29/10/2021

"X-Men: Aliança Falange" (Maiores Sagas - Vol. 2): Pandemia Tecno-Orgânica...

A coleção das "Maiores Sagas" dos "X-Men" (que se iniciou com a "Canção do Carrasco"), ganha agora seu 2º Vol. (um verdadeiro TIJOLO) trazendo a saga completa da "Aliança Falange" (anos 90 na veia, rs)!

Nesta matéria, veremos o conteúdo integral deste mega-encadernado e suas publicações anteriores no Brasil, espalhadas pelas revistas mutantes da Editora Abril ("X-Men", "Wolverine", "Superaventuras Marvel", "Excalibur Especial 2", etc) e compilada (parcialmente) pela Salvat, na edição capa-vermelha do "Banshee"!  

Confira abaixo:

Os "X-Men" são atacados pela "Falange", um grupo de humanos contaminados pelo vírus tecno-orgânico que odeia o Homo Superior com todas as suas forças. A equipe principal cai rapidamente, e agora resta aos Filhos do Átomo que sobraram salvar seus colegas (e talvez todo o planeta) desta terrível ameaça. Um dos maiores clássicos dos mutantes da Marvel (e com temática - lamentavelmente - super atual) de volta ao leitor brasileiro na íntegra e em uma edição única! O encadernado da Panini tem capa-cartão, 488 pág (quase um "Essential" americano), e custa R$ 124,90 (uma PAULADA e tanto esse preço de capa, mas nada que um BOM desconto não resolva - pra quem saiba esperar o momento certo, é claro). Reúne as HQs publicadas originalmente em: "Uncanny X-Men" 305-306, 311-313, 316-317; "Excalibur" 77-80, 82; "X-Men" 36-37; "X-Factor" 106; "X-Force" 38; "Wolverine" 85; e "Cable" 16 (são 18 histórias no total)!

A saga da "Falange" foi publicada nos EUA em 1994, e se espalhou por diversas revistas mutantes (uma tática comum e usual na época, nos chamados: "Gibis com "X" na capa")... Assinada por nomes que na década de 90 estavam em alta no mercado, tipo: Fabian Nicieza, Joe Madureira, John Romita Jr., e Scott Lobdell (particularmente, eu nunca gostei desses caras - com exceção do romitinha - que, na minha opinião PESSOAL, representavam o que havia de PIOR nos quadrinhos noventistas), a "Falange" até que trazia bastante ação e reviravoltas mirabolantes bem ao estilo dos gibis "X" em voga. A nível de curiosidade, eu conheci a saga através da adaptação (EXCELENTE, por sinal) pro desenho animado dos "X-Men" que passava na Fox Kids (e que fazia a alegria da criançada e dos marmanjões que nem eu, rs). Na TV, a trama se estendia apenas por 2 episódios do desenho e era estrelada pela equipe principal dos XM (diferente do gibi, onde o destaque são personagens mais do 2º escalão, tipo o "Banshee")!

No Brasil, a "Falange" foi publicada pela Abril em 1997... nas revistas: "X-Men" nº 100 (Edição Comemorativa), "Wolverine 60", "Superaventuras Marvel" nº 176 (ÚLTIMO número da saudosa e icônica revista), E "Excalibur Especial 2" (CAPAS acima). Algumas repercussões e prelúdios acabaram rolando também em outras revistas, mas as principais pro entendimento da trama seriam essas. Em 2017, a Salvat republicaria pela 1º vez a saga da "Falange" (mas apenas parcialmente - já que traz somente 4 histórias) na edição de capa-vermelha dedicada ao "Banshee" (que, lá pelas tantas, ganha certa importância na trama - FOTO abaixo). Vale a pena investir nesse material? Na minha sincera opinião: "SÓ" se rolar um BOM desconto no preço de capa e "SE" o leitor tiver algum sentimento de saudosismo por essa fase noventista dos XM em especial! Em tempo, o Vol. 3 das "Maiores Sagas" já foi confirmado e trará a "Operação Tolerância Zero" (outra mega-saga dos anos 90)! 

Até+

44 comentários:

  1. Oi Leo!

    Impressionante! Os X-Men se tornaram o "Batman" da Marvel no Brasil, e vai ter TODAS as suas fases encadernadas no Brasil, a começar da fase clássica saindo em dois formatos!

