13/08/2016

As Relíquias do "Colecionador Fantasma" (Parte 9): A "Mulher-Gato" da Era de Ouro...

As "Relíquias do Colecionador Fantasma" (colaborador do blog) são uma série de postagens (divididas em 10 partes) que nos remetem diretamente aos tempos da EBAL e outras editoras que marcaram época para nossos pais, avós, e até pra alguns de nós mesmos (que tiveram o privilégio de viver essa fase do mercado nacional)!

Nesta 9º (e penúltima) Parte das relíquias... O "Batman" encontra a "Mulher-Gato" (em sua última aparição na "Era de Ouro"), A "Super-Moça" fica às voltas com um Super-Bebê, "Mandrake" entre alienígenas e dinossauros, "Flash Gordon", "Ferdinando", "Mortadelo & Salaminho", e Mais!

Confira abaixo:

As "Relíquias do Colecionador Fantasma" são uma verdadeira viagem ao passado remoto (e saudoso) das HQs no Brasil... Algumas das capas de gibis mostradas aqui possuem nada menos do que 50 ANOS (meio-século) de existência: E ainda esbanjam um impressionante estado de conservação perfeito (sim, as capas desta matéria me foram enviadas pelo "Colecionador" sem nenhum tratamento gráfico (photoshop e afins), justamente pra mostrar o quanto estão intactas e bem novinhas mesmo passado tantas décadas de sua publicação original! Uma coleção invejável, sem dúvida! 

Vamos começar então esta postagem com a revista mais "moderna" deste lote: O Nº 1 da "Coleção Invictus" de 1992 (da Editora Nova Sampa)... Que trazia em suas 100 pág, formatinho, P&B: Uma seleção temática de encontros do "Batman" com a "Mulher-Gato" (todas do início da década de 50) e que marcaram a última aparição da "gata" na Era de Ouro (ela só voltaria a aparecer 12 anos depois nos quadrinhos, devido ao sucesso no seriado de TV de 1966)!

É curioso notar (pela capa que abre esta matéria) o quanto o visual da "Mulher-Gato" mudou ao longo dos anos... Essa versão clássica de seu uniforme devia ser desconfortável pra sair por aí balançando entre os prédios de "Gotham City" (ou "Riacho Doce" - só pra manter o clima de saudosismo, rs): Afinal, o vestido mais longo devia atrapalhar a sedutora felina nas cenas de ação (mas o "chicotinho" não podia faltar em uma das mãos, hehe)! De qualquer forma, a edição também apresenta um novo vilão: O "Rei dos Felinos" (eu, hein)?

Mas nem só de namoricos e joguinhos de gato e rato (ou gata e morcego) vive o "Batman"... E o maior detetive do mundo precisa resolver o misterioso caso do "Dinheiro Rasgado" (edição da EBAL de 1973): Quem diabos roubaria e rasgaria 1 milhão de dólares? Naqueles tempos o "Batman" precisava usar mais o raciocínio do que a força bruta pra resolver situações insólitas que nem essa! 

E falando em situações misteriosas e insólitas: A "Super-Moça" também precisa decifrar de onde saiu esse super-molequinho? (uma ed. da EBAL de 1970)! Os "Defensores da Terra" em suas próprias revistas-solo: "Mandrake" enfrenta alienígenas e dinossauros em edições coloridas (de 1968-1969)... E "Flash Gordon" salva mocinhas indefesas de malfeitores e monstros aterradores em 2 edições raríssimas de sua revista (de 1967-1969)! 

Por fim... "Ferdinando" e "Mortadelo" em suas revistas de 1974-1975 (uma boa safra pra títulos desses personagens nas bancas)! Muitos clássicos de ótima qualidade em gibis comuns (que saíam barato pro leitor: Diferente do acabamento mais luxuoso pra maioria desses títulos quando são republicados atualmente)! São HQs clássicas que dificilmente voltarão a dar as caras novamente por aí (feliz de quem as guardou e conservou da melhor forma possível nesse último meio-século, rs)!

