor, não um cara que tinha recebido o poder do Thor. E aí aquela primeira origem tinha se tornado um problema.

      A solução foi bem inteligente: Devido à sua arrogância Thor foi condenado a viver como um mortal até o dia em que reencontrasse o Mjolnir. "Encaixa" perfeitamente no material antigo e permite continuar a série a partir daí com o legítimo Thor mitológico. Uma sábia decisão de Lee e Kirby!

      Depois disso é que começou o Thor clássico que a gente conhece, com uma sucessão de histórias boas.

      Excluir
  20. "Oi leo quando vai sair uma nova ediçao de lendas do homem de acó"


    E aí, Jaspion... blz?

    Parece q tem mais uma "Lendas" do Super programada pro ano q vem em 2 ed... Não sei de qual artista será, mas já q me falaram em 2 Vol. eu "chuto" q seja a fase do Gil Kane (só um palpite)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Suas histórias são de 1978 e correspondem às revistas de Thor números 272 a 278, todas da dupla Roy Thomas e John Buscema."


    Oi, Lenimar... Tdo bem?

    Esse outro "Ragnarok" q vc fala saiu aqui em "HTV" nº 95-99... E eu não tenho essas edições (já tive, mas perdi num lote de formatinhos devorados pelo mofo, rs)!

    Valeu mesmo pelo aviso... Já anotei esse TP pra incluir na minha lista de futuras importações (essa sequência de histórias do "Thor" era mto boa e quero mto tê-las de volta na coleção - como acho q seria difícil sair aqui, acho q o jeito vaio ser comprar importada mesmo)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "A Pixel Média irá realmente lançar o segundo volume do FLASH GORDON de Alex Raymond? E tem previsão?"


    E aí, Alexander... blz?

    Sim, até onde me informaram... A intenção da Pixel seria publicar pelo menos os 3 primeiros álbuns do "Flash Gordon" da Titan Books: Sendo q o 3º traz "A Queda de Ming"! Só q lá fora saiu recentemente um 4º encadernado (q aí já não sei mais se estaria nos planos da Pixel)!

    Uma previsão, contudo, eu acho q ainda não tem pro lançamento do Vol. 2... Mas imagino q o "Fantasma" sendo em média 1 por ano, o "Flash Gordon" não deve ser mto diferente e eu esperaria o 2º lá pro ano q vem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A editora Pixel disse que sai no primeiro semestre de 2017.

      Excluir
    2. Só os três primeiros são do Raymond, daí a Pixel não ter interesse em publicar o resto. Eu compreendo...

      Excluir
  23. Oi Leo!

    Eu tenho os dois encontros do Batman com o Grendel publicados pela Mythos em 1997/98.

    O personagem não é nem um pouco interessante, e acho que dificilmente ele teria apelo em algum lugar, por isso continua obscuro, principalmente por aqui!

    Ele é uma máquina de matar invencível, e se não me engano tem um lance sobrenatural envolvido, além de alta tecnologia.

    Este encontro com o Sombra parece outro daqueles encontros de heróis feitos para caçar níquel dos colecionadores e pobre em qualidade!

    Eu gosto muito do Sombra e quem sabe um dia eu adquira este material que por enquanto vai para a minha lista de futuras aquisições, assim que possível!

    Achei que ia sair era o "pack' da Aurora e do Estrela Polar e não o Pigmeu e como dizia o Hulk : - O Peludo Alaranjado"!

    Estes dois são obrigatórios, gosto pacas do Sasquatch desde que li na infância a história em que ele enfrenta o Hulk, publicada pela RGE em 1980!

    Eu torci na luta pelo Sasquatch que era mais alto, racional, se transformava quando queria, além de claro, parecer um cachorro!

    Tenho um saudosismo muito grande desta história, quem sabe um dia ela é republicada!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é outro Grendel, existem vários Grendels. Eu literalmente teria de passar o dia todo explicando aqui, mas vou resumir dizendo que o Hunter Rose é um personagem muito mais interessante do que esse.

      Excluir
  24. "Essa Replicoide foi algo bastante inusitado. Materiais de altíssima qualidade a um preço acessível foi algo que não esperava."


    E aí, Luiz... blz?

    Eu já vi essas 2 primeiras ed. da "Replicoide" na loja daqui: Cada uma custa 18 pila mesmo em formato magazine, lombada quadrada, e papel off-set em P&B. Mas o leitor tem a opção de pagar um pouco mais (acho q 25 pila) pra versão em papel LWC (só q eu achei o off-set melhor nesse caso)! Se bem q eu desconfio q o nº 3, q trará "Mortadelo & Salaminho" saia mais caro por ser toda colorida (vamos ver)!

    Fanzine costuma ser barato mesmo... eu acompanhava aqui no sul o fanzine de um amigo meu (já falecido e dono de um sebo nos anos 90) q publicava material da Era de Ouro (Cap. América, Namor, Tocha, e vários outros mais obscuros da Marvel - além de mto bang-bang dos anos 30 a 50). Ele mesmo editava e imprimia as edições, q eram sempre baratas e em tiragem baixíssima (q ele vendia na própria loja de gibis q mantinha)!

    A diferença agora é q a "Replicoide" tá com uma seleção bem mais atual e variada pra publicar (com séries famosas e consagradas - ao invés de material mais antigo e obscuro)... mas ainda assim é apresentada como sendo um fanzine!

    Abs!

    ResponderExcluir
  25. "Sabe dizer se esse ragnarok da capa preta é assim tb? eu prefiro as cores chapadas originais..."


    E aí, Timoteo... blz?

    Valeu por ter curtido a postagem (a 3º parte deve ir ao ar amanhã à noite)!

    Qto ao "Ragnarok"... Essa ed. ainda veio pra cá e não pude vê-la ao vivo pra te confirmar o lance das cores. Mas pelo q me disseram o material foi todo extraído da "Biblioteca" (Masterworks) do Thor (Vol. 7) e essa coleção costuma manter cores chapadas (tirando uma ou outra edição q resvala em excessos de degradê - como visto na "Biblioteca do Cap. América" q saiu aqui). Já a ed. dos "Contos de Asgard" foi totalmente tirada de uma mini-série mensal em 6 partes (com grampo) q republicava só os "contos" com aquela colorização moderna (q eu tbm não gosto nem um pouco)! Assim, só posso te confirmar com certeza mesmo depois de ter o "ragnarok" em mãos, mas tudo indica q agora não terá o mesmo problema de cores q teve na ed. dos "contos"!

    Abs!

    ResponderExcluir
  26. "leo das próximas coleções históricas que provavelmente vão sair, seu amigo "x-9" sabe se vai ter algum material repeteco da salvat(extensão) ou algum arco muito aguardado?"


    E aí... blz?

    Sim, esses repetécos todos serão bastante comuns daqui pra frente entre as 2 editoras... Ainda não foi totalmente decidida a estrutura (mix, conteúdo, etc) de uma das próximas "CHM" q traria material dos heróis urbanos da Marvel (incluindo o "Mestre do Kung Fu"), mas é mto provável q uma eventual ed. da CHM do "Punho de Ferro" ou "Luke Cage" acabe repetindo o q saiu (e ainda irá sair pela Salvat)!

    O "4F" terá uma 2º série tbm... da qual sabemos apenas q o foco continuará sendo a fase Kirby (anos 60) e acho q certamente teriam q republicar a "Saga dos Inumanos" (q saiu na Salvat preta junto com a 1º aparição do "Galactus"): Essa não poderia ficar de fora numa CHM do 4F, rs (foi uma das aventuras mais marcantes da equipe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  27. "Desses já comprados os dois thor, zero, e o especial marvel....e talvez o presidiario se achar"


    E aí, Roni... blz?

    Desses aí, falta chegar aqui pro sul o "Thor" (capa-preta) e o "Recruta Zero" (q eu acho mais provável de pegar na minha ida à SP daqui há 2 semanas)! Mas já garanti as miniaturas do "Sasquatch & Pigmeu" (pra fechar a minha formação da "Tropa Alfa", rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  28. "O Bane era tão leve que desisti desanimei.Você sabe se todas as especiais da DC são dessa resina "oca" ???"


    E aí, Osvaldo... blz?

    Sim, infelizmente as peças em resina da DC são todas assim (tbm acho um material de baixa qualidade e acabei desistindo de vários especiais q eu queria por conta disso). Só tenho 4 especiais da DC, sendo q o 1º (Darkseid) é chumbo mesmo. Os outros 3 (Etrigan, Jonah Hex, e Monstro do Pântano) já são com essa resina mais oca!

    Não tenho o "Blob" pra fazer a comparação (aliás, na Marvel não tenho nenhuma peça em resina)... Mas tô torcendo pra q o "Sasquatch" seja numa resina de melhor qualidade (q nem as peças custom q eu costumo comprar: e q são perfeitas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  29. "Lendo alguns comentários acima, bem que a panini, poderia continuar a coleção histórica do Quarteto Fantástico, a partir 61 ao 67"


    E aí, Alexander... blz?