    Nada contra, mas gostaria que fizessem isso com o Aranha e também com o Demolidor.Do Capitão América seria um sonho quase impossível de se realizar, enfim fica a torcida!

    Infelizmente, não tenho planos para este encadernado de forma tão imediata, já que tenho outros materiais na frente, mas pelo menos tenho uma parte dela na edição do Banshee da Coleção vermelha da Salvat!

    Curioso é que esta saga encerrou Superaventuras Marvel no Brasil em fevereiro de 1997, numa época em que a Abril remodelou sua linha de publicações porque estas estavam com baixas vendas segundo ela!!

    Confesso que por causa deste estigma, duvidei que um dia este material iria sair novamente no Brasil e encadernado!

    Porém, fico feliz que tenha saído por várias razões, e por também ser reapresentado novamente, podendo hoje ser visto sob outra perspectiva!

    São 24 anos, dizendo a verdade:Quase 25 anos, desde que foi publicada! Uma vida inteira basicamente!!

    Bom, os fãs de X-Men não podem reclamar em relação à republicação de clássicos do grupo mutante!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Impressionante mesmo essa quantidade de selos e encadernados mutantes, né? Digo, até o AUGE dos XM nos cinemas já passou e tá longe da próxima reformulação nas telonas pra justificar tantos lançamentos pela panini!

      Vale lembrar tbm q esse selo "Maiores Sagas" ("Mlestones" no original) tá previsto pra uns 10 Vol. no mínimo... E a 2º "Ed. Definitiva" com a fase clássica (anos 60) já vem aí em dezembro, com o material pós-Kirby (Werner Roth e Don Heck nos desenhos - com direito à material INÉDITO no Brasil q não saiu nem pela Editora GEP: Mas q estará TBM na "CCM" futuramente)!

      O "Cap. América" eu acho q vai ficar bem na fita tbm... Já q a "CCM" (após a extensão) deve cobrir até a fase do "Nômade" (final dos anos 70) e depois disso veio o retorno do Kirby (q acabou de sair naquele OMNIBUS da panini): Serão poucas as lacunas cronológicas do capitão a serem fechadas!

      Qto à "Falange"... Tá na minha lista de "intenções" de compra, rs (só esperando uma boa oferta). Vou comprar só pq eu gosto mto do desenho animado e queria conhecer essa saga no gibi tbm (e perdi a salvat vermelha do "Banshee")!

      "Curioso é que esta saga encerrou Superaventuras Marvel no Brasil em fevereiro de 1997"

      Pois é, na época eu pulei essa saga justamente pq fiquei com raiva do cancelamento da SAM (eu parei de comprar a revista na edição anterior, q era um especial SÓ do "Demolidor" com 164 pág)... Logo em seguida, a Abril veio com a revista "Marvel 97" (q misturava a SAM + Cap. América + Hulk: 3 canceladas e condensadas numa única revista)!

      Abs!

      Excluir
    2. "Nada contra, mas gostaria que fizessem isso com o Aranha e também com o Demolidor.Do Capitão América seria um sonho quase impossível de se realizar, enfim fica a torcida!"

      Elcio, o Aranha tá cheio de publicação! Se não me engano, mês passado ou foi retrasado teve uma avalanche de Aranha. O Leo da Panini disse que vai publicar O Espetacular Homem-Aranha Edição Definitiva enquanto deixarem, porque ele mesmo não tem em vista um volume final para esta coleção. Além da edição definitiva, tem:
      - Marvel Vintage com 4 títulos dele;
      - a coleção Marvel Saga do Aranha e que está em avaliação para continuação ou não e possível expansão para outros personagens neste formato;
      - Omnibus do Aranha já são dois;
      - CCM serão 10 números dos 60 (perde só para o quarteto que serão 13 números);
      - O Espetacular Homem-Aranha sai em capa cartão e capa dura;
      - O Aranha vai estrear a linha Marvel-Verse com Homem-Aranha: Desmascarado;
      - Ainda tem os especiais: História de Vida, Um momento no tempo, A sombra da Aranha e outros.

      E isso só do Parker, fora os títulos do Miles e da Gwen e os derivados de personagens do Aranha como Venom, Morbius e Mary Jane.

      O Demolidor está saindo até bem considerando o todo: teve o resgate da obra do Miller e uma linha Marvel Deluxe. Agora já teve duas edições do Marvel Vintage, serão 5 números na CCM e uma promessa da fase Ann Nocenti.