Até+

31 comentários:

  1. Leo, off-topic como sempre, mas cá com meus botoões: você que conhece o x9 da Panini, pode perguntar POR QUE DIABOS eles nao colocam como opção encadernados também em capa cartão?
    Como ja falei aqui antes, eu to mudando toda minha coleção de forma q fique com o menor numero possivel de capa dura, pq estas com o miolo couché é mofo certo depois de um tempo, e gruda e rasga, tornando a manutenção um inferno se a coleção for grande.
    Entre outras medidas, to investindo pesado tanto nos encadernados em ingles e em portugues nas versões capa mole (Ms. marvel, por ex)
    Pq eles se recusam a lançar versões capa mole dos recentes X-men, Vingadores e Thor Nova Marvel, mas nao ligam de lançar versões diferentes da mensal do Aranha p ex?
    Ok que em capa dura eles lucram mais, mas pq uns sim outros não?? Imagino q o criterio seja popularidade do titulo, mas ainda assim, acho sacanagem.
    Enquanto isso, vou eu garimpando pelas capas moles...

    ResponderExcluir
  2. É sempre legal ver as capas vintage trazidas pelo Colecionador Fantasma!

    Eu gosto dos roteiros de Frank Robbins, que criou elaboradas tramas detetivescas para a revista do Batman sem abandonar o lado estrambótico do herói. Também é um desenhista de mão cheia, mas foi Bob Brown quem ficou com a arte da história "O Mistério do Dinheiro Rasgado". Ambos possuem traço clássico, mas seus cenários urbanos mais realista e cenas violentas já não eram de revistas infantis.

    Na revista do Batman em que a Ebal publicou essa HQ, consta também um caso de Jason Bard, escrita pelo mesmo Frank Robbins, com arte de Don Heck. É uma dessas histórias secundárias que acabam sendo uma boa surpresa. É um ótimo personagem, que depois teve aventuras ao lado do Morcego-Humano e da Batmoça.

    Vale destacar que, na edição da Ebal, a bela arte-final de Murphy Anderson nessas duas histórias foi bastante valorizada pelas páginas em preto e branco (e olha que li somente a versão digital).

    ResponderExcluir
  3. "Ok que em capa dura eles lucram mais, mas pq uns sim outros não??"


    E aí, Adriano... blz?

    Da mesma forma q eu, o "X-9" tbm prefere edições mais econômicas em capa-cartão (aliás, quase toda a coleção dele é formada de TPs importados em capa-cartão: Essentials, Showcases, Epics, etc)... Mas ele não apita mta coisa nas decisões da Panini (infelizmente, pois se ele tivesse maior poder sobre as publicações da editora: estaríamos BEM melhor servidos de material clássico E republicações há muito pedidas pelos leitores)!

    Do q eu sei a respeito de formatos luxo/econômico... A questão dos LUCROS é o q mais pesa no final das contas: As livrarias não mantém estoque de gibis em capa-cartão (esses, são recolhidos do setor de banca das grandes livrarias depois de 1 ou 2 meses e viram encalhe pra editora: e encalhe pode significar prejuízo se a sobra for mto grande)! Já uma ed. em capa-dura acaba passando como "LIVRO" nos critérios das livrarias e ficam expostas nas prateleiras até acabar o estoque (sem prazo de recolhimento): O q diminui os riscos de prejuízo pra editora!

    Tem outro fator q pesa tbm: É o fato de q mtos leitores preferem a capa-dura... gerando uma demanda de mercado pro formato luxuoso. Sim, eu diria q a maioria dos meus amigos pessoais q tbm são colecionadores de HQs preferem o formato em capa-dura (eu e o "X-9" somos minoria - entre meus conhecidos - na preferência por ed. econômicas em capa-cartão, rs)!

    E eu concordo plenamente com vc: Acho q sendo bem cuidados, os encadernados em capa-cartão podem ter até uma durabilidade maior q uma ed. em capa-dura justamente pela maior resistência às ações do MOFO (já ficou comprovado q o papel off-set resiste bem mais q o couché com o passar do tempo... Taí os gibis da EBAL q não me deixam mentir: Os meus da EBAL estão mto bem conservados tbm)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dos meus maiores arrependimentos foi não ter substituído meu Vingadores vs Liga da Justiça cartonada por capa dura. Como eu carrego meus gibis para um lado e para o outro, acaba conservando melhor.

