30/11/2021

"VÓLTAR" (de Alfredo Alcala): E Outros "CONANs" Genéricos Pelo Mundo Afora...

"VÓLTAR"... É a obra-prima do artista Alfredo Alcala (conhecido por algumas das artes mais deslumbrantes da "Espada Selvagem de Conan"). Só que o personagem se parece muito com o famoso bárbaro da Ciméria, e ele não é o único: Existem dezenas de "Conans" genéricos por aí (inspirações, cópias, homenagens - Como preferirem chamar: Cada caso é um caso, rs)! 

Nesta matéria veremos mais detalhes sobre "Vóltar" (lançamento da P&N) e vários desses outros personagens "similares", tipo: "Brakan", "Arak", "DAX", "Thongor", "Zamor", "Claw", "Haxtur", "Peryc", etc...

Confira abaixo:

"VÓLTAR" é uma explosão de barbarismo, feitiçaria e mitologia com a arte espetacular de Alfredo Alcala... O bárbaro Vóltar foi criado em 1963 por Alcala, o lendário artista filipino que teve participação fundamental na revista da "Espada Selvagem de Conan" (atualmente sua arte pode ser apreciada, também, na coleção da "ESC" publicada pela Panini). Guerreiro habilidoso e honrado, Vóltar vive em um mundo fantástico e repleto de perigos, habitado por seres mitológicos, monstros e pelos antepassados de povos variados que compuseram a antiga raça humana. Com cada pág em P&B parecendo uma obra de arte (imagem abaixo: no final da postagem) o autor imprimiu em Vóltar todo o seu estilo detalhado de técnica em gravura, concedendo aos personagens e cenários uma vivacidade impressionante. Além das aventuras protagonizadas pelo bárbaro viking, este vol. apresenta outras criações de Alcala: O aventureiro Condor, a saga real do navio de guerra Graf Spee, e histórias curtas de vários gêneros. Uma edição única no mundo, exclusiva dos brasileiros (em capa-dura, 276 pág, R$ 99,90 - Tá com desconto na pré-venda da Amazon por R$ 70) esta HQ em formato grande traz uma farta sessão de extras com textos exclusivos e galeria de imagens com pág coloridas!
 
Mas o "Vóltar" é apenas UM entre dezenas e dezenas de outras versões variantes e genéricas do "Conan"... Algumas merecem ser conhecidas (outras não), depende da qualidade sempre variável dos materiais em questão, inspirados pela criação de Robert Howard (que atravessam décadas e continuam sendo produzidos até hoje). Existe um nome pra designar esse sub-gênero de aventuras e personagens estilo "Espada e Bruxaria": "Conanesque" (ou "Conanesco" - Tem na Wikipédia o termo), é o termo usado pra definir personagens inspirados em "Conan", sendo que Robert Howard criou o bárbaro em 1932 e é considerado um dos precursores do gênero. Já em 1950 é criado (por Gardner Fox e John Giunta) o personagem: "CROM - O Bárbaro" (um "Conan loiro" com nome chupinhado do DEUS fictício para o qual o verdadeiro "Conan" meio que "reza" - por assim dizer, rs). Logo, outras versões foram surgindo, tanto na literatura pulp quanto nos quadrinhos:

Em 1967, Lin Carter (que ao lado de L. Sprague de Camp continuou as aventuras de "Conan" após a morte de Howard) criou: "Thongor" (adaptado pras HQs em 73), enquanto em 1969 Fox lançava: "Kothar" (outro pastiche de "Conan" publicado em 5 romances). A partir do início dos anos 70, a Marvel inicia a produção de gibis de "Espada e Feitiçaria", entre eles: O próprio "Conan" (agora licenciado da editora). O sucesso foi instantâneo e resultou em inúmeras versões "similares" feitas por várias editoras e revistas (incluindo a "EERIE" - uma das publicações de terror que gerou a nossa "Kripta" da RGE). Assim tivemos: "DAX", "Haxtur", "Hoggarth" (de 1974), "Garra - O Invencível" ("Claw", da DC - em 1975: Que chegou a ter edições lançadas no Brasil na época), "Arak - Filho do Trovão" (de 1981), "Zamor - O Selvagem" (de 1982, por Franco de Rosa & Mozart Couto), "Brakan - O Bárbaro Vingador" (de 1986, por Mozart Couto: relançado agora numa série de encadernados), e "Peryc - O Mercenário" (produção nacional, que teve HQ nova lançada este ano). É sangue e aço pra todo lado, rs!
 
