12/11/2016

"TOP 10 - Superman": As Dicas de Leitura do "Super" (Segundo Camus)...

O "Submundo" apresenta... Um "TOP 10" das melhores HQs do "Superman" selecionadas por um colaborador do blog: Thiago Santos, também conhecido por: "Camus"! Esta lista é estritamente pessoal por parte do autor: E foi elaborada de forma honesta e despretensiosa (conforme o gosto e preferências particulares DELE):

"Superman - O Que aconteceu ao Homem de Aço"? (de Alan Moore), "Superman - O Legado das Estrelas", "Superman - As 4 Estações", "Superman - O Homem de Aço" (BYRNE), "Superman - Para o Alto e Avante", "Superman - Para o Homem Que Tem Tudo", "Superman - Olho Por Olho", "Superman - Exilado no Espaço", "Grandes Astros - Superman" (Morrison), e "O Julgamento do Superman"! 

Confira abaixo a lista completa (e as "Menções Honrosas" no final):

1) "Superman - O Que aconteceu ao Homem de Aço"? (de Alan Moore): Escrita antes da reformulação total do universo DC que aconteceu no clássico: "Crise nas Infinitas Terras", esta HQ dá adeus à Era de Prata como sendo a última história do Superman. Ela é o possível fim para o Superman e seu universo particular. Repleta de simbologia e emoção, aqui o Superman é cercado pelos seus principais vilões: Lex Luthor e Brainiac (entre outros) e tem ameaçadas de morte todas as pessoas que são importantes em sua vida. Isolado, tudo se encaminha para uma épica batalha final. O fim da história é um dos mais surpreendentes já feitos. Obra-prima (publicada pela última vez num encadernado de capa-dura e também em: "Grandes Clássicos DC - Alan Moore")!

2) "Superman - O Legado das Estrelas": De Mark Waid, o "Legado das Estrelas" veio para redefinir a origem do Superman para os tempos modernos. Aqui, Waid explora de forma inteligente o passado de Clark Kent antes do mesmo se tornar o Superman. Desde as motivações de Clark se tornar o Superman até o momento em que ele veste o uniforme pela primeira vez e recebe a rejeição da população em geral, reforçada pela campanha difamatória de Lex Luthor. A HQ mostra conceitos diferentes da origem conhecida até então (publicada pela Panini em mini-série e depois encadernada em 2006)!

3) "Superman - As 4 Estações": De Jeph Loeb, a série é dividida em 4 partes (como as estações do ano) e é narrada sob o ponto de vista de vários personagens importantes na vida do herói, proporcionando uma visão geral de cada fase/época vivida por ele. É um ponto de vista diferente da origem do "Super": Trabalhado o amadurecimento de Clark até ele se tornar um dos maiores heróis do mundo. Destaque para o ponto de vista de Lex Luthor e sua visão distorcida do Homem de Aço! (Já publicada na coleção: "Grandes Clássicos DC")!

4) "Superman - O Homem de Aço": De John Byrne, é uma ótima HQ clássica de origem (pós-Crise) que costuma ser considerada "a origem definitiva" do herói. Byrne reformula o Superman mostrando sua formação pelas mãos de seus pais adotivos (Jonathan e Marta Kent) e lhe atribui uma personalidade mais humana. Vemos aqui o 1º encontro com Lois e o inicio da rivalidade com Lex Luthor (reformulado brilhantemente como um empresário manipulador e inescrupuloso). Outro fato marcante é a criação de "Bizarro" por Luthor: Para que o monstrengo desse fim à vida do Homem de Aço! (material publicado recentemente na "Coleção DC" da Eaglemoss)! 

5) "Superman - Para o Alto e Avante": De Geoff Johns e Kurt Busiek, esse é um ótimo arco com o Superman sem poderes e levando uma vida normal. A série explora a rotina de Clark como jornalista ao combater Lex Luthor através de matérias de denúncia. Ameaçado de morte, ele agora precisa voltar a ser o Homem de Aço para sobreviver e deter seus inimigos. Uma corrida frenética contra o tempo se inicia até que os poderes do herói sejam restaurados! A série foi publicada pela Panini em 2007 entre os nº 54 a 57 da revista mensal do Super!

6) "Superman - Para o Homem Que Tem Tudo" (de Alan Moore): História genial escrita por Moore. Ao ganhar um "presente" do vilão "Mongul" (uma planta alienígena que cria ilusão eterna) o Super se vê aprisionado no maior sonho de sua vida. "O poderia querer o homem mais poderoso da terra?" Resposta: "Viver em Krypton com a mulher que deseja, ter filhos com ela, e ver todo o seu povo vivo". Perdido em seus devaneios, somente Batman, Mulher Maravilha, e Robin podem ajudá-lo a sair dessa fantasia sem fim. A HQ foi publicada no mesmo encadernado junto com "O Que Aconteceu ao Homem de Aço"? (e também em: "Grandes Clássicos DC - Alan Moore")!

7) "Superman - Olho Por Olho": Escrita por Joe Kelly, essa história desafia a mente do Superman e seus ideais ao combater a equipe: "Elite", liderada por Manchester Black. Inicia-se então um duelo físico e mental no qual o herói depara-se com reflexões e questionamentos em torno de seus métodos e valores já serem ultrapassados no combate ao crime no mundo atual. A história foi publicada pela Panini no nº 8 da revista mensal do "Superman" (em 2003) e republicada na "Coleção DC - 70 Anos" Vol. 1 (de 2008)!

8) "Superman - Exilado no Espaço": Uma incrível saga iniciada por John Byrne e Jerry Ordway. Superman vai pra outro universo e descobre que o "General Zod" daquela realidade e outros Kryptonianos haviam aniquilado o mundo. Furioso, o Super mata e põe um fim nos criminosos (é a HQ final de Byrne para o herói). Perturbado pelas mortes, o Homem de Aço parte para o espaço e vai parar no Mundo Bélico (onde enfrenta "Mongul"). A série foi publicada apenas em formatinho pela Abril (em 1991) entre as ed. 80-86 da revista mensal: "Super-Homem"! 

9) "Grandes Astros - Superman": Escrita por Grant Morrison (com arte de Frank Quitely), essa obra-prima é um passeio pela cronologia do Homem de Aço. Uma grande homenagem às fases clássicas do herói. O Superman está morrendo: E a partir daí, uma série de aventuras se desencadeiam. Como se fosse um adeus (uma despedida do herói) a história pode ser encarada como sendo outro possível futuro para o Super. O final da saga é surpreendente e bastante emotivo! Gerou um desenho animado e foi republicada várias vezes pela Panini!

10) "O Julgamento do Superman": Escrita por vários roteiristas, esta saga é bem produzida e tem muita ação. Acusado de um crime grave, o Super tem que agir como um fugitivo e unir-se até com anti-heróis do espaço. Seus aliados: Superboy, Super-Moça, Aço, Erradicador, e Centurião Alfa, surgem para ajuda-lo nessa grande batalha contra seus perseguidores e contra o poderoso Super-ciborgue, que foi contratado para capturá-lo! A série foi publicada pela Editora Abril em 1997 nas revistas: "Super-Homem" nº 13-14 e "Superboy" nº 13-14!

Até+

PS: E as Menções Honrosas vão para: "Superman: Entre a Foice e o Martelo" (Mark Millar), "Superman: Pelo Amanhã" (Brian Azzarello), "Superman: Novo Krypton" (Vários), "Superman: O Mundo de Novo Krypton" (Greg Rucka, James Robinson), "Superman: A Morte do Superman/O Retorno do Superman" (Vários)!

139 comentários:

  1. Esse quadrinho do "Grandes Clássicos da DC por Alan Moore" a Panini podia relançar em capa dura, por 100 reais, que eu me esforçava pra comprar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ozy,

      Ela poderia fazer melhor que isso, em 2013 a DC lançou uma nova edição (essa da capa é de 2006) com algumas histórias diferentes, incluindo material da Wildstorm.

      https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/51c1iSTGHrL.jpg

      Só não sei se, poderia estampar o nome do Moore em letras garrafais na capa, pois parece que a relação dele com as "majores" azedou definitivamente.

      Tem outro ponto a se considerar, a Panini mantém em catálogo com reimpressões frequentes em capa dura a "Piada Mortal" c/ novo colorido do Bolland e "Superman: Oque Aconteceu..."

      E uma edição dessas que traz a duas juntas com várias outras pode
      prejudicar comercialmente.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Ozymandias, tive esse encadernado "Grandes Clássicos da DC por Alan Moore" e me desfiz dele após comprar as edições "A Piada Mortal" e "O que aconteceu ao homem de aço". As histórias que tem a mais que são a da Tropa dos Lanternas e do Vigilante são tão bobinhas que não vale gastar dinheiro com isso, acredite. Se fosse você investiria na biografia do Alan Moore: O mago das histórias que saiu pela Mythos, caso ainda não tenha. Roberto Xavier.

      Excluir
  2. Olá Camus e Leo.

    Lista muito boa essa, excetuando oque foi publicado nas mensais, tenho tudo + a menção honrosa Superman Entre a Foice e o Martelo.

    E para completar o Top 10, colocaria Reino do Amanhã (que é uma história onde o ele é o principal), Superman: Guerra dos Mundos, uma alternativa da Mythos em que o Super da Era de Ouro enfrenta a Invasão Marciana de H. G. Wells e o primeiro Superman vs. Homem-Aranha da EBAL.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  3. Olá Leo e Camus,

    Muito boa a seleção. Li quase tudo que está na lista, e senti falta de Identidade Secreta (Busiek e Immonen) que saiu como minissérie pela Panini. É um elsewhere, mas curti bastante a história.

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
  4. blz leo?
    blz camus?

    nem gosto muito do supernem mas neste top 10 tem algumas HQs de primeira que tb gosto muito.
    o que aconteceu com o homem de aço?
    para o homem que tem tudo (acho esta a melhor de todos do super)
    grandes astros
    quatro estações
    ente a foice e o martelo
    nunca li a do manchester black mas gostaria
    o legado das estrelas eu tenho mas nem lembro da historia, talvez ela não seja tão relevante pro meu gosto.
    li recentemente(primeira vez) homem de aço da eaglemoss e não gostei tanto assim, talvez minha expectativa tenha sido grande demais, o byrne é um dos meus preferidos(texto e arte) e achei que este trabalho é inferior a outro que gosto dele(quarteto, mini do omac, os dois grupos de vingadores, hulk.
    as outras tres HQs citadas num li e não tenho vontade nenhuma.
    das minhas preferidas ainda citaria identidade secreta.
    a edição gigante do ross tb é lagal
    os piores do mundo é hilária acho esta edição altamente recomendável só que ela não é exclusivamente do super.
    das que eu lembro são essas.

    abraços

    ResponderExcluir
  5. Gostei dessa lista! Principalmente pelo da saga "Exilado no Espaço" que faço um adendo, ela se inicia no número 79 e termina no 88. Essa primeira série em formatinho da abril havia muitas histórias ótimas que, infelizmente, não ganharam edições compiladas. Considero o filé da edição 33 (Superman versus monstro do pântano do Alan Moore) até a edição comemorativa número 100 (a história em que o Super leva uma tremenda sova do Lobo). Mas, cara, essa sequência de numeração tem a saga da "Aberração Cósmica", a fase do John Byrne, Jerry Ordway, George Pérez (meus desenhistas favoritos do Super de todos os tempos) o período em que o Predador fica paralítico, mais outras tantas histórias marcantes. Infelizmente, não tenho essa fase em formatinho. Um tempo atrás um brother se desfez de todos os formatinhos dele doando a uma biblioteca. Como fiquei triste por ele não ter me avisado que iria fazer isso para que eu pedisse uma "doação" com essa revistas. kkkkk. Pra mim a melhor fase do Super foi os anos 80 depois disso ele até teve um fôlego com a "morte" em 1992, mas, depois disso está tecnicamente no time B de super-heróis com histórias relevantes. Roberto Xavier.

    ResponderExcluir
  6. Putz...só 10 !!!! Eu queria mais rs rs
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Boa lista. Só não li No Espaço e essa do Julgamento. No lugar colocaria Paz Na Terra e Entre A Foice e o Martelo.