    Essa sequência de histórias do 4F tá inédita no Brasil até hj (tirando as ed. 66-67 q traziam a 1º aparição de "Warlock" - chamado apenas de "ELE" - essas 2 saíram pela Abril na "Saga de Thanos")!

    Já as. ed. 61-65 foram sumariamente puladas por aqui (da mesma forma q o arco entre as ed. 68-71) durante a transição entre EBAL e RGE. E são ed. importantes: Pra vc ter uma ideia, no nº 65 temos a 1º aparição de "RONAN - O Acusador" (inédita no Brasil)! Tudo isso saiu no Vol. 7 da "Biblioteca do 4f" lá fora, no LINK abaixo tem as capas internas e prévias:

    http://www.marvelmasterworks.com/marvel/mm/ff/ff_mm07.html

    Abs!

    ResponderExcluir
  30. "Agora só vou comprar Capitain America and Falcon: Mad Bomb."


    E aí, VAM... blz?

    Essa ed. do "Cap. América & Falcão" será imperdível pra mim... Pois sempre quis ler essa história (q só saiu aqui pela Bloch e marca a volta de Kibry à Marvel após sua tumultuada passagem pela DC nos anos 70)!

    Mas e a ed. dos "What If", hein? Não me diga q vc vai pular justo essa depois de ter feito (no LINK abaixo) esta espetacular matéria a respeito, hehe:

    http://vamilustrador.wixsite.com/batdeira/single-post/2016/06/25/%C3%89-E-SE-FOSSE-TUDO-VERDADE

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marvel Origens Anos 70 e What If são duas edições que deixam a pessoa no mínimo curioso. Faltar essas duas é complicado.

      Excluir
    2. Vou pular, pois acredito muito no potencial de uma CHM do "What If", Leo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  31. "Oportunidade de compra na FNAC. TODOS os quadrinhos com 40% de desconto."


    Oi, Carlos... Tdo bem?

    Puxa, excelente dica essa... 40% é um desconto considerável: E parece q é só por 72 horas mesmo!

    Brigadão mesmo pelo aviso (já vou fazer uma "repescagem" do q me falta, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. "Achei que ia sair era o "pack' da Aurora e do Estrela Polar e não o Pigmeu e como dizia o Hulk : - O Peludo Alaranjado"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Já mandei vir esse PACK do "Sasquatch & Pigmeu"... E o dos "Supergêmeos" (Estrela e Aurora) é o próximo q deve sair (parece q já entrou na lista do ISBN)!

    E putz, eu tbm tinha e adorava esse "Almanaque do Hulk" nº 1 da RGE... q trazia esse quebra com o "Sasquatch"! Uma pena q nunca mais republicaram essa história (tirada de uma ed. "anual" do Hulk) E olha q era produzida por uma baita equipe: Byrne, Roger Stern, e Sal Buscema (só os melhores)! No LINK abaixo tem a capa e conteúdo dessa ed:

    http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/almanaque-do-hulk-n-1/ahk02001/18696

    É por isso q eu gosto dessa fase do Hulk pela RGE... Meu saudosismo é mto maior por essa fase do q por qq outra do verdão!

    Qto ao "Batman X Grendel"... Eu nunca li essa, e aliás: nunca li nada com o "Grendel", rs! Só sei q ele tem várias histórias lançadas lá fora e algumas são até cultuadas por parte de público e crítica (mas não posso atestar se realmente vale a pena ou não - e duvido mto q lancem algo só dele aqui no Brasil)!

    Já do "Sombra" eu gosto... mas tô na mesma situação q vc: Eu só compraria essa ed. com um BOM desconto (estarei monitorando o site da Mythos na próxima Black Friday, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  33. Fala, Léo!
    Tomara que os editores reavaliem os projetos futuros e resolvam republicar esta fase do Thor (Kirby) na íntegra, pois o material é excelente (a edição da Salvat, está muito boa, o que valoriza ainda mais o conteúdo)!
    Além desta passagem do Kirby,creio numa boa aceitação da posterior fase do Buscema! (aí vemos realmente que o Thor vai além do Simonson...)
    Sobre as minis, se a resina for perfeita e "encorpada" (como o Blob) não me incomodo, mas acho no mínimo honesto, esta descrição.
    E sobre os comentários do Almanaque do Hulk (RGE), minha humilde sugestão; republiquem na íntegra como uma CHM (os 4 volumes iniciais do almanque, provindos das anuais do Hulk)!
    Sem exagero, considero o Almanaque do Hulk, nº 01, o melhor gibi do Hulk já lançado por aqui!
    Os editores nem vão precisar "queimar a cuca" para definir o conteúdo dos volumes da CHM, basta pegar o material e republicá-lo neste formato.
    Sobre a ressurreição dos Fanzines, uma bela oxigenada no ramo das HQs!

    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Victor... blz?

      Essa fase inicial do "Thor" por Lee/Kirby durou o equivalente às 9 primeiras "Bibliotecas" dele lá fora. Aqui, saiu apenas o Vol. 1 (onde o Kirby divide a arte com outros desenhistas) mas do Vol. 2 até o 9 é só Kirby! E já q as "Bibliotecas" tem em média umas 12 histórias contra 8 das "CHMs"... Imagine qtas "CHMs" renderiam uma coleção só do Thor, hein? Resta a Panini se coçar pra fazer isso!

      A fase de Lee/Buscema... começa no Vol. 10 da "Biblioteca" e vai até o 12 com o Stan Lee nos roteiros e segue adiante com o Buscema e outros escritores! Essa é outra fase q acho nto boa e q deveria ser republicada aqui pros leitores conhecerem (nem todo mundo acompanhou essa fase em HTV nos anos 80, rs)!

      Qto ao "Almanaque do Hulk"... alguns nº da RGE traziam as tiras de jornal do Hulk (e essas teriam de ser republicadas em outro formato se fosse hj em dia)! Mas gosto mto desses "almanaques" (os 2 primeiros da RGE são meus favoritos com o Hulk tbm)!

      Abs!

      Excluir
  34. leo essa edição da capa preta da salvat do thor(ragnorok)? é um retcon da origem dele?
    vi alguns cometários sobre isso, mas não entendi o porque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pode-se dizer q é um retcon... Só q feito pelos próprios criadores do "Thor": Lee & Kirby!

      Não acho q tenha mudado nada na origem clássica... eles só acrescentaram mais elementos q explicam melhor o q aconteceu em Asgard ANTES de Donald Blake encontrar o martelo numa caverna! Essa origem estendida mostra o Thor criando confusão e bebendo com seus amigos (os 3 guerreiros) até q Odin se enfurece com a irresponsabilidade do filho e o manda pra Terra (na forma de Blake)! Aí, repetem de novo os eventos q vimos na 1º origem (incluindo a invasão dos "Homens de Saturno") só q redesenhados por Kirby!

      Abs!

      Excluir
    2. existe a probabilidade desse arco ser publicado numa CHM vingadores ? porque senão acho melhor esperar mais pra não pagar tanto, estou meio apertado no momento

      Excluir
    3. Fui eu que havia comentado da retcon.

      Olha, para ser fraco, a retcon sem a outra história que tem na edição, não teria me feito levar a edição, mesmo se fosse uma CHM com preço acessível.

      Não sei o quanto você lê do personagem, mas eu não sou muito conhecedor, nem fã do personagem, porém essa edição me fez simpatizar pelas escolhas do herói e com Sif, tanto que essa Salvat Preta Thor Ragnarok e o Contos de Asgard foram e serão os únicos encadernados do Thor que eu compro. Para tirar as próprias conclusões, é só você testar as edições que o Leo mencionou por meio de scans. Do mais boa sorte.

      Excluir
  35. Leo tudo bom? Ó oraculo, alguma novidade sobre a republicação do encadernado "os maiores super herois" da Dc? Este eu estou atrás a muitooooo tempo. E no mercado livre se acha a preços de 400 a 500 conto. Ta louco!!!! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada ainda, Clayton... Mas não se preocupe, vai sair uma hora dessas!

      Repare q a Panini recém tá lançando algumas coisas q eu havia anunciado lá no começo do ano (O "Legado de Júpiter" e a republicação do "Esquadrão Suicida" dos Novos 52 são apenas 2 exemplos recentes)! Não gaste esses 500 reais com especuladores: confie mais no "X-9", rs (até agora ele só errou com o "Dossiê Negro" da Devir, mas aí não foi culpa dele já q a editora chegou a anunciar oficialmente q lançaria essa ed. e acho q não tinha os direitos pra isso)!

      Abs!

      Excluir
  36. E atenção!!! Acabo de adquirir Pato Donald do Barks a R$32,00 na Amazon. Corram para lá...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita coisa boa lá mesmo. Tinha até "A Saga do Tio Patinhas" por R$29,90, mas já acabou. :(

      Excluir
    2. Opa... Valeu mesmo, paul ventura:

      ÓTIMA dica essa (tbm garanti mais um exemplar pra mim). Puxa, METADE do preço é mta barbada: Nem na Black Friday costuma aparecer uma dessas, rs!