      Não frequento a FNAC, mas nas Saraivas que eu vou tem diversas edições capas cartonadas no estoque. Sempre vejo, por exemplo, Lendas do Batman e X-Men Massacre/Era do Apocalipse. As graphics do Maurício de Souza também são encontradas nos dois formatos.

      Acho que isso pode ser negociado, mas estamos falando da Panini. Quem garante que não existem interesses obscuros por trás (cof, cof, comix).

      Excluir
  4. "É sempre legal ver as capas vintage trazidas pelo Colecionador Fantasma!"


    E aí, Martin... blz?

    Esta coluna de "relíquias" sempre foi uma das minhas favoritas entre todas aqui do blog... Pois adoro essas raridades saudosistas do passado (a maioria delas anteriores à minha própria existência: Aliás, nem a minha mãe era nascida na época de alguns gibis do "colecionador", rs)!

    Infelizmente, tudo q é bom dura pouco... E esta coluna se encerrará já na próxima postagem (q irá ao ar a seguir): O motivo, é q meu estoque de capas enviadas pelo colecionador já tá acabando, hehe (e programei esta coluna pra ter 10 partes - da mesma forma q o meu "TOP 100": q tbm se encerrará de vez nos próximos dias)!

    Eu tenho baixado (e gravado em DVD) um vasto acervo de gibis da EBAL... Certamente tenho esse do "Batman" (q eu não li, mas lembro da capa com o dinheiro rasgado)!

    Do Frank Robbins... Eu lembro mais dele no gibi dos "Invasores" (da Marvel) q saía em "HTV": q fase boa essa (tomara q esse material seja republicado de novo um dia)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, amigos. Sobre essas raridades do Colecionador Fantasma, vou comentar sobre as duas lindas capas dos gibis do Flash Gordon exibidas aqui. Um herói sensacional, que seguramente está entre os meus favoritos.

    Não tive nenhum gibi dele da década de 1970, mas ultimamente tenho lido muitos scans, e comprei aquele livro grande com as primeiríssimas histórias dominicais, desenhadas por seu criador, o Alex Raymond.

    E uma dessas capas aí acima, da coleção do Colecionador X, é desenhada pelo não menos do que espetacular Al Williamson. Reconheço facilmente sua arte, por que uma de suas características, é desenhar algo com esse padrão de bolinhas pretas sobre um fundo branco, nesse caso, á calça da Dale Arden, é tipo uma assinatura dele, que de vez em quando aparece em alienígenas, folhagens ou roupas.

    Um grande abraço aos amigos do Submundo HQ, e feliz dia dos pais!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Leo!

    As matérias sobre a coleção do Colecionador Fantasma sempre são um deleite!

    A mulher Gato talvez seja uma das personagens em quadrinhos com a origem mais alterada, pois, sempre estão modificando sua origem.

    De aeromoça com amnésia à prostituta, a cada década basicamente sua origem é modificada devido ao fato dela ser uma personagem controversa.

    Recentemente declararam ela bissexual, e que seu pai verdadeiro não é Carmine Falcone e sim Rex Calabrese uma espécie de gangster em menor escala preso em Blackgate.

    De certa forma acho a origem dela pós-Crise a definitiva.

    O fato dela ter desaparecido por cerca de 12 anos nos quadrinhos é curioso, mas é perceptível que ela nunca foi considerada uma personagem importante até a década de 60 quando Julie Newmar a imortalizou com sua beleza e couro anatomicamente ajustado.

    O curioso é que o seriado do Batman dos anos 60 era galhofa, mas tinha uns momentos muito sérios e tensos que divergiam com a proposta do programa.

    Um deles é quando o Batman persegue a Mulher Gato até um reservatório de água e ela sem saída pede para se casar com ele, mas o herói pergunta sobre Robin e ela diz: "Nós o Matamos"!

    É claro que o herói não concorda e ela se atira na água e desaparece!