    ResponderExcluir
  8. "Esse quadrinho do "Grandes Clássicos da DC por Alan Moore" a Panini podia relançar em capa dura, por 100 reais, que eu me esforçava pra comprar."


    E aí, Ozymandias... blz?

    Eu sempre achei q a Panini devia ter relançado essa ed. do Alan Moore tbm... Eu comprei logo q saiu e esgotou rápido (mtos leitores ficaram sem)!

    Ela é boa pq juntou TODAS as histórias q o Moore fez pro Universo DC (tirando as séries da Vertigo, é claro)... Tem até a "Piada Mortal" aí e as 2 HQs do "Superman" citadas no "TOP 10" do Camus! É um dos encadernados mais 100% aproveitáveis já lançados pela Panini, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. "em 2013 a DC lançou uma nova edição (essa da capa é de 2006) com algumas histórias diferentes, incluindo material da Wildstorm."


    E aí, VAM... blz?

    Eu não conhecia essa nova versão da compilação de HQs do Moore... Mas te confesso q não gosto das histórias dele pra "Wildstorm": Cheguei a comprar aquele encadernado q saiu da wildstorm (com tudo do Alan Moore) e passei adiante, pois considerei uma das piores coisas q já li do Moore, rs!

    Mas vc tem razão... A Panini preferiu republicar todo o material da DC em separado depois ("Piada" e "O Q Aconteceu" são 2 exemplos de encadernados q saíram em separado depois e venderam tanto q tiveram de ser reeditados pelo menos 2 vezes)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. "As histórias que tem a mais que são a da Tropa dos Lanternas e do Vigilante são tão bobinhas que não vale gastar dinheiro com isso, acredite."


    Verdade, Roberto...

    Eu até gosto dessas histórias, mas concordo q não vale a pena correr atrás desse encadernado SÓ por elas... Acho mais negócio então peneirar descontos na "Piada" e "O Q Aconteceu" (q podem ser encontrados mais facilmente nas livrarias - e q já trazem o MELHOR do Moore na DC)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. "Lista muito boa essa, excetuando oque foi publicado nas mensais, tenho tudo + a menção honrosa Superman Entre a Foice e o Martelo."


    E aí, VAM... blz?

    Mto boas as suas sugestões tbm pra um "TOP 10" do Super... Essa "Guerra dos Mundos" eu tenho (foi um "What If" da DC, rs): E foi genial mesmo terem botado o Super da Era de Ouro enfrentando a clássica invasão alienígena de H.G. Wells!

    Eu não li todas essas ed. da lista do Camus (li apenas a metade)... Mas o meu "TOP 10" (particular) teria sido BEM diferente: Eu incluiria mais coisas da EBAL q eu li na época e q eu adorava: Especialmente um quebra com o "Bizarro" na fase em formatinho colorido da Ebal. Acho q eu listaria tbm o nº 1 do Super pela Abril (uma excelente seleção de histórias pra um nº 1)... Mas da lista acima eu manteria tbm as 2 do Alan Moore e a do BYRNE!

    Abs!

    ResponderExcluir
  12. "Muito boa a seleção. Li quase tudo que está na lista, e senti falta de Identidade Secreta (Busiek e Immonen)"


    E aí, Carlos... blz?

    Essa da "Id. Secreta" eu nunca li, mas anotei a sua sugestão tbm e vou ver se encontro pra baixar... Essas listas de "TOP 10" de qq herói sempre vão mudar bastante de leitor pra leitor, pois vai depender daquilo q cada um leu (tem mta coisa boa q eu não conheço e q não posso avaliar enquanto não tiver a oportunidade de ler o material)!

    É por isso q eu gosto dessas listas de favoritas... Pois a gente sempre acaba aproveitando várias dicas e sair correndo atrás dos gibis depois pra conferir, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. "a edição gigante do ross tb é lagal"


    E aí, gustavo... blz?

    Bem lembrado... Eu ainda não parei pra elaborar direito um "TOP 10" do Super, mas acho q eu tbm incluiria essa gigante do Ross (Paz na Terra) entre as melhores, pois ela sintetiza perfeitamente o conceito do "Superman": E mostra q nem mesmo ele (com todos os seus poderes) consegue vencer os males da vida real q afligem a humanidade... Especialmente; A FOME e a ambição/crueldade dos homens! É uma luta perdida mesmo pro ser mais poderoso da Terra (o q só torna ainda mais brilhante essa HQ)!

    Já as 2 do Moore eu colocaria CERTO entre as minhas favoritas: São 2 histórias q tbm representam mto bem o personagem (e o espírito da Era de Prata): São histórias pra ler e reler várias vezes!

    "Legado das Estrelas" eu tbm nunca li... Mas a ed. do BYRNE eu gostei (só fui ler essa agora qdo saiu pela Eaglemoss): Me deu vontade de seguir lendo a fase inteira do Byrne na sequência, rs. Talvez (quem sabe) vc tenha ido com expectativa demais pra ler essa fase: A graça dela (a meu ver) é justamente ser leve e despretensiosa q nem as histórias pré-crise (só q com sacadas mais legais - e não tão ingênuas como os gibis "engraçadinhos" dos anos 50 e 60)!

    Já os "Piores do Mundo" eu tenho, mas considero mais um gibis dos DUENDES (Myx e Bat-Mirim) do q do "super" propriamente dito, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. "Pra mim a melhor fase do Super foi os anos 80 depois disso ele até teve um fôlego com a "morte" em 1992"


    E aí, Roberto... blz?

    Essa fase do Super nos anos 80 eu sempre ouvi falar mto bem, mas conheço mto pouco dela (pois não acompanhei os formatinhos dele na Abril - só colecionava os da Ebal)!

    Lamento mto o fato de não encadernarem com mais frequência as HQs e sagas dessa época: A Panini meio q mantém um certo foco apenas num tipo de material do Super (republicam demais as mesmas coisas já "manjadas": q são boas, mas q quase todo mundo já conhece). Eu fiquei mto curioso agora pra ler algumas HQs desse "TOP 10", tipo o "Exilado no Espaço" (só q é pouco provável q republiquem esse material)!

    Pelo menos a coleção de "Lendas" da Panini promete reviver alguns clássicos (parece q a fase do Gil Kane será a próxima do Super)... E qto ao "Exilado", a numeração com início e fim da saga eu tirei do "Guia dos Quadrinhos" (de repente o q saiu antes e depois possam ter sido ganchos, prelúdios, e repercussões da saga: é uma possibilidade, de repente)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  15. "Putz...só 10 !!!! Eu queria mais rs rs"


    E aí, Fábio... blz?

    Tbm achei pouco apenas 10 HQs do "Super" pra esta postagem, rs... Se bem q as "Menções Honrosas" tbm engordam mais um pouquinho a lista de dicas e sugestões de leitura (sem falar nos comentários acima, onde a galera tbm recomendou várias outras histórias q merecem uma conferida)!

    Agora pro ano q vem (junto com as mudanças de visual e plataforma do "Submundo")... Prometo q farei do "TOP 10" uma coluna regular do blog: Essas do Camus (Batman e Superman) foram uma espécie de "teste" pra eu avaliar a repercussão de uma coluna assim de forma mais frequente. Assim, já ando planejando as próximas matérias de "TOP 10": "Aranha", "4F", "Conan", "TEX", e "Pato Donald" (só pra "começar", rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  16. "Boa lista. Só não li No Espaço e essa do Julgamento. No lugar colocaria Paz Na Terra e Entre A Foice e o Martelo."


    E aí, Renan... blz?

    Eu tbm não li essas 2 ("Espaço" e "Julgamento")... E certamente incluiria a "Paz na Terra" entre as minhas favoritas!

    Já a "Foice" eu achei uma ótima HQ (li em scan) e pretendo comprar qdo for republicada ano q vem (pela Eaglemoss)... Mas ainda não entraria no meu "TOP 10" (pessoal)! Em comum com a lista do Camus, eu manteria apenas as 2 ed. do Alan Moore e a do Byrne!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. Oi Leo!

    Parabéns a você e ao Camus pela matéria!

    Se tem uma pessoa que torce para que este material do Super no espaço seja republicado por aqui num formato e papel decente, este sou eu. Este material é excelente!

    Infelizmente, a grande maioria dos materiais aqui citados eu não tenho na coleção devido ao fato de que nos anos 80 e 90 eu não tinha muita verba para comprar HQs, e no início dos anos 2000 eu comprava muito material da Marvel e priorizava muito mais que hoje os lançamentos relacionados ao Batman, e acabei "renegando' o Super para escanteio injustamente.

    Mas, isto está sendo corrigido com a coleção DC da Eaglemoss que está trazendo grande parte dos materiais do Super aqui listados e ausentes na minha coleção!

    Entre as menções honrosas eu vi o "Superman - Pelo Amanhã", que infelizmente eu considero uma das HQs mais decepcionantes do herói, e na minha opinião só vale pela arte do Jim Lee, mas esta é apenas a minha opinião pessoal!

    Eu teria incluído entre as menções honrosas a esquecida e controversa saga "Solo' de JMS e a saga "Sacrifício" de Greg Rucka, onde a Mulher Maravilha é forçada a enfrentar o Superman dominado por Max Lord!

    Leo, ficou sabendo que "O Reino do Amanhã" saiu como a edição de n° 90 da expansão da Eaglemoss na Alemanha?

    Acho que também sairá aquela série "O Reino",(na parte II) publicada pela Abril na série Premium:

    http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/superman-1-serie-n-7/sm00301/8161

    Este mês vai sair também "Crespúsculo Esmeralda' uma das melhores edições da coleção, trazendo também a primeira aparição do Mongul!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. "Se tem uma pessoa que torce para que este material do Super no espaço seja republicado por aqui num formato e papel decente, este sou eu. Este material é excelente!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Eu fiquei mto curioso e interessado em ler essa saga do "Super no Espaço"... Mas lamentavelmente, é o tipo de material q a Panini relega em publicar (eles preferem reprisar basicamente as mesmas ed. do "Superman" há anos - Já é um milagre a coleção de "Lendas" ter trazido a fase do García-López e promete pro ano q vem: a do Gil Kane)!

    Nesse ponto, falta mais ousadia por parte da Panini em buscar trazer HQs mais diferenciadas do "Super" pra publicarem aqui (essa saga do "espaço" seria perfeita, pois é uma série mais rara e vista apenas em formatinho no Brasil)!

    Sou outro q tem (ou já leu) apenas metade das HQs listadas neste "TOP 10" do Camus... A outra metade eu nunca li, mas achei interessante e vou correr atrás (nem q seja pra baixar em scans)! O legal nessas listas de "favoritas" é q a gente aproveita mtas dicas e sugestões de HQs q não conhecemos e q são excelentes pra determinados leitores!

    Se EU (particularmente) fosse fazer um "TOP 10" do Super... Minha lista seria bem diferente (pois meu gosto pessoal tende a buscar mais referências nos clássicos). Imagino q meu "TOP 10" incluísse: As 2 HQs do Alan Moore e a do Byrne (essas 3 é certo q eu teria em comum com o Camus). Mas depois eu acho q teria: "Reino do Amanhã" (com o super velhão do futuro), "Paz na Terra" (Alex Ross), um confronto com o "Bizarro" q eu tinha pela Ebal (e q eu adorava), O "Mundo de Krypton" (ed. especial da Ebal com o Super contando "causos" de Krypton pra Supergirl), e o "Superman" nº 1 (da Abril). Fora isso, eu teria q pensar com mais calma quais ed. completariam a lista (é difícil escolher só 10, rs)!

    Ah, e mto obrigado pelo aviso sobre: "O Reino",(na parte II) publicada pela Abril na série Premium... Nunca li essa, mas parece legal pela capa do LINK (e gosto mto de revisitar o mundo futurista do "reino")!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. Direito de Nascer na frente d'O Homem de Aço. Isso é forçar a amizade...

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Leo!

    Em primeiro lugar quero PARABENIZAR ao Camus pela iniciativa dessa matéria, pois ADOREI!!!!!!

    Que VENHAM mais publicações de "TOPs 10" aqui no Blog!!!!!!!

    O TOP 10 que o Camus elaborou ficou ótimo! Mas infelizmente, até hoje eu só li metade dos materiais citado por ele nessa publicação!