      Abs!

      Excluir
    3. Olá, obrigado pela dica. Estava mesmo aguardando uma promoção como essa. Aproveitei para adquirir um encadernado importado do mangá "As bizarras aventuras de Jojo" e uma edição de Zetman (esta com 40% de desconto).
      Abs., Carlos - São Paulo.

      Excluir
    4. Por edições assim que estou pensando seriamente em só comprar pela Internet.

      Excluir
    5. Eu acabei pegando o Pateta Repórter por 35 e arrisquei dois encadernados de material recente do Thor. Vamos ver se vai rolar decepção...

      Eu já tenho mas acho que os melhores itens da Marvel da promoções de hoje eram os encadernados excelentes do Brubaker do Capitão América - Morte do Sonho, Ameaça Vermelha e outros por menos de 40 reais

      Excluir
  37. Respostas
    1. Eu é q agradeço, Jaspion...

      Seja sempre bem-vindo aqui e qq dúvida q tiver pode mandar aí q eu ajudo no q puder, blz?

      Abs!

      Excluir
  38. Olá, Leo
    Falando em Sombra.Eu gostei muito do filme com Alec Baldwin. Achei melhor que Batman Eternamente. ABS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Renato... blz?

      Sem dúvida, o filme do "Sombra" foi uma das melhores adaptações de HQs daquele período conturbado (anos 90) pra esse tipo de coisa! Ele, a "Barb Wire" e o "Spawn" estavam entre os melhores filmes de gibis do período!

      O resto era complicado... "Batman" (do Schumaker), "AÇO", "Liga da Justiça", "Fantasma", "Witchblade", "Geração X": Tempos de vacas magras!

      Abs!

      Excluir
  39. "Peguei de qualquer jeito essa edição, pois ficou bem interessante a junção, fora que eu já ia comprar o Rocketeer, por isso peguei ambas."


    E aí... blz?

    Estive hj na Livraria Cultura daqui e nem sinal ainda do "Ragnarok" (capa-preta)... Às vezes demora mesmo (mas sigo no aguardo)!

    E falando em demorar, a sua resposta anterior pode ter demorado um pouco pra aparecer na caixa de msg do blog: Mas isso é normal tbm (pode levar mais de hora dependendo da lerdeza do blogger pra enviar e receber dados, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  40. Na Salvat Vermelha do Wolverine aparece a "parte 2" da primeira aparição do carcaju. Você acha que vale a pena pegar ou acha que sairá uma versão mais completa depois ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho q nesse caso vale mais a pena esperar sair depois (as chances são mto grandes dessa história ser republicada com as 2 partes numa futura CHM)!

      Não vejo sentido em ter só a 2º parte da história (foi uma rateada feia da Salvat/Hachette). Até pq, a 1º aparição oficial do "Wolverine" é no último quadro da 1º parte (sem falar q o começo é essencial pra entender a trama)!

      Abs!

      Excluir
    2. É justamente o que eu tava pensando. Vou esperar, apesar de ter pouca esperança de uma futura CHM.

      Sim, a trama é bem interessante e fica complicado entender sem a primeira parte.

      Excluir
  41. "Marvel Origens Anos 70 e What If são duas edições que deixam a pessoa no mínimo curioso. Faltar essas duas é complicado."


    Verdade... Essas 2 ed. da Salvat Especialmente a dos anos 70) serão um REVIVAL dos bons tempos da RGE (pré-Abril), rs! COFRE certo nas 2!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. "A editora Pixel disse que sai no primeiro semestre de 2017."


    Opa... valeu mesmo, marcos!

    Tbm tô no aguardo desse 2º Vol. do "Flash Gordon"!

    Abs!

    ResponderExcluir
  43. "existe a probabilidade desse arco ser publicado numa CHM vingadores ?"


    Sim... a "possibilidade" sempre existe:

    A Panini já chegou a lançar uma "CHM do Thor" (só com histórias de Lee/Kirby)... Foi 1 edição só, mas nada impede de sigam adiante uma hora dessas!

    Abs!

    ResponderExcluir
  44. "Eu acabei pegando o Pateta Repórter por 35 e arrisquei dois encadernados de material recente do Thor. Vamos ver se vai rolar decepção..."


    E aí, Leo... blz?

    Acho q por esse preço eu não reclamaria do "Pateta Repórter", rs (o material é bom, mas por 60 reais eu tive q botar outras prioridades mais clássicas na frente)!

    Já essas do "Thor" q vc fala... se forem as do Jason Aaron são boas tbm (ainda mais de barbada)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  45. "É justamente o que eu tava pensando. Vou esperar, apesar de ter pouca esperança de uma futura CHM."


    Não tenha pouca esperança nisso...

    Sei q o "Wolverine" terá uma ed. da CHM mais pra frente (talvez inclusa numa das próximas levas dos X-Men). Nem imagino o conteúdo, mas as chances aumentam de uma republicação da 1º aparição dele (ainda mais q pela Panini eu acho q nunca saiu antes)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, só espero que quando chegar, a Panini não tenha reajustado o preço a 29,90, daqui pra lá.

      Excluir
  46. Dale Leo. E esse CHM dos Defensores com o Namor... eu não gosto muito do quarteto, principalmente na fase Inumanos e Galactus/Surfista, porém apesar de toda a ligação com esses dois as histórias solo do Namor são boas e essa edição é um exemplo.

    PS: Eu não curto os Inumanos e do Surfista, muito menos iria pegar uma edição dos mesmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa ed. do "Namor" eu ainda não li... mas já tô com ela aqui e pretendo acelerar a leitura pra fazer uma postagem só sobre essa edição (deve ser a próxima a ir ao ar aqui no blog)!

      Abs!

      Excluir
  47. "Se ler as histórias dele do começo (NÃO recomendo, é um ano de lixo tóxico!), o Thor era basicamente um Super-Homem da era de prata com os poderes do Thor. Material muito fraco!"


    Oi, Hunter... Tdo bem?

    Vc tem razão, essa fase inicial do "Thor" é mto ruinzinha mesmo... Mas ainda acho q vale ao menos como curiosidade: temos ali a 1º aparição de "Loki" (já o vilão principal da revista) e uns adversários de 5º escalão, tipo: "Zarrko - O Homem do Amanhã", O "Copiador" (de carbono), "Sandu - O Mágico", "Homem-Radioativo", e até o mago "Merlin"!

    Na introdução da 1º "Biblioteca do Thor"... O próprio Stan Lee pede desculpas aos leitores pela baixa qualidade do material apresentado. Mas na mesma edição (no finalzinho) já tem tbm o começo da fase boa de Lee/Kirby (com destaque pra dupla de vilões: "Cobra & Mr. Hyde" - já em um arco de histórias bem acima da média do q tava sendo feito até então)!

    Qto ao retcon da origem (q está no "Ragnarok" de capa-preta)... Assino embaixo q foi uma solução genial e criativa pra incorporar elementos novos na série sem comprometer a cronologia vigente e sem alterar a 1º origem!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha (ainda tenho, na verdade, devia vender...) o primeiro Masterworks Americano do Thor. Comprei felizão, já que essa é uma das series clássicas da Marvel que eu mais gusto e, bem, tive uma brochada épica quando vi que fora o iniciozinho e o final não se aproveitava nada...

      Excluir
    2. Quem me dera todo retcon fosse inteligente assim...

      Excluir
    3. Leo, a pegada meio sci-fi que a HQ do Thor tinha no inicio até poderia ser melhor utilizada se eles tivessem sido um pouco mais criativos a ideia teria vingado. Sei lá, pensar demais o que poderia ter sido é o mesmo que curtir a linha "What If" na editora, como ideias que realmente deveriam ter ocorrido.

      Excluir
  48. Suspendi as compras esse mês até virar o cartão. Esse Pato Donald tá fazendo meu verme dar cambalhotas.

    ResponderExcluir
  49. Oi Léo, tudo bem? Bem que
    mortadelo e salaminho poderia ser reativado por alguma editora ... Seria cofre na certa.
    Quanto ao Rocketeer, não sei se você já comprou... Mas javiso que foi difícil de encontrar aqui em São Paulo, achei por acaso em julho na banca quase em frente ao edifício Itália na praça da república. 60 reais é caro, mas a edição tá excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui em Brasília foi difícil de encontrar, e se em São Paulo tá difícil, é porque tá complicado. Aqui só achei na Livraria Leitura do shopping Conjunto Nacional ( o de Brasília claro ).

      Excluir
  50. "Só os três primeiros são do Raymond, daí a Pixel não ter interesse em publicar o resto. Eu compreendo..."


    Oi, Hunter... Nunca li o "Flash Gordon" além desse 3º Vol.

    Será q fica mto ruim ou mediano após a saída do Raymond? De qq forma, não sei se vai passar disso aqui no Brasil (até o 3º é onde eu pretendo comprar tbm e só encararia um 4º Vol. se tivesse boas recomendações a respeito)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ser sinceros, o Flash Gordon original era mal escrito. Aí você tira a arte do Raymond e mantém o argumento fraco, o que acontece?