      Excluir
    3. OI ASGM!

      Fico feliz em saber que O Espetacular Homem-Aranha Edição Definitiva terá vida longa, eu sou um dos que mais quer que saia completa todas as histórias (inclusive as inéditas) dos anos de 1979 até 1988, incluindo os Marvel Team Up!

      Pra mim só importa a fase clássica do herói que começa em 1962 e vai até 1988,já que depois do casamento é só ladeira abaixo, ainda que eu "tolere" a fase McFarlane!

      Estas edições mais recentes do herói que irão sair (Mary Jane, Um momento no tempo, A sombra da Aranha e outros), eu desconsidero, e pulo todas!

      Estou revisitando as publicações do herói do início dos Anos 90 no Brasil e vejo com as histórias do herói decaíram depois do casamento dele e nunca mais se recuperaram, pois perderam a criatividade e parece que eram feitas no "piloto automático" reciclando idéias com histórias "vazias" e sem emoção!

      Miles Morales eu não gosto, e a Gwen Aranha é legalzinha apenas, até acho bacana ela por ser do Multiverso, mas as histórias são fraquinhas demais, bem longe por exemplo dos derivados do Aranha como Homem Aranha 2099, e Garota Aranha!

      O Demolidor teve materiais bacanas republicados, mas falta muita, mas muita coisa tanto na fase clássica como depois da fase Miller (inclusive depois de A Queda de Murdock onde uma parte ficou inédita por aqui) para ser publicada ou republicada!

      Recentemente eu adquiri a edição de Marvel Fanfare n° 27, de junho de 1986, que traz uma história do herói que até hoje é inédita por aqui!

      Isso sem mencionar que a fase Bendis está incompleta faltando o "Demolidor Ninja", e a saga "Tempo de Despertar"!

      Embora eu não seja fã da longa fase de Ann Nocenti, torço para que ela saia de fato, e encerre este tabu que existe em relação à ela e desmistifique muita coisa!

      Muitos pedem sem saber de fato como ela é, e podem se decepcionar! Acho que é por isso que a Panini reluta em lançá-la!!

      Obrigado pelas respostas!!

      Abraços!

      Excluir
    4. A galera que pede a republicação da fase Ann Nocenti é muito inocente... bwahaha Só a fase do Demolidor de armadura consegue ser pior.

      Se bem que arte do Romita Jr é espetacular nessa época.

      Excluir
    5. Elcio e ASGM...

      Faltou mencionarem tbm a EXCELENTE coleção de "Tiras do Aranha" (q deverá ter uns 5 Vol. no mínimo)... O Vol. 2 já tá em pré-venda e logo eu devo encomendar (é uma das melhores coisas q temos de "aranha" nas lojas)!

      Abs!

      Excluir
  2. "Fabian Nicieza, Joe Madureira, John Romita Jr., e Scott Lobdell (particularmente, eu nunca gostei desses caras - com exceção do romitinha - "

    Romitinha desenhando X-men foi um desastre, não que o desenhista seja ruim, hoje ele dá umas copengadas, mas desenhar superequipes não é pra ele. O povo que lia as revistas X estavam acostumados com Jim Lee e outros que imitavam o traço dele (Andy Kubert, Marc Silvestri etc).

    Gostava desses 2 eps da ameaça falange do deenhos dos Xis-men. Mas pra mim, X-men é com Claremont e Jim lee, ou com o Byrne. A do Morrison começou bem e tem bons desenhistas como John Paul Leon, que infelizmente faleceu há pouco tempo, Phil jimenez e o Frank Quitely (esse tem gente que nao curte). A fase do Nicieza, só comprei por causa dos desenhos do Andy Kubert.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, L... blz?

      Pois é, eu lembro q o Jim Lee tava pros X-Men... assim como o McFarlane tava pro aranha, rs: Tipo, a galera tinha eles como sendo os "principais" artistas desses personagens!

      Contudo, acho q o Romitinha deu mais azar com o "Demolidor", mas aí a culpa maior era ter pego uma fase dos "Atos de Vingança" em q o demo enfrentava o "Ultron" e "Coração Negro" (o q destoava completamente do clima mais urbano e realista q a revista tinha) E tbm a fase Nocenti, em q se tentou repetir a pegada da "Queda de Murdock" com o demo sendo torturado e espancado por várias edições, rs!