    Mas como é natural, cada leitor possui particularidades e gostos diferenciados!
    Por isso para mim, a melhor história do "Super" já lançada até hoje foi "GRANDES ASTROS - SUPERMAN"!!!!
    O trabalho que o Grant Morrison realizou nesse arco de histórias ficou MANIACAMENTE BRILHANTE!!!!!

    O roteiro explorando elementos da "ERA DE PRATA" da mitologia do Superman, abordando ficção científica, aliada a MAGNÍFICA arte do Frank Quitely, consolidou essa obra como uma verdadeira DECLARAÇÃO DE AMOR ao personagem!

    A Lois Lane desenhada pelo Frank Quitely em "GRANDES ASTROS - SUPERMAN" ficou mesclada por uma feminilidade monstruosamente sensual!!!! Adorei!!!!!

    E a forma como Morrison encerra essa história... foi GENIAL!!!!!!!!

    Abs!!!!!

    ResponderExcluir
  21. E aí, Leo? Blz?

    Desse top 10, não tenho quase nada. Só O Homem de Aço, Grandes Astros e O que Aconteceu. Tenho também a edição enxuta da Morte da Eaglemoss. O Super Homem nunca foi um personagem que dei a atenção devida.sempre comprei muito mais coisas da Marvel, privilegiando Homem Aranha. Faz poucos anos que mudei essa perspectiva e estou comprando um pouco de tudo. Perdi muita coisa boa. Mas colecionar é isso: nunca da pra ter tudo. Abraço!

    ResponderExcluir
  22. Obrigado a todos por estarem curtindo a lista! Vou tentar responder o que todos falaram aqui mesmo pra não lotar o blog com respostas minhas kk

    Não sou um fã do Superman, mas gosto muito do personagem e de seu universo. Como li muita coisa dele conversei com o Leo sobre fazer a lista. O legal dessas listas são as diferenças mesmo de um leitor para o outro (minhas listas são bem diferentes da maior parte que se vê pela net kk). E também pode ser uma ajuda de material acima da média pra quem está correndo atrás do personagem. Fora a troca de informações e dicas entre todos nós.

    Só acho uma pena que parte desse material talvez nunca saia em encadernados por aqui, e fica dificil conseguir algumas delas mesmo por terem sido publicadas só em formatinho pela ED.Abril. É o caso do Super Exilado, por exemplo, que é um ótimo material, épico, mas acho que a Panini não vai trazer pra cá.

    O material do Superman dos anos 80 é muito bom mesmo e o do começo dos anos 90 também. Os formatinhos da Ed Abril que publicavam essas épocas são muito bons. Acho que essas foram as melhores fases do Superman. A Panini podia republicar Exilado, Ameaça da Kryptonita Vermelha (Super homem 105 a 106 Ed Abril), Lexcorp versus Cadmus (saga da destruição de Metrópolis), e outros! Mas como o Leo disse, acho que a editora só se interessa em republicar as mesmas coisas.

    Se o melhor do Batman está nos anos 70, 80 e no ano de 1990 até 1991 (também gosto muito da fase do Chuck Dixon durante os anos 90, que é boa no geral), o melhor do Superman está nos anos 80 e começo dos anos 90.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Super Astros comprava com gosto na época do seu lançamento. Como pode ver, não há nada do 52 e duvido que exista numa futura lista

    ResponderExcluir
  24. Olá Amigos,

    excelente post, parabéns ao blog e ao Camus!

    Se me permitem, gostaria de dar meu top 10 tb, rsrs:

    1) Para o homem que tem tudo - narrativa incrível, foi muito marcante p/ mim, é uma história forte!

    2) O que aconteceu com o homem de aço - Alan Moore não teria como não ficar no topo p/ mim, eheh

    3) A chave do holocausto - publicado aqui em Super-Homem 02 da Abril c/ arte de Jim Starlin, 1a aparição do Mundo Bélico! (bons tempos quando chamavam ele de Super-Homem e não Superman...)

    4) Fase John Byrne TODA!!!

    5) Revista Jimmy Olsen Amigo do Super-Homem - o título fazia parte do 4o Mundo de Kirby, onde foi apresentado o Projeto Cadmus (Jack Kirby, precisa dizer mais?)

    6) Fase Len Wein com arte de Curt Swan - se o Super-Homem existisse, seria assim!

    7) Lex Luthor Homem de Aço - ok, o Super é coadjuvante mas o foco é sobre ele, c/ outro ponto de vista

    8) Entre a Foice e o Martelo - apesar de alternativa é a visão do Super como ele deveria ser no universo regular

    9) Grandes Astros Superman - só não está mais alto pq é recente, falta o teste da perenidade, mas é espetacular!!!

    10) Gerações de John Byrne - é uma belíssima homenagem ao legado de Batman e Superman ao longo de todas as eras dos quadrinhos.

    Menção honrosa no meu caso vai pro Retorno do Super-Homem (a Morte achei fraco, mas essa foi incrível c/ o novo Superboy, Aço, Superciborgue, uma carrada de novos personagens!) e "Exterminador do Futuro" - encontro com OMAC c/ arte de George Perez, saiu em Super-Homem 23 da Abril.

    OBS: a história citada da Supergirl da fase John Byrne saiu na saudosa revista SuperPowers #17 (Ótimo!!!)

    Grande Abraço,

    Timóteo - Salvador, BA

    ResponderExcluir
  25. Muito bacana, Leo. Continue trazendo gente pra fazer suas listas pessoais pra debatermos aqui. Assim a gente vê os gostos e compara.

    Alguém aí já falou de Identidade Secreta de Busiek e Immonen que é muito boa.

    Eu colocaria o MUNDO DE KRYPTON, especial em formatinho com roteiro de Byrne e arte de Mignola que saiu pela Abril.

    Outra história que gosto muito e é recente é Lex Luthor, de Azzarello e Bermejo. Superman é só um coadjuvante mas o conto é muito bem feito.

    ResponderExcluir
  26. Fala Leo...Quando tem um autor que saiba trabalhar com ele, o Super e imbativel.. Eu escolheria uma da EBAL onde ele descobre que a explosao de Krypton foi obra de um tal Zero Negro, um terrorista intergalatico e agora ele quer fazer a mesma coisa com a Terra e esta preparado pra enfrentar o Super.// Dai ele tem que libertar Jax Ur da Zona Fantasma para ajuda-lo. Zero Negro bombardeia Jax Ur com Kryptonita vermelha, que causa mutacoes inesperadas em kryptonianos . Quando tudo parece perdido para o Super e para Terra, Jax Ur se transforma numa especie de Gorgona e Zero Negro acaba como pedra, sendo dai destrocado por Jax Ur../ Historia excelente e dramatica

    Apoio incondicionalmente a repubicacao da Saga do Super no espaco.

    Tambem tenho que falar da excelente adaptacao da historia Para o Homem que Tinha Tudo na Liga da Justica Sem Limites, roteirizada pelo nao menos excelente JM de Matteis ( um dos meus Autores favoritos ) e da cena quando o Super sai do transe e comeca a espancar Mongul, dizendo que pra ele foi tudo real, foi como perder um braco, etc. O Momgul, com a boca escorendo sangue, da um sorrisinho e pergunta : " voce sofreu ? " ../ Muito foda.../

    Abracos e felicidades a todos os leitores

    Luiz Henrique Trompczynski

    Dentro do onibus pra Terra Rica

    ResponderExcluir
  27. Um detalhe o arco Superman - Olho por Olho foi também adaptado em um filme animado chamado "Superman contra a elite" que ficou muito bom tbm. A história "Para o Homem q tem Tudo" foi adaptada sem o Robin nos extinto desenho da Liga da Justiça e se esse arco q o Clark vai parar no planeta do Mogul for o q ele vira uma espécie de gladiador tbm foi recriado nesta msm desenho. São algumas coisinhas q sei é q servem de dica pra quem curte animações

    ResponderExcluir
  28. Olá leo!blz?
    Só pra contribuir,a despeito de não ser do super e de fazer parte de um Run contestado pelos fãs, acho bem interessante as histórias escritas pelo james Robinsom pro mon-el!como sempre ele esclareceu/arrumou a bagunça que era o passado do personagem!com a elegância costumeira!e não consigo imaginar uma lista top do super sem kingdon come!é isso!

    ResponderExcluir
  29. Fala, Léo!
    Olha, gosto muito de listas, pois são no mínimo reflexivas!
    A tendência natural e instintiva é considerar a lista boa, se você concorda com muitos elementos da mesma! Se a lista te causa "estranheza" pelo desconhecido ou polêmico, ela não é boa.

    Sobre esta do Superman, achei excelente!
    Pois apesar de gostar e ler HQs há mais de 30 anos, conheço pouco do Superman, e destas citadas na lista, já havia lido as do Moore e alguma coisa do Byrne (no padrão Abril). Então pelo visto, o pouco que conheço é muito bom!
    Tenho a All Star na pilha de leituras maldita.

    E por outro lado, há muito material bom deste personagem, baseado nestas indicações! Me recordo de 03 edições gigantes da Ebal, que gostava demais, Superman Vs. Aranha, Ali e Capitão Marvel!
    Destas, só o encontro com Ali foi republicado à altura (Panini).

    E espero que haja sequência nesta coleção Lendas.

    (Acho que o comentário anterior não foi registrado, por isso a possível repetição)


    Que venham novas listas, organizadas por ti ou pelos colaboradores!

    abs.

    ResponderExcluir
  30. Eu lembro de uma estória,que mostrava um Superman mais velho vivendo em um mundo que não
    precisava mais de sua ajuda. Essa história saiu no Brasil,há 30 anos atrás.

    ResponderExcluir
  31. Boa lista no geral, mas acho que "Pelo amanhã" não merecia menção honrosa não, e sim menção horrorosa rs...É uma das piores histórias do SM fácil!

    ResponderExcluir
  32. "Direito de Nascer na frente d'O Homem de Aço. Isso é forçar a amizade..."


    Gosto é gosto, rs... Mas eu (falando por mim) ainda colocaria a 2º do Moore (Para o Homem Q Tem tudo) na frente do Byrne (q ficaria em 3º lugar no meu ranking)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  33. "Que VENHAM mais publicações de "TOPs 10" aqui no Blog!!!!!!!"


    E aí, Marcio... blz?

    Valeu mesmo por ter curtido a matéria! E Com certeza virão MAIS "TOP 10" pela frente sim... O Camus estreou essa coluna (q será fixa e regular) aqui no blog (1º com o "Batman" e agora com o "Superman") e as próximas serão de minha autoria. Aliás, já tô preparando 5 ao mesmo tempo: "Aranha", "4F", "Conan", "Tex", e "Pato Donald", rs (todas pro ano q vem - depois q eu botar outros posts atrasadíssimos em dia, hehe)!

    O legal é exatamente isso q vc falou: Q cada leitor tem seus próprios gostos pessoais e dificilmente uma lista de favoritas será igual à outra... Até pq, nem todos nós lemos as mesmas coisas sobre determinado personagem e um "TOP 10" depende mto tbm da bagagem de histórias q um leitor teve acesso sobre o referido herói!

    Eu, por exemplo, não li mta coisa do "Superman"... E portanto, se eu fizesse um "TOP 10" dele ficariam faltando várias HQs importantes q eu nunca li (e q teria de excluir da lista por conta disso)! Aliás, dessa listagem do Camus eu tbm li apenas a METADE!

    Abs!

    ResponderExcluir
  34. "O Super Homem nunca foi um personagem que dei a atenção devida.sempre comprei muito mais coisas da Marvel, privilegiando Homem Aranha."


    E aí, Leo... blz?

    Eu tbm nunca fui mto fã dos gibis do "Super" (embora eu gostasse mto dos 2 primeiros FILMES dele - q eu achava as melhores adaptações de HQs pras telas: Por sinal, ainda acho a mesma coisa: Nenhum filme atual bate esses 2 clássicos do Super, na minha opinião pessoal - em termos de efeitos tudo bem, mas não em emoção e clima ÉPICO)!

    Porém, de uns tempos pra cá... Tbm andei variando minha gama de interesses em quadrinhos, e voltei minha atenção pra personagens da DC q eu vinha relegando nas últimas décadas. Assim, tenho comprado algumas HQs-chave do "Super": A ed. do BYRNE (Eaglemoss) e as "Lendas" (do García-López)... Pretendo ir além com outras ed. dele q forem saindo daqui pra frente!