      Por isso que ninguém lê o Flash para além desse material...

      Mas vou ser justo, ele teve fases melhores mais tarde (ao menos em termos de argumento), mas aí o meu conhecimento é mais fragmentado.

      Excluir
  51. "Vou pular, pois acredito muito no potencial de uma CHM do "What If"


    E aí, VAM... blz?

    Eu tbm acredito numa futura CHM dessa série... A ed. da Salvat deverá servir como um termômetro pra isso (é esperar e torcer, mas acho q a série ainda mantém uma boa parcela de saudosistas dos anos 80)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou muito agoniado com essas coisas Leo. Ver essas de "o que poderia ter sido", não me anima.

      Excluir
  52. "Eu tinha (ainda tenho, na verdade, devia vender...) o primeiro Masterworks Americano do Thor."


    Pois é, Hunter... Tbm comprei a 1º "biblioteca" do Thor, mas qdo a coisa tava começando a melhorar (no finalzinho do Vol. 1) a Panini anunciou q a coleção tava vetada em definitivo (isso sim foi uma broxada e tanto pros fãs do Deus do Trovão, rs)!

    Pelo menos uma boa parte do Vol. 2 do masterworks saiu aqui na "CHM do Thor", e parte do Vol. 7 é essa ed. capa-preta da Salvat! Mas ainda fica faltando mta coisa boa dessa fase (se saísse ao menos o material q a Bloch publicou (começando com o quebra com o "Hércules") eu já estaria satisfeito!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei os dois Omnibus que saíram nos EUA. O primeiro tem esse material fraco, mas aí encaixa mais de vinte edições de Lee e Kirby. E o segundo é ouro puro!

      Excluir
  53. "Esse Pato Donald tá fazendo meu verme dar cambalhotas."


    O do "Barks", SEMI?

    Se for, saiba q seu verme seria bem alimentado, rs... Essa ed. tá simplesmente magnífica (andou aparecendo esses dias por metade do preço na Amazon)! Tô ansioso pelo Vol. 2 no mês q vem!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É justamente o preço amazônico que está fazendo o verme remexer. rs

      Mas como deixo acumular para aproveitar o frete, a compra sempre chega a três dígitos. E esse mês não vai rolar.

      Excluir
  54. Oi, João... Tdo bem?

    Não resisti... e acabei comprando a Replicoide do "Mortadelo" (já q eu não tinha nada impresso deles na coleção - e detesto ler em scans). A ed. tá espetacular: "O Sulfato Atômico" (acredito q seja o 1º álbum deles)... E só acho uma pena mesmo q a série fique restrita apenas à uns 30 ou 40 exemplares de fanzine (era pra ser uma coleção regular nas livrarias - q nem é o "Asterix" e "Tintim")!

    Qto ao "Rocketeer"... Não comprei ainda, pois não veio pra lugar nenhum aqui do sul. Vou procurar essa ed. qdo eu for à Sampa (no começo do mês q vem). Obrigado pelo aviso sobre a dificuldade de encontrá-la; Acho q já vou procurar direto na Comix assim q eu chegar em SP (lá eu acredito q seja mais fácil encontrar - espero, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser difícil ter uma coleção regular se o longa de animação estreia e ninguém assiste (deve estar em cartaz ainda, se é que não saiu já!) e ainda há gente competindo ilegalmente na publicação de álbuns...

      Excluir
  55. "Sou muito agoniado com essas coisas Leo. Ver essas de "o que poderia ter sido", não me anima."


    Eu já achava essa série fantástica qdo a lia nos formatinhos da RGE e Abril... Eu gostava pq era imprevisível: qq personagem poderia morrer à qq momento (até mesmo os principais) e o destino de alguns heróis e vilões era simplesmente bizarro e inacreditável!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo. Esse é aquele tipo de HQ que não faz falta, porém não é ruim. Para mim eu só pegarei se estiver tranquilo de dinheiro e encadernados quando chegar.

      Agora, você sabe quando irão relançar o Wolverine Arma X ?

      Excluir
    2. Curiosidades gamísticas:

      No jogo "Marvel Ultimate Alliance", cada fase tem uma sidequest que te oferece duas opções. No final do jogo, o Vigia mostra os eventos de acordo com cada objetivo alcançado (que podem ser bons ou ruins).

      E no ótimo jogo do Homem-Aranha para PSX, tem um código que o Vigia surge no início do jogo e muda algumas fases, te proporcionando um jogo what if.

      Excluir
  56. "Vamos ser sinceros, o Flash Gordon original era mal escrito. Aí você tira a arte do Raymond e mantém o argumento fraco, o que acontece?"


    Entendi, Hunter... Acho q é melhor então manter o meu plano original de fechar a série na fase Raymond mesmo, rs!

    Eu assistia na infância um desenho animado do "Flash Gordon" q eu achava mto bom... Claro, eu era criança e não sei se teria o mesmo critério de avaliação hj em dia, mas esse desenho me fazia comprar os gibis em formatinho dele q saíam na época (e q tbm teria de reler hj em dia pra reavaliar)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desenho era muito bom sim (apesar da animação repetida à exaustão da Filmation...), mas o pessoal do desenho soube tirar o que havia de melhor na HQ (fácil fazer isso quarenta anos depois!).

      Para citar apenas a questão mais importante, a tira NUNCA MAIS abordou o fato de Mongo estar se aproximando da Terra, mas o desenho resolveu essa trama!

      Excluir
  57. "Eu comprei os dois Omnibus que saíram nos EUA. O primeiro tem esse material fraco, mas aí encaixa mais de vinte edições de Lee e Kirby. E o segundo é ouro puro!"


    Oi, Hunter... Se esses forem os omnibus q eu tô pensando (e q vi há uns anos atrás numa livraria), cada um tinha quase 800 pág e eram pesadíssimos!

    Mas tbm, o 2º era mesmo um tijolão pra nenhum discípulo Kirbyano reclamar, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São esses mesmo. Adoro esses livrões!

      Embora caros, eles são mais baratos proporcionalmente que qualquer outra republicação E economizam espaço!

      Excluir
  58. "Vai ser difícil ter uma coleção regular se o longa de animação estreia e ninguém assiste (deve estar em cartaz ainda, se é que não saiu já!) e ainda há gente competindo ilegalmente na publicação de álbuns..."


    Não sei em outros estados, Hunter... Mas duvido mto q essa animação acabe passando nos cinemas aqui do sul do país: Não tem nem cartaz de "breve" nas salas daqui ainda (acho mais provável ir direto pra DVD)!

    Qto à competição do tal fanzine... Falando sinceramente (na condição de publicitário) não sei se é algo tão ruim assim, pois tá servindo ao menos pra tornar o material (um pouco) mais conhecido! Sei q isso pode soar estranho, mas pra vc ver q não falo apenas da boca pra fora e sem q pisem no meu calo tbm, vou usar como exemplo o meu próprio blog: As matérias q eu posto aqui tbm são REPLICADAS pelo "Blog do Xandro", conforme mostra o LINK abaixo (onde esta mesma matéria acabou "pirateada", rs):

    http://blogdoxandro.blogspot.com.br/2016/09/blog-post_84.html

    Só q eu não acho isso ruim, mto pelo contrário: ao replicar minhas matérias, ele acaba ajudando a tornar meu blog mais conhecido pra outros públicos (q provavelmente nem saberiam q este espaço existe)! Assim, acho (palpite pessoal) q o mesmo princípio tbm se aplique à esse caso do tal fanzine: Quem gostar da série (conhecendo melhor o material) vai querer comprar novamente se sair num formato melhor por outra editora depois (posso estar errado, é claro: mas eu apostaria nisso, da mesma forma q o Xandro tem a minha bênção pra replicar meus posts)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, pelo menos o Xandro pediu (e recebeu) permissão...

      Excluir
    2. Coincidencia, encontrei sem querer esse blog com a materia identica a daqui agora a pouco pesquisando no google e me perguntei "que porra é essa ?".

      Excluir
  59. "Agora, você sabe quando irão relançar o Wolverine Arma X ?"


    Boa pergunta essa...

    A "Arma X" da Panini esgotou rápido (eu tenho essa com capa metalizada)... Mas pela Salvat ainda se encontra por aí!

    Não sei se a Panini pretende republicar no mesmo formato... mas cedo ou tarde essa HQ aparece de novo de alguma forma (nunca passa mto tempo sem q republiquem essa saga)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aonde se encontra ? Se for pela Internet eu sei que tem, agora ainda se encontra em lojas físicas ?

      Excluir
    2. Acho que eu tenho 5 edições de Arma X (rs).

      2 vou detonar (formatinho). 2 vou ficar por causa do verme (Salvat e metalizada). O meio termo (cartonada) vai pra jogo.

      Excluir
  60. Olá Leo, blza?

    Sou de SP, você saberia me informar em que lojas especializadas posso encontrar a Replicoide?