    Outro é no segundo episódio quando uma atriz que se disfarçou de Robin cai no reator de abastecimento do Batmóvel na Batcaverna e morre!

    O outro é quando literalmente Bruce Wayne passa a noite com sua namorada, algo impróprio para os costumes da época ainda mais para um seriado destinado mais ao público infantil.

    Apesar de não mostrar nada, só do fato da garota entrar em seu apartamento e Bruce Wayne fechar a porta se despedindo do público (rompendo a quarta parede) já diz tudo!

    Tem uma boa fase da Mulher Gato que deveria ser republicada um dia que começana época de Bruce Wayne em cadeira de rodas e termina pós-Terra de Ninguém escrita pelo Chuck Dixon e outros!

    Agora, estas edições da Supergirl da Era de Prata continuam surpreendendo pelas bizarrices, cada edição revelada da coleção do Colecionador Fantasma revelam uma tosquice maior que a outra1

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Acho o título Batman Bi engraçado pra cacete, pelos motivos errados...

    ResponderExcluir
  8. "e comprei aquele livro grande com as primeiríssimas histórias dominicais, desenhadas por seu criador, o Alex Raymond."


    Oi, Celso... Tdo bem?

    Vc conseguiu aquele álbum gigante q saiu pela Pixel então, hein? Essa é uma das ed. atrasadas q eu ainda tenho pra comprar assim q possível ($$$), rs!

    Tbm gosto do "Flash Gordon" desde a infância, qdo eu acompanhava um desenho animado dele q eu curtia mto... Anos depois, assisti o seriado clássico em P&B (q é mto bom)! Só o filme dele dos anos 80 é q eu achei ruim (só valeu pela magnífica trilha sonora do "Queen" - talvez a melhor trilha entre todas as adaptações de HQ pras telas: depois de "Superman I")!

    E valeu por ter curtido a postagem com as capas do "colecionador"... Daqui a pouco eu boto a 10º e ÚLTIMA parte no ar (pra fechar a coluna em grande estilo)! Ah, e feliz dia dos pais pra vc tbm!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "Julie Newmar a imortalizou com sua beleza e couro anatomicamente ajustado."


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    De fato, a "Mulher-Gato" só veio a se tornar um ícone da cultura pop mundial através do seriado de TV dos anos 60 (já com bastante sensualidade e apelo sexual)... E futuramente, revivida na igualmente magistral caracterização de Michelle Pfeiffer (nos filmes de Tim Burton)!

    Nem aquele tenebroso filme-solo com a Hale Berry foi suficiente pra apagar da memória afetiva do público as "gatas" definitivas: Newmar e Pfeiffer!

    Nas HQs... Eu gosto daquele especial da "Mulher-Gato" (em q ela era prostituta e tinha um clima bem sombrio e violento: bem q podiam republicar esse material hj em dia)! Mas ela durou bastante tbm naquela versão com roupa lilás dos anos 90 (acho até q é a versão mais conhecida dos gibis)!

    E vc tem razão... Apesar do clima de palhaçada e galhofas, o seriadinho do "Batman" até q tinha seus momentos mais sérios mesmo: E o roteiro do "Episódio Perdido" com o "Duas-Caras" é o melhor exemplo disso! Mesmo sendo um encadernado bem fininho, foi uma boa aquisição e mostrou o q poderia ter sido um dos melhores episódios da série (vetado justamente por destoar demais do clima mais "ameno" q os produtores queriam)!

    Mas não adianta... Eu vejo esse seriado hj em dia e lembro automaticamente da "Feira da Fruta", rs (essa piada parece q nunca perde a graça)! Se bem q meu episódio-tosco favorito é aquele em q o "Batman" e o "Coringa" se enfrentam num campeonato de surf pra ver quem é o "Rei da Praia", rs (é surreal demais ver o batman vestindo uma bermuda amarela por cima do uniforme e pegando onda na praia)!

    E a "Supergirl" é campeã de bizarrices da Era de Prata mesmo... O pior foi qdo um CAVALO se apaixonou por ela (e o leitor acompanhava os balões de pensamento do cavalo: com ciúmes dos namorados humanos da super-moça e planejando até MATAR alguns pra ficar com ela: pessoal se puxando no LSD antes de escrever as histórias)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Mulher-Gato Julie Newmar era deusa.