    Abs!

    ResponderExcluir
  35. "A Panini podia republicar Exilado, Ameaça da Kryptonita Vermelha (Super homem 105 a 106 Ed Abril), Lexcorp versus Cadmus (saga da destruição de Metrópolis), e outros! Mas como o Leo disse, acho que a editora só se interessa em republicar as mesmas coisas."


    E aí, Camus... blz?

    Antes de mais nada, te agradeço pela colaboração aqui no blog com essa lista do "Super"... Pois sua listagem me trouxe algumas dicas mto boas de HQs q eu nem tinha ouvido falar direito e q agora me despertaram o interesse de correr atrás (nem q seja em scans)! Acho q esse é o principal objetivo de uma lista de "TOP 10": Servir como sugestão pros demais leitores buscarem conhecer mais a respeito do personagem (mesmo q nem sempre os gostos de leitura sejam os mesmos entre todos nós)!

    E vc tem razão sobre o fato da Panini estar perdendo a chance de republicar materiais mais raros e menos óbvios (manjados) do "Super"... Tirando a coleção de "Lendas" (q trouxe a fase de García-López) o q vemos por aí é sempre o mesmo arroz-com-feijão de sempre (daqui a pouco a Panini republica de novo o "Grandes Astros" ou a "Morte do Super", rs)!

    Pro "Superman"... Acho q falta mais OUSADIA na escolha do material a ser publicado pela Panini!

    Abs!

    ResponderExcluir
  36. "Como pode ver, não há nada do 52 e duvido que exista numa futura lista"


    Verdade, Marcelo...

    Te confesso q tbm nunca vi em nenhuma lista de "favoritos" do Super... qq história ou arco dos Novos 52. Nem mesmo o run do Morrison nos 52 parece ter empolgado os leitores fãs do Homem de Aço!

    Todas as MELHORES histórias q eu vejo serem listadas são sempre do período pré-reboot dos 52!

    Abs!

    ResponderExcluir
  37. "5) Revista Jimmy Olsen Amigo do Super-Homem - o título fazia parte do 4o Mundo de Kirby, onde foi apresentado o Projeto Cadmus (Jack Kirby, precisa dizer mais?)"


    Oi, Timóteo... Tdo bem?

    Brigadão mesmo por ter curtido a postagem e tbm por ter elaborado seu próprio "TOP 10" tbm... Foi mais q bem-vindo e acabei anotando suas sugestões (entre as histórias q vc listou e q eu ainda não conhecia)!

    Essa fase do REI Kirby... Tem uma boa chance de ser publicada aqui pro ano q vem (no CENTENÁRIO de Kirby): Ainda não é certo, mas já se fala em dividir o OMNIBUS do "4º Mundo" (q traria toda essa fase do Super/Olsen do REI): É esperar e torcer pra q esse projeto saia do papel (estou de olho em qq novidade mais concreta a respeito)!

    E agora q vc falou na "Chave do Holocausto"... Eu comprei este ano o "Super" nº 1 da Abril (num sebo daqui) em perfeitíssimo estado de conservação. Porém, rateei em não ter pego o nº 2 junto (faltou verba, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxalá Leo,

      vou rezar pra todos os orixás aqui da Bahia pra que isso se realize. Que sejamos inundados com mto material (raro) do Rei Kirby em 2017!!!

      se um dia tiver a chance de novo, não perca essa Super-Homem 2. Uma das melhores edições dessa revista!

      abs Timoteo

      Excluir
  38. "Eu colocaria o MUNDO DE KRYPTON, especial em formatinho com roteiro de Byrne e arte de Mignola que saiu pela Abril."


    E aí, Lierson... blz?

    Eu tô sempre à disposição aqui pra atender e conversar com novos colaboradores pro blog... Mas a verdade é q o Camus foi o 1º a me mandar listas de favoritas e transformei elas em postagens, rs! Agora pro ano q vem eu devo tornar o "TOP 10" uma coluna-fixa aqui no blog, e de repente a galera se empolga mais em participar tbm!

    Qto ao "Mundo de Krypton"... Não sabia q tinha saído essa ed. pela Abril, mas eu tinha uma de mesmo nome na EBAL (em formato magazine e colorida) onde o Super contava umas histórias estilo "Além da Imaginação" pra Supergirl. Era mto boa e não sei se tem alguma relação com essa q vc falou da Abril?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo,

      Não, isso é já pós-Crise... inclusive teve um tie-in com essa história em Superpowers 16, em uma história também por Byrne e Mignola, onde o Super vai onde estaria Krypton e acaba sendo intoxicado por memórias do mundo.

      Coisa fina mesmo.

      Excluir
    2. Opa... Parece interessante mesmo!

      Pena q é o tipo de material q dificilmente seria relançado de novo (e não ando mto pilhado a sair catando formatinhos em sebos por preços de encadernados formato americano, rs)!

      Abs!

      Excluir
    3. Segue a capa e as edições originais.

      http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/super-homem-especial-n-1/she0301/8398

      Excluir
  39. "Eu escolheria uma da EBAL onde ele descobre que a explosao de Krypton foi obra de um tal Zero Negro, um terrorista intergalatico e agora ele quer fazer a mesma coisa com a Terra e esta preparado pra enfrentar o Super.//"


    E aí, Luiz Henrique... blz?

    Puxa, essa história q vc narrou aí parece ser fodástica mesmo, hein? Se vc lembrar em q revista da EBAL ela saiu eu te agradeço (pois assim posso tentar buscar em scans)!

    Gosto mto de HQs q envolvam ou façam referência à Krypton ou à Zona Fantasma... E essa q vc falou eu realmente não conhecia (valeu mesmo pela dica)!

    Te agradeço tbm pela lembrança da adaptação de: "Para o Homem que Tinha Tudo"... Tenho q assistir esse desenho (um amigo meu tem e vou tentar conseguir uma cópia com ele)! Aliás, li uns boatos há pouco tempo de q essa história tbm seria adaptada em live action na série de TV da "Supergirl" (não sei se é verdade, mas seria mto fóda se fizerem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  40. "Um detalhe o arco Superman - Olho por Olho foi também adaptado em um filme animado chamado "Superman contra a elite" que ficou muito bom tbm."


    E aí... blz?

    Valeu mesmo pelas dicas... Tem várias dessas adaptações pra desenhos animados q eu preciso baixar e assistir!

    Anotei essas q vc falou... e incluí na mesma lista de longas-metragens animados q tbm preciso botar em dia (a começar pela "Morte do Super" - q eu ainda não assisti)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  41. "Só pra contribuir,a despeito de não ser do super e de fazer parte de um Run contestado pelos fãs, acho bem interessante as histórias escritas pelo james Robinsom pro mon-el!"


    E aí, sergio... blz?

    Essas do James Robinson eu não conheço (dizem q vão republicar dele é: "A Era de Ouro" - lá pro ano q vem)... E vou conferir com certeza, pois é outra q sempre me recomendam e perdi qdo saiu pela Metal Pesado!

    Abs!

    ResponderExcluir
  42. "E espero que haja sequência nesta coleção Lendas."


    E aí, Victor... blz?

    Brigadão mesmo por ter curtido essa lista do Camus... Tbm gosto dessas listas de favoritos pq sempre extraio delas algumas boas dicas de leitura (ainda mais sobre personagens q não domino mto, tipo o "Superman" - já q tbm tenho pouca coisa dele na coleção)!

    Aliás... Anote aí: As "Lendas do Superman" (Panini) terão entre suas próximas fases de artistas: Curt Swan e Gil Kane! No caso do Swan, ele tem uma passagem mto extensa pela cronologia do "super" (são mais de 30 ANOS desenhando o Homem de Aço)... E a Panini vai pegar apenas uma parte dessa fase dele (q saiu num tijolão lá fora) e publicar aqui no ano q vem! Ótima notícia essa, hein? (é uma "Visão de 2017" antecipada por aqui, rs)!

    E pode ficar tranquilo q o "TOP 10" será uma coluna regular aqui no blog daqui pra frente... As próximas serão de minha autoria e trarão as 10+ de: "Aranha", "4F", "Conan", "Tex", e "Pato Donald" (tô escrevendo as 5 ao mesmo tempo, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  43. "Superman mais velho vivendo em um mundo que não precisava mais de sua ajuda."


    E aí, Renato... blz?

    Essa eu não conheço tbm... Mas parece ser boa, hein?

    Se saiu há mais ou menos 30 anos, deve ter sido por volta de 1986 então... em algum formatinho da Abril!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A estória se chama o "O Segredo do Ex-Heroi. Saiu em Super-Homem 25,da Abril.

      Excluir
  44. "Pelo amanhã" não merecia menção honrosa não, e sim menção horrorosa rs...É uma das piores histórias do SM fácil!"


    E aí, Denis... blz?

    Essa tá entre as 5 da lista q eu nunca li... Assim: não posso opinar a respeito, mas não é da minha época preferida (gosto mais do "Super" até meados dos anos 80)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  45. "Aliás... Anote aí: As "Lendas do Superman" (Panini) terão entre suas próximas fases de artistas: Curt Swan e Gil Kane!"

    Confirmações direto do X-9, Leo? Ou a Panini já divulgou em algum lugar, companheiro?

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, VAM... blz?

      Um pouco das 2 coisas, brother... rs!

      O Levi confirmou num desses vídeos de youtube alguns lançamentos pro ano q vem... Nada de mto empolgante e vai ter bastante rererererepublicações. Mas entre as poucas coisas interessantes ele falou nas "Lendas do Swan"!

      Aí acionei o "X-9" pra saber maiores detalhes... E descobri q seria material tirado de um tijolão q cobriria apenas uma fase entre os 30 anos do artista desenhando o Super. E por fim, o "X-9" completou com a informação do Gil Kane (essa não foi confirmada e nem falada por nenhum editor - por enquanto)!

      Abs!

      Excluir
    2. Leo, naquelas edições comemorativas dos 70 Anos do Superman, não teve várias histórias desenhadas pelo Swan espalhadas pelas 04 edições, não?

      Penso que o tal tijolão, pode ter sido parcialmente já utilizado nessa coleção e agora a Panini faria o mesmo, completando com mais algumas que ficaram de fora.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Leo... ó oraculo. tudo bom quais serias essas rererererepublicações? Aparece no face... to aguardando com ansiedade desde segunda aquela sua resposta sobre o demolidor. Abraços :D

      Excluir
  46. Léo,otimas noticias!a possivel republicação de the goldem age que é uma das melhores hqs de todos os tempos!e a fase de jimmy olsem do kirby!2 materiais de excelência!tão bons que tô achando dificil a panini lançar por aqui!o negocio deles é morrissom e moore e material de gosto duvidoso!principalmente de tiver filme na parada..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, sergio... blz?

      A fase do Kirby no "Super"... Se justificaria pelo centenário do REI (q a Panini já falou q não deixaria passar em branco no Brasil) e tbm pelo interesse em publicarem algo dos "Novos Deuses" (q tem aparecido bastante em animações da DC e outras mídias). Assim, se a Panini tem mesmo algum interesse no "4º Mundo", ela não teria mta opção a não ser publicar TUDO (já q todas as séries da linha estão interligadas: "Novos Deuses", "Sr. Milagre", "Superman & Jimmy Olsen", e "Povo da Eternidade")!

      Abs!

      Excluir
    2. Olá Leo, a Panini pode fazer o mesmo que a Abril, publicar somente Jimmy Olsen por conta do Superman, e ignorar o resto.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  47. "se um dia tiver a chance de novo, não perca essa Super-Homem 2. Uma das melhores edições dessa revista!"


    Brigadão mesmo pela dica, amigo...

    Vai ser difícil eu encontrar novamente essa ed. do "Super" da Abril em perfeito estado... E mto menos por um preço justo (não pago mais do 10 reais num formatinho: qualquer q seja)! Mas "SE" a oportunidade pintar de novo (com um bom preço) não deixarei passar, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá companheiros,

      O pior é que essas histórias dificilmente serão republicadas no Brasil, visto que somando-as a mais outras cinco, resultam nas 07 únicas edições desenhadas pelo Jim Starlin.

      Se sua contribuição com o Super fosse um pouco maior, a DC até poderia reunir as mesmas num temático dele, mas não sendo é bem difícil.