    ResponderExcluir
  61. "No jogo "Marvel Ultimate Alliance", cada fase tem uma sidequest que te oferece duas opções. No final do jogo, o Vigia mostra os eventos de acordo com cada objetivo alcançado (que podem ser bons ou ruins)."


    E aí, SEMI... blz?

    Pior q eu tenho esse jogo pro PS2 e nunca joguei, rs (isso pq ganhei ele num lote de 5 jogos q vinham de "brinde" qdo comprei o aparelho)... Mas é interessante saber q tem essas opções à la "Vc Decide", rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  62. "Para citar apenas a questão mais importante, a tira NUNCA MAIS abordou o fato de Mongo estar se aproximando da Terra, mas o desenho resolveu essa trama!"


    Oi, Hunter... Não brinca q a HQ deixou esse plot em aberto?

    Não explicaram o desenrolar disso NEM depois q o "Flash Gordon" volta pra Terra? Por essa eu não esperava, pois o fato de um planeta estar se aproximando da Terra não é algo a ser ignorado sem mais nem menos, hehe!

    Abs!

    ResponderExcluir
  63. "Os Defensores da Terra?"


    Oi, Leo... blz?

    Não, os "Defensores" vieram bem depois... O "Flash Gordon" teve um desenho próprio lá pelo final dos anos 70 e início dos 80! No LINK abaixo tem a capinha do DVD:

    http://www.dvdca.com/download/14992-1/7341flashcover.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
  64. "Embora caros, eles são mais baratos proporcionalmente que qualquer outra republicação E economizam espaço!"


    Acredito nisso, Hunter... O preço já tava bem acessível qdo vi na loja: proporcionalmente saía mais barato q se fosse juntar a mesma quantidade de histórias em várias "Bibliotecas" da Panini!

    Só continuo achando os Omnibus meio chatos de manusear... mas acho q isso é uma questão de costume, e não duvidaria se um dia esse formato ainda vier a ser adotado no Brasil pelo custo-benefício!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você definitivamente tem de ler com eles apoiados em alguma coisa.

      Difícil sair no Brasil pela questão do preço absoluto. O preço relativo pode ser baixo, mas o absoluto seria muito alto. Foi o que matou a linha Premium da Abril (que era MUITO barata para o formato, mas cara para os padrões das bancas...).

      Excluir
    2. Eu ainda tenho minhas dúvidas qto à isso, Hunter... Pois já tivemos encadernados aqui q passaram de 600 ou 700 pág!

      E esses Omnibus do Thor possuem 800 (já chegamos perto disso, embora ainda existam ed. omnibus MAIS encorpadas q isso: ultrapassando a marca de 1.000 pág)!

      Abs!

      Excluir
  65. "Bem, pelo menos o Xandro pediu (e recebeu) permissão..."


    É verdade... Tem esse lado tbm, Hunter: A "Replicoide" publicou um texto (posfácio) onde se justifica e explica as propostas do fanzine. Não entendo da parte jurídica q rege uma editora, O pouco q eu sei a respeito disso é q a lei brasileira deixa brechas pra mta coisa: Não sei como funciona pros fanzines mas a editora da Replicoide parece estar bem embasada/calçada em algo do tipo (não tenho a edição q publicou essa defesa/justificativa, mas saiu no nº 1 da revista: eu li por alto o texto)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vi gente alegar que as maiores barbaridades estavam dentro da lei. Você é brasileiro e acredita nesse papo? Sério? Vai perder a cidadania...

      Excluir
    2. Só uma breve ressalva qto à essa questão dos fanzines:

      Eu acho q (quase) todos (sem generalizar) fazemos uso de alguma forma da pirataria ao baixarmos scans, músicas em mp3, e filmes no torrent! Os fanzines (a meu ver) podem se enquadrar numa dessas categorias só q de uma forma não-virtual. É como comprar um DVD (físico) no camelô ao invés de baixar da internet (virtual)! Assim, o fanzine é o gibi físico, enquanto o scan é o virtual!

      Certa ou errada (mais errada do q certa)... é como parece se desenhar a questão!

      Abs!

      Excluir
    3. Depois que inventaram a fita K7, não existe pecado do lado de baixo do Equador. rs

      Excluir
  66. "Aonde se encontra ? Se for pela Internet eu sei que tem, agora ainda se encontra em lojas físicas ?"


    A "Arma X" eu já vi não faz mto tempo na Livraria Cultura... Eles ainda tem um vasto acervo/estqoque de ed. novas e antigas da Salvat!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou dar uma olhada quando eu for denovo na Cultura, porém se não tiver, irei recorrer aos sebos.

      Excluir
  67. "Acho que eu tenho 5 edições de Arma X (rs)."


    Porra, SEMI... nem me liguei q "Arma X" tinha saído tantas vezes assim no Brasil, e acho q pelo visto vc tem TODAS as versões, hein? rs!

    Eu tenho 2: A 1º q saiu em "GHM 35" (Abril)... E a capa-metalizada da Panini!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem por aí. E se bobear, também tenho todas "Dias de Futuro Esquecido". rs

      Excluir
  68. "Sou de SP, você saberia me informar em que lojas especializadas posso encontrar a Replicoide?"


    E aí... blz?

    Em SP eu não sei... Pois sou de POA/RS (e aqui tem apenas na Tutatis)! Mas sei q ela é distribuída só em comic-shops (podendo tbm ser encomendada pelas mesmas)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  69. Eu fui dar uma conferida e percebi que hoje, as HQs( principalmente as independentes) estão sendo feitas praticamente só para produzir filmes e séries, o Mark Millar dá vontade de perguntar se não quer virar logo roteirista de cinema para não entupir dessas minis à la Hollywood dele.

    Eu acho que se hoje o pessoal lê mais esses títulos regulares da Marvel, DC, Image e Dark Horse, é porque já sabem que o resto serão histórias previsíveis que não tardando se tornarão filmes ou séries( claro que me refiro às comics americanas), por isso não precisam ler.

    É aquilo né ? Tudo em excesso tende a prejudicar, e os títulos autorais já tão começando a afastar o público.

    ResponderExcluir
  70. "Coincidencia, encontrei sem querer esse blog com a materia identica a daqui agora a pouco pesquisando no google e me perguntei "que porra é essa ?"


    E aí, gustavo... blz?

    A matéria pode até ser a mesma em vários blogs... Mas os debates bombam mais nos comentários daqui, hehe!

    Abs!

    ResponderExcluir
  71. "Depois que inventaram a fita K7, não existe pecado do lado de baixo do Equador. rs"


    Isso me faz lembrar, SEMI... de qdo eu tinha 2 aparelhos de vídeo K-7 pra copiar filmes de fita pra fita (cheguei a ter uma mini-locadora pessoal em casa... e outra de verdade pra me sustentar, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  72. "É bem por aí. E se bobear, também tenho todas "Dias de Futuro Esquecido". rs"


    Dessa eu tenho só 2 versões tbm... A q saiu em "SAM" nº 45 e a da Panini Deluxe (capa-metalizada)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  73. "o Mark Millar dá vontade de perguntar se não quer virar logo roteirista de cinema para não entupir dessas minis à la Hollywood dele."


    E aí... blz?

    Já faz um tempo q a Marvel e DC produzem gibis pra (tentar) impressionar produtores de Hollywood: Acho q boa parte dos reboots e reformulações tem essa finalidade (gerar um FILME a partir dali)!

    O Millar é dono de fazer isso... Todos os gibis q ele produz de uns tempos pra cá são "cinematográficos" e prontos pra serem negociados ou vendidos como "inspiração" pra filmes. Foi assim com: "Supremos" (de onde saiu o Samuel Jackson pra "Nick Fury"), "Guerra Civil" (adaptada quase na íntegra pro cinema), "Kick-Ass" (q gerou 2 filmes), "Procurado" (filme pouco a ver com o gibi), e "Kingsman" (filme do ano passado)! Além de umas tentativas frustradas: "Nêmesis" e "Superior" (q foram feitos nesses moldes, mas não geraram filmes - ainda)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês estão querendo ma fazer defender o babaca do Mark Millar? Pois conseguiram!

      Não é que o Millar escreva para fazer filmes, a escrita dele é que é cinematográfica porque é a única referência que ele tem (ou acham que ele lê livros?). Já era assim no tempo da 2000 AD, quando ele não tinha chance nenhuma de ser adaptado ao cinema!

      Dito isso, se ele agora quer escrever mini-séries na Image, é direito dele! Ao contrário do início da Image com Lee e Liefeld, nunca vi ninguém deixar os quadrinhos por desgosto com esse material, muito pelo contrário! Esses materiais autorais da Image têm TRAZIDO leitores novos ou convertido zumbis que só lêem Marvel e DC em leitores mais ecléticos. Portanto parabéns ao Mark Millar por fazer isso, mesmo que eu ainda considere a maior parte do trabalho dele uma bosta!

      Excluir
    2. É uma fonte de renda a mais para esses caras.

      O Millar faz isso direto. Não gosto disso, pois torna as HQs uma coisa secundária. É só imaginar, o quanto fica a importância e interesse nos quadrinhos se o pessoal sabe que vai ser adaptado, pois é só olhar o interesse do pessoal com a obra original que foi adaptada em filmes anteriores.