      No mais, eu gosto tbm do Leon (q deus o tenha), jimenez, e quitely (essa galera eu curto)!

      Abs!

      Excluir
    2. "Contudo, acho q o Romitinha deu mais azar com o "Demolidor","

      Nem sabia disso, mas em compensação desenhou "O Homem Sem Medo"

      Excluir
    3. Verdade, L...

      O "Homem Sem Medo" do Romitinha destoa (positivamente) de sua passagem anterior pelo "demo"... Acho q ele foi melhor conduzido pelo Miller, hehe!

      Abs!

      Excluir
  3. Fala, Léo!
    Acho muito bom que a Panini aposte nestes formatos, afinal a capa cartão é bem melhor para manusear e LER o gibi.

    Porém não embarco neste material nem de graça!

    Respeito quem goste, mas este estilo de quadrinho e arte....
    Tomara que venda muito bem, pois assim fica mais fácil para a editora investir em outros personagens, neste formato, que é ótimo!

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Victor... blz?

      Eu tbm SEMPRE preferi os formatos mais econômicos com capa-cartão (gibi, pra mim, tem q ser o mais barato possível, e tbm fácil de manusear e ocupar menos espaço na estante, rs)!

      Esse material mais noventista de super-heróis tbm não é mto a minha praia, pra te falar a verdade... mas essa edição eu SÓ pegaria com desconto e pq gosto mto do desenho animado (q tenho gravado em DVD)!

      No mais, tbm sempre torço pra mesmo um gibi ruim venda bem "SE" for em prol da manutenção e investimentos da editora em formatos mais econômicos (vc faz bem em pensar assim tbm, amigo: Afinal, na vida é sempre bom pensarmos no TODO e em soluções à médio/longo prazo)!

      Abs!

      Excluir
  4. E aí, Leo, beleza?

    É aquela coisa, isso não era uma das melhores sagas dos X-Men nem na época, mas acaba sendo um alento perto da confusão que temos hoje com Jonathan Hickman e companhia. As artes dos irmãos Kubert, Steve Skroce e Joe Madureira acabam sendo o melhor dessa linha, no fim das contas.

    Não irei comprar esses, que já tenho o que creio que ser o essencial dos X-men (Claremont com Byrne, Cockrum, Paul Smith, Romita Jr, Silvestri e Jim Lee, e Grant Morrison e seus inúmeros desenhistas).

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Lierson... blz?

      Bem nessas... Até as sagas q eram meia-boca na época (anos 90) acabaram "subindo de posto" no paladar do leitor diante do rumo q a Marvel tem seguido atualmente, rs!

      Eu sou um, q já comecei a redescobrir e ver com bons olhos algumas HQs do passado q eu tinha deixado passar batido... resumindo: o ruim de ontem, passou a ser bom se comparado com o q nos é oferecido pelas grandes editoras!

      Acho q de XM eu já tô bem servido tbm... Só me falta mesmo uma lacuna de material clássico q veio logo após a passagem do Kirby (mas q logo estará na "CCM" e antecede a fase Neal Adams)!

      Abs!

      Excluir
  5. Não sabia da existência dessa Saga. Mas na minha cronologia particular aprecio X-Men nas fases Claremont até Jim Lee e depois a fase Joss Weldon é John Casseday. A fase Morrison foi interessante mas vaza fácil da coleção ao para dar espaço a outra coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Roberto,

      Eu ia justamente comentar sobre "minha cronologia pessoal" dos X-Men também hehe

      Eu concordo com ela quase toda, mas diferente de vc, eu incluo a fase Morrison também por ter alguns conceitos legais (Xorn como sendo o Magneto, Jean Grey morrendo, Ciclope ficando com a Emma Frost etc) que vão, inclusive, servir de base para a fase Cassaday. Sei que o Morrison foi bem polêmico em algumas coisas, mas eu acho que não deve ser descartado como um Nicieza da vida.

      E também acho legal os Anos Secretos que o Byrne escreveu, creio que são canônicos hehe

      Então, minha cronologia pessoal é do início até a fase Claremont-Lee, daí os X-Men ficam reclusos durante anos e nada acontece... hehe, e eles voltam a ativa para o mundo na fase Morrison e depois, imediatamente, tem a fase Whedon-Cassaday, que finaliza as histórias dos X-Men para sempre!

      Excluir
    2. E aí, Roberto... blz?