      Oque ela fez foi reunir essas edições e mais "Para o Homem Que Tinha Tudo" num especial, em 2013:

      http://static5.comicvine.com/uploads/scale_large/6/67663/3507899-01.jpg

      Mas isso só teria chance de sair aqui, se o Mongul aparecesse no cinema.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  48. Olá, amigos. Eu gostaria de comentar duas coisas.

    A saga do Superhomem exilado no espaço é muito boa mesmo, eu pensava q eu era um dos poucos a curtir essa fase, mas q bom q tantos tb gostam. Nela, o Superman é obrigado a virar um gladiador. Sensacional!

    E uma das melhores histórias do Super é de uma cópia dele, o Supremo. Esse pastiche criado por Rob Liefeld, nos primeiros anos da editora Image, teve uma fase enorme q foi escrita por Alan Moore, q é sensacional também.

    Abraços a todos os amigos do Submundo HQ.

    ResponderExcluir
  49. Gustavo Maycá16/11/2016 15:48

    Leo, off topic. Vale a pena o encadernado da panini do darth maul sentença de morte? e do juiz dredd ouvi falar do mutantes em mega city mas e esse encadernado chamado "exílio"?abs

    ResponderExcluir
  50. Essa edição da Panini com "O que aconteceu" + "Homem que tem tudo" é top one do Super.

    Eu vi o episódio do desenho antes de ler "Para o Homem que tem tudo" e já o considerava um dos melhores de toda a série (que tem o nível altíssimo).

    Aliás, acabo de lembrar que uma vez peguei iniciado um episódio da série animada do Batman onde ele acorda com os pais vivos. Achei o episódio sensacional até ver a reprise, pois o começo (que eu perdi) mostra o que realmente estava acontecendo.

    Voltando ao top ten, realmente se depender da Panini é difícil fugir do óbvio. Até "Foice e o Martelo" eles teimam em não relançar (felizmente tenho a mini). O Superman exilado eu só conheço da propaganda nas contra-capas dos formatinhos da Abril.

    Felizmente como toda regra tem sua exceção, fomos agraciados com dois volumes de Lendas do Homem de Aço. E minha memória afetiva agradeceu, pois a história que abre o segundo volume é possivelmente a primeira história de super heróis que li na vida. Eu que só lia Disney, Tintim e Turma da Mônica ganhei esse gibi do meu pai, adquirido provavelmente num saldão da Ebal (ele mora pertinho). Jamais esqueci do recado escrito com o dedão. rs

    PS: Eu até cogitaria escrever um Top Ten dos X-Men, mas depois de reler a história do Aranha com o Wolverine na Alemana, tenho medo de ser traído pela memória afetiva. rs

    ResponderExcluir
  51. Aproveitando...

    Gibis como esse são um dos motivos de eu gostar tanto de quadrinhos. Pode até ser ruim, mas a idéia desse crossover é sensacional:

    www.ew.com/sites/default/files/1468253787/Big-Trouble-in-Little-China-02.jpg

    ResponderExcluir
  52. Aproveitando 2...

    Saíram duas edições de Star Wars com os defuntos do Episódio 1 (Qui-Gonn e Darth Maul).

    Sim, soltei spoilers para quem não viu! rs

    A questão é: eles merecem o selo Submundo HQ "Não saiu na DeAgostini"?

    ResponderExcluir
  53. Fora a fase Moore e as do Byrne, nunca tive muito interesse no "Super". Esse lista, tem as únicas edições que gosto do "Super", exceto o "Reino do Amanhã" ( é claro que não gosto de todas dessa lista ).

    Já faz um tempo que abandonei o "gênero" super-heróis nas HQs. Depois de um tempo, agente conhece mais personagens interessantes e começa a questionar a personalidade de outros. Sei que não é uma das melhores comparações, mas uma coisa é um desenho animado ou filme de super-herói e outra coisa são as HQs, pois em filmes e desenhos, como o tempo para aparições dos vilões é mais limitado, existem menos repetições e exageros que ocorrem frequentemente nas HQs. Um exemplo claro de um problema ( pelo menos para mim ) que existe nas HQs e eu chamo de ""dilema" Batman-Coringa", que é justamente o moralismo exacerbado típico de alguns heróis ( sim, chamo de moralismo porque é muito "utópico" e exagerado ) a qual matam pessoas próximas ao herói, mata centenas de pessoas, não se recupera nunca e não tarda a fugir da prisão ( para quem lê quadrinhos, isso é normal, mas para outros, isso é bem incômodo ). Os super-heróis na maioria dos casos é daqueles "leu um, já leu todos", pois as HQs de super-heróis costumam ter a mesma pegada e ser previsível, diferenciando só em alguns arcos ou fases de alguns artistas que acabam ficando acima da média e principalmente quando forçam a barra para situações mais pesadas só para "incomodar o público" ( sim, um exemplo do "dilema Batman-Coringa" ). Hoje eu estou é tentando passar é longe do gênero e estou focando mais em histórias que passam bem longe disso, atualmente eu só planejo colecionar o "Valente" e o "Barks"; não sei se algum dia vou voltar a ter interesse no gênero, mas eu, junto com outros colegas nerds estamos mudando de foco, e provavelmente o período de alta dos heróis já passou, mesmo que ainda seja grande hoje. Quem sabe no futuro o gênero se renove e volte a se tornar atrativo para o público no futuro... isso só saberemos com o tempo, mas por enquanto o gênero tá morto para mim.

    O motivo inicial de eu entrar aqui foi para pedir que desse mais dicas de livros, pois atualmente estou lendo mais livros e sua bagagem literária é boa pelas suas última recomendações.

    ResponderExcluir
  54. "Segue a capa e as edições originais."


    Opa... Valeu mesmo, Lierson:

    Te confesso q eu nunca tinha visto esse gibi antes (nem mesmo a capa dele): Nem em bancas e nem em sebos... Mas me deu vontade de ler agora (depois de ver a equipe criativa envolvida, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  55. "Leo, naquelas edições comemorativas dos 70 Anos do Superman, não teve várias histórias desenhadas pelo Swan espalhadas pelas 04 edições, não?"


    E aí, VAM... blz?

    Sim, teve várias HQs do Swan nessas ed. comemorativas q vc citou... Mas pras "Lendas" q virão, devem publicar este TP no LINK abaixo (Kryptonita Nunca Mais):

    http://static3.comicvine.com/uploads/scale_small/6/65423/2396837-kryptonitenvrm.jpg

    Só aí tem quase 200 pág... É pouco pra uma coleção de "Lendas". Acredito q devam peneirar mais algumas ed. perdidas do Swan pra completar a 1º formada (e deixar uma brecha pra futuras ed. dele tbm)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seja isso aqui:

      http://vamilustrador.wixsite.com/batdeira/single-post/2016/07/02/BYE-BYE-KRYPTONITA

      Acho que vão manter somente como edição única, Leo.

      Daí se vender bem, pode até ser que deem continuidade com essa peneirada que comentou.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  56. "to aguardando com ansiedade desde segunda aquela sua resposta sobre o demolidor."


    Oi, Clayton... blz?

    Falei contigo no face antes de responder este comentário, rs... Mas reforço aqui aquele convite pra vc postar num próximo comentário o pedido de ajuda pra galera pra vc conseguir aquela ed. do Miller, blz?

    Abs!

    ResponderExcluir
  57. "Olá Leo, a Panini pode fazer o mesmo que a Abril, publicar somente Jimmy Olsen por conta do Superman, e ignorar o resto."


    Oi, VAM... Não sei se seria tão simples assim:

    "Talvez" (hipótese/palpite) a Panini seja "forçada" a publicar todo o conteúdo dos OMNIBUS dos "Novos Deuses"... Já q a última versão do "4º Mundo" saiu compilada com todas as séries q eu citei acima interligadas (uma história pra cada): Incluindo-se aí todas essas do "Jimmy Olsen"!

    Assim... Acredito q nesse caso será: Tudo ou nada, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  58. "Mas isso só teria chance de sair aqui, se o Mongul aparecesse no cinema."


    Bem nessas, VAM...

    Enquanto o "Mongul" não aparecer nas telas (o q ainda pode levar ANOS - "SE" é q vai acontecer um dia)... Tbm acho meio difícil lançarem um temático dele por aqui (quem sabe se for pra aproveitar o NOME do Starlin, mas mesmo assim é pouco provável)!

    Em tempo... Ando pensando em encomendar uma miniatura custom do "Mongul" feita pelo Marck Fraga (ficou show demais)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além desse material do Mongul que saiu em Superman 2 da abril tem algumas outras histórias com o titio Starlin, todas da DC Comics presentes onde o super fazia parceria com outro herói (a exemplo do Aranha na Marvel Team Up) em aventuras com a Hawkgirl e o Omac... Não sei se existem arquivos digitais disso lá fora mas seria uma boa pedida para um Lendas do Superman Jim Starlin.
      Cesar Leal

      Excluir
    2. Olá Cesar, Hankgirl confere. Mas OMAC foi desenhada pelo Pérez.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  59. "E uma das melhores histórias do Super é de uma cópia dele, o Supremo. Esse pastiche criado por Rob Liefeld, nos primeiros anos da editora Image, teve uma fase enorme q foi escrita por Alan Moore, q é sensacional também."


    Oi, Celso... Tdo bem?

    Essa fase do Alan Moore no "Supremo" é mesmo EXCELENTE... Eu tenho ela pela Brainstore (saiu em 3 ed. numa caixa box pra guardar a coleção - no mesmo estilo das "Coleções Históricas" da Panini, rs)! Mas a Devir republicou tudo depois (em formatéco e com mais histórias do q haviam saído pela finada brain)!

    O "Supremo" do Moore é uma homenagem (praticamente uma declaração de amor) do escritor para o personagem na Era de Ouro e Prata! Foi uma boa sacada nessa série os desenhistas se adequarem ao mesmo padrão de arte das diversas épocas em q a trama se passa (emulando o estilo de cada época): Obra-prima mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  60. "Vale a pena o encadernado da panini do darth maul sentença de morte?"


    E aí, Gustavo... blz?

    Ainda não li nenhuma das ed. q vc mencionou: Nem o "Darth Maul" e nem as do "Juíz Dredd"... Voltarei a comentar todas essas assim q chegarem nas bancas daqui (ou se eu tiver acesso à elas de alguma outra forma, blz)?

    Abs!

    ResponderExcluir
  61. "Voltando ao top ten, realmente se depender da Panini é difícil fugir do óbvio. Até "Foice e o Martelo" eles teimam em não relançar"


    E aí, SEMI... blz?

    Essa HQ da "Foice" tem gerado uma novela mexicana nos bastidores das editoras nacionais... A Panini chegou a prometer uma republicação da "foice" há uns 2 anos atrás (em uma entrevista com um dos editores). Mas demorou demais e agora me disseram q é a Eaglemoss quem vai lançar (acho q rolou alguma renegociação entre as 2 - ou coisa do tipo)!

    É esperar pra ver... Mas te confesso q não era minha intenção comprar essa série pela Eaglemoss (eu queria pagar na faixa de uns 20 e poucos pila nela - e não 45)!

    Qto às "Lendas"... Peguei as 2 q saíram do García-López e achei um BOM material (li, gostei, e não me arrependi, rs)! Vou seguir adiante com os próximos artistas do "Super" q virão!

    Abs!

    ResponderExcluir
  62. "Big-Trouble-in-Little-China-02.jpg"


    Porra... Sensacional, SEMI:

    Um crossover entre Kurt Russel X Kurt Russel (em "Aventureiros do Bairro Proibido" e "Fuga de NY"): Pode até ser TRASH ou bizarro: mas não tem como ser ruim, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei quais os critérios, mas ficou em primeiro lugar no ranking de vendas mensal nos EUA (desbancando Marvel e DC).

      Talvez seja um estímulo para sair aqui.

      Excluir
  63. "Saíram duas edições de Star Wars com os defuntos do Episódio 1 (Qui-Gonn e Darth Maul)."


    Gibis com os 2 merdões do "Episódio I", rs... Mocinho de merda e vilão de merda (embora eu goste do visual do Maul, não tem como negar q é - ou "foi" - um LOSER)!