Até+  

47 comentários:

  1. Mas que cara-de-pau da DC ter criado esse Claw, ainda colocaram esse subtítulo cretino de "o não conquistado" , mas que porcaria hein? hehhehehe. Já esse Conan de Araque com o perdão do trocadilho, me interessou, gosto dos desenhos do Tony Dezuninga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pior q esse "Claw" (q ficou a cara do Conan) ainda continuou sendo produzido até pouco tempo e teve um crossover com a "SONJA":

      https://comicvine.gamespot.com/a/uploads/scale_small/11/110017/2891884-red_sonja___claw_01__2006___jim_lee_cvr___jormungand_dcp_.jpg

      Abs!

      Excluir
  2. Oi Leo!

    Parabéns pela matéria sobre os genéricos do Conan!

    Faltou só o Wollf de Espadas e Bruxas do Maroto!

    Aquilo que faz sucesso sempre ganha imitadores para também tentar o sucesso! Prova disso são filmes, cantores, e HQs que pegam embalo num gênero para tentar se dar bem!

    Se a Gretchen tinha várias imitadoras nos Anos 80, a Xuxa, Van Damme, Stallone, a Marvel e DC copiando personagens uma da outra, normal a criação máxima de Robert E. Howard ter a sua!

    Voltar dá para perdoar porque ele foi criado em 1963 muitos anos antes de sequer imaginar o Conan em HQs, como aconteceu muitos anos depois!

    Alcalá é mestre demais para sofrer criticas, e merece ser absolvido pelo seu genérico do Cimério pelo que elenquei acima!

    Brakan me interessou, mas não posso financiá-lo agora! Quando ele for publicado irá para a Amazon, aí é a chance de conseguí-lo numa promoção!!

    Creio que o Conan ainda irá gerar mais genéricos ao longo de sua existência como ícone pop, pertencente ao imaginário popular!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Alcalá é mestre demais para sofrer criticas, e merece ser absolvido pelo seu genérico do Cimério pelo que elenquei acima!"

      Não é á toa que foi o primeiro título do Pipoca e Nanquim que comprei.

      Excluir
    2. Oi, Elcio... Tdo bem?

      Valeu mesmo por ter curtido a matéria... E tem TANTOS "clones" do Conan por aí, q toda esta postagem foi apenas uma breve pincelada na lista, hehe:

      Além do "Wolff" (de "Espadas e Bruxas"), eu ainda poderia ter citado na Marvel o "Arkon" (visual mto parecido e se não me engano foi criado pelo Roy Thomas tbm)!

      E sobre "imitadores" e "sucesso"... por coincidência eu tava conversando agora a pouco com a minha mulher sobre a série "FEAR" (spin-off de "Walking Dead") e a quantidade absurda de outros filmes e séries de zumbis q se seguiram na esteira de WD (na plataforma da Amazon tem dezenas de filmes novos de zumbis recomendados - eu assisti as 6 temporadas de "FEAR" na Amazon numa tacada só)!

      Qto ao "VOLTAR"... O "Conan" até q teve umas HQs nos anos 50 e 60 antes da Marvel adquirir os direitos (uma vez eu postei aqui as imagens do "Conan Loiro" na adaptação da "Rainha da Costa Negra" - um gibi dos anos 50). Mas realmente, o "Voltar" já tinha uma "História" pessoal tbm na década de 60 antes da Marvel reformular o "Conan" nos anos 70 (embora as HQs desta edição da P&N sejam todas pós-Conan da Marvel)!