      A minha cronologia particular dos XM (todo leitor tem sua própria linha temporal de cada personagem, rs) termina justamente no 1º arco do Morrison: "E de Extinção" (considero esse o grand finale da saga mutante e parei minha coleção de XM por aí)!

      Nem cheguei na fase Whedon... até tive interesse em ler, mas qdo saiu em capa-cartão (logo após uma passagem pelas revistas mix) eu acabei deixando passar por ter outras prioridades (na época eu tava penando pra acompanhar a linha Marvel MAX/Demolidor do Bendis e a Vertigo da DC - q publicavam mta coisa e a grana era mais contada, rs)!

      Abs!

      Excluir
    3. "E também acho legal os Anos Secretos que o Byrne escreveu, creio que são canônicos hehe"


      Opa... essa fase eu sempre quis ler inteira, e torço mto pra q um dia ainda seja encadernada!

      Acho q a panini tinha q publicar TUDO de XM q fosse assinado pelo BYRNE...

      Abs!

      Excluir
    4. Leo, se a gente não tiver uma "cronologia pessoal" acaba caindo em muitas furadas. Esse termo tomei conhecimento por você aqui. Desde então tenho adotado. rs

      Excluir
    5. Pois é, Roberto...

      Se eu fosse seguir a "cronologia oficial" (e canônica) eu teria q aceitar toda aquela patasquada de "Saga do Clone", e afins... Prefiro seguir a minha própria mesmo, kkk!

      Abs!

      Excluir
    6. "Acho q a panini tinha q publicar TUDO de XM q fosse assinado pelo BYRNE..."

      Oi, Leo.
      E o que ficou faltando?

      Excluir
    7. E aí, blz?

      Do BYRNE ficou faltando só essa fase mais moderna dele: "Hidden Years"... q é um retcon do início da cronologia mutante:

      https://i.annihil.us/u/prod/marvel/i/mg/5/f0/5a56923bca522/clean.jpg

      Abs!

      Excluir
  6. Fala, Leo. Blz?

    Essa saga é bem estilo anos 90 mesmo, reaproveitaram um monte de clichês dos quadrinhos para entregar uma diversão mediana... eu li tudo isso na época e lembro que não me ofendeu, pelo menos... hehe

    Eu acho que esse encadernado Salvat do Banshee compila a saga principal, então devo pegar só essa mesmo caso encontre o encalhe em algum jornaleiro da vida, mas só se tiver vendendo por R$ 9,90.

    Essa época foi o requiem dos gibis Marvel/DC no Brasil, veja o cancelamento da Superaventuras Marvel, que tinha virado uma revista mutante na época com a fraquíssima série do Cable como carro chefe, inclusive vinha com o símbolo X na capa.

    Apesar de meio fraca, a série teve uma consequência bacana que foi o gibi da Geração X que, em que pese o dramalhão adolescente, os personagens eram bacanas e tinha a arte fantástica do Chris Bachalo que viajava muito no traço.

    Depois disso, foi só ladeira abaixo...


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Guilherme... blz?

      Verdade, a saga da "Falange" traz escrito "ANOS 90" bem na testa mesmo, kkk... é bem a cara dos gibis mutantes desse período!

      Vc me deu uma boa ideia tbm, amigo... Vou procurar esse "Banshee" da Salvat tbm: se eu conseguir baratinho, vou encarar pelo menos pra ter a parte principal da saga (é de se pensar mesmo)!

      A revista "SAM" amargou uma reta final mto ruim mesmo... Os editores capengas da Abril reclamavam de baixas vendas, mas botaram o "CABLE" em histórias bem ruinzinhas no mix do gibi: queriam o q então?

      Eu só comprava a "SAM" qdo vinha alguma história do "Justiceiro" mesmo... já q até o "Demolidor" tava uma bosta com aquele uniforme cinza e tramas cyber-tecnológicas (chatas pra caramba). Mesmo assim, me chateou bastante o cancelamento da revista: Na época eu não queria q cancelassem ela, só q melhorassem o mix!

      Abs!

      Excluir
    2. Grande Leo, SAM é o gibi que um tenho mais nostalgia e também fiquei bem chateado quando ele foi cancelado, mesmo o nível tendo caído...