      Mas a pior parte é inflar o mercado com obras que estão estampadas bem na cara que são para ser adaptadas para filmes. E quem mais sai prejudicado é quem quer procurar material alternativo que dificulta encontrar material bom em meio a tantos. Tanto é que para mim, o trio que só faz inflar o mercado com materiais autorais e medianos são Millar, Bendis e Ennis. Já estamos em anos que os efeitos especiais nos filmes e séries estão ótimos, para não dizer espetaculares, o público já está mais aberto principalmente a filmes do gênero Sci-fi, então pra que o pessoal vai ficar fazendo ainda títulos autorais de 6 ou 4 edições, com um modelo semelhante ao do cinema em anos como esses ?! Se fossem histórias mais longas e interessante tudo bem, mas porque inflar o mercado com histórias autorais curtas e previsíveis ?

      Excluir
    3. Eu só acho justo dizer que uma Guerra Civil, por exemplo, tem tanto, mas tanto, mas TANTO tie-in, tanta coisa em todas as publicações principais da editora, que é impossível transportar pro cinema mantendo tudo como precisa. Posso ter uma visão meio simplista da coisa mas, como o Leo disse, rolou uma descaracterização grande do que a gente conhecia dos personagens e depois rolou uma segunda descaracterização, dessa vez da própria guerra civil, pra caber em um filme de 2 horas. No fim, é o subproduto do subproduto. Abraços!

      Excluir
    4. "No fim, é o subproduto do subproduto"


      Basicamente isso...

      Pelo menos o filme eu achei mais divertido q o gibi, pois não descaracterizou os personagens criados dentro do próprio universo cinematográfico... Diferente do gibi, q alterou o caráter e a personalidade de personagens q vinham sendo construídas há décadas!

      Abs!

      Excluir
    5. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...

      Como disseram, a narrativa do Millar é cinematográfica. E isso rendeu $$$. Pra que mudar?

      E quantos filmes pegam apenas o conceito básico de um livro ou hq (isso quando não misturam várias histórias) e tacam na tela?

      "Guerra Civil" passou longe de ser uma adaptação. Apenas pegou carona no título e na idéia inicial da história mais famosa da Marvel nos últimos tempos.

      E querem saber, complementando o que o Leo falou, achei o dilema do filme muito mais plausível que na HQ, que optou por uma versão maniqueísta e acabou descaracterizando vários personagens.

      Excluir
  74. "Não é que o Millar escreva para fazer filmes, a escrita dele é que é cinematográfica porque é a única referência que ele tem (ou acham que ele lê livros?)"


    Oi, Hunter... Eu acho q ele não lê nem gibis, q dirá livros, rs!

    Sério, a "Guerra Civil" é um tremendo sucesso entra a nova geração de leitores e parte dos veteranos, mas eu acho essa saga uma abominação por ter descaracterizado demais vários dos personagens principais da Marvel (Reed Richards virando um canalha, Justiceiro se humilhando pro cap. américa, o Aranha agindo q nem um babaca sem opinião própria e ainda expondo sua família ao revelar a identidade em público: coisa q ele sempre manteve em segredo justamente pra poupar a vida de seus familaires). Enfim: nem vou entrar no mérito do roteiro pueril e maniqueísta, q torna o HDF um "vilão" pra q o cap. américa brilhe como o herói da trama!

    Diante disso, seus trabalhos autorais são bem melhores mesmo... Mas usei ele apenas como exemplo de uma prática cada vez mais comum nos gibis: o reboot visando agradar algum produtor de cinema. Uma das maiores furadas nesse sentido foi a tentativa infeliz de reformular o "Warlock" em 2004 (só podem ter feito isso por "encomenda" pra ver se rendia um filme a partir daí):

    http://www.mycomicshop.com/search?TID=537911

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso só mostra que o Millar sempre foi um cara que entrou no ramo errado. Nunca gostei dessa pegada comercial para o cinema que começaram a fazer, pois começaram a tirar a originalidade das histórias.

      O fato é que de tanta ruindade que tá saindo pela Marvel e a DC, não é a toa que os materiais autorais estão se destacando. Sei que é importante variar e que histórias mais independentes são ótimas fontes de entretenimento, desde que sejam na medida certa.

      O Millar e cia, hoje são o que há de pior nas HQs, e levaram as HQs ao fundo do poço, com suas tramas bobas a lá Hollywood e tornando as HQs subprodutos de baixa qualidade. O cara, junto com a geração do Mcfarlane conseguiram estragar as HQs como ninguém conseguiu antes. Rebaixou as comics ao nível dos mangás japoneses, no quesito inúmeras histórias, falta de originalidade e tramas previsíveis.

      Só digo a um cara desses meus parabéns, porque meu bolso agradece por não comprar mais tanta coisa graças a pessoas como ele. Peço desculpas de antemão a quem gosta de mangás, porém a meus olhos, eu citei os pontos negativos que vejo nos mesmos.

      Excluir
  75. "Já estamos em anos que os efeitos especiais nos filmes e séries estão ótimos, para não dizer espetaculares, o público já está mais aberto principalmente a filmes do gênero Sci-fi"


    Eu não sei vc... Mas eu já tô começando a achar cansativo esses filmes com mtos efeitos especiais e coisas explodindo o tempo todo em cenas mirabolantes!

    Dia desses eu tava assistindo (atrasado) o filme: "Velozes e Furiosos" 7... E de repente, numa perseguição de carros os caras começaram a atravessar PRÉDIOS (acelerando e pulando pelas vidraças de um prédio pra outro - e fizeram isso passando por uns 3 ou 4 prédios). Tudo com efeitos especiais (tirando toda e qq credibilidade e emoção na cena)!

    Aí eu fiquei pensando: "q merda de filme, os caras devem estar num estúdio com um fundo verde - bons tempos aqueles em q as perseguições de carros eram mais simples e feitas no braço mesmo: "Bullit", "Corrida Contra o Destino", "Fuga Alucinada", "Encurralado", e aqueles de comédia com o Burt Reynolds (o "bandido")! Nada de carros voadores atravessando prédios, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  76. Ví gente criticando injustamente ao Millar. Também nasci nos 90, e sabe como eu conheci os heróis de quadrinhos ? Eu comecei vendo no inicio dos anos 2000, o desenho do Homem-Aranha baseado nos traços e fase do Todd McFarlane com o personagem ( essa vai para quem critica tanto o McFarlane ), e com o desenhos dos X-Men baseado nos traços e fase do Jim Lee com os personagens, e isso sem contar os desenhos da DC que também me entreteram tanto.

    A Fox com seus filmes dos X-Men consolidaram o gosto do pessoal, e hoje o pessoal só critica. O Homem-Aranha Ultimate do Bendis foi em quem a Sony se inspirou para a primeira trilogia do teioso nos cinemas e até hoje é a fase mais adorada. O Mark Millar com os seus Supremos e a sua inovação na linha Ultimate, além de suas sagas no Universo Original, ajudaram a Marvel Studios a ter a sua base nos cinemas.

    Você pode até não gostar das histórias deles, mas se hoje a garotada conhece esses personagens, são graças a esses caras que o pessoal tanto critica. E o Millar é um grande roteirista sim, o que pode não agradar muito é a tara dele de ( quase ) sempre colocar super poderes em suas histórias ( sim, que eu me lembre a exceção é Kingsman ), e essa parte para quem não curte desse jeito até dá para entender, mas sua histórias tem profundidade, reflexão e caso queira confirmar é só ler algumas delas ou até mesmo ler as críticas delas. Se você acha as histórias dele sem profundidade é porque você só deve ter visto os filmes baseados nas obras dele.

    Quer escutar uma "saga" que não é tão boa, mas não ví o pessoal reclamar ? Wolverine Arma X. Credo, quem lê aquilo termina com a sensação de história incompleta, fora que a trama em si foi pura viagem e deu a sensação de uma história vazia, somente com a vontade de chocar. ( Leo, por favo, se for comentar, não foque só no comentário sobre essa "saga" do Wolverine, só a usei como exemplo mesmo )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí... blz?

      Eu respeito o seu direito de pensar de forma diferente da minha e de outros leitores q comentaram acima, só não acho q eu tenha sido injusto nas críticas q fiz ao Millar a ao McFarlane (não sou obrigado a gostar do traço dele e nem da postura dele como artista/empresário)!

      Vc nasceu nos anos 90 e passou a conhecer e gostar dos heróis em questão a partir dos desenhos animados... Eu já nasci nos anos 70, conheci os mesmos personagens q vc só q através dos gibis e em contextos (BEM) diferentes! Assisti o Mark Millar descaracterizar e adulterar o caráter e personalidade dos personagens q eu e toda a minha geração conhecemos na infância (durante a "Guerra Civil")!