      E sim, amigo: O Alcala tá "absolvido", hehe... Tanto, q eu tava ansioso por essa edição do "Voltar" e acho q fui um dos primeiros a comprar a HQ assim q apareceu na Amazon em pré-venda (tô no aguardo agora)!

      "Brakan" eu passo... pois ando tendo problemas com a editora (Universo Fantástico) pelo atraso absurdo e enrolação na entrega do projeto "Efeito Placebo" (tive até q formalizar uma denúncia no Catarse: lamentável ter q chegar a esse ponto)!

      Abs!

      Excluir
  3. "Vóltar" cofrei na pré venda da Amazon. E é curioso que os melhores desenhos do Buscema em Conan são arte-finalizados pelo Alcala. E pelo que foi falado sobre o Alcala em um especial no canal do P&N muito da ESC foi "inspirada" nas produções dos artistas filipinos que já produziam em alta escala HQs sobre "Espada e Feitiçaria".
    Tenho um gibi do Brakan e achei bem ruim. Parece mesmo um genérico igual os personagens da Image anos 90 em relação à Marvel. Espero que o encadernado traga coisas melhores do que a que li.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Roberto... blz?

      O "Voltar" eu tbm nem pensei 2 vezes e botei no cartão assim q apareceu na Amazon: Pois sou mto fã da arte do Alcala e esse gibi tá tão bem desenhado q é quase uma dessas "edições artbook" (só q com história, rs)!

      Só não sei se vão entregar até o final do ano (acho q só em 22 mesmo, hehe)!

      Abs!

      Excluir
  4. "Claw o inconquistável" soa boiola esse título. Kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Claw o inconquistável" soa boiola esse título. Kkkk"

      Até o logo com essa cor azul dá enjoo de ver.

      Excluir
    2. Pior ainda é esse "DAX": q parece um go-go boy, kkk...

      Abs!

      Excluir
  5. Grande Leo, blz?

    Essa matéria ficou muito boa, conheci vários "Conans" que nem sabia que existiam, em especial os criados pela Distinta Concorrência.

    Já pensou rolar um filme do Claw ou do Arak pela Warner/DC e ele for um sucesso? Diferente do último do Conan, que foi bem fraquinho, eu nem consegui terminar... Ia ser quase uma vingança pela Marvel/Disney ter bombado esses anos todos graças ao Thanos, cópia do Darkseid.

    Acho que só faltou falar também das outras "homenagens" do Esteban Maroto, que além do Dax, criou o Wolff e o Korsar, que fazem parte da edição "Espadas e Bruxas" que o Pipoca e Nanquim lançou bem no início da editora, acho que foi a primeira publicação deles, inclusive.

    Eu acho tranquilo essas "homenagens", já que o próprio Conan seria uma adaptação do Kull, se bem que do próprio autor. Nunca li os contos do Kull, mas os gibis da Marvel dele sempre me soavam uma "cópia" do Conan na fase Rei, por isso não gostava tanto dele quando era guri. Só mais velho que fiquei sabendo que na verdade o Kull que era o "original".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Guilherme... blz?

      Brigadão por ter curtido esta postagem, amigo... E te confesso q eu tbm não sabia q existiam TANTOS "Conans" assim, hehe (alguns deles eu só descobri TBM pesquisando pra esta matéria, rs)!

      E puxa... Vc falou tudo agora: Já pensou se a DC emplaca mesmo um desses "genéricos"? Ia ser mto engraçado e tbm uma vergonha pra quem detém os direitos do "Conan" e até agora não consegue mais fazer nada q preste com o personagem (lembrando q ele já teve uma sequência fraquinha - O "Destruidor" - uma série de TV horrorosa nos anos 90, um desenho animado bem light, e o filme TRASH com o Jason Momoa)!