      Outra que vestiu muito bem aquele couro foi a também deusa Lee Meriwether, embora o Olimpo oficial dela fosse no "Túnel do Tempo" vestindo o jaleco da inesquecível Dra. Ann MacGregor.

      Excluir
  10. "Acho o título Batman Bi engraçado pra cacete, pelos motivos errados..."


    Oi, BOND... Pra EBAL, o "Superman" tbm era "BI", rs! Q títulos pra revistas, hein?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Superman era Bi, Tarzan e Zorro tb, mas a Epopéria era TRI...

      Entende-se como quiser...

      Excluir
  11. Oi Leo!

    Este do surf realmente é surreal demais mesmo!

    E olha que eu não me lembrava de tê-lo assistido antes, foi só lá por 2005 logo que eu coloquei TV a cabo em casa que eu assisti esta "pérola'!

    Confesso que fiquei de queixo caído vendo tamanha tosqueira, e olha que eu já tinha visto centenas na série,mas, essa é insuperável com os calções floridos em cima de seus trajes surfando para mostrar quem era o Rei da Praia!

    É o episódio com mais mulheres bonitas da série; tinha até a Batgirl de maiô, e a namorada do Coringa era linda, dando até para o vilão rivalizar com James Bond.

    A "feira da Fruta' se tornou um clássico desde o momento em que foi feita a redublagem no estilo Hermes e Renato! Me lembro que na época em que foi lançada ela viralizou!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Elcio... blz?

      Esse "Batman Surfista" é uma tosqueira tão grande q virou até boneco, rs:

      http://ep.yimg.com/ay/cmdstore/batman-classic-tv-1966-6-inch-action-figure-series-1-surf-s-up-batman-pre-order-ships-july-2013-1.gif

      https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/81boj2YzVBL._SL1500_.jpg

      Abs!

      Excluir
    2. Épico.

      O seriado do Batman é exibido no canal aberto RBTV (Rede Brasil). Zapeando dia desses, vi outra cena surreal: fugindo da dupla dinâmica, um bandido entra num vestiário feminino cheio de belas moças usando apenas roupa de baixo. Batman para, cobre os olhos de Robin com as mãos e continuam a perseguição...

      Excluir
  12. Já que tem Mortadelo e Salaminnho na jogada, saiu esse artigo n'O Globo falando do álbum das olimpíadas do Rio:
    http://oglobo.globo.com/cultura/rio-2016-ultima-loucura-de-mortadelo-salaminho-19910834

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente essa matéria, Hunter...

      Apesar dos estereótipos criticados na postagem, eu queria mto ler essa ed. do "mortadelo" (parece ser bem engraçada e a arte continua rica em detalhes)!

      E por falar em "mortadelo"... Tem uma editora q vai publicar o 1º álbum deles: É fanzine, mas tá valendo assim mesmo - até pq, essa editora vai publicar tbm na sequência: "Torpedo", "Morgan" (Segura & Ortiz), e (pasme): "Planeta dos Macacos" (da Marvel)! Em breve eu postarei todos os detalhes aqui no blog!

      Abs!

      Excluir
    2. Não esqueça os nomes dos responsáveis para se avisar à polícia...

      Excluir
    3. Bem, eu não manjo mto sobre detalhes jurídicos nesses casos... Mas não tinha um certo limite permito na tiragem qdo o material passar como "fanzine" e for cobrado apenas os custos gráficos? Eu tinha lido alguma coisa assim numa entrevista com um fanzineiro há anos atrás (vou procurar pra ver se acho a entrevista)!

      Eu sei q pra miniaturas customizadas... a lei permite a produção até um limite de 10 peças no máximo (acima disso viraria produção em série e deixaria de se enquadrar como "artesanato"): Não sei dizer se existem tais limites qto à gibis/fanzines!

      Abs!