    Enfim... Não tenho certeza absoluta (eu ainda ia pesquisar essas 2 pro "PLANTÃO" da semana q vem aqui no blog): Mas ACHO (mto provavelmente) q ambas sejam inéditas no Brasil (apesar de q eu duvide um pouco q alguma valha o investimento)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inéditas sim... Lí a Qui Gon e apesar de achar um personagem de grande possibilidade - um jedi que não aceita o cabresto do conselho e se posiciona contra a ordem vigente diversas vezes mas se mantendo distante das tentações do lado negro - muito mal usado pelo Lucas em Episódio 1, a história é muito básica e previsível... Não lia a Maul ainda...
      Cesar Leal

      Excluir
    2. Eu gosto do Qui-Gonn. Lamentei mais a morte dele do que a do Han Solo (rs). Sem contar que ele é interpretado por Liam Fuckin Neeson. O cara, além de Jedi, treinou o Batman, é o Senhor do Olimpo, líder do Esquadrão Classe A, libertou vários judeus na 2ª Guerra, é o Rei Leão de Narnia, o Darkman e ainda por cima é um pai chutador de bundas.

      Já o Darth Maul... Só não teve a morte mais estúpida da franquia porque é difícil superar o Boba Fett.

      Aliás, uma morte idiota talvez seja critério para um personagem se tornar cult em Star Wars.

      PS: Maul aparece no final de "Rebels" (que é canônica). Pelo visto, assim como Boba, retornou no melhor estilo Justiceiro Garth Ennis.

      Excluir
  64. "O motivo inicial de eu entrar aqui foi para pedir que desse mais dicas de livros, pois atualmente estou lendo mais livros e sua bagagem literária é boa pelas suas última recomendações."


    E aí... blz?

    Obrigado pela sugestão: Ando pensando em incluir uns livros sim nas próximas postagens de "notícias" (Drops e Plantões): Devido à boa repercussão q teve o livro "Neuromancer" no último COMBO triplo de postagens do mês passado!

    Tô sempre ligado nos livros tbm... E por coincidência comprei um ainda hj na Saraiva: "Macunaíma - O Herói Sem nenhum Caráter" (em formato pocket por apenas 6 - SEIS - reais: Uma barbada e uma bela obra da nossa literatura brasileira)!

    No mais... Tbm me incomoda o excesso de moralismos e limites q as editoras atribuem à certos heróis nas HQs. No cinema, por exemplo: "Batman", "Superman", e "Cap. América" MATAM bandidos sem mtas crises de consciência (e deveria ser assim tbm, já q nos gibis clássicos onde surgiram eles tbm matavam quem merecia)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tenho Macunaíma, pois foi um paradidático meu da época do colégio, mas que preço, hein. O Neuromancer eu gostei bastante, e espero mais boas sugestões.

      Pense numa desanimada que dá essas situações. Nunca me esqueço de uma HQ que herói falou "só não o mato porque jurei ao professor defender a vida, mesmo daqueles que não merecem" ( cara, simplesmente não entendo como tem gente que gosta dessas situações assim ). É por essas coisas que eu considero as HQs de super-heróis como entretenimento juvenil, porque de "maduro" não tem nada ( desculpe para aqueles que gostam muito do gênero, ler essas histórias não o torna infantil ou algo do tipo, mas essas histórias claramente são para o público juvenil ). E sim, eu notei essa no cinema.

      Spirou, Tintim, Asterix, Lucky Luke... são HQs que desejava colecionar, mas pagar tão caro para álbuns de no máximo 70 páginas é complicado, acho que eu só conseguiria colecionar se eu não tivesse mais outras coisas para comprar, e esse mês eu vou ter de comprar o segundo volume do Donald do Barks e o encadernado "Maga e Min". Imagino que se eu não tivesse comprado tanta HQ que hoje não me interesso mais tanto, eu poderia ter comprado essas HQs sem receio.

      Excluir
    2. Usar contagem de páginas como referência para HQs europeias não faz sentido. Pegue os Tintins que estão saindo em P&B, por exemplo. Todos têm mais de 120 páginas!

      Agora compare com os mesmos álbuns nas edições coloridas, especialmente os d'O Lótus Azul em diante, que não foram (muito) redesenhados pelo Hergé. Todos eles estão padronizados em 64 página. No entanto a história é a mesma, sem praticamente nenhuma diferença quadrinho a quadrinho!

      "Isso é magia! Sinhozinho branco europeu muito poderoso!"

      Não, meu caro nativo de Tintim no Congo. Não é magia, é composição de página! Veja, a mudança nos álbuns aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial, quando faltava papel na Europa. Hergé tinha que encontrar uma forma de contar a mesma história gastando menos papel. Como fez isso? Ora, os álbuns originais tinham um formato de três tiras de dois quadrinhos por página (total de seis quadrinhos por página) e Hergé os converteu para quatro tiras de três quadrinhos por página (total de doze quadrinhos por página). Cada página da versão colorida corresponde a duas da original!

      O sistema usado no Tintim foi repetido em todas as HQs europeias. Elas têm muito mais conteúdo por página do que as HQs americanas! Que, por sua vez, têm muito mais conteúdo por páginas do que os mangás. Watchmen tem 448 páginas, enquanto cada volume de um mangá normal tem cerca de 200 páginas. Dois volumes de mangá têm a mesmo conteúdo de um Watchmen? Não, né? Watchmen tem muito mais densidade narrativa!

      Portanto não me venham com contagem de páginas para discutir preços. Isso não vale nem para livros de texto, já que o tamanho da fonte e das páginas fazem uma diferença brutal na quantidade de páginas!

      Excluir
  65. Prezado Léo: a história "O Homem Que Destruiu Krypton" (que você perguntou em mensagem anterior) foi publicada pela EBAL em janeiro de 1970 na revista Superman-BI número 30. Apesar de ser bastante curta, o tema da história é interessante e poderia ter sido mais desenvolvido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lenimar... Tdo bem?

      Muito obrigado mesmo pela ajuda: Vou procurar essa ed. então pra ver se encontro em scans!

      Eu nunca deixo de admirar a capacidade q os roteiristas mais antigos tinham de criar, narrar e nos contar boas histórias em poucas páginas (muitas vezes até desperdiçando a oportunidade de esticar e desenvolver melhor algumas ideias geniais q poderiam render sagas maiores: A exemplo dessa do "Homem Que Destruiu Krypton")!

      Abs!

      Excluir
  66. leo, já pensou em fazer um top de melhores HQs Brasileiros? acho que o nosso mercado tem muita coisa a oferecer mesmo que ainda de maneira bem independente.

    Ivan

    ResponderExcluir
  67. "http://vamilustrador.wixsite.com/batdeira/single-post/2016/07/02/BYE-BYE-KRYPTONITA"


    Oi, VAM... blz?

    Acho q será isso mesmo q vc "previu" no LINK acima, rs... Vc tá me saindo um verdadeiro "Nostradamus" pra gibis, hein? rs!

    Mas eu ainda queria q um dia publicassem aqui todos os 30 ANOS de produção do Curt Swan... Sei q será uma utopia esperar por isso, mas eu gosto da Era de Prata do Super!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Nostradamus, que nada.

      A Panini nesse caso não tem muito por onde seguir, Leo.

      A DC ficou somente nos encadernados temáticos do López e Kane, além desse "Nevermore" que coincidentemente pode ser inserido na proposta das Lendas, ela só tem o Byrne mesmo. E depois dele, nada possui a áurea de clássico hoje em dia.

      Se no futuro ela lançar temáticos do Ross Andru e Eduardo Barreto aí teremos mais opções.

      E infelizmente companheiro, esperar que a Panini publique todo o material do Swan é o mesmo que querer o Batman do Dick Sprang, utopia mesmo.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  68. "só não o mato porque jurei ao professor defender a vida, mesmo daqueles que não merecem"


    Eu sempre vou achar esse tipo de pensamento mto ingênuo pra um combatente do crime... Pois até mesmo o "Surfista Prateado" (meu herói favorito entre todos) q É um PACIFISTA, já MATOU com as próprias mãos 3 criminosos de Zenn-La q ameaçavam a vida de sua mulher (isso rolou em "HTV 47")!

    Ora... Esses discursos de militantes de "Direitos Humanos" (entre aspas mesmo, pois só vejo defenderem direitos de bandidos e marginais) não me convencem, mto menos se forem aplicados à personagens de HQs q estão nas ruas pra combater o MAL e proteger os inocentes (e na prática: é preciso "sujar as mãos" qdo necessário)!

    O cinema não tem essas frescuras... e os heróis fazem o q for preciso pra proteger a VIDA de quem MERECE! O exemplo recente mais polêmico foi qdo o "Superman" matou o "ZOD" quebrando o pescoço do FDP. Alguns fãs do personagem criticaram a cena como se fosse uma coisa absurda e q descaracterizava o herói. Só deixaram de levar em consideração q originalmente o "Super" TBM matava (basta ler algumas histórias da Era de Ouro dos anos 30 e 40 pra se constatar isso). Esse lance de "não matar" é q foi uma descaracterização em cima do ORIGINAL!

    Mas enfim... Esse tema até q renderia uma bela postagem à parte, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Leo. Por isso que considero essas coisas compreensíveis se o público alvo é o infanto-juvenil, afinal, isso é subestimar o leitor mais velho e concerteza seria necessária ou uma história muito boa ou muito "fanboyzismo" para gostar.

      Se você olhar as histórias mais antigas realmente você notava menos moralismo nas histórias em quadrinhos, e depois daquele livro dos infernos, o "The Seduction of the Innocent", as HQs não foram mais as mesmas, e causou um trauma nas duas grandes, que hoje em dia, no quesito "maturidade' estão semelhantes ao da Disney ( gosto da Disney, mas só quis usar como parâmetro nesse caso ).

      Excluir
    2. Eu até entendo o ponto de vista do Batman, que "uma vez cruzada a linha, não tem volta e fica fácil continuar matando".

      Mas porra, tudo tem limite. Deixar o Coringa vivo depois de todo esse tempo faz dele mais insano que o palhaço!

      E isso talvez explique muita coisa...

      Excluir
    3. O Especial Corinha: Advogado do Diabo da Abril, trabalha essa questão de forma magistral, SEMI. Já leu?

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Não vi. Pesquisando agora no google me lembrei vagamente da capa.

      É de uma época que eu só lia o que vinha com um X no nome. rs

      Excluir
  69. "leo, já pensou em fazer um top de melhores HQs Brasileiros?"


    E aí, Ivan... blz?

    Ótima ideia essa sua... Nunca pensei em fazer um "TOP 10 Brasil", mas gostei da sugestão sim! Valeu mesmo!

    Ainda não sei como ficaria minha lista de 10+ das produções brasileiras, mas já tenho bem definido o 1º LUGAR no ranking. Vai pra magnífica "GALÍCIA" (do Marsal Branco)... e não é só pq o artista é meu primo, rs - Mas basta uma olhada na prévia do LINK abaixo pra ver q essa é uma HQ do mais alto nível (padrão FIFA internacional):

    http://submundo-hq.blogspot.com.br/2016/04/galicia-de-marsal-branco-nasce-uma-obra.html

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitando pra deixar uma dica...

      Já faz algum tempo que um amigo me recomendou "O Doutrinador". Como foi anunciado que deve virar filme, aproveitei que estava em promoção no site da Red Box (dois volumes por 40 e frete grátis) e dei uma chance.

      As edições são caprichadas e valem o preço pago (não o de capa). A história tem seus clichês, mas por se passar na nossa realidade tupiniquim, a gente releva. Peca um pouco no desenvolvimento, o que é compreensível pelo tamanho da edição, mas por ser tão catártico para nós quanto um Capitão América socando nazistas, acho que merece ser lido.

      Excluir
  70. Mas se Eaglemoss vai publicar A Foice e o Martelo, a Panini tambem vai ... e uma questao de logica ..

    Luiz henrique

    ResponderExcluir
  71. "Não sei se existem arquivos digitais disso lá fora mas seria uma boa pedida para um Lendas do Superman Jim Starlin."


    E aí, Cesar... blz?

    O máximo q eu achei dessa fase, foi uma capa de um TP q postaram num comentário acima... Com uma seleção temática de confrontos entre "Super X Mongul":

    http://d1466nnw0ex81e.cloudfront.net/n_iv/600/1671128.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a falta desse arquivos digitais lá fora pode inviabilizar uma Lendas Superman do Starlin. <Mas seria o primeiro da fila para adquirir uma caso lançassem...