      Já o Rei "KULL"... tá no mesmo nível do "Conan": Tanto nos gibis qto nos copntos originais de Howard (q se revezava entre os 2 personagem e mais o "Bran Mak Morn" q TBM é outro "conan" genérico e REI ainda por cima: Só q dos Pictos). Eu já li alguns contos do Rei "Kull" (em scans), mas conheço mais pelos gibis mesmo!

      Abs!

      Excluir
  6. Achei interessante esse Voltar. Thongor tb gostaria de ler em um encadernado.Zamor peguei a edição da universo fantástico e curti, o Mozart Couto fala na revista que ele foi mais inspirado no Tarzan já o Brakan eu tb apoiei o projeto do catarse e pelas imagens vai ser bem foda. Acho que quanto mais bárbaros melhor não importa se são genéricos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, beagle... blz?

      De fato, amigo... Seria ótimo de mais alguns desses "genéricos" tbm vissem a luz da republicação um dia, hehe!

      Particularmente, eu TBM gostaria mto de ler: "DAX" (se a revista "Cripta" da Mythos tivesse continuado, chegaríamos lá), "Thongor" (esse parece ser mto legal), e "Haxtur" (gosto da arte do Fuente)!

      Q venha toda essa invasão bárbara e derramamento de sangue, kkk...

      Abs!

      Excluir
  7. Blz Léo?? Bacana a matéria!
    O Vóltar peguei na pré venda. Achei a arte maravilhosa! Brakan tinha visto no Catarse, mas não me chamou muito atenção, até mesmo pelo preço.
    Eu até aproveitei a BF e peguei vários ESC. Eu tinha parado no 20, mas decidi ir levando a coleção, quando abrirem promoções. Peguei tb a Espadas e Bruxas do Maroto, que alguém comentou. Fazia temmmmpo que estava de olho nela.
    A maioria dos que vc citou eu não conhecia. Mas curti o post.
    É uma leitura legal que vale!!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Otávio... blz?

      Brigadão por ter curtido a postagem: Valeu mesmo!

      Eu tbm já garanti o "Voltar" na pré-venda... é o tipo do gibi q só pela arte do Alcala já valeria o investimento, rs!

      A minha BF chegou hj (em pleno domingo): Só comprei o "TOP 10" do Alan Moore mesmo (além de uma bicicleta pro meu filho e uma geladeira pra minha mãe)... E pelo q vi em comentários de outros leitores aqui e no face, a BF parece ter perdido a força q tinha até pouco tempo: não sei se ainda é reflexo da pandemia, mas vi q o entusiasmo do consumidor em geral caiu bastante (até pelo movimento nos shoppings)!

      Abs!

      Excluir
  8. Alfredo Alcala era um gênio. Sua arte era fantástica. Felizmente com a volta do Conan aos holofotes, vai sair muita coisa legal. ALgumas provavelmente descartáveis, mas a questão é peneirar com critério. Vóltar é um daqueles materiais que entra para a história das publicações brasileiras por ser único no mundo. Léo, sabe dizer quantos volumes a Panini publicará dos Omnibus do Conan? Abraço a todos.

    Diego Alves - Minas Gerais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego... blz?

      Verdade, amigo... Tenho quase certeza de q foi a volta do "Conan" aos holofotes do mercado, q proporcionou a iniciativa editorial de se lançar o "VOLTAR" por aqui!

      E convenhamos, essa edição do "VOLTAR" já nasce sendo um item raríssimo de colecionador, rs!

      Qto aos OMNIBUS do "Conan"... O 3º da Panini já entrou em pré-venda e por enquanto teremos garantidos os 4 primeiros da coleção (lembrando q o OMNIBUS 3 terminará na metade da saga da "Rainha da Costa Negra": q será concluída no Vol. 4)!

      Abs!

      Excluir
  9. Fala aí Mestre!!