      Acho q vc não me conhece mesmo pra ter pressuposto q eu "não LI" os gibis do Millar (qdo falou q eu "só devo ter visto os filmes")... Li TODOS os gibis dele sim (incluindo os independentes q ele escreveu). Se vc pesquisar aqui no blog mesmo, verá q o "KICK-ASS" tá entre o meu "TOP 100" de melhores HQs de todos os tempos: E isso, pq eu não acho q o Millar seja um mau escritor, pelo menos não qdo escreve personagens q ele mesmo cria: só não gosto da forma como ele trabalha os personagens dos outros (descaracterizando as criações alheias)!

      E qto aos filmes da FOX... O fato deles terem popularizado os "X-Men" pro grande público não os torna bons (alguns são ótimos sim, tipo o "XM 1º Classe" e o "Deadpool", mas outros são LIXO puro: tipos os do "4F" e "Wolverine"): Vai do talento e capacidade de cada diretor e equipe q adaptam os gibis pro cinema (nunca critiquei os filmes de HQs num todo: gosto de uns e detesto outros: nada além disso)!

      Enfim... É direito seu admirar o trabalho do Millar e McFarlane, da MESMA forma q tbm é direito meu não gostar do q eles produzem em geral (tirando uma coisa ou outra - já q gosto do "Kick-Ass")! Diversidade de opinião é isso aí (não precisamos pensar igual e nem gostar das mesmas coisas - até pq somos de gerações diferentes e vemos as coisas por óticas e contextos diferentes tbm: e não vejo nada de errado nisso, mto pelo contrário: é até bom q nem todo mundo pense da mesma forma e tenha os mesmos gostos)!

      Abs!

      Excluir
    2. Na verdade a pessoa original a que me referi foi o anônimo que nem argumento consistente estava dando. Você conheceu esses personagens de outra forma Leo, e eu disse que esses caras não eram necessariamente bons, só que foram importantes para as minha geração conhecer as HQs, e sei que sua crítica é bem fundamentada, pois descaracterizar personagens desagrada muitos. Meu recado para você foi mais sobre a HQ do Wolverine mesmo. Abraços.

      Excluir
    3. Tranquilo... Eu entendo tbm o q vc quis dizer, afinal: Os heróis vestindo colantes coloridos (q eu conheci nos anos 70) não estavam conseguindo atrair tanto o interesse das novas gerações, e talvez nisso o cinema tenha acertado ao adotar um visual mais "realista" e "plausível" (por assim dizer)!

      Sobre "Arma X"... Eu gostei mais da arte (Barry Smith) do q da história em si, mas acho (apenas um palpite) q ela foi feita propositalmente pra deixar o leitor sem todas as respostas (foram deixando ganchos pra serem desenvolvidos em outras histórias futuras)! A "Arma X" é outra q costuma dividir opiniões tbm (nem todo mundo gosta e lembro dela já ter gerado polêmica na época em q saiu pela 1º vez)!

      Abs!

      Excluir
    4. Arma X é uma história despretensiosa, tanto que foi publicada em partes na Marvel Comics Presents.

      Mas como a ausência de informações sobre o passado do Wolverine sempre foi um dos atrativos do personagem e sua origem até então não tinha sido abordada, acabou ganhando fama.

      Excluir
    5. Leo. Não é nem questão de "heróis coloridos não atraírem tanto a nova geração", mas sim uma coisa bem mais complexa. Você teve a sua infância nos anos 70, ou seja, por pouco tempo não pegou o início da Era de Prata da Marvel e as histórias que você lia diziam respeito a dilemas e problemas de sua época. O início do quarteto se tratava da corrida espacial, o ferroso era um vendedor de armas que teve de tomar cuidado para não vender para os soviéticos... ou seja, problemas daquela época. Já na nossa o problema são fundamentalistas religiosos, e nisso foi apresentado o contexto do ferroso do MCU. Somos uma geração que não estava sendo bem representada e os contextos estão mais atuais nos filmes por exemplo.

      Não gosto muito das HQs atuais tanto quanto você, mas por motivos diferentes. Eu não gosto porque diferente dos filmes, eles não estão se adaptando as novas gerações, mas sim tentando fazer com que nos adaptemos a eles e sua cronologia confusa e furada. Caras como o Millar e Bendis podem não agradar a todos, mas suas histórias são do tipo que nossa geração consegue se identificar mais, se é que me entende, e os filmes tem forte inspiração em sua fase.

      Arma X é o que você falou mesmo. Vale mais pela arte do que pela história.

      Excluir
  77. "E querem saber, complementando o que o Leo falou, achei o dilema do filme muito mais plausível que na HQ, que optou por uma versão maniqueísta e acabou descaracterizando vários personagens."


    É bem isso aí q eu achei mesmo, SEMI...

    Gostei mais do filme q do gibi nesse caso. Sei q não é uma adaptação tão próxima, mas os principais elementos da HQ (ideias básicas) estão no filme. A diferença é q o filme MANTEVE a personalidade e caráter dos personagens mostrados nos filmes até então!

    Diferente do gibi... no filme, o "Homem de Ferro" não foi tornado o "vilão" pra q o Cap. América pudesse ser o mocinho (e os demais heróis tiveram motivações mais coerentes na hora de escolherem seus lados sem prejudicar o próprio caráter)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto Era de Ultron, quanto Guerra Civil, os filmes foram bem melhores que as HQs, apesar de em ambos termos a impressão de que poderia ter sido melhor.

      Excluir
    2. Bem, repare que o filme só usou o nome e o vilão da HQ A Era de Ultron. O resto foi bem diferente!

      Excluir
  78. "Arma X é uma história despretensiosa, tanto que foi publicada em partes na Marvel Comics Presents."


    É verdade, SEMI... Eu tinha até esquecido q "Arma X" foi dividida em várias partes ao longo dessa revista (imagina q saco deve ter sido pra quem acompanhou mês a mês lá nos EUA - pelo menos aqui, a Abril teve o bom senso de publicar tudo de uma vez só numa "GHM")!

    Abs!

    ResponderExcluir
  79. "Somos uma geração que não estava sendo bem representada e os contextos estão mais atuais nos filmes por exemplo."


    Pois é, tem toda essa ótica pra ser revista mesmo...

    O contexto em q estamos agora é bem diferente do q eu vivi na década de 70 e início dos 80 (qdo eu comecei a me enturmar mais com os gibis Marvel)... O Vietnã ainda tinha deixado cicatrizes fortes e foi uma guerra suja q mudou a forma como a sociedade americana via seus "heróis de guerra" (agora não mais tão heróicos qto os soldados q lutaram na 2º Guerra). Os movimentos sociais tomavam forma nas ruas e isso já se refletia nas HQs: Da mesma maneira q a paranoia da Guerra-Fria (entre EUA X URSS). Tudo isso afetava diretamente o universo dos gibis (q perdiam aos poucos a inocência da Era de Prata)!

    Hj realmente... os problemas e preocupações dos leitores são outros. A inclusão social se torna cada vez mais forte nas HQs (hj em dia as editoras entendem q é preciso ter espaço pra todos: Diversidade total - o cinema tbm vê a coisa dessa maneira, por mais polêmicas e discussões acirradas q o assunto gere nas redes). As mudanças parecem não acontecer sem um motivo por trás (nem q seja um motivo comercial ou pra manter as aparências)! Em suma: Outros tempos, outra agenda de prioridades (assuntos em alta) pro mercado!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só a questão é um problema hoje. Acho que a fraqueza da Marvel nas HQs está justamente em focar só isso.

      Temos os problemas das redes sociais, televisão e videogames afastando as pessoas das relações "cara-a-cara", a "nova" solidão desse século, os ataques terroristas de fundamentalistas religiosos, as gerações "selfie" e a "nem nem"... enfim, tem muito mais coisa para contextualizar do que só inclusão e nisso a DC está saindo na frente.

      Excluir
    2. Sim, a Marvel tá curtindo e sabendo tirar proveito das polêmicas q gera em torno desses temas... O negócio deles é vender em cima dos "bafões" do momento!

      e nem faço ideia do q seja uma "nem nem", hehe...

      Abs!

      Excluir
    3. Geração "nem nem", é aquela que não trabalha, nem estuda, melhor dizendo, é uma forma educada de chamar o pessoal de vagabundo. Atualmente 1/4 dos brasileiros fazem "parte" desse "grupo".

      Excluir
    4. Opa, valeu mesmo...

      Agora entendi o q significa essa geração "nem nem". Tenho parentes adolescentes q são verdadeiros parasitas na família: Não trabalham (nem procuram emprego), não estudam (é mais legal ficar em casa jogando PS3), e nem pra balada vão (a preguiça é tanta, q acham mais cômodo passar o sábado à noite no facebook)! Q vidinha, hein? rs!

      Abs!

      Excluir
  80. "Tanto Era de Ultron, quanto Guerra Civil, os filmes foram bem melhores que as HQs"


    Eu vi mta gente reclamar e detonar o 2º filme dos "Vingadores" (Era de Ultron), mas eu até q não achei tão ruim assim... Ainda gosto mais do 1º filme (e da "Guerra Civil") porém, esse 2º tbm foi uma diversão passável pra mim (tipo, podia ter sido BEM melhor mesmo: eu não veria de novo, mas não tá entre os piores q assisti de uns tempos pra cá)!