      Excluir
  72. "ficou em primeiro lugar no ranking de vendas mensal nos EUA (desbancando Marvel e DC)."


    Oi, SEMI... blz?

    Não sei se isso basta... Mas já deve ao menos despertar o interesse de alguma editora em tentar trazer essa "trasheira dubem" pra cá, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  73. "a história é muito básica e previsível..."


    Imaginei q fosse, Cesar...

    Essas HQs mais recentes de "Star Wars" não tem me impressionado mto... Vou pular essa do "Qui-Gon" e tbm a do "Maul" (não me arriscarei com nenhuma das 2)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  74. "Aliás, uma morte idiota talvez seja critério para um personagem se tornar cult em Star Wars."


    Eu sou um grande fã da franquia clássica de SW, SEMI (e gosto tbm da 2º trilogia-prequel do Lucas - MAIS até do q esse último filme atual)...

    Mas reconheço q a série nunca foi mto boa nas cenas de MORTE de seus principais personagens (e mesmo alguns restolhos q ficaram famosos depois): Darth Vader, Imperador, Boba Fett, Jabba, Qui-Gon, Maul... TODOS esses tiveram mortes esdrúxulas e pouco impactantes (morreram como meros coadjuvantes ou figurantes)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  75. "Dois volumes de mangá têm a mesmo conteúdo de um Watchmen? Não, né? Watchmen tem muito mais densidade narrativa!"


    Oi, Hunter... Sei q não tem mto a ver com a contagem de pág e tal:

    Mas uma das minhas principais broncas com os mangás é q a leitura é rápida demais... Me dá uma certa "agonia" (por assim dizer) ler um gibi inteiro em poucos minutos pela falta de texto e balões de diálogo. Entendo q o objetivo dos mangás é esse mesmo: apostar mais na IMAGEM pra narrar a história, mas pra quem se criou lendo grandes quantidades de texto em livros e gibis, a gente sente a diferença na forma de absorver a narrativa (ainda gosto mais de ter um texto como "base" pra eu acompanhar a trama - ao invés de segui-la como se estivesse assistindo cenas em tempo real de um FILME)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que eu digo que contagem de páginas não significa nada...

      Excluir
  76. "E infelizmente companheiro, esperar que a Panini publique todo o material do Swan é o mesmo que querer o Batman do Dick Sprang, utopia mesmo."


    E aí, VAM... blz?

    É uma pena mesmo... Mas tbm acho pouco provável q um dia se publique no Brasil a fase completa do Swan (porra, seriam mais de 3 décadas de um mesmo artista pra sair numa coleção, rs): A Panini já apanhou pra terminar os "X-Men" do Claremont/Byrne (levou ANOS pra publicar as 3 ed. em capa-dura deles) e ainda enrola pra terminar o "Aranha" do Romita pai... Q dirá cobrir 30 anos de uma fase do Super q não é das mais populares hj em dia (nem todo mundo gosta da Era de Prata, rs)!

    Mas acho q seriam mto bem-vindas as "Lendas" do Barreto e do Ross Andru!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem nos EUA republicaram todo o material do Swan...

      Excluir
    2. Sem contar que a DC impôs o estilo dele como padrão, muitas das histórias eram desenhadas por outros artistas e o Swan só finalizava a cabeça do Superman.

      Fizeram isso até com as histórias do Kirby na revista do Jimmy Olsen.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  77. "Já faz algum tempo que um amigo me recomendou "O Doutrinador"


    Opa... Valeu mesmo pela dica, SEMI:

    Anotei essa ed. e vou pesquisar melhor pra ver se acho mais detalhes e pelo menos uma prévia... Ainda não vi ao vivo nas lojas, mas me interesso pelo tema!

    Abs!

    ResponderExcluir
  78. "Mas se Eaglemoss vai publicar A Foice e o Martelo, a Panini tambem vai ... e uma questao de logica"


    Pode ser... Eu, pelo menos, vou esperar mesmo por uma versão mais econômica dessa HQ (de preferência uma futura ed. da Panini na faixa de uns 20 e poucos pila)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  79. Beleza, Leo?

    Eu já acho bem dificil a Panini lançar esse material Superman versus Mongul, assim como acho dificil lançarem Super Exilado ou Julgamento do Superman. Mesmo que o Mongul apareça num filme acho dificil também, o Zod apareceu e a Panini não lançou nada do Super contra ele. E olha que aqui no Brasil tem uma grande falta de material do Super onde o Zod é o vilão principal. Procure e vai achar muito pouca coisa. Fora a série Arrow e Flash fazendo sucesso e a Panini não lança clássicos (tirando o lançamento de Lanterna e Arqueiro do Denny ONeil).

    Quem dera lançassem Arqueiro do Mike Grell (me contentaria com os caçadores e os 4 primeiros encadernados da série, que é o melhor da fase). E quem dera mandassem o Flash do Mark Waid e o Flash naquela fase que o Flash Reverso mata a esposa dele (se não me engano é da época do Carmine Infantino).

    Antes que eu esqueça, você comprou os encadernados X-Men Genese Mutante? Eu não comprei na época, mas agora to pensando em mudar meus formatinhos dessa fase por essas. Só que me deixaram com uma duvida. Disseram que as cores de várias paginas estão bem escuras, que foi recolorizado e ficou um tanto escuro. Principalmente no segundo encadernado na série contra o Magneto e na série contra o Ômega Vermelho. Isso é verdade?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas nesse caso Camus, pelo menos em relação a material antigo, a Panini não teria como, pois a DC não tem nenhum encadernado dedicado aos confrontos do Super contra o Zod.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Isso é mesmo Vam, não existe um encadernado temático Super versus Zod, mas podiam fazer alguma coisa ou lançar algum arco existente envolvendo o vilão.

      Curti tuas capas de Kryptonita nunca mais! Abraço!

      Excluir
  80. "Arrow e Flash fazendo sucesso e a Panini não lança clássicos (tirando o lançamento de Lanterna e Arqueiro do Denny ONeil)."


    E aí, Camus... blz?

    É verdade: Mesmo com as séries de TV do "Arqueiro" e "Flash", a Panini nem se coçou pra lançar materiais deles (tirando uma ou outra ed. q eles lançariam de qq jeito mesmo por causa da cronologia)... E o pior é q eu fiquei sabendo q essas "lendas" do "Lanterna/Arqueiro" nem teriam a ver com a repercussão da série de TV, e sim com o sucesso do "Batman de Neal Adams" (esse vendeu bem e a Panini saiu logo atrás de mais clássicos do artista)!

    Já essas outras ed. do "Super" q vc citou (e mesmo as q ilustraram esta postagem: "Exilado" e "Julgamento") são pouco prováveis de saírem encadernadas um dia. Acho mais fácil a Panini fazer uma enésima tiragem pra "Grandes Astros" ou pras ed. do Alan Moore, rs! A Panini já deixou meio claro q não pretende fugir mto das HQs mais básicas do Super (as q eles sabem q tem venda mais certa)!

    Qto à "Gênese Mutante" de Jim Lee... Sim, eu comprei as 2 ed. q saíram e te confirmo q as cores foram alteradas (pra PIOR): Ficaram mesmo mto escuras e com efeitos de photoshop (qdo antes eram mais coloridas e chapadas)! Não gostei das cores novas e no fim das contas, ainda mantenho ao menos aquela mini-série principal em 3 partes q saiu pela Abril em formato americano!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho uma pena que a Panini não tenha lançado clássicos do Arqueiro e Flash. Tão ignorando totalmente as séries. Quanto ao relançamento de Lanterna e Arqueiro eu fiquei com essa impressão desde o inicio kk Isso só confirma agora. É ótimo que eles estejam afim de lançar material desenhado pelo Adams (meu desenhista favorito), existe pouca coisa dele aqui no Brasil se formos parar para ver. Mas essa parada de ignorar Arrow e Flash é uma pena!

      Ah do Super é bem visivel também que eles ignoram material diferente dele. Tão lançando Lendas dele agora, mas não sei se passa disso de diferente. Eu já vi gente da Panini dizendo que o Super não vende muito bem aqui, só o material mais clássico (e mil vezes relançado mesmo kkkkkkk).

      E sobre Um Conto de Batman? Eu achei que a Panini ia continuar com o relançamento, e nunca mais lançaram nada. Uma pena! Uma das melhores séries do Batman de todos os tempos! Tenho todas as melhores! (o que é quase tudo kkk)

      Cara que droga ter confirmação disso agora sobre X-Men Genese mutante. Eu tava com duvida porque não conheço quem tenha comprado, só via umas pessoas falando sobre as cores pela net. Não sei porque eles tomam essas decisões de recolorir, geralmente fica ruim paca! Eu nem vou comprar mais! Fico com meus formatinhos e com minha minisérie em 3 partes em formato americano da Ed Abril mesmo! Essa fase é bem legal e diverte (apesar do Claremont não ser mais o mesmo), eu queria substituir tudo por formato maior, mas deixa pra lá.

      Vi que a Panini talvez lançe X-Men A Canção do Carrasco (uma das melhores) e Inferno ano que vem. Tomara!

      Abraço!

      Excluir
    2. "Gênese Mutante" é um Frankestein do caralho. A partir do momento que não é temático do Jim Lee, por que pularam tantas histórias?

      Pra quem tem os maiores clássicos e a mini em 3 partes, o volume 1 é dispensável. O 2 ao menos tem a fase Lobdell que... que... Ah, deixa pra lá!

      Excluir
    3. "E sobre Um Conto de Batman? Eu achei que a Panini ia continuar com o relançamento, e nunca mais lançaram nada. Uma pena!"


      Pois é, Camus... Essa eu realmente não entendi, já q a ed. do "XAMÃ" vendeu bem pra caramba (ainda hj é mto procurada e bem difícil de se encontrar)! Depois dessa, eu esperava q continuassem publicando as demais: "Veneno" (principalmente) e todas as outras - tinha várias pra escolherem!

      Se o "XAMÃ" tivesse sido um fracasso eu até entenderia... mas tá longe de ser o caso!

      Qto às séries de TV... Engraçado é q a Panini tem ignorado direto o "Arqueiro" e "Flash", mas aproveitou o embalo de "Gotham" (e até renomeou o título da fase Brubaker - q antes era "Gotham City Contra o Crime")! Vai entender, né?

      Abs!

      Excluir
    4. "Gênese Mutante" é um Frankestein do caralho."


      Eu comprei... Mas detestei nas novas cores, SEMI (preferia mil vezes como era antes na Abril)!

      Em tempo, vale ressaltar q teve mais umas histórias desenhadas pelo Jim Lee no encadernado: "Programa de Extermínio" (outra tranqueira noventista q eu comprei só por vermice mesmo, rs)!

      Abs!

      Excluir
    5. Esse material noventista é ilegível, fala sério!

      Excluir
    6. Sim, concordo q é "ilegível" (tive q fazer "leitura dinâmica" pra passar da metade desse encadernado, rs)... Mas é aquela coisa: Se eu conseguisse controlar todos os meus impulsos consumistas, minha coleção de gibis seria menos da metade do q realmente é, hehe!

      Abs!

      Excluir
  81. Acho engraçado também que tenham se empolgado só com a série Gotham e não com Arrow e Flash. Curioso. Gotham City contra o crime é ótimo. Mas cade Arqueiro e Flash clássico? Só lança encadernado de Novos 52 (que odeio, só gostei bastante de Aquaman e Lanterna Verde).

    Po, Um Conto de Batman a maioria é ótima ou boa. Escolher não seria nem um pouco dificil. As Melhores são: Veneno, Shaman, Gothic, De Volta a Sanidade, Lâminas, Estufa, Faces, e Criminosos. Mas parece que não vão lançar mais.

    X-Men Programa de Exterminio também tem problemas nas cores, Leo? Outra que deixei passar porque tá foda, to escolhendo muito bem o que comprar. To mais seletivo agora do que nunca. Talvez eu pegue essa só pra ter a coleção em ordem. Mesmo ela sendo no máximo legal.

    Sabe qual seria a próxima Lendas do Batman?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Camus... blz?