    Matéria empolgante pra variar, dessa leva de "Conans" genéricos conheço apenas os nacionais Zamor e Brakan do guardando as devidas proporções "Buscema" brasileiro o veterano Mozart Couto. Gosto muito do seu estilo de arte mais clássico lembrando o pra mim desenhista definitivo do Conan o "Big" John Buscema o "Buscemão".

    Seguindo nessa linha assim que for possível pretendo adquirir esse "Voltar" do mestre filipino Alfredo Alcala. Esse será apenas o terceiro produto da Pipoca & Nanquim que irei pegar, um dos que adquiri foi a Fortaleza Móvel muito por causa da arte espetacular do argentino Enrique Alcatena, que conheci numa série de histórias da ESC da Abril. Conan tem a propriedade de atrair os melhores roteiristas e ilustradores para contar suas histórias. E isso parece se estender para seus clones.

    Falando de artistas filipinos outros grandes destaques produziram material pra ESC, pra citar alguns, Tony de Züniga, Nestor Redondo, Pablo Marcos e Rudy Nebres. Aqui vai uma sugestão pro pessoal do PN. Que tal um almanaque com obras dessas feras aí, seria como diz um dos membros da editora "Um Petardo!". Brakan e Zamor apoiei no catarse, esse último inclusive já recebi. E como foi dito num dos comentários está mais prum clone do Kazar e Tarzan do que propriamente do cimério, já o bárbaro Brakan realmente é uma cópia estilizada da criação de Robert E. Howard.

    Show de bola a matéria, valeu pela publicação seguimos todos acompanhando e apreciando o nosso SubmundoHQ.

    Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Falando de artistas filipinos outros grandes destaques produziram material pra ESC, pra citar alguns, Tony de Züniga, Nestor Redondo, Pablo Marcos e Rudy Nebres. "

      Desses nomes, o do Tony DeZuniga é o que mais me chama a atenção. Provavelmente adquiriria sem medo, caso fosse lançado.

      Excluir
    2. E aí, LEPM... blz?

      Pô, mto obrigado mesmo por ter curtido esta matéria... Levei algumas boas madrugadas pesquisando e tbm me surpreendi com a quantidade de "conans" q existiam, kkk!

      Engraçado é q o "Brakan" me lembra mais (visualmente falando) o "SLÁINE" (q tbm não deixa de ser outro "conan" genérico, rs):

      https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/81flFqXnd9L.jpg

      Tenho certeza de q "VOLTAR" será uma bela aquisição pra sua coleção... E vc mencionou a "Fortaleza" do Alcatena: essa eu acabei perdendo, infelizmente (não coube no orçamento)!

      Da P&N eu tenho as seguintes edições: "Druuna" 1-3, "Lone Sloane", "Conan" 1-3 (LIVROS), "Sonja" (do Maroto), "Bran Mak Morn" (LIVRO), e agora o "VOLTAR"!

      Tony de Züniga, Nestor Redondo, Pablo Marcos e Rudy Nebres... Q LISTA de artistas de 1º, hein? Sua sugestão de um almanaque com essa galera toda tem meu TOTAL apoio, naturalmente!

      E fique ligado aqui no "subs", pois vou acelerar o ritmo de postagens pra fechar o ano EM DIA com os principais lançamentos do momento, hehe!

      Abs!

      Excluir
  10. Nenhum desses supera Groo, o Errante!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, kkk...

      Faltou o "Groo": q aliás, já enfrentou o próprio "Conan" num crossover, hehe!

      Abs!