      Excluir
    4. Miniaturas customizadas são uma criação nova, mesmo que reproduzam designs conhecidos. Reproduzir uma obra existente e, principalmente, colocá-la à venda (indiferente de se lucrar com isso ou não) é pirataria sob qualquer ponto de vista!

      Se têm como fazer uma impressão "amadora" por que não uma publicação oficial? Falem com os autores, façam um crowdfunding para obter o dinheiro necessário. Nos EUA rola direto crowdfunding para publicação de obras estrangeiras, por que no Brasil, que usa tanto isso para publicação de material nacional, não tem também?

      Excluir
    5. Hum... A situação parece mais complicada então qdo envolve HQs!

      Valeu pela explicação a respeito desses detalhes mais técnicos sobre os direitos de publicação... Acho q vou tentar um contato com os editores antes de divulgar esses materiais por aqui (pra ver se está tudo nos conformes então)!

      Abs!

      Excluir
  13. "Outra que vestiu muito bem aquele couro foi a também deusa Lee Meriwether"


    Dessa "Mulher-Gato" eu me lembro tbm, doggma... Era ótima no papel mesmo! Mas a Julie Newmar era ainda mais TOP, saca só essa estátua no LINK abaixo (já pensou uma dessas na estante)?

    http://mightymega.com/wp-content/uploads/2014/05/1966_julie_newmar_catwoman_statue_1.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "Batman para, cobre os olhos de Robin com as mãos e continuam a perseguição..."


    Hahaha... Essa "dupla dinâmica" pedia pra levar as piadinhas q recebiam mesmo, rs!

    -"Robin, vc é um menino ainda"...

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. Mulher-Gato com saia de tiazona da missa. Quem diria. rs

    Bom, se eu fosse palpitar, o único vilão maluco a ponto de rasgar dinheiro é o Coringa.

    Aliás... Não tem como não dar um leve sorriso quando vejo o título "Batman Bi". Só faltou a carinha do Robin sorridente ao lado.

    Será que foi desse gibi da então Super-Moça que Bryan Singer tirou aquela idéia infeliz que ele enfiou no infame "Superman - O Retorno"?

    E escolher entre Michelle Pfeiffer ou Julie Newmar é a verdadeira definição do "tanto faz". rs

    ResponderExcluir
  16. "Um dos meus maiores arrependimentos foi não ter substituído meu Vingadores vs Liga da Justiça cartonada por capa dura."


    E aí, SEMI... blz?

    Olha, eu tbm me arrependo de não ter pego essa ed. em capa-dura... Agora acho q nunca mais (seria preciso um acordo de paz entre Marvel/DC - o q eu duvido q aconteça tão cedo - pra viabilizar uma nova republicação disso)!

    Quem tiver essa ed. pra negócio hj em dia deve estar se sentindo com um "Santo Graal" em mãos q pode ser vendido por valores incalculáveis, rs...

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Mulher-Gato com saia de tiazona da missa. Quem diria. rs"


    Pois é, né? O q faz uma mudança de tempos e conceitos na cultura popular, hein? E ironicamente, do jeito q a coisa tá indo (com o politicamente correto mais forte do q nunca) a tenência é a "mulher-gato" voltar a ficar mais recatada de novo, rs!

    E q dúvida cruel... Tente se imaginar um barco à deriva rumando pra uma ilha deserta onde vc passará o resto da vida isolado da humanidade. No mesmo barco tem a Michelle Pfeiffer e a Julie Newmar (vestidas de mulher-gato e com a forma física de seus tempos áureos): mas vc pode salvar apenas UMA pra lhe fazer companhia na ilha. Quem vc salvaria? é uma ou outra, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julie é mais simpática. ;-)

      Embora no seriado a minha musa em particular fosse a Yvonne Craig.

      Excluir
    2. A "Batgirl" era uma tentação mesmo na série... (botava no chinelo a Alicia Silverstone, hehe)!

      Mas como eu sempre tive (desde moleque) uma queda por mulheres DUMAL... Era natural q a "Mulher-Gato" fosse a minha preferida de qq jeito!

      Abs!

      Excluir
  18. Dava tempo pra um test drive?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se desse tempo, o cara já podia morrer feliz antes de chegar na ilha, rs...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...