      No embalo do "Arqueiro" na TV, eu acho q a Panini poderia ao menos ter lançado um encadernado dos "Caçadores", né? (esse vai sair na Eaglemoss, mas depois de 4 temporadas da série na telinha, bem q a Panini podia ter pensado nisso há 4 anos atrás)!

      O "Programa de Extermínio" eu não sei dizer se teve alteração nas cores, pq nunca tive a versão da Abril pra poder comparar (só conheço a da Panini mesmo - q arrisquei comprar no escuro: sem nunca ter lido nem em scans)!

      Qto às "Lendas do Batman"... Tem 3 já prometidas pela Panini: Don Newton, Archie Goodwin, e um 3º q é um desenhista q esqueci o nome agora (e q eu não conhecia)! Mas desses 3, parece q o Newton sai antes (segundo falou o Levi Trindade)!

      Abs!

      Excluir
    2. Olá Camus, o meu Conto de Batman preferido é ACOSSADO desenhado pelo Paul Gulacy.

      E Leo, a 3ª Lendas não focada em desenhista e sim no roteirista Len Wein.

      Nessa edição teremos histórias ilustradas pelo Aparo e Byrne.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Oi, VAM... Eu tinha esquecido a do "Len Wein", mas essa seria a 4º "Lendas" então:

      A 3º q eu me referia é de um artista (acho q anos 80-90) q eu realmente não lembro o nome (mas q postaram até a capa da ed. gringa numa postagem anterior da semana passada ou retrasada)! Se eu lembrar, eu anoto pra não esquecer de novo, rs!

      Abs!

      Excluir
    4. Eu notei só depois que esqueci de mencionar Conto de Batman Acossado, Vam. É uma das melhores também. Contra o Hugo Strange. Foda a cena que o Batman tem que voltar a pé pra casa porque não tinha o carro ainda kkkkkkk

      Eu to muito curioso em saber que Lendas do Batman é essa que o Leo viu. Po Leo deixou mo curiosidade kkk Cara eu pretendo comprar todas as Lendas do Batman. Meu personagem favorito da DC. E nessas Lendas só tá saindo as melhores fases dele. Fico meio bolado que algumas vão vir sem parte final de história ou com repetecos. Mas foi o que falei pra um colega meu "cara se quer comprar Lendas se conforme com isso, se acostume a ter alguma história sem final ou ter repetição" Boa parte de Lendas vão vir assim mesmo. Só as que são focadas nos roteiristas que tem menos chances disso ocorrer.

      Cara essas proximas Lendas vão ser muito foda!

      Abraço!

      Excluir
  82. Eu to esperando Os Caçadores pela Eaglemoss. Espero que venda muito pra ver se a Panini acorda com material clássico do Arqueiro.

    Entendi, vou tentar ver se consigo informações sobre as cores do programa de exterminio se tá bacana. Mas valeu pela informação de genese mutante, me ajudou muito. Passo longe kkk

    Achei que ia sair a Lendas do Len Wein (é a que mais me interessa). Vou comprar essas também, mas a do Archie Goodwin me deixou meio bolado. Pelo que vi no encadernado gringo, tem um monte de história cortada tipo a Lendas do Alan Davis. E acho que tem repeteco.

    Essa 3 Lendas talvez seja do Alan Brennert.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Camus... blz?

      Os "Caçadores" eu vou comprar certo, pois não tenho essa mini impressa (só em scans) e acho um excelente material!

      As "lendas" do Len Wein vão sair tbm (é outra q tá programada)... Eu devo comprar todas essas próximas do "Batman": Até a do Archie Goodwin (mesmo q esteja cortada) pois essa trará uma HQ q me foi bem recomendada (pelo "Colecionador Fantasma")!

      Mas realmente, não me lembro qual era a 3º "lendas" (acho q não era essa do Brennert - mas era um desenhista de nome estranho assim q eu não conhecia)!

      Abs!

      Excluir
  83. "Um Conto de Batman" era proibitivo para mim por questões exclusivamente financeiras. E é uma série que gostaria muito de ver relançada (até mais que as "lendas").

    "Xamã" funciona muito melhor como ano 2 do que a própria. Parou por que Panini?

    Quanto ao "Programa de Extermínio", ele tapa um dos buracos dos dentes de "Gênese Mutante". Cronologicamente, ele entra no meio do Volume 1.

    Com relação as cores, o encadernado de Gênese Mutante deixa bem claro na relação das edições da contracapa que as edições são recoloridas e com páginas extras.

    Eu tenho os formatinhos do "Programa", mas acho que a comparação é desnecessária. A recolorização parece que ficou limitada ao relançamento de X-Men.

    PS: Programa de Extermínio nem é tão ruim. Claremont ainda não tinha ficado gagá e Louise Simonson fazia um trabalho decente em X-Factor e Novos Mutantes (que ainda não tinha virado X-Force). Nem o Rob Liefeld me incomoda, embora não possa dizer o mesmo do Bogdanove.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como as coisas mudam, hein, SEMI?

      Tbm vivi essa época em q comprar gibis em formato americano (mesmo com grampo) já era considerado algo "caro" (e uma extravagância vermística)... qdo saiu "Um Conto de Batman", ainda se tinha em mente q gibi mesmo tinha q ser em formatinho e barato!

      Li o "Ano 2" em scans (q me recomendaram e linkaram faz poucos meses em outro tópico aqui no blog)... Mas achei fraco (não é ruim, mas esperava bem mais pela proposta de ser o 2º ano de atuação do bátema! Nem se compara, "Xamã" é MTO melhor!

      E o "Programa" foi impulso consumista mesmo... Eu tinha acabado de comprar as 2 ed. da "Gênese" qdo lançaram o "programa", e como era algo q eu nunca tinha lido, sei lá: entrei no embalo e fui, rs!

      Abs!

      Excluir
    2. Na epoca Um conto de Batman era meio caro mesmo (pra época), mas eu comprava alguns arcos. Só bem depois que consegui as melhores (quase todas).

      Também acho Batman Ano 2 uma ruindade kkk Foi bom ter lido antes de pensar em comprar Leo!

      O Batman Shaman é uma especie de Ano 2 muito boa. Encaro como o verdadeiro Ano 2 (na minha cronologia pessoal do morcego).

      Também não acho X-Men programa de exterminio ruim. Acho a série bem legal. Tambem tenho em formatinhos.

      Abraço!

      Excluir
  84. Se a coleção da DC saísse pela Salvat, eu apostava um rim na furada de olho paninesca e o lançamentod de "Caçadores".

    Mas a Eaglemoss ainda está com seus olhinhos intactos. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Panini e a Eaglemoss realmente parecem ter feito um certo acordo pra não se atropelarem mesmo (coisa q evidentemente não rola com a Salvat)!

      Mas mesmo assim... É apenas a janela de tempo pra um repetéco e outro acabar acontecendo. Por exemplo, as "Lendas do LV e Arqueiro" é coisa q vai estar mais pra frente na coleção da eaglemoss tbm. E não duvido q ainda role uma "Lendas do Super" (do Byrne)!

      Abs!

      Excluir
  85. "Eu to muito curioso em saber que Lendas do Batman é essa que o Leo viu. Po Leo deixou mo curiosidade kkk Cara eu pretendo comprar todas as Lendas do Batman."


    E aí, Camus... blz?

    Acabou o suspense, hehe... Graças à um amigo leitor do blog (David) em outro tópico, descobri o nome do artista q eu tinha esquecido: É o Norm Breyfogle (ô nemezinho difícil, rs)! Abaixo tem a capa de um TP dele q saiu lá fora:

    http://ecx.images-amazon.com/images/I/91c1flxxELL.jpg

    E aí? Conhece bem essa fase? É boa mesmo?

    Abs!

    ResponderExcluir
  86. Valeu, Leo! Eu tava caçando que Lendas seria essa pelos sites gringos kkk

    Que bom! Do Norm! O nome dele é dificil mesmo kkk

    Essa fase é muito boa sim Leo! Pode comprar sem medo! Essa é a fase Alan Grant/Norm Breyfogle (anos 80 e inicio dos 90). Essa é uma das melhores fases do Batman. Tá faltando coisa ainda que só vai ser completada com um segundo encadernado gringo. Ver se nos EUA lançam o vol 2 né.

    Te adianto que os melhores arcos dessa fase sairam quase todas aqui em Batman Formato Americano da Ed. Abril (mas ainda faltam algumas histórias que estão ineditas aqui e parte delas vão sair nessa Lendas!). Os arcos muito bons que sairam na série da ed.abril são: Quadra de Lama, Crise de Identidade, Tulpa, Ritual de passagem, Anarquista em Gotham, Projeto Pinguim (essa é dividida com o Jim Aparo os desenhos).

    As outras histórias (da parceria Grant/Norm) publicadas nessa série da abril são legais. Mas essas que citei são as melhores mesmo.

    Eu tenho todas as edições dessa série da abril, mas vou comprar essa Lendas do Norm pelas histórias inéditas no Brasil. Te adianto que nessas Lendas vão ter desses melhores que citei: Quadrilha de Lama e Tulpa. Umas outras são bem legais, e outras histórias dessa Lendas não sei como são porque são inéditas aqui.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Camus... blz?

      Eu não li nada dessa fase q saiu na Abril em formato americano... Nem conhecia esse artista (q pelo visto, não teve mais nada republicado aqui)!

      Mas vou arriscar sim, pois tenho gostado de descobrir ou redescobrir essas fases mais clássicas do "Batman" (q eu deixei de acompanhar na época)! E mesmo q ainda falta sair um Vol. 2 do Breyfogle, a Panini não tem se preocupado com isso: E tem lançado várias ed. de "lendas" q não foram completadas lá fora (o "Batman" do Gene Colan e do Jim Aparo são 2 bons exemplos, rs)!

      Abs!

      Excluir
  87. Nos quadrinhos da DC sempre prefiro as elseworlds pois os escritores tem mais liberdade pra criar por isso meu top 10 teria com certeza Reino do amanhã em primeiro.
    O que aconteceu.... em segundo e em terceiro Grandes Astros. Até quem odeia o Morrison tem que admitir que nessa ele se superou. Uma obra-prima.
    As que não li nesse top 10 já estão anotadas para leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, LUIZ... blz?

      Sabe, qdo eu era moleque a minha série preferida nos gibis Marvel era o "Q Aconteceria Se...", pois era a q me deixava mais ansioso pra saber qual situação hipotética traria na próxima ed e era a q mais aguçava a minha imaginação (já q eu tbm ficava bolando minhas próprias situações alternativas pros meus personagens favoritos)!

      Engraçado q a DC tbm tenha criado sua própria série variante e batizado de: "Túnel do Tempo" (adorei essa tradução)... Acho geniais algumas ideias q os roteiristas tem qdo possuem maior liberdade criativa até pra matarem (se precisar) o personagem principal (o q deixa a narrativa imprevisível e surpreendente)!

      Ainda não parei pra elaborar um "TOP 10" pessoal meu do Super... Mas acho q entre os 10+ eu incluiria aquela ed. em q o Super da Era de Ouro encara a "Guerra dos Mundos" (saiu num especial pela Mythos e é estupenda de tão boa: Até pq, esse é o meu livro favorito do H.G. Wells)!

      Abs!

      Excluir
    2. O único problema dos "what if" é que as edições eram muito corridas. A Marvel poderia investir mais na série, desenvolvendo arcos a partir de algum ponto de sua cronologia ao invés de bolar universos ultimates da vida.

      A série de "Injustice" estava excelente, justamente porque era imprevisível. Pena que começaram a encher linguiça, trocou o roteirista e a qualidade no último número foi ladeira abaixo.

      Excluir
    3. Verdade, SEMI...

      Eu gostava tanto de algumas histórias de "Whif"... q a frustração no final da leitura era inevitável. Eu queria continuar lendo os rumos de algumas tramas e personagens!

      Um exemplo era a HQ: "O Q Aconteceria se o Dr. Destino Fosse um Herói"? Essa poderia ter rendido até uma sub-série própria (spin-off) da revista. O mesmo vale pra HQ onde a "Gwen Stacy" é salva da morte: Só essa mudança de rumo na vida do Aranha renderia um material alternativo à parte numa série solo!

      Melhor do q bolar esses "ultimates" e "MC2" da vida, né? hehe! ("Injustiça" eu parei no 2º)!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...