      Imagina uma realidade paralela em que a Abril tivesse mantido os formatinhos até hoje, incluindo os títulos consagrados. Capaz de em algum momento ter rolado um mix de SAM com Justiceiro do Garth Ennis e Demolidor do Bendis, podendo colocar também material do selo Max (Poder Supremo, Viúva Negra etc). Ia ser fantástico, ainda mais custando uns R$ 3,90 por 100 páginas de pura adrenalina.

      Além dos gibis continuarem baratos, outra coisa boa dessa realidade paralela dos formatinhos da Abril é que não existiriam lombadeiros e gibitubers... hehe

      Excluir
    3. Bem bolado, Guilherme...

      De fato, se a "SAM" tivesse continuado... era natural q ela acabasse abrigando as melhores séries de heróis urbanos E conteúdo adulto (MAX)!

      Aliás, tivemos um "vislumbre" de algo parecido qdo a panini publicava as revistas: "Demolidor" e "Marvel MAX" (juntas, elas se completavam e traziam justamente esse mix q vc mencioonou: "Demo" do Bendis, "Alias", "Justiceiro" do Ennis, "Poder Supremo", "Viúva Negra", "Matador de Idiotas", "Motoqueiro Fantasma" do Ennis, e até o "Cav. da Lua" - q foi pro mix da "Marvel Action")!

      Abs!

      Excluir
  7. Rapaizzzz....isso aí é trasheira do bem !!!! rs rs
    Numa boa promoção vale muito a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, Fábio...

      "Trasheira dubem", rs... É o retrato de uma época (anos 90 nas revistas mutantes) e numa boa promoção eu encaro, hehe!

      Abs!

      Excluir
  8. Fala Léo, essa semana passei na Comix, aqui em São Paulo, cheguei a folear essa edição, estava com um bom desconto, 90,00 a edição esta legal e esse formato é interessante, mas lembro que li na época e não me empolguei, o X estava em tudo quanto é revista, acho que já havia uma saturação, em relação aos X-MEN, embora eu goste de muita coisa lançada nos anos noventa, e concordo com você, " nomes que na década de 90 estavam em alta no mercado, tipo: Fabian Nicieza, Joe Madureira, John Romita Jr., e Scott Lobdell (particularmente, eu nunca gostei desses caras - com exceção do romitinha ", X-Men, foram por muito tempo meu grupo favorito, época do Claremont, Byrne, Lee, Paul Smith, enfim, eu gostava daquele dramalhão do Claremont, misturado com aquelas grandes aventuras, como os colegas disseram tomara que venda bem, logo teremos outras publicações como essa, já pensou a fase do Justiceiro com o Lee num formato desses? Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Francisco... blz?

      Q milagre a Comix estar dando desconto em gibi q é lançamento, né? É uma boa dica essa (35 pila de desconto), obrigado por ter compartilhado aqui no blog!

      E vc tem razão tbm qto à saturação de "X" na capa nos anos 90... A Abril forçava tanto a barra com isso, q chegou a estampar um "X" na capa da "SAM" (só por ter botado o "Cable" no mix): Era de emputecer qq um mesmo, rs!

      Deve ser por isso q eu tinha certo ranço de gibis mutantes dessa época... E deixei passar mta coisa q somente HOJE estou "redescobrindo": É o caso da "Canção do Carrasco", q só fui comprar e ler agora (e achei uma "BOA" saga: gostei, rs)!

      E nossa... um "Justiceiro" do Jim Lee e outros artistas anos 80/90 seria mais q perfeito nesse formato de TIJOLO em capa-cartão (olha a sugestão aí, panini - eu sei q vcs tão lendo os comentários, kkk)!

      Abs!

      Excluir
    2. Q milagre a Comix estar dando desconto em gibi q é lançamento, né? É uma boa dica essa (35 pila de desconto), obrigado por ter compartilhado aqui no blog! Sim, 35 anos da loja, estão fazendo um saldão, nessa última visita lá, peguei a Hora do Dragão por um ótimo preço, vários lançamento estão com otimos descontos, alguns já esgotados.

      Excluir
    3. O frete da Comix é pesadão... mas pra quem mora em SP e região metropolitana é um prato cheio ir visitar a Comix então!

      Isso me lembra os bons tempos da Fest Comix (há uns 10 anos atrás)... Eu fui no evento 3 vezes e sempre saí de lá carregado com sacolões de gibis, kkk!

      Abs!

      Excluir
  9. Leo,

    Boa tarde! Espero que vc e família estejam bem...