      Excluir
  11. Fala Léo, alguns desses bárbaros, eu não conhecia, da DC, achava que o " Guerreiro " do Mike Greel, era o mais próximo de um Conan que a DC tinha, já os bárbaros brasileiros, ao que parece estão em alta, só li o Zamor faz um tempo,e achei legal, esse Voltar me interessa bastante, vou pegar em outra oportunidade(estourei o orçamento na Black Friday), Alcala é um gênio, que tragam mais materiais dos demais mestres da nona arte. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Francisco, bom dia. Enquanto você não tem como pegar o Voltar, apenas para você sentir o gostinho, leia a versão digital. Está maravilhosa; espero que goste:

      https://os5.mycloud.com/public/8a344493-956e-4e49-8539-2fec75029615/file

      Excluir
    2. E aí, Francisco... blz?

      Bem lembrado, amigo... Faltou o "Guerreiro" do Mike Grell nessa lista (uma mistura de "Conan" com "Flash Gordon", kkk):

      https://d1466nnw0ex81e.cloudfront.net/n_iv/600/964533.jpg

      Em tempo... Já tive uma edição especial do "Guerreiro" pela EBAL nos anos 80 (mto legal mesmo)!

      Abs!

      Excluir
  12. Olá meus caros, como vão? Espero que bem. Eu não sei se pode mas se não puder, o nosso ilustríssimo Leo sequer irá aprovar, mas enfim, quem quiser conferir essa obra, Voltar e assim como eu dispõe de parcos recursos, segue o link para baixar essa lindeza... Enjoy!

    https://os5.mycloud.com/public/8a344493-956e-4e49-8539-2fec75029615/file

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... Tudo bem?

      Claro q pode sim, amigo... esse LINK foi mais q bem-vindo por aqui, rs: Valeu mesmo!

      Abs!

      Excluir
  13. HAXTUR, o Conan da coxa fina ?

    Léo, sei que vc é um grande fã do Garth Ennis, tem alguma HQ dele q vc NÃO recomendaria ?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, The What... blz?

      Hahaha: Conan "Tiozão Raquítico", kkk... Mas pior q me deu vontade de ler esse "Haxtur" só pra ver como ele vai se sair nos desafios com esse porte atlético? rs!

      Qto ao ENNIS... Sim, por mais fã q eu seja do irlandês beberrão, a PIOR HQ q eu já li dele foi: "O Milhar" (um arco do "Aranha" tirado da série: "Tangled Web" - saiu aqui pela panini no mix da mensal do aracnídeo e é RUIM demais da conta, rs)!

      Abs!

      Excluir
  14. Vou postar lá no grupo do Face algumas imagens do Taar - O Rebelde do Jaime Brocal Remohí. Acho o traço dele fantástico e infelizmente pouca gente conhece o artista. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Pateta... blz?

      Vc tá lá no grupo do "subs" no face? Fico no aguardo então das imagens desse "Taar", amigo: q eu realmente nunca ouvi falar, rs!

      Abs!

      Excluir
  15. Beleza, Leo?

    Esse provavelmente é o melhor lançamento dessa editora. Alcala é um dos top 20 melhores desenhistas pra mim e é uma pena que exista tão pouco material 100% desenhado por ele aqui. Tem as histórias que ele desenhou para o Conan sozinho que sairam em ESc 69 e 70 (historia longa). E 3 de tamanho padrão do Conan que sairam em ESc 63, 73 e 128. É pouco, mas que bom que existam.

    Nessa época tinha tantos mestres do preto e branco. mas infelizmente a maioria deles desenhou no maximo 1 ou 2 historias do Conan sozinhos.

    Que bom que esse material veio, vai preencher um pouco da lacuna que existe aqui feito pelo Alcala. Dizem que Voltar é um bom material e estou curioso para ler. Ao que parece existe possibilidade de sair mais dele num futuro, pois estão recuperando arquivos antigos. Ainda não comprei a edição do Voltar, pois coloquei na frente prioridades meio atrasadas (Conan Omnibus vol 1 da Mythos). Mas comprarei mais pra frente.