    Só achei q o "Hulk" apanhou demais do "HDF" (me pareceu uma necessidade de tornar o Stark mais fodão por ser mais popular no cinema). Não me convenceu mto aquela briga!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, parece que você não soube dos problemas de produção do Era de Ultron, não é ? O estúdio alterou tanto a produção do filme, que depois de terminar o diretor pediu demissão e falou que não faria mais filmes para o estúdio.

      Mas enfim, o que posso dizer dos originais. Pessoas são instáveis e podem mudar tendo somente um dia ruim ( A Piada Mortal ), por isso é entendivel a alteração da personalidade dos heróis frente a trama, fora que não somos acostumados a gostar muito daquilo que não podemos prever. Não sei se é só com você, mas eu acho insano o excesso de moralismo de certos heróis, a verdade é que somos humanos e somos falhos, e por mais que o Stark nas HQs tenha feito absurdos em Guerra Civil, quantas pessoas na vida real fizeram verdadeiros absurdos por achar que levaria a paz e foram convictos ? O Aranha vendo seus amigos morrer, não acha que ele por pouco tempo pensaria em se revelar ? Guerra Civil não foi de agradar a todos, mas certamente foi ousado o bastante para fugir do previsível. Apesar de tudo que falei eu não gostei da HQ, hehe.

      Excluir
    2. Bah, pior q eu não sabia dessas tretas na produção do filme (sempre evito ler notícias e spoilers de filmes qdo estou pra assistir algum)!

      Qto ao excesso de moralismo... Tbm não me agrada nem um pouco (nem no cinema, nem na TV, e nem nos gibis)! Mas não gostei de ver alguns dos meus heróis favoritos da Marvel mudando de caráter e passando a agir como canalhas ou babacas totais, rs!

      Abs!

      Excluir
    3. Eu na verdade não gostei da história porque a mesma foi fraca, e não por causa de descaracterização, rsrs.

      Para ser franco, acho que a editora perdeu a mão, e hoje deve fazer tanta imposição que limita a criação das histórias dos roteiristas. Hoje a editora tá se sustentando da velha geração que gosta das histórias independente da qualidade, e da nova geração que viciou na editora; e assim por um tempo a Marvel terá seu público. A editora já pintou e bordou com os personagens ao ponto de nada mais me surpreender, o que pode ser feito é ignorar o que não gosta.

      Excluir
    4. Eu não sou grande fã dos dois filmes dos Vingadores. São divertidos, bem feitos e tal, mas a necessidade de mostrar tantos personagens e batalhas ao mesmo tempo o torna muito superficiais (na minha opinião).

      Nesse ponto, Guerra Civil, que também teve um monte de personagens e batalhas, mas não sacrificou a qualidade da história por isso, eu achei um filme MUITO melhor! Aliás, os filmes do Capitão são consistentemente os melhores da Marvel até o momento!

      Excluir
    5. De fato, Hunter...

      Dos filmes da Marvel, eu tbm colocaria os do "capitão" como sendo os melhores (principalmente o 3º - q quebrou aquela "maldição" do 3º filme ser geralmente o pior, a exemplo do "HDF 3")! Tbm gostei mais dos "Guardiões da Galáxia" do q dos "vingadores" em si (talvez pelos guardiões se assumir logo como "comédia" e não se levar tão a sério)!

      Já os do "Thor" não tem jeito... Não consigo gostar de nada daquilo: O ator não me convence sendo O "Thor", a ambientação e visual de Asgard tbm não é o q eu imaginaria q fosse, e o romancezinho com a Jane Foster é fraquíssimo! Taí uma franquia q eu não me importaria q fosse rebootada urgentemente da estaca zero!

      Abs!

      Excluir
    6. Também achei Guardiões melhor do que ambos os Vingadores! Cadê o segundo, pô?

      Mas achei o segundo Homem de Ferro o mais fraco da franquia. Embora nenhuma das continuações se compare ao primeiro Homem de Ferro, que foi um marco e continua entre os melhores da Marvel. Aliás, só Guerra Civil fez abalar a minha convicção de que o primeiro HdF é O melhor filme da Marvel!

      Mas eu curti o segundo Thor. O primeiro foi o pior filme da Marvel, de longe, mas o segundo foi divertido. Melhor do que HdF 2 e 3, por exemplo. E o Loki é o melhor vilão da Marvel no cinema até agora, tranquilamente!

      Homem-Formiga foi bom também e tenho grande confiança no Dr. Estranho. Mesmo os piores filmes da Marvel são muito superiores a quase qualquer filme de supers da era "pré-Marvel" - e o único filme recente à altura dos melhores da Marvel é o Deadpool da Fox.

      Excluir
    7. Tbm tô ansioso pelo 2º filme dos "guardiões", Hunter... Mas vc tá sabendo q vai ter aquela personagem q vc adora no filme, né? A "Mantis", rs!

      Do 2º HDF eu gostei mais por causa dos vilões canastríssimos e fracassados em tudo q faziam: Pareciam vilões dos "Trapalhões" até (o Hammer chegava a causar risos involuntários)... Ele tbm apresentou a "Viúva Negra" (q foi um plus a mais na época)!

      Concordo com vc q o 1º "Thor" é disparado o PIOR filme da Marvel... Tanto, q eu me vi obrigado a pular ele direto em DVD (não quero nem de graça isso, rs)!

      Gostei tbm do "Homem-Formiga" (só achei q ESSE podia ter ainda mais piadas do q teve - por ser mais propício à comédia q todos os demais) e adorei o "Deadpool" (fácil o melhor da FOX até então)!

      Abs!

      Excluir
    8. Mantis? NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOO!!!!!

      MORRA, MANTIS, MORRA!!!

      Excluir
    9. Olha ela aí no cartaz, Hunter:

      http://static.srcdn.com/slir/w1000-h500-q90-c1000:500/wp-content/uploads/guardians-galaxy-2-comic-con-trailer-artwork.jpg

      Abs!

      Excluir
  81. Homem de Ferro, Guardiões da Galáxia e Homem-Formiga foram filmes com uma pegada mais despretensiosa e talvez seja esse o segredo deles.

    Capitão, Thor, Hulk e até o Homem de Ferro 2 por outro lado, já foram feitos como uma espécie de prelúdio para os Vingadores e por isso acabaram limitados. O ferroso se saiu bem porque não precisava de uma história de origem e foi logo ao que interessa.

    Vingadores é um grande fan-service. Quando baixa a poeira (e a empolgação) nos damos conta que não é nada demais. Ultron é mais do mesmo, pesou contra a demora em sair.

    Capitão 2 é muito bom e o segundo Thor também seria se tivessem culhões para tirar a Natalie Portman do filme. Nada contra a atriz (adoro ela), mas seu personagem atrapalhou o filme.

    Considero o Capitão 3 o melhor filme da Marvel por ter conseguido mesclar o melhor dos outros. Apresentou novos personagens fazendo ponte para novos filmes, teve fan service, uma trama interessante e ainda manteve o humor. Tudo dentro da cronologia cinematográfica.

    PS: Sem comentários para HdF3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho q é bem por aí mesmo, SEMI...

      A Marvel até q começou mto bem a construção de seu universo cinematográfico (foi uma acertada equivalente à criação de seu universo nos gibis da Era de Prata - considerando-se as devidas proporções de mídias diferentes, é claro)! Mas é inegável q ainda precisa acertar o tom em alguns aspectos (apesar do sucesso evidente mesmo com os erros cometidos)!

      Um dos problemas (a meu ver) é o excesso de piadinhas na hora errada... Sim, sabemos q a Marvel sempre foi "engraçadinha" nos gibis, mas pode continuar fazendo isso nas telas SEM perder a dramaticidade de algumas cenas q mereciam maior impacto!

      Até a Warner/DC já se ligou q é preciso buscar um certo equilíbrio no tom dos filmes... E já anunciaram q alguns dos próximos irão amenizar a pegada mais sombria (pelo menos é o q dizem as últimas notícias)!

      Abs!

      Excluir
  82. Opa, que massa cara :D Onde conseguiu os Replicoide? Não tem como comprar pela net né? Bem massa a ideia deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Tiago... blz?

      O único lugar q vi as replicóides foi na loja daqui (Tutatis)... Mas não vendem pela internet mesmo: Conversei com um dos editores e ele disse q a tiragem é mto baixa pra espalharem demais e a distribuição vai apenas pra algumas lojas especializadas! Saíram 5 ed até agora desse fanzine!

      Abs!

      Excluir
  83. Onde eu consigo essas Replicóides? Queria a do Dylan Dog! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rodrigo... blz?

      A "Replicoide" só em algumas lojas especializadas mesmo (não tem venda pela internet - q eu saiba)! Mas o "Dylan Dog" parece q será republicado por uma editora chamada "Lorentz" (por enquanto ainda não tem nada certo, mas acho q vale a pena esperar)!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...