    Fugindo um pouco dessa edição, que já adquiri, será que em meio a tantas republicações clássicas veremos realmente o Kamandi de Kirby?

    E deixo meu abraço e ótimo feriado!!!!

    Alexander.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Alexander... blz?

      Tudo tranquilo por aqui (o pequeno Victor Von Doom já iniciou o treinamento pra se tornar um futuro colecionador, kkk)! Um ótimo feriadão pra vc e sua família tbm, amigo!

      E sim, até onde sei, o "Kamandi" do Kirby segue no radar e logo deverá ser anunciado se sairá numa coleção de "Lendas" OU num "OMNIBUS" (já q são 40 edições desenhadas pelo Kirby)!

      Abs!

      Excluir
  10. Essa fase dos anos noventa somente sobrevive até hoje porque uma geração inteira conheceu X-Men a partir dessa época e isso se deve muito ao desenho animado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade pura, Marcelo...

      Eu sou um, q voltei até a ler e colecionar quadrinhos graças à esse desenho animado dos XM nos anos 90... Virei mto fã do desenho e ele me entusiasmou a retomar minhas coleções de gibis após 10 anos de afastamento. Assim, a partir de 1995 eu voltei com a corda toda pro mundo dos gibis, rs!

      Abs!

      Excluir
  11. Fala Léo,

    Peguei essa e a Canção do Carrasco com 35% de desconto. Confesso que na época os traços de Todd McFarlane, Jim Lee e cia me impressionaram e diante da lacração dos Quadrinhos atualmente, faz parecer que esses quadrinhos são ainda melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Rafael... blz?

      A do "carrasco" eu já tenho, mas ainda falta pegar essa da "falange"!

      E realmente, amigo... Diante do q se tornou a Marvel atual, qq coisa anos 90 parece melhor agora, kkk!

      Abs!

      Excluir
  12. E aí comandante Léo!

    A respeito do assunto dessa matéria, concordo com o consenso de que os X-Men estão pra Marvel como o Batman está pra DC. É o maior chamariz pra alavancar vendas e gerar engajamento com as publicações, principalmente no caso do morcegão. É difícil ver algum lançamento que não faça menção a ele na capa ou no expediente da publicação. Isso acaba gerando uma saturação, mas é algo meio que inevitável já que a mídia HQ´s não tem mais a mesma penetração e alcance de outros tempos, então as editoras tem de se agarrar nessas "muletas" que são esses personagens mais populares.

    No caso dos mutunas, tenho a dizer que essa fase publicada nessa maiores sagas não cheguei a acompanhar. Nos anos 90 pra mim os grupos de mutantes se tornaram algo incompreensível dado a quantidade de personagens, tramas, equipes, vilões e coadjuvantes que pra ficar por dentro das sagas era preciso adquirir os vários títulos da época. Coisa que pra um adolescente que começava a ingressar no mercado de trabalho não tinha como realizar. Então me vi obrigado a focar minha atenção as publicações que pra mim agradavam mais como, o Demolidor em Superaventuras Marvel, Conan na Espada Selvagem, o Quarteto no Homem Aranha e alguns títulos da DC entre eles a Liguinha cômica e os Novos Titãs.

    Por esse motivo vou deixar passar esses encadernados, aqui meus parabéns a Panini pela adoção desse formato. No meu entender é o ideal para trazer arcos e sagas completas com o melhor custo benefício, me despertou a vontade de ver publicado nesse modelo fases como o Demolidor de Ann Nocentti e Romitta Jr., Namor e Mulher Maravilha de John Byrne, o Hulk de Peter David e Dale Keown, entre outros.

    Quanto aos Filhos do Átomo, vou ficar com a fase clássica de Claremont e Byrne. As publicadas pelas editoras, e as que eu mesmo produzi como a Saga de Proteus, a da Ninhada e está no forno o primeiro confronto com Sauron na Terra Selvagem, todos de Byrne e Claremont.

    Parabéns pela matéria e sigo acompanhando o SubmundoHQ a melhor e mais inteligente fonte de informações sobre os quadrinhos na internet.

    Valeu. Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, LEPM... blz?