    Descobri a misteriosa historia longa de Fantasma Cronicas 8. Vai ser o clássico O templo do terror (mas agora vai sair com o nome original, diana, a aviadora). Essa historia é um top 10 ou 20 do Fantasma e chegou a sair na famosa coleção de 16 numeros de uma editora la fora. Claro que faltou algumas outras das melhores nessa coleção, como a Saga do casamento por exemplo. Essa historia de cronicas 8 da Mythos se passa exatamente antes do Tesouro do Fantasma que saiu aqui pela Pixel. A Mythos poderia colocar informações mais exatas em seu site.

    E finalmente eles voltaram a mirar em historias longas do Fantasma clássico. Elas são as melhores, pois o Falk tinha tempo de desenvolver. Essas dos anos 30,40,50 chegam a ser melhores ate do que muitas da Marvel e DC da mesma época. Tinha uma seriedade e reviravoltas cinematograficas.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa! Estava curioso pra saber também...

      Excluir
    2. E aí, Camus... blz?

      De fato, "VOLTAR" é disparado um dos melhores lançamentos do ano em geral (e da editora)... E agora q vc falou, vou até ver se eu tenho essas referidas histórias da "ESC" desenhadas pelo Alcala (eu acredito q sim)!

      E é isso mesmo... Já vi numa live os caras falando sobre trazerem mais material clássico do "VOLTAR" (justamente por estar em recuperação digital): Imagino q o desempenho de vendas desta edição atual seja vital pra q esse futuro lançamento se concretize, hehe!

      E obrigado pelas informações sobre as "Crônicas do Fantasma 8"... Eu já peguei a edição, mas ainda não tive tempo pra dar uma olhada nela e escrever aqui no blog a respeito (o site da Mythos é mto fraco pra informações nas sinopses mesmo - Isso QDO tem sinopse, pois mta coisa lá no site deles sequer tem qq explicação a respeito)!

      Seja como for, continuo bastante satisfeito com as revistas e especiais do "Fantasma", pois finalmente estou conseguindo ler e acompanhar algumas das melhores HQs clássicas do personagem (nem preciso dizer q "crônicas" é uma das minhas revistas favoritas entre todas q coleciono, né)?

      Abs!

      Excluir
    3. Leo

      Se voce não tiver essas ESC feitas totalmente pelo Alcala, acho que voce as consegue facil na internet. Vale pelo valor historico, pois sabemos que existe pouco feito inteiramente pelo artista aqui. De uma olhada no site da Loja Corsaria.

      Curti o levantamento que voce fez dos "Clones" do Conan. Curioso ver que ate na ESC clássica rolava historias curtas com uns barbaros a La Conan inventados pelos roteiristas kkk Acho que todos tentaram emplacar um novo Conan. Eu fico puto com essas, pois podiam trazer mais Solomon Kane ou mais historias da Valeria, que eu sou apaixonado.

      Cronicas do Fantasma é muito bom mesmo, espero tambem que a revista com os classicos do Falk durem muito. Não pude comprar o material atual, mas Cronicas sempre pego quando posso. O site da Mythos carece de informações mesmo. Eu acho que é minimo colocar na sinopse qual é a historia. Eu quando vi que eles iam trazer novamente uma historia longa classica, eu fiquei doido, pois não sabia qual era. E dificulta ainda mais o fato de que as historias do Fantasma sairem aqui com varios nomes diferentes...

      ROGER

      Valeu, Roger!


      Abraço!

      Excluir
    4. Opa... Valeu mesmo pela dica da loja Corsaria, Camus (não conhecia essa loja)!

      Qto aos "Conans" genéricos... Verdade, amigo: A própria "ESC" podia ter adaptado mais coisas do Howard (não sei se chegaram a adaptar todos os contos do "Salomão Kane" pros gibis)? ao invés de tentar criar um "substituto" pro "conan" em sua própria revista, kkk!

      e o "Fantasma"... é bem nessas: não bastasse a falta de informações e poucos sites falando a respeito do personagem, ainda tem o fato das traduções mudarem demais o nome das histórias, rs!

      Abs!

      Excluir
    5. Po gostaria de saber também se o Kane teve todos os contos adaptados. Essa informação to atras um tempo. Eu nao tenho todas as dele, pois eu teria que comprar algumas ESC da epoca que estava em decadencia. Ai complica.

      Eu não comprei o livro antigo dele pois vi varias pessoas reclamando da traduçao. Vou esperar ver se sai um novo, so assim vou tentar fazer as comparações. As adaptações dele geralmente sao curtas, so saiu duas historias longa e muito boas Esc 131,132, 32, 36.

      Abraço!

      Excluir
    6. Oi, Camus... blz?

      Eu tbm não peguei aquele livro do "Kane" pelo mesmo motivo: pessoal reclamando da tradução... Enfim, vou acabar esperando alguma versão da P&N mesmo (de preferência se padronizarem com os demais LIVROS do "Conan" e do "Mak Morn"). Ficaria faltando o "Rei Kull" tbm (q até tá em campanha no Catarse por outra editora - só q em formato widescreen: desisti pq aí já inventaram mta "moda" pro meu gosto, rs)!

      Abs!

      Excluir
  16. O nome original dessa do Fantasma no caso é: Diana aviatrix lost. Aqui vai sair agora como: Diana, a Aviadora Perdida.

    Essa historia ja teve varios nomes diferentes aqui. Estranhão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação, Camus:

      Se tudo der certo, vou tentar incluir essa edição no próximo "Review" aqui do blog (nunca li essa história: nem qdo eu colecionava o fantasma na RGE)!

      Abs!

      Excluir
  17. https://loja.panini.com.br/panini/produto/Comics-DC-Sociedade-da-Justica-da-America-por-Geoff-Johns-Vol-01-DC-Omnibus-107218.aspx

    Não há nada tão ruim que não possa piorar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, L... blz?

      Bah, quase 500 conto na "SJA"... e eu q queria tanto ler esse material na íntegra, mas assim fica complicado, né?

      Abs!

      Excluir
  18. Respostas
    1. Oi, Quiof... Tdo bem?

      Caramba, parabéns pela EXCELENTE matéria e vasto trabalho de pesquisa no LINK acima (recomendadíssima essa matéria: Show de bola mesmo)!

      E só de ler a postagem já dá vontade de ler tbm as histórias do "CROM", rs...

      Abs!

      Excluir
  19. Opa beleza, como sempre mais uma bela matéria sobre material clássico.
    Desde pequeno eu curto barbarismo em ficção, de guerreiros, selvagens, espada e feitiçaria no geral, estamos em um ótimo momento de grandes obras sendo republicadas, esse está na lista para comprar ainda, pelas imagens já fico de água na boca pra apreciar as pranchas lindonas do Alcala, que mal conheço e já considero pacaramba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadão mesmo por ter curtido esta postagem, André...

      Tbm sou fã do gênero desde os 10 anos, qdo minha mãe me levou ao cinema pra ver o FILME do "Conan" (sei q o filme era pra maiores, mas eu pedi mto pra ir ver e naquela época não tinha tanto controle na entrada pros filmes, hehe)!

      Foi um filme MÁGICO... q só empolgou ainda mais os leitores da saudosa "Heróis da TV" (q trazia o bárbaro no mix)!

      Qto ao "Voltar"... já recebi minha edição, mas tá na FILA pra ser lida, rs!

      Abs!

      Excluir

POR FAVOR, LEIA ANTES de POSTAR:

O "Submundo-HQ" é um blog que preza a amizade e a boa convivência entre os usuários... Assim, NÃO serão aceitos por aqui comentários que incluam:

1) Ofensas pessoais e falta de respeito em geral!
2) Manifestações e militâncias POLÍTICAS (de qq tipo)!
3) SPAM e links de divulgação gratuita de compra/venda de HQs!

Obrigado, e seja sempre bem-vindo ao "Submundo"...

Até+

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...