      De fato, amigo... Os "XM" ainda tem bastante respaldo comercial e de NOME pra servir de chamariz pro público. Afinal, a franquia toda teve até o presente momento: 13 FILMES pra cinema (nada mal):

      -XM 1, 2, e 3 (O Confronto Final)!
      -XM: 1º Classe
      -Wolverine: Origens, Imortal, e Logan!
      -XM: Dias de um Futuro Esquecido!
      -XM: Apocalypse
      -XM: Fênix Negra
      -Deadpool 1 e 2
      -Novos Mutantes

      E concordo 100% com o q vc falou sobre o mercado nacional nos anos 90... é engraçado e irônico como os gibis eram tão baratos se comparado com os dias de hj (os formatinhos da abril custavam 2 reais em média) e ainda assim a gente apanhava pra comprar tudo, kkk:

      Eu tava na mesma situação nos anos 90: Estudando na faculdade (em outra cidade) e fazendo estágio (ganhando uma mixaria q mal dava pro lanche)... Sobrava pouco pros gibis e como eu tava retomando minhas coleções a partir de 1995, o q sobrava de grana eu preferia investir em SEBOS (EBAL, Bloch, RGE, e primórdios da Abril)!

      No fim das contas, eu fazia q nem vc e mantinha apenas alguns títulos favoritos entre os gibis "novos" da época: SAM, Teia do Aranha, capitão, etc. Os gibis com "X" na capa eu geralmente dispensava tbm, rs!

      No mais... vc tá certo em priorizar e considerar a fase Claremont/Byrne nos XM: pois ainda hj é INSUPERÁVEL e pelo q estamos vendo, jamais será sequer igualada em termos de arte e criatividade (ideias novas pro gênero)!

      Mto obrigado por estar curtindo e acompanhando o "Submundo", brother... ainda hj eu espero ter boas novidades pra ti a respeito da tua encomenda (tô tentando ver se consigo pra ti a 1º parte do "Planeta dos Macacos" - pra poder te mandar a saga completa no mesmo pacote: faça um pensamento positivo q tem boas chances, blz)?

      Abs!

      Excluir
  13. e ai leo...cara, essas sagas dos x men eram muito ruins....falange...era do apocalipse...tolerancia zero...meu deus...tenho todas nos formatinhos da abril e na minha opiniao nao merecem essa pompa toda..tem coisas melhores pra sair e por enquanto nada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí... blz?

      Bah, vou te dizer q não li nada disso, kkk... Não comprei esses formatinhos na época, não tive interesse em baixar em scans, e somente agora com essa coleção capa-cartão é q me deu vontade de ler esse material pra ver como era: Mas acredito em vc, pois achei a "Canção do carrasco" apenas mediana e valeu ´só pra matar a curiosidade e por ser um retrato dos anos 90, rs!

      Abs!

      Excluir
  14. Aqui foi a ultima saga x a sair completa no formatinho da editora abril/cj e foi parecido com a versao dai tirando a ultima sam que aqui saiu como X.men especial uma vez que a editora nao tinha na linha a Sam.Hulk e Cap que eram os dai tirando os numeros que tivessem X-men e Aranha.

    https://www.goodreads.com/book/show/54474415-x-men-edi-o-especial-n-3---alian-a-falange-fase-dois capa de Portugal.

    E esse Excalibur chegaram a vir alguns dao bem destruidos e com numeração repetida da versao pt,

    Depois desta saga comecaram a fundir revistas x-men e Wolverine saia como X-men ate ao preludio da ERA DO Apocalipse.

    "Assinada por nomes que na década de 90 estavam em alta no mercado, tipo: Fabian Nicieza, Joe Madureira, John Romita Jr., e Scott Lobdell (particularmente, eu nunca gostei desses caras "

    Dai eu gostava do John Romita Jr. e da escrita do Fabian Nicieza em alguns números da X-Forçe ele era Melhor a escrever nos Novos Guerreiros.
    Para já o Banshee ainda nao chegou as bancas daqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Optimus... blz?

      Q bagunça mesmo q as editoras fazem pra lançar essas mega-sagas tanto aí, qto aqui, né?

      A Abril espalhou por revistas demais (contando com as interligações) e ainda usou inteira a última edição da "Superaventuras Marvel" (q na época nem era uma revista tradicionalmente mutante pra ter cedido justo seu último número pra uma parte da saga da "falange")!

      A Panini lançou esse TIJOLO com quase 500 pág, mas o preço (125 reais) ainda assusta o leitor "normal" (tanto é, q a edição tá encostada nas prateleiras das bancas e lojas daqui - acredito q só vá vender bem pela internet e se o desconto for mto bom)!

      Abs!

      Excluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...